Liderança em 2006 - Num dia como hoje
Centenário Clube Competição Cruzeiro Esporte Futebol História Num Dia Como Hoje Profissional

Num dia como hoje – A liderança em 2006

Brasileirão – Liderança em 2006 

Dia 21 de maio na nossa história tem muitos casos e versões. Logo após a Tríplice Coroa, foram dois brasileiros complicados (2004 e 2005). Voltamos à  liderança em 2006 e o adversário era o Flamengo(RJ) no Mineirão.

Saudades da liderança

Ambos os times vinham numa campanha apenas razoável na competição. A torcida do Cruzeiro estava ansiosa, por conta dos efeitos da Tríplice Coroa e de duas temporadas ruins.

O Jogo

Diante de um público de aproximadamente 20 mil presentes, vencemos por 2 a 1.

O Flamengo(RJ) saiu na frente aos 32´ e o time reagiu seis minutos depois com Luizão marcou seis minutos depois. O segundo tempo foi parelho, entretanto, o Cruzeiro tinha o ponteiro Gil em grande jornada.

Tudo indicava que o jogo terminaria empatado e, surpreendentemente, surgiu o gol de Wagner e obtivemos a vitória com três pontos na tabela e a liderança em 2006.

O nosso time de PC Gusmão e começou com Fábio, Luizinho, Luizão, Thiago Heleno e Francismar; Jonílson, Martinez e Leandro Bonfim; Gil, Élber e Wagner.

Entraram no segundo tempo Diogo Mucuri, Leandro Silva e Michel Lopes nos lugares de Leandro Bonfim, Francismar e Luizinho, respectivamente.

O vídeo com os melhores momentos dessa partida, a princípio, pode ser visto no Youtube.

Curiosidades

A torcida, certamente, desconfiava que teríamos outra temporada como em 2005. Portanto, ver jogadores como Francismar, Jonílson, Gil, Michel Lopes e Leandro Silva vencerem o Flamengo(RJ) era “animador”. Se bem que, sobraram ainda no banco, Lauro, Diego Clementino, Wando e Leandro Amaro. 

Por outro lado, o temor da “Lei do Ex” pelo lance de Walter Minhoca no gol deles assustou. Se 

Alguns torcedores ainda confundem o Luizão com “Z” com o outro zagueiro Luisão de 2003. Eram, contudo, jogadores diferentes, mesmo que os dois tenham saído do Cruzeiro para a Europa. O atacante era Giovane Élber que não se confunde com o outro mais recente originário da base.

Enfim, aquela liderança em 2006 foi só uma nuvem passageira.

Imagem: Adaptação estadiomineirao.com.br

Fontes de Pesquisa: Almanaque do Cruzeiro, Cruzeiropedia.Org

Autoria

Marcus Trópia

Nota do editor

Este texto, bem como outros da trilha ” Num dia como hoje “, podem ser acessados clicando no link.

4 Replies to “Num dia como hoje – A liderança em 2006

  1. Me lembro mais da música “Nuvem Passageira ” do que desse jogo… O Cruzeiro, mesmo nos momentos ruins, vez por outra punha um time grande no chinelo. Infelizmente nos dias atuais o time não assusta ninguém. É passada a hora de começar as coisas no lugar, a começar pelo uniforme: calção branco, please!!!

    1. Dra Celeste,
      é brabo quando lembramos mais de música do que de um jogo. Mas eu entendo. Este time daí nãi deixou muitas saudades. Até que, com esta liderança, parecia que voltaríamos ao “Normal”, o time até voltou bem após a Copa do Mundo, mas depois, foi uma tragédia.
      Mas estas lembranças são boas, pelo menos deveriam ser para a maioria dos torcedores.

Deixe uma resposta