Centenário - Arte Hoje em Dia
Centenário Clube Competição Cruzeiro Esporte Futebol Notícia Profissional Título

Centenário: Uma conquista que manchou a história do clube – Hoje em Dia

Faltam 29 dias: empate no Horto, com gol de Fred, garante o bicampeonato mineiro em 2019

 

O Cruzeiro era bicampeão da Copa do Brasil em sequência, com os títulos de 2017 e 2018, e buscava também o bicampeonato estadual. E a decisão era carregada de rivalidade, por causa do centroavante Fred, que tinha trocado de lado em 2017, provocando uma grande batalha judicial, por causa de uma multa de R$ 10 milhões na rescisão com o Atlético, caso fosse para o Cruzeiro.

E Fred foi o personagem da conquista do título. Depois de vencer por 2 a 1, no Mineirão, o time de Mano Menezes jogava por um empate a volta, no Independência.
Saiu perdendo por 1 a 0, mas chegou ao 1 a 1 justamente com um gol de Fred, cobrando pênalti, já na reta final do jogo.

Logo depois, várias denúncias de irregularidades contra a gestão de Wagner Pires de Sá no Cruzeiro foram divulgadas. Sua diretoria caiu, o Cruzeiro também, para a Série B do Brasileirão.

O Campeonato Mineiro de 2019 foi a última taça levantada pela Raposa, que vive a maior crise da sua história. Tudo o que o torcedor espera é que o título mineiro de 2019, que teve um gostinho especial, não seja por muito tempo a última conquista azul.

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO 1
Victror; Guga, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison (Alerrandro) e Elias; Geuvânio (Maicon), Luan (Vinícius Goes) e Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana

CRUZEIRO 1
Fábio; Edílson, Léo, Dedé  e Dodô; Henrique e Lucas Romero (Thiago Neves); Robinho, Rodriguinho (Lucas Silva) e Marquinhos Gabriel (Pedro Rocha); Fred. Técnico: Mano Menezes

DATA: 19 de abril de 2019
MOTIVO: Segunda partida da decisão do Campeonato Mineiro de 2019
LOCAL: Independência
GOLS: Elias, aos 29 minutos do primeiro tempo; Fred, aos 28 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Leandro Bizzio Marinho (SP), auxiliado por Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno Andrade Júnior (RS)
VAR: Leandro Pedro Vuaden (RS)
CARTÃO AMARELO: Victor, Geuvânio, Luan e Ricardo Oliveira (Atlético); Fábio, Edílson, Thiago Neves e Fred (Cruzeiro)
PÚBLICO: 21.862
RENDA: R$ 1.208.69,00

Imagem: Arte Hoje em Dia

Para comentar, envie e-mail para

raposao@paginasheroicasdigitais.com.br

e faremos seu cadastro.

Admin_PHD
Raposão PHD Páginas Heroicas Digitais
https://paginasheroicasdigitais.com.br

2 Replies to “Centenário: Uma conquista que manchou a história do clube – Hoje em Dia

  1. Li de um cruzeirense de 4 costados, íntegro, inteligente, correto, elogiando a contratação do Fred. É pra cabar.
    Um jornalista disse na frente do nosso presidente que houve uma hipnose coletiva que dois personagens caricatos fez todo mundo de bobo.

    1. Camilo,
      vai me desculpar, mas você não sabe classificar um cruzeirense de verdade ou não sabe o que é inteligente. Não conheço UM SEQUER que defendeu a contratação do Fred.
      alguns mantiveram a posição até ele sair. Assim como aconteceu com Dedé, eu disse que Fred JÁ ERA depois da contusão. Arrumei até inimigos por dizer a minha opinião sobre os dois… Cruzeirense que defende jogador cegamente não é inteligente.

Deixe uma resposta