Prof. Francisco Ferreira
Clube Cruzeiro Esporte Futebol Opinião Política

Cruzeiro: Existe uma Lógica na Ética e na Decência

Existe uma lógica na ética e na decência e ela é simples de entender.

Fatos

O Cruzeiro foi tomado por uma quadrilha; essa quadrilha praticamente destruiu o clube; a instituição sofre hoje a humilhação de um inédito rebaixamento e, pior, de ter que seguir no ano que vem, ano do seu centenário, ainda na Série B; financeiramente, aquilo que hoje já está péssimo, se tornará um verdadeiro pesadelo em 2021…

Visão

Pois bem, depois de toda essa catástrofe, era de se imaginar, pelo menos para qualquer pessoa decente, que TODAS as barreiras políticas estariam no chão e o clube seria abraçado por todas as correntes em um esforço conjunto pelo seu saneamento e reconstrução!
Ledo engano!
Interesses pessoais defendidos através de politicagem das mais baixas como a que predomina desde sempre nos corruptos clubes brasileiros falaram mais alto e o status quo foi preservado!
O futebol brasileiro não quer mudanças, não quer ser passado a limpo, nem ser verdadeiramente democratizado!
Querem é que as estruturas arcaicas permaneçam para garantir eternamente este ambiente propício às falcatruas, aos privilégios e à impunidade!

Reflexo

Na verdade, é um mero reflexo da política nacional, dominada desde a proclamação da república pelo satânico “Mecanismo” que perpetua os privilégios dos oligarcas!
Assim sendo, desisto de me oferecer para ajudar a quem não quer ser ajudado.
A atual diretoria e o conselho escolheram a manutenção de gente que apoiou os gangsteres da “Quadrilha União”!
Acho sim que tem gente boa e que não se envolveu em ilícitos entre eles, mas há muitos para os quais não há perdão! A torcida já se mobiliza por um boicote econômico abandonando programas de contribuição, de sócio-torcedor, ou deixando de comprar produtos licenciados do clube! A torcida se sente traída e com razão!

Abrindo o Jogo

Hoje eu já posso abrir o jogo: Quando o CG decidiu pela demissão do Ocimar Bolicenho, um de seus membros me ligou e perguntou se eu topava pegar como Executivo de Futebol. Eu disse que sim, mas que tínhamos que conversar, que aguardar a saída do Ocimar, etc., mas… acabou não rolando!
Defendi o nome do SSR com unhas e dentes no grupo Transparência e nas redes sociais. Fiz campanha mesmo!, entendendo que ele na presidência e Baroni na presidência do conselho, se somando a nomes do Conselho Gestor como um Emílio Brandi, por exemplo, formariam uma equipe ideal para salvar o clube.
Eu vinha tendo uma boa interlocução com SSR, fui recebido por ele, apresentei o “Projeto Fênix”, um modelo de excelência para auxiliar na reconstrução do clube… até que, mais ou menos uns 20 dias antes das eleições percebi que ele parou de me responder, acho que porque eu não quis sair do Grupo Transparência em respeito à amizade que tenho com o Baroni !
Veio a eleição do SSR para o mandato tampão e então a efetivação do Deivid, sem que ninguém entendesse…
Abro aqui um parêntesis: Não tenho nada contra ex-jogadores! Muito pelo contrário, sou amigo de muitos com os quais eu trabalhei e acho a experiência e vivência dentro de campo muito valiosa! Mas para certas funções, há que se exigir um maior preparo e uma base acadêmica bem mais consistente! Os exemplos são vários, mas vejam os do rival, que colocou Alexandre Gallo, depois Marques, ambos sem nenhum preparo ou experiência anterior! Fazem experiências em cargos chave!
São exceções aqueles ex-atletas que se preparam adequadamente com um curso superior, por exemplo: Fernando Diniz, Paulo André. Ou com nível intelectual realmente diferenciado como o Alex! A esmagadora maioria tem mal, mal um segundo grau completo e olhe lá! Muitos deles são praticamente semianalfabetos!

Licença A

Pude confirmar isto quando cursei a Licença A da CBF e vi que os ex-jogadores da minha turma sempre “encostavam” nos acadêmicos na hora da realização dos trabalhos teóricos! Outros ainda pegavam os trabalhos e enviavam para membros de suas comissões técnicas fazerem por eles. Quando tinha uma aula que envolvia conhecimentos mais profundos, estes não compreendiam a linguagem mais científica, mais acadêmica! Dormiam em sala de aula, pois não estão acostumados! Eram até bons para dar alguns treinos nas aulas práticas, mas como meros repetidores daquilo viram alguém fazer ou que vivenciaram quando ainda eram jogadores, sem muitas vezes saber ao certo o porquê e para quê de certos treinamentos!

Projeto de Excelência

Há cerca de 6 meses atrás tive uma reunião com o Daniel Baunfeld, intermediada pelo Sérgio Fonseca, no Centro Olímpico da UFMG. Apresentei um projeto de excelência para as categorias de base! Projeto ousado, ambicioso, mas nem por isso mirabolante, ou que envolveria altos custos! Pelo contrário: totalmente pés no chão, mas com as melhores metodologias da atualidade para a formação de novas gerações de atletas rápidos, técnicos, inteligentes e com uma profunda compreensão tática e do jogo, além de cidadãos conscientes e com senso de responsabilidade profissional. Um departamento científico atuante! Algo inspirado em Barcelona, nas Federações da Bélgica e da Holanda, dentre outros! Seria um salto gigantesco de qualidade na formação, na motivação, na imagem institucional do clube como vanguarda nesta área e não “mais do mesmo” como a gente tá careca de ver nas categorias de base Brasil a fora!
Sabem o que me responderam? “Chico, aguarde que iremos te ligar pra uma reunião para apresentação deste projeto!”… Tô esperando sentado!
Agora vem o mais decepcionante: Uma empresa especializada em gestão corporativa de um amigo meu está finalizando a aquisição de um clube europeu de pequeno porte. O objetivo é aplicar uma gestão 100% corporativa com objetivo de gerar resultado operacional e, consequentemente, resultado esportivo! Eu os tenho ajudado nos contatos, com dicas, com conhecimentos específicos do futebol e também prestarei meus serviços na área de gestão técnica do futebol quando for o momento.
Aconteceu então, que este amigo entrou em contato comigo há cerca de uns 40 dias e me confidenciou que eles estão vivenciando uma situação inusitada: Estão com excesso de investidores já captados, mas com escassez de clubes para aquisição. Alguns destes investidores são realmente poderosos e com capacidade de assumir dívidas elevadas como a do Cruzeiro, em troca, por exemplo, do controle/gestão do futebol!
Ele me pediu então informações sobre alguns clubes, dentre eles Cruzeiro e Botafogo, a pedido de um desses grandes investidores, assim como também para que eu olhasse com estes clubes se haveria interesse em pelo menos iniciar conversações.
Logicamente que priorizei o Cruzeiro e fiz chegar o assunto ao SSR através do Baroni! A resposta do SSR: “Fala pro Chico aguardar que iremos entrar em contato”, é a mesma que recebi 6 meses atrás quando apresentei o projeto para a base… Parece que o Cruzeiro não está precisando de $$$ né?!
Já descobri que me acham um chato, um cdf que quer tudo certinho! Mesmo eu tendo defendido a atual gestão com unhas e dentes, feito campanha, apresentado propostas realmente modernas, eles não me deram oportunidades… eles preferem é o Deivid! É… eles devem saber tudo de futebol, né?! A gestão do futebol do Cruzeiro neste ano foi uma “maravilha”!
Com essa total falta de interesse só me resta mesmo é desistir do Cruzeiro!
Continuarei torcendo, pois o coração será sempre azul e branco, mas tenho que seguir o meu caminho profissionalmente e as propostas já foram inevitavelmente apresentadas para outros clubes! Tivemos conversas muito produtivas e promissoras, sendo que um deles já pediu até que apresentemos nossa proposta agora em Dezembro! Temos agendadas conversas com outros, expectativas ainda para outros tantos (após as eleições deste fim de ano nestes clubes), assim como outros só após alteração legislativa em trâmite no senado.
Teria solução! Mas a politicagem, a vaidade e a soberba muitas vezes impedem que enxerguem o óbvio: O Cruzeiro não vai subir! O time é ruim! Felipão não é mágico! Enderson e Ney nem eram tão fracos assim! Podem trazer o Guardiola que não resolve!
A gestão do futebol neste ano foi uma tragédia! O ano que vem será terrível! Infelizmente! Que estejamos com o espírito preparado para um domínio absoluto do rival e crescimento do América nos próximos anos!
Saudações!
Chico

Imagem: Francisco Ferreira – CEPERF

Para comentar, envie e-mail para

raposao@paginasheroicasdigitais.com.br

e faremos seu cadastro.

Deixe uma resposta