PHDCast com Raposão PHD
Clube Competição Cruzeiro Esporte Futebol Geral - PHD PHDcast Profissional Resenha

Resenha com Raposão PHD e convidado – Pós-Jogo Figueirense-SC – 20nov20 – PHD

Este espaço é destinado a opiniões, notícias e entrevistas com cruzeirenses de todos os matizes, gêneros, idades e concepções sobre o Cruzeiro Esporte Clube e suas atividades centenárias.

PHDCast

PHDcast é um canal de comunicação que consiste numa gravação de áudio em que os cruzeirenses expressam suas opiniões ou apresentam fatos sobre o Cruzeiro.

Os cruzeirenses podem ouvir cada episódio em seu telefone, tablet, computador e em qualquer lugar que estejam, como num rádio (ainda não temos uma rádio com frequência FM ou AM, mas está nos planos).

Resenha Pós-Jogo

A cada encerramento de uma partida, o Raposão PHD recebe um ou mais convidados para participarem de uma Resenha “Papo-Reto”.

O Raposão PHD fez uma análise da partida, junto aos seus convidados e, ao final, teceram comentários gerais, sobre “o melhor”, “o pior”, “o herói”, “o vilão”.

Nesse episódio o pós-jogo é sobre o empate contra o Figueirense-SC, jogando na Toca 3.

O Raposão PHD e seus convidados, falaram da escalação, substituições e situações de jogo, e dos maus resultados com o mando de campo. Mais um empate (desta vez em 1 a 1) e que, novamente, foi visto como dos males o menor, mas muito ruim.

O time entrou com escalação diferente e a defesa sofreu desprotegida pela sobrecarga de funções de alguns jogadores ocasionada pela omissão de outros. As “piores apresentações” do time dirigido por Scolari, mesmo que mantendo a invencibilidade estão se sucedendo e grande parte da torcida vai caindo na real quanto à classificação para a Série A no ano do Centenário.

A cada jogo vemos repetir atuações ruins, destaques positivos e negativos serem reproduzidos e existe uma “bolha” sobre dirigentes, comissão técnica e alguns jogadores.

E você, o que tem a dizer e qual sua expectativa após ter visto o jogo e ouvir as opiniões dos PHD em @Cruzeiro sobre este empate com sabor de derrota ?

Imagem: Agência Minas Esportes

Resenha com Raposão PHD e convidados

Cruzeiro 1 x 1 Figueirense-SC – 22a Rodada Br´20 (20-11-2020)

P. S. Se não conseguir ouvir o PHDCast inteiro, clique nos três pontinhos (…) e ouça diretamente no Spotify.

Para comentar, envie e-mail para

raposao@paginasheroicasdigitais.com.br

e faremos seu cadastro.

PHDcast (Anteriores)

PHDcast – Todas as Edições

 

Admin_PHD
Raposão PHD Páginas Heroicas Digitais
https://paginasheroicasdigitais.com.br

2 Replies to “Resenha com Raposão PHD e convidado – Pós-Jogo Figueirense-SC – 20nov20 – PHD

  1. Boa noite ! Muito boa a resenha de ontem , após o jogo do Figueirense. Foram considerações, no geral, lúcidas e realistas. Infelizmente, nosso time não deu liga, ainda, e nem vai dar, com a insistência em determinados jogadores. O Patrick Brey possui o estilo peladeiro; o Jadsom mais velho saiu do Cruzeiro por insuficiência técnica e foi devolvido pelo Bahia; o Régis dá duas trombadas por jogo e cai estatelado no gramado; o Sóbis é ex-jogador em atividade; o Moreno de hoje é incapaz de clarear um lance; o Arthur Caike é extremamente ineficiente. Não é possível que treinador nenhum vê isso! Porquê não se tenta mudar o esquema, pra ver se melhora? Porquê não se dá chance aos armadores que estão esperando uma oportunidade? Tem que ser feito algo diferente, já que não temos dinheiro para contratar. Tem-se que pensar fora do paradigma, fora da caixa , para mudar a nossa situação. Não tem ninguém no departamento de futebol que possa sentar com o treinador e auxiliá-lo na avaliação dos jogadores? Treinador é Deus intocável que não pode trabalhar em conjunto com o departamento de futebol do clube e receber críticas? Nosso Cruzeiro migrou de uma exigência que sempre o permeou para uma mediocridade cotidiana, considerada natural. E o pior de tudo, tem trazido desânimo aos nossos corações. Que esse prometido novo Cruzeiro chegue logo, sem esquecer do carro chefe, o futebol. Um abraço azul!

  2. Entendo ser improprio, inadequado e injusto fazer avaliações individuais para um conjunto fraco e anímico. Scolari, quando pretere jogadores novos para dar lugar a Moreno, Sóbis, Jadson orelhudo, mostra a que veio.
    Resenhas repetitivas porque a maioria dos torcedores não consegue entender o tamanho da fossa em que nos metemos. É desanimador fazer resenha após apresentações como esta. Mas seguimos firmes.

Deixe uma resposta