Centenário - Aristizábal - Reprodução LOL Esportes
Centenário Clube Competição Cruzeiro Esporte Futebol Notícia Profissional

Centenário: O confronto que deu início à conquista da Tríplice Coroa – Hoje em Dia

Faltam 55 dias: a goleada que deu início à arrancada para a Tríplice Coroa

 

A primeira edição da Série A do Campeonato Brasileiro por pontos corridos teve uma disputa entre Cruzeiro e Santos, campeão no ano anterior e que contava com a geração Robinho, até o confronto entre eles pela 31ª rodada, sendo que foram 46 no total, pois era 24 os participantes, no Mineirão.

Os dois clubes entraram em campo empatados em pontos e vitórias. A vantagem cruzeirense era só no saldo de gols. Deixou de ser naquela tarde de 20 de setembro de 2003, um sábado, em que o Mineirão recebeu mais de 65 mil pagantes.

Pode-se dizer, sem medo de errar, que foi a primeira decisão de um Brasileirão por pontos corridos, formato que acaba com as disputas de mata-mata, mas não com os confrontos decisivos.

No turno, a Raposa já tinha vencido na Vila Belmiro, por 2 a 0. E aumentou a conta no Gigante da Pampulha. Com um Aristizábal inspirado, goleou por 3 a 0, com dois gols do colombiano. O outro foi do volante Felipe Melo.

A partir desta goleada, o Cruzeiro arrancou para o título. Abriu grande vantagem para o Santos e garantiu a taça de forma antecipada, decretando a Tríplice Coroa, pois o grande time comandado por Vanderlei Luxemburgo já tinha conquistado na temporada o Campeonato Mineiro e a Copa do Brasil, ambos de forma invicta.

A FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 3
Gomes; Maurinho, Cris, Thiago e Leandro; Augusto Recife, Maldonado (Felipe Melo), Wendel (Zinho) e Alex; Aristizábal e Mário Nobre (Alex Alves). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SANTOS 0
Fábio Costa; Neném (Fabiano), André Luís, Alex e Léo; Daniel (Marcelo), Renato, Jerry (William) e Elano; Robinho e Alexandre. Técnico: Emerson Leão

DATA: 20 de setembro de 2003
ESTÁDIO: Mineirão
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: Campeonato Brasileiro
GOLS: Aristizábal, aos 13 minutos do primeiro tempo. Felipe Melo, aos 25, e Aristizábal, aos 27 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Héber Roberto Lopes, auxiliado por Roberto Braatz e Rogério Rolim, todos do Paraná
CARTÃO VERMELHO: Fabiano (Santos)
CARTÃO AMARELO: Maldonado e Wendel (Cruzeiro); André Luís e Robinho (Santos)
PÚBLICO: 65.366
RENDA: R$ 605.861,00

Imagem: Reprodução LOL Esportes

Para comentar, envie e-mail para

raposao@paginasheroicasdigitais.com.br

e faremos seu cadastro.

Admin_PHD
Raposão PHD Páginas Heroicas Digitais
https://paginasheroicasdigitais.com.br

Deixe uma resposta