Centenário - Perfumo - Cruzeiro - Arquivo
Atleta Centenário Clube Cruzeiro Esporte Futebol Notícia Profissional

Centenário: O “Marechal” que se transformou em ídolo eterno – Hoje em Dia

Faltam 70 dias: O Marechal Perfumo e o clube que ‘salvou’ sua carreira

 

Certa vez, Roberto Alfredo Perfumo disse que o “dia de maior alegria” em sua vida foi quando Carmine Furletti, ex-diretor do Cruzeiro, chegou a Buenos Aires comprar seu passe. Quando desembarcou em BH, em março de 1971, foi tomado por um fascínio pela torcida, que o havia recepcionado na Pampulha. Pronto, iniciava ali um casamento do “Marechal” com a Raposa.

Capitão da seleção argentina, Perfumo encontrou no Cruzeiro o local ideal para seu regresso ao futebol, após fraturar a perna em 1968, em lance considerado “maldoso” por Pelé, e passar por um período em que “andava meio desiludido”, como ele próprio afirmou.

Fez parte de um time que tinha, entre outros, Raul, Piazza, Palhinha, Roberto Batata, Joãozinho e Zé Carlos. Em outras palavras, a equipe que antecedeu aquela que viria ser campeã da Libertadores em 1976. De 1971 a 1974, o defensor encheu os olhos da torcida com um futebol de categoria e raça.

Ao todo, esteve em campo em 141 partidas e marcou seis gols pelo clube celeste e celebrou a conquista de três Campeonatos Mineiros: 1972, 1973 e 1974.

Quarto estrangeiro que mais vezes vestiu a camisa cruzeirense, Perfumo morreu em 10 de março de 2016. Ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) no dia anterior, em Buenos Aires, após cair da escada de um restaurante, foi internado em estado crítico e não resistiu, deixando um legado incomensurável como desportista e ser humano.

A FICHA DO CRAQUE

NOME: Roberto Alfredo Perfumo
NASCIMENTO: 3 de outubro de 1942
LOCAL: Sarandí (Argentina)
MORTE: 10 de março de 2016
LOCAL: Buenos Aires (Argentina)
ESTREIA NO CRUZEIRO: 15 de abril de 1971 – Cruzeiro 2 x 1 Racing (ARG) – Amistoso – Cidade do Panamá
PERÍODO NO CRUZEIRO: 1971 a 1975
GOLS: 6
JOGOS: 141
TÍTULOS: Campeonato Mineiro (1972, 1973 e 1974)
OUTROS CLUBES: Racing e River Plate (Argentina)
NA SELEÇÃO ARGENTINA (jogos oficiais)
ESTREIA
: 11/6/1966 – Argentina 1 x 1 Polônia – Amistoso – Buenos Aires
GOL: 0
JOGOS: 37

Imagem: Reprodução Hoje em Dia – Cruzeiro/Arquivo

Para comentar, envie e-mail para

raposao@paginasheroicasdigitais.com.br

e faremos seu cadastro.

Admin_PHD
Raposão PHD Páginas Heroicas Digitais
https://paginasheroicasdigitais.com.br

Deixe uma resposta