PHDCast com Raposão PHD
Clube Cruzeiro Esporte Geral - PHD Opinião PHDcast

Raposão PHD Opinião – Renascimento ou falecimento

Raposão PHD

Renascimento ou falecimento ?

 

Neste episódio do PHDcast o Raposão PHD, que é PHD quando o assunto é Cruzeiro, sempre de forma contundente, fala sobre o silêncio ensurdecedor que atinge as hostes estreladas.

Faz diferença usar um termo oriundi ou um tupiniquim ?

O Raposão PHD está preocupado com judicialização e o que está realmente por trás da aclamação que virá no dia 7 de outubro, uma data pra lá de emblemática para os cruzeirenses. Cruzeirense que não entende o simbolismo desta data não entenderá nadica de nada.

Qual a sua opinião ?

Comente, compartilhe e amplie o debate deste e de outros temas relacionados a tudo que esteja associado ao Cruzeiro no PHD.

Você também pode ouvir todos os podcasts do PHDcast no seu agregador preferido (Apple, Google, Spotify etc) ou no link ANCHOR.

 

P. S. Se não conseguir ouvir o PHDCast inteiro, clique nos três pontinhos (…) e ouça diretamente no Spotify.

 
 

PHDcast (Anteriores)

PHDcast – Todas as Edições

Admin_PHD
Raposão PHD Páginas Heroicas Digitais
https://paginasheroicasdigitais.com.br

3 Replies to “Raposão PHD Opinião – Renascimento ou falecimento

  1. O Risorgimento o Muerte (oriundi) vai ser definido nos bastidores, sem a participação dos torcedores, que conforme for o guia, só atrapalha.
    Sempre me perguntava por que os torcedores de bem não faziam manifestações quando o navio ainda não tinha afundado.
    Tempos atrás, o Evandro acabou me respondendo esta pergunta, respondendo um outro leitor.
    Não sei se ele vai lembrar, ele disse que qualquer manifestação séria, seria reprimida pelas organizadas. A milícia em prol do Príncipe.
    No dia 7 de Outubro, só nos resta a nós torcedores Cruzeirenses, a reza, a penitência, a oração, uma promessa…; para que o resultado seja o melhor para o Cruzeiro.
    Renascimento ou falecimento? Que seja o Renascimento.

    1. Camilo, acho que a (minha) preocupação é exatamente essa aparente letargia da torcida do Cruzeiro. Eu, sinceramente, não acredito que a torcida organizada que seja não tem poder de fazer pressão senão pelo terrorismo que impões. E não acho válida essa maifestação, muito porqu eela vêm, geralmente, em momentos inoportunos (para o futebol/esporte do Cruzeiro) e com reivindicações estapafurdias. O “torcedor de bem” me parece estar com o sentimento de fracasso na alma, depois de ajudar (e ainda ajuda) financeiramente (comprando produtos, doando e sendo sócio), me parece que isso não foi o suficiente…. Agora resta “esperar” acontecer. Nesse ponto, seria fundamental sua participação ativa, que só virá com a mudança do estatuto para poder dar voz à quem ama o clube.
      Enquanto isso, somos (e seremos por um tempo ainda) reféns dos conselheiros e seus interesses diversos que não o esporte do Cruzeiro, tampouco sua saúde financeira e sua prosperidade como clube.
      Oremos, porque esse ano não me traz muita esperança!

      1. Danilo,
        Letargia?
        Orai e vigiai?
        Olha, coloca alguma coisa objetiva e crítica em determinados grupos e redes sociais e verá o que a horda de simpatizantes faz com você… tem um grupo aí (mais de 300 mil) que basta eu escrever A REAL, o pulha e analfabeto do administrador me suspende de comentar… (estou proibido de postar qualquer coisa)…
        Estes IDIOTAS acham que mandam nos outros (mandam em 98% dos 9 milhões)… e eles estão bem vivos e atuantes (NAS REDES SOCIAIS).

Deixe uma resposta