Contrato de Dedé será avaliado
Cruzeiro Esporte Futebol

“Quem quiser ficar, fica muito por amor, por vontade” – Portal UAI

Presidente do Cruzeiro sobre futuro de Dedé: ‘Quem quiser ficar, fica muito por amor, por vontade’. Sérgio Santos Rodrigues disse que vai conversar com o defensor e ambos tomarão uma decisão em conjunto

Em processo de recuperação após passar por cirurgia no joelho direito, o zagueiro Dedé ainda tem futuro indefinido. O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, disse que vai conversar com o atleta para definir de forma conjunta o prosseguimento da carreira de Dedé.O defensor tem contrato com o Cruzeiro até o fim de 2021. De acordo com o presidente celeste, ‘quem quiser ficar no Cruzeiro, fica muito por amor, por vontade’.

“O Dedé está em recuperação agora, ele não está se recuperando aqui (na Toca da Raposa II), está no Rio de Janeiro. A gente tem que aguardar, porque tem que entender quando vai finalizar essa recuperação, quando ele vai estar pronto para ir a campo. E quando puder ir a campo, entender com os empresários, com ele, qual é a vontade dele”, frisou Sérgio, em live com o jornalista Jaeci Carvalho, do Estado de Minas.

“Quem quiser ficar no Cruzeiro, fica muito por amor, por vontade. Temos que esperar ele voltar, para sentar com ele. O primeiro passo que a gente preocupa é  com a saúde. Ele tem que estar com a saúde plena, em pleno vigor físico para sentar e entender da parte dele, da nossa, como vai estar com o Enderson, nesse projeto do técnico, como a gente vai equalizar isso”, acrescentou.

Em entrevista no mês passado, Dedé destacou que está focado na recuperação e afirmou que ainda não sabe onde jogará. “Difícil falar. Eu sou do Cruzeiro. Me perguntam muito se eu vou voltar para o Cruzeiro, sendo que eu nem saí. Meu foco é minha recuperação, ficar bem e aí saber o que vou fazer. Eu nem sei se vou ficar 100%, mas estou tentando e, se Deus quiser, vou conseguir, para dar uma resposta para vocês”.

Dedé recebeu uma consulta do Atlético neste ano. Contudo, como o defensor já estava lesionado, o Galo foi em busca de outros atletas no mercado.

Série B

Dedé não descartou jogar a Série B pelo Cruzeiro. Ele ressaltou que aceitou a repactuação salarial para receber R$ 150 mil em 2020, com a diferença a ser paga em 20 parcelas a partir de abril de 2021. O impacto nos vencimentos, segundo o zagueiro, foi de 78% – a remuneração total gira em torno de R$ 700 mil.

“Não tem definição nenhuma. E não teria problema nenhum. Eu surgi para o futebol na Série B, joguei cinco jogos. Foi um sonho realizado. Não é porque cheguei à Seleção um dia que não posso defender o clube que está no meu coração, que vive momento de dificuldade. Não há problema nenhum”.

Contratação

Contratado ao Vasco em abril de 2013 por R$ 14 milhões, Dedé tem vínculo com o Cruzeiro até dezembro de 2021. De 2015 a 2017, o zagueiro passou por sucessivas lesões e pouco jogou. Quando esteve em campo, participou de 188 partidas e marcou 15 gols, graças à qualidade na bola aérea, uma de suas principais virtudes em campo. Ele foi eleito o melhor de sua posição nos Brasileiros de 2013 e 2014.

 

0

One Reply to ““Quem quiser ficar, fica muito por amor, por vontade” – Portal UAI

Deixe uma resposta