Vôlei nas trevas

Por SÍNDICO | Em 6 de junho de 2010

Não tenho a paciência do Olivieri e do Chaves pra assistir a uma partida de vôlei inteira. Mas, solidário ao Ernesto Araújo, me esforço durante alguns minutos de cada set.

E foi com este sentimento que me aventurei a acompanhar os dois jogos Cuba x Argentina, em La Habana.

Foram tenebrosas. Ao pé da letra. Não as partidas, mas as transmissões da televisão governamental de Cuba.

A emissora oficial do regime cubano produz imagens que estão um degrau abaixo das transmissões da TV Itacolomi nos Anos 60. Uma vergonha a falta de nitidez e a pobreza de informações.

Pra piorar, o ginásio estava semidesertoe as poucas tomadas do público mostravam pessoas mal ajambradas e desanimadas.

Cuba já teve dias melhores. Parece que o adjutório do ditador cucaracha não dá pra pagar as contas como acontecia com a farta mesada soviética durante a Guerra Fria.

Posto isto, registre-se que foram dois jogos animados. Os argentinos mais técnicos, os cubanos, como nos bons tempos, voando e sentando a mão sem dó nem piedade.

Venceram por 3×2 as duas partidas. Wilfredo León, de 16 anos, é a estrela do time. Joandry Leal, o segundo nome. Entre os argentinos, destacou-see o gigante Gustavo Scholtis.

O saque foi o fundamento decisivo na vitória cubana. Principlamente na primeira partida, quando os argentinos acertaram a rede além do que se poderia esperar de uma seleção de ponta.

Nos bancos, duas referências: no cubano, o histórico Orlando Samuels; no argentino um astro recente das quadras, Javier Weber.

Se o projeto do vôlei do Cruzeiro / Sada sfor mantido na próxima temporada, valeria a pena garimpar alguns talentos cubanos.

O problema é saber se a ditadura da Ilha Que Parou no Tempo, permitiria as transferências.

N.B.: Os donos do poder em Cuba mantêm o culto à personalidade do Ernesto, como se pôde perceber pelo banner cpm sua cara, que pendia de uma das paredes do ginásio mal iluminado.

16 comentários para “Vôlei nas trevas”

  1. Queria dar o parabéns ao Ernesto pelos excelentes Post já escritos de Volei.. e aproveitar e dar um puxão de orelha ao Oliviere e ao Charles com aqueles comentários fora da hora e de contexto que no minimo desrespeitão o trabalho de Ernesto Araujo na dedicação e tempo gasto nos seus Post.

    • Jorge Santana disse:

      Perfeito. O Evandrão já havia falado sobre isto. O Ernesto é um comentarista sério, colaborador do blog de primeira hora e merece respeito. A brincadeira é aceitável. O que não pode é ficar apenas nela sem prestar atenção no conteúdo do post. Isto é uma descortesia com quem perdeu horas fornecendo conteúdo pros leitores do blog.

  2. Binho disse:

    Concordo. São bons e bsaratos os jogadores cubanos. Resta saber se o regime os deixa sair do país. Duvido.

    • Jorge Santana disse:

      Alguns saem. Tem que correr atrás e convencer os manchuvas de lá. A Sada é rica. Se quer usar a camisa do Cruzeiro, tem de investir. De miserê já basta o futebol profissional.

      • Mauro França disse:

        Mas a Sada está investindo. Já foram contratados para a próxima temporada: o levantador William Arjona (ex-Bolivar-Argentina), o meio de rede Acácio (ex-Montes Claros), o líbero Serginho (ex-Vivo Minas), e os ponteiros Filipe Ferraz (ex-Sesi) e Léo Mineiro (ex-Iskra Odintsovo-Rússia).

      • Mauro França disse:

        E trouxe também o oposto Rodrigo Ceola. Seis reforços, além da manutenção da base do time, incluindo Wallace. Fonte: site do Sada.

      • Jorge Santana disse:

        Se é assim, melhor mandar o ZZP e o Dimas administrarem o vôlei e botar o pessoal da Sada pra tocar o futebol do Cruzeiro.

    • Deixem cada um com suas seleções nacionais de vôlei e separem as coisas dos TIMES de vôlei no Brasil e países avançados na prática do esporte por TIMES (Itália, Espanha, Japão).
      Assim como no Futebol, basquete, beisebol, Futebol Americano, UMA COISA é o time, OUTRA coisa é Seleção.
      Não tem sentido, não é racional e nem inteligente, misturar alhos com bugalhos.

  3. Naldo disse:

    Jorge, hoje os ditores estão um pouco mais flexíveis. Tanto que o Roca e a Regla Bell estão jogando no Brasil e a Aguero, estrela de seleção feminina bem como o Angel Denis, jogam na itália. Mas os primeiros herois cubanos que quiseram jogar fora da ilha, tiveram que abandonar a seleção e pedir asilo político em outros países, a Itália foi o principal deles. Porem, tiveram que cumprir suspensão de 2 anos para poder voltar as quadras. Concordo com você que o Cruzeiro poderia buscar reforços em Cuba, são bons e baratos como o Zezé gosta, só que não existe venda de passe e afins.

  4. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Alguém aí sabe como anda o volei da guatemala, do haiti, de honduras?

  5. Naldo disse:

    O Brasil suou, mas venceu a Bulgária duas vezes.