Vinhos para acompanhar o bacalhau

Por Jorge Angrisano Santana | Em 17 de abril de 2019

GUILHERME FONSECA

Semana Santa pede bacalhau e bacalhau pede vinho. Organizei uma lista de cinco brancos e cinco tintos, que harmonizam com as mais f=diversas receitas do peixe. 

Para facilitar a vida dos consumidores belo-horizontinos, a maioria dos vinhos são encontrados no Verdemar e no Supernosso.

Os portugueses apostam nos tintos com boa estrutura, mas com taninos mais leves e boa acidez pra cortar a gordura do azeite,
presente em quase todos pratos de bacalhau.

Mas há também os que preferem brancos mais encorpados, com passagem por barricas de carvalho, com boa suntuosidade, que harmonizam bem com o forte sabor do bacalhau.

Podemos dizer que bacalhau combina com vinhos brancos e tintos. Mas deve-se evitar os tintos das castas Cabernet Sauvignon,Tannat e Malbec. Já para o tradicional  bolinho de bacalhau, espumante brut, é a melhor opção.

Brancos até R$50 => Grão Vasco, R$47,  Monte da Ravasqueira Clássico, R$35,  Quinta da Garrida Encruzado Dão, R$49, Quinta da Lixa, R$49, Titular Colheita Dão, R$50, 

Tintos até R$50 => Grão Vasco, R$43, Cabriz, R$50, Fata Grande Escolha Dão DOC, R$46, Monte Col Colheita, R$46, Estremus Dão DOC, R$50.

Brancos acima de R$50 => Esporão Reserva, R$160, Muralhas de Monção, R$110, Quinta dos Loridos Alvarinho, R$93, Morande Estate Reserve Chardonnay, R$80, Alvarinho Reserva Verde, R$60.

Tintos acima de R$50 => Monte Ravasqueira Vinha de Romas, R$170, Catedral Reserva Dão, R$102, Vinha do Bispado Reserva Douro, E$90, Cabriz Reserva Dão, R$77, Foral dos Quatro Ventos, R$69.

Um grande abraço a todos, bom apetite e uma feliz páscoa.

GUILHERME FONSECA, 56 anos, cruzeirense, administrador de empresas, nascido em Belo Horizonte, enófilo desde 2002.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.