Um tecladista, por favor!

Por SÍNDICO | Em 16 de abril de 2018

ADÍLSON não servia pra treinar o Cruzeiro, porque era pardal e, principalmente, porque não escalou o ídolo Sorin na final da Libertadores.

CUCA não prestava porque era depressivo. JOEL, por ser boleiro. MANCINI, porque não tinha nível de Cruzeiro.

ROTH era retranqueiro, MARCELO sempre perdia pras frangas, porque torcia pra elas. LUXEMBURGO está ultrapassado.

BENTO desconhecia o futebol brasileiro. DEIVID não passava de um estagiário. MANO é técnico só de mata-mata, não treina o time, não sabe substituir e cousa e lousa.

O Cruzeiro recisa é de um tecladista das redes sociais treinando seu time. Um time montado pra ser campeão mundial merece uma dessas sumidades do mundo virtual.

163 comentários para “Um tecladista, por favor!”

  1. Magno Antunes Dos Santos disse:

    O pior que o time foi montado realmente pra ser campeão mundial
    E tinha torcedor no inicio do ano que acreditava que tínhamos não só um time como um elenco capaz de encarar e vencer qualquer adversário.

    • Magno Antunes Dos Santos disse:

      Tínhamos também um técnico que prometeu no inicio do ano que iria propor jogo porque tinha elenco pra isso……..o torcedor ser uma “sumidades” acho que não tem problema, mas técnico e diretoria agirem amadoristicamente tanto na montagem do elenco quanto no comando e organização do time é preocupante.Principalmente pelo salário indecente que recebem técnico e jogadores.

  2. Ernesto Araújo disse:

    Uma característica que eu vejo no Mano é que dá a impressão (não tenho dados científicos nem estatísticos para comprovar isso, portanto é chute mesmo) é que muitas vezes o plano de jogo (alô Romarol!) que ele imagina normalmente acaba não funcionando. Por isso são inúmeras as vezes em que o time melhora no segundo tempo ou, e em jogos de ida-e-volta, o time acaba conseguindo melhorar.

    • Ernesto Araújo disse:

      Agora, como são profissionais de alto nível (Mano e Elenco), o grupo é quase o mesmo a um ano (e ainda ganhou reforços) e treinam/jogam sempre é de se estranhar como parece que o Cruzeiro tem dificuldades para encontrar soluções para problemas e situações recorrentes. Além disso, o estilo do Gremio já é conhecido. Será que ninguém tinha um plano alternativo de jogo para o caso dos caras entrarem com aquele tik-taka gaúcho ?

      • Magno Antunes Dos Santos disse:

        Tinham si…..Rafael Marques!!!

      • Ernesto Araújo disse:

        Tudo bem que elenco bom, técnico bom e táticas mirabolantes não são garantia de vitória eterna. Mas uma apresentação como a de domingo onde o Cruzeiro não conseguiu mostrar nenhuma reação consistente a não ser o abafa bagunçado do fim da partida (também em função da expulsão do Kanemann) é muito pouco.

    • Miguel Tolentino disse:

      Mano tem um único plano de jogo, futebol reativo. Se o adversário não abre o maracador o time do Cruzeiro busca o gol. Simples assim.

    • Romarol disse:

      Alô! Câmbio! 🙂

  3. Miguel Tolentino disse:

    De todos os citados Mano Menezes tem disparadamente o pior custo-benefício.

  4. JJ disse:

    Mauro Cezar Pereira, apesar de tudo, sempre esteve certo sobre Mano Menezes. Inclusive o que disse no Linha de Passe da última sexta feira, mas vem dizendo desde sempre, desde antes do título da CBr. Mano é medíocre. E muito caro para ser medíocre.

    • Miguel Tolentino disse:

      O boçal acerta de vez em quando. Se bem que não precisa ser muito esperto pra perceber a mediocridade do treineiro.

    • Magno Antunes Dos Santos disse:

      Digo isso desde que chegou na Toca pela primeira vez… excelente pra salvar do rebaixamento e geralmente tem mais sorte do que juízo, mesmo entendendo que só tem sorte quem tá preparado pra aproveitar as oportunidades…..gostaria que ele buscasse as oportunidades em vez de ficar esperando elas aparecerem. No começo desse ano me deu um alento quando testou o 4-3-3, mas desistiu pra não tirar os “craques” do time.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Poxa, o cara tem a fórmula pronta e quis inventar a roda. O time do 2º semestre de 2015 era bem bacana.

  5. JJ disse:

    O único mundial que esse time vai ver é o mundial dos provincianos, ou seja, o Campeonato Mineiro. Que para essa gente já vale. Mais que um Mineiro, só um vencido por 5×0, que garantiram um lugar no Olimpo para Adilson Batista, o técnico do quase.

  6. Miguel Tolentino disse:

    Mano é um treinador caro e limitado. Ele de fato não tem culpa de que ofereceram um contrato de Mourinho ao um Celso Roth piorado com diploma da UEFA, mas querer esconder que ele não é nem 1/6 da grife vendida é no mínimo subestimar a inteligência alheia ou no mínimo coisa de colonizado mais fã de etiqueta que do próprio clube.

  7. JJ disse:

    Para o jogo quinta-feira, alguém sabe se La U tem alguma qualidade na bola parada ? Tendo um bom cobrador e alguém com três neurônios na área já é botar uma mão nos três pontos contra o timaço do Cruzeiro.

    • Miguel Tolentino disse:

      La U tem um tal de Pizarro com 38 anos que corre feito menino de 18 anos. Um caso a ser observado por nossos trintões que parece ter 60.

  8. Celeste disse:

    Do melhor para o pior: 1 – Marcelo: Treinador de verdade, incluindo as decisivas jogadas de bola parada. Falhou quando, em 2015, ficou cobrando o tal meia que não veio. Não é ô cara, porque não sobreviveu depois que saiu do clube. 2 – Esforçado e não sossega a beira do campo. Jogador nenhum some do jogo. Falhou com Sorin. 3 – Bento: Boa proposta ofensiva. Faltou experiência. 4 – MM: sabe montar defesas e não sabe montar ataques. Parece ser bom de grupo. Não deve treinar bola parada. 5– Cuca: Bom treinador, mas é muito chorão mesmo… 6 – Mancini: Sabe fazer o time jogar o arroz com feijão, mas é sim técnico de time pequeno. 7 – Roth: retranca e mais nada. 8 – VL: ex – técnico em atividade. 9- Deivid: Tem que raalr muito até virar técncio. Tá longe…

    • Celeste disse:

      O segundo é o Adilson…

    • Miguel Tolentino disse:

      Vai me desculpar, Celeste. Mas um treinador que me leva 4 a 1 para as frangas quando venceu o primeiro jogo por 2 a 0 e abriu o placar fora de casa (com gol fora valendo), um treinador que me leva 3 a 1 num clássico em que quase todos os escanteios entraram, a exemplo, do que já tinha ocorrido na Argentina, que leva gols quase sempre em casa de equipes como o então lanterna do futebol paraguaio, não pode bater no peito e assumir que monta boas defesas.

      • Celeste disse:

        Tolentino, me expressei mal. Quis dizer que o MM só sabe jogar na retranca. Se ele tenta jogar no ataque, desestrutura tudo. Não sabe fazer bem as duas coisas: atacar e defender. Sempre que monta um time mais ofensivo, a derrota é certa. A bola parada é um caso a parte. É ruim quando ataca e defende. Não é treinada nos dois sentidos. Por fim vale lembrar que o time já engatou boas sequências sem levar gols no último brasileiro.

      • Miguel Tolentino disse:

        Aí sim, plenamente de acordo. Irretocável.

  9. Celeste disse:

    Concluindo: Esse elenco, na mão do MO, poderia estar com melhores números.

  10. Miguel Tolentino disse:

    ADÍLSON: Tinha um time limitado, barato e ainda sim conseguiu formar uma das melhores trincas de meias do país com volantes modernos e polivalentes. Seu time tinha força e velocidade – proposta sólida de jogo – transição ofensiva rápida e objetiva. Não campeonou por detalhes.

    • Miguel Tolentino disse:

      CUCA: Sistemas modernos de marcação nunca foram seu forte (o negócio era cada um pega o seu mesmo o que por vezes funciona por outros gerava fiascos), mas aquele caos ofensivo organizado deu muito certo entre 2010 (quando quase conquistamos o Brasileiro) e no primeiro semestre de 2011 na Libertadores quando numa noite infeliz do “queridinho” Roger Secco tudo foi posto a perder. Além do mais era outro time montado dentro de uma rigidez orçamentária conservadora.

      • Miguel Tolentino disse:

        JOEL: Pegou um rabo de foguete no segundo semestre de 2011, e foi fritado quando tentava com seu estilo boleirão arrancar algo daquele arremedo de time.

      • Miguel Tolentino disse:

        MANCINI: Outro subestimado, sempre montou times organizados com baixo orçamento, mas nunca deu sorte com a cartolada. Terá honrarias eternas pelo 6 a 1 no contexto que foi.

      • Miguel Tolentino disse:

        ROTH: Era limitado, retranqueiro e de uma filosofia bem semelhante a atual. Ainda sim nunca sustentou etiquetas UEFA, conquistou sua Libertadores no Inter e em 2012 pegou um time dentro de uma proposta que era unicamente não cair, pagar contas e preparar terreno para 2013. Deu muito certo e atingiu todos os objetivos que lhe foram propostos naquela temporada, saindo pelas porta dos fundos em mais uma ingratidão do cartola senil (deveria sair com homenagens e gratificações devidas).

      • Miguel Tolentino disse:

        MARCELO: Dispensa palavras, o aproveitamento dele e o bicampeonato (impensado pela China Azul durante muito tempo) falam por si só, isso sem contar o futebol ofensivo que encheu os olhos da torcida.

      • Miguel Tolentino disse:

        LUXEMBURGO: De fato pra lá de ultrapassado e caríssimo, o futebol mudou ele ele foi atropelado ou se perdeu no próprio projeto manager. Ainda sim com aquele currículo riquíssimo em conquistas e com direito a treinar os galáticos do Real merece todo o respeito do mundo pela crônica desportiva nacional, aqui então, a tríplice coroa ficará na memória de que viu para sempre.

      • Miguel Tolentino disse:

        BENTO: Outro que caiu de paraquedas numa Liga diferente, numa outra cultura futebolística com um time limitadíssimo e como não foi mágico caiu em tempo recorde. Ainda sim seu time apresentou bastante volume de jogo, muitas finalizações por partida e uma configuração tática organizada. Uma pena que os resultados não vieram.

      • Miguel Tolentino disse:

        DEIVID: Teve mais tempo pra trabalhar que o portuga mas não estava preparado para o desafio, contudo foi bem na temporada anterior como interino e depois ao pegar o time deixado pelo treineiro que partiu em busca de grana na China, mas não teve material humano pra trabalhar (mesmo o time do Bento) e foi fritado pelo torcedor diante da dificuldade notória em articular uma frase (mesmo com 72% de aproveitamento).

      • Miguel Tolentino disse:

        Agora o que podemos falar de bom do Mano fora seu salário de treinador europeu, o curso da UEFA que segue enganando os etiquetófilos, a constante participação em canais esportivos, um lapso de bom futebol de sua equipe em 2015 que ocorreu em raros três meses, transferências de responsabilidade para arbitragem, jovens jogadores, calendário e um futebol nada convincente? Ah claro podemos falar do título conquistado mais no brilho de alguns jogadores, na bacia das almas (quase caímos em diversas vezes), e nas luvas de um grande arqueiro durante dos penais… Coisas do futebol, por vezes trabalhos excelentes como a seleção do Telê não são premiados com caneco e uns medíocres são com algum caneco pra enganar bobo. Já as marcas do seu longo trabalho – que não mudam (mesmo com todos os pedidos de reforços atendidos) como o futebol pragmático, posse de bola improdutiva, caos defensivo na bola parada, entregadas de pontos para times fracos, surras em grandes jogos com sua defesa desnorteada levando muitos gols, futebol pobre e reativo, péssimas substituições, falta de criatividade do seu sistema ofensivo, fé incondicional em seus cavalos cansados, ojeriza a jovens atletas formados na Toca I, e um time que diz jogar no erro adversário mas que com um contragolpe lentíssimo – são bem conhecidas por todos aqui e pelos torcedores de outros time que tiveram ele como treinador.

      • Rapaz, da quase um filme….

    • Bruno 7L RJ disse:

      Talentim, Síndico vai te diminuir mas achei muito boas as definições. Na do Mano vc exagerou no rancor, mas quando falou da proposta de jogo, mandou bem.

      • Miguel Tolentino disse:

        O que me irrita no Mano não é sua mediocridade é arrotar uma grife injustificada. O que tem de gente caindo na onda de mesa-redondista que o coloca no patamar do Tite é brincadeira… Um distribuidor de coletes que jamais justificou a fama e os altos salários. De expert em série b com times de grande orçamento à fiascos em times com muita grana pra investir como Flamengo, Corinthians e até Seleção. Talvez confundam o fato dele ser bem relacionado no mundo esportivo com competência…

      • Bruno 7L RJ disse:

        Eu não acho o Mano tão ruim, mas prefiro pelo menos 3 dessa lista que o Síndico enviou. Futebol sendo um produto, prefiro que se arrisca mais.

  11. Miguel Tolentino disse:

    Engraçado é que o MM consegue fechar as portas por onde passa. No Grêmio ninguém o cogitou de volta antes da volta do Renato. No Corinthians ele voltou mas durou pouco, logo passou a persona non grata por lá (chegando a colocar no banco grande parte dos atletas campeões com Tite), sendo rechaçada sua volta quando a cartolada paulista preferiu apostar num membro da comissão técnica fixa do clube. No Flamengo então, nunca mais, pegou mal o futebol medonho e covarde da equipe carioca e aquela conversa mole de que o elenco não entendia sua proposta de jogo. No milionário futebol chinês, após pegar o caríssimo e bem montado Shandong (ultra vitorioso com Cuca) não é mais cogitado nem na segunda divisão, foi sair de lá e o time voltou a disputar canecos. O próximo lugar em que jamais voltará será o Cruzeiro, após é claro, vencer seu contrato quase vitalício com proventos de Champions League.

  12. Bruno 7L RJ disse:

    Lamento muito a questão do Paulo Bento. Era um cara para se apostar num começo de temporada, quiça, num final de temporada numa situação que o time não almejasse nada (tal qual Luxa em 2002). Futebol dele era muito ofensivo, veloz. Sem contar a confiança em jovens. Esbarrou na má pontaria dos nossos atacantes naquele momento. É uma cara que eu apostaria mas nessas condições que supra citei.

  13. Bruno 7L RJ disse:

    A época do Adilson foi muito maneira. Jogos no Mineirão era quase certeza de 3 pontos. Mas fora de casa, na maioria das vezes não sei o que acontecia com o nosso comandante que se borrava todo.

    • Miguel Tolentino disse:

      Adilson montava time de acordo com o adversário. Isso dava muito certo algumas vezes ou muito errado em outras. Ainda sim o próprio Carille disse recentemente que em matéria de beira de campo e leitura de jogo AB foi o melhor com quem ele trabalhou. Agora perguntem se ele falou alguma coisa do Mano?

      • Bruno 7L RJ disse:

        Carille faz um grande trabalho.

      • Matheus Chaves disse:

        Tolentino, Carlile sempre fala que o Mano criou as bases de jogo que o Corinthians adota até hoje. Com todo respeito, mas essa sua taradeza no Mano tá avacalhando o blog demais.

      • Miguel Tolentino disse:

        Ah é? Desencana a entrevista então. Ou isso é conversa pra boi dormir de fãzete do treineiro.

      • Miguel Tolentino disse:

        A referência do Carille é o Tite. E ponto. Do Mano ele não fala quase nada só alguns lugares comuns porque foi com um dos que ele trabalhou. Mas elogios pontuais não existe um.

      • Matheus Chaves disse:

        Já ouvi em um bocado de entrevista do Carlile na ESPN. Não sou fã do Mano e meus comentários aqui no PHD mostram isso. O ponto do meu comentário nem é esse… o principal é só te dar um toque que essa sanha em malhar o Mano só depõe contra a qualidade do debate aqui, que via de regra é alta.

      • Bruno 7L RJ disse:

        “Tenho uma gratidão eterna pelo Mano e pelo Sidnei (Lobo, auxiliar de Mano Menezes). Foram eles que abriram as portas do Corinthians para mim. Joguei com o Sidnei no Paraná, fiz um estágio com eles no Grêmio e, em 2009, fui chamado para trabalhar no Corinthians. Sou muito grato”, discursou Carille, nesta terça-feira, véspera do primeiro duelo da Copa do Brasil com os seus tutores. “Somos adversários, não inimigos” – Fábio Carille.

      • Miguel Tolentino disse:

        Ainda aguardando algum elogio pontual ou contribuição do Mano em seu trabalho. Além é claro da eterna gratidão por abrir as portas do esporte… Já vi inúmeras referências ao Tite e até ao AB. Mas do Mano…

      • Bruno 7L RJ disse:

        Sem entrar na polêmica, já vi dizendo (apenas uma entrevista) que se espelhava no Tite. Talentim, dá um tempo no Mano mesmo. Senão vai virar outro Júlio Batista em sua vida.

      • matheus t penido disse:

        Tolentino é infantil. Não gosta do Mano e por isso acha que o cara tem que ser malhado sempre, faça o que fizer, em qualquer situação. Quem escrever uma vírgula minimamente favorável ao treinador é manezete e outras bobagens que ele inventa pra justificar a tara. Está de provocação, não há dúvidas.

      • Matheus Chaves disse:

        Ta arrebentando com a qualidade das discussões aqui. Puts grila.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Talentim fala e lê bem o jogo. O problema histórico dele é quando trava em alguém. Aí outros malucos entram para dar porrada e por lenha na fogueira. Olha o Vilela entrando na onda…

  14. Bruno 7L RJ disse:

    Síndico seria um treinador adorado pelas lavadeiras. Nenhum short sujo.

  15. Bruno 7L RJ disse:

    Roth fez muito bem o que pediram-lhe. Com bônus eu diria, pois o time era meio fraco. Só lembrar que Martinuccio foi um dos caras do 2º semestre.

    • BrunoBarros disse:

      O uruguaio foi fundamental naquele período. Sem ele a vaca teria ido pro brejo.

      • Miguel Tolentino disse:

        O argentino era muito bom jogador, uma pena que a carreira tenha parado nas lesões ósseas.

      • Miguel Tolentino disse:

        Atualmente joga aqui em Floripa, no Avaí.

      • BrunoBarros disse:

        Argentino, verdade, viajei. Um bom jogador que por questões físicas não conseguiu manter o nível demonstrado quando apareceu na Libertadores com o Penarol.

  16. Miguel Tolentino disse:

    Hoje em dia eu espero bem mais da nova geração de treinadores. Que da velha. Diniz, Carille, Roger, Zé, Valentim, Jair e por aí a fora. Torço pelo sucesso deles para que esta turma nos salves dos enganadores caríssimo e bravateiros como o Mano.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Essa Franga novinha aí não é bobo tbm não, o tal Thiago Larghi.

      • Miguel Tolentino disse:

        Sei não, mas acho mais bravataria da mídia rural tentando jogar a moral do time delas pra cima que qualidade. De todo modo é cedo pra avaliar. Quem sabe não vira realidade… Esqueci de falar do Enderson Moreira que vem de trabalhos ótimo há algum tempo. Inclusive era o meu nome preferido para substituir o MO em 2015.

  17. Bruno 7L RJ disse:

    Mancini pegou um time destroçado psicologicamente, animicamente. Confiança dos caras estava lá no chão. Se houve um ano que tive medo de cair foi aquele. Pra vcs lembrarem, Farias que estava treinando separado doo grupo, ajudou muito na reta final. Keirrisson jogou de titular vários jogos e mancando. Na penultima partida, Cruzeiro estava vencendo o Ceará até o finalzinho, quando levou o gol de empate de Bruno Quadros e foi pro tudo ou nada na última rodada. Aquele 6 x 1 é um dos maiores jogos da história do time, IMO. Mas devido a toda situação envolvida, não me sinto capaz de julgar o trabalho do Mancini.

  18. Bruno 7L RJ disse:

    Joel e Luxa, pelo amor de Deus. Não gosto nem de lembrar.

  19. zuloobas disse:

    Ainda bem que os resultados de Bento não vieram messssmo! Foi só o pior aproveitamento de tds os tempos, coisa pouca. Esse aí era mais conquistador do que o Mano, eu diria, um arrebatador de corações esse português fajuto. Muitos chegaram a defender ir para a série B com ele, fechados com ídolo deles. Codiloko!

  20. Bruno 7L RJ disse:

    Deivid foi uma aposta correta, que não vinha dando certo. Achei normal a demissão, mas sacanagem foi que, quando o cara saiu, chegaram alguns jogadores mais tarimbados.

  21. Bruno 7L RJ disse:

    Mas nutri uma imensa simpatia pelo MO. Futebol lindo demais. Uma pena aquela muleta de “cadê o 10” que ele entrou em 2015, como muito bem lembrou a Celeste. A saída dele em 2015 foi correta, mas a forma que aconteceu foi uma total vergonha. Penso que ele faria miséria com esse elenco atual.

  22. matheus t penido disse:

    Adilson e Marcelo ganharam minha simpatia. Torço por eles.

  23. Bruno 7L RJ disse:

    E acho que aqui no blog tem muita gente com uma visão bem atual do futebol. Vários têm estilo diferentes, mas muito próximos do os jogos exigem. Futebol nunca foi tão tático. Acho bacana essa nostalgia do Síndico, mas é muito complicado apenas ser um craque com as bolas nos pés hoje em dia. Alternativa é torcer para aparecer outro Marcelo Oliveira, que conseguiu durante 2 anos, unir competitividade com futebol arte. Todos nós, cruzeirenses atuantes, devemos nos sentir honrados por termos acompanhado aquele bi campeonato. Vcs de BH, ainda mais pois viram in locco.

    • Wagner CPM disse:

      “E acho que aqui no blog tem muita gente com uma visão bem atual do futebol.” Ninguém aqui sabe absolutamente nada de futebol. Ninguém. Todos meros palpiteiros e sabem lhufas de futebol. Alguns sequer jogaram futebol algum dia na vida. Não que isso seja o que define quem entende e não entende. Entende???

  24. Miguel Tolentino disse:

    Só de ver o Viela mais uma vez dando piti já me valeu a pescaria, ops a tarde. Rsrsrsrs

  25. matheus t penido disse:

    Vou deixar as sentenças de cada treinador pros companheiros. Mas lembro aos sábios e justos sentenciantes que cada um desses profissionais trabalhou dentro de um contexto diferente, portanto a avaliação deve ser condicionada às condições que cada um encontrou. Foram apenas engrenagens de uma máquina complexa.

    • matheus t penido disse:

      “Condicionada às condições” – essa é boa. Escrever não é fácil. Mesmo revisando, geralmente só se percebe a atrocidade depois de publicada. Pelo menos comigo é assim.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Tá mais que certo. Teve muito cara tirando leite de pedra.

    • Mas o objetivo do post não eh nem comparar os treinadores, mas sim mostrar como o tecladista eh um ser incompreendido no injusto mundo do futebol. Pois veja, treinadores q já jogaram futebol, estão há 40 anos ou mais nesse mundo, são nada perto desses caras do teclado….

      • Miguel Tolentino disse:

        Quem te viu quem te vê. Um dos maiores detratores do AB hoje paga de isentão e crítico dos críticos quando todos conhecem bem sua devoção pelo MM.

      • Parabéns por ser eu de 10 anos atrás….

      • Miguel Tolentino disse:

        Não, não é esta a questão. Você não mudou nada. Apenas se paga de isentão no momento porque o atual treinador tem mais que sua aprovação por isso vive satisfeitíssimo apontando o dedo para aqueles que criticam o Mano. Quero só ver se a máscara permanecerá quando o ciclo do medíocre se encerrar.

      • Miguel Tolentino disse:

        Geralmente quando se vai a preferência do cargo técnico, o tecladista volta enfurecido. Rsrsrsrs

      • Tolentino, seu problema eh com Mano ou comigo?

      • Miguel Tolentino disse:

        Problema nenhum, pelo contrário, o blog não seria tão divertido sem a sua devoção pelo MM.

      • Fico feliz por ser um instrumento deste Brogui que lhe proporciona a felicidade, a aceitação pelo grupo, a sensação de pertencimento….

  26. SÍNDICO disse:

    TELENTIM sofre com um ataque de oxiúrus, não tem outra explicação plausível pra essa inquietação.

  27. SÍNDICO disse:

    SORIN estava picaretando no restim de carreira, faturando uns trocadilhos finais no Cruzeiro, não tinha a menor condição de jogar futebol. Acredite nisso, Celeste. Viver um engano eterno é besteira.

    • O.T.: Recebi e-mail do Cruzeiro com oferta daquela camisa do jogo contra o Grêmio…. 4×62,48…. Eu q nem tinha achado tão feia assim, passei a acha lá horrorosa agora…

    • Miguel Tolentino disse:

      Ainda tem gente que acredita que o Sorin naquela final daria uma voadora no Verón ou arrumaria um gol salvador como na Sul-Minas?

      • Eduardo Arreguy Campos disse:

        Não, Sorin iria levantar o estádio, iria inflamar o time, que estava mais gelado que uc de foca. Faltou sensibilidade ao Adílson, sim. E olha que eu até tenho simpatia pelo trabalho dele. E cá pra nós, Sorin com o pé quebrado jogaria mais que o Gérson Magrão.

      • Miguel Tolentino disse:

        Talvez sim, talvez não. Nunca saberemos.

      • matheus t penido disse:

        O Sorin de 2002, que tinha boas condições de saúde pra jogar bola, seria um ótimo reforço pra final. O de 2009 não conseguia jogar, estava sem atuar fazia mais de ano, era um autêntico ex-jogador em atividade. Se estivesse no lugar do Magrao o time nem teria chegado à final. É só consultar os arquivos da época pra refrescar a memória, já que nem faz tanta tempo.

      • matheus t penido disse:

        E isso nem é uma defesa do Adilson. É só lógica. O cara não jogou nos clubes anteriores, não aguentava um joguinho de Mineiro . Que técnico seria irresponsável de escalar um sujeito nessa condição numa final de campeonato?

      • Rafael Freire disse:

        Sorin que mesmo no auge era conhecido por nao ter nocao nenhuma de marcacao nao iria conseguir evitar as duas jogadas do Estudiantes pela esquerda que originaram os gols e crucificaram o Gerson Magrao, que quebrou um bom galho durante toda a competicao na esquerda. Naquele jogo fez se justica e claramente venceu o melhor (que ja era para ter aplicado uma sova em La plata)

  28. SÍNDICO disse:

    MAURO Cezar Pereira foi citado por alguém aí, não vou perder tempo conferindo quem foi o ingênuo. Se eu tivesse um filho que levasse esse mesarredondista a sério, aplicaria no garoto uma surra de chicote pela manhã e outra de cipó à tarde, pra não deixar ele crescer estúpido.

    • JJ disse:

      Ele falou a mais pura verdade sobre o Mano. É o único que tem falado, diga-se, enquanto os outros se embebedam no hype do Cruzeiro potência.

  29. SÍNDICO disse:

    MANO acertou ao não expor seu time num jogo franco desde o início. O Grêmio não pode ter facilidades, pois tem um entrosamento invejável. Assim, os meias recuaram pra ajudar os laterais, os volantes saíram pouco e os laterais atacaram ainda menos. Houve exageros, como Sobis secretariando Edílson. Com a entrada de Sassá, os beques do Grêmio tiveram o que fazer, mas o centroavante não recebeu bons passes, nem lançamentos e bolas cruzadas. Quem precisava criar as jogadas não fez o que devia. Neves e Robinho passaram em branco no quesito criatividade. Arrascaeta buscou as jogadas individuais e deu trabalho à defesa adversária. Finalmente, Mancuello, que entrou pra organizar o meio e o ataque, não teve com quem dialogar e limitou-se a uma boa finalização. O Cruzeiro não teve volume, embora tenha criado ao menos três boas chances de gol, tantas quando o Grêmio. Mas a sensação foi a de que os gaúchos massacraram, tamanha a posse de bola que tiveram até marcarem o gol. Mas não foi bem isto o que aconteceu e o placar magro é o que melhor traduz o jogo real e não o das redes sociais, sempre dramáticas.

  30. SÍNDICO disse:

    FASES DA VIDA. Quando era adolescente, eu pensava o dia todo na minha vizinha, na minha colega de escola, na atriz do filme de Oliú, enfim, em qq mulher pela qual eu estivesse apaixonado. Quando a gente cresce, aprende a dar o bote certo e sobra tempo pra pensar em outras coisas. Alguns torcedores de futebol, contudo, jamais crescem. Pensam no técnico de seu time 25 horas por dia. Que vidinha de merda, hem?

  31. SÍNDICO disse:

    PETISTAS vão dar um tempo em seus árduos afazeres pra comparecer a uma passeata contra a Rede Globo, hoje em Belo Horizonte. Isso cheira demissão. Será que a emissora está querendo acabar com as boquinhas de suas centenas de militontos?

  32. jrgalvao disse:

    AINDA PUTO com o futebol meia-boca do sábado, apareço pra comentar e indagar: o caboclo já começou a ser chamado de GALÃO DA MÁRCIA? Outra: por que o craque Sassá prefere jogar deitado, ao invés de jogar de pé, como todos os outros jogadores? E uma advertência: não esperem o time do Cruzeiro, com marcação firme, jogadas de velocidade, pois o técnico não quer e os jogadores não se adaptam a esta prática, vai ser sempre o mesmo rame-rame E, comentando o post: Adilson e Marcelo foram os melhores, os demais foram fracos. Aderbal Lana, com dinheiro e elenco, faria coisa melhor. Adendo: dava gosto ver jogar o time do Bento. O problema é ele não vencia os jogos… rrsssssss…

  33. Wagner CPM disse:

    Todos estes, treinadores com limitações, teimosias, teorias e conceitos. É normal o torcedor reclamar e dar palpites. Se ninguém reclamasse nem o blog existiria, não haveria debate de idéias, mesmo que estapafúrdias.

  34. SÍNDICO disse:

    RICARDO VIDARTE, 58, jornalista esportivo, morreu na manhã desta segunda, por volta das 9h, durante o trabalho, no SBT. Ele sofreu parada cardíaca e chegou a ser levado ao Hospital Mãe de Deus em Porto Alegre, mas não resistiu. Ricardo havia trabalhado na Rádio Gaúcha e contava com a cobertura de quatro copas do mundo no currículo.

  35. SÍNDICO disse:

    GENERAL DONIZETE foi contratado pelo América. Imagino a tristeza do Arreguy e de outros adeptos do enxadrismo, com a bobeira do Cruzeiro, que não chegou a tempo de fechar com o talentoso volantes.

  36. SÍNDICO disse:

    Victor Moreira @Victorgmsilva => Atacante Deivid, com hematoma na coxa, não treina e está na fisioterapia. Não jogou contra o Grêmio e pode ser dúvida para o jogo de quinta-feira, contra a LA U.

  37. SÍNDICO disse:

    CUBANOS formam o 2º maior contingente de refugiados registrados pelo Comitê Nacional para Refugiados, do Ministério das Relações Exteriores, atrás somente dos venezuelanos, superando haitianos e angolanos. Segundo informações do Jornal do Brasil, o número de cubanos que pediu ao Conare reconhecimento do status de refugiado aumentou 352% desde 2015, quando começaram a vir pro Brasil. “Estão chegando quase toda semana”, afirma Eliana Vitaliano, coordenadora do Centro da Pastoral do Migrante da Igreja, em Cuiabá. Na vizinha Várzea Grande, os cubanos montaram uma colônia e se dedicam ao comércio de roupas. Valdez está no abrigo da pastoral há 20 dias, ainda não conseguiu emprego, mas já tem carteira de trabalho. Preferiu ficar em Cuiabá a ir pra São Paulo por acreditar que a capital mato-grossense é mais pacata. (Renova Mídia)

    • SÍNDICO disse:

      Será que estão chegando jogadores de vôlei e boxeadores?

    • Celeste disse:

      Os médicos cubanos que vieram para o Brasil estão, em sua maioria, lotados em grandes centros. Sorocaba, distante 87 Km da capital, tem 14 deles. A melhor forma de levar o médico para o interior é como oficial das forças armadas. Existem interessados só que as vagas são poucas.

  38. jfabio disse:

    Torço pela volta do ABap. O Mano não é tudo que dizem.

  39. zuloobas disse:

    A gente entra na brincadeira mas não pode deixar de destacar a sagacidade do Blogueiro. Esse assunto é o mais relevante do futebol. Custei a entender isso. O mundo está virando virtual e se não houver freio para o web torcedor o clube não tem paz. Hj em dia, analiso com cuidado, pq o clube é especializadíssimo, contrata profissionais de ponta a salário de pop star. Quem sou eu pra dar diretrizes e ditar regra no clube? Se eu quisesse fazer política no Cruzeiro, começaria comprando uma cota. O certo é torcermos (desejarmos vivamente) muito e dizermos o mínimo, pois sai muita besteira. É bizarro ao final de cada partida ao invés de analisar a atuação do profissional ficar analisando a competência do profissional. Aí, no dia que o cara vence ele é herói e no dia que perde é vilão do clube e não da partida.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Mas essa é a brincadeira. Todos somos os treinadores aqui. Se não for assim, o blog acaba. Síndico é sagaz mesmo, pois ganha R$100 por comentário.

      • Mauro Franca disse:

        Pode ser, Bruno, mas alguns levam muito a sério a brincadeira.

      • “a ânsia por encontrar culpados vem da experiência social empobrecida que as pessoas têm vivido, que exige fatos extraordinários, ainda que externos, para que a vida ganhe mais significância.” Furb Catarina Gewehr

      • Bruno 7L RJ disse:

        Pois é Mauro. Tem gente que já já vai querer até receber salário de tanto que leva a sério.

  40. Encerrando a rodada 1, Parana engrossa o caldo e arranca empate contra os Bambis na gelada segunda feira em SP, Botafogo perdia de 0x1 e empata no final contra os suínos….Brasileirão segue com CAP lider e América vice lider…. para aumentar a insanidade dos tecladistas que já consideram terra arrasada a derrota para o Grêmio…

  41. ot.: não seria hoje uma reunião do conselho para aprovar as contas de 2017?

  42. Renato disse:

    Fora Mano. 2 anos de clube, uma cb e um mineiro. Show. Agora vai ganhar os tubos em outra freguesia. Mais 60 jogos do Cruzeiro na retranca eu não aguento. Pior que o único jeito é fazer como foi no flamidia pra não arranca mais dinheiro do clube.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Mas nessa altura do ano? Agora vai com ele até o fim do ano. Tenho expectativa de mudanças no time. Vamos ver.

  43. Bruno 7L RJ disse:

    @Sindico, o que acha dos volantes gremistas Arthur e Maicon? Lembro que o senhor elogiou o reserva Michel.