Um peso, duas medidas

Por SÍNDICO | Em 29 de julho de 2010

Recebi este e-mail do Dr. Silvério Cândido, advogado e cruzeirense incondicional.

Vai dar briga, pois os empedernidos defensores do Atlético-MG, que pululam neste blog, vão chiar.

Prometo não entrar na confusão. Vou apreciar a o rebolation dos adversários mal disfarçados à distância.

Prezado blogueiro:

Sócrates, principal referência da tradição filosófica ocidental, dizia que “não pode haver para um peso, duas medidas”.

Embora compreenda que este espaço azul é democrático e aberto a todas as opiniões e manifestações de torcedores, não gostaria de usá-lo para falar da situação do nosso maior rival (se é que existe, de fato, rivalidade em razão da disparidade de títulos conquistados por nós).

Mas é impossível acompanhar a cobertura da mídia mineira sem ao menos tecer alguns comentários sobre sua inc0erência.

Após a 7ª derrota no Brasileiro, Vanderlei Luxemburgo, considerado um dos melhores técnicos do país, disse que a derrota para o Internacional serviu pra “encaixar o jogador Serginho como volante” e  que isso foi positivo.

Nessas horas, é que percebo como a imprensa mineira está prenhe de hienas.

Grande parte da midia local bate no peito pra dizer que o time do lado de lá da lagoa tem um elenco “fantástico”, um presidente “profissional” e o “melhor treinador do país”.

E considera normal o time preto e branco estar na zona de rebaixzamento acumulando sete derrotas em onze jogos.

A cada rodada, o presidente e o treinador do rival citadino inventam novas balelas pra justificar o fracasso do projeto alvinegro.

Pra justificar a derrota frente ao Inter, o técnico disse que prepara um time para o ano que vem. E isto foi absorvido com naturalidade pela imprensa local.

Com menos de um terço do torneio disputado, um treinador joga a toalha e nenhum cronista esportivo mineiro (excluo aqui Tostão, talvez o único comentarista sensato e imparcial de Minas Gerais) discute a sério a situação do rival.

Não derramam sobre o técnico emplumado as mesmas críticas que despejavam sobre o ex-treinador cruzeirense, Adilson Batista.

Quantas pedras os entendidos da mídia estariam atirando em Zezé Perrella e Adílson Baptista se o Cruzeiro estivesse na posição em que se encontra seu rival?

Quais seriam as manchetes se o Cruzeiro, que tem a maior torcida de Minas, superioridade em títulos, nacionais e internacionais, estivesse na Zona do Rebaixamento, treinado por um técnico sem grandes títulos no currículo e dirigido por um presidente que não dá papo para intrigas da imprensa?

A resposta, todos nós já sabemos: crise total!  Entretanto, para as hienas, está tudo normal do outro lado da lagoa.

Um peso e duas medidas, este é o critério da mídia esportiva mineira.

Saudações cruzeirenses,

Silvério Cândido

62 comentários para “Um peso, duas medidas”

  1. Renato-SP disse:

    Perfeito.

  2. Claudinei Vilela disse:

    Vejam bem, se a mídia ignora uma situação ruim do lado de lá, isso é prejudicial a quem? NO meu ponto de vista ao time zebrado e a iludida torcida atleticana. A mídia dá aos torcedores o que eles querem. Os de la querem sofrimento, armagurar na Z4, cair pra segunda…..então é isso que eles terão, certo? Enquanto o lado Azul não sabe conviver se não estiver no topo, portanto vão implicar mesmo se a situação estiver ruim. Conclusão: A mídia é compostas de Cruzeirenses Inteligentes ou de Atleticanos Burros!

  3. oliveirafarma disse:

    Pior são as manchetes:

    “xxxxxxx mentaliza clássico como jogo da arrancada do time no Brasileiro”

    “Hora de ter paciência”

    Adivinha qual manchete é pra cada time???? se isso não é ser completamente parcial, eu não sei o que é…

  4. mariana disse:

    Perfeito 2, Silvério. O cara que teve a coragem de encarar a imprensinha mineira de frente, foi escorraçado. Com direito a comemoração (coisa que nunca tinha visto), por parte da deste povinho parcial e mixuruca. O que me dói é saber que este povo manda no CEC, determina o que pensa nossa torcida. Será que um dia vamos ter força pra mudar este cenário?

    • silverio candido disse:

      Acho que não. O Atlético caiu para a SEGUNDA DIVISÃO e foi dito que era bom para o time reerguer, se tornar grande. E o que ganharam após voltarem da Segundona? NADA! Já imaginaram o Cruzeiro tivesse caído? OS jornalistas que cobrem o Cruzeiro são os nossos maiores adversários na toca. Implantam crises, criam intrigas, fazem fofocas, mesmo tendo portas escancaradas pelo Cruzeiro. RESUMINDO: FALTA PROFISSIONALISMO, menos PAIXÃO e mais APEGO à RAZÃO.

      • simone b de castro disse:

        Os jornalistas ditos cruzeirenses são de fazer chorar, por tamanha fraqueza para defender o clube! Um horror! E se fosse o Cruzeiro que tivesse caído e agora, em pleno 2010, estivesse na ZR e tomando goleadas de Vitória, Grêmio Prudente e afins, o Cuca já teria sido sacrificado, a mídia estaria jogando os torcedores contra a diretoria, estimulariam o nosso desespero, enfim, jogariam lenha na fogueira!

  5. Marco Soalheiro disse:

    Há exceções. Mário Marra, atleticano, que era de longe o melhor comentarista esportivo do rádio mineiro, premiado recentemente com uma promoção para a equipe da rádio Globo em São Paulo, sempre procurou ser coerente. Fez algumas críticas ao Adilson, mas sempre reconheceu o trabalho dele como de grande valia. Fez várias críticas pertinentes às diretorias do Cruzeiro e do Atlético. E foi o primeiro e quase único a bater pesado nos primeiros meses de trabalho do Luxemburgo no Atlético, em que pese reconhecer o currículo vitorioso do mesmo. Ele escreveu um texto no blog dele ainda antes da retomada do brasileiro, intitulado ” Os motoboys do Galo”, que é cristalino sobre isso. Pena que gente com o perfil isento dele seja realmente raro por aqui, sobretudo nos véiculos líderes de audiência

  6. Marco Soalheiro disse:

    antispam

  7. simone b de castro disse:

    Pior ainda foi tratarem o empate com o Avaí como heróico, como bom diante das circunstâncias, com sabor de vitória, e o nosso, como empate com sabor de derrota. Ora, falando agora sem paixão, qual empate é pior? O empate de quem está entre os 6 primeiros, ou o empate de quem está na ZR? Tá, falaram das expulsões, mas sem os 2 jogadores o atlético até que mehorou!!

  8. Beth Makennel disse:

    Nossa! Quanta verdade. Há muito tenho percebido justamente isto.
    E tenho plena certeza de que se o Cuca perder o clássico vai ser elogiado pela mídia pateticana, mas se vencer, as coisas vão começar a pegar pró lado dele. É uma corja de tendenciosos a tentar derrubar o único que dá orgulho e honra Minas Gerais perante o pais e o mundo do futebol. Querem que querem é salvar o clube zebrado ás custas de diminuir o Cruzeiro. Morrem de ódio do Zezé por que tem sído uma força do clube e saber lidar com estes idiotas da mídia. Também do Adilson pois temia levar outras sapecadas de 5 x 0. Canalhas!!!

  9. oliveirafarma disse:

    Agora eles se superaram. Divulgam que o Patético treinou no 3 -5-2, mas quando se le a escalação, o Diego Souza foi considerado ATACANTE!!!!!

    Pelo amor de Deus. Diego Souza é terceiro homem de meio, no máximo uma armador… nunca atacante. Mas eles não podem dizer que o Gaylo vai jogar no 3-6-1 já que o profexô não é retranqueiro, só joga no ataque.

  10. simone b de castro disse:

    Antes dos clássicos, então, a mídia cocota adora pintar de rosa a semana do pessoal de Vespasiano.

  11. Eduardo Arreguy Campos disse:

    A torcida é influenciada pela mídia ou a mídia é um reflexo do pensamento da torcida?

    • silverio candido disse:

      Depende da mídia…

      • silverio candido disse:

        Aliás, gostaria de deixar uma pergunta no ar: EXISTE IMPRENSA INDEPENDENTE, totalmente desvnculada de setores políticos e sociais?

    • simone b de castro disse:

      Se eles fossem um reflexo da torcida, saberiam que muitos cruzeirenses já estão cansados desse tipo de tratamento, e não é de hoje!!!

  12. Alex Martins AMC disse:

    Imprensa mineira, passo!!

  13. Elias disse:

    + Faltou citar o “melhor” CT do Brasil, o melhor Diretor de Futebol do Brasil, a mais empolgada torcida do Brasil.Tudo isso e mais o que vc citou resulta numa vice-lanterna!
    ++ Acho que essa passividade é fator preponderante prá turma do Time Berola viver avizinhando a ZR. E ter emporcalhado sua já resumida história caindo e comemorando título de série BÊ e Segundona da Libertadores.A imprensa rurícola confunde jornalismo com torcida. Não pode dar coisa que preste. E a torcida deles adora uma ilusão básica. Até se orgulham disto(!!!).
    +++ Dr. Silvério é um craque na escrita. Texto limpo, objetivo, rápido e rasteiro (como antigamente se chamava a coluna celeste do DT, de lavra do Neuber Soares)…

    • silverio candido disse:

      Agradeço-lhe, de coração, meu Mestre, pela sua generosidade. Falei apenas com o coração, nada mais. Nosso blogueiro JS é quem tem este dom divino da escrita. Um forte abraço!

  14. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    Realmente é uma injustiça o que falam do ZZP/AB. As estatísticas, os fatos estão aí para comprovar. E esta imprensa tendenciosa, nem se fala. Terão de engolir mais uma derrota no domingo. Viraram freguês de caderno. Já entram em campo borrados.

  15. Elias disse:

    Vi a reportagem do “profexô” depois do (como disse a Simone) “heróico” empate com o time do Guga. Bom, que o cara é um mala, eu sempre soube. Mesmo quando esteve aqui, ganhou tudo ( menos a Libertadores, é claro, que não faz parte do seu curriculo), aprontou tudo e saiu fazendo beicinho depois de ser, segundo consta e pela primeira vez, DEMITIDO.
    Um festival de bobagens, acusações que se fossem dirigidas a alguém fora do processo resultaria em vários processos pois ele desceu a lenha no Diretor de Arbitragem da CBF. Que não fêz nada.
    E disse que o Sérgio era um pessimo árbitro que continua um péssimo diretor. E ele, a despeito de não ter sido um bom jogador é um “treinador maravilhoso” e consertou, tendo um “curriculo maravilhoso”.~..

    • Elias disse:

      Elogios fazem bem à alma. Quando nos são dirigidas por pessoas com conhecimento de causa, de comprovada competência e isenção. O cara tecer comentários elogiosos Á SUA PESSOA passa de todos os limites da carência.
      Quem vai apitar no domingo é o SENEME.
      Tomara que ele tenha pulso firme, segure a onda pois o time Berola vai descer o cacête no time do Cruzeiro. Vai ser uma pressão incrível por parte do Luxa e seus “diretores”. Tardelli (o diretor remunerado) pode entrar em ação.
      OLHO VIVO DIRETORIA!

      • silverio candido disse:

        PRREOCUPAÇÃO TOTAL! O tal tardelli esteve na CBF esta semana acompanhando o sorteio dos arbitros!!! Parafraseando o mestre: OLHO VIVO DIRETORIA!

      • Elias disse:

        E o Evandrão já cantou essa pedra aqui. Concordo com ele. Aqueles 2 x 5 x 0 ainda estão atravessados na garganta galinácea igual espinha de peixe grande. Eles estão vendo esta oportunidade como a revanche, devido nosso time ainda estar ainda em formação e desfalcado. Mas ai é que mora o perigo.

      • silverio candido disse:

        Acredito no Cruzeiro, e não será surpresa mais uma 5×0.

    • simone b de castro disse:

      Essa coletiva narcisista pós-jogo do luxilique foi o fim!

  16. Rogério disse:

    Eu tento acompanhar a midia mineira o mínimo que posso, mas a sede por informações sobre o Cruzeiro atrapalha este boicote e as vezes acabo acompanhando, mas sempre que posso acompanhar o Cruzeiro pela imprensa nacional, faço isso.

  17. Beth Makennel disse:

    Pois é isto mesmo. Esta mídia pateticana quer que quer diminuir o Cruzeiro para tentar salvar os rosinhas. Mas, jamais conseguirão. Perseguem tudo e todos que são importantes para o Cruzeiro. Enganam os torcedores de lá de uma forma absurda. Dão muito tempo e tranquilidade ao time do Luxa que pode até dar certo. Já para o Cruzeiro, é como o nosso hino, tão combatido, perseguição púra. Mas, jamais seremos vencidos.

  18. simone b de castro disse:

    Cuca na rádio Globo am agora!!!!

  19. Ao “exigir” uma crítica imparcial e pertinente ao rival, jogam contra o time de vocês.
    Tiro pelo RJ, que a mídia rubronegra (nem digo os jornais em si, mas torcedores com voz como nós) é useira em tergivesar os problemas como vocês sinalizam que a mídia atleticana faz.
    O que percebe-se é que os desmandos na Gávea só são coibidos quando a vaca foi para o brejo. Os demais cariocas não são assim “uma Brastemp”, mas é perceptível maior agilidade com o debate e exposição dos problemas por parte dos próprios torcedores e consequentemente, midias voltadas para esses times.
    CLARO QUE, cornetar por cornetar não ajuda, mas colocar o dedo na ferida é sempre útil, especialmente se for feito antes de infeccionar de vez. É a auditoria.
    Tirar o Galo do País das Maravilhas só o ajudaria em médio prazo.

    • Walterson disse:

      Victor, o problema aqui não é tentar elevar o rival mas rebaixar o Cruzeiro para o nível rasteiro do galinheiro.

    • Chaves disse:

      Fala, Victor, estava esperando você comentar aqui pra te fazer uma pergunta. Aliás, duas: O que o Renato Mauiricio prado escreveu sobre o Fred essa semana na coluna dele que despertou a ira do jogador. E o que o número 6 tem a ver com o RMP. Fred deixou no ar. Já descobriram por aí o que é?

      • Chaves, há muito eu só leio o RMP quando chega a mim por qualquer motivo. Acho que ele não acrescenta muita coisa como alguém informando e dando opinião. Só vejo como “Observatório”. Esse caso é um que tenho ciência agora pelo teu comentário. Vou descobrir lá no BBG e depois retorno aqui.

      • Vinicius Cabral disse:

        Fiquei curioso também.

      • Já catei. RMP está com aquele jornalismo de “notinhas” que o caracteriza e fez as notinhas para falar do eterno estado bichado de Fred, o que é fato comprovado.
        A questão pelo visto, é que RMP insinua o motivo sendo correlacionado com uma vida desregrada fora de campo. Aí… isto pode ser um fato ou elocubração sem sentido. O jornalismo de notinhas cria essas coisas.

        A resposta do Fred com o número 6 tem a ver com o Roberto Carlos. Coloca no google que dá para sacar o nível da baixaria hahaha

      • Chaves disse:

        Achei aqui. Valeu.

      • Naldo disse:

        Baixaria pura, e só poderia vir de quem veio.

    • Victor,
      Em certa medida, concordo, PLENAMENTE, com você. A mídia, agindo como age em MG, é mais prejudicial do que benéfica com as frangas.
      Entretanto, algumas diferenças entre futebol carioca e mineiro somente acentuam a sua argumentação para MG e não para o RJ.
      Outra coisa é que os temas/itens em que eles manipulam as situações acaba por escamotear TUDO deles e esconder algumas coisas do Cruzeiro de maneira interesseira e comercial. Aqui em MG tem órgão da Mídia que não fala mal de político X ou Y. O cara tá preso e eles não falam uma vírgula… vale o mesmo para futebol. E aí os interesses jornalísticos confundem-se. Aqui em MG, Os MANUAIS DE REDAÇÃO são rasgados e jogados no lixo a cada publicação.

  20. Allan Morais disse:

    Li no supercocotas que Maluf assumirá a direção das seleções (sei llá o que é isso). Isso quer dizer que as cocotas perderão o profissional ou haverá a condução dos dois cargos?

  21. Naldo disse:

    Eu acho é bom que tá tudo as maravilhas por lá. Segundona eles ja conhecem, e para a terceirona como não tem jeito de cair direto, que voltem para a segundona depois para a terceirona e dai por diante…

  22. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    Esse Galo – Estéril – não é referência, para um Clube como nosso, repleto de títulos nos seus anais. Como mero torcedor, quero títulos e que o Cruzeiro volte a ser respeitado pelos adversários.

  23. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Por mim, podem continuar incensando as rosas, como sempre fizeram. a resposta da mídia é um reflexo da torcida deles e é assim que vão pro buraco rapidinho…

  24. Raf Lima disse:

    Não bastasse acomemorar rural com euforia de mundial, cantar em plenos pulmões “Vamos subir Cocota” e se orgulhar disso, se vangloriar em ser campeão do gelo, agora a turma rosada tá feliz & contente por ter 2 jogadores na pré-seleção brasileira. É carência demais da conta sô!

  25. Raf Lima disse:

    Enquanto isso, uns vão curtindo a vida! http://bit.ly/9jMc9J

  26. Gabriel Lopes disse:

    O prejuízo que essa forma de tratamento entre as duas torcidas traz ao Cruzeiro é patente, e passa por uma análise mais psicológica e profunda.
    A imprensa através da sutileza sugestiva de suas ações, mantêm a autoestima cocota sempre em alta, apesar do time delas ser esse lixo aí que nós vemos, mas com esse papo de melhor torcida, melhor CT, melhor presidente isso e aquilo, acabam por tornar uma mentira repetida muitas vezes em verdade absoluta e insofismável, técnica nazifacista das mais manjadas, mas que incutida sutilmente no inconsciente coletivo ainda funciona. Por outro lado mantêm a autoestima da torcida cruzeirense em baixa, com essa lorota de torcida exigente, e acredita que torce para o Milan, que tem que ganhar tudo como se 2003 fosse regra em nossa história e não excessão.

  27. Gabriel Lopes disse:

    O Cruzeirense acaba por não perceber que o futebol é cada dia mais competitivo e diante de alguns resultados negativos passam a criticar arduamente jogadores e comissão técnica, e de certa forma perdem até a alegria de comemorar uma vitória mais magra por pensar que o time é uma máquina e dever arrasar todos, dessa forma se afasta do estádio mais facilmente do que o cocota, deixa de comprar camisa, abandonam o programa de sócio na primeira adversidade, enquanto isso do outro lado a mentira continua e as táticas pirotécnicas e as sugestividades empurradas nas entrelinhas mantêm o rosado sempre com um fio de esperança e acreditando, e dessa forma consumindo mais seu time do que o torcedor que realmente deveria consumir seu time com todas as forças. Diante disso acredito que as ações da

  28. kmp disse:

    Desde que me entendo por gente que essa disparidade da midia existe.Lutamos contra tudo e todos, fomos forjados com sacrificio, muita luta e praticamente sem benesses de quem quer que seja, atravessamos incólumes, fases terriveis e mesmo assim somos maiores e mais vencedores que os rivais incensados, e isso deve doer na alma deles.É como diz o ditado:Aos amigos;tudo, aos inimigos o rigor da lei, ou o rigor da palavra, ou da crise que sempre plantaram ou tentam plantar de uma forma velada,sutil, vide a rádia que comanda o estado e que alimenta as hienas com factóides e argumentos que detonam nosso time ou treinador e fazem vista grossa para o fiasco do rival.Quanto mais taparem o sol com a peneira, mais perto do precipício estarão, é questão de tempo e talvez, justiça.
    Abs.

  29. Gabriel Lopes disse:

    imprensa mineira são totalmente nefastas para o Cruzeiro Esporte Clube e não apenas pelos fatos elencados pelos leitores acima mas também por que traz prejuízo direto aos cofres e a imagem do Cruzeiro. Eles praticam um antimarketing diário contra o Cruzeiro e sua torcida acaba engolindo, pelo menos aquela parcela que não consegue enxergar com os proprios olhos. O pior argumento sobre essa diferença de tratamento é a opinião de que o que é passado pela imprensa é o simples reflexo de sua torcida, uma grande mentira aceita e repitida na maior parte das vezes pelo proprio torcedor cruzeirense.

    • simone b de castro disse:

      Comentário perfeito, Gabriel! É mesmo um anti-marketing!

    • Claudinei Vilela disse:

      Seu comentario tem faz um certo sentido, mas o que dizer da definhação da torcida rival e da explosão da china azul? sem entrar no mérito da “qualidade” do torcedor, pode se dizer que é fruto deste Anti-marketing.

  30. simone b de castro disse:

    Off: Muito legal a criatividade do torcedor! Os do Inter fizeram um boneco de papelão com a foto do Mick Jagger vestido com a camisa do SPFW…rsrsrsrsrs

  31. Meu amigo SILVERCAN foi perfeito mais uma vez…
    Acabei de chegar a BH City… amanhã farei coluna alusiva a um clássico especial que marcou a carreira do grande Alex10, segundo suas próprias palavras…
    Trocamos alguns dedos de prosa no twitter e a cada dia me torno mais fã dele.
    Que cara espetacular… Bons tempos aqueles de 2003.
    Hoje, a euforia toma conta do lado cacarejante das Minas Gerais. Estão dizendo que não irão comemorar vitória por menos de 3 gols de diferença…
    Gosto dos clássicos quando este tipo de cenário é traçado, vou mostrar que é sina cacarejante comemorar antes dos jogos, cantar vitória antes da hora e depois voltar prá casa com as bandeiras enroladas.
    A imprensa cacarejante vai sair frustrada com o tricolor de MG.

    • silverio candido disse:

      Só esqueceu de uma coisa João: A sina de cantarem o HINO após derrotas e fracassos. O efeito TITANIC… O navio afundando e a banda tocando normalmente.

  32. Desta vez os craques estão todos do lado de lá… Diego Souza, Diego Tardelli, Ricardinho, Obina, Cáceres, Réver, Fábio Costa, Leandro Chinelo, Júnior, Fernandinho, Edison Mendez, Daniel Carvalho, Neto Berola, Zé Luis, Serginho, o melhor beque de Minas em 2010 que foi o Wérlei… só craque do lado de lá…
    E do nosso lado o Cruzeiro desfalcado dos jogadores criativos, do seu melhor volante, e do seu melhor beque… um time humilde.
    Mas, se imagino o que o Cuca vai preparar podem esperar um time guerreiro, que vai comer grama, se doar em campo o tempo todo, um time solidário. E vai ser na rapidez de Thiago Ribeiro e nas conclusões de Wéllington Paulista é que o castelo das cocotas tem chance de ir para os ares.
    Vamos aguardar…

  33. Binho disse:

    Isso é velho. Matérias tipo “Cruzeiro joga mal mas se classifica”. E do outro lado “Galo ganha na raça” ou “a massa empurra o galo pra vitória”. Desde que me entendo por gente as coisas são assim. Patético como o atrético.

  34. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    No papel eles têm um timaço. Em campo é um amontoado de jogadores, comandado por técnico totalmente desorientado, além de ter um dirigente falastrão. Vamos humildemente mantendo o nosso espaço no futebol nacional.

  35. Rogerio Izidorio disse:

    Pra mim o exemplo mais marcante foi o cado do Gleison. Quando jogava no Cruzeiro ele foi taxado de violento e deveria parar de jogar futebol e praticar boxe. Depois de um tempo ele foi parar no Atlético e passou a ser um jogador raçudo com a cara dos galinaceos.

  36. Maury disse:

    Apesar de atrasado, não posso deixar de opinar. A diferença é que Luxa bate na cara desses repórteres, que baixam as orelhas sem o menor constrangimento. Adilson, que pode não ser um gentleman, mas tem um caráter (muito) acima da média futebolística, batia de frente com esses jornalistas. Resultado: campanha sistemática para derrubá-lo.