Thiago Ribeiro, o churrasqueiro

Por SÍNDICO | Em 1 de abril de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 3×0 Vélez Sarsfield, em 31mar10, no Mineirão, pela 5ª rodada do Grupo 7 da Libertadores 2010.

  • Adílson Baptista – Não deixa a peteca cair de jeito nenhum. Mesmo quando a situação está ruim, consegue reanimar a equipe e colocá-la nos trilhos. Este jogo contra o Vélez era de alta periculosidade, mas a equipe se superou. E ficou próximaclassificação.
  • Torcida – Nota dez.

  • Fábio – Teve menos trabalho do que no jogo contra o Uberlândia.
  • Jonathan – Sem posicionamento fixo, foi volante, meia e, de vez em quando, até lateral. Quase sempre, bem. Quando aprender a dosar força e vontade e caprichar mais nos cruzamentos, irá pra Europa.
  • Thiago Heleno – Com o benefício da pouca disposição ofensiva dos argentinos, vinha muito bem até se contundir e sair prematuramente.
  • Gil – Ótima. Com direito a um drible humilhante em Santiago Silva, que levantou o estádio.
  • Leonardo Silva – Perfeito.
  • Diego Renan – Saiu pro jogo aos poucos, sem afobação. E fez boas jogadas. Mas, desatento, tomou uma bola nas costas na etapa final que devia ser analisada no VT. Ou será que ele devia mesmo fechar a marcação pelo meio já que a bola estava do lado oposto e, nesse caso, algum atacante é que deveria ter acompanhado o lateral-direito argentino? Certo é que lance parecido já custou uma Libertadores ao Cruzeiro.
  • Henrique – Perfeito na contenção e no apoio. De quebra, uma roubada de bola, seguida de gaúcha e passe preciso pra Ribeiro municiar Kleber no 3º gol.
  • Fabinho – No começo, foi 3º beque, pois o time estava todo no ataque. Na sequência, cobriu a lateral-direita e segurou a onda na linha de volantes. Outra boa atuação. É o 4º titular da linha de volantes.
  • Marquinhos Paraná – Como sempre, bem. Errou quatro passes, algo perfeitamente compreensível quando se encara duas linhas de defensores. Mas é o sujeito com mais disposição pra oferecer alternativas de jogo aos colegas de defesa, meio de campo e ataque. O que seus críticos de sofá não percebem.
  • Gilberto – Mal no 1º tempo quando jogou muito próximo à área do Vélez. No 2º, voltou um pouco mais e encontrou espaços para armar o time.
  • Fabrício – Entrou com muita disposição e foi logo recebendo um amarelo. No decorrer da partida, acertou-se com os colegas de volância e teve momentos do volante-atacante de 2009.
  • Thiago Ribeiro – O nome do jogo. Fez um golaço e serviu Kleber pra outros dois. Há tempos, ele vem sendo imprescindível à equipe, mas ontem, exagerou. Espetou todas as más línguas e fez um assado coletivo. Só não vale cobrar dele outra atuação dessas. Deslocar, marcar a saída de bola, puxar contra-ataques, cruzar, passar, servir etc e tal e ele ainda fará muitas vezes. Nunca mais, porém, com a pefeição desse jogo contra o Vélez.
  • Wellington Paulista – Pouco tempo em campo e pouca animação pra disputar uma posição no time.
  • Kleber – Dentro da área é quase um Romário. Frio, corajoso, oportunista, certeiro. Fora, faz o time ficar mais lento.
  • Juiz & bandeiras – Nota dez.
  • Vélez Sarsfield – Gareca armou o time corretamente e o fez suportar meia hora. Se vai pros vestiários com zero a zero, o 2º tempo seria de pura tensão. Mas o golaço de Ribeiro e, depois, o início fulminante do Cruzeiro na etapa final acabaram com seus osnhos de classificação antecipada. Santiago Silva deu trabalho e o baixinho Moralez mostrou categoria. Os demais foram soterrados pela avalanche celeste e tomaram baile.

135 comentários para “Thiago Ribeiro, o churrasqueiro”

  1. Hugo 5erel0 disse:

    “Aqui é Cruzeiro. Aqui, Libertadores não é sonho”. Leônidas Cruzeirense.

  2. Hugo 5erel0 disse:

    Esse é o tipo de post de que mais gosto. Os comentários sobre o Paraná e o Tiago Ribeiro foram ótimos.

  3. Mauro França disse:

    Fico feliz com o TR, como com o Henrique também. Esses deram a volta por cima e calaram os cornetas jogando bola.

  4. Sobrinho disse:

    O Adilson realmente não deixa a peteca cair. 2 ou 3 jogos ruins foi o máximo de jogos ruins em sequência do Cruzeiro no comando dele. Ele nunca perde o controle do time e do rumo que ele toma. Quase um fenômeno.

  5. Gleyton disse:

    Sempre achei o Thiago Ribeiro um jogador muito útil, mas é verdade tb que ele passou por uma fase ruim no 1o. semestre do ano passado. Em 2010 tá jogando o fino.

    • Mauro França disse:

      Atravessar uma má fase não é demérito nenhum, acontece com todos os jogadores. E se não me engano, neste período que vc cita (e que já vai longe pra ficar sendo ressalvado) ele passou por contusão. Não vamos nos esquecer que ele segurou a onda no Brasileiro do ano passado e vem muito be. Tá certo que ontem ele extrapolou, mas em mantendo uma regularidade.

  6. Sobrinho disse:

    Sobre o Paraná, contei o mesmo número de erros de passes. E deixou tomarem a bola dele no meio campo por desatenção. No resto fez o de praxe.

    • Hugo 5erel0 disse:

      É ridículo esses críticos não reconhecerem a qualidade do passe do Paraná. É coisa de mestre. O passe é preciso e no tempo certo, sem deixar o companheiro na fogueira.

  7. Mauro França disse:

    Hoje li um comentario que dizia que o time teria que jogar TODOS os jogos daqui pra frente como jogou ontem, pra não ser criticado. Pode?

    • Sobrinho disse:

      hahahah Isso só tem um nome. Loucura.

    • Rogério disse:

      Só pode ser brincadeira, foi a melhor partida desde aquele jogo contra São Paulo no Morumbi, não tem como jogar sempre assim.

    • simone b de castro disse:

      Comentário mais sem lógica!

    • Leo Vidigal disse:

      Pois antes do jogo tinha gente em outros blogs declarando que ia torcer contra… E ainda se dizendo cruzeirense…

      • simone b de castro disse:

        São os mesmos covardes que sumiram desde o jogão. Em covardes, não se confia.

  8. Celso Libertadores disse:

    A moda agora é elogiar.

  9. Rodrigo-bsb disse:

    Tiago Ribeiro teve de fato uma das grande aatuacoes da história do Crueiro em Libertadores, vai pra galeria junto com Joazinho naqueles 5×4 contra o Inter, Palhinha nos 4×1 contra o River, Dida na final com o Sporting Cristal e outras do mesmo calibre.

    • Celso Libertadores disse:

      Aí você forçou a amizade!

      • Rodrigo-bsb disse:

        nao estou comparando ele com estes jogadores, estou comparando a atuacao individual que ele teve numa partida.

    • Walterson disse:

      Menas, Dylan, menas. Comparar com o que o Joãozinho fez naquele jogo é forçar um pouco.

  10. Walterson disse:

    Gentem, é até hilário como os comentaristas do Sportv tentam encher a bola das rosinhas. Te cada péula!
    – A massa compareceu acreditando na recuperação do time (contra o poderoso lanterna do catarinense);
    – o time do chapecó se assustou com o barulho da “massa”;
    – O Atlético vai para mais uma goleada neste ano, contra Juventus do Acre, Uberlãndia e Ituiutaba;
    – Mais um não porque 7 é conta de mentiroso.

  11. Walterson disse:

    Tá certo que o cruzeiro perdeu para o Boca em 2008 e aquele outro time no ano passado mas parece que as melhores partidas do Cruzeiro foram contra arrentinos. Pelo menos eu considero o jogo contra o San Lorenzo, aquele time e o Velez, todas no Mineirão.

  12. Flavio Carneiro disse:

    O TR foi o melhor em campo, mas o AB foi o melhor do jogo. Taticamente o time esteve quase perfeito, anulando todas jogas ofensivas do Vélez e ocupando os espaços com muita eficiência. Mérito dos jogadores e, principalmente, do Adilson.

    • Flavio Carneiro disse:

      A torcida também fez a sua parte e deu um verdadeiro show no Mineirão, no embalo da grande atuação do time. Foi uma noite perfeita para o Mundão Azul!

  13. Marc3lo disse:

    Contra o San Lorenzo foi no Ipatingão.

  14. Jorge Santana disse:

    Vcs vendo jogo da Cocota?! Eu vi Emoções Sertanejas apresentado por La Secco, nossa ex-torcedora e com esta jóia rara de Selegoa, que é a Paula Fernandes.

    • Flavio Carneiro disse:

      Jorge, eu também não assisti o jogo das cocotas, exatamente para não passar raiva… Aliás, dificilmente perco meu tempo assistindo jogos das turma de rosa, prefiro assistir qualquer outro jogo que esteja passando na TV.

    • Naldo disse:

      Tambem assisti.

  15. Naldo disse:

    O jogo foi tão bom, que quero ficar com ele na memória até um nova atução de gala para me fazer esquecer e passar a pensar no próximo. Voltando ao Mineiro, que venha o Uberaba.

  16. Marc3lo disse:

    Que isso, não conhecia, ela e a voz dela são muito bonitas!!Cantando Dust in the wind.

    • SPAM de Off-Topic Mas para a Paula Fernandes vale a pena fechar os olhos… A princesa eh muito boa naquilo que se propoe a fazer. Uma pena que a patuleia prefira ver o rap do dedao, Primeiro lugar nas paradas da Alemanha, do que valorizar os artistas de verdade.

  17. Raf Lima disse:

    OT: E o Santinha elimina o Set-Fire da CB! E, manchete relevante: “Jefferson defende pênalti, mas falha em dois gols.”

    • Paulo Rafael disse:

      Jefferson não tem conserto. Eta goleirinho ruim, sô.

    • Jefferson é um ótimo goleiro e tem salvo o b0stinha de muito vexame. Acontece que alguns goleiros sao vistos somente pelos gols que levam. Tipico de ciclotimico e teleguiado. O Fabio tambem teve este calvario. E tem pateta que ATE HOJE fala que nao ganharemos nada com o Fabio. O Jefferson levou um time MAIS OU MENOS a uma final onde haviam outros times mais qualificados com uma idade que poucos goleiros conseguem ter o desempenho que ele teve. Mas para o torcedor mediano vale os gols levados e ponto final.

  18. Gustavo Barcellos disse:

    Mestre Paraná é como aquele garoto que só tira 10 na escola. Um dia chega em casa com um 8 e os pais – ou críticos, como queiram – reclamam: “pô, meu filho, e esse 8 aí?”.

  19. Ernesto Araujo disse:

    O melhor comentário do Jorge Santana nessa sua análise foi ter lembrado daquela bola que o DRenan tomou. Pensei que só eu tinha visto. Mas eu dou um desconto porque naquele momento do jogo o Cruzeiro já tinha afrouxado um pouquinho (jogo ganho e talz) e era natural que algumas falhas viessem a ocorrer. Quanto ao M. Paraná, sinceramente não consigo enxegar todo esse futebol dele não. Eu o vi jogando a 10m de mim na Vila Belmiro ano passado e ele em dois lances ele produziu mais do que em muitos jogos desse ano. Gostaria muito que ele fosse um novo VALDO, mas não é a realidade. O Valdo era um monstro… Marcava, atacava, batia faltas… Que saudade !

    • Jorge Santana disse:

      Não seria melhor que ele jogasse que nem Zidane, Pirlo ou Gerrard? Aproveitando a oportunidade que tal desejar que o Thiago Ribeiro jogasse como Garrincha, Puskas ou Pepe? Se é pra comparar, vamos logo pras cabeças, uai!

      • Jorge Santana disse:

        No lance da bola nas costas, o DR estava caindo pelo meio, de olho no que estava acontecendo do lado oposto. Só que o lateral, vendo o boqueirão, desceu e recebeu lançamento livre. Tem o mérito de quem lançoun e de quem avançou, mas é preiso ter atenção. Ou DR fica mais fechado ou um atacante tem de perseguir o lateral que avança. Não dá é pra deixar o corredor livre.

      • Podia, pelo menos, tentar comparar o MP com outro volante e nao com um meia.

      • Naldo disse:

        O Valdo era melhor que MP, mas o MP tem o seu valor, e grande.

  20. Ernesto Araujo disse:

    Mais lá pra cima, o Mauro França comenta que viu alguém dizendo por aí que o Cruzeiro tem que jogar todos os jogos daquele jeito que jogou ontem. Muito difícil… Nâo é todo dia que dá pra encaixar um jogo tão bom. Mas pelo menos já temos uma referência do que a equipe precisa jogar pra que nós soframamos menos. Se nos jogos importantes jogar perto disso já tá bom demais !

    • Jorge Santana disse:

      Esse tipo de matéria é inútil. Alguns times jogaram 4, outros 5 partidas. Na prócima rodada, alguns jogarão contra adversários fortes, outros contra fracos. Alguns em casa, outros fora. Então, o Cruzeiro que é o melhor, no momento, tanto pode ficar fora da próxima fase quanto ser o primeiro classificado geral. E não sei de quem vc está falando, mas certamente, o sujeito falou que o Cruzeiro era o pior quando era o pior e não agora que é o melhor. Então, não dá pra cobrar nada dele, certo?

    • Acontece que continua a premissa que ‘verdades’ nao duram 24h no futebol. Era o PIOR 2o colocado, eh o melhor primeiro na penultima rodada, o que NAO SIGNIFICA NADA pois vale a ultima rodada desta segunda fase. E ai os ciclotimicos e teleguiados se esbaldam.

      • Jorge Santana disse:

        Faz sentido discutir a posição após o fechamento da rodada e fazer projeções. O problema é comparar times ocm quantidade diferentes de jogos e não esclarecer as barreiras que cada um ainda terá que transpor. Se o Cruzeiro tivesse um time boliviano pela frente seria uma coisa, o Colo Colo é outra. E o Colo Colo será um vencendo na Venezuela e outro perdendo.

      • Nem isso. COm a regra indicando que os dois piors Segundo colocados caem fora, projecoes apos fechamento de rodadas, que nao sejam a final, nao valem absolutamente NADA.
        Muito simples, leiam o regulamento e vejam que um gol de um time que esta perdendo e desclassificado aos 48 minutos do segundo tempo, mudara a tabela de classificacao e pode tirar time da terceira fase.
        Pensem somente na hipotese do Velez ganhando de 1 a 0 na ultima rodada, em casa, e o Deportivo Italia empata aos 48 do segundo tempo. Sera que ‘projecoes’ servem ou duram 24h

  21. Jorge Santana disse:

    Ernesto, esta discussão sobre o posicionamento do DR me fez pensar no assunto, de novo, e reescrever o comentário sobre ele. Volte lá no post e veja se vc continua concordando.

    • Ernesto Araujo disse:

      Reli o comentário, Jorge, entretanto não posso analisar com a mesma profundidade que você pois a TV não deu a ampla visão do campo que você teve para ver outros detalhes do lance. A única coisa que deu pra perceber claramente foi a parte final do lance, onde o atacante recebe a bola livre pelo corredor. O que vc escreveu no final é importante: isso não pode acontecer. Porém volto a dizer: DRenan só está indo na boa e dou um desconto pelo fato disso ter ocorrido num momento que o Cruzeiro já estava com o jogo ganho e psicologicamente mais confortável.

      • Jorge Santana disse:

        É normal que o lateral feche no sentido da bola. Toda a defesa se desloca na direção de quem tem a bola. Por isto, as viradas de jogo são fundamentais pra quem tem a posse de bola. Se são bem treinadas, sincronizadas podem valer um título, como na virada do Verón pro Celay. Por isto, os treinadores se irritam com atacantes como Guerrón, que jamais acompanham os laterais. Mas os arquibaldos e geraldinos, em sua pureza d’alma, não querem nem saber. Querem é rosetar! Defender pra quê?

      • Ernesto Araujo disse:

        Excelente comentário, Jorge. É exatamente isso !

      • Ernesto Araujo disse:

        Só veja que interessante: O site Ranking Futebol marca 2:21 de posse de bola para o Jonathan e 2:28 para o DRenan. Quanta conclusão dá pra tirar disso hein….

      • Ernesto Araujo disse:

        … considerando que esses tempos são MUITO superiores aos dos outros jogadores, inclusive considerando os dos jogadores do Vélez…

  22. matheus t penido disse:

    Nas ultimas duas partidas o Renan apoiou com mais moderação e consequencia ou naum disso, com mais qualidade que nos outros jogos de 2010. Parece que pelo menos nos jogos em casa ele encontrou o posicionamento ideal, o que é claro naum significa que ele naum vai tomar bola nas costas. Lateral ofensivo que é tem que apoiar e o time todo precisa ficar atento com os corredores que ele deixa. Caso contrario era melhor escalar um zagueiro por ali.

  23. Binho disse:

    Pô, Paraná não jogou mal, mas ninguém pode negar que ele está longe de suas atuações do ano passado. Se ele fosse o mesmo o Cruzeiro teria enfiado 5 no Velez. Já que a moda é fofocar sei de fonte segura que o Farroupilha ainda não conseguiu repor o estoque de cervejas após o furacão PHDzista passar por lá. Sorte deles que o Jorgesan não apareceu senão além do líquido, também acabaria o tira gosto. hehehe

  24. ainda bem que alguns comentarios antes do jogo (ou melhor, alguns dias antes do jogo) escrevi que o Thiago Ribeiro estava me surpreendendo e agradando muito. Evitei ter a lingua queimada. Mas o pior nao e ter lingua queimada, o pior sao alguns que insistem nas suas teorias so para sustentar opinioes ridiculas e absurdas.

  25. Jorge Santana disse:

    Os linguarudos podem retrucar cantando um velho samba: “Atire a primeira brasa, quem nunca se queimou pela língua…” Todo mundo já se ferrou criticando jogadores. Menos quem detonou o Gabiru e o Lopes Tigrão. O problema é não criticar jogo a jogo, mas dar um veredicto definitivo e irrecorrível.

    • Ernesto Araujo disse:

      Não tou entendendo essa história de tão falada de queimação de língua e tal… Queimar a língua com o TR ? Como ? Há muito que Thiago é um dos melhores do Cruzeiro… Praticamente todos os jogadores do time principal e alguns reservas são bons jogadores. Só não estavam jogando o que podem, essa era a reclamação (minha pelo menos). Quem não gosta do AB, do Henrique, do Paraná, do Jonathan, do Fabinho, do Jonathan, do TR, do TH, WP e de outros, são os mesmos que NUNCA os engoliram, a despeito do bom futebol que já apresentaram VÀRIAS VEZES pelo Cruzeiro.

    • Eu fui um que detonei Gabiru e Lopes Tigrao. Nao me arrependo e nao fizeram falta NENHUMA desde que sairam.

      • Ernesto Araujo disse:

        Como é que mesmo Evandro ? “Se fulano for embora do Cruzeiro hoje, amanhã vai fazer 2 dias que não faz falta nenhuma” hahah… Boa essa !

      • Eu nao disse isso do TRibeiro, mas muita gente disse. COnstatei que ele fez muitas mas atuacoes que dificultavam a defesa dele que POUCAS ou rarissimas pessoas fizeram.
        Escrevi que o TRibeiro poderia sair, caso houvesse a contratacao de um jogador de ponta (no caso eu imaginava o Fred).
        Nao creio que isso seja queimar a lingua.
        Mas se vocë observar nos espacos virtuais, ainda sao muitos os cruzeirenses que detonam o TRibeiro na expectativa de que a opiniao deles prevaleça.
        Anota ai… deixa o TRIbeiro ficar tres jogos sem fazer gol e com tres mas atuacoes… as vuvuzelas soarao estridentes como nunca!

      • Ernesto Araujo disse:

        Ok. Agora, só para registro, Evandro, o que eu achei engraçado foi a sua frase. Sei que vc não disse isso a respeito do TR.

    • Walterson disse:

      Eu critiquei muito o Henrique quando ele não estava jogando nada mas fui o primeiro a reconhecer o crescimento do futebol do mancebo. Mas não vou retirar o que disse sobre o Bolinha, nem uma vírgula.

      • Ernesto Araujo disse:

        Pois é Walterson, é aí que a coisa não anda segundo o Jorge. Muitas das críticas que o AB sofre hoje são ecos da frustração pelo fato do Cruzeiro ter trazido ele e não o Mano Menezes… E lógico… Quem veio com o AB TAMBÈM não presta (Henrique, Fabrício, Paraná…). Agora, quem é esse tal de Bolinha ?????

      • Mauro França disse:

        Bolinha é o Marcinho. Há uma grande diferença entre criticr uma atuação em um jogo e fazer julgamentos definitivos. Tomando como exemplo o Henrique, muitos fizeram julgamentos do tipo “esse não presta para jogar no Cruzeiro”, “é o pior volante que já passou por aqui”, e etc e etc. Depois, quando ele se firmou, aparece o papo de que “ah, eu criticava suas atuações ruins”. Balela.

      • Mauro França disse:

        Quanto ao TR, tem muita gente aqui mesmo que sempre o detonou, na mesma linha. “Não serve”, “não faz gols”, etc…

      • Walterson disse:

        Convenhamos, Mauro, o Henrique teve um começo desastroso, pra dizer o mínimo. Mas nunca o critiquei por ser protegido do AB mas pelo péssimo futebol. Naquela época não achava que merecesse tanta chance como teve, sem mostrar nada.

      • Mauro França disse:

        Vc detonou o cara sem dó nem piedade. Lembro que discuti várias vezes com vc. Pode até não ter usado o argumento de que ele era protegido do Adilson, mas vc bateu com força. O que eu discuto são os julgamentos definitivos. Henrique nunca teria a chance de crescer se o Adilson levasse em conta as criticas.

      • Sobrinho disse:

        Convenhamos, Walterson, muitos aqui no blog não achavam que o Henrique era esse desastre todo, mesmo em sua fase irregular no Cruzeiro. Sempre enxergaram qualidades nele, assim como o Adilson Batista. Então é óbvio que existe um erro de julgamento de sua parte e de muitos que falavam que ele não servia nem para jogar em time de várzea.

      • Walterson disse:

        Irregular? O cara brigava com a bola e sempre perdia e voces chamam de irregular? Ele era ruim em todos os fundamentos e péssimo marcador. Como disse, ele evoluiu muito e fui dos primeiros a reconhecer isto. Mas esta fase “irregular” durou bem uns 10 jogos.

      • Sobrinho disse:

        “O cara brigava com a bola e sempre perdia e voces chamam de irregular? Ele era ruim em todos os fundamentos e péssimo marcador.” Como alguem consegue sair disso, para fazer uma jogada como aquela no segundo gol contra o Velez, em apenas 2 anos. Ou o Adilson é o gênio do desenvolvimento de atletas ou tem um olho de tandera para vislumbrar potencial dos atletas. Ou você exagerou e continua exagerando na ruindade do Henrique. Mas parei de patrulhar. O que importa é que ele é o nosso melhor volante da atualidade e talvez um dos melhores do Brasil.

      • Walterson disse:

        Sobrinho, o AB está lá com os caras e sabe o que está fazendo. Com certeza ele sabe de coisas que eu não sei e muito provavelmente ele conhecia estas virtudes do Henrique. O que estou dizendo é que, pelo que ele estava jogando, não merecia nenhuma confiança. Aconteceu o mesmo com o Eli carlos, que tambem começou bem claudicante, mas nunca o chamei de tosco por confiar no Adilson. E não tenho problemas em adimitir que errei com o Henrique e reconheço que hoje ele é nosso melhor volante.

      • Mauro França disse:

        Não só o Adilson, mas muitos aqui viram virtudes no Henrique. Se a critica ainda fosse de que ele jogou mal, vá lá, mas o papo era de que ele não prestava, como vc mesmo confirmou. Ora, não prestava e aí subitamente passou a prestar?

      • Walterson disse:

        E quem disse que foi subitamente?

      • Walterson disse:

        O Henrique veio evoluindo gradativamente e, ao contrário de mmuitos, acho ótímo ter queimado a língua pois isto é bom para o Cruzeiro, que é o que realmente importa. E o Bruno, tem defesa ou ainda serve para o Cruzeiro? Hoje a maioria da torcida (não tenho um dataneto pra precisar o quanto) é contra o camilo porque ele está jogando muito mal. Eu critico este momento dele e, como o Henrique antes, não acredito que o AB consiga recuperá-lo. Mas, se porventura acontecer e o cidadão arrebentar, vou achar ótimo e aplaudir qualquer boa atuação dele.

      • Ernesto Araujo disse:

        Esse foi um outro ponto que trouxe muita antipatia para o AB. Essa insistência com alguns jogadores que não jogaram bem logo de cara. O torcedor, por natureza, já é um impaciente. Pior ainda se é um jogador sem nome, trazido pelo treinador que ele já não queria e que joga mal constantemente. Não tem torcedor que aguente. Aliás, a impaciencia do torcedor inviabiliza qualquer experiência com juniores. Os que pedem Uchoa hoje no lugar do Paraná nao aguentaram UMA partida ruim dele como titular…

      • Ernesto Araujo disse:

        Por isso critico aqueles que exaltam o modelo “santista”. Critico porque ele não foi totalmente planejado. A conversa aqui, na virada de 2009 para 2010, era de contratações a rodo. Se o Santos tivesse a verba do São Paulo pode ter certeza que muitos jogadores hoje titulares estariam no banco de reservas. Uma coisa que já comentei aqui é o sistema de acesso/descenso do Brasileiro. Deveria ser pela MÈDIA dos últimos anos, não imediato. Isso daria tempo para que os times que tiveram uma boa temporada mas perderam jogadores importantes nas “janelas” poderem investir em juniores sem a preocupação da equipe se complicar na tabela. O rebaixamento imediato faz com que os principais clubes (e aí jogadores e treinadores) não tenham descanso para esse tipo de trabalho…

      • Rodrigo-bsb disse:

        o Henrique evoluiu bastante, tem mostrado regularidade mas tá longe de ser o volante que eu gostaria de ter no Cruzeiro,mesmo entre as opcoes possiveis. Ninguém nessa meiuca se compara a Charles e Ramires.

      • Rogério disse:

        Mas se ele melhorar um pouquinho que seja, evidentemente vai se juntar aos dois na Europa.

      • Sobrinho disse:

        Henrique está jogando quase no mesmo nível do Charles. Perde nos chutes de longa distância, mas no desarme está bem parecido. Agressivo e eficiente para roubar as bolas.

  26. mariana disse:

    Fábio foi o único que decepcionou, nenhum milagre?!
    Partida irretocável do TR e da dupla de zaga Gil e LS. Não sei se o Cruzeiro vai conseguir ser tão brilhante de novo, a concorrência já está com medo…

    • Walterson disse:

      O Fábio foi um mero repositor de bolas e só não fez nenhum milagre porque os velezianos não chegaram mas quando precisou lá estava ele.

      • mariana disse:

        É só uma brincadeira pessoal…não fez nada pq não foi exigido, oras! Se tivesse precisado ele estaria lá, como sempre.

    • Rogério disse:

      Que nada, interceptou um cruzamento com as pontas dos dedos que seria gol certo.

  27. Naldo disse:

    O Juizão levou nota 6 porque inventou 2 cartões amarelos. Um para o Gilberto e outro para o Kleber. Os bandeiras nota 7, um marcou a falta no Gilberto e depois voltou atraz. Média 6,5 pro trio.

    • Walterson disse:

      O do Gilberto foi merecido. Os bandeiras erraram mais, inclusive em dois impedimentos do Velez.

  28. Sobrinho disse:

    Celso, dados para sua análise microeconômica. Cruzeiro x Velez: Público pagante: 43.374 Renda: R$ 839.118,90 Preço médio: R$ 19,35; Chacotaense x Chapecoense: Público pagante: 35.396 Renda: R$ 535.127,50 Preço médio: R$ 15,12.

  29. simone b de castro disse:

    Eu achei todos ótimos. E Thiago Ribeiro, excelente! Nem tenho o que falar.
    Tudo perfeito!

    • simone b de castro disse:

      E até agora eu não consegui ver o drible do Gil no argentino…

    • Ernesto Araujo disse:

      Ah Simone… Dá uma criticada aí vai… Eu tou aqui dando carrinho (por trás) no M.Paraná e no Gilberto só pra mostrar que conheço de futebol e ninguém me ajuda ! Fala aí que o T.Heleno, pelo pouco tempo que ficou em campo, não passou segurança… Pelo menos isso !!!

      • Ernesto Araujo disse:

        Ou então faz que nem um corneta fez numa comunidade do Orkut: Compara (ironicamente) o Cruzeiro com a Holanda de 74. Aí vem o outro e pergunta: “Uai, mas a maior crítica ao AB não porque ele não ganhou nada ? A Holanda 74 também não !” AHAHAHAH… Esses cornetas…

      • simone b de castro disse:

        hahahahahaha Já sei de quem vc está falando…Ficam nos raros blogs só deles, coitados! Estão lambendo as feridas!

      • Ernesto Araujo disse:

        Estão atleticanizando a Holanda ! Aahahahaha !

      • simone b de castro disse:

        Ernesto, não dá! Para mim, criticar depois desse show, é impossível! rsrsrsr

      • simone b de castro disse:

        Nem mesmo o TH. Jogo para calar a boca e curtir! rsrs

      • Ernesto Araujo disse:

        Olha o Link aqui Simone !

        http://www.youtube.com/watch?v=bSBPV7YLkZE

        Tem todos os dribles do jogo. Fazia tempo que eu naõ dava risada num jogo de futebol. O drible do Gil no irritado Santiago Silva arrancou gargalhadas…

      • Ernesto Araujo disse:

        Pelo bem da verdade é importante dizer que o primeiro lance não foi drible do Kleber… Ele tentou passar a bola para o Thiago Ribeiro (mais embaixo) e a bola explodiu o no pé do Somoza, indo em linha reta, dando a impressão de um drible. O terceiro lance, no começo, aí sim o Kléber dá um drible legal no tal de Lima que acaba fazendo falta mais à frente. Faltou alguém encostar no Kleber pra ele poder passar a bola.

      • Rogério disse:

        Que isso Ernesto, no primeiro lance ficou claro que a intenção do Kléber realmente era jogar a bola entre as pernas do defensor argentino, tanto que ele já foi complementando a jogada.

  30. Jorge Santana disse:

    Não foi possível ler tudo sobre a evolução dos jogadores, mas acho que é possível meter a colher. Tirante os gêniuos, que já nascem prontos, os demais têm mesmo de evoluir com o tempo. Maicon é um exemplo. Por aqui, Jonathan é outro. Ajuda muito estabildiade no coamndo técnico, confiança no treiandor, assimilação de táticas e, claro, o aperfeiçoamento técnico que o tempo e os treinamentos dão. Henrique, Jonathan, Ribeiro, DR, Gil, TH e outros tendem a melhorar. Fabinho, Caçapa, LS, MP têm de lutar pra manter a condição, pois dificilmente terão continuar se aprimorando. Estes têm a vantagem da experiência e a desvantagem da idade. MP me parece ser quem vai mais longe, pois sobe adpatar seu estilo à perda física causada por cirurgias. Ele joga sem desgaste.