Teses sobre o torcedor pobre

Por SÍNDICO | Em 10 de julho de 2019

ROMAROL  e suas preocupações com o torcedor pobre:

  1. Futebol gera emprego e renda. Quando comparado com a indústria de armas, ele é um grande avanço da humanidade.
  2. Cria-se mais desigualdade social quando se convoca o torcedor brasileiro de renda baixa para contribuir financeiramente com seu clube.
  3. A maior despesa do Cruzeiro é com salários de jogadores. Convocar torcedores pra contribuir com esse gasto não é aconselhável.
  4. O cidadão deve ser incentivado a educar melhor seus filhos, a cuidar melhor da sua saúde, a ter ações mais altruístas.
  5. O torcedor pode gastar seu dinheiro com o que quiser, mas eu não o incentivaria a ser sócio do futebol de time algum enquanto ele não tenha uma renda adequada.
  6. O torcedor pobre já contribui imensamente com os salários de jogadores ao assistir as partidas de futebol. Ele dá audiência à televisão que é a principal fonte de renda da maioria dos clubes.
  7. O torcedor pobre, ao assistir uma partida, já abre mão da maior preciosidade dele: o tempo. Se somasse todo o tempo gasto com atenção ao futebol e o utilizasse para trabalhar mais, estudar mais, ler mais, orar mais, a vida dele provavelmente estaria mais próspera.

39 comentários para “Teses sobre o torcedor pobre”

  1. SÍNDICO disse:

    ROMAROL, só tenho uma sugestão a fazer ao seu pobre torcedor pobre: largue p futebol profissional e vá pra várzea.

  2. SÍNDICO disse:

    QUEM liga a TV não para apenas salários de jogadores de futebol. Paga também o de atores, jornalistas, publicitário, agricultores,industriais, operários, políticos e o escambau.

  3. SÍNDICO disse:

    INDÚSTRIA ARMAMENTISTA existe desmame Mesopotâmia. Muito antes de lançarem a tese de o Homem é filho de Deus. Mas ela nem a maior causadora de mortes. Sem lançar mo de armas, os comunistas mataram mais de 100 milhões de pessoas no século passado. Só produzindo fome. Na Ucrânia, por exemplo, mataram 8 milhões de camponeses no episódio chamado Holodomor.

  4. SÍNDICO disse:

    TORCEDOR POBRE não pode trocar futebol por mais oração, trabalho ou o que seja. Pode até trocar por cachaça, baile funk ou putaria. Mas não por mais compromissos sérios, pois enlouquece se o fizer. Lazer é saúde, meu caro!

  5. SÍNDICO disse:

    O CIDADÃO POBRE tem à disposição escola pública , saúde gratuita, cesta básica, vale transporte, bolsas variadas, não paga imposto de renda nem Iptu. Vc não precisa se preocupar em incentivá-lo, ele sabe onde encontrar cada benefício.

  6. SÍNDICO disse:

    A MAIOR DESPESA do Cruzeiro é com seusjogadores, certo. Da Globo, é com atores e jornalistas. Das indústrias, com os trabalhadores. Das escolas, com os professores. Do contribuinte, com os servidores públicos e políticos. Dos hospitais, com os médicos. Tria como ser diferente?

  7. SÍNDICO disse:

    QUAL e a renda adequada pra um caboclo poder se dar ao luxo de ser torcedor?

    • Romarol disse:

      Ele é torcedor em qualquer faixa de renda. Ele não deixa de ser torcedor caso decida não ajudar a equilibrar as contas do Cruzeiro.

      • SÍNDICO disse:

        No mundo inteiro, torcedores se associam (os que podem, obviamente) pra ter o prazer de torcer pra boas equipes, não pra equilibrar contas.

      • Romarol disse:

        Eu não tenho nada contra o sócio-torcedor desde que seja inserido num contexto de racionalidade e não de “apenas paixão clubística”.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Acho que isso é óbvio, Romarol. Mas o Vilela (cadê ele?!) citou uma coisa certa outro dia: se BH não tiver 50 mil torcedores em condições de se associarem, pode parar com essa onda de 8 milhões de torcedores. Acho que ações de marketing são muito mal exploradas.

      • Estou em Campinas hoje e amanhã em Pirassununga… Assistirei ao jogo lá… Alguém esta’ra também por lá?

    • mrr disse:

      Síndico, após pagar as contas, aplicar uma parte, o que sobra vai para o lazer, e dentro desse, em ordem de prioridade, estão os passeios, restaurantes, e por último o sócio de futebol.

  8. SÍNDICO disse:

    ROBINHO, meia de 31 anos, renovou até Dez21. Ele está no Cruzeiro desde Abr16 e disputou 153 jogos marcando 24 gols, e dando 32 assistências.Conquistou 4 títulos: dois da Copa do Brasil (17 e 18) e dois do Mineiro (18 e 19).

  9. Romarol disse:

    ” (…) deveriam associar-se a toda espécie de atividades filantrópicas e nelas tomar parte ativa (…), mas porque são seres humanos, e é seu dever, como seres humanos, aliviar o sofrimento e melhorar a sorte dos outros de todas as maneiras possíveis”. Autor: I. K. Taimni. Leitura que realizei hoje. Sugiro ao torcedor que tudo que gaste com o futebol realize contraparte igual com alguma atividade filantrópica.

  10. Romarol disse:

    Síndico, se possível, insira por gentileza a imagem que te enviei pelo WhatsApp na página deste post. Gratidão!

    • Bruno 7L RJ disse:

      É essa imagem do seu perfil? Caraca, imagem forte.

    • mrr disse:

      Bruno, olhos de lince, rs… Mostrei a foto para minhas filhas, gosto de concientiza-las.

    • SÍNDICO disse:

      Não sei colocar fotos. Houve um tempo em que conseguia. Mas o site não é amigável pra essas coisas e eu desisti.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Cadê o Webmaster? Não tem ninguém aqui no blog que possa ajudar? Vou estudar essa parada pra ver se posso ajudar. Qualquer coisa a gente lança o SC: SÓCIO COMENTARISTA. Em tempo, a época das fotos era bem maneira.

  11. Matheus Penido disse:

    Saiu liminar determinando o afastamento do dr. Itair Machado. É pra comemorar ou lamentar?

    • JJ disse:

      É difícil comemorar que o clube passe por isso, mas o que tem que se lamentar é que o Cruzeiro esteja nas mãos de gente desse tipo. E não é só a atual gestão não, pelo visto dos Perrelas pra frente é só gente do mesmo naipe. Uma dia a conta ia chegar, pelo visto é agora…

    • mrr disse:

      Não sei mais o que dizer, apenas que estamos no mato sem o bendito cachorro.

    • Tá dividido… De torcedores (Inclusive TO´s): Tem uma turma comemorando e outra lamentando. De conselheiros: Tem uma turma comemorando, outra lamentando e um monte em cima do muro. De Sócios do Clube: Tem ao menos umas 5 (CINCO) “turmas” diferentes… a fauna completa… inclusive torcedores de outros clubes se esbaldando…
      P. S. Como podem supor, existem uns trairões que estão esperando liminares e julgamentos… aí descem do muro.

  12. Palestra1921 disse:

    Dá pra perceber que o futebol tá morrendo quando a paixão pelo clube é vista como secundária.

    • Você sabe a diferença quando a paixão é separada entre CLUBE e TIME. Acho que paixão pelo CLUBE, nem 10 mil possuem… pelo time? nem 200 mil… Agora faz as contas …

  13. Souza disse:

    Estou no interior de Minas e estou achando estranho o otimismo dos torcedores da camisa rosa. Devido à crise celeste estão achando que este ano além de eliminar facilmente o Cruzeiro, ainda verão o rebaixamento do melhor de Minas. Gostaria muito de poder saber como está o clima entre os jogadores.

    • Existe uma “mística” na qual acredito… na maioria das vezes que o 6a1o e seus seguidores estavam com esta atitude, demos a “volta por cima” …
      Mas isto serve, por outro lado, para colocar muita nebulosidade nos fatores extra-campo.
      Não sou como gente parcial que fica torcedor para eliminarmos as frangas e “tudo virar pizza” e nem fico torcendo para dar errado para eu dizer “EU AVISEI” …
      Torço para eliminarmos as frangas… PUNTO E BASTA !

  14. Bruno 7L RJ disse:

    CAP x FLA. Jogo muito bom de se ver. Dois times procurando a vitória o tempo todo.

    • SÍNDICO disse:

      GABIGOL levou bolada no pé e rolou no gramado como tivesse tomado uma facada nas costas. Fosse o Menino Ney, vc estaria dando piti.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Gabigol é da mesma escola. Mala. A diferença é que Neymar é craque, ele um bom jogador apenas.

  15. SÍNDICO disse:

    DECISÃO JUDICIAL se cumpre. Nada de acampamentos, nem de “Itair Livre”.

  16. SÍNDICO disse:

    FILANTROPIA não substitui lazer. a menos que ela mesma seja lazer.

  17. SÍNDICO disse:

    RMBH tem 5 milhões de habitantes. É quase o dobro da população do Uruguai. Mais do que a população do Paraguai. Mais da metade da população do Rio Grande do Sul. Pelo menos 2 milhões torcem pra algum clube. Em tese, 1 milhão pelo Cruzeiro. ë um vexame não ter 60 mil torcedores em cada jogo no Mineirão.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Pois é… e os ingressos nem estão caros. Ou a turma “abandonou” o time ou a situação econômica está de mal a pior aí em BH.