Posts com a Tag ‘transferência’

O 7º beque de um elenco respeitável

sábado, 14 de agosto de 2010

Leonardo Renan Simões de Lacerda, Leo, beque e torcedor celeste nascido em Belo Horizonte há 22 anos, mas revelado pelo Grêmio, é o novo reforço do Cruzeiro.

Ele estava encostado no Palmeiras, que recebeu, por seus direitos econômicos e federativos, R$1 milhão mais Leandro Amaro, beque revelado pelo Cruzeiro.

Ao lado de Gil, Leonardo Silva, Edcarlos, Cláudio Caçapa, Wellington e Luizão, Leo formará um time de beques como há tempos não se via na Toca da Raposa.

Com as chegadas de Montillo, Rômulo, Farias, Wallyson, Robert, Francisco Everton, Wellington e Leo, o elenco celeste oferece boas opções ao treinador Cuca.

Pelo menos enquanto os melhores atletas não escaparem pela janela de transferências.

Apesar do esforço da direção, o elenco do Cruzeiro continua inferior ao dos clubes mais ricos: Fluminense, Santos, Corintiãs, Palmeiras, São Paulo, Inter e Cocota.

Mas já está no 2º escalão, ao lado de Grêmio, Flamengo e Vasco.

Mais do que isto, só quando a torcida disser presente e se associar incondicionalmente.

Vôlei nas trevas

domingo, 6 de junho de 2010

Não tenho a paciência do Olivieri e do Chaves pra assistir a uma partida de vôlei inteira. Mas, solidário ao Ernesto Araújo, me esforço durante alguns minutos de cada set.

E foi com este sentimento que me aventurei a acompanhar os dois jogos Cuba x Argentina, em La Habana.

Foram tenebrosas. Ao pé da letra. Não as partidas, mas as transmissões da televisão governamental de Cuba.

A emissora oficial do regime cubano produz imagens que estão um degrau abaixo das transmissões da TV Itacolomi nos Anos 60. Uma vergonha a falta de nitidez e a pobreza de informações.

Pra piorar, o ginásio estava semidesertoe as poucas tomadas do público mostravam pessoas mal ajambradas e desanimadas.

Cuba já teve dias melhores. Parece que o adjutório do ditador cucaracha não dá pra pagar as contas como acontecia com a farta mesada soviética durante a Guerra Fria.

Posto isto, registre-se que foram dois jogos animados. Os argentinos mais técnicos, os cubanos, como nos bons tempos, voando e sentando a mão sem dó nem piedade.

Venceram por 3×2 as duas partidas. Wilfredo León, de 16 anos, é a estrela do time. Joandry Leal, o segundo nome. Entre os argentinos, destacou-see o gigante Gustavo Scholtis.

O saque foi o fundamento decisivo na vitória cubana. Principlamente na primeira partida, quando os argentinos acertaram a rede além do que se poderia esperar de uma seleção de ponta.

Nos bancos, duas referências: no cubano, o histórico Orlando Samuels; no argentino um astro recente das quadras, Javier Weber.

Se o projeto do vôlei do Cruzeiro / Sada sfor mantido na próxima temporada, valeria a pena garimpar alguns talentos cubanos.

O problema é saber se a ditadura da Ilha Que Parou no Tempo, permitiria as transferências.

N.B.: Os donos do poder em Cuba mantêm o culto à personalidade do Ernesto, como se pôde perceber pelo banner cpm sua cara, que pendia de uma das paredes do ginásio mal iluminado.

Fábio, referência imprescindível

sexta-feira, 28 de maio de 2010

O goleiro Fábio pode estar deixando o Cruzeiro. Sporting, Milan e um clube inglês não revelado estariam querendo contratá-lo, noticiam os saites esportivos. (mais…)

O erro vai bater ponto no RapoCota

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

O erro acompanha o esporte. É rematada tolice perder tempo com chororô. Ele não tem o poder de transformar evento esportivo em operação matemática.

Se os chorões quiserem erro zero, terão de pedir a arbitragem do Sumo Pontífice, único ser sobre a terra com o dom da infalibilidade.

O juiz do RapoCota não tem esta sorte. Vai errar. E o perdedor vai berrar.

Se servir de consolo, informo que o apitador do clássico não será Wagner Tardelli. Ao menos, é o que garante o Diretor de Arbitragem da FMF.

(mais…)

Lei Pelé vai mudar

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

A Lei Pelé (9.615/98) começa a ser modificada com a aprovação do pela  Câmara dos Deputados do substitutivo do deputado José Rocha (PR/BA) ao projeto de Lei 5.186/05, do Executivo. Confiram algumas mudanças:

  1. Jogadores de 14 a 19 anos serão ligados a clubes, não mais a empresários.
  2. Clubes que participaram da formação do jogador, dos 14 aos 17 anos, terão 1% do valor da transferência para cada ano de investimento no atleta dentro desse período.
  3. Clubes que formaram jogadores entre os 18 e os 19 anos terão 0,5% por ano.
  4. Clubes formadores de atletas olímpicos terão repasse de parte do dinheiro de loterias federais atualmente destinado ao Ministério dos Esportes, mas serão obrigados a investir a verba em programas de desenvolvimento, formação de recursos humanos, preparação técnica e na manutenção e transporte de atletas.
  5. Televisões que não detêm direitos de transmissão, poderão exibir até 90 segundos de imagens do evento esportivo, desde que paguem aos clubes e não as exibam associadas a patrocínios, propagandas ou promoções comerciais.
  6. Clubes e jogadores de futebol poderão combinar indenizações contratuais dentro de certos limites a serem definidos em legislação complementar.
  7. Jogador que romper contrato pra se transferir ou voltar a jogar por outro clube brasileiro, em 30 meses, pagará indenização de até 2 mil vezes o valor médio do salário ao clube de origem.
  8. Para as transferências internacionais, não haverá limite.
  9. Rescisão contratual por dívida salarial, dispensa imotivada ou demais hipóteses previstas na legislação trabalhista, obrigará o clube a indenizar o atleta com o total dos salários a que ele teria direito até o término do vínculo.
  10. Dirigentes responderão com seus próprios nomes e patrimônios pelos danos que causarem aos clubes. De “má gestão” esta situação passará a ser denominada “gestão temerária”.

Vôlei é líder, atletismo é pódio, futebol treina

domingo, 17 de janeiro de 2010

Esta foi a semana do Cruzeiro:

  1. Domingo, 10jan10: Inspirando-se no Barcelona, Adílson Baptista diz que não vai mais poupar jogadores, privilegiando uma competição em detrimento de outras. Se as contusões derem trégua, é claro. Thiago Ribeiro e Leonardo Silva cantam o mantra do elogio à estrutura do Cruzeiro. É mais produtivo treinar na Toca do que viajar pra se preparar alhures como fazem os elencos dos clubes que não possuem bom centro de treinamento. Equipe de Atletismo do Cruzeiro subiu em 3 pódios: Frank Caldeira com o 2º lugar na 26ª Corrida de Reis de Cuiabá; Gladiador com o 3º e João da Bota com o 5º, na 40ª Corrida de Reis de Brasilia; Cristiano Machado com o 4º na 33ª Corrida de Reis Barcelona, em São Caetano do Sul.  
  2. Segunda-feira, 11jan10: Jonathan sonha com vaga na Seleção. Uchoa e Thiaguinho são titulares no Sub20 do Brasil que empatou com o Uruguai por 1×1 e vai disputar a final do Torneio de Punta Del Este. Depois de treinos físicos e táticos na Toca II, jogadores do Cruzeiro ouviram paletras proferidas pelo presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Mineira de Futebol, Jurandy Gama Filho, e pelo ex-arbitro Juliano Lopes Lobato.
  3. Terça-feira, 12jan10: Após 7 meses em recuperação, Leo Fortunato volta a treinar com bola. Marquinhos Paraná e Leonardo Silva divergem sobre a semana de treinamentos em Sucre, a 2.800 m de altitude, para o jogo em Potosi, a 4.000 m. Para o volante quanto menos tempo nas alturas, melhor, pois a turma não fica pensando o tempo todo no problema. Já beque considera fundamental o treino na altitude pra goleiro e zagueiros se adaptarem à maior velocidade da bola lá nas grimpas do mundo. O ex-zageiro Wilson Gottardo, que fez 6 gols e levantou a Libertadores jogando 101 partidas pelo Cruzeiro em 1997/98 reaparece na Toca, agora para iniciar um estágio de treinador com Adílson Baptista.
  4. Quarta-feira, 13jan10: Adílson confia na recuperação do futebol de Thiago Heleno. Fabrício, com distensão na panturrilha, não treina e deve desfalcar o time nos primeiros jogos da temporada. Em Caxias do Sul, O Cruzeiro Sada venceu o São Paulo Fátima Medquímica UCS por 3×0 (25/17, 27/25 e 25/23) e alcançou o 2º lugar na Superliga de Vôlei. Defenderam o time mineiro: Sandro, Wallace, Douglas Cordeiro, Renato Felizardo, Bob, Bruno Zanuto, Polaco (líbero), Murilo Radke e Samuel Fuchs.
  5. Quinta-feira, 14jan10: Kleber é o único titular garantido no ataque celeste. Wellington Paulista, Guerrón, Anderson Lessa e Thiago Ribeiro vão disputar a 2ª vaga. Alegando bolha no calcanhar, a nova epidemia que assola o fut brasilis, WP não treinou. Depois, pela Itatiaia, soube-se que ele está de birra com o treinador por não ter sido escalado como titular no jogo-treino contra o Itaúna, vencido pelo Cruzeiro por 7×1, gols de Ribeiro (3), Guerrón (2), Leandro Lima e Fabinho. Pedro Ken, substituto de Fabrício no treino, foi elogiado por Thiago Ribeiro: “Ele tem mobilidade, marca e sai para  jogo, como fazem nossos volantes.” Sub18 do Cruzeiro vence Paraná Clube por 1×0, pela Copa SP, em Taboão da Serra e se classifica pra enfrentar a Inter de Limeira no domingo, às 10h.
  6. Sexta-feira, 15jan10: O centroavante Eliandro renova contrato com o clube até 2013. Thiago Ribeiro se candidata a batedor de faltas em 2010. Guerrón avisa que jogar na altituide é com ele mesmo. Gilberto, que já enfrentou aa montanhas de La Paz e de Cuzco, acha que dá pra se sair bem em Potosi. Mas recomenda ao time jogar mais fechado e não permitir a correria dos adversários.
  7. Sábado, 16jan10: Fabinho revela que seu empresário foi sondado pelo Flamengo pra uma transferência. Mas, no momento, sua preocupação é jogar pelo Cruzeiro. Se possível já na estréia do Mineiro, em lugar de Fabrício, que baixou enfermaria. Começa a venda de ingressos para a estréia do Cruzeiro no Mineiro, contra o Uberlândia, quarta-feira, 21h50, no Mineirão: a geral custará R$10, cadeira inferior, R$ 15; cadeira superior lateral, R$25; cadeira superior central, R$30, cadeira especial, R$55, estudantes, menores de 12 anos e maiores de 60 anos, pagam a meia entrada. No Ginásio Divino Braga, em Betim, perante 3.200 torcedores, o Cruzeiro Sada venceu o Náutico Lupo por 3×1 (25/17, 23/25, 25/18 e 25/19) e chegou à liderança da Superliga de vôlei.  Jogaram: Sandro, Wallace, Douglas Cordeiro, Renato Felizardo, Bob, Bruno Zanuto, Polaco, Murilo Radke, Samuel Fuchs, Lucianinho e Aurélio.

Pelo visto, todos querem jogar. E vão jogar, pois o treinador já garantiu que haverá amplas oportunidades para todos os pretendentes à camisa titular.

E a torcida? Vai comparecer na estréia? Você já comprou seu ingresso, caro leitor?

ZZP: “O time foi imaturo na final da Libertadores”

domingo, 25 de outubro de 2009
  • Conformar [com a perda da Libertadores], não vou me conformar nunca. Mas fazendo uma na análise fria, vejo que o time foi imaturo. O Verón fez o que quis em campo. Deu pontapés, intimidou nossos jogadores e até apitou a partida. Faltou maturidade ao Cruzeiro. Foi uma lição dura, sofrida, mas importante para o nosso futuro. (Zezé Perrella, em entrevista ao blog do Cosme Rímoli)

Transferência de responsabilidade. O Cruzeiro perdeu porque o Estudiantes tinha mais time. O que já havia demonstrado nas três partidas anteriores entre ambos pela Libertadores.

(mais…)

É pouco o que se diz por aí

domingo, 4 de outubro de 2009

Corro os olhos por saites e jornais pra entrar no clima do jogo de hoje, às 18h30, em Floripa. Eis o que li:

  1. Gilberto diz que, pra voltar à Seleção, jogaria, de novo, na lateral-esquerda. E o fôlego, meu camarada?
  2. Esquecida de qual era o destino manifesto do time quando começou o Morrinhão, a torcida do Avaí está cuspindo marimbondos pela derrota contra o Flu, no Maraca. Não seria melhor se juntar aos jogadores pra chegar logo, sem traumas, à Cota 45?
  3.   (mais…)

Plástica no Morrinhão

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Deu no Painel, da Folha de S. Paulo:

  • A Globo Esporte, braço da emissora que cuida de eventos esportivos, enviou proposta aos clubes para alterar o formato do Brasileiro. Sugere a volta do sistema de mata-matas, com duas vagas na Libertadores para os dois primeiros na fase de classificação e outras duas para o campeão e o vice. Caso se repitam, elas seriam dos semifinalistas. A Globo também sugere uma inversão na janela de transferência. Quatro semanas em janeiro e 12 entre junho e agosto, o que permitiria a jogadores repatriados atuar já no mês de junho.

Proposta inócua para os grandes problemas do atual futebol brasileiro: concentração de recursos no Eixo e desmantelamento de grandes clubes regionais.

(mais…)

Torcer com fé eu vou

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Durante a semana, Kleber declarou amor ao Cruzeiro, avisou que não ia mais se transferir, treinou e viajou pra jogar contra o Botafogo.

De repente, contudo, voltou a sentir o púbis e retornou a Beagá.

Mais ou menos na mesma hora, seu procurador, Giuseppe Dioguardi, em tratativas empresariais do outro lado da lagoa, declarou que as negociações para transferência do Gladiador continuam.

Outra surpresa foi a súbita contusão que afastou Wellington Paulista do jogo no Engenhão.

Súbita? No pé? Parodiando o lema botafoguense: há contusões que só afetam jogadores do Cruzeiro.

(mais…)