Posts com a Tag ‘titulares’

Cruzeiro 2×1 Palmeiras: No peito e na raça

domingo, 5 de dezembro de 2010

Em 3º lugar com 66 pontos, o Cruzeiro precisa vencer o Palmeiras e torcer para Corintias e Fluminense empatarem seus jogos para campeonar. O time não contará com Jonathan, suspenso, e Fabrício, lesionado.

Em 10º lugar com 50 pontos, se vencer, o Palmeiras pode terminar o torneio em 9º lugar. Felipão deu férias para os titulares e mandará a campo o time reserva.

(mais…)

Cruzeiro 2×0 Ceará: No grito da galera e no apito

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Em 3º lugar com 41 pontos, o Cruzeiro pode chegar à vice-liderança se vencer. Perdendo, pode sair do G4.

Wellington Paulista, Marquinhos Paraná, contundidos, são os desfalques do time celeste.

Em 9º lugar com 30 pontos, o Ceará pode subir uma posição. Perdendo pode cair para o 14º lugar.

Dimas Filgueiras contará com todos os titulares e ainda terá o driblador Mizael no banco pra atormentar a defesa celeste em caso de necessidade.

(mais…)

15ª da A: Cariocas foram ao futebol

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

A 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro foi jogada em 21 e 22ago10 com bom público nos estádios. Flu e Timão deixam a concorrência comendo poeira. Bota e Ceará se aboletaram no G4. Os luxuosos elencos do St. Pauli e da Cocota apanham feio. Grêmio assusta sua torcida. CAP usa veneno de Pet contra o Fla. Guarani e Palmeiras tiram zero.

(mais…)

O Cruzeiro não está quebrado

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Mensagem enviada pelo João Chiabi Duarte:

Prezados:

Como anda a situação financeira do Cruzeiro?

Compartilho o pouco que sei e tenho lido, visto e ouvido de pessoas que estão no meio do futebol a respeito do tema, em 10 tópicos:

1. O Cruzeiro não está quebrado. Hoje, entre os grandes clubes do Brasil, é um dos menos deve. Pelo que pude apurar as nossa dívidas reais beiram a casa dos R$100 milhões, mas, quase toda bem equacionada (REFIS, IR, INSS etc).

2. Mesmo tendo alcançado junto ao BMG um patrocínio naster destacado como o melhor de sua história, o Cruzeiro em 2010 está sendo penalizado por:

  • Queda acentuada de bilheteria, notadamente após o fechamento do Mineirão.
  • Queda acentuada de receita com o Sócio do Futebol com a perda de 15 mil associados (R$60 x 15 mil = R$900.000 / mês).
  • A folha salarial foi onerada pela manutenção do elenco, tendo como balizador o Kleber, fato que provocou substancial elevação nos salários de outros jogadores. Também por mérito deles, é bom que se diga.
  • Não ter realizado nenhuma venda expressiva. Até o 7° mês do ano, o Cruzeiro teve como venda mais importante o repasse de 50% de Kleber ao Palmeiras (ainda dividido com o parceiro EMS Pharma) por R$6,5  milhões.

3. Com isto o déficit mensal hoje é da ordem de R$1 milhão / mês.

4. O Cruzeiro tem, segundo consta no BID, um número muito grande de jogadores sob contrato (em torno de 200 segundo alguns colegas, mas há que se confirmar porque podem estar sendo incluídos todos os atletas da base nesta contagem… Sem dúvida, é a quantidade é maior do que a dos demais clubes da série A), emprestados a times menores. Muitos desses jogadores são pagos com subsídio do Cruzeiro. ISe isto for confirmado, pode ser uma das razões de sangria do caixa. Até aqui, isto é mera suposição, pois essa rubrica não foi aberta nas últimas prestações de contas do clube.

5. Outro ponto importante e muito comentado: o Cruzeiro tem um clube de estrutura pesada e custos fixos elevados, que precisa ser ajustado para ter contas dentro de parâmetros mais condizentes para uma organização de seu porte. Isto talvez justifique as saídas de Claret e Maluf, entre outros. Pode ser que a contenção já esteja sendo feita.

6. Também é um fato o baixo índice de aproveitamento de pratas-da-casa nos últimos tempos. A base custa ao clube perto de R$700 mil / mês. Uma das razões pelas quais o Zezé Perrela puxou Dimas Fonseca para a gestão do futebol profissional foi exatamente ele ter feito uma gestão severa na base, com expressiva redução de custos. Ora, se hoje o dispêndio supera os R$8 milhões anuais, o retorno é baixíssimo, pois, apenas Guilherme e Diego Renan se firmaram entre os titulares nos últimos 4 anos, o que é muito pouco.

7. Nos últimos tempos, o Cruzeiro teve vários jogadores que ficaram muito tempo parados, o que afeta os gastos ao impedir estabilidade e repetição de escalações. Os treinadores viviam improvisando. Alguns Casos:

  • Sorin, Athirson e Fernandinho em 2009 (simultâneas).
  • Gilberto e Roger em 2010.
  • Luizão, Leo Fortunato, Leonardo Silva e Thiago Heleno, recentemente.
  • Kleber no 2° semestre de 2009.
  • Fabinho, Paraná, Ramires, Jonathan, Henrique, Gérson Magrão foram improvisados várias vezes nos últimos tempos.
  • Araújo, Gil, Elber, Sandro, Thiago Gosling, Luizão, Kerlon tiveram longas temporadas de recuperação. São desperdícios que precisam ser melhor avaliadas pela comissão técnica, Departamentos Médico, Fisiologia, Fisioterapia etc.

8. Um outro motivo alegado por muitos é a política de contratações do clube nos últimos tempos. Vamos relembrar alguns casos para avaliá-los:

  • Jogadores contratados como solução de problemas e que pouco jogaram:  Jael (nem jogou), Luizão (nem jogou), Leandro Silva (na volta do Porto, foi outro que não jogou nem 10% das partidas), Sorin (nesta 3ª passagem), Thiago Gosling (jogou muito pouco nesta 2ª passagem), Kieza (ninguém sabe porque veio), Alessandro (pouco jogou), Anderson Lessa (pouco jogou e mesmo sem ter ido mal, foi colocado na lista de dispensáveis).
  • Jogadores contratados, que foram colocados em clubes parceiros: Radar, Matheus, Evandro, Fahel, Eraldo, Márcio Guerreiro, Davi etc. Foram investimentos que só deram prejuízo..

Durante bom tempo, o time ficou sem jogadores pra zaga, lateral-esquerda, armação (camisa 10) e com excesso de volantes por exemplo. Adílson se virou e era um show de Elicarlos de lateral-direito, raramente jogando em sua função de origem (o garoto, que é muito bom de bola, acabou se queimando junto ao torcedor, especialmente com quem assiste aos jogos com o fonezinho no ouvido). Magalhães, Vinícius, Neguette, Bernardo e Dudú (neste caso, a indisciplina pesou contra os jovens de grande talento e que tem tudo ainda para fazerem história no clube), Eliandro, Rafael e até Sebá foram chamuscados pelo imediatismo do torcedor e por terem sido lançados fora de hora.

9. Como cruzeirenses, temos que fazer o possível pelo clube, mas sem a sanha da revanche ou da vingança. Sem a pecha de anti-isto ou anti-aquilo. Conheço vários conselheiros do Cruzeiro que são gente do bem, que estão a anos a fio a dar a sua contribuição ao clube, como os irmãos José Francisco e Hermínio Lemos, Dr. José Ramos, os irmãos Paulo César e Flávio Carvalho, os irmãos Peluzzo, meu primo Maurício Duarte, Dr. Djalma Fernandes, Dr. Gilvan Tavares, Dr. João Carlos Gontijo, Dr. Célio Elias, Dr. Ronaldo Nazaré, Ângelo Cattabriga, os irmãos Fernando, Célio e Lúcio de Souza, meu grande primo pelo outro lado familiar e conselheiro presente que é Clemenceau Chiabi Saliba Jr., José Maria Fialho, Marcinho Atacadista, entre tantos outros. Não aceito generalizar e dizer que nosso conselho seja gente sem opinião, algo que os detratores dos Irmãos Perrella tentam passar à opinião pública.

10. Finalmente, creio que o Cruzeiro vai começar o processo de reversão ainda este ano. Teremos de mudar um pouco a visão quanto às tais parcerias e focar num grupo menor de jogadores. Mesclar grandes talentos às jovens promessas que o clube tem condições de revelar. Não podemos continuar revelando jogadores e os repassar para ver se estouram no Ipatinga, Cabofriense, Nacional da Ilha da Madeira ou Sporting de Braga. E de mais a mais, já está passando da hora de parar de fazer negócios com os portugueses. Tenho a impressão de sempre estamos levando a pior. Melhor seria continuar a negociar com franceses e russos (rs, rs, rs).

Saudações Azuis,

João Chiabi Duarte

11ª da A: Cruzeiro patina, rival desatina

terça-feira, 27 de julho de 2010

Eis a 11ª rodada do Brasileiro 2010, disputada em 24 e 25jul10. O público melhorou. Já está se aproximando da média do campeonato americano. O Corintiãs voltou à liderança. O Botafogo entrou na zona. A Cocota  ameaça tomar a lanterna do Atlético-GO. E o Cruzeiro patina na 6ª posição.

  1. São Januário, Vasco 2×0 Atlético-GO. Público: 13.157. Gols: Nílton, 33 do 1º; Fumagalli, 10 do 2º. Deu tudo certo pro Almirante. Quando chutou de longe, fez. Quando o Dragão chutou, duas bolas bateram na baliza. E o goleiro vascaíno ainda defendeu um pênalti.
  2. Farazão, Prudente 0x0 Vitória. Público: 4.922. Vitória, mesmo poupando alguns titulares, dominou. Mas quem esteve mais perto de vencer foi o Prudente.
  3. Ressacada, Avaí 0x0 Atlético-MG. Público: 5.733. Com dois a menos no 2º tempo, a Cocota rebolou pra segurar o empate. Valeu. Agora, o time do Luxa (um dos três melhores treinadores do mundo!) é o líder do Z4.
  4. Vila Belmiro, Santos 1×0 São Paulo. Público: 9.367. Gol: Renato Silva, contra, 15 do 2º. Misto por misto, o do Santos foi mais quente.
  5. Arena do Jacaré, Cruzeiro 2×2 Grêmio. Público: 9.672. Gols: Borges, 45 do 1º; Henrique, 1, Jonas, 34, Henrique, 41 do 2º. Jogando mal, Cruzeiro salvou um ponto com duas cabeçadas de Henrique e saiu falando cobras e lagartos do estádio. Aliou incompetência técnica e burrice administrativa.
  6. Beira Rio, Inter 1×0 Fla. Público: 21.079. Gol: Taison, 2 do 1º. Time reserva do Colorado foi demais para o titular do Mengo.
  7. Serra Dourada, Goiás 0x2 Atlético. Público: 4.023. Gols: Manoel, 27 do 1º; Maikon Leite, 35 do 2º.  Dessa vez, Leão não deu piti. O CAP não deu chance pro chororô e o treinador teve de engolir a derrota sem reclamações.   
  8. Castelão, Ceará 0x0 Palmeiras. Público: 24.935. Vozão se mantém no G4, Palmeiras continua devendo.
  9. Pacaembu, Corintiãs 3×1 Guarani. Público: 24.601. Gols: Jorge Henrique, 1 do 1º; Mazola, 18, Bruno César, 32 e 39 do 2º. Antes de assumir a Seleção, Mano Menezes entrega o Corintião na liderança a Adílson Batista.
  10. Engenhão, Bota 1×1 Flu. Público: 23.218. Gols: Emerson Sheick, 16, Renato Cajá, 30 do 2º. Jogo disputado na bola e no braço fez o Bota entrar na zona. 

Gols: 16. Público: 140.707.  Média: 14.071. G4: Corintiãs, 24, Flu, 23, Ceará, 20, Inter, 19. Z4: Botafogo, 12, Grêmio, 11, Atlético-MG, 9, Atlético-GO, 7 / Artilheiros: 6 – Alecsandro, Bruno César, Roger / 5 – André, Roberto, Schwenck, Jonas / 4 – WP, Caio, Bruno César, Hugo, Fred, Tardelli, Muriqui, Ricardinho, Antônio Carlos, Herrera, Love, Washington, Kleber, Allan.

Fluminense 1×0 Cruzeiro: Virou rotina

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Em 6º lugar com 15 pontos, o Cruzeiro pode subir até três posições se vencer a partida. Se perder, pode cair duas.

Cuca não contará com Jonathan, suspenso, e Roger Galera, lesionado. Recuperado de uma lesão na coxa, Marquinhos Paraná ficará no banco.

Em 2º lugar com 19 pontos, o Fluminense chega à liderança se vencer. Perdendo, pode cair uma posição.

Muricy contará com todos os titulares. Só não não terá nenhum desfalque, mas ainda não conta com os internacionais Juliano Belletti e Emerson Sheick.

Lances + importantes do 1º tempo

  • 21h02 – Começa o jogo. Cruzeiro, todo de azul, à esquerda das tribunas. Flu com uniforme tradicional.
  • 03 – Gilberto lança Rômulo, que avança pelo campo de defesa do Flu e passa a WP. Fernand0 Henrique defende o chute rasteiro de atacante salvando gol certo.
  • 06 – Mariano chuta cruzado, da direita, Fábio defende.
  • 08 – Diego Renan derruba Mariano na direita. Conca cobra, Gum conclui, bola acerta WP e sai pela linha de fundo. Escanteio.
  • 09 – Juiz chama atenção de Fred e WP. Conca cobra escanteio, Gum tenta cocncluir e perde a bola.
  • 10 – Francisco Everton chuta de fora da área, bola fica na zaga.
  • 11 – Gilberto desaba após dividir bola com Leandro Eusébio. Juiz manda seguir.
  • 12 – Carlinhos lança Rodriguinho, que está impedido na ponta-esquerda.
  • 13 – Gilberto passa a WP entre os beques. O centroavante solta uma bomba, FH defende. Gilberto pega o rebote e chuta forte, pra fora.
  • 14 – Conca chuta, bola desvia em Gil. Escanteio.
  • 15 – Conca cobra escanteio, Gum cabeceia, Fábio defende em cima da risca salvando gol certo.
  • 16 – Finalizações: Flu 4×3.
  • 17 – Fabrício comete falta dura em Rodriguinho e recebe cartão amarelo.
  • 18 – Rodriguinho invade a área, mas é desarmado por Caçapa.
  • 20 – Leandro Eusébio comete falta em WP. Francisco Everton cobra, Caçapa arremata, bola desvia na zaga e fica com FH.
  • 21 – Cruzeiro não tem armador. Suas jogadas foensivass são óbvias, facilmente, desbaratadas pela defesa do Flu.
  • 22 – Rômulo comete falta em Conca.
  • 23 – Diguinho chuta, Fábio defende.
  • 24 – Gilberto passa a Francisco Everton, que dribla Diogo e chuta. FH defende com dificuldade.
  • 25 – Passes errados: Cruzeiro 13×10. Henrique marca Conca individualmente. Diogo marca Gilberto.
  • 26 – TR chuta de fora da área, FH defende.
  • 27 – TR dribla Carlinhos e cruza. Defesa cede escanteio. TR cobra, defesa espana.
  • 28 – Rodriguinho lança Fred. Bandeira marca impedimento equivocadamente.
  • 30 – Mariano lança Carlinhos, que conlui fraco de dentro da área. Fábio defende.
  • 32 – WP recuado pra armar o jogo não funciona. Ele não tem talento para criar jogadas.
  • 33 – TR cobra falta sobre a área, Gum desvia pra escanteio.
  • 34 – TR faz boa jogada pela esquerda e cruza. André Luiz corta.
  • 35 – Faltas: 7×7. Gilberto sente o calcanhar. Será substituído.
  • 36 – WP arranca, André Luiz passa o rodo no atacante. Cartão amarelo.
  • 37 – Marquinhos Paraná substitui Gilberto. TR cobra falta, pra fora.
  • 38 – Gil derruba Fred. Francisco Everton puxa contra-ataque. Rômulo chuta de fora da parea, Fernando Henrique defende.
  • 39 – MP puxa Carlinhos pela camisa e recebe cartão amarelo.
  • 40 – Rômulo avança pela direita, Carlinhos cede lateral.
  • 41 – Paraná e Everton tabelam, defesa desmancha a jogada.
  • 42 – Fabrício lança WP, que é derrubado por Diguinho e Diogo.
  • 43 – TR cruza da direita, com efeito. FH tira de soco.
  • 44 – Diego Renan tabela com WP, Gum rebate.
  • 45 – Conca lança Carlinhos, que chuta à queima roupa. Fábio faz grande defesa desviando a bola pra escanteio.
  • 46 – Fim do 1º tempo.
  • Cuca: “Grande perda a do Gilberto, que é nosso único armador. Fabrício jogará mais avançado pra armar o jogo.
  • Fred: “Tá todo mundo vendo que o time não fez nada. Fomos dominados. Temos que voltar no 2º tempo dominando pra vencer.”

Lances + importantes do 2º tempo

  • 21h08 – Começa o 2º tempo.
  • 00 – Alan substitui Rodriguinho.
  • 01 – Diguinho comete falta em Francisco Everton e recebe cartão amarelo.
  • 02 – Diego Renan cruza da esquerda, WP sobe livre no 2º poste e cabeceia pra fora.
  • 03 – Rômulo lança Thiago Ribeiro, que chuta forte, cruzado. Fernando Henrique defende.
  • 04 – Diogo chuta de longe, bola sai à direita de FH.
  • 07 – Wellington Paulista cobra falta, de longe. Bola rasteira, por pouco FH não deixa passar entre as pernas
  • 08 – Conca cobra escanteio pela esquerda, Leandro Euzébio sozinho, sem marcação, cabeceia no canto direito de Fábio. Fluminense 1×0.
  • 09 – Alan chuta forte, Fábio salva gol do Flu com uma ponte.
  • 10 – WP troca empurrões com Leandro Euzébio dentro da área. Cartão amarelo pra ambos.
  • 12 – Marquinhos Paraná recebe lançamento dentro da área, mas é desarmado.
  • 13 – TR cobra escanteio pela direita, bola passa por trás do arco tricolor.
  • 15 – Leandro Euzébio lança Fred, que tabela com Alan. Caçapa desarma o centroavante.
  • 17 – Henrique desarma Mariano e lança Marquinhos Paraná, que chuta forte, cruzado, por cima do travessão.
  • 18 – Robert substitui Fabrício.
  • 19 – Gil reclama e recebe cartão amarelo.
  • 20 – TR lança Robert, que cai de bunda no chão ao tentar dominar a bola na lteral da área.
  • 22 – Diguinho comete falta em Henrique no meio de campo.
  • 23 – Caçapa desarma Alan na meia lua e sai jogando.
  • 24 – Diego Renan passa a Robert, que chuta de qualquer jeito. Bola bate na zaga.
  • 25 – Acossado por Fred, Gil recua de cabeça pra Fábio.
  • 26 – WP aplica uma rasteira em Conca. Passes errados: Flu 31×29;
  • 27 – Conca cobra falta, bola passa por cima do travessão.
  • 28 – Robert tenta jogada individual e entrega a bola pra defesa tricolor.
  • 29 – Público: 28.479 pagantes, 34. 845 presentes.
  • 30 – Javier Reina substitui Francisco Everton. Faltas: Flu 20×16.
  • 31 – WP cobra falta da intermediária, bola sai à esquerda de Fernando Henrique.
  • 32 – Reina avança pela esquerda, mas estraga a jogada com falta sobre Alan.
  • 33 – Reina recebe passe na esquerda, mas é desarmado por Leandro Eusébio com facilidade. Na sequência, WP tenta carregar a bola, mas também é desarmado pela defesa.
  • 34 – WP desarmado por Gum. Diguinho sai jogando, mas é desarmado por Henrique.
  • 35 – TR cruza da direita, Gum se antecipa a WP e corta.
  • 39 – Alan cruza, Fred não alcança, Fábio defende.
  • 40 – Paraná lança Rômulo, que é derrubado por Carlinhos. Lateral tricolor reclama e recebe cartão amarelo.
  • 41 – TR cobra falta, Gum rebate de cabeça.
  • 43 – Robert chuta de fora da área, FH defende com facilidade.
  • 45 – Marquinho substitui Conca.
  • 47 – Cruzeiro ataca sem organização. Flu se defende sem dificuldade.
  • 49 – Fim de jogo. Flu é líder, Cruzeiro, 7º colocado.
  • Leandro Eusébio: “Eles vieram pra jogar na defesa.”
  • Cuca: “Dominamos, mas sem um armador ficou difícil, pois eles fecharam as laterais.”
  • Fred: “O Fluminense se organizou fez contratações, por isto está fazendo boa campanha.”

Fluminense 1×0 Cruzeiro, quinta-feira, 22jul10, 21h, Maracanã, Rio de Janeiro, 10ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010 – Transmissão: SporTV e PFC (pague-pra-ver) – Público: 28.479 pagantes, 34. 845 presentes – Renda: R$597.495,00 – Juiz: Wilton Pereira Sampaio (DF) – Bandeiras: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Enio Ferreira de Carvalho (DF) – Amarelos: Fabrício, Marquinhos Paraná, Wellington Paulista (Cru); André Luiz, Leandro Euzébio, Carlinhos, Diguinho (Flu) – Gol: Leandro Eusébio 8 do 2º tempo. – Cruzeiro: Fábio; Rômulo, Gil, Cláudio Caçapa e Diego Renan; Fabrício (Robert), Henrique e Francisco Everton (Javier Reina); Gilberto (Marquinhos Paraná); Thiago Ribeiro e Wellington Paulista. Tec: Cuca / Fluminense: Fernando Henrique, Gum, André Luis e Leandro Euzébio; Mariano, Diogo, Diguinho, Conca (Marquinho) e Carlinhos; Rodriguinho (Alan) e Fred. Tec: Muricy RamalhoHistórico: Foi o 61º Cruzeiro x Fluminense. O Cruzeiro venceu 18 vezes, empatou 16, perdeu 27, marcou 83 gols, levou 98. Pelos brasileiros, incluindo as Taças Brasil de 1960 e de 1966, foram 42 partidas. O Cruzeiro venceu 13, empatou 14 e perdeu 15. Os dois clubes jamais decidiram uma competição entre si.

Sete em Dez

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Contra o Inter, Luxemburgo colheu sua 7ª derrota em 10 partidas do Brasileiro. E seu time foi parar no 19º lugar.

As justificativas são cândidas: falta ritmo aos atletas e o projeto dele é pra estourar em 2011, não agora.

Um ano pra fazer o time mais caro do país jogar! E pode! Ninguém na mídia o contesta. Nenhuma hiena pede sua cabeça. Todo mundo compreende: mesmo com essa dinheirama toda, não é fácil montar um time.

Qual seria a reação dos críticos de futebol e dos blogueiros (malandros ou termocéfalos, pouco importa) se isto tivesse acontecido com Adílson Baptista?

E se vier a acontecer com o Cuca?

Adílson colocou o Cruzeiro duas vezes no G4, foi bicampeão mineiro (com aquele duplo 5×0 que irrita as hienas) e foi vice-campeão da Libertadores.

Recuperou jogadores. Fábio desceu dos 100 Kg para um peso de goleiro profissional. Jonathan ganhou as estatueta da CBF como lateral-direito do Brasileiro 2009.

Diego Renan saiu da base para o time titular. Ramires atingiu seu auge futebolístico. Paraná jogou sempre e com qualidade sem baixar enfermaria e sem dar ouvidos aos vaiantes e tampouco marquetear.

Leonardo Silva jogou como nunca havia feito antes em sua longa carreira. Thiago Ribeiro, idem. Kleber foi domado e rendeu bem. Henrique se revelou, Fabrício jogou muita bola.

Apesar disto, as hienas fizeram o maior escarcéu porque Apodi, Fabinho, Jadílson, Domingues e outros grandes talentos, que não foram titulares absolutos em sua passagem pelo clube.

E, agora, o que diz essa gente do elenco milionário do Atlético-MG? Alguém faz onda exigindo a escalação de um ou outro gênio vespasianense da bola?

Luxemburgo vai dar um jeito na coisa. Ou melhor, as estrelas de seu elenco vão tirar o time da lama. Mais dia menos dia, isto acontecerá.

Sorte dele que o ambiente em seu clube não será deteriorado artificialmente pelas hienas. Em paz, poderá recuperar-se dos vexames recentes e terminar o Morrinhão em boa posição.

Faço este registro só pra alertar os tolos cruzeirenses que embarcam em qualquer campanha contra seu próprio clube conduzidos por hienas profissionais e amadoras.

O que aconteceu com o bravo Adílson, acontecerá também com o cordial Cuca. Nem será preciso que ele faça campanha tão ridícula quanto a do técnico do rival citadino.

É apenas questão de critério da mídia local e de falta de amor pelo Cruzeiro de parte de sua imensa torcida.

Dizem que o blogueiro é mal educado. Que não debate em alto nível. Que desqualifica opositores e blablabla. Estão certos os críticos.

Este blogueiro é grosso. Crítica aceita. Ponto.

Mas que as hienas só atacam de um lado da lagoa, ninguém há de o contestar, certo? Por isto, xô, hienas! Deixem o Cruzeiro em paz.

P.S.: Apesar de tudo, o blogueiro não defende censura à imprensa (nem veladamente como se propõe hoje no país). Não faz campanha por boicote a qualquer órgão de imprensa. Não permite que se chame profissionais por apelidos desmoralizantes (hiena não é apelido, é categoria que comporta também torcedores e curiosos). Só reivindica o direito de criticar (com maus modos, vá lá…) quem não deixa o Cruzeiro em paz. Ou isto é pedir demais?

P.P.S.: Quem discordar do blogueiro, pode escrever e mandar um post defendendo outras teses sobre o tema. Ao debate!

Brasil 0x0 Portugal: Um tempo esportivo, outro administrativo

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Às 11h, no Estádio Moses Mabhida, em Durban, Brasil e Portugal disputam a liderança do Grupo G da Copa 2010.

Dunga, que escalará o time no 4-3-1-2, não contará com Elano, contundido, e Kaká, suspenso. Daniel Alves e Júlio Baptista substituirão os titulares.

Carlos Queiroz, que manterá o 4-3-3, só não poderá contar com o meia-atacante Deco, contundido.

Se vencer, o Brasil escapará de seleções como Argentina, Alemanha, México e Inglaterra nas quartas e nas semifianias. Mas poderá jogar contra a Espanha nas oitavas.

A Copa é assim. Pra ter vida mansa só fazendo como França e Itália que mandaram parar o torneio, desceram e voltaram pra casa mais cedo.

No apito estará o mexicano Benito Archundia, velho conhecido de quem frequenta a Copa Libertadores. (mais…)

Argentina 2×0 Grécia: Pra assustar futuros rivais

terça-feira, 22 de junho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Estádio Peter Mokaba, em Polokwane, a Grécia tentará vencer pra discutir com Coréia Democrática e até, remotamente com a Argentina, uma vaga no Grupo B.

Os argentinos, a média máquina, preservavarão vários titulares, pois precisam apenas de um empate pra ficarem com o 1º lugar do grupo. (mais…)

Sudáfrica 2×1 França: Com chave de ouro

terça-feira, 22 de junho de 2010

Às 11h (Brasília), no Free State, em Bloemfontein, Sudáfrica e França jogam em busca de uma improvável classificação no Grupo A.

Quem vencer, fará contas pra ver se ultrapassa, no saldo de gols, o derrotado no México x Uruguai. Em caso de empate, os dois times assistirão no sofá o restante do torneio.

Lucas Reis no UOL Esportes: “Temperatura de 15ºC no Free State Stadium, em Bloemfontein. Domenech escala Clichy, Cissé e Squillaci como titulares; Henry está fora. Capitão Evra foi barrado após discutir com o preparador físico da seleção francesa. Diarra assumiu a braçadeira. Após tomar as manchetes com seguidas polêmicas, a França lembra que precisa jogar bola. Os Bleus correm risco de repetir o fiasco de 2002, quando se despediram do Mundial ainda na 1ª fase e sem fazer gols. Embora os problemas sul-africanos sejam bem menores, Parreira sente a pressão pelo desempenho abaixo do esperado da equipe, que pode entrar para a história como a primeira anfitriã eliminada na fase inicial.”

Público: 39.415. (mais…)