Posts com a Tag ‘Robertão’

O lugar do Cruzeiro no cenário do futebol

sábado, 21 de agosto de 2010

Gustavo Sobrinho

Nos últimos anos, o Cruzeiro deixou de conquistar os títulos nacionais e internacionais que sua torcida acostumou-se a comemorar entre 1991 e 2003.

Esta situação tem levado boa parte da torcida a cobrar dos dirigentes e dos profissionais do clube resultados melhores do que a real posição que o clube ocupa no cenário nacional e internacional.

Proponho analisarmos as mudanças do calendário ao longo do tempo e como o clube tem se desempenhado em cada um dos contextos pra discutirmos qual será sua posição futura no cenário do futebol.

(mais…)

Ela existe, não é lenda…

quarta-feira, 26 de maio de 2010

O Morrinhão de 2010 é o 53º torneio nacional de clubes brasileiros (considerando-se as duas competições de 67 e 68). O principal torneio, é claro.

A coisa já atendeu, ao longo destas cinco décadas pelos nomes de Taça Brasil, Robertão, Taça de Prata, Campeonato Nacional de Clubes, Copa Brasil, Copa Ouro, Copa União, Copa João Havelange, Campeonato Brasileiro e sabe-se lá o que mais.

Certo é que nenhum clube conseguiu participar das 51 edições.

(mais…)

Cruzeiro na Libertadores: 1967, o aprendizado (III)

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Mauro França e Jorge Santana

Clique para ler a  e a partes

O Cruzeiro terminou a fase classificatória do Robertão em 3º lugar no Grupo e não se classificou paras finais do torneio, que seria conquistado pelo Palmeiras.

Livre dos compromissos no âmbito doméstico, a Academia celeste pode se concentrar exclusivamente nos jogos da semifinal da Libertadores.

A missão seria dificílima. O Nacional era o campeão uruguaio e o Peñarol, após vencer Real Madrid, no ano anterior, em Madrid (2×0) e em Montevidéu (2×0), campeão mundial.

(mais…)

Cruzeiro na Libertadores: 1967, o aprendizado (I)

domingo, 24 de janeiro de 2010

Mauro França e Jorge Santana

Em 2010 o Cruzeiro completa sua 12ª participação na Libertadores. Entre os clubes brasileiros, alcançará o Grêmio, ficando atrás apenas de Palmeiras, que tem 14, e São Paulo, que chegará a sua 15ª.

No ranking histórico (1960-2009) da Conmebol para a Libertadores, o Cruzeiro ocupa a 17ª posição. É o 3º brasileiro melhor colocado, atrás apenas de São Paulo (13º) e Palmeiras (12º). E tem o melhor aproveitamento não só entre os brasileiros como entre todos os demais participantes (excetuando-se os clubes que tem apenas uma participação).

Nas suas 11 participações até aqui (67, 75, 76, 77, 94, 97, 98, 01, 04, 08, 09), o Cruzeiro fez 108 jogos, somando 65 vitórias, 18 empates e 25 derrotas, com 203 gols marcados e 144 sofridos, e um aproveitamento de 65,74%. Chegou à final quatro vezes e conquistou dois títulos.

São marcas e números expressivos, que foram construídos jogo a jogo, em cada campanha, por jogadores, técnicos, dirigentes e torcedores. Formam a história do Cruzeiro na Libertadores, repleta de alegrias e conquistas, reveses e decepções, e, sobretudo, rica em emoções. Uma história que enche de orgulho a nação celeste e que será relembrada nesta série que hoje se inicia.

(mais…)