Posts com a Tag ‘Riquelme’

A personagem da Copa

sábado, 10 de julho de 2010

Quem é a personagem da Copa 2010?

  1. Jabulani – Traiçoeira, a gorduchinha desfez reputações dos guapos goleirões da galeria da Mariana e da Simone.
  2. Vuvuzela – Instrumento de tortura elevado pelos pecês à condição de símbolo étnico a ser respeitado. Vade retro!
  3. Maradona – Fez caras e bocas, falou, beijou um jogador, beijou outro, sté, finalmente beijar a lona. Só não armou seu time.
  4. Polvo Paul – Enfim, um molusco inteligente.
  5. Larissa Riquelme – Depois do uísque falso, da guarânia, da harpa e da Perla, finalmente, o Paraguai oferece ao mundo algo a ser consumido sem moderação nem riscos.
  6. Mick Jagger – O torcedor mais cool da Copa. Dizem que, a qualquer hora, Kaiu tuíta o nome dele como nvo reforço da Cocota.
  7. Mesa-redondista brazuca – 7.900 cérebros brasileiros reunidos, diariamente, durente um mês, em frente às câmeras, gastaram 28 mil horas de debates pra descobrir o culpado: o treinador.
  8. Loco Bielsa – Passou o tempo todo de cócoras. Quando tentou se aprumar, levou um pé brasileiro na buzanfa e saiu da Copa.
  9. Catimba holandesa – Introduzida nos Países Baixos pela princesa Máxima, uma argentina introduzida no país por um membro da família real Orange.
  10. Sonífero espanhol – Depois do carrossel, do futebol total, do futebol moleque, apareceu o futebol sonífero inventado pelos catalães e exportado pelos castelães.

Antes de confiar meu voto, vou fazer boca de urna pra Larissa Riquelme.

Pacote ou embrulho?

terça-feira, 6 de julho de 2010

Vamos botar ordem na bagunça em que se transformou o pacote de reforços do Cruzeiro:

  1. Juan Román Riquelme não jogará pelo Cruzeiro. Foi apenas uma anestesia. Com o pacote de contratações concluído hoje, o meia xeneize já não tem mais nenhum papel a cumprir.
  2. Ernesto Farias, El Tecla, centroavante argentino do Porto está cada vez mais distante da Toca da Raposa. Cobra alto e ZZP acha que já tem atacante demais no elenco.

Certos estão:

  1. Walter  Damián Montillo, meia argentino de 26 anos da Universidad de Chile já assinou contrato e estará à disposição de Cuca  após o encerramento da Libertadores para a La U. Ele custou 3,5 milhões de euros e assinou por cinco anos. Falta só arrnjar um parceiro pra rachar a conta.
  2. Wallyson Ricardo Maciel Monteiro, 21 anos, nasceu em Natal, Rio Grande do Norte. O atacante velocista jogou pelo São Gonçalo do Rio de Janeiro em 2003 e 2004, ABC, em 2007 e Atlético-PR em 2008.
  3. Rafael Marques Pinto, beque carioca de 26 anos atuou pelo Brasiliense, em 2003, Botafogo, entre 2004 e 2007, Goiás em 2008 e Grêmio, onde jamis foi titular, em 2009.
  4. Francisco Everton de Almeida Andrade, 26 anos, nascido em Maranguape, no Ceará, é meia e jogou no Ferroviário, Grêmio Barueri, em 2008 e 2009, e no Fluminense, em 2010, sob o comando de Cuca.

Quase certo está:

  1. Rômulo Souza Orestes Caldeira, 23 anos, 1,78m, 72 KG, lateral direito, nascido em Pelotas, jogou pelo  Caxias e Juventude, em 2007, Metropolitano, em 2008, Chapecoense, em 2009, Santo André, 2009 e 2010.

Trocamos seis por meia dúzia? Alguém vai ao aeroporto? Seguinte: vamos torcer e enxotar as hienas. Mais do que isto, é impossível.

Espanha 1×0 Paraguai: Até breve, Larissa

sábado, 3 de julho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Soccer City, em Joanesburgo, Espanha e Paraguai decicem a última vaga para as semifinais da Copa. Quem vencer terá de enfrentar o pesadelo alemão.

A Espanha de Vicente Del Bosque manterá o 4-4-2 com Xavi, Busquets, Xabi Alonso e Iniesta compondo a linha de volantes mais cultuada do futebol atual.

O Paraguai, do argentino Gerardo Martino, jogará no 4-4-2 com Cardoso e Benítez mais avançados. Os guaranis ainda não encontraram o ataque ideal, por isto dependem muito de sua defesa.

O guatemalteco Carlos Batres será o juiz. E nenhum protagonista da partida se sentirá excluído pelo idioma. Nem a exuberante Larissa Riquelme, torcedora paraguaia que conseguiu ofuscar sua própria seleção nesta Copa.    (mais…)

Quartas sem mistério

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Animado com o excelente desempenho nas oitavas, quanto fiquei próximo dos 100% de acerto, arrisco palpites também pras quartas de final da Copa.

Em negrito, indico os favoritos. O placar, é claro, pode ser diferente.

  • Brasil 3×1 Holanda – Pior fora de campo: Cruijff
  • Uruguai 2×1 Gana – Melhores em campo: Suarez, Cavani e Forlán.
  • Alemanha 3×2 Argentina – Pior fora de campo: Maradona.
  • Espanha 3×1 Paraguai – Melhor fora de campo: Larissa Riquelme.

Quem duvidar, que conteste. Se tiver coragem.

Quem tem boca vai a Joanesburgo

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Copa se joga um pouco com os pés e muito com a boca. Confiram um pouco do que se disse:

  1. Johann Crujiff, ex-jogador da Holanda, vice-campeão de 1974: “Este Brasil é uma vergonha para o torneio e para os torcedores. Eu não pagaria ingresso pra vê-lo. O time tem talentos, mas joga de maneira defensiva e pouco interessante.”
  2. Maradona, auxiliar técnico de Salvador Billardo na Seleção Argentina: “O erro não foi validar o gol do Tévez, mas permirtir a caçada ao Messi, algo como fez o killer Gentile em 1982.”
  3. Cláudio Gentile, ex-jogador da seleção italiama campeã do mundo em 1982: “Maradona é um palhaço; eu nunca foi expulso por jogada violenta.” [N.B.: Maradona foi expulso na Copa de 1982, após aplicar um coice na barriga do volante Batista, na derroda da Argentina para o Brasil por 3×1].
  4. Dunga, treinador do Brasil: “No Brasil, se a Seleção vence, pedem espetáculo, se vence e dá espetáculo, exigem goleada, se vence, dá espetáculo e goleia, dizem que o adversário é fraco.”
  5. Olé, diário esportivo argentino, referindo-se ao gol de Luís Fabiano contra a Costa do Marfim: “La mano del diablo!”
  6. Pelé, sobre o mesmo gol: “O gol do Luís Fabiano foi de Pelé, pelos chapéus, e de Maradona, pelas mãos”
  7. Wall Free Dow Jones, torcedor brasileiro: “O Brasil, hic!, vai, hic!, campeonar, hic, hic, hic, hurra!”
  8. Maradona sobre Pelé: “Aquele moreno que jogava com a dez, devia voltar pro museu”
  9. Pelé sobre Maradona: “Ele me ama…”
  10. Cristiano Ronaldo, após a derrota para a Espanha: “Por que fomos eliminados? Perguntem ao Carlos Queiróz…”
  11. Cristiano Ronaldo, de cabeça fria: “Estou destroçado, completamente desolado, com uma tristeza inimaginável. E quando disse pra perguntarem ao treinador foi porque, naquele momento, ele estava na conferência de imprensa e eu não me sentia em condições de explicar coisa alguma. Sou um ser humano e tenho o direito de sofrer sozinho.”
  12. Bastian Schweinsteiger, volante da Argentina: “Temos que manter a calma e não cair nas provocações dos argentinos. Todo mundo viu a conduta deles no intervalo da partida contra o México. Reparem na forma e nos gestos com que tentaram influenciar o Juiz. Foi uma vergonha. Mas esta é a mentalidade deles e temos que estar preparados pra isto.”
  13. Vicente Del Bosque, treinador da Espanha: “Nosso estilo é o de nos manternmos fiéis a nosso estilo”
  14. Renato Maurício Prado, comentarista do SporTV: “A Espanha já é semifinalista da Copa.”
  15. Larissa Riquelme, modelo e torcedora paraguaia: “Desque pequena, sempre gostei de de futebol, já fui até atacante, e sou fanática pelo Cerro Porteño…”

Má vontade injustificada

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Dr. Cláudio Lemos, o popular Xina, está aborrecido com tantas críticas dirigidas à diretoria do Cruzeiro:

Por tudo se critica a diretoria celeste. Se ela tenta o Riquelme é ridicularizada, se não tenta também é. Impressionante!

Riquelme parece ter se despedido dos companheiros e da diretoria do Boca. Se o que a imprensa esta dizendo for verdade, ele deve desembarcar aqui, assim como o Farias.

Hilariante é o São Paulo, que contratou o Cicinho e o lateral já está de volta à Roma, pois a tal renovação automática por mais três meses não existe.

Ele chegou fora de forma, recurperou-se no Tricolor e voltará à Itália na ponta dos cascos, pronto pra ser titular.

E dizem que, ao contrário da diretoria do Cruzeiro, a do São Paulo é super moderna e atuante…

Como será o amanhã?

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Como será o amanhã?
Responda quem puder
O que irá me acontecer?
O meu destino será
Como Deus quiser
Como será?

O Cruzeiro já pensou em contratar Juan Román Riquelme. Ainda pensa, mas já não mais com tanta certeza, pois o xeneize quer mesmo é morar em Buenos Aires.

O Cruzeiro pensa seriamente em contratar Walter Montillo, mas a Universidad de Chile não admite ficar sem o jogador na reta final da Libertadores.

O Cruzeiro está certo de que Ernesto Farias, El Tecla, trocará o Porto por Beagá. Mas o cidadão não dá as caras no pedaço.

O Cruzeiro sabe que precisa de beques e laterais, mas não tem a menor idéia de onde encontrá-los.

O Cruzeiro poderá mandar seus jogos na Arena do Jacaré, mas não sabe se a cancha do Democrata suportará o castigo de ser pisoteada pelos três times da Capital e o de Sete Lagoas.

O Cruzeiro tem o Ipatingão como segunda casa. Ou melhor, tinha, pois se o Corpo de Bombeiros insistir em reduzir pela metade a capacidade do estádio fica antieconômico jogar lá.

O Cruzeiro quer jogar no Parque do Sabiá, em Uberlândia, mas seus sócios do futebol não querem, pois a distância é grande.

Enquanto persistem as dúvidas, embalo meu sonho de alcançar logo a Cota 45 pra começar a disputar, a vera, o Morrinhão com este samba enredo da União da Ilha.

O Camisa 10 pode já estar na Toca

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Riquelme deve assinar por três anos com o Boca Juniors. A proposta do Cruzeiro era de um contrato por dois, mas o meia quer se garantir até completar 35 de idade.

Diego Souza, da Traffic, tampouco deve asinar com o Cruzeiro. A empresa não pode mais empatar capital deixando o atleta em vitrine brasileira. Tem que vendê-lo, com urgência, pra algum time estrangeiro.

O argentino Walter Montillo, atualmente, na Universidad de Chile, tem as semifinais da Libertadores pela frente. É pouco provável que troque a possibilidade de conquistar um título continental pelo arrastado campeonato brasileiro.

Restam, ao que parece, duas opções pra camisa dez celeste: Gilberto, ora na servindo à Seleção Brasileira, e Roger Galera que, nos amistosos na América, voltou a jogar bem.

O problema é que nenhum dos dois costuma ter fôlego pra 90 minutos. Nem preparo físico pra sequência de jogos do Morrinhão.

Será que o Cruzeiro não demorou demais pra buscar o milagreiro da camisa dez?

Se demorou, o treinador Cuca terá de se virar pra fazer o jogo coletivo ser o camisa dez dos sonhos da torcida.

Riquelme será a próxima vítima?

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Boa parte da mídia dá como certa a contratação de Juan Román Riquelme pelo Cruzeiro. Não seria impossível considerada a redução de despesas com as saídas de Maluf, Baptista e Guerrón.

Por outro lado, é quase certo que o argentino desembarque em Beagá ainda contundido e vá precisar de algum tempo pra entrar em forma. Talvez só esteja em condições de jogo em setembro.

Se tal ocorrer, quem será o primeiro a chamá-lo de chinelinho? Quantos jogos ele resistirá antes de ser vaiado? Ou será que, jogando no interior, o time celeste e seu astro ficarão imunes aos apupos dos termocéfalos?

Contratações cirúrgicas

sábado, 12 de junho de 2010

Cuca não vai aos USA comandar o Cruzeiro contra o New England Revolution, em Boston e o Red Bull., em New Jersey. Ficará em Belzonte ou Curitiba.

Espero que, ao invés de perder tempo com a Copa, ele assista aos teipes do Cruzeiro, anote as carências do elenco e escolha certo as tais contratações cirúrgicas, que está cobrando.

Algumas sugestões: Maicon, ex-beque imaturo, que está perdido em Portugal, e Réver, se estiver dando bobeira seriam bem-vindos.

Correia, após chutar a torcida da Cocota ajudaria a compor a meiúca, que deve perder algumas peças. Danilo Dias pra ser reserva do Ribeiro, Charles e Moreno também seriam boas pedidas. Hyago e Gil poderiam ser pescados na base.

Agora, Sr. Alex Stival, esqueça Riquelme e demais etiquetas. Clube quebrado não pode enfiar o pé na jaca.