Posts com a Tag ‘Portugal’

Querido Líder distribuiu voadoras

sábado, 31 de julho de 2010

A TV governamental da Coréia Comunista -não é só no Brasil que temos uma- só mostrava jogos da seleção um dia depois.

Era pra dar tempo aos censores de avaliarem o resultado e a manifestação do público.

Mas o entusiasmo foi tamanho com a bela partida do escrete contra o Brasil, que abriram uma exceção e mostraram, ao vivo, o jogo contra Portugal, na África do Sul. E aí foi aquele sapeca-iaiá de 7×0!

O ditador nanico se aborreceu. Ficou um pote até aqui de mágoas, como canta o bardo de voz de taquara. Na volta dos atletas, ele passou uma descompostura pública na rapaziada.

E pensar que tem brasileiro – e como tem!- sonhando com um regime deste tipo na patriamada…

Leiam a matéria do saite peruano 100 Goles e decidam se é pra rir ou pra chorar.

Los jugadores y el comando técnico de la selección de fútbol de Corea del Norte fueron duramente castigados por el Gobierno de su país debido al pobre desempeño que mostraron en el Mundial de Sudáfrica 2010, así lo informó Radio Free Asia. 

Según el referido medio de comunicación, el pasado 2 de julio los integrantes del combinado norcoreano estuvieron seis horas en posición de firmes delante del Palacio de la Cultura Popular de Pyongyang (capital de Corea del Norte) y durante todo ese tiempo recibieron fuertes críticas.

La peor parte la llevó el seleccionador norcoreano Kim Jong Hun, quien fue forzado a dejar su cargo para realizar trabajos forzados. Se informó que el castigo se debió al ‘delito’ de haber traicionado la confianza del ‘Querido Líder’, Kim Jong il. 

Los únicos jugadores que se salvaron fueron Jong Tae-se, quien es la figura del equipo y es recordado por llorar en debut mundialista al escuchar su himno nacional, y An Yong-hak, quien viajó directamente a Japón.

Cabe señalar que Corea del Norte jugó en el Grupo G y dejó el mundial sin ganar algún punto.

Ché Farias, o Tanque de Trenque Lauquen

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Ernesto António Farías, 30 anos, 1m78, nascido em Trenque Lauquen, Argentina, em 29mai80, Altura: 1,78m assinou contrato para defender o Cruzeiro pelos próximos 4 anos.

Revelado pelo Estudiantes, El Tecla (por causa dos dentões), estreou aos 18 anos na equipe pincharrata.

De La Plata. o centroavante se transferiu para o jogou pelo Palermo (2004), River Palte (2007/07) e Porto (2007/10).

Pela Seleção Argentina, ele jogou ao lado de Sorín no Paraguai 1×0 Argentina, em 03set05.

Ao todo, marcou 170 gols em 385 jogos ao longo da carreira.

Considerando-se que jamais foi titular no Porto, muitas destas partidas são incompletas e pode-se esperar dele ao menos 1 gol a cda 2 jogos.

Farias tem 5 títulos no currículo: 2 campeonatos, duas copas e uma supertaça, todos conquistados na passagem pelo Porto.

Centroavante fixo, Ernesto Farias teve sua melhor fase jogando no River, pelo qual marcou 49 gols em 95 partidas (0,51 por jogo).

Bruno Furtado, do Superesportes, recolheu estes depoimentos sobre o novo atacante celeste:

  • Javier Lanza, do Clarín: “No River, ele viveu sua melhor fase. Era titular, marcou muito muitos gols e foi vendido por muito dinheiro. É um típico goleador, que se mete entre os zagueiros para receber os passes. Não é habilidoso. Costuma jogar como pivô. Curiosamente, não é tão alto, mas marca muitos gols de cabeça. Tem muita força nas pernas, salta muito e o jogo aéreo é o seu forte”.
  • Martin Blotto, do Olé: “Farías joga muito bem de costas para o gol, tem bom cabeceio e define com ambas as pernas. Não tem velocidade e bom drible, mas tem muita capacidade de se antecipar aos zagueiros e se posicionar na área. Tem faro de gol. Sua média na Argentina é próxima de 0,5 por jogo.”
  • Norberto Lopes, do Jornal de Notícias, de Portugal: ”É o típico finalizador. Um avançado de área, bom cabeceador, sabe desmarcar muito bem dos zagueiros para ganhar espaço. Não precisa de muitas oportunidades para marcar um gol, porque é muito eficaz. No Porto era dos melhores marcadores da equipe, apesar de ter poucos minutos de utilização. Era o suplente de luxo, arma secreta que o treinador lançava quando procurava resolver o jogo. Jogou pouco na última época porque esteve muito tempo lesionado.”
  • Sérgio Pereira, do portal Mais Futebol, de Portugal: ”Farias é um típico jogador de área. Não tem técnica, não é rápido, não é forte, não é alto, mas sabe estar no lugar certo para fazer gols. Não é um jogador de grandes gols, é um jogador de último toque, de meter a bola dentro da baliza. Acho que o Farías nunca foi jogador para valer o que o Porto pagou por ele (quatro milhões de euros), mas a verdade é que ele fez gols. Foi um ótimo suplente, que entrava quando a equipa estava a precisar de um gol. Nunca foi um jogador titular. Mas acho que se tiver alguma continuidade, pode ser um bom reforço para o Cruzeiro. Depende do que a torcida esperar dele: não podem esperar um craque. Até porque ele esteticamente não é um jogador atraente, não finta, não tem estilo.”

Finalmente, eis como Ernesto Farias se define:

  • “Sou um atacante de área. Posso jogar mais atrás, mas a minha característica principal é de área. Minha intenção é jogar e tentar corresponder às expectativas do treinador. Estou com uma expectativa grande de ganhar títulos no Cruzeiro”.

Agora, resta esperar que as hienas e os termocéfalos não cobrem futebol de Neymar, pois ele está mais pra Alecsandro.

Pra quem o gol não é só um detalhe

sábado, 17 de julho de 2010

No 7º dia, a Copa já não rende mais assunto. É como se nem tivesse acontecido. Um pouco por causa da final desenxabida e do futebol mínimo espahol com suas goleadas de 1×0.

Ficou pouco pra se comentar. Como já nos ensinou o Wall Free Dow Jones, “futebol é muito dinâmico” e a bola da vez é o Morrinhão.

Mas o PHD empacou. E traz a lista dos artilheiros das copas. Só pra irritar os adeptos do telecoteco espanhol.

Muitos dos artilheiros fizeram mais gols do que a Espanha. E todos jogaram menos tempo do que ela.

Dá ou não o que pensar?

  1. 1930 – Guillermo Stabile (Argentina), 8 gols
  2. 1934 – Edmund Conen (Alemanha), Oldrich Nejedly (Tchecoslováquia) e Angelo Schiavio (Itália) – 4 gols
  3. 1938 – Leônidas da Silva (Brasil) – 8 gols
  4. 1950 – Ademir Menezes (Brasil) – 9 gols
  5. 1954 -Sándor Kocsis (Hungria) – 11 gols
  6. 1958 – Just Fontaine (França) – 13 gols
  7. 1962 – Drazen Jerkovic (Iugoslávia) – 5 gols
  8. 1966 – Eusébio (Portugal) – 9 gols
  9. 1970 – Gerd Müller (Alemanha Ocidental) – 10 gols
  10. 1974 – Grzegorz Lato (Polônia) – 7 gols
  11.  1978 – Mario Kempes (Argentina) – 6 gols
  12. 1982 – Paolo Rossi (Itália) – 6 gols
  13. 1986 – Gary Lineker (Inglaterra) – 6 gols
  14. 1990 – Salvatore Schillaci (Itália) – 6 gols
  15. 1994 – Hristo Stoitchkov (Bulgária) e Oleg Salenko (Rússia) – 6 gols
  16. 1998 – Davor Suker (Croácia) – 6 gols
  17. 2002 – Ronaldo (Brasil) – 8 gols
  18. 2006 – Miroslav Klose (Alemanha) – 5 gols
  19. 2010 – Thomas Müller (Alemanha), David Villa (Espanha), Wesley Sneijder (Holanda) e Diego Forlán (Uruguai) – 5 gols

Está faltando equilíbrio

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Charles Libertadores

A Espanha fez 7 gols e sofreu 3 em 6 jogos da Copa e está na final da Copa 2010.

  • 2 contra Honduras
  • 2 contra o Chile
  • 1 contra Portugal
  • 1 contra Paraguai
  • 1 contra a Alemanha

Isto mostra a importância de um bom sistema defensivo.

E o Cruzeiro, há anos, não contrata um bom zagueiro. Assim fica difícil campeonar.

Ultimamente o time celeste tem se destacdo ofensivamente. Está sempre recebendo elogios da mídia nacional pelos bons jogos que realiza, pelo ataque rápido, toque de bola, jogadas bnem tramadas etc…

Mas sua zaga nunca passa confiança. Está faltando equilíbrio.

Recentemente, fomos eliminados na Libertadores pelo São Paulo, um time que quase não toma gols.

Será que isto vai continuar?

Charles Libertadores, 29, cruzeirense, administrador de empresas, nasceu em Itutinga e mora em Belo Horizonte.

Zagallo e Telê, os extremos

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Estes foram os técnicos mundialistas do Brasil e seus verdugos (entre parentêsis):

  • 1930 – Píndaro de Carvalho, fase de grupos (com um combinado carioca). (Iugoslávia).
  • 1934 – Luiz Vinhaes, 1º eliminatória (com jogadores sem clube contratados pela CBD, devido a um racha no futebol brasileiro). (Espanha)
  • 1938 – Ademar Pimenta, 3º lugar. (Itália)
  • 1950 – Flávio Costa, vice-campeão. (Uruguai)
  • 1954 – Zezé Moreira, oitavas de final. (Hungria)
  • 1958 – Vicente Feola, campeão.
  • 1962 – Aymoré Moreira, campeão.
  • 1966 – Vicente Feola, fase de grupos. (Portugal e Hungria)
  • 1970 – Zagallo, campeão.
  • 1974 – Zagallo, 4º lugar. (Holanda)
  • 1978 – Cláudio Coutinho, 3º lugar. (Argentina)
  • 1980 (Mundialito) – Telê, vice-campeão. (Uruguai)
  • 1982 – Telê, 2ª fase. (Itália)
  • 1986 – Telê, quartas de final. (França)
  • 1990 – Sebastião Lazzaroni, oitavas de final. (Argentina)
  • 1994 – Carlos Alberto Parreira, campeão.
  • 1998 – Zagallo, vice-campeão. (França)
  • 2002 – Luiz Felipe Scolari, campeão.
  • 2006 – Carlos Alberto Parreira, quartas de final. (França)
  • 2010 –  Dunga, quartas de final. (Holanda)

Os resultados não mentem: Zagallo foi o melhor e Telê o pior treinador da  Seleção Brasileira em mundiais.

Verdugos: França, 3, Itália, Argentina, Hungria, Uruguai, Holanda, 2, Iugoslávia, Espanha, 1.

Fregueses:  Itália, 2, Suécia, Alemanha, Tchecoslováquia, 1.

Uruguai 1(4)x1(2) Gana: Eterna Celeste Olímpica

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Soccer City, em Joanesburgo, Uruguai e Gana decidem quem vai às semifinais com arbitragem do português Olegário Benquerença.

Milovan Rajevac escalará Gana no 4-1-4-1 com o artilheiro Asamoah Gyan exercendo a centroavância e Annan a volância.

Oscar Tabárez escala o time charrua no 4-3-1-2 e sua chave da vitória está no trio avançado, Cavani, Suarez e Forlán. (mais…)

Espanha 1×0 Portugal: Lusos naufragam no Cabo das Tormentas

terça-feira, 29 de junho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Estádio Green Point, na Cidade do Cabo, Portugal e Espanha decidema última vaga para as quartas de final da Copa de 2010 com arbitragem do trio argentino formado por Héctor Baldassi, Ricardo Casas e Hernan Maidana.

Vicente del Bosque mandará seguinte Espanha a campo: Casillas; Sergio Ramos, Piqué, Puyol e Capdevila; Busquets, Xabi Alonso (Fábregas), Iniesta e Xavi; David Villa e Fernando Torres.

Caelos Queiroz escalará o selcioando português com Eduardo; Miguel, Ricardo Carvalho, Bruno Alves e Coentrão; Pedro Mendes, Raul Meireles, Tiago (Deco) e Simão Sabrosa; Cristiano Ronaldo e Hugo Almeida.

Cristiano Ronaldo, pelo lado luso, e o meio de campo, pelo lado espanhol serão as chaves do jogo. (mais…)

Paraguai 0(5)x0(3) Japão: Fiesta guarani

terça-feira, 29 de junho de 2010

Às 11h (Brasília), no Estádio Loftus Versfeld, em Pretoria, Paraguai e Japão disputam uma vaga para as quartas de final da Copa 2010.

Quem vencer fará história, pois estará pela primeira vez entre as oito melhores seleções do mundo. O trio de arbitragem. liderado por Jerome Bleeckere, é belga.

Os dois times jogarão no 4-4-2 e terão em seus atacantes as chaves da partida. A dupla que funcionar melhor levará seu time adiante. (mais…)

Alemanha 4×1 Inglaterra: Larrionda roubou a cena

domingo, 27 de junho de 2010

Às 11h (Brasília). no Free State Stadium, em Bloemfontein, Inglaterra e Alemanha decidem quem vai às quartas de final da Copa 2010.

Fabio Capello escalará seu time no 4-4-3 com o veterano James no gol, Johnson, Upson, Terry e Ashley Cole na defesa, Milner, Berry, Gerrard e Lampard, no meio de campo (os dois primeiros na contenção, os outros armando, atacando e defendendo), e a dupla Defoe e Rooney no ataque.

Taí um time muito bom, mas que nem sempre funciona. Quem explica, por exemplo, as três performances fraquinhas da primeira fase?

Joachim Löw escalará a Alemanha no 4-2-3-1 com Manuel Neuer no gol, Lahm, Mertesacker, Friedrich e Boateng, na defesa, Khedira e Schwensteiger na volância de contenção, Müller, Özil e Podolski, armando, marcando e, principalmente, atacando. Na centroavância, ficará o cabeceador Miroslav Klose segurando a bequeira inglesa.

É o time com menor média de idade da competição, mas de surpreendente maturidade e bom toque de bola como se viu na primeira fase, inclusive na derrota pra Sérvia.

Pelo retrospecto, a Alemanha é favorita. Mas o English Team é pra lá de cascudo e pode complicar a vida dos teutos, Vai, por exemplo, que o ogro Rooney desperta?!  Neste caso do time da dupla Joaquim e Manuel, que não é Portugal, pode até se dar mal.

O uruguaio Jorge Larrionda será o referee deste duelo e o estádio, certamente, receberá lotação máxima. Será um jogão, acreditem. (mais…)

Oitavas sem mistério

sábado, 26 de junho de 2010

Como não sou de ficar em cima do muro, apresento ao distinto público meus palpites pras oitavas de final da Copa 2010.

Em negrito, está o favorito. O placar, contudo, pode ser diferente. É o meu palpite e ninguém tasca. Quem quiser, que palpite também, ora!

  1. Uruguai 1×2 Coréia Democrática
  2. USA 2×1 Gana
  3. Argentina 2×2 México – Nos pênaltis, México 4×2.
  4. Alemanha 1×2 Inglaterra
  5. Holanda 3×1 Eslováquia
  6. Brasil 4×2 Chile
  7. Paraguai 1×2 Japão
  8. Espanha 2×2 Portugal. Nos pênaltis, Portugal 5×4.