Posts com a Tag ‘Pesquisa’

Pedra preta, torcida azul

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Marcos Pinheiro

Em 16set10, o Instituto Voxpeso ouviu 395 pessoas, a partir de 16 anos, em Itaúna para conhecer as preferências dos torcedores da cidade.

A margem de erro é de 5%. Os resultados foram publicados pelo Jornal Brexó, em 23out10:

(mais…)

Mariana Resende: “Esse time pode muito mais”

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do Cruzeiro 3×4 Atlético-MG, no Parque do Sabiá, Uberlândia, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 24out10:

(mais…)

Carmona: “Foi um jogo de encher os olhos”

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do Botafogo 2×2 Cruzeiro, no Engenhão, Rio de Janeiro, pela 23ª rodad do Campeonato Brasileiro de 2010, em 18set10:

(mais…)

Marra: “Cruzeiro tem mostrado evolução tática”

sábado, 11 de setembro de 2010

Pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do Cruzeiro 1×0 Internacional, no Parque do Sabiá, Uberlândia, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 08set10.

Pesquisa: Romarol.

  1. Juca Kfouri, em seu blog: O Cruzeiro jogou um futebol que foi superior ao do poderoso Inter. Ganhou de 1 a 0, gol conquistado aos 14 minutos, com Everton, um golaço de sem pulo ao receber um cruzamento de trivela. O time azul foi bem melhor no primeiro tempo e mesmo com menos posse de bola, administrou bem a vantagem no segundo. O Colorado não viveu uma noite feliz e perdeu seis pontos para o rival. O Cruzeiro se firma como candidatíssimo.
  2. (mais…)

Marcelo Bechler: “Adílson não contava com o organizador Montillo”

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do Cruzeiro 1×0 Corintiãs, no Parque do Sabiá, Uberlândia, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010, em 25ago10:

  1. Marcelo Bechler, no blog do Lédio Carmona: Adilson não conhecia Montillo: Antes do jogo, o que mais se falava era do confronto particular entre Adilson Batista e seus ex-comandados. O time de Cuca, no entanto, tinha quatro jogadores pós-Adilson: Edcarlos, Éverton, Montillo e Robert. O treinador do Corinthians conhecia quase todas as armas do rival. Quase. Não contava com o camisa 10 argentino, organizador do time mineiro, destaque dos três jogos que participou. Montillo fez aos dois minutos o único gol do jogo, em chute com efeito e praticamente sem ângulo. A partir daí, o que se viu em campo foi o Corinthians com a bola e o Cruzeiro não deixando o adversário jogar. Durante toda a partida, a equipe paulista teve mais posse de bola. Aliás, muito mais. A porcentagem nunca baixou da casa dos 60% e terminou o jogo em 63%. O recuo do Cruzeiro era estratégico para tirar a velocidade do jogo e o antídoto era o contragolpe com Montillo tentando acionar os atacantes. Apesar de ter a bola, o Corinthians praticamente não levou perigo ao gol de Fábio. Teve a chance do empate no pênalti defendido pelo goleiro e uma cabeçada de Paulo André na trave. Foram seis finalizações para cada lado – cinco do Cruzeiro no alvo contra três do adversário. O Corinthians estéril como foi causa preocupação no seu torcedor. Desde o clássico contra o Palmeiras, quando Jorge Henrique marcou, um atacante não faz gol. Ronaldo pode voltar contra o Vitória e passa a ser esperança de um ataque mais efetivo. Do outro lado, Cuca chegou a sua quarta vitória a frente do Cruzeiro: Atlético-PR, Goiás, Atlético-MG e Corinthians. Em todas, sua equipe teve pouca posse de bola e venceu o jogo nas raras chances que criou. Para brigar na parte de cima, o Cruzeiro vai precisar aprender a jogar também com a bola, o que não aconteceu depois da Copa do Mundo. (mais…)

Sport, Bahia e Fortaleza, mandam em suas casas

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

JS:

Segue os resultados de mais três Estados da Pesquisa Lance! / Ibope 2010:

(mais…)

Leandro Mattos: “O 10 encheu os olhos!”

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do São Paulo 2×2 Cruzeiro, no Morumbi, São Paulo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 15ago10: (mais…)

Cruzeiro: 1º em Minas, 4º no Sudeste, 7º no País

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

JS:

Segue o resultado da Pesquisa Placar / Lance! 2010 para alguns Estados. Eles estão publicados no site do jornal.

Dstque negativo é o desempenho dos clubes paranaenses em casa. O positivo é o da torcida gaúcha, que torce por seus clubes. 

Minas Gerais

  1. Cruzeiro – 30,5%
  2. Atlético-MG – 23,6%
  3. Flamengo – 7,7%
  4. Corinthians – 5,5%
  5. América – 1,1%
  6. Ipatinga e Uberaba – 0,1%
  7. Demais grandes de RJ e SP – 8,7% 

São Paulo

  1. Corinthians – 35,2%
  2. São Paulo – 20,8%
  3. Palmeiras – 11,8%
  4. Santos – 9,2%
  5. Flamengo – 1,1%
  6. Cruzeiro, Grêmio, Vasco, Guarani e Ponte Preta – 0,3%
  7. ASA de Arapiraca, Sport, Santa Cruz, Fortaleza, Botafogo, Atlético e Atlético-MG – 0,1% 

2º clube de preferência em SP

  1. Flamengo – 7,0%
  2. Vasco – 1,3%
  3. Cruzeiro – 1,1%
  4. Fluminense – 0,8%
  5. Grêmio – 0,7%
  6. Botafogo – 0,6% 

Rio de Janeiro

  1. Flamengo – 45,5%
  2. Vasco – 17,8%
  3. Fluminense – 10,2%
  4. Botafogo – 9,3%
  5. Cruzeiro, América, Avaí – 0,5%
  6. Demais grandes de Minas e São Paulo – 0,2% 

2º clube de preferência no RJ

  1. Corinthians – 3,5%
  2. Cruzeiro – 0,7%
  3. Avaí – 0,5% 

Rio Grande do Sul

  1. Grêmio – 52,1%
  2. Internacional – 35,3%
  3. Juventude – 0,9%
  4. Coritiba – 0,5% 

Paraná

  1. Corinthians – 17,8%
  2. Palmeiras – 13,3%
  3. Atlético – 10%
  4. São Paulo – 9,5%
  5. Coritiba – 6,0%
  6. Paraná – 1,5%

Abs,

Marcos Pinheiro

Ibope 2010: Cruzeiro, clube de todas as classes

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Mais alguns dados da Pesquisa Ibope / Lance 2010:

Clube mais populares entre os mais pobres (Renda mensal de até 1 salário mínimo) 

  1. Flamengo – 22%
  2. Corinthians – 10,6%
  3. São Paulo – 6,8%
  4. Palmeiras – 5,4%
  5. Vasco – 3,5%
  6. Sport – 3,4%
  7. Grêmio – 2,6%
  8. Bahia – 2,4%
  9. Fortaleza – 2%
  10. Cruzeiro – 1,8%
  11. Fluminense – 1,5%
  12. Santos – 1,3%
  13. Ceará – 1,3%
  14. Vitória – 1,2%
  15. Atlético-MG – 0,8%

Clubes mais populares entre os mais ricos (Renda mensal igual ou superior a 10 salários mínimos)

  1. São Paulo – 12,8%
  2. Corinthians – 12,3%
  3. Flamengo – 10,6%
  4. Palmeiras – 6,7%
  5. Cruzeiro – 6,1%
  6. Santos – 5%
  7. Atlético-MG – 5%
  8. Fluminense – 3,9%
  9. Grêmio – 3,4%
  10. Botafogo – 2,8%
  11. Vasco – 2,2%
  12. Internacional – 2,2%
  13. Sport – 0,1%
  14. Bahia – 0,1%
  15. Vitória – 0,1%

Ibope 2010: Cruzeiro tem poucos desafetos

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Pesquisa Ibope / Lance! 2010:

Clubes mais rejeitados pelos brasileiros:

  1. Corinthians – 21%
  2. Flamengo – 16%
  3. Palmeiras – 14%
  4. Vasco -13%
  5. São Paulo – 11%
  6. Botafogo – 6%
  7. Internacional – 3%
  8. Grêmio – 3%
  9. Santos – 3%
  10. Fluminense – 3%
  11. Cruzeiro – 2%
  12. Demais clubes em conjunto – 6%.