Posts com a Tag ‘Páginas Heróicas Digitais’

Aplicações de longo prazo

sábado, 18 de setembro de 2010

Dr. Amácio Gattuno fez um comentário pertinente nestas Páginas Heróicas Digitais, que vale a pena ser discutido.

Em 2008, Henrique e Thiago Ribeiro eram justificadamente criticados. Dois anos depois, estão sendo aplaudidos. Fato incomum, pois vários jogadores de potencial são descartados injustamente quando a troca de comando técnico é feita com frequência.

A permanência do extreinador durante tanto tempo certamente permitiu o amadurecimento dos atletas.  Começamos, após tanto tempo, a identificar as reais vantagens em apostar num trabalho a longo prazo.

Em tempo: o Síndico concorda com o comentarista.

O fim da farra

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Comentário do João Chiabi Duarte nestas Páginas Heróicas Digitais:

Hoje, o São Paulo anunciou a venda do volante Hernanes por €11mi (R$25,4 mi) à Lazio.

O valor pode ser comparado ao da venda de Ramires, que rendeu ao Cruzeiro R$22 mi mais 15 meses de aplicação a 1% a.m..

Ramires fez sucesso e já foi revendido ao Chelsea por R$50 mi. Valorizou 110% em um ano.

Mas a farra está acabando. Daqui pra frente, os europeus terão que gastar cada vez mais para tirar jogadores dos times brasileiros.

Não vão mais levar qualquer um, pois o custo de vida anda alto na Europa e os impostos são tributados na fonte.

Antes ninguém ganhava €100 mil no Brasil. Hoje em dia, uns 40 jogadores recebem salários deste porte, aqui.

A Europa já não atrai tanto. E os europeus não podem bancar contratações a qualquer preço.

Por isto, os clubes brasileiros terão que desenvolver outras estratégias pra se financiarem.

Venda de atletas é algo com que eles não poderão mais contar como num passado não muito distante.

Lo que pasó en la Argentina

sábado, 29 de maio de 2010

Encerrada a temporada argentina -torneios Apertura 2009 e Clausura 2010-, apurou-se o ascesso e descenso direto e os jogos de promoção.

Caíram, sem escalas, o Chacarita Juniors, dono da torcida mais belicosa do país, e o Atlético Tucuman (nome é destino).  Eles deram lugar ao Quilmes e ao Olimpo (de Bahia Blanca, terra do Jorge Schulman).

Os confrontos da promoção colocaram frente a frente Rosario Central (que meteu 4xo na Cocota, numa final de Conmebol) contra All Boys e Gimnasia y Esgrima (rival citadino do Estudiantes) contra Atlético Rafaela.

Em Rafaela, o Atlético (nome é destino, como se verá adiante) fez 1xo sobre o Lobo. Em La Plata, levou o troco: 3×1. Marco Perez, goleador colombiano, avaliado em US$5 mi, fez os dois gols da classificação.

Pelo segundo ano, o Gimnasia escapa da queda, jogando em casa. Ano passado, teve de remontar um 0x3 pra se manter na elite. Um dia a casa cai.

Desta vez, o presidente Walter Gisande foi insultado com gritos de “hijo de puta” vindos da tribuna. Pior: vários referentes da equipe não aguentam mais disputar promoções e querem sair.

O treinador Diego Cocca só fica se o clube contratar reforços. Mas com uma dívida fora de controle, é pouco provável que tal aconteça.

Mais do que certa é a saída do artilheiro colombiano Marco Perez e do volante Rinaudo, destaque do time.

Dramático foi o duelo entre o All Boys e o Central. Na primeira partida, empataram, em Floresta, Buenos Aires, por 1×1. Na segunda, Los Blancos venceram por 3×0, no Gigante de Arroyito, em Rosário.

Desatou-se, então, uma crise sem precedentes na história auriazul. Um torcedor suicidou, outros fizeram passeata e sairam no braço com a polícia.

O presidente Horácio Usandizaga, caudilho político, que remodelou o estádio e prometeu o título nacional, renunciou e sumiu do mapa, ameaçado de morte pelos termocéfalos.

Futebol virou coisa de dementes. Pra muitos torcedores ele já não mais um esporte. São tapados que nunca estão preparados pra rebaixamentos e perdas de títulos que têm como conquistados com antecedência.

De tudo o que li, o mais interessante foi esta reflexão de um torcedor do Boca Juniors na área de comentários do La Nacion: 

  • Todo esto me puso a pensar en por qué nos resulta tan dramático irse a la B, y creo que es en primer lugar porque el el futbol nos enferma, no lo podemos ver como solo un deporte y reflejamos en él todas las frustraciones que tenemos viviendo en este país, y en segundo lugar por la mala organización de nuestro futbol, ya que un equipo que se va a la B tiene más solo una categoría por perder, pierde millones por la tv, miles de socios, baja la calidad en sus instalaciones por falta de mantenimiento, la calidad de sus jugadores por no poder pagar sus contratos, en fin terminan haciendo de un club grande (por su gente e historia e infrastructura) un club más como le pasó a los equipos de Córdoba (pienso en Talleres de Córdoba que ni en el Nacional está). A mi me gusta que suban nuevos equipos a primera porque intento pensar en el futbol como algo más democrático, pero deberíamos luchar para que la riqueza que se genera en el futbol de primera también le llegue a los equipos del Ascenso.

Ele está certo. Pra começar a desatar o nó da estupidez, é preciso reduzir a tremenda desigualdade que está transformando clubes grandes em pequenos.

Se algum dia isto for possível, uma passagem pela B será menos dramática. O futebol brasileiro, infelizmente, está na contramão desta proposta.

E a estupidez permanece latente. A começar por aqui mesmo, nestas Páginas Heróicas Digitais, em que a desclassificação nas quartas de final de Uma Libertadores se transformou num dramalhão digno de novela mexicana.

Troperistas, ciclotímicos e termocéfalos consideram a Série B como território privativo de outros clubes. O que é sintoma de oligofrenia. E prenúncio de desatino.

Menos, galera. Futebol, por mais que tenha se transformado em negócio, continua sendo, na essência, um esporte. E, como tal, sujeito a surpresas, a vitórias impossíveis e derrotas inesperadas.

Blog PHD – Aviso Administrativo

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Caros comentaristas e leitores do Blog Páginas Heróicas Digitais (PHD).

Em virtude de recentes tentativas de ataques, que o Blog e o Site estão sofrendo, resolvemos que algumas ações serão tomadas para diminuir os riscos e dar uma organização mais efetiva e ágil ao Blog e outros espaços abertos aos comentários.

  1. Eliminaremos os links para notícias ou site que sejam colocados dentros de comentários e que não estejam relacionados ao POST. Se quiserem contribuir com o site indicando links de novidades e notícias, coloquem o link nos comentários de notícias, enviem link para  twitter.com/cruzeiro_org ou enviem os links para contato@cruzeiro.org . (usários que colocarem links para programas hostis ou vírus, serão suspensos por 90 dias dos nossos cadastros e denunciados nos fóruns específicos – a reincidência ensejará a exclusão sumária);

  2. Pedimos que não escrevam comentários que estejam relacionados a assuntos fora do contexto do Tópico. Caso isso seja necessário, pedimos que os demais comentaristas não respondam a estes comentários. Especialmente conversas rápidas deverão ser feitas em outros espaços virtuais associados ao Site e ao Blog. De acordo com o mais apropriado, utilizem o Portal do Cruzeirense (www.portaldocruzeirense.com.br) ou o grupo de Bate-Papo da Lista de Cruzeirenses no MSN (mensagem de adesão para group764905@groupsim.com);

  3. Usuários que fazem uso de nicknames diferentes ou de fakes e profiles falsos, serão instados a completarem seus dados no seu perfil. Caso não façam ou mostrem resistência a dar informações pedidas, serão suspensos no nosso cadastro por tempo indeterminado;

  4. Apoiamos e adotamos todas as medidas de segurança e proteção de ambientes informacionais, internacionalmente aceitas, para ambiente conectados à Internet. O desrespeito às nossas politicas de acesso e privacidade possibilita a adoção de medidas juridicamente aceitas.

  5. Comentários feitos para narrar partidas e bate-papo entre usuários do Blog serão eliminados, o que provocará desordenação e confusão na cronologia e histórico dos comentários. Não prejudique a compreensão dos comentários sobre o post. Utilizem o grupo de bate-papo do MSN para acompanharem jogos, especialmente aqueles que não tem a participação do Cruzeiro.

Estes parâmetros de segurança serão adotados nos demais espaços gerenciados pela Equipe Cruzeiro.Org, quais sejam: Site Cruzeiro.Org, Fórum Portal do Cruzeirense, Lista-Cruzeiro no Yahoo!, Listas e Blogs associados, Grupo de Mensagens Instantâneas no MSN, Comunidades associados do Orkut, Profiles do Twitter

Dúvidas e reclamações qualquer um dos serviços acima identificados devem ser enviadas para ombudsman@cruzeiro.org

Atualizado em 5/5/2010 – 10:00