Posts com a Tag ‘milagre’

O Bom Montillo estraçaiou. De novo!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Botafogo 2×2 Cruzeiro, no Engenhão, Rio de Janeiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 18set10:

(mais…)

Cruzeiro 4×2 Guarani: Ufa!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Em 4º lugar com 37 pontos, o Cruzeiro pode chegar à vice-liderença se vencer. Perdendo, permanece onde está.

Cuca não terá Roger Galera, Marquinhos Paraná, Diego Renan e Jonathan, suspensos, nem com Leonardo silva e Gilberto, recuperando-se a longo tempo de contusões. Mas terá a volta de Francisco Everton, Wellington Paulista e de Walter Montillo.

Em 7º lugar com 29 pontos, o Guarani pode chegar ao 6º lugar, se vencer. Perdendo, pode cair cinco posições.

Se quiser, Vagner Mancini poderá escalar Douglas, goleiro, Apodi, lateral-direito, e Fabão, zagueiro. Só que ele faz mistério e não revela o time que enfrentará o Cruzeiro.

(mais…)

Montillo e Fábio não comprometeram

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 0x1 Vitória, em Ipatinga, pela 15ª rodada do Campeoanto Brasileiro, em 22ago10.

Matheus Penido, para o PHD

  • Cuca – Começou o jogo num esquema parecido com o da moda na Europa, com os 2 volantes presos, Jones do lado direito, Montillo pelo meio, Ribeiro na esquerda e Paulista no comando de ataque. Não deu certo, pois o time ficou encaixotado, não conseguiu jogar pelas pontas e só levava perigo quando Montillo conseguia se desvencilhar da forte marcação baiana. No intervalo voltou ao simples jogando com 2 meias clássicos e a coisa ao invés de melhorar piorou, pois além de não produzir no ataque o time passou a dar generosos espaços na defesa. Desesperado e perdendo o jogo ele adotou o 3-5-2 com Ribeiro de ala direita (olha a invenção ai, gente) mas o cara foi expulso e o tim se estrepou de vez. Te cuida, Cuca!  Pau que dá em Baptista dá em Stival também!
  • Torcida – A torcida ocupou os 11 mil lugares disponíveis e empurrou o time. Fez a obrigação dela e não foi recompensada. (Síndico)

(mais…)

Leandro Mattos: “O 10 encheu os olhos!”

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do São Paulo 2×2 Cruzeiro, no Morumbi, São Paulo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 15ago10: (mais…)

Fábio, Montillo, Ribeiro e Casemiro, os melhores

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no São Paulo 2×2 Cruzeiro, no Morumbi, São Paulo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 15ago10: (mais…)

São Paulo 2×2 Cruzeiro: Ainda não foi desta vez

domingo, 15 de agosto de 2010

Em 6º lugar com 20 pontos, o Cruzeiro pode chegar ao G4 com uma vitória.

E pode quebrar um jejum de vitórias sobre o tricolor juveno-juvêncio em campeonatos brasileiros, que já dura seis anos (7 derrotas e 4 empates).

Cuca não poderá contar com Jonathan, Leonardo Silva e Gilberto, contundidos. Mas terá a estréia de Walter Montillo, meia argentino, buscado no Universidad de Chile.

Em 13º lugar, com 16 pontos, o São Paulo poderá chegar ao 8º em caso de vitória.

Sérgio Baresi, técnico promovido do time de juniores, não terá o volante Rodrigo Souto e os beques Xandão e Alex Silva, contundidos, e Miranda, suspenso. 

Dagoberto, em má fase, vai comer banco e o volante Hernanes picou a mula. Foi jogar na Lazio logo após a desclassificação na Libertadores frente ao Internacional.

Lances + importantes do 1º tempo

  • 16h – Jogadores perfilados para o Hino Nacional. Cruzeiro todo de azul. São Paulo com uniforme tradicional. Os dois times com camisas de mangas compridas. Venta muito e faz frio em Sampa.
  • 16h04 – Começa o jogo. Cruzeiro à esquerda das tribunas.
  • 01 – Bola recuada, Fábio dá um chutão para o campo adversário.
  • 02 – Montillo faz boa jogada e passa WP, que é desarmado, próximo à área são-paulina.
  • 03 – Montillo passa a TR, defesa cede lateral.
  • 04 – Montilo lança TR, bola fica com Samuel. Marlos puxa contra-ataque, mas é desarmado na entrada da área celeste.
  • 05 – TR chuta cruzado, Ceni defende.
  • 06 – Rômulo recua, Fábio despacha.
  • 07 – Bob Faria, comentarista da Globo, diz que, atualmente, Fábio é melhor do que Rogério Ceni.
  • 08 – Fabrício lança WP, que é desarmado por Renato Silva quando tentava invadir a área tricolor.
  • 09 – Ricardo Oliveira recebe lançamento longo. Impedido.
  • 10 – TR passa a Montillo, que toca de calcanhar pra Henrique. O volante chuta forte, bola sai à esquerda de Ceni.
  • 11 – São Paulo ataca mais pela esquerda. Cruzeiro recua todo quando atacado.
  • 12 – Ricardo Oliveira tenta entrar na área, mas é desarmado por Gil.
  • 13 – Rômulo avança pelo meio e passa a TR, que chuta. Bola desvia na zaga e sai a escanteio.
  • 14 – TR cruza, Renato Silva corta de cabeça.
  • 15 – Oliveira coloca Cleber Santana na cara do gol. O meia solta uma bomba, que Fábio desvia para escanteio. Milagre.
  • 16 – Bola sobre a área tricolor. Renato rebate de cabeça.
  • 17 – Falta no meio de campo para o SPFC. É 3ª da partida. Bola na área, Oliveira cabeceia pra fora.
  • 18 – Edcarlos dá um chutão para o alto. Fernandão fica com ela, mas erra o passe.
  • 19 – TR escapa pela direita e cruza. Defesa cede escanteio. Na sequência, Diego Renan cruza, Renato Silva corta de cabeça.
  • 20 – Montillo lança Francisco Everton, que é derrubado na meia lua por Renato Silva.
  • 21 – Montillo cobra falta, bola cobre a barreia e sai à esquerda de Ceni, que faz golpe de vista.
  • 22 – Oliveira ataca pela esquerda e cruza. Rômulo cede escanteio.
  • 23 – Jean chuta de fora da área, Fábio acompanha saída da bola à sua esquerda.
  • 24 – Ricardo Oliveira recebe livre nas costas da zaga, invade a área e chuta forte. Fábio fecha o ângulo, bola passa por cima do travessão. Milagre.
  • 25 – Marlos cruza da esquerda, Fernandão cabeceia à queima-roupa, Fábio defende milagrosamente com a mão esquerdas.
  • 26 – Everton chuta forte de canhota, de fora da área, Ceni espalma pra escanteio.
  • 27 – Escanteio cobrado, defesa corta. Na sequência, novo escanteio. Carlinhos corta de cabeça o cruzamento.
  • 28 – Rômulo recebe cartão amarelo por trocar de camisa dentro do campo.
  • 29 – Oliveira recebe lançamento, bandeira marca impedimento equivocadamente.
  • 30 – Cleber rola para Marlos que chuta de fora da área. Fábio defende.
  • 31 – Lançamento para TR, Ceni sai da área e corta de cabeça.
  • 32 – Cruzeiro toca bola na defesa, sem chance de sair devido à marcação do tricolor.
  • 33 – Diego Renan faz lançamento longo pra WP, que não consegue dominar a bola e chuta mal, por cima do travessão.
  • 34 – Rômulo derruba Ricardo Olveira na entrada da área. Oliveira bate, Montillo rebate.
  • 35 – Casemiro derruba Henrique no meio de campo e recebe cartão amarelo.
  • 36 – TR, recuado, desarma Júnior César e cede lateral.
  • 37 – Marlos lança na área, Gil corta de cabeça antes da chegada de Fernandão.
  • 38 – Cobrança de escanteio na área do São Paulo. Renato Silva corta de cabeça.
  • 39 – Jean chuta de fora da área, por cima do travessão.
  • 40 – WP derruba Casemiro no meio de campo. Falta.
  • 41 – Rômulo derruba Júnior César na lateral da área. Marlos cruza, Casemiro cabeceia pras redes. São Paulo 1×0.
  • 43 – Samuel lança Marlos na esquerda. Meia passa por Gil, Fabrício cede escanteio.
  • 44 – Renato Silva marca de cabeça após cruzamento de escanteio. Vuaden marca falta do beque tricolor sobre Henrique, No mesmo lance, Wellington Paulista puxou o tricolor pela camisa.
  • 45 – Fim de 1º tempo. SPFC merecia placar mais folgado. Após 20 minutos de equilíbrio, dominou completamente a partida e teve 58% de posse de bola.
  • Henrique: “Temos que corrigir. Tomamos gol de bola parada em erro de posicionamento nosso.”
  • Casemiro: “Baresi me mandou pra área, pois na base eu fazia muitos gols de cabeça.”

Lances + importantes do 2º tempo

  • 17h06 – São Paulo volta a campo sem modificações.
  • 17h08 – Cruzeiro volta a campo.
  • 00 – Cláudio Caçapa substitui Diego Renan. Cruzeiro jogará no 3-5-2.
  • 01 – Carlinhos Paraíba bate falta sobre a área. Casemiro aparece livre e chuta por cima do travessão.
  • 02 – Montillo cruza da esquerda, bola bate em Jean, resvala no argentino e sai pela linha de fundo.
  • 03 – Marlos cruza da direita, Oliveira tenta e erra bicicleta.
  • 06 – Montillo cobra falta pela direita. Ceni desvia pra escanteio.
  • 07 – Henrique lança Edcarlos, que é desarmado por Casemiro dentro da área.
  • 08 – Tricolor toca bola na intermediária celeste.
  • 09 – TR cruza da direita, Júnior cede escanteio.
  • 10 – Samuel comete falta em TR. 14ª falta da partida.
  • 11 – TR cruza da direita, Samuel corta de cabeça.
  • 12 – Fabrício passa a TR, que rola pra chute forte de Montillo. Bola sai à esquerda de Ceni.
  • 13 – Gil reclama de falta cometida em Fernandão e recebe cartão amarelo.
  • 14 – Baresi reclama dos lançamentos longos. Quer mais toque de bola. Cobrança de falta ensaiada do São Paulo. Bola para Marlos, que cruza fechado. Fábio defende.
  • 15 – TR se atrapalha com a bola. Tiro de meta.
  • 17 – Marlos faz lançamento de 50 m. Fábio sai da área e dá um chutão.
  • 18 – Everton chuta, Ceni defende sem dificuldade.
  • 19 – Roger Galera substitui Francisco Everton. Em sua primeira intervenção, o meia comete falta em Marlos.
  • 20 – Edcarlos lança TR, que cruza da esquerda. Bola sai do lado oposto sem que apareça um atacante pra concluir.
  • 21 – Jorge Wagner substitui Carlinhos Paraíba. Fernandinho substitui Marlos.
  • 22 – Rômulo cruza da direita, Roger disputa com Jean pelo alto, bola fica com Thiago Ribeiro na entrada da pequena área, pela esquerda. Ele chuta forte. Ceni defende com os pés, TR fica com o rebote e cabeceia cruzado. No 2º poste, em cima da risca, Wellington Paulista cabeceia pra rede. Cruzeiro 1×1
  • 23 – Montillo lança TR, que cruza. Samuel cede escanteio.
  • 24 – Montillo cobra escanteio, WP comte dalta em Ceni.
  • 25 – Fernandinho entra na área, Caçapa corta pra escanteio. Cleber cobra escanteio, Fábio defende.
  • 26 – Cleber Santan chuta, bola sai à direita de Fábio.
  • 27 – Montillo recebe de Roger e passa a Wellington Paulista.. Samuel corta.
  • 28 – Ricardo Oliveira agride Fabrício com uma dedada no olho e recbe cartão amarelo.
  • 29 – Ricardo Oliveira lança Jorge Wagner e corre para a área. Recebe cruzamento e perde u gol por não conseguir chegar a tempo na bola.
  • 30 – Roger cruza da esquerda, Samuel corta de cabeça.
  • 31 – Montillo cruza, WP cabeceia para fora.
  • 32 – Casemiro lança Fernandinho, Gil corta de cabeça.
  • 33 – Gil avança, passa a TR, que lança Montillo. O argentino passa por Júnior César e tenta cruza, mas deixa bola escapar pela linha de fundo.
  • 34 – Rômulo cruza, Ceni defende.
  • 35 – Cruzeiro joga melhor que o São paulo, mas não consegue concluir bem.
  • 36 – Fernandão tenta lançamento, bolas sai pela linha de fundo.
  • 37 – Jorge Wagner derruba Roger Galera a 15 passos da entrada da área. WP cobra falta, bola certa barreira e volta. Ele chuta, de novo, pra fora.
  • 38 – Montillo recupera bola na entrad da grande área celeste, passa a WP, recebe na frente e e lança Thiago Ribeiro, que dribla Rogério Ceni e toca pra rede. Golaço! Cruzeiro 2×1.
  • 39 – Fernandinho tenta jogada pela esquerda, Caçapa corta pra escanteio.
  • 40 – Torcida do Cruzeiro canta: “O Morumbi calou!”
  • 41 – Robert substitui Wellington Paulista.
  • 42 – TR disputa bola com defesa paulista, Robert aparece pra ceder lateral. Marcelinho substitui Casemiro.
  • 43 – Fernandinho tenta jogada pela direita, Robert isola a bola.
  • 44 – Robert cruza da esquerda, Samuel corta de cabeça. Todo o time celeste volta pra se defender e fica na frente da área.
  • 45 – Henrique cede lateral, que Jean cobra pra Fernandinho. Atacante recebe tranco de Edcarlos, deixa o beque pra trás, entra na área e cruza rasteiro. Caçapa fura, Ricardo Oliveira se antecipa a Rômulo e toca pra rede. São Paulo 2×2.
  • 46 – Jorge Wagner cruza da esquerda, Edcarlos antecipa-se a Fernandão e toca pra escanteio.
  • 47 – Cleber recebe na entrada da área e solta bomba, bola passa por cima do travessão.
  • 48 – Ricardo Oliveira recebe lançamento nas costas da zaga e chuta forte. Bola fica na rede, pelo lado de fora. Fim de jogo. SPFC teve 54% de posse de bola. Cruzeiro foi melhor na etapa final, mas deixou escapar a vitória por uma desatenção no final. Ainda não foi desta vez que desfez a escrita que já dura seis anos.
  • Ricardo Oliveira: “O time não conseguiu repetir o bom 1º tempo. Foi um péssimo resultado, pois não podemos perder pontos em casa”

São Paulo 2×2 Cruzeiro, domingo, 15ago10, 16h, Morumbi, São Paulo, 14 rodada do Campeonato Brasileiro 2010 – Transmissão: Globo Minas e PFC – Público: 12.338 pagantes – Renda: R$261.086,59 – Juiz: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS) – Bandeiras: Júlio César Rodrigues Santos (RS) e Fábio Pereira (TO) – Amarelos: Casemiro, Ricardo Oliveira (Sao); Rômulo, Gil (Cru) – Gols: Casemiro, 41 do 1º; Wellington Paulista, 22, Thiago Ribeiro, 38 e Ricardo Oliveira, 45 do 2º – Cruzeiro: FÁBIO, Rômulo, Gil, Edcarlos e Diego Renan (Cláudio Caçapa); Henrique, Fabrício e Francisco Everton (Roger Galera) e MONTILLO; THIAGO RIBEIRO e Wellington Paulista (Robert). Tec: Cuca / São Paulo: Rogério Ceni; Jean, Renato Silva, Samuel e Junior Cesar; CASEMIRO (Marcelinho), Carlinhos Paraíba (Jorge Wagner), Cléber Santana e Marlos (Fernandinho); Fernandão e Ricardo Oliveira. Tec: Sérgio BaresiHistórico – Foi 0 63º Cruzeiro x São Paulo. O Cruzeiro já venceu 16, empatou 19, perdeu 28; marcou 62 gols, levou 86. Pelo Brasileiro, foram 41 partidas. O Cruzeiro venceu 7, empatou 13, perdeu 21; marcou 37 gols, sofreu 63. Pela Libertadores, 4 partidas, 2 vitórias do Cruzeiro e 2 do SPFC. O Cruzeiro marcou 4 gols e levou 5. Nas três vezes em que decidiram títulos, o Cruzeiro venceu duas (Copa Ouro, em 1995, e Copa do Brasil, em 2000) e perdeu uma (Recopa Sul-americana, em 1993).

Apesar da sapatada, torcida foi o destaque

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 0x0 Grêmio Prudente, no Ipatingão, pela 13ª rodada do Brasileiro 2010, em 08ago20.

Por Matheus Reis, 26, cruzeirense, itabirano, doutorando em Filosofia pela UFMG.

  • Fábio – Não teve que fazer os milagres costumeiros, embora tenha defendido bola difícil de Rafael Martins. Precisa melhorar o domínio de bola com os pés. Com os recorrentes recuos da zaga, pode acabar complicando.
  • Jonathan – Não encontrou o futebol de 2010. Parece estar saturado e como o Rômulo ainda não ameaça sua titularidade, continua confortável na posição. Fez primeiro tempo razoável e caiu com o time na segunda etapa.
  • Edcarlos – Boa partida. Seguro mais uma vez. E ainda se permite aparecer, vez ou outra, no ataque. Enquanto o time está com 4 volantes, tem quem segure. Só não pode se empolgar quando não tiver ninguém pra cobrir.
  • Cláudio Caçapa – Grande atuação que confirma seu crescimento desde que entrou no time. Firme nos desarmes e tranquilo nas saídas de bola. Limpou a barra do Diego Renan várias vezes.
  • Diego Renan – Não sei se a tal proposta do PSG chegara aos seus ouvidos, mas parecia um pouco desligado. Subiu muito menos do que o esquema de jogo lhe permitia. E, mesmo subindo pouco, teve problemas para conter os avanços do Grêmio Itinerante. Deu uma entrada dura em Paulo César no fim do primeiro tempo. Levou o revide na segunda etapa.
  • Marquinhos Paraná – O termômetro da meiuca celeste. Sai com a bola da defesa com tranquilidade, distribui o jogo, desafoga e lança. Hoje, até foi à linha de fundo, como o lateral daquela estréia em 2008 contra o Uberaba. Aquela em que queimou alguns milhares de línguas. Foi visível como o time perdeu o meio campo depois de sua saída.
  • Rômulo – Terceira partida seguida em que joga no meio campo, revezando a lateral com Jonathan. (Há quem diga que jogar com dois laterais direitos é invenção.) E é a terceira partida seguida em que não vai bem. Não atacou e tampouco defendeu.
  • Henrique – Ficou um pouco mais preso e marcou bem o time do Grêmio. Não conseguiu aparecer de cabeça como na partida contra o Grêmio. Pareceu um pouco perdido depois da entrada do Rômulo.
  • Fabrício – O leão de sempre no meio campo. Dos volantes, era quem mais saía. No primeiro tempo, ocupou bem o lado direito do ataque criando algumas situações e cruzando a maioria das bolas. No segundo tempo, ficou mais no meio sem arrumar muita coisa, mas com muita marcação.
  • Francisco Everton – Partida ruim. Caindo mais pelo lado esquerdo, não conseguiu criar, nem ajudou Diego Renan no setor defensivo. É um jogador que pode ser útil no decorrer do campeonato, mais ainda não mostrou qualidades para ser titular. É uma espécie de “Elicarlos do Cuca”.
  • Sebá – Até se movimentou, mas não conseguiu criar nada demais: apenas dois cruzamentos e uma cabeçada sem muito perigo.
  • Pedro Ken – Teve dez minutos para fazer algo e não fez. Até hoje não sei qual a real posição do garoto: 1°, 2° ou 3° volante? Meia? Precisa aproveitar essas raras chances que surgem porque, ao que parece, não terá muitas oportunidades de jogar.
  • Wellington Paulista – Muita luta, literal e figurada. A estrela que lhe brilhou no clássico não acendeu hoje. No primeiro tempo, carimbou duas traves. No segundo, chutou uma bola num lance em que poderia ter trabalhado com o Jonathan, mas estava de cabeça baixa. Tomou mais um cartão estúpido para a coleção. A coisa precisa começar a doer no bolso pra ver se aprende.
  • Robert – Partida pavorosa. Precisa melhorar e muito. Do contrário entrará para a história do clube ao lado de Carlinhos Bala e Weldon, jogadores que marcaram nas estréias oficiais e depois… Bem, melhor nem lembrar.
  • Cuca – Sofreu com os desfalques como o amigo de carnaval Cecílio. A diferença é que Toninho mexeu bem, enquanto Cuca foi infeliz. Como o Cruzeiro tinha dois atacantes presos, Cecílio meteu 3 zagueiros e o Cruzeiro pouco criou no segundo tempo. Ao tirar o Paraná, Cuca perdeu o meio campo. Na tentativa de recuperar o meio, Fabrício deixou de ocupar a faixa direita do campo, responsável pelas parcas chances do primeiro tempo. Rômulo, mais uma vez, entrou mal e não se entendeu com os companheiros. Robert e Francisco Everton, que não rendiam, ficaram em campo por tempo demais. Os meias devem voltar na próxima rodada, mas talvez seja interessante pescar um meia de criação nato lá na base, porque desfalques ocorreram, ocorrem e ocorrerão.
  • Torcida – Ótima presença. 10.109 dos 11.000 ingressos disponíveis. Um energúmeno jogou um tênis em campo e foi preso pela polícia, depois de receber alguns carinhos de outros torcedores. Não há de ser nada.
  • Juiz & Bandeiras – Nenhum erro muito grave, embora tenha deixado de dar amarelo para um jogador do Grêmio em lance de cartilha. O sujeito segurou Wellington Paulista na saída de um contra-ataque. No mesmíssimo instante, zapeei para Atlético x São Paulo e um jogador do Furacão recebia amarelo por falta idêntica. Vai entender esses critérios…
  • Grêmio Prudente – O rodado Paulo César deu algum trabalho para a defesa do Cruzeiro. E a dupla de zaga Paulão e Diego conseguiu anular o ataque celeste.

Cruzeiro 1×0 Goiás: Por um triz

domingo, 18 de julho de 2010

Em 8º lugar com 12 pontos, o Cruzeiro mantém o time que venceu o Atlético, quarta-feira, na Arena da Baixada.

Em caso de vitória, ele pode chegar, no máximo, ao 3º lugar.  Perdendo, fica perto do Z4.

Será a 1ª partida oficial do Cruzeiro na reformada Arena do Jacaré, cuja cancha tem 70m2 a menos que a do Mineirão: 100x68m contra 110x75m.  

Em 13º lugar com 11 pontos, o Goiás não terá os armadores Hugo, contundido, e Bernardo, impedido por ser atleta do Cruzeiro. Mas contará com a volta do beque Rafael Toloi.

A dúvida de Leão está na armação e no ataque. Entre Rafael Moura, Otacílio Neto e Romerito, ele deve escolher dois para enfrentar o Cruzeiro.

Cruzeiro 1×0 Goiás, domingo, 18jul10, 18h30, Arena do Jacaré, Sete Lagoas, 9ª rodada do Campeonato Brasileiro – Público: 3.579 pagantes – Renda: R$108.257,00 – Juiz: Salvio Spínola Fagundes Filho (Fifa-SP) – Bandeiras: Ednílson Corona (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) – Amarelos: Wellington Paulista, Gil e Jonathan (Cru); Wellington Saci (Goi)- Gol: Gilberto, 11 do 1º tempo – Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Gil, Cláudio Caçapa e Diego Renan (Fabinho), Henrique e Fabrício; Roger Galera (Francisco Everton) e Gilberto; Thiago Ribeiro (Robert) e Wellington Paulista. Tec: Cuca / Goiás: Rodrigo Calaça; Carlos Alberto, Rafael Toloi, Ernando e Saci; Jonilson, Wellington Monteiro (Douglas), Amaral e Otacílio Neto (Romerito); Rafael Moura e Everton Santos. Tec: Emerson LeãoHistórico – Foi o 46º Cruzeiro x Goiás. O Cruzeiro venceu 23, empatou 10, perdeu 13; marcou 58 gols, sofreu 48. Em 31 jogos pelo Brasileiro, o Cruzeiro venceu 15, empatou 7 e perdeu 9, marcou 41, levou 33 gols. Cruzeiro e Goiás jamais decidiram um título entre si.

Lances + importantes do 1º tempo

  • 18h25 – Goiás entra em campo com camisas brancas e calções e meias verdes.
  • 18h28 – Cruzeiro entra em campo com uniforme tradicional.
  • 18h29 – Fabrício recebe placa por ter completado 100 partidas com a azul-estrelada.
  • 18h32 – Começa a partida.
  • 01 – Otacílio Neto cruza, Gil afasta.
  • 02 – Thiago Ribeiro cruza da ponta direita, Caçapa corta.
  • 05 – Goiás avança a marcação e complica a saída de bola cruzeirense.
  • 07 – WP intercepta passe na intermediária e aciona TR, que está impedido.
  • 08 – Wellington Saci faz boa jogada na esquerda, cruza, Everton Santos cabeceia pra fora.
  • 09 – Rafael Moura enfia bola pra Everton Santos. Fábio sai do gol a salva.
  • 11 – Diego Renan vança pela intermediária goiana, rola pra Gilberto, que passa Wellington Paulista. Centroavante tenta conclui, bola desvia em Wellington Monteiro e sobra pra Gilberto que, livre dentro da área, chuta forte com a direita, pras redes. Cruzeiro 1×0.
  • 12 – Rafael Moura recebe passe no miolo da bequeira celeste. Gilberto aparece e despacha.
  • 13 – Otacílio Neto lança, Fábio sai do arco e defende.
  • 14 – Bola cruzada na área, Fábio defende pelo alto.
  • 15 – Roger tenta lançar Thiago Ribeiro, Amaral intercepta a bola.
  • 18 – Gilberto tabela com WP e lança Roger. Meia cruza mal, defesa corta.
  • 20 – Gil derruba Otacílio na entrada da área celeste.
  • 21 – Otacílio Neto cobra falta com chute rasteiro, Fábio defende.
  • 22 – Jonathan cruza, defesa cede escanteio.
  • 24 – Otacílio Neto desce pela esquerda e cruza mal. Gilberto fica com a bola na lateral-esquerda.
  • 25 – Otacílio Neto cobra falta pela direita, Rafael Moura, impedido, vence Fábio pelo alto e cabeceia pras redes. Não vale.
  • 29 – Otacílio Neto cruza da direita, Gilberto corta.
  • 30 – Roger dá carrinho na lateral. Está entusiasmado.
  • 31 – Roger perde bola no meiod e campo. Está cansado.
  • 32 – WP erra passe na entrada da área, passa o rodo num adversário, reclama e toma cartão amarelo. Juiz diz que foi por ter cometido 4 faltas. Merece multa.
  • 34 – TR lança na área, Roger perde a bola bisonhamente.
  • 35 – Henrique faz lançamento de 40 metros e põe TR na cara do gol. Atacante se atrapalha e perde a bola.
  • 36 – Diego Renan cede escanteio. Otacílio Neto cobra, Gilberto corta.
  • 37 – Fabrício cruza da direita, Amaral cede escanteio.
  • 38 – TR cobra escanteio, Saci corta, Calaça fica com a bola.
  • 39 – Saci cobra falta pela direita, Fabrício desvia de cabeça pra escanteio.
  • 40 – Otacílio cobra escanteio, Fabrício afasta de cabeça.
  • 41 – Rafael Moura chuta de longe, Fábio defende.
  • 42 – Rafael Moura desarma TR e chuta de fora da área, Fábio defende.
  • 43 – TR cruza da direita, Amaral corta, Fabrício fica com o rebote e volta a chutar, pra fora.
  • 44 – Jonílson lança Otacílio, que passa a Saci. Fabrício faz o desarme.
  • 45 – Otacílio derruba Fabrício dentro da área, fora da jogada. Jogo parado.
  • 46 – Otacílio Neto passa bola no meio da zaga e deixa Everton Santos na cara do gol. Chute sai rasteiro, bola tira tinta no poste esquerdo do arco celeste.
  • 47 – Fim de 1º tempo.
  • Gilberto: “Estou jogando mais como ala, é minha nova função. Mesmo assim, está dando pra chegar no ataque.”
  • Rafael Moura: “O campo é pequeno, mas mesmo assim estamos muito longe uns dos outros.”

Lances + importantes do 2º tempo

  • 19h36 – Começa o 2º tempo.
  • 00 – Romerito substitui Otacílio Neto. Douglas substitui Wellington Monteiro.
  • 01 – Rafael Moura comete falta de ataque em Gil.
  • 03 – Everton Santos avança pela esquerda e chuta de fora da área. Bola passa a direita do gol.
  • 04 – Cruzeiro toca bola na intermediária. Henrique passa a Gilberto, que faz o facão e é derrubado por Everton Santos com um carrinho por trás. Jogo parado.
  • 05 – Thiago Ribeiro cobra falta. Bola acerta a barreira e volta para Fabrício, que chuta pra fora, à direita de Calaça.
  • 06 – Caçapa derruba Douglas. Falta.
  • 07 – Saci cruza da esquerda, Jonathan cede escanteio.
  • 08 – Saci cobra escantreio, Ernando cabeceia, Fábio defende.
  • 09 – Roger Galera tenta lançar WP, mas erra o passe.
  • 10 – Romerito cruza da esquerda, Gil espana. Romerito recupera a bola, mas é desarmado por Henrique.
  • 11 – Gilberto passa pela zaga goiana, entra na área, mas conclui com chute fraco, Calaça fica com a bola.
  • 12 – Diego Renan ataca pela esquerda, mas é desarmado por Carlos Alberto. Gilberto fica com a bola e cruza. Ernando corta de cabeça.
  • 13 – WP recebe lançamento, invade a área pela direita, tenta driblar Amaral, mas é desarmado.
  • 14 – Gil comete falta em Rafael Moura. Saci ciobra com violência, de curva. Fábio se estica e espalma à sua esquerda.
  • 15 – TR desvencilha-se do marcador, pela esquerda, e cruza de curva. Bola sai pela linha de fundo, pelo lado oposto.
  • 16 – Robert substitui Thiago Ribeiro. Francisco Everton substitui Roger Galera, que sai… cansado!
  • 17 – Jonathan cobra escanteio pela direita, Carlos Alberto corta de cabeça.
  • 19 – Dois meias? Que nada! Gilberto é secretário de lateral-esquerdo, mas com liberdade pra atacar.
  • 21 – Toloi desarma Robert e cede lateral
  • 22 – Saci passa a Romerito, que cruza forte. Fábio defende com firmeza.
  • 23 – Fabinho substitui Diego Renan. Gilberto vai para a lateral-esquerda.
  • 24 – Toloi cruza mal bola sai por cima do travessão.
  • 25 – Ernando dá um chute chocho, Fábio tenta dominar com os pés e perde o controle da bola, que sai pra escanteio.
  • 26 – Saci cobra escanteio pela esquerda, Rafael Moura marca de cabeça. Bandeira anula o gol acusando falta de Moura em Gil. Leão urra à beira do gramado e tem atenção chamada pelo Juiz.
  • 28 – Amaral cobra falta, da intermediária. Bola sai pela linha de fundo.
  • 29 – Robert perde a bola no ataque, bola esticada, Fábio sai do arco e rebate.
  • 30 – Goiás domina a partida. Cruzeiro não consegue sair de sua defesa.
  • 31 – Jonathan pisa em Wellington Saci e recebe cartão amarelo.
  • 32 – Jonathan faz boa jogada pela direita e passa a Gilbero, que é desarmado por Ernando.
  • 33 – Fabrício avança pela direita, mas é desarmado por Fernando.
  • 34 – Gil carrinha Romerito e recebe cartão amarelo.
  • 35 – Robert recebe falta na direita. Fabrício lança sobre a área, defesa corta.
  • 36 – Saci lança Carlos Alberto, que gira dentro da área e chuta, pra fora.
  • 37 – Robert recebe passe na área, mas deixa bola escapar pela linha de fundo.
  • 38 – Romerito conclui fraco, Fábio defende.
  • 39 – Amaral cruza, Gil corta.
  • 40 – Goiás dominou todo o 2º tempo.
  • 41 – Gil desarma Saci e dá um bico pra frente. Henrique fica com a bola e passa a Robert, que chuta fraco. Calaça defende.
  • 42 – Everton Santos avança pela direita, mas deixa a bola sair pela linha de fundo.
  • 43 – Fabrício avança pela ponta direita e cruza. Calaça fica com a bola.
  • 44 – Saci passa o rodo em WP e recebe cartão amarelo.
  • 45 – Toloi avança sem marcação e passa a Ernando, que cruza. Fabinho corta.
  • 46 – Rafael Moura recebe lançamento bola dentro da área. Gil isola salvando gol esmeraldino.
  • 47 – Bola sobre a área celeste. Fábio fica com ela.
  • 48 – Caçapa dá um bico, bola atravessa o campo, defesa goiana corta.
  • 49 – Ernando levanta bola na área, sozinho na cara do arco, Romerito cabeceia pra fora, rente ao poste esquerdo. Milagre!
  • 50 – Fim de jogo. Goiás merecia a vitória, pois foi melhor em 2/3 do jogo. Cruzeiro termina a rodada em 4º lugar com 15 pontos. Cocota está na porta da zona.
  • Henrique: “Todo mundo está dando seu nelhor, lutando pela vitória.”
  • Romerito: “A gente merecia sorte melhor, perdemos muitos gols.”

Atlético 0x2 Cruzeiro: Fim de uma escrita de 7 anos

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Em 11º lugar com 9 pontos, o Cruzeiro não contará com os zagueiros Leonardo Silva e Thiago Heleno, em recuperação de cirugias.

Cuca deve adotar o esqeuma 4-2-2-2 com dois volantões plantados e dois meias livres para criar. Os prometidos três atacantes ficarão pra outra ocasião.  

Em 16º lugar com 7 pontos, o Atlético Paranaense não terá Valencia, negociado, Márcio Azevedo, lesionado, e Chico, suspenso.

Dos dez jogadores contratados na intertemporada cinco terão condições de jogo hoje: Eli Sabiá, Paulinho, Vitor, Mithyuê e Thiago Santos. 

Lances + importantes do 1º tempo

  • 19h27 – Atlético entra em campo com uniforme tradicional.
  • 19h30 – Cruzeiro entra em campo com uniforme tradicional e vai cumprimentar seus cem torcedores. Máfia Azul está presente com faixa na arquibancada.
  • 19h32 – Hino Nacional e do Paraná executado para os poucos torcedores presentes. Os dois hinos mencionam o Cruzeiro.
  • 19h36 – Começa o jogo. Sete minutos de atraso. Pontualidade é coisa de Copa do Mundo. No Morrinhão, prevalece a avacalhação bem brasileira.
  • 01 – Gil recua, Fábio dá um chutão desajeitado, Paulo Baier fica com a bola, vai à linha de fundo e cruza. Bola sai pela linha de fundo antes de chegar às mãos de Fábio.
  • 02 – Vagner Diniz cruza, Alex Mineiro arremata de calcanhar, Caçapa cede escanteio. Na cobrança, Fábio defende pelo alto.
  • 03 – Vagner Diniz cruza da direita, Caçapa corta.
  • 04 – Fabrício tenta lançar Thiago Ribeiro e manda a bola pela lateral.
  • 05 – Thiago Ribeiro chuta de fora da área, Neto defende.
  • 06 – Roger Galera corta bola com a mão na intermediária. Falta.
  • 07 – Bola na área celeste. Alex Mineiro é impedido de tocar a bola pras redes pela cobertura de Henrique, na pequena área.
  • 08 – Victor enfia bolas entre os beques celestes. Paulo Baier fica na frente do arco celeste, mas Fábio sai e abafa a jogada.
  • 09 – Henrique cruza da esquerda, Manoel corta de cabeça.
  • 10 – Jonathan cruza da direita, Ribeiro pega de prima, Neto se estica e desvia pra escanteio.
  • 11 – Ribeiro cruza rasteiro, da direita, ninguém aparece pra concluir.
  • 12 – Paulo Baier cobra falta da intermediária, Fábio defende.
  • 13 – WP disputa bola com a defesa, cai, pede falta, Wilson Luiz Seneme manda seguir o jogo.
  • 14 – Gilberto chuta forte, da intermediária, bola passa por cima do travessão.
  • 15 – Gilberto desarma Baier, toca pra Roger, que lança Ribeiro. Defesa corta o cruzamento, Neto defende.
  • 16 – Paulinho cruza errado, Fabrício corta, torcida do Atlético chia.
  • 17 – Alex Mineiro passa o rodo em Jonathan, no meio de campo. Falta. Na sequência, Gil dá uma peitada em Alex Mineiro. Falta.
  • 18 – Caçapa recua mal, Fábio dribla Alex Mineiro e espana.
  • 19 – Roger chuta de fora da área, bola sai à direita de Neto.
  • 20 – Gilberto lança WP, que está impedido.
  • 21 – Gilberto lança WP, que erra o tempo de bola e fica sem ela.
  • 22 – Paulinho chuta rasteiro da entrada da área, Fábio salva, Alex recua de calcanhar, Gil marca contra numa patetada homérica. Juiz assinala impedimento de Alex. Errou. Gol legítimo. Torcida local chia com razão.
  • 26 – Pressionado perto da bandeira de corner, Jonathan perde a bola. Impedimento de Alex.
  • 27 – Jonathan tenta passar a Ribeiro de bico. Bola escapa pela linha de fundo.
  • 29 – Cuca orienta Ribeiro: “Tem que cair senão ele não dá…”
  • 30 – Jean chuta, bola sai à esquerda de Fábio.
  • 32 – Fabrício erra passe, Diniz fica com a bola e corre com ela. Paulinho recebe o lançamento, mas pisa na bola, dentro da área.
  • 34 – Alex Mineiro coloca Paulo Baier na cara do gol. Fábio faz milagre e evita abertura do placar defendendo aos pés do meia paranaense.
  • 35 – Fabrício chuta de fora da área, Manoel corta.
  • 36 – Roger galera chuta de fora da área, bola acerta o telhado do estádio.
  • 37 – Baier lança do meio de campo, bola sai pela linha de fundo.
  • 38 – Manoel passa o rodo em WP e recebe cartão amarelo.
  • 39 – Gilberto cobra falta com um chuveirinho, Neto defende sem problema.
  • 40 – Diego Renan derruba Alex Mineiro na entrada da área.
  • 41 – Paulo Baier cobra falta, bola fica na barreira.
  • 42 – Baier lança Alex, Gil corta de cabeça.
  • 43 – Roger Galera dá um rapa em Victor e recebe cartão amarelo.
  • 44 – Caçapa dá um bico, do outro lado, Manoel corta de cabeça. Diego fica com a bola e cruza, Ribeiro ajeita pra WP, defesa corta.
  • 45 – Gil lança Thiago Ribeiro, que cruza na cabeça de WP. Centroavante sobe mais que Manoel e cabeceia no canto esquerdo de Neto. Cruzeiro 1×0.
  • 46 – Fim de 1º tempo.
  • Vagner Diniz: “Infelizmente erramos e tomamos um gol. Temos que atacar com inteligência, sem deixar a defesa aberta, no segundo tempo.”
  • WP: “Kleber é meu companheiro, mas graças a Deus estou jogando e marcando meus golzinhos.”

Lances + importantes do 2º tempo

  • 20h41 – Começa o 2º tempo.
  • 00 – Branquinho substitui Victor. Eli Sabiá substitui Jean.
  • 01 – Paulinho cruza da esquerda, Fabrício corta, dentro da área.
  • 02 – Fabrício lança WP, que passa a Gilberto. Bola sai à direita de Neto.
  • 03 – Fabríco tabela com Gilberto, Neto fica com a bola.
  • 04 – Branquinho chuta de longe, Fábio defende.
  • 05 – Fabrício lança WP, Neto sai do gol e rebate.
  • 06 – Bola recuada, Neto rebate pra lateral.
  • 07 – Baier cai na área e pede pênalti. Juiz manda seguir, Bruno Mineiro fica com a bola e chuta à queima-roupa. Fábio defende.
  • 09 – Bruno Mineiro chuta de dentro da área, Caçapa corta. Pressão atleticana.
  • 10 – Alex Mineiro cabeceia por cima do travessão.
  • 11 – Roger lança TR, que chuta forte. Neto defende.
  • 12 – Branquinho lança Diniz, que deixa Gilberto pra trás e cruza. Fábio defende com dificuldade.
  • 13 – Bruno Mineiro chuta de fora da área, por cima do travessão.
  • 14 – Roger, pela direita, dribla marcador e chuta no telhado do estádio, de novo.
  • 15 – Jonathan cruza, Manoel sobe mais que TR e corta, de cabeça.
  • 17 – Confusão na área, mesmo caído, Baier concluir. Caçapa corta.
  • 18 – TR lança WP, que chuta pra fora, à esquerda de Neto.
  • 19 – TR cruza da esquerda, defesa corta.
  • 20 – Roger rola para Diego Renan, que chuta forte, pra fora.
  • 22 – Branquinho cruza, Gil corta.
  • 24 – Branquinho chuta forte, Fábio dá rebote, Bruno Mineiro chuta de novo, Fábio volta a defender e dá bronca na defesa, que falhou duas vezes.
  • 25 – Thiago Santos substitui Alex Mineiro.
  • 28 – Thiago Santos lança Vagner Diniz, que deixa Caçapa na saudade e enche o pé. Fábio salva gol certo.
  • 29 – Baier cobra falta com chuveirinho. Fábio defende.
  • 30 – Robert substitui Thiago Ribeiro. Marquinhos Paraná substitui o cansado Roger Galera.
  • 31 – Robert Lança Gilberto, que entra na área e chuta cruzado, pra fora.
  •  31 – Robert Lança Gilberto, que entra na área e chuta cruzado, pra fora.
  • 32 – WP chuta de longe, pra fora.
  • 33 – Baier cruza, Branquinho cabeceia pras redes. Impedimento.
  • 34 – Gilberto lança Fabrício, defesa cede escanteio.
  • 35 – Baier lança Thiago Santos, que toca pras redes. Impedimento.
  • 36 – Paraná disputa bola com Baier, que se atira na entrada da área.
  • 37 – Fabinho substitui Gilberto. Cruzeiro com 4 cabeças de área. Pode, hiena?
  • 37 – Baier cobra falta, bola acerta barreira.
  • 39 – Baier cobra com cavadinha, Branquinho cabeceia livre, Fábio defende.
  • 41 – WP tabela com Fabrício e serve Robert, que tira bola do alcance do goleiro. Cruzeiro 2×0.
  • 43 – Torcida do Cruzeiro canta o hino. Desanimada, a atleticana só vai seu time.
  • 45 – Cruzeiro toca bola no meio de campo.
  • 46 – Fabinho, dentro da área celeste, dá um bico para o meio de campo.
  • 48 – Fim de jogo. Cruzeiro quebra escrita de 7 anos sem vencer o CAP na Arena da Baixada. Foi a 100ª partida de Fabrício com a camisa do Cruzeiro.
  • Cláudio Caçapa: “Ficamos 37 dias sem jogar, o time está de parabéns e pode jogar com dois armadores.”

Atlético 0×2 Cruzeiro, quarta-feira, 14jul10, 19h30, Arena da Baixada, Curitiba, 8ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010 – Transmissão: PFC (pague-pra-ver) – Público: 13.952 – Renda: R$190.340,00 – Juiz: Wilson Luiz Seneme (paulista) – Bandeiras: Vicente Romano Neto e Dante Mesquita Júnior (paulistas) – Amarelos: Manoel (Atl), Roger (Cru) – Gols: Wellington Paulista, 45 do 1º tempo, Robert, 42 d0 2º – Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Gil, Cláudio Caçapa e Diego Renan; Henrique e Fabrício; Roger Galera (Marquinhos Paraná) e Gilberto (Fabinho); Thiago Ribeiro (Robert) e Wellington Paulista. Tec: Cuca / Atlético: Neto; Vagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Jean (Eli Sabiá); Victor (Branquinho) Fransérgio, Paulinho e Paulo Baier: Bruno Mineiro e Alex Mineiro (Thiago Santos). Tec: Paulo César CarpegianiHistórico – Foi o 42º Cruzeiro x Atlético. O Cruzeiro venceu 17, empatou 14, perdeu 11, marcou 70 gols, sofreu 55. Pelo Brasileiro, o Cruzeiro venceu 10, perdeu 9, empatou 11, marcou 50 e sofreu 42 gols. Os adversários de hoje, decidiram duas competições nacionais entre si. Em 1999, o CAP conquistou a Seletiva para a Libertadores vencendo por 3×0 na Arena e perdendo por 2×1 no Mineirão. Na decisão Sul-Minas de 2002, o Cruzeiro venceu duas vezes: 2×1, em Curitiba, e 1×0, em Belo Horizonte (despedida de Sorín com 70 mil espectadores).

Holanda 2×1 Eslováquia: Sem pressa nem sustos

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Às 11h (Brasília), no Estádio Moses Mabhida, em Durban, Holanda e Eslováquia duelam em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa 2010.

O espanhol Alberto Undiano apitará a partida cujo vencedor enfrentará Brasil ou Chile na sequência do torneio.

Com 100% de aproveitamento na fase de grupos, a Holanda manterá o ofensivo 4-3-3. Robben, seu maior nome, continua de fora. Snejder, um dos destaques da Copa, joga.

A Eslováquia, de Vladimir Weiss, manterá a formação que derrotou a Itália na última partida da fase de grupos, resultado histórico pra jovem república eslava.

Hamsyk, meia atacante do Napoli, é a referência técnica da equipe. Se jogar o que sabe, os holandeses terão problema sna defesa.

Esta é a única partida das oitavas de final com possibilidade de zebra. A Holanda é clara favorita, algo que não existe nas demais partidas.

*****

Eis a Resenha do Mauro França:

A Holanda não teve muito trabalho para espantar a zebra eslovaca. A versão atual da Laranja não prima pelo brilhantismo. É, sobretudo, um time pragmático, eficiente, que privilegia a posse de bola e alia o jogo coletivo ao brilho de craques como Snejder e Robben, que hoje começou jogando pela primeira vez nesta Copa.

No primeiro tempo a Holanda não deu nenhuma chance à Eslováquia. Ditou o ritmo da partida com muita movimentação, toque de bola de qualidade, marcação forte e muita paciência para buscar os espaços para penetrar na fechada defesa eslovaca.

Com pleno domínio das ações, os holandeses marcaram logo aos 17 minutos.  Snejder, da sua intermediária, fez belo lançamento na direita para Robben, que cortou para o meio e bateu rasteiro no canto esquerdo de Mucha.

Nem o gol fez a Eslováquia se abrir e procurar o ataque, o que facilitou o trabalho da Holanda que, mesmo sem forçar muito, manteve o controle até o final da primeira etapa.
O segundo tempo começou com Robben criando duas boas chances para ampliar nos primeiros seis minutos, que Mucha salvou com ótimas defesas.

Por volta dos 20 minutos, a Eslováquia finalmente saiu para o jogo e criou duas oportunidades para empatar. Na primeira, Stoch chutou de fora da área para defesa de Stekelenburg, que até então não trabalhara. Na segunda, depois de falha da zaga, Vittek saiu na cara do gol e chutou para grande defesa do goleiro holandês. Ficou nisso.

A Holanda se refez do susto e retomou o controle das ações até definir a classificação aos 39 minutos, com Snejder aproveitando boa jogada de Kuyt. A Eslováquia descontou aos 47, depois que o juiz marcou um pênalti inexistente de Stekelenburg em Vittek, que fez a cobrança. Já era tarde para qualquer reação. (mais…)