Posts com a Tag ‘Meninos da Vila’

16ª da A: Fracasso de público e gols

sábado, 28 de agosto de 2010

A 16ª rodada da Série A, disputada em 25 e 26ago10, teve poucos gols e público reduzido. O Flu disparou na liderança após a derrota do Timão para o retrancado Cruzeiro. Cocota e Fla empataram sem gols. Deu pro Rogério Lourenço, mas não pro Luxa, que continua forme em seu projeto emplumado. O Grêmio continua perdendo e o Santos perdeu Paulo Henrique Ganso, o craque do torneio, que estourou os meniscos. O resto pouco acrescentou.

(mais…)

Velhos e moços se estranham na Vila

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Folgazão como sempre, tão logo chegou ao CT do Santos, ontem, Robinho deu um tabefe em Wesley, que revidou com um soco.

O atacante queimou no golpe e destruiu o celular do volante, que, em troca, golpeou o carrão do atacante com um taco de sinuca.

Depois do jogo, irritado, DJ desmentiu a briga e desafiou alguém que a confirmasse.

No dia seguinte apareceu um gajo disposto a aceitar o repto do treinador: o presidente do clube.

Ele justificou a coisa como sendo resultado do excesso de hormônios dos Meninos da Vila.

Patinhos feios botaram Ganso & Cia. no bolso

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 0x0 Santos, no Mineirão, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 02jun10:

  • Fábio – Perfeito com as mãos e com os pés. Barreira inexpugnável. (Síndico) Como goleiro foi exigido apenas uma vez. Como líbero outras duas. Sempre seguro e corajoso nas intervensões. (Gustavo Sobrinho) (mais…)

4ª da A: Choro do Luxa: “Xô, Schwenck!”

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Jogos da 4ª rodada da Série A do Morrinhão, realizados em 26 e 27mai10:

  1. No Mineirão, Cruzeiro 1×0 Botafogo. Público: 8.501. Gol: Thiago Ribeiro, 18 do 1º tempo. Cruzeiro venceu a prancheta do Joel e a hostilidade de sua própria torcida. Jogou na condição de visitante sem sair de casa.
  2. No Barradão, Vitória 4×3 Atlético-MG. Público 6.692. Gols: Schwenck,  13, Muriqui, 34, Schwenck 41 do 1º tempo; Ricardinho, 22, Schwenck, 28, Tardelli, 36, Evandro, 42 do 2º. Cocota cantou que nem o Riachão: “Xô, Xuenk, o seu galho é na Bahia, o meu é noutro lugar…” Cantou e dançou. (mais…)

Final Estação Primeira etc

domingo, 18 de abril de 2010

Saldos de incêndio:

  1. Marquinhos Paraná foi poupado por seus inimigos. Hoje, os expertos em passes curtos e longos e em carrinhos e enxadadas  não o criticaram. Milagre.
  2. Seu Nome Seu Bairro virou bíblia auditiva de cornetas que, na maior desfaçatez, descobriram que o programa é  prenhe de lucidez.
  3. (mais…)