Posts com a Tag ‘Maranhão’

Ficaram devendo

quarta-feira, 9 de junho de 2010

O time de juniores do Cruzeiro deu um presente para a parcela da torcida que considera besteira ganhar títulos na base.

Após passar 85 minutos tentando, sem sucesso, entrar na defesa do Atlético Paranaense, tomou um gol no contra-ataque, perdeu e está fora da final da Taça BH de Futebol Júnior.

O jogo aconteceu no Farião, em Divinópolis, e os derrotados, treinados por Alexandre Grasseli, foram:

  • Ruan Gusmão; Fabrício, Deivisson, Murilo e Hyago; Marquinhos, Uchoa (Eder), Eber (Franco) e Elber (Gil); Sebá e Thiaguinho (Maranhão).

Nenhum deles se destacou. Fracassaram todos. A começar por Uchoa, que já teve até oportunidades no time principal.

É bom essa garotada saber que não é contra Uberlândia ou Guarani de Pará de Minas que alguém vai se revelar.

Pra chegarem ao elenco profissional, que tem vagas a dar com pau, eles precisam aprender a vencer os times grandes, as partidas complicadas, as decisões.

E, como já havia acontecido na Copinha paulista, esta geração ficou devendo também na mineira.

Em tempo: haverá uma AtleTiba na decisão da Taça BH em algum estádio do interior do estado. Qual não sei. Câmbio.

7ª da A: Atléticos passarão a Copa na Zona

segunda-feira, 7 de junho de 2010

7ª rodada do Morrinhão.

  1. Maraca: Fla 1×2 Goiás. Público: 11.855 pagantes. Gol: Toró, 5, Hugo, falta, 39, Otacílio Neto, 42 do 2º tempo. Inversão de papéis: dessa vez, foi a carniça que comeu o urubu.
  2. Ressacada: Avaí 0x3 Flu. Público: 8.458. Gols: Fred, 43 do 1º tempo; Fred, 5, Alan, 10 do 2º. Flu voou, Avaí aterrissou.
  3. Barradão: Vitória 1×0 Atlético. Público: 9.113. Gol: Schwenck, 36 do 2º tempo. Xuenk é bancário e artilheiro. Quem explica este mistério?
  4. Morumbi: São Paulo 3×1 Grêmio. Público: 14.408. Gols: Hugo, 7, Dagoberto, 17 do 1º tempo; Dagoberto, 22 e 24 do 2º. Dagoberto estava com a macaca. Toda bola no poste do Grêmio melava pro desafeto do Muricy. Assim, até eu faço nome no futebol.
  5. Mineirão: Atlético-MG 0x1 Ceará. Público: 26.659. Gols: Washington, 10 do 2º tempo. Ousado Luxa, um dos três melhores treineiros do mundo, com 4 atacantes fez zero gol. Aguardo explicações dos seca-pimenteiras sobre os 4 volantes sem motorista do Adílson.
  6. Vila Belmiro: Santos 4×0 Vasco. Público: 8.585. Gols: André, pênalti, 40 do 1º tempo; Maranhão, 6, André, 17, Madson, 28 do 2º. O Santos enche a sacola de qualquer um, menos do Cruzeiro.
  7. Engenhão: Botafogo 2×2 Corintiãs. Público: 11.292. Gols: Bruno César, 35 do 1º tempo; Renato Cajá, 5, Lúcio Flávio, 30, Paulo André, 47 do 2º. Primo Joel saiu nervoso com o empate em cima da hora. Já deve estar ligando pro Dimas Fonseca pra informar que tem uam nova idéia pro Cruzeiro.
  8. Serra Dourada: Atlético-GO 2×1 Cruzeiro. Público: 3.419. Gols: Rodrigo Tiuí, 29, Wellington Paulista (Cru), 40 do 1º tempo; Pedro Paulo, 40 do 2º.  O Dragão se aproveitou da malemolência do Cruzeiro pra vencer sua primeira partida no campeonato.
  9. Beira Rio: Inter 1×1 Palmeiras. Público: 11.743. Gols: Lincoln, 14 do 1º tempo; Giuliano, 21 do 2º. Ruim pros dois times, que passarão a Copa preocupados.
  10. Brinco de Ouro: Guarani 1×0 Prudente. Público: 5.685. Gol: Roger, pênalti, 49 do 2º tempo. No último minuto, o Bugre deu uma bordoada e abateu a Abelha.

Gols: 26. Público:  111.207.  em 9 jogos.  Média: 11.121. G4: Corintiãs e Ceará, 17, Flu, 15, Santos 12. Z4: Atlético, 7, Atlético-MG, 6, Vasco, Atlético-GO, 4. Artilheiros: Roger, 6, André, 5, Hugo, Muriqui, Ricardinho, Herrera, Love, Schwenck, 4, Antônio Carlos, Jonas, Neymar, Ricardinho, Roberto, Love, Emerson, Walter, André, Andrezinho, Hugo, Baier, Fred, Allan, Wellington Paulista, Dagoberto, Bruno César, Washington, 3.

Estaduais: Quem comemora?

domingo, 2 de maio de 2010

Alguns campeonatos estaduais já estão decididos. Outros estão chegando ao fim.

  1. Acre –  Rio Branco (25 títulos), Nauas, Juventus (14 títulos) e Atlético (6 títulos) ou Plácido de Castro devem disputar as semifinais.
  2. Alagoas –  O Murici bateu o ASA, de Arapiraca, na final (2xo, em casa, 2×1, fora) e conquistou seu 1º estadual. Agora, fica dois meses parado à espera do início da fugaz Série D. Certamente, a lucrativa CBF há de assumir a folha de pagamento do campeão.
  3. (mais…)

Um título internacional para os imaturos

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Campeonar é o que importa. Mas só campeona quem disputa títulos. E, pra disputá-los, é preciso ter organização.

Este título da Copa Dallas, disputada no Texas, Estados Unidos, aqui relatado pelo Site Ofical do Cruzeiro, é um prêmio à garotada, que já havia realizado excelentes exibições na Copinha, em janeiro.

Agora, é torcer para que alguns destes atletas sejam aproveitados no elenco principal. Olho neles, Adílson!

(mais…)