Posts com a Tag ‘Manto Azul’

Triângulo vestiu Azul

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Maurício Sangue Azul

O aumento do número de simpatizantes, que podem vir a se tornar torcedores do Cruzeiro depende de quatro fatores essenciais:  mídia, títulos, vitórias e planos de marketing.

A revolução percebida pelos cruzeirenses, que acompanharam a partida contra Corinthians no estádio, assustados com o  aumento considerável de sua torcida no Triângulo mostra claramente isto.

A nação azul presente no Parque do Sabiá comprova que a nossa torcida cresceu  assustadoramente nesta região mineira.

(mais…)

Clássico, mas só em Beagá…

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Maurício Sangue Azul

A rivalidade entre Cruzeiro e Atletico-MG nunca mexeu muito comigo apesar de tê-la vivenciado, entre 1994 e 2001, quando morei em Beagá.

Na época, procurei me informar e conhecer bem a história do Jogão, que hoje enxergo como atração regional, limitada à Grande Belo Horizonte e cidades adjacentes.

Eu cheguei ao Brasil em 1989, com 17 anos, e fui morar em Viçosa, onde estudei na UFV, até 1994.

Lá, convivi com pessoas de todo canto do Brasil e do mundo, além dos nativos, que recebiam enorme influência do Rio de Janeiro.

(mais…)

It is up to you, Kleber!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Marcel Fleming

Elogiei e defendi o Kleber em várias situações. Sempre achando que as caçadas de que é vítima deveriam gerar punições para zagueiros adversários.

Neste episódio da vaia após a substituição no jogo contra o Palmeiras, contudo, meu entendimento é que o Kleber é o principal responsável.

E, se de fato, ele tem algum apreço pelo Cruzeiro, cabe a ele dar os passos iniciais para o apaziguamento da situação. Se for do interesse dele.

(mais…)

A foto da quinta nas bancas de revista

segunda-feira, 13 de julho de 2009

O torcedor confia. Está 100% certo de que o título virá. Alguns até se animam a enviar mensagens aos dirigentes com pedidos, muitas vezes singelos, como este do Thiago Soraggi.

(mais…)

É proibido pisar no tapete

sábado, 16 de maio de 2009
.
Amigo Jorge Santana,

Bom dia!

Quando voltei do jogo do nosso Cruzeiro, conferi os comentários sobre a matéria do Roberto Batata e me emocionei pela aceitação com meu texto pelos leitores do seu blog.

Sinto-me honrado e feliz por ter vestido a camisa azul, que considero um manto sagrado.

Lembrei-me até de uma história dos tempos da Toca I.

Na entrada do refeitório, havia um tapete com o escudo do Cruzeiro Esporte Clube, pelo qual eu tinha o maior respeito.

Eu dava uma volta, mas não passava por cima dele de jeito nenhum.

Bom observador, o Seu Geraldo da Kombi, funcionário do clube, um dia me perguntou:

– Toninho, por que você sempre dá uma volta pra entrar no refeitório?

– Porque o escudo é sagrado, é o símbolo do meu clube e nele ninguém deve pisar.

Abraço,

Toninho Almeida

Mil vezes Cruzeiro!

terça-feira, 3 de março de 2009

O resultado da aventura chamada Colunas e Colunistas Cruzeiro.Org está traduzido nas palavras do editor da seção Colunas, Wilson Flávio:

“E o Cruzeiro.org virou referência. Experimente, caro leitor, digitar no Google as seguintes palavras (na ordem): colunista Cruzeiro. Ou então: coluna Cruzeiro. O primeiro link em ambas as pesquisas é o do Cruzeiro.org. É assim que chegamos, com essa que você lê, às mil colunas publicadas. Mil vezes Cruzeiro.”

(mais…)

Carta aos futuros campeões brasileiros

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Esta carta ao time do Cruzeiro foi escrita por um grupo de cruzeirenses liderados por Jorge SchulmanWalfrido Jr.

A proposta é colocá-la no blog pra receber adesões e, ainda hoje, ser encaminhada ao elenco na Toca da Raposa. Junto, irão os comentários e as mensagens de alento.

(mais…)

Os mesmos ídolos, diria Elis

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Gil Campos

Contrariando a máxima de que a primeira vez a gente nunca esquece, tenho uma obscura lembrança da minha primeira vez. Minha memória me confunde, misturando datas, ocasiões e pessoas.

Mas tenho certeza que foi ali pelos cinco ou seis anos de idade e, como costumava acontecer naquela época, devo ter sido levado pelo meu pai.

(mais…)

Doha não é aqui

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Walfrido Júnior

O frustrante desfecho da Rodada de Doha me fez perguntar o que teria faltado aos tarimbados negociadores internacionais. Mas, antes, vamos esclarecer o que é Rodada de Doha.

Que lições podemos tirar deste fracasso e como isso pode se aplicar a este espaço?

(mais…)