Posts com a Tag ‘laterais’

Arreda pra lá, ô Galera!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Roger Galera declarou que, aos 32 anos, não tem a explosão do Walter Montillo. Mas tem resistência física e bom passe.

E garantiu que as qualidades de ambos se completam.

Como tá na moda dizer: #prontodescoleiminhavaga.

Discordo. Que ele tem bom passe não se discute. Mas o projeto do Mestre Cuca pra vida dele inclui outro ingrediente, além de armar jogadas: correr atrás de ala abusado.

E é aí que mora o perigo. Correr atrás de ala não é o que Roger faz de melhor na vida. Se ao menos fosse uma estrela o alvo da correria…

(mais…)

Carmona: “Foi um jogo de encher os olhos”

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do Botafogo 2×2 Cruzeiro, no Engenhão, Rio de Janeiro, pela 23ª rodad do Campeonato Brasileiro de 2010, em 18set10:

(mais…)

Chaves: “Roger disse que a bola não queima nos pés dos caras”

sábado, 18 de setembro de 2010

Pitacos de protagonistas e blogueiros, recolhidos pelo Romarol,  acerca do Cruzeiro 4×2 Guarani, na Arena do Jacaré, Sete Lagoas, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 15set10:

(mais…)

Cruzeiro 4×2 Guarani: Vacilo, sufoco e reação

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Mauro França

Desfalques já não é novidade. Para enfrentar o Guarani, de volta a Sete Lagoas, o Cruzeiro vai a campo sem Fábio, contundido; Paraná, suspenso e contundido; Roger, Jonathan e Diego Renan, suspensos. Para compensar, Cuca conta com as voltas de Everton, Montillo e Wellington Paulista. Rômulo e Pablo entram nas laterais e Rafael ganha uma rara chance no gol.

(mais…)

Torcida de Uberlândia, um espetáculo à parte

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 1×0 Internacional, no Parque do Sabiá, Uberlândia, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 08set10.

Por Matheus Reis

(mais…)

Destravar o ataque, o próximo passo

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Matheus Penido

Diante do mau momento recente do time e da força do Corinthians, Cuca deu uma banana pros adeptos do futebol ofensivo e escalou seu time numa retranca que como não se via no Cruzeiro desde os tempos de Marco Aurélio.

O time celeste se desenhou em campo com três zagueiros, dois volantes marcando os armadores paulistas, dois laterais que raramente faziam papel de alas e, pra completar, um atacante fazendo função de lateral esquerdo.

Libedrade mesmo quem tinha era só o armador Montillo, que criou os melhores lances do time, e o centroavante Robert, que tentava atrapalhar a saida de bola dos dois zagueiros alvinegros.

(mais…)

Tempero do Mestre Cuca fez mal aos doidivanas

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Roberto Carlos espantou-se: “Nunca tinha visto o Cruzeiro jogar tão defensivamente…”

Ninguém tinha visto ainda. Ao menos, desde os tempos de Marco Aurélio, o inventor das duas linhas de quatro na frente do agol.

Ontem, Cuca escalou 3 beques, 2 laterais (laterais e não alas), 4 volantes e 1 atacante. Até uncentroavante virou latera. Chose de loque!

O Bom Montillo fez um gol, Fábio defendeu um pênalti, o juiz deixou de marcar outro e o arranjo se mostrou vitorioso com a ajuda de todos os santos e deuses.

(mais…)

Pelo fim da numerologia

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Em pouco mais de dois meses à frente do Cruzeiro Cuca já deu asas à imaginação desenhando sistemas altamente sofisticados.

Já mandou o time a campo com 2 ou 3 atacantes, 2, 3 ou até 4 volantes, 1 ou 2 meias e 2 ou 3 beques. Só não inovou no gol. Ali, Fábio continua intocável.

A maior parte da s experiência se mostraram desastrosas. Por isto, talvez, esteja na hora do treinador fixar-se numa formação básica e só mudar em caso de necessidade.

(mais…)

Edcarlos: “Trabalhamos bem durante a semana”

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do Cruzeiro 0x1 Vitória, em Ipatinga, pela 15ª rodada do Campeoanto Brasileiro, em 22ago10:

(mais…)

Cruzeiro 0x1 Vitória: É bom ficar esperto!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Matheus Reis

O Cruzeiro acostumou-se a jogar com três volantes que marcam e saem. Com Cuca, jogam dois meias e o meio campo não apresenta a mesma qualidade de outrora.

Os laterais acabam ficando mais presos e, quando sobem, não têm a cobertura necessária. Essa vulnerabilidade –que já existia, diga-se– fica mais clara nesse momento.

Ontem, o time começou num 4-3-3 travestido de 4-4-2. O estreante Jones, avançado pela direita, não se entendia com Rômulo. Com Thiago Ribeiro aberto pela esquerda, o baiano Eduardo ficou muito preso e o Vitória pouco criou por ali.

(mais…)