Posts com a Tag ‘geladeira’

O Alixandre: “Quem botou vai ter de tirar!”

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Tudo começou com o Expresso da Paixão, nome dado pelo marqueteiro-mor do Atlético-MG  ao busum que transporta atletas do Clube de Lourdes.

Depois, veio camisa rosa, que só atleticanos usam em todo o terriório nacional.

Os jogadores entraram no clima e resolveram ficar 15 dias juntos. O presidente elogiou a decisão e até liberou o cacete na madrugada.

Houve quem protestasse na torcida: “Tá parecendo BBB esse monte de homem dormindo junto!”

(mais…)

23ª da A: Cepada 14 foi tomada em 7 Lagoas

domingo, 19 de setembro de 2010

A 23ª rodada do Brasileiro 2010, em 18 e 19set10…

  1. Engenhão, Bota 2×2 Cruzeiro. Público: 14.128. Gols: Alessandro, 4 do 1º; Montillo, 12 (p) e 27, Loco Abreu, 31 (p) do 2º. Pênalti inexistente deu empate ao time carioca num jogo equilibrado.

(mais…)

Torcida de Uberlândia, um espetáculo à parte

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 1×0 Internacional, no Parque do Sabiá, Uberlândia, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 08set10.

Por Matheus Reis

(mais…)

Craques incompreendidos

terça-feira, 6 de julho de 2010

Roger Galera não gostava do ex-treinador. Mas, só agora, depois que Adílson Baptista saiu, ele resolveu desfiar suas mágoas pra todos nós.

Antes, ele guardava o segredo pra turma que frequentava as boates. Ou dizia que a permanente má forma foi adquirida nas areias do deserto onde passou dois anos jogando.

Agora, sim, ficamos sabendo que ele estava jogando o fino, mas era boicotado pelo treinador. Que belo caráter!

Olha, acho que a concorrência é boa. Infelizmente, a concorrência era pouca, anteriormente. Jogavam dez e eram somente os dez que jogavam.

Esperamos que agora a concorrência esteja aberta e que as oportunidades sejam dadas e que jogue o melhor, aquele que se apresentar melhor. Ou que joguem todos.

Acho que tem espaço para todo mundo. Isso cabe ao treinador definir. É bom para ele, para que ele tenha várias opções com qualidade e ruim também, porque tem que deixar de fora algumas vezes.

Começa tudo do zero. Ele vai dar oportunidade a todo mundo, principalmente aqueles que não vinham jogando: eu, Wellington Paulista, Caçapa, que poucas vezes tínhamos oportunidades.

É uma chance para esses mostrarem que o outro treinador estava errado.

 

Uma pena que Adílson Baptista tenha sido tão malvado com esses gênios da bola.

Se não ficassem na geladeira, certamente iriam à Copa e o Brasil não teria voltado tão cedo da Sudáfrica.

Há leis mais definitivas que a do impedimento

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Nem sempre a Lei do Impedimento é aplicável. Muitas vezes, ela bate de frente com outras mais definitivas como as da biologia e da física.

No lance do gol da Cocota, por exemplo, é impossível para o bandeira enxergar, a um só tempo, o momento em que o Coelho bate na bola e o Tardelli sai do bolo pra tentar a cabeçada.

O lançador esta à sua esquerda o receptor à sua frente. Se a biologia já tivesse produzido um ser com quatro olhos e nenhuma orelha, teríamos o bandeira perfeito.

(mais…)