Posts com a Tag ‘Fiorentina’

Homem-bomba abre o bico

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Walfrido Jr.

Escrevi este post pra esclarecer as bombas que anuncio no PHD. Eu poderia guardar as informações ou compartilhá-las com meia dúzia de amigos. Mas penso que debatê-las no PHD pode ajudar a direção do Cruzeiro a avaliar as reações da torcida com relação a cada assunto polêmico.

Às vezes, a gente recebe informações e não as divulga a pedido da fonte. Respeita o pedido pra não perder a amizade. Outras vezes, somos informados, assim meio por alto, e corremos atrás da confirmação pra diminuir a quantidade de barrigadas.

Sei que o assunto é polêmico, portanto, deixarei a critério dos leitores do PHD a manutenção ou não deste canal de informações. Canal que me levou a saber das intensas movimentações nos bastidores do Cruzeiro nos últimos dias.

(mais…)

O erro vai bater ponto no RapoCota

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

O erro acompanha o esporte. É rematada tolice perder tempo com chororô. Ele não tem o poder de transformar evento esportivo em operação matemática.

Se os chorões quiserem erro zero, terão de pedir a arbitragem do Sumo Pontífice, único ser sobre a terra com o dom da infalibilidade.

O juiz do RapoCota não tem esta sorte. Vai errar. E o perdedor vai berrar.

Se servir de consolo, informo que o apitador do clássico não será Wagner Tardelli. Ao menos, é o que garante o Diretor de Arbitragem da FMF.

(mais…)

Champions League: hoje, tem oitavas de final

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Mauro França

Uma boa pedida para quem está curtindo um carnaval caseiro é acompanhar o início das oitavas de final da Champions League.

Nessa terça, 16fev, os jogos são Lyon x Real Madrid, em Lyon, e Milan x Manchester, em Milão.

Na quarta, 17fev, jogam Porto x Arsenal, em Lisboa, e Bayern x Fiorentina, em Munique.

Os canais ESPN transmitem as quatro partidas, a partir das 17:30 h.

(mais…)

Satisfação garantida ou meu craque de volta

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Depois da Copa de 58, o Real Madrid contratou Didi, o maestro da seleção campeã do mundo.

Não deu certo. Em pouco tempo, o craque voltou acusando Di Stefano, o maior jogador europeu dos Anos 50, de tê-lo boicotado.

Nos Anos 8o, Dinamite, Sócrates e Portaluppi, ídolos de vascaínos, coríntios e flamengos não viram a cor da bola no Barça, na Fiorentina e na Roma.

Voltaram pra casa com o rabo entre as pernas. Dinamite e Renato ainda se recuperaram neztepaiz ensolarado. Sócrates, nunca mais.

(mais…)

Com este nome, não dá!

domingo, 13 de dezembro de 2009

No início de 1968, o presidente do Cruzeiro, Felício Brandi, recebeu um telefonema de Sorocaba. Era um amigo sugerindo a contratação do beque central do São Bento.

Naquele tempo, jogador não tinha empresário. Olheiros é quem os descobriam e encaminhavam aos clubes.

Felício quis saber o nome do garoto:

– Chevrolet -respondeu se amigo.

– Ah, me desculpe, mas com este nome, não dá pra ele jogar em time profissional. Deve ser um becão de roça.

(mais…)