Posts com a Tag ‘Fernando’

Cruzeiro 2×1 Palmeiras: No peito e na raça

domingo, 5 de dezembro de 2010

Em 3º lugar com 66 pontos, o Cruzeiro precisa vencer o Palmeiras e torcer para Corintias e Fluminense empatarem seus jogos para campeonar. O time não contará com Jonathan, suspenso, e Fabrício, lesionado.

Em 10º lugar com 50 pontos, se vencer, o Palmeiras pode terminar o torneio em 9º lugar. Felipão deu férias para os titulares e mandará a campo o time reserva.

(mais…)

Marra: “Cruzeiro tem mostrado evolução tática”

sábado, 11 de setembro de 2010

Pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do Cruzeiro 1×0 Internacional, no Parque do Sabiá, Uberlândia, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 08set10.

Pesquisa: Romarol.

  1. Juca Kfouri, em seu blog: O Cruzeiro jogou um futebol que foi superior ao do poderoso Inter. Ganhou de 1 a 0, gol conquistado aos 14 minutos, com Everton, um golaço de sem pulo ao receber um cruzamento de trivela. O time azul foi bem melhor no primeiro tempo e mesmo com menos posse de bola, administrou bem a vantagem no segundo. O Colorado não viveu uma noite feliz e perdeu seis pontos para o rival. O Cruzeiro se firma como candidatíssimo.
  2. (mais…)

Torcida só não leva 10 por causa do rojão

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Vasco 1×1 Cruzeiro, em São Januário, Rio de Janeiro, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 28ago10:

  • Cuca – Armou bem o time e fez as substituições recomendadas. Quando se preparava pra colocar dois meias, Montillo pediu pra sair. (João Chiabi Duarte)
  • Torcida – Compareceu em bom número, empurrou o time e só não leva dez com louvor porque um gaiato atirou um rojão na torcida local. Vai ser desajuizado assim lá no raio que o parta! (Síndico)

(mais…)

17ª da A: Dia de Índio… E da 11ª cepada!

domingo, 29 de agosto de 2010

A 17ª rodada do Brasileiro (28 e 29ago10) começou com o empate entre Vasco e Cruzeiro, dois times de muitos empates e poucos gols, em São Januário. Inter e Santos venceram Bota e Goiás, respectivamente, e transformam o G4 em G4+2. E o Ceará que, aos poucos, vai dando adeus às ilusões garantiu um empate em casa contra o Prudente. Domingo de viradas do Porco sobre a Cocota e do Bugre sobre o Urubu. De vitória do Timão e de empates no jogos da noite. O Tricolor carioca continua na ponta, mas a apenas 3 pontos do Corintiãs.

(mais…)

Vasco 1×1 Cruzeiro: Empate foi pouco

sábado, 28 de agosto de 2010

Em 6º lugar com 24 pontos, o Cruzeiro pode avançar até 3 posições. Se perder, pode cair 5 posições.

Cuca terá Fabrício e Thiago Ribeiro de volta, mas pode ficar sem Jonathan, que, após sentir-se mal pode ficar fora da equipe.

Em 9º lugar com 22 pontos, o Vasco pode entrar no G4 se vencer. Perdendo, cai de uma a quatro posições.

PC Gusmão poderá escalar Carlos Alberto, que volta de suspensão, mas não terá o volante Rômulo, suspenso pelo terceiro amarelo.

Felipe deve ceder a lateral-esquerda a Irrazábal e ser transferido para o meio de campo.

(mais…)

Espanha 1×0 Paraguai: Até breve, Larissa

sábado, 3 de julho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Soccer City, em Joanesburgo, Espanha e Paraguai decicem a última vaga para as semifinais da Copa. Quem vencer terá de enfrentar o pesadelo alemão.

A Espanha de Vicente Del Bosque manterá o 4-4-2 com Xavi, Busquets, Xabi Alonso e Iniesta compondo a linha de volantes mais cultuada do futebol atual.

O Paraguai, do argentino Gerardo Martino, jogará no 4-4-2 com Cardoso e Benítez mais avançados. Os guaranis ainda não encontraram o ataque ideal, por isto dependem muito de sua defesa.

O guatemalteco Carlos Batres será o juiz. E nenhum protagonista da partida se sentirá excluído pelo idioma. Nem a exuberante Larissa Riquelme, torcedora paraguaia que conseguiu ofuscar sua própria seleção nesta Copa.    (mais…)

Uruguai 1(4)x1(2) Gana: Eterna Celeste Olímpica

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Soccer City, em Joanesburgo, Uruguai e Gana decidem quem vai às semifinais com arbitragem do português Olegário Benquerença.

Milovan Rajevac escalará Gana no 4-1-4-1 com o artilheiro Asamoah Gyan exercendo a centroavância e Annan a volância.

Oscar Tabárez escala o time charrua no 4-3-1-2 e sua chave da vitória está no trio avançado, Cavani, Suarez e Forlán. (mais…)

Cobras e bagres

terça-feira, 29 de junho de 2010

Esta é a minha seleção da Copa até as oitavas de final:

  • Eduardo Carvalho;
  • Maicon Douglas, Lúcio Ferreira, Juan Santos, Carlos Salcido;
  • Bastien Schweinsteiger;
  • Mesut Özil, Wesley Snejder;
  • Pablo Forlán;
  • David Villa, Asamoah Gyan.
  • Tec: Dunga

E esta a contra-seleção:

  • Robert Green;
  • Jonas Gutierrez, Christian Poulsen, Martin Demichelis, Patrice Evra;
  • An Yong Hak, Kim Kum Il, Achille Emana;
  • Fernando Torres, Jon Tomasson, Nicolas Anelka.
  • Tec: Domenech

N.B.: Minha mãe está precisando de 08 doadores de qualquer tipo de sangue. Pra quem puder ajudar, o nome dela é Terezinha Caldeira Nunes e o hospital é a Santa Casa de Belo Horizonte. Muito obrigado, Marcos Alexandre Soy Loco Por Tri 2010.

Espanha 1×0 Portugal: Lusos naufragam no Cabo das Tormentas

terça-feira, 29 de junho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Estádio Green Point, na Cidade do Cabo, Portugal e Espanha decidema última vaga para as quartas de final da Copa de 2010 com arbitragem do trio argentino formado por Héctor Baldassi, Ricardo Casas e Hernan Maidana.

Vicente del Bosque mandará seguinte Espanha a campo: Casillas; Sergio Ramos, Piqué, Puyol e Capdevila; Busquets, Xabi Alonso (Fábregas), Iniesta e Xavi; David Villa e Fernando Torres.

Caelos Queiroz escalará o selcioando português com Eduardo; Miguel, Ricardo Carvalho, Bruno Alves e Coentrão; Pedro Mendes, Raul Meireles, Tiago (Deco) e Simão Sabrosa; Cristiano Ronaldo e Hugo Almeida.

Cristiano Ronaldo, pelo lado luso, e o meio de campo, pelo lado espanhol serão as chaves do jogo. (mais…)

Sudáfrica 0x3 Uruguai: Pretoriazo

quarta-feira, 16 de junho de 2010

No Loftus Versfeld, em Pretória, Sudáfrica x Uruguai abrem a 2ª rodada da fase de grupos da Copa duelando por uma vaga no Grupo A.

Carlos Alberto Parreira escalará os anfitriões num 4-2-3-1 em que os destaques são os meias Modise, Pienaar e Tshabalala. Se estes caras derem o máximo de si, o Pé de Uva pode conquistar sua 1ª vitória em mundiais dirigindo seleções estrangeiras. 

Oscar Tabárez mandará os orientais num 4-4-2 elementar e torcerá pra Suárez (Ajax) e Forlán (Atlético Madrid), no ataque, e Muslera (Napoli), no gol garantirem seu emprego.

O suíço Massimo Busacca é quem comandará a fuzarca, que os uruguaios aprontarão se a vaca deles estiver indo pro brejo.

Deu no diário esportivo digital uruguaio Ovación:

Uruguay goleó a Sudáfrica y sueña con la clasificación

Gonzalo Larrea

De la mano de Diego Forlán, que metió un golazo y fue la gran figura de la cancha, Uruguay goleó 3 a 0 a Sudáfrica y tras 20 años volvió a festejar en los mundiales. Con el triunfo, la celeste lidera el Grupo A y sueña con la clasificación.

Con autoridad, y una superioridad total en cancha, Uruguay se llevó hoy un triunfo trascendente y vital ante el dueño de casa que lo deja a un paso de los octavos de final.

Tras un buen comienzo, en el que el equipo de Tabárez salió mejor en ataque pero con fallas en la mitad de la cancha, un zapatazo de Forlán desde afuera del área le dio la apertura a Uruguay y abrió el camino para la victoria y la posterior goleada.

 El delantero del Atlético de Madrid controló el balón y tras dar una media vuelta sorprendió con un disparo que se clavó contra el travesaño, desatando la locura celeste en Pretoria.

El golazo de Forlán “agrandó” a Uruguay, que comenzó a generar oportunidades de gol, una tras otra.

Suárez, Cavani y el propio Forlán contaron con buenas y claras chances en el primer tiempo, pero siempre perdonaron.

Sin embargo, la tónica del encuentro no cambió y siguió siendo la celeste, hoy de blanco, el mejor equipo en cancha, que siguió generando y desperdiciando oportunidades de gol, ante una Sudáfrica sin reacción, que casi no inquietó.

De todos modos, la cantidad de goles errados hizo temer lo peor: Uruguay perdonaba y de a poco los bafana-bafana comenzaron a arrimarse. Como si fuera poco, el suizo Massimo Busacca tuvo un pésimo segundo tiempo, inclinando la cancha a favor del local.

Así, en el mejor momento del equipo de Parreira en el partido, una clara falta dentro el área sobre Suárez de Khune, arquero sudafricano, terminó con un penal a favor de Uruguay.

Una vez más, Diego Forlán demostró su clase al rematar fuerte y arriba, imposible para Josephs, quien debió ingresar ante la expulsión de Khune.

El gol liquidó el partido y vació las tribunas del Loftus Versfeld Stadium de Pretoria, que aún tenía por delante la estocada final. El “Palito” Pereira apareció solo por el segundo palo tras una falla de Josephs y remató, con el arco vacío y abajo del travesaño, para decretar la goleada.

Con el triunfo, el primero de Uruguay en los últimos 20 años, la selección se coloca en la cima del Grupo A a la espera de lo que ocurra mañana entre Francia y México.

Ficha del partido Sudáfrica 0x3 Uruguay: Sudáfrica: Itumeleng Khune – Siboniso Gaxa, Aaron Mokoena (cap), Bongani Khumalo, Tsepo Masilela – Siphiwe Tshabalala, Kagisho Dikgacoi, Reneilwe Letsholonyane (Surprise Moriri 57), Teko Modise – Steven Pienaar (Moneeb Josephs 79) – Katlego Mphela. DT: Carlos Alberto Parreira. / Uruguay: Fernando Muslera – Maxi Pereira, Diego Lugano (cap), Diego Godín, Jorge Ciro Fucile (Álvaro Fernández 71) – Egidio Arévalo Ríos, Diego Pérez (Walter Gargano 90+1), Álvaro Pereira – Diego Forlán – Luis Suárez, Edison Cavani (Sebastián Fernández 89). DT: Oscar Washington Tabarez. / Estadio: Loftus Versfeld (Pretoria) / Arbitro: M. Busacca (SUI) / Amonestaciones: Sudáfrica: Pienaar (6), Dikgacoi (43) / Expulsiones: Sudáfrica: Khune (76)