Posts com a Tag ‘Copa União’

Torre de Babel

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O Bispo convenceu alguns políticos paulistanos de que futebol em Sampa tem de acabar às 23h15. Tá encapetado, esse santo homem!

O que ele propõe é uma tolice, mas está dando trabalho e desgasta a emissora líder em audiência, que tem de defender sua grade programação abrindo o o flanco para a crítica de 3% dos torcedores, os camisolões.

(mais…)

Sport, campeão de 1987, ora, bolinhas!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Após 16 anos estudando uma decisão irrecorrível do STJ, o Jurídico da CBF chegou à conclusão de que o campeão brasileiro de 1987 é o Sport Clube Recife.

Nada de novo. O PHD dissecou a questão em vários posts. Não havia qualquer dúvida quanto ao aspecto legal. No esportivo, só teleguiados pela mídia flamenga insistiam no assunto tentando passar uma rasteira na Justiça.

O Fla perdeu a taça das bolinhas. Evaporou-se o hexa sem penta. Resta ao rubronegro carioca o título de campeão da Copa União, o torneio que resultou do golpe de estado perpetrado por cartolas e jornalistas em 1987.

Naquela ocasião, o 2º e o 4º colocados de 1986, Guarani e América carioca, respectivamente, foram rebaixados para um módulo que os  golpistas -entre eles, o Cruzeiro- quiseram transformar em 2ª divisão.

Criciúma, 9º, Portuguesa, 11º, Inter de Limeira, 12º e Joinville, 14º, também foram excluídos do grupo dos 16 eleitos pra Copa União, que se queria a elite do futebol. E times que ficaram abaixo do 16º lugar -Inter, Santos, Santa Cruz e Goiás- foram integrados à suposta divisão de principal. Piada de mau gosto.

Acabou-se a lenga-lenga. A taça da bolinhas é do São Paulo, 3º penta campeão brasileiro de verdade. O 1º, o Santos Futebol Clube (61, 62, 63, 64, 65), não leva o troféu, porque ele não existia nos Anos 60. O 2º, a Sociedade Esportiva Palmeiras (60, 67, 72, 73, 93) também não e pelos mesmos motivos.

De hoje em diante, os rubronegros do Recife não têm mais que ficar esfregando a decisão judicial nas fuças de seus detratores instalados nas redações do Eixo.

Arísio França, um jacaré azul

sábado, 26 de dezembro de 2009

O setelagoano Arísio França é um torcedor linha dura. Não perde jogo do Cruzeiro no Mineirão. Não dá sossego aos rivais na volta pra Selagoa em dias de RapoCota.

Tira sarro dos rivais com risada de jacaré.

E, vejam vocês, ele já defendeu o arco do time de Vespasiano. Uma pena, não ter continuado por lá. Com certeza, o Cruzeiro não teria gastado duas finais pra meter 10 gols na Cocota. Bastaria a primeira…

  1. Seu graça, sua praçaArísio Alves França Júnior, nascido em 27jun77, em Sete Lagoas, onde moro no bairro Canaan.
  2. (mais…)

Hexa é farsa

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Marcos Pinheiro

Com o título do Flamengo, volta à baila a questão do campeonato brasileiro de 1987. O assunto já foi objeto de debate no PHD mais de uma vez, mas voltamos à carga devido à sua relevância. (mais…)