Posts com a Tag ‘Athirson’

O Cruzeiro não está quebrado

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Mensagem enviada pelo João Chiabi Duarte:

Prezados:

Como anda a situação financeira do Cruzeiro?

Compartilho o pouco que sei e tenho lido, visto e ouvido de pessoas que estão no meio do futebol a respeito do tema, em 10 tópicos:

1. O Cruzeiro não está quebrado. Hoje, entre os grandes clubes do Brasil, é um dos menos deve. Pelo que pude apurar as nossa dívidas reais beiram a casa dos R$100 milhões, mas, quase toda bem equacionada (REFIS, IR, INSS etc).

2. Mesmo tendo alcançado junto ao BMG um patrocínio naster destacado como o melhor de sua história, o Cruzeiro em 2010 está sendo penalizado por:

  • Queda acentuada de bilheteria, notadamente após o fechamento do Mineirão.
  • Queda acentuada de receita com o Sócio do Futebol com a perda de 15 mil associados (R$60 x 15 mil = R$900.000 / mês).
  • A folha salarial foi onerada pela manutenção do elenco, tendo como balizador o Kleber, fato que provocou substancial elevação nos salários de outros jogadores. Também por mérito deles, é bom que se diga.
  • Não ter realizado nenhuma venda expressiva. Até o 7° mês do ano, o Cruzeiro teve como venda mais importante o repasse de 50% de Kleber ao Palmeiras (ainda dividido com o parceiro EMS Pharma) por R$6,5  milhões.

3. Com isto o déficit mensal hoje é da ordem de R$1 milhão / mês.

4. O Cruzeiro tem, segundo consta no BID, um número muito grande de jogadores sob contrato (em torno de 200 segundo alguns colegas, mas há que se confirmar porque podem estar sendo incluídos todos os atletas da base nesta contagem… Sem dúvida, é a quantidade é maior do que a dos demais clubes da série A), emprestados a times menores. Muitos desses jogadores são pagos com subsídio do Cruzeiro. ISe isto for confirmado, pode ser uma das razões de sangria do caixa. Até aqui, isto é mera suposição, pois essa rubrica não foi aberta nas últimas prestações de contas do clube.

5. Outro ponto importante e muito comentado: o Cruzeiro tem um clube de estrutura pesada e custos fixos elevados, que precisa ser ajustado para ter contas dentro de parâmetros mais condizentes para uma organização de seu porte. Isto talvez justifique as saídas de Claret e Maluf, entre outros. Pode ser que a contenção já esteja sendo feita.

6. Também é um fato o baixo índice de aproveitamento de pratas-da-casa nos últimos tempos. A base custa ao clube perto de R$700 mil / mês. Uma das razões pelas quais o Zezé Perrela puxou Dimas Fonseca para a gestão do futebol profissional foi exatamente ele ter feito uma gestão severa na base, com expressiva redução de custos. Ora, se hoje o dispêndio supera os R$8 milhões anuais, o retorno é baixíssimo, pois, apenas Guilherme e Diego Renan se firmaram entre os titulares nos últimos 4 anos, o que é muito pouco.

7. Nos últimos tempos, o Cruzeiro teve vários jogadores que ficaram muito tempo parados, o que afeta os gastos ao impedir estabilidade e repetição de escalações. Os treinadores viviam improvisando. Alguns Casos:

  • Sorin, Athirson e Fernandinho em 2009 (simultâneas).
  • Gilberto e Roger em 2010.
  • Luizão, Leo Fortunato, Leonardo Silva e Thiago Heleno, recentemente.
  • Kleber no 2° semestre de 2009.
  • Fabinho, Paraná, Ramires, Jonathan, Henrique, Gérson Magrão foram improvisados várias vezes nos últimos tempos.
  • Araújo, Gil, Elber, Sandro, Thiago Gosling, Luizão, Kerlon tiveram longas temporadas de recuperação. São desperdícios que precisam ser melhor avaliadas pela comissão técnica, Departamentos Médico, Fisiologia, Fisioterapia etc.

8. Um outro motivo alegado por muitos é a política de contratações do clube nos últimos tempos. Vamos relembrar alguns casos para avaliá-los:

  • Jogadores contratados como solução de problemas e que pouco jogaram:  Jael (nem jogou), Luizão (nem jogou), Leandro Silva (na volta do Porto, foi outro que não jogou nem 10% das partidas), Sorin (nesta 3ª passagem), Thiago Gosling (jogou muito pouco nesta 2ª passagem), Kieza (ninguém sabe porque veio), Alessandro (pouco jogou), Anderson Lessa (pouco jogou e mesmo sem ter ido mal, foi colocado na lista de dispensáveis).
  • Jogadores contratados, que foram colocados em clubes parceiros: Radar, Matheus, Evandro, Fahel, Eraldo, Márcio Guerreiro, Davi etc. Foram investimentos que só deram prejuízo..

Durante bom tempo, o time ficou sem jogadores pra zaga, lateral-esquerda, armação (camisa 10) e com excesso de volantes por exemplo. Adílson se virou e era um show de Elicarlos de lateral-direito, raramente jogando em sua função de origem (o garoto, que é muito bom de bola, acabou se queimando junto ao torcedor, especialmente com quem assiste aos jogos com o fonezinho no ouvido). Magalhães, Vinícius, Neguette, Bernardo e Dudú (neste caso, a indisciplina pesou contra os jovens de grande talento e que tem tudo ainda para fazerem história no clube), Eliandro, Rafael e até Sebá foram chamuscados pelo imediatismo do torcedor e por terem sido lançados fora de hora.

9. Como cruzeirenses, temos que fazer o possível pelo clube, mas sem a sanha da revanche ou da vingança. Sem a pecha de anti-isto ou anti-aquilo. Conheço vários conselheiros do Cruzeiro que são gente do bem, que estão a anos a fio a dar a sua contribuição ao clube, como os irmãos José Francisco e Hermínio Lemos, Dr. José Ramos, os irmãos Paulo César e Flávio Carvalho, os irmãos Peluzzo, meu primo Maurício Duarte, Dr. Djalma Fernandes, Dr. Gilvan Tavares, Dr. João Carlos Gontijo, Dr. Célio Elias, Dr. Ronaldo Nazaré, Ângelo Cattabriga, os irmãos Fernando, Célio e Lúcio de Souza, meu grande primo pelo outro lado familiar e conselheiro presente que é Clemenceau Chiabi Saliba Jr., José Maria Fialho, Marcinho Atacadista, entre tantos outros. Não aceito generalizar e dizer que nosso conselho seja gente sem opinião, algo que os detratores dos Irmãos Perrella tentam passar à opinião pública.

10. Finalmente, creio que o Cruzeiro vai começar o processo de reversão ainda este ano. Teremos de mudar um pouco a visão quanto às tais parcerias e focar num grupo menor de jogadores. Mesclar grandes talentos às jovens promessas que o clube tem condições de revelar. Não podemos continuar revelando jogadores e os repassar para ver se estouram no Ipatinga, Cabofriense, Nacional da Ilha da Madeira ou Sporting de Braga. E de mais a mais, já está passando da hora de parar de fazer negócios com os portugueses. Tenho a impressão de sempre estamos levando a pior. Melhor seria continuar a negociar com franceses e russos (rs, rs, rs).

Saudações Azuis,

João Chiabi Duarte

Doze motivos pra se derrubar um treinador

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Eis os doze trabalhos de Adílson Baptista. E também os doze motivos para o ódio que traíras e teleguiados sentem por ele.

  1. Cruzeiro 0x0 Atlético-MG, domingo, 09mar08, 16h, Mineirão, 7ª rodada do Campeonato Mineiro (6ª partida do Cruzeiro) – Público: 54.825 pagantes, 57.242 presentes – Renda: R$869.174,50 – Juiz: Alício Pena Jr. (MG) – Bandeiras: Márcio Eustáquio Santiago e Helbert Costa Andrade – Amarelos: Marcos, Márcio Araújo, Xaves, Danilinho (Atl) Marcinho (Cru) – Atlético-MG: Juninho; Coelho, Leandro Almeida, Marcos e Thiago Feltri; Márcio Araújo, Xaves, Renan e Sidnei (Gérson); Danilinho e Marinho (Marcelo Nicácio). Tec: Geninho / Cruzeiro: Fábio; Jonathan (Elicarlos), Thiago Heleno, Espinoza e Jadílson; Marquinhos Paraná, Ramires, Charles (Sandro) e Wagner; Marcelo Moreno e Guilherme (Marcinho). Tec: Adilson Batista.
  2. Cruzeiro 5×0 Atlético-MG, domingo, 27abr08, 16h, Mineirão, jogo de ida da final do Mineiro 2008 – Público: 48.903 pagantes e 51.063 presentes – Renda: R$1.011.000,20 – Juiz: Paulo Cesar Oliveira (SP) – Bandeiras: Maria Eliza Correia Barbosa e Emerson Augusto de Carvalho (SP) – Amarelos: Xaves (Atl); Thiago Heleno, Marquinhos Paraná e Ramires (Cru) – Gols: Moreno, 12, Marcos (contra), 19, e Ramires, 38, do 1º tempo; Guilherme, 21, e Wagner, 33 do 2º – Atlético-MG (com uniforme tradicional, no 4-3-3): Juninho; Gérson (Renan), Leandro Almeida, Marcos e Thiago Feltri (Agustin Viana); Rafael Miranda, Xaves, Márcio Araújo e Danilinho; Marques e Renan Oliveira (Marcelo Nicácio). Tec: Geninho / Cruzeiro (com uniforme tradicional, no 4-3-1-2): Fábio; Charles (Fabrício), Thiago Heleno, Espinoza e Jadílson (Jonathan); Henrique, Ramires e Marquinhos Paraná, Wagner; Guilherme e Marcelo Moreno (Leandro Domingues). Tec: Adílson Baptista
  3. Cruzeiro 1×0 Atlético-MG, domingo, 04mai08, 16h, Mineirão, jogo de volta da final do Mineiro 2008 – Público: 39.187 pagantes e 41.563 presentes – Renda: R$ 732.420,00 – Juiz: Evandro Rogério Roman (PR) – Bandeiras: Roberto Braatz e Edney Guerreiro Mascarenhas (PR) – Amarelos: Thiago Heleno, Elicarlos (Cru); Coelho, Agustin Viana, R. Miranda (Atl) – Vermelhos: Renan (Atl) 23, Danilinho (Atl), 36 e Charles (Cru), 41 do 2º tempo – Gol: Marcelo Moreno, 30 do 2º tempo – Cruzeiro (com uniforme tradicional, no 4-3-1-2): Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Thiago Martinelli e Jadílson; (Charles); Elicarlos (Henrique), Fabrício (Guilherme) e Marquinhos Paraná; Wagner; Marcinho e Marcelo Moreno. Tec: Adílson Baptista / Atlético-MG (com uniforme tradicional, no 4-3-3): Juninho; Coelho (Xaves); Vinícius, Leandro Almeida e Agustín Viana (Renan); Rafael Miranda, Márcio Araújo e Gérson; Danilinho, Eduardo (Marinho) e Marques. Tec: Geninho.
  4. Cruzeiro 2×1 Atlético-MG, domingo, 13jul08, 16h, Mineirão, 11ª rodada do Campeonato Brasileiro – Público: 37.644 pagantes e ? presentes – Renda: R$698.075,00 – Juiz: Sálvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP)- Bandeiras: Helberth Costa Andrade e Jair Albano Felix (MG) – Amarelos: Wagner, Charles, Weldon, Jonathan e Ramires (Cru) – Gols: Danilinho, 33, Martinelli, 35 dp 1º tempo; Ramires, 47 do 2º – Cruzeiro: Fábio; Marquinhos Paraná, Espinoza, Thiago Martinelli e Jadílson (Jonathan); Charles, Fabrício e Ramires e Wagner; Weldon (Rômulo) e Fabinho (Gérson Magrão). Tec: Adilson Batista / Atlético-MG: Edson; Mariano (Castillo), Marcos, Vinícius e César Prates; Serginho, Márcio Araújo, Renan e Petkovic (Marques); Danilinho e Eduardo (Almir). Tec: Alexandre Gallo.
  5. Cruzeiro 2×0 Atlético-MG, domingo, 19out08, 16h, Mineirão, 30ª rodada do Campeonato Brasileiro – Público: 52.884 pagantes – 54.000 presentes – Renda: R$1.008.651,50 – Juiz: Wagner Tardelli (RJ) – Bandeiras: Alessandro A. R. de Matos (BA) e Milton O. dos Santos (RN) – Amarelos: Márcio Araújo, Vinícius, Juninho (Atl), Guilherme (Cru) – Gols: Jonathan, 42 do 1º tempo; Guilherme, de pênalti, 48 do 2º – Cruzeiro: Fábio; JonathanLeo Fortunato, Thiago Heleno e Carlinhos; Marquinhos Paraná, Henrique (Elicarlos, 40, 2º) e Ramires; Fernandinho (Wagner, 21, 2º); Thiago Ribeiro (Camilo, 33, 2º) e Guilherme. Tec: Adilson Batista / Atlético-MG: Juninho; Sheslon, Vinícius, Leandro Almeida, Denílson (Rafael Aguiar, intervalo); Elton (Tchô, 31, 2º), Serginho, Márcio Araújo e Renan Oliveira; Castillo e Marques (Pedro Paulo, 16, 2º). Tec: Marcelo Oliveira.
  6. Cruzeiro 4×2 Atlético-MG, sábado, 17jan09, 16h15, Estádio Centenário, Montevidéu, Uruguai, jogo preliminar da rodada de abertura da Copa Bimbo (Torneio de Verão para a imprensa mineira) – Transmissão: Globo Minas e SporTV 2 – Público: ? – Renda: ? – Juiz: Jorge Larrionda (Uru) – Bandeiras: Walter Rial e Marcelo Gadea (Uru) – Amarelos: Sheslon (Atl); Fernandinho (Cru) – Gols: Renan, contra, aos 17, Diego Tardelli, 36, Fernandinho, pênalti, 39, Ramires, 46 min do primeiro tempo; Diego Tardelli, 22, e Soares, 44 min do segundo – Cruzeiro: Fábio; Jonathan (Jancarlos), Thiago Heleno (Leonardo Silva) e Fernandinho; Marquinhos Paraná, Henrique e Ramires; Wagner (Camilo); Thiago Ribeiro (Soares) e Wellington Paulista (Alessandro). Tec: Adilson Batista / Atlético-MG: Juninho, Welton Felipe, Leandro Almeida e Marcos (Tchô); Carlos Alberto, Renan (Sheslon), Rafael Miranda (Márcio Araújo), Júnior (Lopes) e Thiago Feltri (Raphael Aguiar); Éder Luís e Diego Tardelli. Tec: Emerson Leão.
  7. Cruzeiro 2×1 Atlético-MG, domingo, 15fev09, 16h, Mineirão, Belo Horizonte, 5 rodada do Campeonato Mineiro de 2009 – Transmissão: PFC (pague-pra-ver) – Público: 47.802 pagantes, 50.874 presentes – Renda: R$972.856,50 – Juiz: Alício Pena Jr. (MG) – Bandeiras: Márcio Eustáquio Santiago e Celso Luiz da Silva (MG) – Amarelos: Welton Felipe, Leandro Almeida, Júnior (Atl), Fábio, Jancarlos, Thiago Ribeiro, Gerson Magrão, Soares, Henrique e Andrey (no banco) (Cru) – Vermelhos: Welton Felipe (Atl), Thiago Ribeiro (Cru) – Gols: Ramires, 18, Soares, 42 do primeiro tempo; Diaego Tardelli, 32 so segundo – Cruzeiro: Fábio; Jancarlos (Jonathan), Leo Fortunato, Thiago Heleno e Fernandinho; Henrique, Marquinhos Paraná e Ramires; Gerson Magrão (Wagner); Thiago Ribeiro e Soares (Wellington Paulista). Tec: Adilson Batista / Atlético-MG: Juninho, Marcos Rocha (Werley), Welton Felipe, Leandro Almeida e JúniorCarlos Alberto, Renan (Thiago Feltri), Márcio Araújo e Yuri (Marcos); Éder Luís e Diego Tardelli. Tec: Emerson Leão.
  8. Cruzeiro 5×0 Atlético-MG, domingo, 26abr09, 16h, Mineirão, Belo Horizonte, jogo de ida das finais do Campeonato Mineiro de 2009 – Transmissão: Globo Minas e PFC (pague-pra-ver) – Público: 47.489 pagantes, 49.380 presentes – Renda: R$1.078.742,50 – Juiz: Paulo César de Oliveira (SP) – Bandeiras: Roberto Braatz (PR) e Maria Eliza Barbosa (SP) – Amarelos: Gerson Magrão, Leonardo Silva, Kléber e Wellington Paulista (Cru); Werley (Atl) – Vermelhos: Renan e Leandro Almeida (Atl); Ramires (Cru) – Gols: Kléber, 39 do 1º tempo; Leonardo Silva, 10, Leonardo Silva, 16,  Jonathan, 34, Jonathan, 41 do 2º tempo – Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Leo Fortunato, Leonardo Silva e Gerson Magrão; Marquinhos Paraná, Fabrício (Henrique) e Ramires; Wagner; Thiago Ribeiro (Soares) e Kleber (Wellington Paulista). Tec: Adílson Batista / Atlético-MG: Juninho; Werley (Marcos Rocha), Leandro Almeida, Marcos e Júnior; Renan, Rafael Miranda, Carlos Alberto e Márcio Araújo (Kleber); Lopes (Chiquinho) e Diego Tardelli. Tec: Emerson Leão.
  9. Cruzeiro 1×1 Atlético-MG, domingo, 03mai09, 16h, Mineirão, Belo Horizonte, jogo de volta das finais do Campeonato Mineiro de 2009 – Transmissão: Globo Minas e PFC (pague-pra-ver) – Público: 38.186 pagantes, 40.00 presentes (estimativa) – Renda: R$945.846,00 – Juiz: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa-RS) – Bandeiras: Carlos Berkenbrock (SC) e Katiuscia Mendonça (ES) – Amarelos: Carlos Alberto, Rafael Miranda, Diego Tardelli (Atl), Wagner, Henrique, Jancarlos, Gérson Magrão, Kléber, Gustavo (Cru) – Vermelhos: Carlos Alberto, Welton Felipe (Atl), Wellington Paulista (Cru) – Gols: Fabiano, 16, Kleber, de pênalti, 22 do 1º tempo – Cruzeiro: Fábio; Jancarlos (Elicarlos), Leo Fortunato, Gustavo Schiavolin e Gerson Magrão; Henrique (Elicarlos), Fabrício (Sorín) e Marquinhos Paraná; Wagner; Soares (Wellington Paulista) e Kleber. Tec: Adílson Batista / Atlético-MG: Juninho; Marcos Rocha, Marcos, Welton Felipe e Júnior; Rafael Miranda, Carlos Alberto, Márcio Araújo e Fabiano (Júnior Carioca); Eder Luís e Diego Tardelli. Tec: Emerson Leão.
  10. Catadão do Cruzeiro 0×3 Atlético-MG, domingo, 12jul09, 16h, Mineirão, Belo Horizonte, 10ª rodada do Campeonato Brasileiro – Transmissão: Globo Minas e PFC (pague-pra-ver) – Público: 22.583 pagantes – Renda: R$424.612,23 – Juiz: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP) – Bandeiras: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Janette Mara Arcanjo (MG) – Amarelos: Marcos Rocha, Márcio Araújo, Renan (Atl);  Diego Renan, Elicarlos, Wanderley, Athirson (Cru) – Vermelhos: Zé Carlos, aos 10 segundos do 1º tempo (Cru) – Gols: Júnior, 32, Alessandro, 44 do 1º tempo;Eder Luís, 43 do 2º – Cruzeiro: Andrey; Jancalos, Neguete, Vinicius e Diego Renan; Fabinho (Anderson Beraldo), Fabricio e Elicarlos; Athirson, Tiago Ribeiro (Wanderley) e Zé Carlos. Tec: Adílson Batista/ Atlético-MG: Aranha; Marcos Rocha (Alessandro), Werley, Welton Felipe e Thiago Feltri, Jonílson, Renan, Márcio Araújo e Júnior; Eder Luís e Diego Tardelli. Tec: Celso Roth.
  11. Cruzeiro 1×0 Atlético-MG, segunda-feira, 12out09, 16h, Mineirão, Belo Horizonte, 29ª rodada do Campeonato Brasileiro – Transmissão: PFC (pague-pra-ver) – Público: 45.959 pagantes, 48.106 presentes – Renda: R$822.435,00 – Juiz: Sálvio Spínola Fagundes Filho (SP) – Bandeiras: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Vicente Romano Neto (SP) – Amarelos: Rentería e Jonilson (Atl); Gilberto, Elicarlos, Gil e Fábio (Cru) – Gols: Wellington Paulista, 11 do 1º tempo – Cruzeiro: Fábio; Jonathan, GIL, Leonardo Silva e Diego Renan; Henrique, Fabrício e Marquinhos Paraná; Gilberto (Elicarlos); Thiago Ribeiro (Leandro Lima) e Wellington Paulista (Guerrón). Tec: Adílson Batista / Atlético-MG: Carini; Carlos Alberto, Benítez, Werley e Thiago Feltri; Jonílson, Correa, Márcio Araújo (Pedro Oldoni) e Evandro (Ricardinho); Eder Luiz e Rentería (Alessandro). Tec: Celso Roth.
  12. Cruzeiro 3×1 Atlético-MG, sábado, 20fev10, 17h, Mineirão, Belo Horizonte, 6ª rodada do Campeonato Mineiro – Transmissão: PFC (pague-pra-ver) – Público: 41.591 pagantes – Renda: R$988.227,50 – Juiz: Renato Cardoso da Conceição – Bandeiras: Guilherme Dias Camilo e Jair Albano Félix – Amarelos: Kleber (Cru), Coelho, Werley, Jairo Campos (Atl) – Gols: Gil, 22, Jairo Campos, 30 do 1º tempo; Leonardo Silva 36, Roger Secco, 43 do 2º – Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Gil, Leonardo Silva e Diego Renan (Pedro Ken); Elicarlos, Henrique, Marquinhos Paraná; Gilberto (Roger Secco); Thiago Ribeiro (Bernardo) e Kleber. Tec: Adílson Batista / Atlético-MG: Carini; Coelho, Werley, Jairo Campos e Leandro Silva;  Jonílson (Marques), Correa, Renan Oliveira (Obina) e Ricardinho (Júnior); Diego Tardelli e Muriqui. Tec: Vanderlei Luxemburgo.

N.B.: Dedico este post aos dois presidentes do Cruzeiro. O do grupinho de chegados e o da torcida. E também aos traíras teleguiados.

Cruzeiro vs Cruzeiro

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

O Cruzeiro de hoje é melhor ou pior do que o da final da Libertadores de 2009?

Minha comparação leva em conta não apenas nomes, mas a fase técnica de cada componente da equipe.

E também fatores subjetivos ou difíceis de mensurar objetivamente. O resultado ficou 11×11.

Estamos na mesma. Estamos mesmo?  

  • 2009 = 2010
  • Fábio = Fábio
  • Jonathan < Jonathan
  • Thiago Heleno << Gil
  • Leonardo Silva > Leonardo Silva
  • Gerson Magrão << Diego Renan
  • Henrique = Henrique
  • Marquinhos Paraná = Marquinhos Paraná
  • Ramires >>>>>>>> Pedro Ken
  • Wagner > Gilberto
  • Athirson << Bernardo
  • Kleber < Kleber
  • Wellington Paulista = Wellington Paulista
  • Thiago Ribeiro < Thiago Ribeiro
  • Adilson Batista = Adílson Baptista
  • Entrosamento < Entrosamento
  • Motivação > Motivação
  • Iluminação > Iluminação
  • Condição Física < Condição Física

P.S.: Alguém duvida de que haverá cruzeirenses torcendo contra o time, hoje, pra derrubar treinador, cartola ou jogador indesejado?

O elenco dos Anos Zero

domingo, 3 de janeiro de 2010

Alguém sabe se existe algum site em que seja possível consultar os elencos ano a ano?

Fiz uma rápida pesquisa em alguns jogos no site Futpédia. Eis uma relação do que passou pelo Cruzeiro de 2000 a 2009 (peguei um ou dois jogos por ano + alguns nomes de memória).

 O que eu queria mesmo era uma divisão por semestre, para pelo menos identificar a base de cada time, mas acabei misturando tudo…

Moema Fox

  • 2000 – André Doring, Jefferson, Fábio, Fabiano, Glayssinho, Rodrigo Posso, / Zé Maria, Fernandinho, Maicon, Clebão, Alexandre, Marcelo Djian, Luisão, Márcio, Cris, Sorin, Alonso, Rodrigo, / Marcos Paulo, Ricardinho, Donizete Oliveira, Donizete Amorim, Viveros, Rony, Mancuso, Cleber Monteiro, Wendel, Valdo, Alê, Paulo Isidoro II, Sérgio Manoel, / Geovanni, Muller, Jackson, Oséas, Fábio Júnior, Marcelo Ramos, Zé Roberto,  Renato Cella, Cristian, Leandro, Alex Mineiro, Deílton. Tec: Paulo Autuori, Marco Aurélio, Luiz Felipe Scolari
  • 2001 – Bosco, Jefferson, André Doring, / Maguinho, Maicon, Luizinho Netto, Neném, Rodrigo, Cris, Luisão, Bill, Irineu,  Alex Xavier, João Carlos, Clebão, Márcio, Fernandinho, Sorín, Beto, Maxwell, William Boaventura, Alex Santos, / Marcos Paulo, Ricardinho, Alê, Cléber Monteiro, Joelson, Leandro, Viveros, Mancuso, Abedi, Diego, Alex 10, Marcus Vinícius, / Edmundo Animal, Geovanni, Jussiê, Rincón, Augusto Recife, Jorge Wagner, Muller, Oséas, Marcelo Ramos, Adriano Chuva, Sérgio Manoel, Alessandro Cambalhota , Leonardo, Kanu, Edmílson, Wandeir.  Tec: Luiz Felipe Scolari, Paulo Cesar Carpeggiani, Ivo Wortmann, Darlan Schneider, Marco Aurélio
  • 2002 – Gomes, Jefferson, Gleguer, Alexandre Favaro, Gomes/ Ruy Cabeção, Maicon, Alemão, Cris, Luisão, Marcelo Batatais, Irineu, João Carlos, Thiago Gosling, Sorín, Leandro Silva, Jorginho Paulista, Rondinelli, Alex Santos, / Augusto Recife, Danilo, Victor Quintana, Fernando Miguel, Viveros, Ricardinho, Paulo Miranda, Vander, Alex 10, Wendel, / Lucas, Jussiê, Marcelo Ramos, Fábio Júnior, Joãozinho, Lúcio, Alessandro Cambalhota, Kanu, Wandeir, Edílson. Tec: Marco Aurélio, Wanderley Luxemburgo
  • 2003 – Gomes, André Doring, Artur Moraes, Alexandre Favaro, / Maurinho, Maicon, Cris, Luisão, Edu Dracena, Thiago Gosling, Gladstone, Irineu, Marcelo Batatais, Leandro Silva, Emerson Nunes, / Itaparica, Leo Silva, Cleber Monteiro, Augusto Recife, Maldonado, Felipe Melo, Sandro Sarará, Jardel, Paulo Miranda, Martinez, Márcio, Marcinho, Wendel, Alex 10, Zinho, Marcinho, / Aristizábal, Kanu, Diego, Jussiê, Deivid, Mota, Márcio Nobre, Marcelo Ramos,  Tiago Pereira, Alex Dias, Alex Alves.  Tec: Wanderley Luxemburgo
  • 2004 – Gomes, Artur Morais, Doni, Thiago Braga, Alexandre Favaro, Gatti, / Maurinho, Marco Aurélio, Alessandro, Maicon, Ruy Cabeção, Alemão, Michel, Marcelo Batatais, Cris, Edu Dracena, Marcelo Batatais, Bruno Quadros, Gladstone, Irineu, Régis, Leandro Silva, / Leandro, Martinez, Mancuso, Jardel, Sandro Sarará, Martinez, Augusto Recife, Wendel, Márcio Hahn, Marcinho, Maldonado, Alex 10, Walter Minhoca, Adriano Gabiru, / Rivaldo, Guilherme, Jussiê, Lima, Dudu, Tápia, Fred, Schwenck, Kanu, Márcio Diogo, Alex Dias. Tec: Wanderley Luxemburgo, PC Gusmão, Marco Aurélio, Ney Franco
  • 2005 – Fábio, Artur Morais, Thiago Braga, Gatti, / Maurinho, Ruy Cabeção, Michel, Jonathan, Edu Dracena, Gladstone, Marcelo Batatais, Irineu, Moisés, Argel, Leandro Eusébio, Patrick, Athirson, Anderson Paim, / Victor Júnior, Fábio Santos Vidaloka, Martinez, Marabá, Maldonado, Diogo Mucuri, Diogo Duran, Lopes Tigrão, Kelly, Francismar, Wagner, / Kerlon, Weldon, Diego Clementino,  Adriano Gabiru, Fred, Jean, Alecsandro, Wando Tiririca, Daniel Morais, Adriano Louzada, Tadeu, André Luiz Leite. Tec. Levir Culpi, PC Gusmão
  • 2006 – Fábio, Lauro, Juninho, Flávio Guedes, / Jonathan, Michel, Luizinho, Luizão II, Gladstone, Edu Dracena, Teco, Thiago Heleno, André Leone, André Luis Chefão, Júlio César, Anderson Santana, / Augusto Recife, Aldo Souza, Paulinho Dias, Evandro, Fábio Santos Vidaloca, Leo Silva, Jonílson, Diogo Duran, Leandro Bonfim, Martinez, Sandro Sarará, Francismar, Elson, Wagner, / Geovanni, Kerlon, Alecsandro, Elber, Araújo, Ferreira, Gil, Fábio Pinto, Carlinhos Bala, Jonathas, André Luiz Leite, Diego Silva, Adriano Rodrigues. Tec. PC Gusmão, Oswaldo de Oliveira
  • 2007 – Fábio, Lauro, Gatti, Bruno Pianissola, Flávio Guedes, / Gabriel, Mariano, Jonathan, Peter, Ângelo, Herick, Eliézio, Simões, Wellington, Rodrigão, Leo Fortunato, Thiago Heleno, Luizão II, Gladstone, Wellington, Leandro Amaro, Edimar, Alemão, Maicon II, Fabio Santos, Anderson Imaturo, Fernandinho, João Victor, / Renan, Jardel, Aldo Souza, Daniel Tijolo, Luiz Alberto, Sandro Sarará, Leo Silva, Paulinho Dias, Charles, Ramires, Leandro Domingues, Maicossuel, Ricardinho, Wagner, Marcinho Bochecha, Fernando Oliveira, Tallys, / Diego Clementino, Kerlon, Geovanni, Guilherme, Araújo, Rômulo, Roni, Nenê, Alecsandro, Pedro Júnior, Fellype Gabriel, Marcelo Moreno, Vinícius Lopes. Tec: Paulo Autuori, Emerson Ávila, Dorival Júnior
  • 2008 – Fábio, Andrey, Rafael, Bruno Pianissola, / Jonathan, Apodi, Carlinhos, Maurinho, Leo Fortunato, Thiago Heleno, Thiago Martinelli, Thiago Gosling, Espinoza, Wellington, Jadílson, Fernandinho, Espinoza, / Sandro Manoel, Elicarlos, Marquinhos Paraná, Fabrício, Charles, Ramires, Wagner, Henrique, Camilo, Gerson Magrão, Bruno, Luiz Alberto, Zé Eduardo, Marcinho Bochecha, Leo Silva, Pablo, Luís Fernando Sales, / Fabinho, Reinaldo Alagoano, Guilherme, Weldon, Rômulo, Joabe, Marcel, Diego Clementino, Thiago Ribeiro, Jonathas, Jajá, Wanderley, Reina. Tec: Adílson Batista
  • 2009 – Fábio, Andrey, Rafael, Flávio Guedes, / Jonathan, Patric, Jancarlos, Gustavo Schiavolin, Anderson Beraldo, Leonardo Silva, Cláudio Caçapa, Gil, Thiago Heleno, Neguete, Diego Renan, Gerson Magrão, Vinícius, Radar, / Pablo, Marquinhos Paraná, Henrique, Fabrício, Elicarlos, Fabinho, Uchoa, Wagner, Fernandinho, Camilo, Athirson, Bernardo, Gilberto, Leandro Lima, Raphael Luz, / Kleber Gladiador, Wellington Paulista, Thiago Ribeiro, Guerrón, Eliandro, Dudu, Soares, Zé Carlos, Alessandro do Lotação. Tec: Adílson Batista

N.B.: Faltam muitos nomes. Vamos ajudar a Moema a completar a lista (2000 je 2001 á pesquisei). Em negrito, quem chegou a uma Copa do Mundo, jogando ou não.

Santos 1×2 Cruzeiro: Papai Noel existe

domingo, 6 de dezembro de 2009

Em 5º lugar, com 59 pontos, ao Cruzeiro só interessa a vitória. E nem ela basta para conseguir uma vaga na Libertadores de 2010.

Será preciso que o  São Paulo para para o Sport, no Morumbi, ou o Palmeiras perca para o Botafogo, no Engenhão.

Fabrício, contundido, será o desfalque no time titular. Guerrón e Athirson, também contundidos, desfalcarão o banco de reservas.

Gilberto, suspenso, deve ser substituído por Bernardo, a última opção do treinador para a armação de jogadas.

(mais…)

Destaque foi o espírito de luta

domingo, 22 de novembro de 2009

Atuações dos celestes e seus adversários no Atlético 1×1 Cruzeiro, na Arena da Baixada, Curitiba, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 21nov09:

  • Adilson Batista – Bem marcado, pressionado na saída de bola, seu time não funcionou no 1º tempo. No 2º, quando o jogo ficou mais aberto, esteve sempre mais perto de perder do que de vencer, pois o contra-ataque, sua melhor opção ofensiva, não lhe foi concedido. O empate no fim acabou sendo um prêmio de consolação nada desprezível. Considerando-se o fraco elenco de que dispõe, levar a luta por um lugar no G4 até o fim do torneio é mérito seu. E um desespero para seus inimigos pessoais.
  • Torcida – Compareceu, mas pouco se fez ouvir, pois a galera da casa não deu trégua em sua cantoria de 15 mil vozes.

(mais…)

Atlético 1×1 Cruzeiro: Mais luta do que inspiração

sábado, 21 de novembro de 2009

Em 6º lugar, com 55 pontos, o Cruzeiro pode subir até duas posições se vencer a partida. Guerrón, suspenso, desfalca o time.

Em 15º lugar, com 43 pontos, o Atlético ainda corre risco de rebaixamento. Rafael Miranda, lesionado, será o desfalque do rubronegro paranaense.

(mais…)

Oitavas-de-final, amanhã

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

O Grêmio é o time mais doméstico do Morrinhão. E o Cruzeiro um dos menos confiáveis jogando em casa.

O Grêmio está sem técnico. O do Cruzeiro está sob a mira dos torcedores condicionais.

O Grêmio já relaxou, pois seu rival dificilmente conseguirá algo que preste neste torneio.

Já o Cruzeiro continua atento, pois o Atlético-MG está vivo na competição.

O jogo promete. A torcida celeste vai lotar, de novo, o Mineirão. 

(mais…)

O coringa Paraná foi quem estabilizou a defesa

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Atuações dos celestes e seus adversários no Sport 2×3 Cruzeiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Ilha do Retiro, em 07nov09:

  • Fábio – Alguns consideraram imprudente a saída no 1º gol do Sport. Se tivesse ficado,  Wilson não teria o arco aberto à sua disposição. Provavelmente, esses mesmos torcedores o teriam criticado por não sair pra abafar a jogada. No 2º gol, nada pôde fazer. Nos demais lances, esteve correto.  
  • Jonathan – Ficou na poeira, o tempo em que subia pouco ao ataque e, muitas vezes, cumpria o papel de terceiro beque. Quando começou a fazer as jogadas certas no ataque recebeu carta branca pra avançar. Agora, só volta a custo e deixas espaços para os contra-ataques dos adversários. Quem fica na sua cobertura e mais o zagueiro central, pagam a contapor não conterem as blitze pelo lado direito da defesa celeste. Contra o Sport, Henrique e Gil pagaram a conta, mas sobrou também para Paraná e Leonardo. Não está sendo boa a decisão apostar todas as fichas na função de ponta ou de meia-direita.  No 4-4-2, defender ainda é a principal atividade de um lateral. Como atacante, saiu-se bem. Mas é rpeciso equilíbrio.
  • Gil – Estabanado no 1º tempo, entrou nos eixos no 2º. Em sua defesa, diga-se que o Sport forçou o jogo pelo setor direito da defesa celeste e, muitas vezes, ele teve que sair em busca de atacantes ágeis, quando sua especialidade é a bequeira, lugar de rebatidas, “despachos” e corpo-a-corpo conm centroavantes.
  • Leonardo Silva – Tomou um drible de Arce no 1º gol, quando saiu para cobrir Gil, mas recuperou-se, chefiou a defesa e ainda teve forças pra atacar nas bolas paradas. Numa delas, fez o gol de empate, melhroando seu conceito com a torcida e os comentaristas, que lhe encheram a bola nas avaliações pós-jogo.
  • Diego Renan – Atacante no 1º tempo, quando voltou pra defesa, não conseguiu marcar com eficiência. Bom atacante, defensor mediano, acabou sacado porque o time precisou marcar forte pra segurar a vantagem no 2º tempo.
  • Henrique – Com Diego e Fabrício atacando e Leonardo às voltas com as falhas do parceiro de zaga, teve dificuldades no 1º tempo, pois Fininho, Fabiano, Pimenta e Arce atacaram pelo corredor deixado por Jonathan. Depois, com o time mais equilibrado defensivamente, quando Paraná virou líber à frtente da zaga, armou boas jogadas pela esquerda e arriscou saídas pela esquerda. Numa delas,cavou e  bateu o lateral que resultou na jogada do gol da vitória.
  • Fabrício – Foi mais armador e atacante do que volante de contenção, o que enfraqueceu o sistema defensivo. Sua determinação contagia o time na busca de vitórias. Saiu baleado após esforçar-se além do que permitia sua condição física.
  • Fabinho – Foi um bom volante de contenção. Como exigia a fase do jogo em que atuou.
  • Marquinhos Paraná – Teve dificuldade para cobrir o setor abandonado por Renan, que jogou como meia e ponta-esquerda. Mas foi quem conserou a defesa quando o treinador reposicionou o sistema defensivo, ássando-lhe a incumbência de proteger a zaga. O fez com maestria.
  • Athirson – Entrou com o time em vantagem e arriscou pouco. Cuidou do corredor esquerdo e saiu pouco para o ataque.
  • Gilberto – Bem marcado, pouco apareceu no começo da partida. Aos poucos, encontrou espaços para jogar pelo lado esquerdo criando dificuldades para o lateral improvisado, Moacir. Em seu melhor lance, serviu Leonardo Silva para o gol de empate.
  • Thiago Ribeiro – O lutador de sempre marcando a saída de bola. O jogador tático de sempre abrindo a defesa com jogadas pelos flancos. Eainda fez um gol, o que está começando a virar rotina. Boa atuação.
  • Wellington Paulista – Obrigou Magrão a praticar uma grande defesa, deu passe para o gol de Guerrón e lutou como sempre.
  • Guerrón – Marcou um gol, fez algumas boas jogadas com seu entusiasmo de atacante-atacante. Com o passar do tempo, perdeu o pique e foi se apagando. Se conseguir se manter ligado durante todo o tempo, pode se firmar no time.
  • Adílson Baptista – Se o futebol indígena do começo da partida, quando os dois laterais e um dos volantes partiram para o ataque ao mesmo tempo deixando a defesa desprotegida foi determinado por ele, foi mal. Se não foi, melhor. De qualquer forma, acertou a marcação colocando Paraná na contenção. E foi consciente ao promover alterações pra não permitir uma nova virada por falta de consistência defensiva.
  • Torcida – Compareceu em bom número e, mesmo em minoria, muitas vezes dominou a cena. Principalmente, quando a torcida local caiu em depressão. Ao menos, foi o que se pôde ouvir na transmissão do PFC.
  • Juiz & Bandeiras – Houve impedimento não marcado no primeiro gol do Sport. As demais decisões foram corretas, incluindo as duas expulsões de jogadores do Sport, que se excederam nos pontapés.
  • Adversários – Wilson fez dois gols, Fabiano deu muito trabalho enquanto esteve em campo, Magrão fez boas defesas, Pimenta foi um armado lúcido. Os demais lutaram, mesmo com perspectivas quase nulas de conseguirem livrar seu time do rebaixamento.  

Sport 2×3 Cruzeiro: Vitória de quem não desiste

domingo, 8 de novembro de 2009

Mauro França

Para manter vivo o sonho de chegar ao G-4, só a vitória interessa ao Cruzeiro diante do Sport. Missão duplamente difícil. Além de costumeiramente não regular bem na Ilha do Retiro, tem pela frente o desespero do adversário, que precisa de uma vitória para seguir em busca do milagre de escapar do rebaixamento.

Depois de muito tempo, Adilson finalmente pode escalar o que seria hoje a sua força máxima.

(mais…)