Síndico: “Profeta Rafael Padovani avisou…”

Por SÍNDICO | Em 10 de abril de 2018

PITACOS cerca do CRUZEIRO 2×0 ATLÉTICO-MG, neste 08abr18dom16h, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de volta das finais do Mineiro 2018:

MANO MENEZES: O mais importante foi a qualidade. Jogamos bem. Tivemos a calma necessária, a partir do primeiro gol, pra jogar mais 70 minutos em busca do segundo. Confiança no trabalho e leitura correta do que aconteceu no primeiro jogo também foram importantes. Às vezes, a gente tem de simplificar as coisas. Muita gente estava preocupada com nossos volantes, dizendo que eu teria que mudar o meio campo. Seria fácil embarcar nessa e mudar o time, mas eu sabia que a questão era tática, de posicionamento. Dedé? Esse é zagueiro de Seleção. Antes das lesões, fazia parte da seleção, isso mostra a qualidade dele. Por isso, tivemos que cuidar  mais dele, deixar um jogo de fora. Mas é inegável a tanquilidade que ele passa na bola área, e a imposição que ele tem sobre os atacantes.

DEDÉ: É comemorar. eu vi faixa de campeão, escutei “é campeão!”. Vi o Otero xingar o Rafinha por sua soberba. Vi o Otero lá cheirando bunda do Robinho achando que ia influenciar. Mas futebol é em campo. É o que eu peço ao torcedor: não desacredite nesse time.

ROBINHO: Fizemos um 1º tempo horrível, acreditamos, mas confiamos, pois temos um treinador espetacular, que nos colocou pra cima. É isso aí, festa!

DOUGLAS VELLOSO: A chave foi a determinação, que se exige num clássico decisivo. Também era preciso ser objetivo e time celeste foi.  Sabia-se que o simples resolveria, pois o adversário nada tem de especial, e o time não complicou. Edilson e Sobis mudaram o espírito da equipe, que fez cedo o gol e deixou o rival se perder em na própria falta de qualidade. O Cruzeiro dominou o meio-campo com força e troca de passes, principalmente logo depois dos gols. A bola rodou e o adversário não teve como construir jogadas eficazes. A expulsão foi crucial pelo desequilíbrio que causou ao deixar o Cruzeiro sempre com um na sobra pra matar as tentativas individuais do adversário. Ninguém esteve mal. Leo, Dedé e Neves foram as principais peças. Cabral e Henrique, firmes. Mancuello entrou bem e Rafinha foi protagonista na etapa final.

PAULO SOUZA: Partida irreparável do time celeste, que foi competitivo ao extremo. Os melhores, pela ordem, foram os jogadores, o técnico e a torcida, deu deu show.

DOUGLAS AGUIAR: O time celeste errou muitas saídas de bola, contra um adversário limitado e com um jogador a menos. Isso é preocupante e precisa ser corrigido. O ano está só começando, mas o Maior de Minas já mostrou força, espírito de competição, qualidade e eficiência. Avante, Cabuloso!!!

FÁBIO VELAME: Henrique começou como volante, foi deslocado pra lateral direita e depois voltou pra posição original. Comandou o time e foi o melhor do jogo, sem dúvidas nenhuma!

ERNANE SIQUEIRA: Time de 2018 inspirou-se no de 1977 pra essa virada. E de virada, como se sabe, é mais gostoso

NALDO MORATO: Edílson, macaco velho, tirou Otero de campo. Mano, macaco velho, tirou o Edílson de campo. 

SÍNDICO: Profeta Rafael Padovani avisou no domingo que ia ter volta. E teve!

77 comentários para “Síndico: “Profeta Rafael Padovani avisou…””

  1. SÍNDICO disse:

    PADOVANI é o oposto do trio Talentim-Raé-Luizito.

  2. SÍNDICO disse:

    DEDÉ é mais aéreo do que gramático.

  3. SÍNDICO disse:

    ESTADUAL é insuperável em emoção, porque quase sempre é decidido no mano a mano por rivais de verdade.

  4. SÍNDICO disse:

    TUPI OR NOT TUPI? Franga é ou não é Tupi?

  5. SÍNDICO disse:

    TALENTIM, um homem a procura de um nome.

  6. SÍNDICO disse:

    SECA-PIMENTEIRAS conseguiram tirar o Mauro França do sério. Por conta disso, tomaram na tampa.

  7. SÍNDICO disse:

    NOVE PONTOS a mais, foi o que Cruzeiro enfiou nas frangas. Apesar disto, Globo, Tempo e outras inhacas montaram uma seleção do campeonato com 4 jogadores de cada time e 3 do América.

  8. SÍNDICO disse:

    ALISSON fez um golaço na decisão do Gaúcho. ee faz falta na Toca II.

  9. SÍNDICO disse:

    Por onde andam Barros, Araujo, Walterson, Cardoso e outros teóricos do ludopédio? terão aprovado o desempenho do time?

  10. SÍNDICO disse:

    DILMA, só de avisar que voltará às Minas Gerais, já zicou o time dela.

    • Minas eh um estado que acho q só perde pro RJ.nas suas escolhas… Vejam, nos 8 anos de Pete do presidente Luís Inácio, Minas amargou 8 anos de AN. Este conflito partidário só fud@u a porr@ toda, pq não ia nada de verba federal pra Minas…. Agora, com governo Vampirao q nada interessa ao Pete e seus asseclas, Minas amarga um governo Pimenteiro… Eh dose ou quer mais?

      • matheus t penido disse:

        Tem casos muito piores que o de Minas. Veja Alagoas. A marmota podia se registrar por lá pra disputar com Collor e Renan.

  11. SÍNDICO disse:

    SÃO 39 e não 37 os estaduais conquistados pelo Cruzeiro, como contabilizam os jornalistas desinformados.

    • Fernandão disse:

      39, contando 1926 e 2002.

      • SÍNDICO disse:

        26, 28, 29, 30, 40, 43, 44, 45, 56, 59, 60, 61, 65, 66, 67, 68, 69, 72, 73, 74, 75, 77, 84, 87, 90, 92, 94, 96, 97, 98, 02, 03, 04, 06, 08, 09, 11, 14, 18.

    • matheus t penido disse:

      2018 esteve entre os mais comemorados. 2004, 2008, 2009 e 2011 também foram conquistas muito legais.

    • Celeste disse:

      O título de 1990 também foi espetacular. Careconi foi decisivo mais uma vez.

      • matheus t penido: disse:

        2004: Último suspiro do futebol inesquecível de 2003. Alex e o contestado Jussiê decidiram. —– 2008 e 2009: Duplo 5×0. Sem mais. —– 2011: Virada espetacular em Sete Lagoas. Canto do cisne do bom Time de Cuca/Adílson.

      • matheus t penido disse:

        Mauro, 77 bem sonhei em ver. Citei as melhores que acompanhei de perto. Lembro de outras como a de 98 (3 gols do Fábio Junior), mas são lembrançasbem mais vagas.

      • Mauro Franca disse:

        Sobre 77, pra quem não acompanhou, recomendo a leitura de um texto do Revetria publicado no site oficial na semana passada.

      • Mauro Franca disse:

        Resumidamente, foi uma melhor de 3. No 1º jogo, o patético venceu por 1×0. Cerezo declarou que com ele, Reinaldo e Paulo Isidoro o patético nunca perderia para o Cruzeiro. No segundo jogo, apareceu o uruguaio Revetria, que fez os 3 gols da vitória de 3×2. No terceiro, no tempo normal, 1×1, com outro gol de Revetria. Na prorrogação, Livio e Joãozinho selaram a vitória e a conquista.

      • Mauro Franca disse:

        Lembro até hoje de um colega atleticano soltando foguete na pelada de sexta-feira antes do segundo jogo. Esse era o clima, as frangas davam o título como certo. Do time da Libertadores-76 já tinham saído Piazza, Palhinha e Jairzinho. Zé Carlos não jogou no 3º jogo. Vale lembrar que apenas 10 dias antes do 1º jogo o Cruzeiro havia perdido a final da Libertadores-77 para o Boca, nos pênaltis.

      • Ernane Siqueira disse:

        Teve o de 1996, O Cruzeiro tirou uma diferença de 7
        pontos em 9 a disputar .

      • Mauro Franca disse:

        Por todas as conquistas, discordo de quem diz que ganhar o Mineiro não vale nada. Vale muito. Não tem nada melhor do que ser campeão vencendo o rival na decisão. Ainda mais com uma virada como a de domingo, que tem que ser muito comemorada mesmo.

      • matheus t penido disse:

        Tava na hora de reconquistar o estadual. 4 anos sem taça seria demais.

      • Ernane Siqueira disse:

        Na verdade, eram três anos sem mineiro. Afinal, ganhamos o 2014 e deixamos de ganhar os de 15, 16 e 17.

      • matheus t penido disse:

        Pois é. Se perdesse em 18 seriam 4.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Valeu o relato Mauro.

  12. Bruno 7L RJ disse:

    Douglas resumiu bem. Excelente pitaco.

  13. matheus t penido disse:

    OT: Renova ou não com o Dedé? Por mim, pode renovar sem pensar muito.

  14. jrgalvao disse:

    O velho e bom esporte bretão, o tal futebol raiz, teve, hoje, terça, uma tarde magica, salve liverpool e roma, modinhas afrescalhados murchos

  15. Ernesto Araújo disse:

    Como estão vocês, PHDistas ? Tenho estado afastado dos comentários do blog por conta do trabalho mas tenho lido TUDO que tem sido publicado aqui. É claro que comemorei e ainda estou comemorando a gigantesca vitória do Cruzeiro. Coisa boa de mais torcer por esse clube e, especialmente, por esse grupo. Grupo que, assim como Mano, tem defeitos mas tem algo que pra mim é a base de qualquer coisa que se queira fazer: União e Comprometimento.

    • Ernesto Araújo disse:

      Claro que deve existir um probleminha aqui outro ali mas a tônica do elenco é de um grupo engajado, motivado e determinado. Isso não é pouco e a partir daí pode-se começar a pensar em termos de tática, técnica e parte física. Inclusive, acho que essa determinação e união foi o grande diferencial da equipe no jogo, ainda que Mano tenha feito os devidos reparos táticos em relação ao primeiro jogo.

      • Ernesto Araújo disse:

        Infelizmente não tenho conseguido assistir a algumas partidas na íntegra e ao vivo por isso meus comentários ficam mais limitados às repercussões dos resultados. E o resultado do Campeonato deste ano foi justo. Venceu a melhor equipe da competição. Parabéns Cruzeiro !! Que as dificuldades dos últimos jogos comecem a ser superadas pois batalhas ainda mais difíceis estão por vir.

      • Celeste disse:

        Valorizo o ruralito e faço questão do título mineiro. E também acho que a maior virtude desse time e a união. Essa aliada a algumas características individuais de jogadores contribui para as conquistas. Fábio, Léo e Henrique têm muito tempo de casa e passam segurança. Arrasca é um craque em ascensão e TN parece talhado para jogos decisivos.

  16. Souza disse:

    Passada a festa, há algumas coisas a considerar no time. – Primeiro a questão da bola aérea defensiva: ainda bem que o Dedé deu jeito, mas o time não pode ficar dependente de um jogador. É preciso treinar muito e ajustar este problema de forma coletiva; – Segundo que ficou ainda mais evidente a falta de velocidade no contra ataque. David é a esperança. Um Arrascaeta sozinho não faz verão. Enquanto não aparecerem outros garotos com vontade e velocidade, permanecerei lamentando as saídas do Judivan, Alisson e T. Anderson. Agora está nítido que Rafinha necessita que o adversário esteja em queda física para se dar bem. Tornou-se um bom jogador para os 30 minutos finais. E Sassá? Resta torcer para ele se recuperar a forma. Ainda há esperança para a Libertadores.

  17. SÍNDICO disse:

    TAUBATÉ 3×0 CRUZEIRO (25/21, 25/22, 25/23), 10abr18ter20h, Ginásio do Abaeté, Taubaté, 2º jogo das semifinais da Superliga masculina de Vôlei 2017/18. Taubaté: Rafael, Wallace (24 pts), Solé (2), Otávio (9), Ivovic (9), Dante (8), Thalles + Matheus. T: Daniel Castellani. Cruzeiro: Uriarte (4), Evandro (5), Simón (10), Isac (11), Filipe (6), Leal (8), Serginho (líbero) + Cachopa, Alemão (3), Rodriguinho (2). T: Marcelo Méndez.

    • SÍNDICO disse:

      O JOGO => 1º SET. Taubaté começou em ritmo frenético e abriu 3/0. Cruzeiro reagiu e encostou. A partida seguiu equilibrada até nos erros. Ambos cometeram número próximos de erros de saques. Na reta final, contudo, Wallace desequilibrou e o time local fechou em 25/21. 2º SET. Os minutos iniciais foram equilibrados, como ligeira vantagem do Cruzeiro. Na metade do período, os locais passaram à frente. Na reta Cruzeiroparcial, os visitantes voltaram a cometer erros. Taubaté, e e o time mineiro passou a cometer erros na segunda metade do set, reagiram no fim, mas a vantagem ficou com o Taubaté, que ficou em 25/22. 3º SET. O Taubaté manteve a eficiência dos sets anteriores e, aproveitando os erros do Cruzeiro na recepção, abriram vantagem no começo, chegando a impor 17/10. No fim, Cruzeiro apertou, vantagem foi reduzida, mas Taubaté não deixou escapar a vitória, fechando em 25/23. Wallace foi eleito o MdJ.

  18. SÍNDICO disse:

    EDÍLSON, no Sportv: “Quem é Otero? Otero… Seleção Venezuelana não é porra nenhuma. Tenho que pensar é no meu time, porque meu time é bom pra caramba e vai conquistar bastante título este ano”.

    • SÍNDICON disse:

      EDÍLSON, à Itatiaia: “Eu queria, de antemão, porque nunca é tarde. Na saída do jogo, eu falei do Otero e, quando falei dele, acabei falando da Venezuela, do país, e queria pedir desculpas a todos os venezuelanos, não foi a minha intenção machucá-los com palavras. O povo da Venezuela talvez seja muito parecido com o brasileiro, muito trabalhador, muito humilde, e tenho o maior respeito por eles. Peço desculpas ao vivo. Pelo fato de o clássico ser muito quente, e por toda a rivalidade que estava toda a semana, pela provocação do Otero ao Robinho, no primeiro jogo, depois que a gente foi campeão, a grande maioria extravasou um pouquinho e quando falei do Otero, eu continuo com aquelas palavras do Otero, mas queria tirar o país, Venezuela, porque errei ali e queria ao menos consertar esse erro.”

  19. zuloobas disse:

    Registro a boa partida de Egídio. Já contra o Vasco salvou gol. Domingo, foi perfeito defensivamente e iniciou a jogada do 1º gol.

  20. zuloobas disse:

    Sinto falta alguma do Alisson. P mim, pintou como craque, mas passados 5 anos, p mim, é um bom jogador que chuta mal. Se David não suprir, que se busque outra solução no elenco ou na base. Viúva de Alisson não dá.

    • SÍNDICO disse:

      ALISSON chuta tão mal quanto qualquer outro atacante do Cruzeiro. Ou o Cruzeiro tem costume de fazer gols com chutes de fora da área?

  21. O arcanjo, de Maldito a profeta !!!
    Ciclotimia e termocefalia é pouco !!!
    Sangue de Jesus !!!

  22. Naldo disse:

    Eu estava confiante. O time celeste é melhor e merecia o título. Foi feito justiça.