Setelagoas: “Lucas e Henrique, em sintonia absoluta!”

Por SÍNDICO | Em 15 de maio de 2018

PITACOS acerca do CRUZEIRO 2-0 SPORT, neste 13mai18dom11h, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 5ª rodada do Brasileiro 2018:

MANO MENEZES: Fizemos um bom jogo, tendo em vista o horário que tem peculiaridades. Tivemos a felicidade de fazer o gol no último minuto do 1º tempo, que nos deu uma tranquilidade maior. Se não fizéssemos, no 2º tempo, teríamos que imprimir um ritmo mais forte. Mas fizemos o gol, porque martelamos. Exageramos nas bolas cruzada, precisávamos de trabalhar mais na frente da área. Thiago Neves fez falta pela característica. Tive que reposicionamento Robinho, Rafinha e Arrascaeta, pra aproximar um jogador de Sassá, que estava isolado. A jogada na direita estava saindo, mas a definição, a chegada não estava boa. Mas melhoramos, e construímos a vitória com bastante tranquilidade na segunda parte. Poderíamos fazer um resultado mais elástico. O time está forte nas três competições e não vai priorizar nenhuma delas agora. Quando não puder usar todos os jogadores em todos os jogos, vou priorizar um ou dois. Vamos analisar o que deverá ser feito.

BRUNO BARROS: O Sport estava fechadinho e até trinta e poucos tinha criado mais chances do que o Cruzeiro, embora estivessem empatados no número de finalizações. Estava jogando melhor, pois finalizando a mesma quantidade e, em duas situações, até com mais perigo. 

DOUGLAS VELLOSO: Foi um bom jogo, com domínio absoluto do Cruzeiro, que não tomou sustos. O time celeste mostrou boas variações de bola e presença constante no ataque. Arrascaeta foi o diferencial, Rafinha se apresentou bem, a zaga esteve segura como sempre, com Dedé novamente absoluto. Só Robinho estava numa rotação abaixo dos demais. Outro ponto positivo foi a grande quantidade de finalizações do time celeste, que superou assim uma de suas dificuldades.

MARCUS OLIVEIRA: Bom jogo! Time celeste teve domínio total da partida, exceto por alguns sustos no início. A defesa jogou muito bem. Egídio tem sido uma grata surpresa, tanto no ataque quanto na defesa. 

EDUARDO ARREGUY: Vitória bem no estilo Mano, sem correr grandes riscos e sem empolgar demais. Arrascaeta garantiu na frente e Fábio defendeu tudo. Em pontos corridos, time do Mano não cai nunca, mas pra ser campeão, só milagre.

BRUNO SETELAGOAS. Lucas e Henrique estiveram no mesmo nível. Sintonia absoluta! Azulo ambos pra fazer justiça.

IVAN MONTEIRO: Ainda no 1º tempo, Leo fez falta violenta em Dedé, dentro da area. Mas deu tudo certo, pois o Juiz não marcou pênalti e o Mito nem se machucou seriamente.

MATHEUS PENIDO: Fábio é tão bom que muitas vezes o torcedor nem se dá conta das chances que o adversário teve.

77 comentários para “Setelagoas: “Lucas e Henrique, em sintonia absoluta!””

  1. SÍNDICO disse:

    MANO MENEZES: Quando chegou, Arrascaeta era um menino sem a formação atlética dos colegas, mas foi preparado pra ganhar massa muscular. Hoje vence disputas físicas, como no gol, quando perdeu e depois ganhou do Anselmo. Além disto, seu comprometimento tático tem sido crescente.

  2. SÍNDICO disse:

    SETELAGOAS acertou uma bolada na baliza. Com um pouco mais de sorte, teria dito que o futebol do time começa ali, na volância. É de onde saem as jogadas ofensivas e dita-se o ritmo mais conveniente a cada momento do jogo. Técnicos enxergam isto, torcedores, nem desconfiam. Os palpiteiros dos teclados avaliam os volantes com critérios que normalmente se usa pra avaliar meias, pontas, atacantes, laterais e beques. O torcedor é uma múmia paralítica, diria Agildo Ribeiro.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Não disse mas pensei!

      • SÍNDICO disse:

        ELIAS é um volante que faz gols. Apesar disto, virou bancário. Por quê? Será que em algo inerente à volância ele está falhando?

      • Bruno 7L RJ disse:

        Elias tinha um diferencial que era conseguir defender com qualidade e ter fôlego para chegar a frente como elemento surpresa. Assim tbm eram Ramires e o Paulinho. Para tal é preciso ter fôlego, coisa que diminui com a idade. Daí o jogador vai se adaptando à novas formas de jogar e/ou outros posicionamentos. Elias ainda não encontrou essa nova função e hj é um jogador comum. Um outro grande exemplo disso é o Arouca, jogador que vem em franca decadência física e, consequentemente, técnica.

  3. JOAOCOSTA disse:

    Esse Mano é um malaco, o Arrasca sempre foi diferenciado, mas há pouco tempo o uruguaio era preterido e comia banco para outros bem menos capacitados. Agora, depois que o moleque tem tido cada vez mais exposição midiática, ele vem com essa conversa mole de quem fez um grande achado.

  4. jfabio disse:

    O Arrascaeta já está com os dias contados, e enaltecê-lo é uma forma de valorizar a mercadoria. O seu auge foi com o Paulo Bento.

    • SÍNDICO disse:

      Mano pode ser malaco, mas o que ele disse é fato. Arrascaeta chegou sem força pra encarar a estúpida temporada brasileira e com obrigação de resolver todas as deficiências de criação finalização do time. Hoje, ele está mais fortim e não precisa mais resolver tudo sozinho. O que ajuda demais.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Paulo Bento? Respeito a opinião mas penso que o Arrascaeta nunca jogou tanto como agora. Está bem fisicamente, taticamente e tecnicamente (esse último item sempre destacou mas agora foi complementado pelos outros).

      • zuloobas disse:

        Ler essa de Paulo Bento, para mim, é melhor apenas do que ser cego. Em meses, foi a opinião mais esdrúxula a que tive acesso, com todo respeito também. Quer dizer que a melhor fase do Uruguaio foi quando tivemos o pior aproveitamento percentual de todos os tempos? Como é inútil o Arrascaeta!

  5. Bruno 7L RJ disse:

    Douglas, houve sustos sim. Principalmente na primeira metade do 1º tempo.

    • Bruno 7L RJ disse:

      E achei o Robinho bem participativo.

      • Velloso disse:

        Esperava mais do Robinho jogando por dentro. Também o achei participativo (inclusive mais do que em outras ocasiões), só o achei abaixo dos seus colegas de meio de campo. 😀

      • SÍNDICO disse:

        No momento, tá difícil, alguém jogar mais que Rafinha e Arrascaeta.

      • Bruno 7L RJ disse:

        O único porém que fiz sobre a participação do Robinho foi a falta de oportunismo em jogadas dentro da área, coisa que o TN faz muito bem. É buscar mais o gol, chegar como um atacante legítimo, função que o Goulart deu e dá aula.

  6. BrunoBarros disse:

    Só uma correção Síndico sobre o meu pitaco destacado. Ele veio em resposta ao Vilela que tentou dá aquela turbinada básica em números que lhe são convenientes pra realçar o trabalho do Mano. Ele veio com a estatística de que o Cruzeiro é o time que mais finaliza no Brasileirão e de que isso seria uma clara evidência que o atual treinador não é um retranqueiro. Então respondi que números analisados à revelia não valem de quase nada e a prova disso é que o Cruzeiro, que foi melhor o jogo inteiro, até os 30 do primeiro tempo havia finalizado o mesmo tanto de vezes que o Sport que tava jogando fechadinho, na retranca, só no contra-ataque. Esse foi o real sentido do que eu disse.

    • SÍNDICO disse:

      Eu sei e isto continua registrado no outro post. Neste, eu quis valorizar um aspecto da partida que foi meia hora em que o Sport mostrou que defender não é impeditivo pra criação.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Mano não está retranqueiro, mas não podemos definir o estilo do treinador baseado apenas neste último mês quando ele encontrou (enfim) o time. Mano é historicamente retranqueiro, mas se ele está mudando e ficando mais equilibrado ou menos pragmático, melhor pra gente.

  7. matheus t penido disse:

    Tenho ótimas lembranças da dupla Henrique-Lucas Silva em 2014. Teremos repeteco em 2018?

    • Bruno 7L RJ disse:

      Se o repeteco quer dizer títulos de expressão, só Deus sabe. Mas se vc estiver se referindo à bom futebol, já estamos vendo o repeteco.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Em tempo, o bom futebol de 2014 muito se dava à excelente participação dos jogadores ofensivos. ER, RG, Bigode e até mesmo o Moreno jogavam boa parte do tempo com marcação alta e ótima recomposição. Quando o time começava a cansar, visto que é impossível marcar alto o jogo todo, o contra ataque ficava encaixadinho, e as peças de reposição funcionavam muito bem tbm (Dagol, Batista, Alisson, Marquinhos…). A formação atual tem um comprometimento tático muito parecido, principalmente com as colaborações de Rafinha e Arrasca. Todo time ganha.

    • Romarol disse:

      Fábio, lateral direito, Léo, Dedé, Egídio; Henrique, Lucas Silva.
      Todos campeões brasileiro!
      A base defensiva de anos! Defesa sólida.
      Não fosse os churrasqueiros, Mayke estava junto com a turma!

  8. Bruno 7L RJ disse:

    Penido, sempre tive o Dida como grande goleiro celeste que eu vi. Mas tenho repensado essa questão diante do que o Fábio fez e faz pelo Cabuloso. Vi o Dida jogar em outro contexto, era jovem pré adolescente, teve toda uma questão lúdica na ocasião. Hoje eu gosto muito da parte tática, tento ver o jogo de outros ângulos e sob outros aspectos. Tudo fez o Fábio subir demais no meu conceito.

  9. Bruno 7L RJ disse:

    Quando a maré tá boa, até as entrevistas do Mano melhoram. O papo está mais reto. Tá maneiro.

  10. mariana disse:

    Concordo demais com o Penido. o alto nível do Fábio faz com que a gente exalte ele pouco.

  11. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO terá de pagar R$8 milhões ao Tigres, relativos a dívida mais juros. Murilo pagará a dívida. Valeu a pena Sobis x Murilo?

    • Marcus Oliveira disse:

      Parece que o Sá passou por Lisboa para negociar o passe do Joel e oferecer o Murilo ao Benfica. Com as mudanças na FIFA, acabou a farra dos recursos. Não há mágica, Cruzeiro terá que fazer dinheiro rápido.

  12. SÍNDICO disse:

    Se Dedé não jogará contra as frangas, não devia jogar tb no Paraná. Melhor preparar o Manoel. Jogo de sábado é mais importante que o de sábado.

    • JJ disse:

      Jogo de sábado só é mais importante que o de quarta para os provincianos que se contentam em superar o nanico rival.

      • matheus t penido disse:

        Manoel não deveria ser rifado.

      • SÍNDICO disse:

        Nanico rival? Autoengano é coisa típica de torcedor doidivanas.

      • BrunoBarros disse:

        O jogo mais importante dos próximos 3 é o de amanhã.

      • SÍNDICO disse:

        Se tiver que escolher uma vitória, prefiro contra as frangas. É a vitória que moraliza. Que não as deixa abrir seis pontos de frente e liderar o campeonato. O resto é conversinha de torcedor de punhos rendados.

      • BrunoBarros disse:

        Dá pra ir completo pra decisão na Copa do Brasil, poupar uns 3 no clássico, Dedé já tá fora, e uns outros 4 contra o Racing. Thiago Neves e Edílson por exemplo pode guardar pro jogo de terça que vem. Equilibrando essas alterações por setor. Pra exemplo, pra amanhã na zaga vai de Léo e Dedé. Pro clássico vai de Léo e Murilo. E contra o Racing vai de Dedé e Murilo. Na lateral- direita já vai ter um giro natural entre Romero e Edílson. Sassá pode jogar amanhã e sábado e o Raniel entrar descansado contra o Racing. Bruno Silva pode entrar nessa ciranda também, jogando naquela em que conseguiu destaque nos últimos anos, pela direita, dando descanso pro Rafinha. Amanhã é decisão na busca pelo hexa.

      • SÍNDICO disse:

        Tem que ir com força máxima no clássico. Se começar a sinalizar que tem jogo mais importante, a malemolência é garantida. Sobre clássicos, acompanho Angel Labruna. Ponto.

      • A vantagem de ser um corneta eh esta… se as sugestoes do Bruno forem atendidas e derem certo ele aparece pra dizer que o tecnico aprendeu, se der errado ele some, se o tecnico nao fizer a sugestao e der certo, ele tb some e se der errado ele aparece prs despejar o fenol. Ou seja, o corneta sempre ganha!

      • Bruno 7L RJ disse:

        CdB é mais importante. Posso te dar 50 milhões de justificativas.

      • BrunoBarros disse:

        Vilela, só tenho uma coisa pra dizer sobre isso que vc acabou de escrever. Você mentiu. Sabe disso né?

      • BrunoBarros disse:

        Síndico esse pequeno giro só se dá porque o jogo do Brasileirão é um clássico. Se não poderia até girar mais. A natureza do campeonato permite isso, pontos corridos se ganha com elenco e na verdade falta é maturidade pra alguns entenderem que isso não é desvalorizar o campeonato. Na Libertadores o Cruzeiro já está classificado e uma vitória simples nos dá a liderança. Dos 3 próximos jogos a decisão decisão mesmo é o jogo de amanhã.

  13. Polaco disse:

    Mano cada vez melhor nas duas áreas. Sempre correto e preciso em suas colocações. É um privilégio para qualquer clube ter um treinador desse naipe…FATO!

  14. zuloobas disse:

    Sobre Manoel ser rifado: é bom jogador (não se esqueçam que eu disse isso), talvez o reserva mais valorizado do futebol mundial. Se há jogador subestimado no Cruzeiro é o Digão. Prefiro ele a Manoel, por ser mais rápido, melhor no jogo aéreo e não brincar mas, “vou eu dizer isso aqui para ver uma coisa….”

    • BrunoBarros disse:

      Pra mim são jogadores do mesmo nível, que compõem bem o elenco. Podem jogar de boa. Lógico que Dedé, Léo e Murilo estão níveis acima. E o Cacá vem aí, a maior revelação da zaga na década. Pode anotar.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Tbm prefiro Zuloobas.

  15. zuloobas disse:

    Em função da necessidade de se poupar jogadores, se tem bom jogo para Mano acenar para esteriótipo imposto por alguns torcedores, é no Horto. Como? Poupando os jogadores certos, analisando necessidade fisiológica e perfil do atleta e montando um time fechado e rápido. Só um esboço:
    Rafael, Ezequiel, Murilo, Leo e Egídio, Romero, Cabral, Bruno Silva e Robinho, Arrascaeta e Raniel.

  16. Um reporter da gaylopress surfando na onda do cartão do Dede, jogou pro Mano comentar a ausencia do Mito no ex-classico, prontamente respondido pelo Mano com a tirada “ùnica pessoa que está pensando no jogo de sábado é você”.

  17. O Mano Sabe exatamente a importância dos próximos 3 jogos e estratégico que é irá montar a melhor equipe para cada estratégia de jogo….

    • Contra o CAP, MANO sabe exatamente que se trata de um jogo de 180 minutos onde nada se decide nos primeiros 90, a não ser que se leve uma goleada…Desta forma o time que irá a campo será o time pra fazer um jogo inteligente, que dá a bola para o adversário mas controla as ações do jogo sem correr grandes riscos e com possibilidades mortais de mater jogo em um contra-ataque ou em uma jogada de Bola Parada ….Mas é fato que o time fará um jogo inteligente.

      • Contra as Frangas no sábado, mordidas depois da final do MIneiro, MANO sabe exatamente a importancia deste jogo FORA de casa…. Fará um jogo muito parecido contra o jogo contra o CAP por mais que seja importante não perder, o time não gastará energia demais para ter que ganhar….fará um jogo bem na dele, e tentará matar as frangas numa jogada mortal…Obviamente que um placar desfavorável pode até atrapalhar o psicológico para o jogo contra o Racing.

      • Contra o Racing sim, é o jogo que vale muito, pois será UMA chance de Ouro, vencendo ser o primeiro do grupo. E isso vai contar muito la na frente… Neste jogo sim, o Cruzeiro vai imprimir sua força para VENCER o jogo….

      • Desta forma, creio que os cenários para os próximos jogo em termos de resultado são: Condição Otima: V-V-V, Muito Bom: E-V-V, Satisfatório: E-E-V, Péssimo: D-D-E, Catastrófico D (por mais de 2 gols), D e E

      • Bruno 7L RJ disse:

        Boa Vilela. Não concordo com tudo, mas seja vindo ao debate.

      • Bruno 7L RJ disse:

        *bem vindo