Seminovo, a marmelada

Por SÍNDICO | Em 7 de dezembro de 2009

Antigamente, havia dois tipos de carro no mercado: novo e usado.

Hoje em dia, usado só existe na feira do Mineirão. E somente carroça com mais de 20 anos de idade.

Nas lojas, só existe o seminovo. O comprador desconfia que mexeram no hodômetro, deram uma gariba geral, mas o vendedor tece tantas loas ao produto que o incauto cai na bicaria.

É a força do eufemismo suavizando o efeito do tempo, maquiando a lata velha.

No futebol, outrora um esporte, hoje em dia, apenas um produto, também ocorre algo parecido.

Há uma semana, comentaristas da Globo, mas não só dela, batem na mesma tecla: é pra valer!

Não é. Eles sabem que é marmelada, mas são vendedores profissionais e não podem depreciar o produto.

E o torcedor compra o Campeonato Brasileiro, mesmo bichado por maracutaias e safadezas.

Quem viu o Corintiãs 0x2 Fla, pode atestar: esquisitas distensões, expulsão gratuita, treinador fazendo pantomima na beira do campo, goleiro tirando o corpo da reta na cobrança de pênalti…

E, na arquibancada, o torcedor, dito Fiel, dando risada e pedindo bis. Isto lá é jogo sério?

A marmelada de ontem, no Maracanã, foi pior: anunciada com antecedência.

Uma semana antes, um jogador gremista disse que nenhum de seus colegas gostaria de entrar na história como responsável pelo título do rival citadino.

E o presidente do clube corroborou avisando que o Inter não devia confiar no imortal ticolor.

E, pra não deixar dúvidas sobre o que aconteceria, mandou uma equipe reserva ao Rio de Janeiro.

O  time deu um apertozinho no início e depois sumiu.

Nos minutos finais, nem jogar uma bola na área flamenga, os tricolores arriscaram.

Vai que um perna-de-pau rubronego enfia a canela na gorduchinha e faz o gol do título colorado sem querer?

E os jornalistas insistindo:

  • “O Grêmio perderia de qualquer jeito, com ou sem titulares, pois joga muito mal fora de casa!”

Ora, bolas, que perdesse, então, com os titulares. Com os usados, não com os seminovos.

O Flamengo chegou ao pentacampeonato ganhando seis pontos sem fazer força.

Se todos fossem iguais a você, Mengão, a classificação final apontaria:

  1. Inter, 71,
  2. São Paulo, 71,
  3. Cruzeiro, 68,
  4. Palmeiras, 68,
  5. Flamengo, 67.

Nem Libertadores sobraria pro time carioca, se valesse a Lei Stanislaw Ponte Preta, que em seu parágrafo único diz:

  • Restaure-se a moralidade, ou nos locupletemos todos.

Foi marmelada, sim.

Mas, caro leitor, seu jornalista predileto não pode falar o que pensa. Se o fizer será demitido sumariamente.

Como um vendedor de seminovo que te dissesse:

  • “É usado, mesmo; sai que é rabo-de-foguete!”

P.S.: Lembrando sempre que, ano passado, o Inter fez tal e qual ao escalar os reservas contra o São Paulo quando o Grêmio disputava o título, cabeça a cabeça, com o Lyonzinho.

82 comentários para “Seminovo, a marmelada”

  1. Elias disse:

    E os torcedores do Grêmio perseguindo no aeroporto os quatro atletas que se doaram na partida do Rio, hem? Sinal explícito maior que esse só o VT do jogador do Grêmio pedindo prá que não chutassem mais a gol…

  2. Cuné disse:

    Se o Grêmio não fizesse a parte dele, o Herbert faria, fatalmente. Mas o do Urubu está guardado. Temos é que trazer as peças certas, reforçar realmente o elenco e fazer uma bo pré temporada. Na LA10 o bicho vai pegar e poderemos pingar os is, mas para isso precisamos estar preparados, Perrela, arregala os zóio.

  3. Alex Martins AMC disse:

    Este Gremio reflete o que é o povo daquele estado, arrogantes, se acham superiores, o pior de tudo acham que são argentinos.

  4. Alex Martins AMC disse:

    ano que vem eu vou andar de trio eletrico.

  5. Elias disse:

    Quem tb deitou e rolou foi a Reebok…seus três patrocinados estão na LA/2010…

  6. JOTAFRANCO disse:

    Se o Inter tivesse feito sua parte não teria chegado à reta final dependendo de um rival citadino ou de quem quer que fosse. Na história dos pontos corridos, segundo ouvi, o Inter foi o único clube campeãp do 1º turno a não campeonar.

  7. Rogério disse:

    Infelizmente isso está entranhado no futebol a décadas, faz parte da rivalidade, acho termo marmelada muito pesado para este episódio.

  8. mariana disse:

    Essa situação (6 pontos dados ao flamengo) coloca essa fórmula de disputa em xeque msm…o Grêmio veio aqui no Mineirão e jogou a vida com o Cruzeiro, sofremos pra ganhar do Corintians, aí o flamengo GANHA 6pts e é campeão! E a imprensa do eixo bate palmas e ressalta a rivalidade entre os times do msm estado? Queria ver se fosse um time off-eixo. Se bem que como disse o Jorge, eles não iriam depreciar o produto.

  9. OT sobre a coletiva do Perrela: “- Sobre contratações, o presidente disse que poucos jogadores serão trazidos para a Toca da Raposa. O grupo, segundo ele, está praticamente pronto. Entretanto, um ou dois atletas ainda serão contratados, porém apenas para compor o grupo.”-> Desse a bos.ta da vaga para o Palmeiras então, teríamos mais chances na Copa do Brasil e na Sul Americana com esse “Super Time”.

    “- Perguntado sobre a Sul-Americana, Zezé Perrella disse que a competição é uma “verdadeira porcaria”. -> Para quem não ganha porcaria nenhuma desde 2003, tava bom.

    Bah, esperava que fossem fazer um time para GANHAR alguma coisa. Mais um ano compondo a tabela.

    • E não vi se o patrocínio tem o mesmo valor, mas se tiver, COMO O CRUZEIRO NA LIBERTADORES TEM O MESMO VALOR DE PATROCÍNIO QUE O CAM SEM M*RDA NENHUMA ? Como pode isso, com o dobro, triplo de torcida… Sem estar na LA nosso patrocínio já deveria ser maior que o delas. Estando ainda…

    • Elias disse:

      Uai,…vc já não estava em 2.010???

      • Rogério disse:

        Sobre a Sulamericana estou com o ZZP, não vale nada mesmo, tanto é que todo mundo coloca times reservas, e sobre contratações, já aconteceram duas, o Jóbson é um bom jogador e vai qualificar o grupo, o Pedro Ken é uma aposta mais arriscada mas pode dar certo, ou seja, não precisamos de tantas contratações assim, o nosso time titular é bom, só precisamos compor o banco para dar mais opções para o Adilson, não vi nenhum absurdo ao ponto de voce se indgnar tanto, e sobre não aceitar o mesmo patrocinio pago as cocotas é meio complicado, vale lembrar que este ano estavamos também disputando a Libertadores e não choveu patrocinios milhonários, mas vale um pássaro na mão.

      • Rogério disse:

        Correção – milionários.

      • JOTAFRANCO disse:

        O ZZP só disse isso sobre a Sulamericana porque estamos na LA. Se não tivéssemos conseguido a vaga o discurso seria outro.Acho quue ele só quis dar pisada no Kaiu.

      • Rogério disse:

        O motivo dele ter dito isso foi este mesmo, mas na realidade esta Sulamericana realmente não vale nada, quem não consegue vaga para Libertadores é castigado a disputar a Sulamericana.

  10. Dylan disse:

    achei que o campeonato de pontos corridos era o mais justo…

  11. Vinicius Cabral disse:

    OFF Topic: Cruzeiro 1 x Sport 1 (34 minutos do segundo tempo)

  12. Hugo 5erel0 disse:

    Outro clichê que foi pras cucuias: “Brasileiro por pontos corridos premia a regularidade”. Atlético-MG ficou 35 rodadas no G4, o Cruzeiro ficou só uma. O Palmeiras liderou uma pá de rodadas, o Flamengo só nas duas últimas. O campeonato não premia regularidade nenhuma. Premia quem faz mais pontos. Justiça não é sinônimo de regularidade.

    • Rogério disse:

      Na verdade ele premia a regularidade sim, tanto atlético quanto Palmeiras tiveram um bom primeiro turno e desabaram no segundo, sendo assim não foram regulares e acabaram nem conseguindo uma vaguinha na Libertadores.

  13. Hugo 5erel0 disse:

    Walfrido, cadê ocê, uai? Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu!

  14. Leo Vidigal disse:

    JK: “Por outro lado, no entanto, esvaiu-se outra possibilidade palpitante, que seria a participação do Trio de Ferro paulista no torneio continental”. “Palpitante” para quem, cara-pálida? Vai dar palpite assim lá no raio que o parta!

    • Hugo 5erel0 disse:

      Acho que você pegou na veia, Leo. Palpiteiro. Esse Juca não é jornalista nem ôrra nenhuma. Eu só vejo esse cara palpitar em tudo quanto é tema, mesmo sem nem ter conhecimento o suficiente em algumas vezes.

  15. Ah, o patrocínio estava definido antes das últimas rodadas. Então, desconsiderem meu xilique.

  16. Damas disse:

    Marmelada?? Não acredito muito nisto não. Tudo ocorreu em decorrência da velha rivalidade que não acaba nunca, nem aqui, nem na Itália, nem na Turquia, etc. O Grêmio fez por onde ganhar, só não conseguiu porque o Flamengo fez 2 gols no abafa. Se alguém for fundo na pesquisa, vai detectar que tinha um malão de todo tamanho para os atletas do Grêmio, oferecidos por jogadores do Inter e pagos por quem fosse se beneficiar do título colorado.

    • Vinicius Cabral disse:

      Sinceramente, Damas, o teatro foi bem armado pelos gremistas. Eles conhecem a rivalidade gaúcha. Sabiam que se entregassem o título para os colorados não ficariam no clube. E concordo com quem disse que não tem nada de mais. Rivalidade é rivalidade.

    • Jorge Santana disse:

      O Grêmio escalou os reservas. Isto basta.

    • Damasceno,
      Tá explicado… você tava pescando.
      Você encontrou com curupira ou pescou emsmo foi uma sereia?
      O Grêmio perdeu gol feito e jogou o empate fora ao nem arriscar chutar para não correr risco de auto-gol.
      Aquele jogo ali não daria outra coisa NUNCA.

  17. danielouresa disse:

    Não concordo com esses valores de patrocínio iguais NUNCA:
    1) O Cruzeiro é o melhor time brasileiro do século XX;
    2) Há três anos seguidos consegue uma vaga para a libertadores;
    3) Tem um dos melhores centros de treinamento do mundo;
    4) Tem a maior torcida de minas e a sétima maior torcida do Brasil;
    5) Foi a maior média de público da Taça da libertadores 2009;
    6) Possui as maiores médias de público da era Mineirão, sendo que é dono da maior média de público (cruzeiro x vila nova)
    Em contrapartida: O rival citadino não ganha nada desde 1971.
    E como a nossa marca se equivale a deles?

    • Hugo 5erel0 disse:

      Mas os donos do patrocínio TORCEM pro atlético-mg e querem salvá-lo de tudo quanto é forma. A única saída seria achar uma empresa mineira muito rica e que tenha um dono cruzeirense fanático. Dizem que tem um tal de Elias de Mariana que pode fazer isso.

    • Vinicius Cabral disse:

      A questão é a seguinte (coloquei no post anterior): se não fechasse, iria receber patrocínio maior? Falaram em empresa chinesa, LG e outras, mas quem ofereceu uma boa quantia foram BMG e Ricardo Eletro. Valeria à pena recusar o patrocinio e disputar uma Libertadores sem um dinheiro a mais, como aconteceu neste ano? Pelo menos agora não haverá desculpa para vender jogador no meio da competição… Ou se vender, não dará como desculpa a falta de patrocínio.

    • Jorge Santana disse:

      O Cruzeiro não é o melhor time brasileiro do Século XX. È apenas o que teve melhor participação nos torneios continentais.

    • A minha preocupação nem é essa, mesmo valor de patrocinio com o timeco do Damans. Eu pelo menos estou numa sinuca sem bico… o Cruzeiro sendo patrocinado por esse banco ?… sem comentários… via ser dificil comprar uma camisa do meu time ano que vem, Fico imaginando tricampeão da LA2010 e pelo resto da minha vida a camisa do time com três letras naranjas… sujando o manto azul sagrado… Será que vela a pena isto ? eu acho que não !!

      • Damas disse:

        No passado não tinha isto não. Mas eu também não sentiria bem usando uma zebrada com o patrocínio do Macarrâo Orion.

      • Bruno Macedo disse:

        Mauricio,

        Minha preocupaçao é a mesma. Alias, o nome ricardo eletro tb nao vai ser nada bonito.

        O triste é saber que, no mercado, a marca Cruzeiro vale tanto quanto a das Cocotas.

    • Torcedor teleguiado é mesmo um problema… os caras falam para a mídia que os contratos são rigorosamente iguais, Não revelam uma cláusula sequer do contrato e ficam rindo àtoa.
      Aí os torcedores saem construíndo várias teorias e hipoteses que Justificariam um possível contrato diferenciado.
      E olha que teremos a novidade de emrpesas MINEIRAS de verdade patrocinando os dois times.
      As frangas devem alguns milhoes ao BMG. O BMG tem direitos econômicos de jogadores das frangas.
      O Cruzeiro não deve nada ao BMG (aparentemente). O BMG tem direitos econômicos de jogadores do Cruzeiro.
      Achar que as CLAUSULAS dos dois contratos são as mesmas é de uma ingenuidade… Nem Robin e Batman acreditariam. Só acredito se EU fizer uma auditoria nos dois contratos.

  18. Cuné disse:

    OT – Já viram o esboço da camisa do ano que vem? Que dureza…

    • Cuné disse:

      Tomara que no globo.com não seja oficial pois o amarelão na manga ficou meio feio, pelo menos na minha opinião. Mas dá pra ganhar a LA10 com ele tranquilamente, hehe.

  19. kmp disse:

    Se alguns jogadores do Grêmio que suaram a camisa ontem forem sumariamente demitidos, podem mandar pra cá o Douglas Costa que eu aceito, hehehe. PS – o Perrela mandou bem hoje na entrevista, tirando aquele sarro do Boquirroto , e agradecendo por segurar a vaga na libertas 2010. Alguém deve estar babando de ódio por aí, kkkkkkkkkkkk.

  20. Torcedor do Grêmio é muito burro mesmo. Aliás, Já dizia o gaúcho Mário Quintana, a burrice é INVENCÍVEL. Os caras foram para o aeroporto desancar os jogadores por não entregarem o jogo. Estes estúpidos queriam o quê? Mais do que entregaram os jogadores gremistas? Realmente… futebol mudou muito!

    • Cuné disse:

      E como!! Nunca pensei que iria ler uma notícia dessa, hehe… Vai ver eles estavam esperando um gol contra ou coisa asim.

  21. simone b de castro disse:

    Quanto ao post, estou com o JS. O problema é que não vejo a tal “luz no fim do túnel”. Como mudar isso, ou ao menos diminuir as chances dessas coisas acontecerem? Quando o Grêmio fez o gol, eu nem esquentei, embora todos anunciassem o “feito”. Eu sabia que era só para inglês ver, só para fingir pressão, para fingir que o Grêmio jogava a sério. Acho que não há solução.

  22. Cleber Mendes disse:

    Ontem, seis de dezembro, o Mais Querido das Minas Gerais faturou mais uma vitória sobre o Santos na casa deste, e hoje, dia sete, é o quadragésimo terceiro aniversário da histórica vitória, e posterior conquista, da Taça Brasil de 1966 com uma virada de arrancar lágrimas em pleno Pacaembu, um feito imorredouro da nossa Academia Cruzeirense. Jorge Santana, sugiro um post sobre acontecimento inolvidável.

  23. Cláudio Ianni disse:

    Marmelada Tchê !!!!

  24. Cláudio Ianni disse:

    Sancho,foi marmelada ou não ?

  25. Leopoldo Moura Jr. disse:

    O Flamengo ganhou um campeonato muito fácil na reta final (seis pontos de graça). Isso faz uma diferença muito grande.
    É claro que a conta não é tão simples, mas com seis pontos a mais o Cruzeiro seria campeão.

    • Leo Vidigal disse:

      Continuo minha cruzada contra o SE… SEi que fazer esse tipo de especulacao é um dos esportes favoritos de nós, torcedores, mas se é para ficar nos angustiando, sou totalmente contra. Caso fale alguma besteira peco que os físicos e matemáticos do blog me apontem, mas vou voltar na Teoria do caos… Essa teoria tenta explicar fenomenos que nao podem ser previstos, como as variacoes climáticas ou resultados de futebol.

      • Leo Vidigal disse:

        Vou colar agora de um site que li sobre isso: “Uma lei básica da Teoria do Caos afirma que a evolução de um sistema dinâmico depende crucialmente das suas condições iniciais. O comportamento do sistema dependerá então da sua situação “de início”. Se analisarmos o mesmo sistema, sob outras condições iniciais, logicamente ele assumirá outros caminhos e vai se mostrar totalmente diferente do anterior”. A idéia básica da teoria do caos é que “Pequenas mudanças nas condições iniciais produzem grandes mudanças no comportamento global do sistema”. Assim, qualquer mudanca nas condicoes iniciais, como um atraso para comecar o jogo, muda toda uma cadeia de eventos, tornando imprevisível qualquer resultado posterior.

      • Leo Vidigal disse:

        Assim, é impossível prever o que aconteceria SE o Cruzeiro conquistasse 3 pontos aqui ou mais 3 acolá. TODA a cadeia de eventos seria mudada e poderia mudar até mesmo pra pior. SE o Cruzeiro fosse o time a ser batido o time poderia disparar na ponta e vencer o campeonato, mas poderiam haver outras maracutaias ou o time poderia se desestabilizar emocionalmente ou entao nada disso acontecer, porque uma nova cadeia de eventos teria comecado lá atrás. Entao vamos parar de nos lamentar pelos pontos perdidos em circunstancias tais, porque mudando as circunstancias, mudam os resultados nao só dos jogos que nos interessam, mas de TODOS os outros. É simplesmente imprevisível. Por mim deveriamos festejar a vaga e deixar o SE… para os galináceos, colorados, porcos etc.

      • Jorge Santana disse:

        Não tem se. Tem seis. Seis pontos que o Fla ganhou sem fazer força, só pq os adversários do momento tinham interesse em prejudicar rivais domésticos. Simples assim.

  26. Leo Vidigal disse:

    Pelo menos foi legal ver no Maraca a faixa da torcida Flaroots, fui pesquisar no site deles e tem um texto sobre a torcida que diz assim: “Tendo como princípios, sempre apoiar o Clube de Regatas do Flamengo, incentivar e conscientizar torcedores sobre a importância da paz nos jogos, sobretudo a união entre as torcidas do flamengo. Levar a cultura reggae e as mensagens do mestre Bob Marley para os jogos”. Valeria um estudo sobre essa torcida, nao sei se existe alguma similar em Minas.