Sem 16: sucesso no vôlei, turbulência no futebol

Por SÍNDICO | Em 25 de abril de 2018

Notícias do Cruzeiro n SEMANA 16 de 2018, por MAURO FRANÇA

SEGUNDA, 16ABR18. REAPRESENTAÇÃO: regenerativo pra titulares, coletivo contra o Sub20 para reservas. Reservas: Rafael; Vitinho, Manoel, Digão, Hermes; Bruno, Lucas; Rafinha, Mancuello, Sobis; Sassá. Sub20: França; Alex Jhonny, Jonathan, Cacá, Guilherme, Patrick Brey; Zé Gabriel, Natan, Alesson; Nael, Marques. /// ROMERO fez fisioterapia. /// MURILO, Raniel e Ezequiel ficaram na academia. /// FUTSAL: Cruzeiro voltará às competições estaduais no Sub9, Sub11 e Sub13

TERÇA, 17ABR18. TREINO fechado. Ezequiel, Romero e David foram liberados pelo DM. /// DELEGAÇÃO viajou à tarde pra Santiago. /// MAURÍCIO TOLEDO, 48 anos, empresário, nomeado diretor de relações institucionais. /// TAUBATÉ FUNVIC 0x3 SADA CRUZEIRO (23/25, 25/27, 20/25). Superliga, 4º jogo, semifinais, Abaeté, Taubaté. Cruzeiro: Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon, Isac, Serginho + Rodriguinho. T: Mendez. Na série: 2×2.

QUARTA, 18ABR18. TREINO fechado no Monumental, reconhecimento do gramado do Nacional. /// REMARCADO Cruzeiro x Sport pro Mineirão, em 13Mai, 11h.

QUINTA, 19ABR18. UNIVERSIDAD DE CHILE 0x0 CRUZEIRO. Libertadores, 3ª rodada, Grupo 5, Nacional, Santiago, Chile. Cruzeiro: Fábio, Edílson, Dedé, Leo, Egídio; Rafinha, Henrique, Lucas (Cabral), Mancuello (Robinho); Neves, Arrascaeta (Sassá). T: Mano Menezes. LaU: Herrera; Vilches, Echeverría, Contreras (Guerra); Rodríguez (Schultz), Reyes, Pizarro, Monzón; Araos, Pinilla, Soteldo. T: Angel Hoyos. /// MANO: “Mudei o posicionamento da equipe, fazendo duas linhas de quatro. Tivemos dificuldade no início, com a equipe mandante tomando iniciativa. Aos poucos, entramos no jogo, trabalhando a bola com tranquilidade. No 2º tempo, tivemos 4 boas chances de marcar e sair com a vitória. Voltamos pra competição. Hoje, se tivesse que haver um vencedor, teria de ser o Cruzeiro, mesmo com uma maneira que não agrada todo mundo. Vou pedir ao torcedor pra confiar nas pessoas nas quais ele tem que realmente confiar”. /// SUSPENSÃO da ação judicial da Minas Arena contra o Cruzeiro estendida por 30 dias. Mantida a retenção em conta judicial de 25% das rendas.

SEXTA, 20ABR18. DELEGAÇÃO desembarcou no Rio, no início da manhã. Ezequiel se junta ao grupo. Titulares fazem regenerativo no hotel, reservas, treino técnico na Gávea. /// PARANAENSE será o adversário nas oitavas da Copa do Brasil. Primeiro jogo em Curitiba. /// SADA CRUZEIRO 3×1 TAUBATÉ FUNVIC (16/25, 25/20, 25/18, 25/20). Superliga, 5º jogo. semifinais, Riacho, Contagem. Cruzeiro: Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon, Isac, Serginho + Cachopa, Alemão, Rodriguinho, Levi. T: Mendez. Cruzeiro classificado pra final, pela 8ª vez consecutiva. /// LEAL anuncia saída após a final, pra jogar no Civitanova (Itália).

SÁBADO, 21ABR18. TREINO técnico no anexo do Engenhão. Edilson e Arrascaeta poupados. /// CRUZEIRO 2×0 ATHLETIC. Copa Brasileirinho Sub14, oitavas, Mateus Leme. Gols: Kevin, Ícaro. Cruzeiro: Iago; ítalo, Fonseca, Franklin, Brandon; Urso (Medeiros), Kevin, Victor Alex, Gabriel (Leandro), Rikelmy (Lucas); Ícaro (Magnata). T: Carlos Alberto. /// CRUZEIRO 7×0 AMDH. Mineiro Sub15, 1ª rodada, Toca I. Gols: Wesley (3), Vinícius Fernando (2), Caio, Bruno. Cruzeiro: Ezequiel; Danilo, Pitter, Kaiki, Liedson (Lucas); Henrique, Victor Hugo (Bruno Paulo), Allan, Kelvyn (Caio), Stênio; Wesley (Vinícius Fernando). T: Lucas Batista. /// CRUZEIRO 1×1 AMDH. Mineiro Sub17, 1ª rodada, Toca I. Gol: Popó. Cruzeiro: Denivys; Murilo (Barroso), Soares (César), Paulo (Júlio), Sérgio (Guilherme); Alexandre, Bicalho (Nardoci), Rian, Caio, Vitinho (Riquelmy); Vinícius Popó. T: Fred Pacheco. /// ATLÉTICO-MG 2×1 CRUZEIRO. Mineiro Sub20, 2ª rodada, Vespasiano. Gol: Marcelo. Cruzeiro: Eudes; Vitinho, Arthur, Cacá, Santos; Márcio (Zé Gabriel), Alesson (Laércio), Soares, João Luiz (Diego), Cesinha (João Diogo); Marcelo. T: Ricardo Resende. /// ATLETISMO: Em BH, Reginaldo Silva venceu a 2ª Volta da Avenida do Contorno, Vinicius Ferreira a 2ª Volta Noturna da Lagoa da Pampulha.

DOMINGO, 22ABR18. FLUMINENSE 1×0 CRUZEIRO. Brasileiro, 2ª rodada, Maracanã, Rio, 8.671 pagantes, R$263.145. Arbitragem: Flavio Souza, Alex Ang, Tatiane Sacilotti (SP). Amarelos: Chaves, Pedro, Julio, Dedé, Arrascaeta. Vermelho: Gilberto, 15.  Gol: Pedro, 48. Flu: Júlio Cesar, Renato Chaves, Gum, Frazan; Gilberto, Richard, Jadson, Sornoza (Luan Peres), Ayrton; Marcosjr (Pablo Dyego), Pedro (Douglas). T: Abel Braga. Cruzeiro: Fábio, Romero (Rafinha), Dedé, Leo, Hermes; Lucas (David), Henrique, Mancuello (Arrascaeta); Robinho, Neves; Sassá. T: Mano Menezes. /// MANO: “Se teve força pra pressionar no fim, não está desgastado. Não merecíamos perder. A gente precisa conviver com isso pra chegar no vestiário e não destruir as coisas boas que fizemos até aqui. Vamos ter que superar nossas adversidades. Nossos problemas não são esses ou aqueles individualmente. Vamos falar de futebol. Vamos cobrar coisas que o time precisa mostrar em jogos assim, que têm nos faltado. É a linha que temos de ter nessa hora pra reencontrar o caminho das vitórias, como vamos fazer na nossa casa, na próxima quinta”. /// ATLETISMO: Em Macapá, Valdir Oliveira venceu a 1ª Corrida da Polícia Civil do Amapá. Pela manhã, Enio Lima venceu a Corrida de Emancipação Política de Alhandra/PB, seguido por Gleison Santos e Gilmar Oliveira. Mirian Franco foi 2ª. À tarde, Gleison Santos venceu a 2ª Corrida de Emancipação Política de Maragogi, seguido por Marcos Pereira, Gilmar Oliveira e Enio Lima. Gilmar Silvestre e Marcela Cordeiro foram 2º na 44ª Corrida Rústica Tiradentes Internacional de Maringá. Ivamar Oliveira foi 2º na 8ª Corrida de São Joaquim, em Franca.

104 comentários para “Sem 16: sucesso no vôlei, turbulência no futebol”

  1. SÍNDICO disse:

    26 notícias, com 775 palavras, média 29.

  2. Ivan Monteiro disse:

    BÃO! Revi os melhores momentos dos ultimos CINCO jogos do Cruzeiro. Já os havia visto pela televisão ao vivo. Não mudo minha opniao: Cruzeiro foi campeão mineiro, classifica-se na Libertadores e vai fazer bonito no Brasileiro. E sabe de uma coisa? Podemos até mesmo conquistar o hexa da Copa do Brasil!!

  3. Ivan Monteiro disse:

    Sem sacanagem, não vejo motivos pra tanto disse-me-disse!!

    • SÍNDICO disse:

      DUDU, capitão do Palmeiras, foi hostilizado por torcedores de seu time, no desembarque em Ezeiza, porque, puto com as vaias, não havia comemorado o gol contra o Inter. A imbecilidade reside m todas as torcidas.

  4. Luizito Soárez disse:

    Precisando de gols? Ábila fez 2 contra o newlls… burro come capim estragado!

  5. Luizito Soárez disse:

    O q q é vôlei??

    • Luizito, qto tempo, hein?! Vc andava sumido. Bom saber q já superou suas derrotas nas finais da Copa do Brasil e do Mineiro. Uma pena termos apenas mais 2 dias com a honra da sua presença, já q certamente depois de quinta vc sumirá de novo…

  6. SÍNDICO disse:

    TORCIDAS estão boicotando os jogos do Morrinhão. Pouca gente tem saco pra uma competição mastodôntica como essa.

  7. SÍNDICO disse:

    HOJE, o Paranaense desclassificaria o Cruzeiro. Até o dia do primeiro jogo, tudo pode mudar. Futebol tá desse jeito.

  8. SÍNDICO disse:

    HENRIQUE, perseguido por idiotas da torcida, sob a alegação genérica de cometer muitos erros de passes, só errou 2 em 90 minutos contra o Flu, No mesmo jogo, ROMERO, o dodói da galera, errou meia dúzia em 45 minutos.

  9. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO criou 8 chances de gol (4 em cada jogo), contra LaU e Flu. Os adversários criaram 3 (2 e 1, respectivamente). Bastaria uma das chances ter virado gol pra calar boca e engessar os dedos de milhões de imbecis.

  10. SÍNDICO disse:

    ARBITRAGEM de Cruzeiro x LaU: Roddy Zambrano, Christian Lescano, Luis Vera (equatorianos).

  11. Paulo disse:

    Nos últimos seis jogos o Cruzeiro só ganhou um, qual? O do título e ainda sobre as frangas. Para a história do clube isto é o que importa.

  12. Renato disse:

    E para os cabeças de bagre que acreditam em isenção da imprensa rosa de MG, vale a pena ver como estão tentando fritar o capitão Henrique junto à torcida. Em 2009 já diziam: O Emanoel Carneiro não seria louco de queimar dinheiro indo contra a torcida do Cruzeiro. Tá aí, bando de boca aberta.

    • A vida imita a arte e a arte imita a vida…. A imprensa fala muitas vezes o que a torcida quer ouvir…. Eh uma estratégia, muito comum em redes sociais…. Não importa o nível intelectual do sujeito, o que importa são likes, audiência…. Se fossem fazer comentários inteligentes, remando contra a maioria acéfala, iriam contrariar o rebanho e perder “clientes”

      • matheus t penido disse:

        Vilela tem razão. Acho que ninguém nega o viés emplumado da imprensa mineira, mas mais importante que defender o time do coração é faturar e manter as empresas de pé. Ainda mais nessa crise. Como a demanda é por bobajada, tome bobajada.

      • E nada melhor que unir a fome com a vontade de comer… A torcida do Cruzeiro em franco fogo amigo com o clube deve ser tudo que o que está imprensa quer….

    • Wagner CPM disse:

      Léo e Henrique sempre serão perseguidos.

  13. Wagner CPM disse:

    “Sem ter perfil de atacante, Thiago Neves diz que prefere atuar como meia no Cruzeiro “. Acertei! Cruzeiro pode me contratar e tirar o burro menezes

    • Wagner CPM disse:

      Wagner CPM disse:
      23 abril 2018 às 11:44 am

      Colocado pelo treinador de atacante não tem rendido bem. Na minha opinião ele joga melhor vindo do meio de campo pro ataque. Meia atacante.
      Responder

  14. Wagner CPM disse:

    Itair contrato o egípcio Salah. O carinha arrebentou com a defesa do Roma ontem. Joga demais.

  15. Wagner CPM disse:

    Em breve teremos Arrascaeta reclamando da reserva e criará indisposição com MM. O mesmo fará birra e manterá o Arrasca no banco até que o Cruzeiro repasse o jogador pra outro time.

    • Arrascaeta não eh reserva…. Arrascaeta, assim como outros jogadores (Edilson, Egídio, Cabral ) que mais se desgastaram do Jogo no Chile, foram poupados….

      • BrunoBarros disse:

        Acho que pra quinta-feira o Cabral não volta não. Só um palpite. Acho que ele vai começar o jogo com Fábio, Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Rafinha, Thiago Neves e Arrascaeta; Sassá.

      • matheus t penido disse:

        Arrascaeta é no máximo um meio titular com o Mano, sendo que muitas vezes já foi reserva mesmo. Deve ter menos minutos jogados sob a gestão do gaúcho que o Rafinha. Precisa dizer mais alguma coisa?

      • Wagner CPM disse:

        Vamos ver quinta, se ele não entrar em campo é pra cair de pau no MM.

      • Arrascaeta já fez 18 jogos e 5 gols nesta temporada….Como assim o cara “é preterido” pelo treinador? Arrascaeta que serve a seleção uruguaia e as vezes é poupado por desgaste físico, já que se movimenta bastante… O técnico tem que administrar tudo isso, pq senão corre o risco de perder o jogador por meses por uma imprudência….Se alguem que já participou de 18 partidas no ano é “meio titular” eu não sei dizer realmente o criterio pra dizer “quem é o titular”….

      • Wagner CPM disse:

        Arrascaeta esteve em campo em 67% de todo tempo jogado pelo Cruzeiro neste ano de 2018. Nem todos de titular.

      • TN30, por exemplo, jogou 17. Robinho 19, Rafinha 15….ou seja, a comissão técnica administra o elenco de forma a preservar a integridade fisica dos jogadores e ao mesmo tempo dar rítimo ao time. Pra quem gosta tanto de falar do salário dos outros, é um equívoco pensar que Mano e sua comissão, com o salário que tem, não colocaria sempre os melhores pra jogar…

      • Wagner CPM disse:

        Tiago Neves ficou 80% dos minutos jogados em campo.

      • Tem a relação de todos aí pra gente comparar, Wagner?

      • Wagner CPM disse:

        De prontidão não. Tem que pesquisar.

      • Wagner CPM disse:

        Corrigindo:
        Arrascaeta = 57%
        Rafinha = 61%
        Thiago Neves = 68%
        Robinho = 70%

      • E veja, o Arrascaeta jogou os principais jogos do Cruzeiro no ano….Pela libertadores Contra o Racing na Argentina foi o titular e saiu nos 19″ do segundo tempo, Contra o Vasco foi titular o jogo todo, Contra a LaU entrou de titular e jogou até os 30″ qdo deu lugar ao Sassa… Pelo Brasileiro contra o Gremio jogou os 90 minutos, contra o fluminense foi poupado e entrou no segundo tempo, Nas finais do mineiro contra as frangas entrou no segundo tempo no jogo de ida e foi titular no jogo de volta…. Enfim, o Arrascaeta é importante no esquema e o tecnico conta com ele nos jogos mais importantes….

      • matheus t penido disse:

        Na ordem da hierarquia do Mano: Neves > Robinho > Rafinha > ou = Arrascaeta.

  16. SÍNDICO disse:

    BALELA essa história de que o Cruzeiro é time de contrataque. Ninguém monta time assim com jogador velho. Outros são os problemas.

    • BrunoBarros disse:

      É o que você acha, ninguém quem? O Mano vem fazendo isso debaixo do seu nariz e você não tá percebendo? Santa ingenuidade hein

      • matheus t penido disse:

        Ninguém monta time assim, exceto o Mano, que deve ser tapado ao ponto de não enxergar uma obviedade que qualquer cidadão comum percebe vendo o jogo pela TV.

      • BrunoBarros disse:

        Isso é um argumento?

    • Wagner CPM disse:

      Justamente. O Cruzeiro com seus velhotes não consegue contra atacar com velocidade. Mas MM monta o time pra funcionar parecido.

      • Começou a propagar outro mantra de que o Cruzeiro tem um time de velhos. Cruzeiro tem um elenco mesclado…. Sassa, Raniel, Ezequiel, Murilo, Romero, Arrascaeta, Dede, Hermes, Lucas Silva, Mancuello são jogadores que sempre estão jogando e tem menos de 30 anos. Incrivelmente, as lesões do Cruzeiro estão mais em jogadores novos que nos mais experientes….

      • Wagner CPM disse:

        Velhos para contra ataques: “Lentos. Jogadores mais de posse de bola. Inclusive os que fazem transição meio-ataque”

      • “O cara” contratado pra ser o velocista ganhou condição de jogo agora….David, que é quem veio pra substituir o Alisson, que nem era tãoooooo veloz assim….

      • Sassa, Raniel, Arrascaeta, David….em tese, são estes caras que deveriam ser quem puxaria correria pra cima das zagas adversárias…Mas Raniel ngm entende o que acontece com ele, ficou 3 semanas parado…vai voltar agora…Sassa se lesionou, engordou e agora que está voltando a ter ritimo, David chegou machucado e agora está pronto….Quem tá ai pregando sozinho no deserto é o Arrascaeta…

      • Palestrino disse:

        Perdão por discordar, mas Sassá e Raniel são homens de frente. Tem sim por obrigação acompanhar as jogadas de velocidade para estarem na área conferindo. Mas não podem estar numa lista de jogadores vigorosos para acelerar um contragolpe. Esta é função principal de volantes e laterais numa primeira fase, meias e atacantes de lado numa segunda. E são raros os homens que aceleram o jogo do Cruzeiro em todos os setores. E o treinador já percebeu isso, tanto que exige de sua equipe posse de bola para deste modo buscar os espaços para furar o bloqueio adversário.

      • matheus t penido disse:

        Wagner, não me fiz entender bem mas meu comentário foi meio irônico. Não levo muito a sério esse negócio de chamar técnico de burro ou tapado. Acredito que ele tem as razões dele pra escalar o time dessa forma e dentro do possível eu tento decifrar. Também estou achando essa proposta “ofensiva” uma m…, mas como ainda não descobriram meu talento, fico aqui só gastando dinheiro com futebol enquanto o gaúcho vai garantindo o leitinho das próximas 10 gerações da família Menezes.

  17. SÍNDICO disse:

    NEVES não sabe ser atacante? Então, que peça pra ir pro banco, porque armador ele tampouco é.

    • matheus t penido disse:

      Quantas vezes o Sr. Neves deixa os companheiros na cara do gol durante uma partida? Quantos cruzamentos faz que levam perigo pra defesa rival? Quantos lançamentos? Podem pegar os números dos melhores momentos dele no ano passado e avaliar. Até concordo que jogar como “falso nove” prejudica o rendimento do rapaz, mas a verdade é que como meia ofensivo centralizado (posição mais nobre do time) a coisa também não tem andado.

    • Wagner CPM disse:

      “Mei” atacante. Essa é a boa pra ele. Ano passado foi destaque nesta posição e inclusive faturou o premio de melhor meia.

      • matheus t penido disse:

        Entendo seu ponto, mas essa discussão sobre meia armador e meia atacante é inócua. Isso non ecziste mais. Thiago está desviando o foco do mau futebol que tem apresentado há um bom tempo, mesmo quando joga na posição onde diz render bem. Quando uma discussão dessas começa a render é sinal de que a coisa não vai nada bem. Como diz o velho deitado: “Em casa onde falta pão, todo mundo briga e ninguém tem razão”.

  18. jrgalvao disse:

    Semana espetacular no volei bela virada. No futebol o velho futebol morrinha de mano e seus asseclas robinho rafinha e sassa. Na base o desastre de sempre comandado por Cruz e seus apaniguados. Nunca, mas nunca, vou entender os tres patetas wagner, itair e serginho, bem como nao gosto de teleguiados e simpatizantes. Espero uma semana bem mais vitoriosa e que o espirito de vontade e movimentação, do liverpool, inspire o Cruzeiro. sassa, robinho e rafiinha, deveriam mirar somente esta semana, em salah, ynaldo e mane, ja ficaria de bom tamanho

  19. Palestrino disse:

    Acredito que o principal problema do Cruzeiro seja material humano e não treinador. Mano Menezes conhece bem o grupo que tem e não aposta em futebol reativo. Ao contrário, o Cruzeiro tem bastante posse de bola. Falta criatividade e velocidade no meio campo. E isso treinador nenhum pode resolver se não tiver jogadores que sejam mais incisivos. Exemplo claro é a mania de nossos meias de sempre protelar a finalização. Não temos um Lautaro, um Goulart, um Rodriguinho ou um Paulinho. Jogadores que preferem sempre a finalização ao passe. Técnico seja qual for não entra em campo e por vezes berra a beira de campo sem ser atendido. Demitir treinador só vai nos colocar em situação muito mais complicada.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Sei não hein… se esse futebol reativo fosse só de vez em quando. Mas não, com exceção de 2015, essa é a tônica de 2016 até agora. Eu não gosto, fica feio. Se o time tivesse um contra ataque pelo menos.

    • BrunoBarros disse:

      Que isso, o Thiago Neves é um dos maiores chuta-chuta do futebol brasileiro, muitas vezes quando o passe é a melhor pedida. O Cruzeiro não marca pressão quase nunca, só fica com as chamadas linhas baixas, um neologismo pra antiga retranca. Inclusive contra times com um jogador a menos, contra o Grêmio, Fluminense e até na final do Mineiro, quando o adversário pegava a bola o time voltava pra esse mesmo tipo de postura. Lógico que essa marcação mais avançada passa pela dedicação dos jogadores de frente, mas no caso do Cruzeiro trata-se de um posicionamento como equipe. É dessa forma que o treinador pede e faz durante a semana, isso é muito claro. É o seu chamado plano de jogo. Baixa as linhas e quando recupera a bola sai em velocidade. Antigamente conhecido como jogar no contra-ataque.

      • Palestrino disse:

        O Cruzeiro teve 46% de posse de bola contra a Universidade do Chile no total, chegou a ir para o intervalo com 50% isto não é característica de times reativos. Time ditos retranqueiros tem posse de bola ainda menor. O Corinthians contra o Independiente, por exemplo, teve 40 % de posse de bola no jogo todo. Uma diferença de 20% a menos que o adversário com a bola nos pés. Isto sim é futebol de contragolpe. Além do mais o Cruzeiro finalizou mais que o mandante no último jogo da Libertadores dez contra sete dos chilenos. Ora, se falta pontaria a culpa não deve ser exclusiva do técnico.

      • BrunoBarros disse:

        Vamos lá. Os números analisados sem a observação do jogo não respondem nada. A questão da posse de bola não é o principal indicador se o time joga na retranca ou não. Na hora de defender, qual o posicionamento da equipe, isso sim é o que responde melhor se o time é reativo ou não. E isso a gente vê com poucos minutos de jogo, dá pra perceber qual é a postura da equipe. Se vai buscar a marcação lá na frente ou se vai atrair o time adversário, e com isso ganhar espaço pra puxar o contra-ataque. O Cruzeiro só joga da segunda forma.

      • BrunoBarros disse:

        E sobre a posse de bola vale lembrar que no jogo contra o Grêmio, antes da expulsão, tava 70% pra eles. No último jogo contra Fluminense, naqueles 10 iniciais tava isso aí também a favor do time carioca. Inclusive a porcentagem que terminou nesse jogo contra o Fluminense, algo como 67,66, a favor do Cruzeiro, é um número relativamente baixo por conta de ter jogado quase a partida inteira com um jogador a mais.

      • BrunoBarros disse:

        O único momento que o atual time do Cruzeiro adianta a marcação é quando acontece um lateral pro time adversário em seu campo de defesa. Mas aí, se ele ainda mantém o time lá atrás numa situação dessas pode internar.

      • Palestrino disse:

        Bruno, o futebol hoje é visto em duas fases, uns repartem a forma a de ver o jogo em muitas outras. Em termos gerais significa entender que existe uma fase defensiva (sem a bola) é uma ofensiva (com a bola). O comportamento da esmagadora maioria das equipes no mundo é na fase defensiva linhas médias ou baixas, marcação por zonas, geralmente duas linhas compactas visando minar as opções de passe adversárias e recuperar rapidamente a posse. Isso muda muito pouco de time pra time. E quase nada tem a ver com retranca ou marca de um treinador. O que muda de um time para o outro é a fase ofensiva, uns preferem partir mais rapidamente para o ataque pegando a defesa adversária desarrumada outros preferem mais toques para procurar um espaço. Assim por diante.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Palestrino, vc agregou bastante às discussões. Dá pra ver que é um cara que gosta de futebol. Primeiramente, seja em vindo (digo isso pq não recordo de ter “visto vc por aqui antes). Mas, analisando alguns scouts pontuais podemos até pensar que o CEC não é reativo. Mas analise numa amostragem maior. O time do Mano não consegue tomar as rédeas do jogo (o famigerado e atual propor o jogo). Foram raras as apresentações que o time teve outro comportamento como plano de jogo.

      • Palestrino disse:

        Obrigado, Bruno. Postei alguma coisa há alguns anos, 2012 se não me engano. Mas tem bastante tempo, acho que foi inclusive com meu nome. De la pra cá acompanho o blog vez ou outra e seus comentários. Uma luz em tempos de histeria das redes sociais. É sempre bom discutir futebol com torcedores que enxergam futebol um pouco além do resultado.

      • Palestrino disse:

        Quanto ao propor o jogo, acho que é relativo. Depende muito do plano de jogo como disse um colega aí acima. Fico encafifado com comentarista esportivo que faz suas análises genericamente sem levar em conta a proposta de jogo de cada time numa partida. Por exemplo, em um clássico Corinthians x São Paulo ouvi um cronista dizer que o tricolor dominou o jogo mas perdeu, quando na verdade quem dominou o jogo dentro de uma proposta eficiente foi o alvinegro que propôs defender-se e aproveitar uma ou duas bolas. Prevaleceu um plano que privilegiou menor posse de bola e aproveitamento mais eficiente desta para marcar gols. Não dá pra falar em domínio quando quem tem a posse de bola não consegue converter seus tentos em razão de melhor posicionamento defensivo de seu adversário.

      • BrunoBarros disse:

        Palestrino, a questão é que o comportamento de um time sem a bola influencia diretamente na hora da posse. O ataque começa na hora de defender. Existem variações de esquemas, 4-1-4-1, 3 zagueiros fazendo uma linha de 5 na hora de defender. O 4-4-2 utilizado sempre pelo Mano, por aí vai. O problema do Cruzeiro é que suas linhas estão quase sempre baixas, até mesmo uma pressão média é artigo raro com esse time. As linhas nessa hora estão quase sempre bem próximas, é verdade, mas na hora que recupera a posse de bola o time via de regra se espaça, volantes distantes dos meias, os dois pontas espetados e recebendo bola sempre com pouca gente do lado pra fazer uma jogada, Thiago Neves afunda lá na frente e fica um hiato entre os volantes e meias. Vira uma bagunça. Se não consegue uma resolução rápida nesse contra-ataque o time fica facilmente encaixotado pela marcação adversária.

      • Palestrino disse:

        Então, Bruno Barros, não é evidente que está compartimentação se dá mais pela falta de mobilidade dos jogadores dada as características destes do que pelo esquema adotado? De acordo quando você diz que o ataque começa na hora de defender. De fato é a postura defensiva do time que determinará como a bola será retomada e como o time irá criar suas jogadas ofensivas. Alguns treinadores preferem a retomada mais próxima do gol adversário, outros preferem esperar mais atrás para saídas em velocidade. Mas não acho que esta lentidão na transição de fases seja de responsabilidade exclusiva do técnico. Mano não teve foi sorte, pois os volantes encomendados por ele para fazer essa saída de bola mais rápida que foram Mancuello e Bruno Silva, ainda não convenceram.

    • Magno Antunes Dos Santos disse:

      Mano é o principal problema porque conhece os jogadores mais de ano e não segurou quem tem velocidade ou trouxe outros pro lugar de quem saiu. Ele escolhe com quem vai trabalhar e quem entra em campo, principalmente, neste peíiodo de gastanças

      • Palestrino disse:

        Eu pessoalmente, acho que devido a característica de nossos meias deveríamos jogar em linhas medias. Povoar mesmo o meio campo e tentar recuperar a bola mais próximo do arco adversário. Mas é minha opinião pessoal. Não acompanho os treinos, não conheço tão bem nossos jogadores e nem vivo de futebol.

      • BrunoBarros disse:

        Palestrino, se quiser no mesmo time Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta, só dessa forma. E o Mano deveria tentar. Pra isso ele vai ter que abrir mão da mania de deixar a última linha defensiva muito próxima do goleiro. Vai ter que diminuir o campo, adiantar essa rapaziada, deixar o campo pequeno, aproximando esses jogadores, pra que eles consigam jogar com a bola nos pés, os melhores times fazem isso. Botar esses caras pra ficar correndo quase campo inteiro toda hora é até maldade. E não tá funcionando.

      • Palestrino disse:

        Mas aí entra a escola de cada treinador, se é que podemos chamar assim. Mano vem do Sul. Lá desde as categorias de base os times são treinados em linhas mais baixas. Acho que isso não muda. Já virou convicção de formação do técnico. Só vi o Tite até hoje alterar um pouco sua forma de ver o jogo, alternando seu repertório tático por influência do Ancelotti. Mas de acordo, acho que nossos laterais não tem funcionado como válvula de escape também. Ficam presos demais. Edilson por ser lento. Egídio por determinação tática. Isso dificulta e muito a velocidade dos contragolpes. Acredito que o primeiro problema do Cruzeiro seja a falta de um finalizador mais incisivo na frente. Um Rodriguinho, por exemplo. O segundo seja a falta de aproximação de seus setores. Pode reparar que Corinthians e Santos que jogam de modo parecido ao Cruzeiro tem jogadores mais leves e móveis que os nossos. Mais jovens também. Mas penso que trocar de treinador não transformará jogadores lentos em rápidos.

  20. Luizito Soárez disse:

    No único comentário sensato de Vilela, ele descreveu Síndico perfeitamente: “A vida imita a arte e a arte imita a vida…. A imprensa fala muitas vezes o que a torcida quer ouvir…. Eh uma estratégia, muito comum em redes sociais…. Não importa o nível intelectual do sujeito, o que importa são likes, audiência…. Se fossem fazer comentários inteligentes, remando contra a maioria acéfala, iriam contrariar o rebanho e perder “clientes””

  21. Renato disse:

    Mano Menezes é cag@o e alguns jogadores tiram coelhos de cartola. Isso quando não toca com Dedé de atacante. Está sempre mais próximo do empate porque craques como Arrascaeta estão sempre entr o banco de reservas e o time titular. TN e Robinho já poderiam ter feito um tour pelo banco, mas o medroso não tem as moral de tirar. Esse time na mão de AB ou Marcelo Oliveira ia sentar o burraio em todo mundo. Mas, o que tem para os próximos 2 anos (!) é esse animal. Paciência e força CRUZEIRÃO!

    • Palestrino disse:

      Treinar não é somente metodologia de treino ou ideias sobre futebol. Tem a ver com gerir um grupo e relacionar com seus líderes. Neste sentidos algumas opções do treinador tem de ser pautadas na coerência até para não perder o comando. Mano faz muito bem este trabalho, tanto que nos tirou de situações piores por meio deste bom gerenciamento de egos. Outros treinadores já naufragaram por afastar os líderes do time e tentar alternativas mais vanguardistas. Dentre eles o português Paulo Bento que deixou muitas viúvas na torcida. Adilson é outro que nunca compreendeu bem os ditames das relações pessoais e sabotou a própria carreira.

      • matheus t penido disse:

        Concordo parcialmente com essas duas visões.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Leva a mal não parceiro, mas as vezes Mano não é muito coerente. Pelo menos analisando as informações que temos. Se há questões de bastidores, aí a conversa é outra.

      • Palestrino disse:

        Bruno, o último treinador que tentou barrar as referências do elenco no time titular foi embora após um dos piores aproveitamentos vistos no Cruzeiro nestes últimos tempos.

      • Magno Antunes Dos Santos disse:

        Treinar é escalar os ditos melhores
        Rendeu continua
        Não rendeu senta e espera a vez…..é assim que se faz no mundo do futebol competitivo principalmente onde não se tem fora de serie pra decidir 40 jogos no ano.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Paulo Bento, né? Temos que contextualizar. Olha a rabuda que o cara se meteu. Mas vamos comparar: O time do Portuga criava pelo menos 3 vezes mais chances reais que o time atual do Mano. Porém, a urgência que a situação se encontrava foi determinante para ele ser demitido. Já imaginou se os atacantes começassem a caprichar mais? O problema do Portuga IMO foi a velocidade com que quis implantar sua filosofia.

      • matheus t penido disse:

        Paulo Bento? Até aqui, como treinador, pfui.

      • Palestrino disse:

        Os melhores dentro de uma ideia de jogo e os melhores para formar um conjunto. Não simplesmente os melhores tecnicamente. Por isso os torcedores não entendem como o Márcio Araújo era importante para o Flamengo e como é preferível escalar o Rafinha ao Arrascaeta quando temos Robinho e Neves como outros meias.

  22. Luizito Soárez disse:

    “Treinar é escalar os ditos melhores” — descobriu sozinho ou com a ajuda dos cientistas?? Escalar é o q??

  23. Celeste disse:

    Vôlei espetacular. Bom também a reativação do futebol de salão. Muitos craques começaram nas quadras. Quanto ao futebol, bem… quase gol não altera o placar…

  24. SÍNDICO disse:

    TALENTIM cumpriu a promessa e mudou de nome.

  25. Mauro Franca disse:

    “David tem muita velocidade, força e drible, faz muitos gols, o burro do Mano não o colocou há mais tempo porque não quis”. Tipo de comentário que espelha a cretinice de certos torcedores, os bambas do achismo. O Mano é burro porque não escalou um jogador machucado??!!

    • Mauro Franca disse:

      “O Henrique está muito lento. O Cruzeiro só foi campeão da COPA DO BRASIL porque ele machucou e entrou o Hudson no seu lugar”. Mais outro exemplo de “análises” que a gente lê por aí.

    • Celeste disse:

      Mauro, as redes sociais criaram o sujeito ” paciência zero” e julgador. É bombardeio por todos os lados. Há momentos em que é melhor ficar em silêncio e dar tempo ao tempo. Eu acredito na capacidade da maioria dos nossos jogadores, no peso da nossa camisa e na força da nossa torcida. Quanto ao Henrique, espero que jogue no Cruzeiro até a aposentadoria.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.