Seis jogos fora de casa

Por SÍNDICO | Em 5 de setembro de 2012

O Cruzeiro foi punido pelo STJD devido aos incidentes no RapoCota com perda de 6 mandos de campo e multa de R$60 mil.

Leandro Guerreiro tomou 2 jogos de suspensão. Montillo deve ter sido absolvido. Nem reparei.

Os dirigentes, Alexandre, Guilherme e Valdir, levaram 30 dias de gancho.

Aposto em prejuízo superior a R$2 milhões.

A próxima punição ocorrerá após o primeiro jogo tenso na volta pra casa.

Não tenho bola de cristal, só tenho a certeza de que o torcedor é incapaz de aprender.

Processo 77/2012, Cruzeiro x AMineiro, categoria profissional, em 26ago12, Campeonato Brasileiro, Série A. Denunciados: Alexandre Matos, diretor de futebol do Cruzeiro, incurso nos Arts. 243-F § 1º, 243-C e 258-B, CBJD; Valdir Barbosa, diretor do Cruzeiro, incurso nos Arts. 243-F § 1º, 243-C e 258-B, CBJD; Guilherme Mendes, dirigente do Cruzeiro, incurso nos Arts. 243-F § 1º, 243-C e 258-B, CBJD; Cruzeiro, incurso no 213, I e III n/f  do Art. 184, com o agravante do § 1º e as penas do Art. 258-D, CBJD; Leandro Luchese Guerreiro, atleta do Cruzeiro, incurso no Art. 250 e Art. 258, na forma do Art. 184, CBJD; Bernad Anicio Caldeira Duarte, atleta do AMineiro, incurso no Art. 250 CBJD; Lucas Pierre Santos Oliveira, atleta do AMineiro, incurso no Art. 250 CBJD; Walter Damian Montillo, atleta do Cruzeiro, incurso no Art. 254 CBJD; Nielson Nogueira Dias, árbitro, incurso nos Arts. 259 e 260, CBJD. Auditor-relator: Francisco de Assis Pessanha Filho.

54 comentários para “Seis jogos fora de casa”

  1. Rogério disse:

    Toma que dê para recorrer e cair para 2 mandos..

  2. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    Direção amadora. Torcida ‘amadora’. Prejuízo na conta. E retorno pra 7 Lagoas. Que decadência. Mas este é o momento de transição celeste.

  3. Hu6o 5erel0 disse:

    É possível recorrer?

    • Matheus Chaves disse:

      Sim. É possível recorrer ao STJD, e pedir efeito suspensivo até o pleito ser julgado no pleno do tribunal.

      • num segundo julgamento, a pena pode ser ampliada?

      • Matheus Chaves disse:

        Good question…

      • rosan amaral disse:

        Em todo pais sério há certas garantias individuais e coletivas. Em todo tribunal sério existe um princípio que proibe o “reformatio in pejus” (reformar a decisão para piorar a situação do recorrido). Em nova decisão só poderá haver aumento da sanção se a acusação também recorrer pedindo pena maior. Caso contrário não há como aumentar a pena se só o Cruzeiro recorrer.

      • André Figueiredo disse:

        “Poibitio Reformatio in Pejus” é institudo exclusivo do Direito Processual Penal. No caso em tela, como trata-se de Direito Desportivo, não há nenhuma vedação quanto ao agravamento da pena no segundo grau da jurisdição.

  4. Elias disse:

    Seis jogos e 64 mil de multa. Passível de recurso ao pleno. Interessante foi o voto do “juiz” e ex- advogado do Atretico, que estende por Roberto Vasconcelos: 8 jogos e 80 mil de multa, diferente de todos os outros. Eu, conspiradão? Que isso…

  5. Ernani Bittencourt disse:

    Seis mandos de campo. Graças a Deus estamos livres de jogar naquele campo puxadim do horto. Bora pra Ipatinga. E achei que nao mas tiveram a coragem de julgar o processo do Montillo, Absolveram na verdade, mas deviam é repreender o atleticano paulo Schmidt por querer apitar jogo.

  6. Queria conhecer cada idiota que jogou tudo aquilo no gramado. Perguntaria a cada um deles como se sentem prejudicando tanto o time que dizem que torcem.

    • Ernani Bittencourt disse:

      Queria visitar cada um deles atrás das grades e rir da cara de um por um. Gente insana, descontrolada e que deviam ser banidos dos campos. Imaginem se um bandido desses conseguisse entrar armado??

  7. Francys disse:

    O grau animalesco foi elevado ao cubo, devido a treta BWA/GALINHAS. Irracionais sempre dão as caras, mas nunca na proporção do último ex-clássico. Muitos, agiram assim sem pensando de maneira simplicista: “Não quero jogar aqui, enchendo os cofres do 6alo e ouvindo piadinhas do Kail. Esse, o único ser humano que conheci, capaz de rasgar dinheiro. Inédito boca bamba.

  8. Francys disse:

    O phoda é que estamos nos adaptando ao magelão. O lado bom, é que os Cruzeirenses poderão ver uma partida do Cruzeirão na sua totalidade; e não 65/70% como no Magelon!

  9. Elias disse:

    Tendo em vista a torcida do Coritiba ter destruído o estádio, machucado muita gente, inclusive a polícia com invasão de campo, arremesso de inúmeras cadeiras, fogo, etc ter tomado 10 jogos, achei, a despeito da reincidência, 6 jogos uma pena muito alta. O dobro da pena do foguete – 4 jogos+ multa, seria mais apropriado. Esse deve ser o argumento pro recurso ao pleno.

    • errado. o coxa levou o dobro e conseguiu revisão da pena. e era primário. o cruzeiro é reincidente e ainda não teve a pena revista. a menos que a mão invisível do naco do mesalão etc e tal…

      • Elias disse:

        Então…o Cruzeiro deve requerer a revisão da pena no pleno. Esta pode ser uma linha de argumentação. Esta e outras que o competente corpo jurídico do clube deve ter. Eu torço para que consigam resultado no intento. Vc TB? Ou muito me engano?

      • a única dúvida é saber se a revisão não pode acabar sendo pra mais. quanto ao local de jogar, tanto faz. jogando longe, o time foi vic em 2010. de resto, definitivamente, não brigo com meus olhos. eu vi o que aconteceu, então, não perco tempo desconfiando de juizes. não vejo sentido nisto.

  10. Qual dos Silva vai pra campo hoje? Lucas ou Sandro?

  11. pegamos foi o boi. quando a pena for revista, pegaremos a vaca tb.

  12. rosan amaral disse:

    Acredito que temos chance de reduzir a pena para 3 ou 4 partidas.

  13. kmp disse:

    A punição era prevista, nem falo sobre esses togados do STJD, todos rábulas sem critério, vou me ater ao lado bom da coisa, a interlândia vai poder ver jogos do seu time do coração, seja Varginha, Sete Lagoas, Ipatinga ou onde quer que seja, e isso é muito bom. Até breve, independência, e o kanil ficará sem suas piadinhas infames, esse o outro lado bom da coisa.

  14. Jornalista disse:

    Tomaremos prejuízos técnico e financeiro. Mas jogar naquele estádio pequeno também não estava fazendo bem ‘torcedoramente’ falando.

  15. Ex-Calhorda disse:

    Varginha está de braços abertos esperando o Maior de Minas pra encher o Melão. Uberlândia tem apenas meia dúzia de cruzeirenses.

  16. jrgalvao disse:

    Tirando os seis jogos, nada demais, ja previa 4 jogos, o negocio e conseguir uma liminar e protelar o cumprimento da pena. Jogar em ipatinga e uberlandia, é fria, tem que jogar em Varginha. Tomara que parte da torcida aprenda. O resto dentro do escripti, tem que apreender a respeitar as regras do jogo.

  17. Ex-Calhorda disse:

    Pior que esses idi.otas que jogaram coisas no gramado tiveram papel fundamental pra fazer pressão no time adversário e no juiz pra, na raça e na intimidação, empatar aquele jogo. Deixamos as frangas nervosas (Perderam 2 expulsos, por exemplo). E esse jogo pode ter sido determinante pra baixar a crista das frangas e impedi-los de campeonar.

  18. Edu Mano disse:

    6 jogos é um ABSURDO. Ridículo. Não, não estou diminuindo a atitude da torcida e acho SIM que ela é passível de punição. Mas SEIS JOGOS?
    Como culpar o clube, o trabalho dos jogadores e agrande maioria pela atitude de meia dúzia? Deve-se sim identificar os culpados e suspendê-los para sempre do estádio. Não o clube.
    Seis jogos é RIDICULO.
    E o árbitro que veio para a beirada do campo não poderia ter diminuido as ocorrências no meio do campo?
    Impressionante.

    • Edu Mano disse:

      Repito… não estou diminuindo a atitude da torcida. Mas o grande impulsionador de tudo isso foi o juiz. Vejo MUITA diferença dos protestos (errados) que ocorreram neste jogo daqueles acontecidos nos 6×1.
      E, embora não tenha NADA a ver, acho que o Cruzeiro foi punido tempo o suficiente pelas autoridades com sua incompetencia de nos deixar 2 ANOS fora de BH. Poderiam levar isso em consideração antes de prejudicar ainda mais o Cruzeiro.
      Tô muito puto.

  19. André Figueiredo disse:

    “Poibitio Reformatio in Pejus” é institudo exclusivo do Direito Processual Penal. No caso em tela, como trata-se de Direito Desportivo, não há nenhuma vedação quanto ao agravamento da pena no segundo grau da jurisdição, num eventual recurso. Entretanto, se o STF é tribunal político jurídico, o STJD é muito mais político que jurídico (ou só político!!!). É o momento do Cruzeiro acionar suas “influências” e recorrer…

  20. carfelix disse:

    Tomara que a torcida aprenda algo!!, mas, claro que não vai aprender, a verdade é que os im-becis que fizeram isso prejudicaram um parcela enorme da torcida que não poderá mais ir aos jogos em Belo Horizonte e ninguém saiu punido disso, a punição é muito bem feito, torcida que faz esse tipo de bagunça precisa ver o time prejudica, nós não reclamamos na libertadores da falta de punição da Sulamericana?, pois é, é bom que aprendam, lugar de torcedor “fave-lado” não é em estádio, é na cadeia…

    • carfelix disse:

      …depois que o time não conseguir ir para a Libertas 13 por falta de apoio das arquibancadas o torcedor vai reclamar, então que reclamem a vontade porque a culpa é nossa, torcedor fez, agora engole.

    • jrgalvao disse:

      Quem lhe garante que o cara que arremessou copinho de agua era faelado. Preconceito e intolerancia aqui é mato. E tem mais, o local de onde ieram os objetos e a parte mais cara do estadio. Não e so faelado que faz merda neste país, aliás nao é mesmo e tem tempo.

  21. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    Juiz de Fora seria uma opção – cidade mais mineira dos mineiros.

  22. Ricardo Malafaia disse:

    Deve ter muito torcedor p. da vida com esta história de perda de mando. Na próxima vez que alguém jogar alguma coisa no campo, com certeza vai ter confusão.

  23. Beth Makennel disse:

    E quantos jogos levaram os jogadores do time rosa, Bernard e o outro?

  24. kmp disse:

    Dois minutos de apagão e levamos dois gols, isso não pode acontecer, e o Wallyson continua devendo, colocaria o Elber em seu lugar, e o Tinga o melhor do time novamente.

  25. André Figueiredo disse:

    Coloco está derrota na conta do Celso Rorh. Vai escalar mal assim lá na p.uta que p.ariu!!!! Vai substituir mal assim lá na p.uta que p.ariu!!!

  26. André Figueiredo disse:

    O árbitro errou, mas isso não é desculpa para um time tão mal armado!

  27. Romarol disse:

    Que alegria! 6 jogos sem pagar aluguel pra Cocota. Que tristeza! 6 jogos que o sócio-torcedor fica prejudicado.

  28. Naldo disse:

    Não vou ficar aqui atirando pedras em ninguem. A torcida errou? Errou. Mas o lebrão errou mais ainda. E é compreensível que no calor do jogo o torcedor tomar determinadas atitudes que precisam ser revistas depois. Agora sabemos que se fizermos isto, seremos punidos. Fica o aprendizado. Estou esperando para ver como fica o Lebrão. Fora isto, ter baixado a crista da Cocota e do Kalil, não tem preço.

  29. Jose Neto disse:

    O triste da derrota do Cruzeiro foi perceber que a derrota poderia ter sido evitada se o Seedorf fosse devidamente cercado por um jogador que aguentasse acompanha-lo, infelizmente o Leandro Guerreiro tem a mesma idade e menos futebol do que ele. Quanto a punição não há como reclamar todos sabemos que o STJD estava esperando isso acontecer pra agir e a torcida deu os motivos.