Segundona na sexta e no sábado

Por SÍNDICO | Em 17 de outubro de 2009

O Ipatinga está comemorando a decisão do Corpo de Bombeiros, que liberou seu estádio pra 11.400 espectadores.

E sonha com a ampliação do Ipatingão pra, no futuro, receber público superior aos 30.000, sua capacidade atual.

Resta saber se a Prefeitura se animaria a investir no estádio sabendo que a média do Tigre, nesta Segundona, é de 1.140 torcedores? 

O Sanca, que só tem poder de convocatória quando está “nas cabeças”, levou 1.015 torcedores na vitória de 3×0 sobre o ABC, nesta sexta-feira. E voltou a sonhar com o acesso.

Mais animada, a torcida figueirense levou 5.007 fanáticos ao Scarpelli na vitória de 3×1 sobre o Juventude, que fez o rival do Avaí dormir no G4.

Neste sábado, o Atlético-GO recebe a Lusa no Serra Dourada. Se não vencer, o Figueira se consolida na zona de acesso, de onde será quase impossível desalojá-lo.

Vasco e Guarani já estão com um pé da divisão principal em 2010. Vovô, Figueira e Dragão, estão na briga pelas duas vagas restantes.

A oito rodadas do final do torneio, Lusa, Sana e Ponte têm chances, ainda que remotas.

Se der a lógica, Velho Damas continuará com um Atlético na Segundona, desta vez, o Dragão goiano.

E Santa Catarina, tal qual Minas, Paraná, Rio Grande do Sul e, quem sabe, Rio, poderá ter dois clubes na 1ª Divisão.

Em tempo: semana que vem, o Duque receberá o Sanca no Los Larios, em Xerém. Rumo ao público zero!

47 comentários para “Segundona na sexta e no sábado”

  1. Palmeira. disse:

    O gás do Dragão está em baixa e corre sérios riscos de sair do G4. Se não vencer a Lusa hoje, perde a 4ª posição.

  2. Arthur disse:

    Putz, se é pra destruir o moral do MORRINHÃO, o JS abre um post nuuuuma velocidade… JS- Ipatinga é um time que existe no povo, ou existe nos interesses de alguéns? Querer que Bragantino, Central de Caruaru, São Caetano ou seria São Brastemp? São Consul? criar time no papel, sem torcida??? Que tal torcer pro time de volei BANORTE? E o BRADESCO? Atrelar o esporte a negócios puramente, é complicado. Querer que isso dê certo, pior ainda. Achar que mudar a fórmula do campeoanto vai mudar isso? Me lembra o PLANETA DOS MACACOS III, onde se reza, se venera e se adora um icone -bem próprio- a bomba atômica que não explodiu! È o caso do torcedor do time que nunca existiu. Mudar o MORRINHÃO vai mudar isso??? Não.

    • Arthur disse:

      Só pra completar: mais interessante fizeram COLORADO e PINHEIROS que se uniram, fizeram uma camisa repartida e somaram torcidas e patrimonio e viraram um só clube, maior, melhor e rentável. Se o SOCIAL e o IPATINGA fizesem uma fusão, e um clube/time só, cresceriam mais e teriam uma vida bem melhor e mais estável. Um problema de clube sem torcida é muito sério, e não vai ser Morrinhão ou não-morrinhão que irá resolver isso.

      • Jorge Santana disse:

        Funde, então, e, depois, e bota o Ipacial ou Sociopata, sei lá como seria o nome do híbrido, pra dispoutar o Morrinhão e confira quantos rdishs se animarão a prestigiar um jogo do novo time contra o Duque.

      • Arthur disse:

        Bem melhor que Sóca-tinga por exemplo… mas porq eu colcoar nomes dos clubes, por que não outro nome a ser votado pelo torcedor. Pra qeum não lembra, CRUZEIRO já foi ‘IPIRANGA” e nosso trágico e horross uniforme era amarelo! Já imaginou “IPIRANGA, IPIRANGA QUERIDO, TÃO COMBATIDO JAMAIS VENCIDO!”, com o time todo de hepatite em campo? Com certgeza EU ia continuar torcendo pelo Timbú! se EU fosse daí, colocava um nome forte tipo USIVALE FUTEBOL CLUBE. Com a palavra meu amigo em assuntos sociais/interiores: RDISH.

      • Colorado e Pinheiros é somente a mais recente etapa da fusão de vários times da história do futebol paranaense. E na batida que vai o Paraná vai ter que se juntar com alguém para continuar sobrevivendo.

      • Jorge Santana disse:

        No final de tantas fusões, o Brasil terá meia dúzia de clubes. Provavelmente, vestindo as camisas do Santander, Bradesco, Caixa, BB, Itaú e BMG. è pra lá que rumamos graças à burrice brasileira.

      • Arthur disse:

        Pô, JS, vc nem parece qeu é cruzeirense, vamos lembrar do no$$o patro$$inador BANCO BONSUCE$$O. Ich, agora o GU$TAVO OLICO$TA vai ficar preocupado, EU tou fazendo propaganda do patrocinador no Site concorrente do daddy dele, isso vai dar bode… Onde estará o CARLES VC-DE-FUTBOL OLICOSTA agora???

    • Jorge Santana disse:

      O Lanus, campeão argentino não faz muito tempo, tem 50 mil torcedores. Isto os times citados têm tb. Só que esta gente não curte muito torneios intermináveis com centenas de jogos desinteressantes.

      • A segunda divisão Maranhense é MUITO interessante. Tem um prefeito de 52 anos de idade que atuou na partida contra o Moto Clube pelo SAnta Quitéria (nome sugestivo mas que tem a ver com a cidade maranhense e não com a nossa Esmeraldas). Tem jogos interessantissimos e dignos do Guiness onde acontecem 9 gols nos 9 minutos finais. Tem médias de gols e penaltis por jogo que tornam a motivação enorme. Além de subir somente uma equipe (das 5 da segunda divisão) o que torna a competição acirradíssima. Depois dou detalhes da primeira e segunda divisão candanga.

      • Leo Vidigal disse:

        Os campeonatos maranhenses sempre foram os mais intrincados do Brasil. Vale um estudo aprofundado sobre a relacao entre formula de disputa e competitividade e outras questoes.

    • Mauro França disse:

      O Central de Caruaru não serve para o que vc expôs, Arthur, seja lá o que tenha sido.

      • Arthur disse:

        KKKKK FRANÇA- seu desdém é pãndego… falei de time sem torcida, time sem título, time sem expressão…

      • Mauro França disse:

        Pois é, o Central de Caruaru tem torcida e tradição.

      • Arthur disse:

        MAURO- segundo constatei lá em Maceió (terra da sopa de letrinhas) os grandes times da cidade são: FLA, SPFC, CORINTIA, VAXCU, SEP, FLU mais ou menso nessa ordem. Pode ir lá, e vc vai ver a mesma coisa… existir longamente (sobreviver) não é sinal de tradição, é sinal de teimosia… o 7 de Setembro que o diga, ou talvez o USIPA, ou talvez a COCOTA DE 3 CORAÇÕES, pode correr qeu tem muito nome por ai, nessa enorme estrada.

      • Mauro França disse:

        Não, estes times que vc cita acabaram mesmo, o que não é o caso do Central, do ASA, do Lagarto e tantos outros do interior afora, que insistem em se manter vivos, apesar de tudo.

      • Jorge Santana disse:

        Deixa de ser distraído, Arthur! Põe o Flamengo pra jogar contra o CRB ou o CSA em Maceió e vc terá 80% de torcida do time local na arquibancada. Até o Ipatinga já dividiu estádio com o Cruzeiro numa final mineira. Agora, se não tem competição pros times locais, o torcedor fica na TV. Por enquanto, flamengando, mas, em breve, barcelonando.

      • Arthur disse:

        JS- quando estive la´, foi exatamente essa pergunta que fiz para algumas pessoas: motoristas de taxis, vendedores, donos de lojas, gerentes de restaurantes e hotéis. O que ouvi, foi mais ou menos o seguinte: 1)o povo não tem como gastar $$$ com futebol, seja torcedor, seja o clube; b)nem os ditos clássicos locais dão ibope, pois os jogadores mesmo são péssimos (má qualidade, preparo?, recursos, tudo) Se sair uns 9 gols como outro dia, é porque o jogador está parado, sem força, anímico. Não tem como! Então essa idéia de disputa local não soluciona o problema: faltam TODOS os recursos. E o povo já perdeu a vontade tb!

  3. Por falar nisso… estou de saída para ver a decisão da segundona do eletrizante campeonato candango de futebol. Botafogo-DF x Ceilandense. Com Túlio “Fanfarrão” Maravilha promentendo o gol 900 (já desmacararam e a contabilidade oficial registra menos de 800 gols). EM todo caso, deve ser melhor do que a segundona do Maranhão em que o Moto Clube não conseguiu retornar à 1a divisão. Vou ao jogo no CAVE até para ver se consigo acompanhar a teoria de descredito do “morrinhão” e defesa dos regionais emocionantes e motivantes.

  4. Frede disse:

    A turma nao gosta de futebol. Nao adianta ficar discutindo formulas. Time da cidade e a turma nao apóia, pra que que vcs vao ficar esquentando a cabeça?

    • Jorge Santana disse:

      Concordo, em termos Frede. Brasileiro tá perdendo o gosto pelo futebol. Já gostou mais, porém, hoje em dia, obrigado a ser rival de clubes de cidades a 2 mil Km de distância, ele perde o tesão. É foda ter que acordar todo dia com a obrigação de odiar o Náutico ou o Coritiba. E o torcedor do Braga, tendo que pensar algum chiste pra disparar contra o fanático pelo Duque? Melhor largar de mão o futebol e ir a um baile funk.

  5. Chaves disse:

    Post Aparece Sobrinho

  6. Chaves disse:

    Pobre Damas. Não anda nem dormindo a noite com medo do Cruzeiro terminar o Brasileiro na frente do Patetico-MG. Ao fim da Libertadores, Cruzeiro estava em 16° e o time do Damas era o líder. O pessoal da Alterosa tbm está tenso.

  7. JJ disse:

    Ouvi rumores (fracos por sinal) da fusão do Coritiba com o CAP. E imaginei o forfé que não iria virar. Imaginem o Cruzeiro e as Frangas se fundirem um dia (toc toc toc). Como seria o comportamento da torcida do “novo clube” ? Eu não consigo imaginar. Fundir clubes sem história ainda vai, mas clubes tradicionais eu acho que não dá certo.

  8. marcel disse:

    Com base em tudo que eu vi e ouvi durante a semana vindo da antiga metrópole a respeito do nosso povo, tudo desencadeado por um vídeo tão desnecessário quanto idiota da pseudo-intelectual Maitê Proença, vou torcer pra Lusa continuar na segundona (já que o Vasco não tem jeito mesmo).

    Tô com ojeriza de qualquer coisa que remotamente me lembre Portugal. Joguei fora uma boa metade de um vinho do Porto.

    Bobeira?! Sim. Mas o que os portugueses descarregaram durante a semana foi muito desrespeito acumulado à nossa Pátria.

    Os dizeres da bandeira das Gerais não estão lá por acaso!

    • JJ disse:

      O que disseram ?

      • marcel disse:

        Tudo o que vc imagina e mais um pouco. Sua mãe, minha mãe, minha esposa, sua esposa/namorada então, tava tudo no meio.

        Mas o que me estarreceu foi a intensidade da revolta. Não sou psicólogo, mas acho que o vídeo foi só uma desculpa para eles exporem o que sentem pelo Brasil e pelos brasileiros.

        Além de demonstrar uma falta de visão das coisas absurda: se há garotas de programas brasileiras lá aos montes, é porque eles as pagam. Portanto, fazem parte desse vergonhoso mercantilismo.

      • JJ disse:

        Vídeo ? Tem no You Tube ?

      • marcel disse:

        O video idiota da Maitê tem. Quando a uma amostra da reação, procure a coluna do Clovis Rossi na Folha intitulada “Brasileiros e portugueses, nada a ver” ou algo assim. Quem viu um pouco do forum no site do GNT durante a semana ficou estarrecido com o show de horrores que aquilo virou.

  9. JJ disse:

    Perrela não quis o Ricardinho por ele ser “velho” ? HAHA.

  10. Walterson disse:

    E o SPFW? Dá uma p… sorte contra a gente e afina pra cocota. Vai entender.

  11. Arthur disse:

    OT: Quem diria SPFC entregando o jogo na maciota pra cocota? Perdendo sem fazer força alguma… uma vergonha! Peg a bola, roda roda roda, e devolve a bola pra cocota. Vê se eles jogaram assim contra a gente?

  12. Binho disse:

    Marcel, menas, menas. Acalme-se e assista menas gnt, ouça menas maitês. Boa noite.

  13. marcel disse:

    Binho. Há muito não assisto aquele programa da g-ene-tê justamente por causa da mai-tê… pretensa intelectual.