Replay

Por SÍNDICO | Em 21 de março de 2009

O Cruzeiro 2×0 Universitário já faz parte do passado. Mas só hoje sobrou tempo pra digitar o que estava no bloquinho.

Qualquer vacilo, vocês debitem na conta do Xina, do Walfrido, do França, do Charles e do Eduardo, que ficaram cornetando o blogueiro.

Minuto a minuto

  • 21h54 – Começa a partida. Cruzeiro, com uniforme tradicional, defende o Gol da Cidade. Universitário, vermelho da cabeça aos pés, defende o Gol da Lagoa.
  • 03 – Marquinhos Paraná (MP, doravante) faz lançamento de 40 metros para Jonathan, que tabela com Wellington Paulista (WP, doravante), mas a bola foge deles e vai pra linha de fundo.
  • 05 – Leonardo Silva (doravante, LS) cede escanteio pela direita da defesa celeste. O brasileiro Marcelo Gomes bate fechado, a bola passa por toda a extensão da pequena área sem encontra defensor pra despachá-la, nem atacante pra arrematar, e sai do lado oposto.
  • 06 – Torcida do Cruzeiro dá show na arquibancada. Bolivianos jogam com dois atacantes avançados: o uruguaio Raimondi e o argentino Sillero.
  • 09 – MP cruza da ponta esquerda, Thiago Ribeiro (doravante, TR) ajeita a bola para Jonathan, que chuta forte, cruzado, à direita do goleiro Lampe.
  • 10 – Raimondi e Sillero tabelam, Thiago Heleno (doravante, TH) corta e passa a bola a Ramires que, rapidamente, lança Wagner, mas a bola sai pela lateral.
  • 13 – TR recebe de WP e chuta cruzado. Lampe desvia a bola para escanteio.
  • 16 – Com entorse no tornozelo, Wagner é substituído por Gerson Magrão (doravante, GM).
  • 17 – GM tenta driblar na grande área, perde a bola para Marcelo Gomes, que chuta forte, rente ao poste direito.
  • 20 – GM lança bola sobre a área do Universitário. TR fica com o rebote concedido pela defesa e cruza, mas não encontra quem conclua o lance para o arco boliviano.
  • 21 – MP lança Sorin na ponta esquerda. O lateral lança TR, mas a bola escapa pela linha de fundo.
  • 30 – Jogo parelho. Cruzeiro não consegue armar triangulações nem ultrapassagens pelos lados do campo. WP corre feito maluco, mas é pouco acionado.
  • 31 – Ramires lança WP, que cruza da esquerda. Defesa espana.
  • 32 – WP cruza pela direita, TR conclui de cabeça, Lampe defende.
  • 33 – Torcida solta o grito. Apoio geral ao time.
  • 34 – Ribera chuta quase do meio de campo, sem perigo, à direita de Fábio. Defesa celeste está bem postada impedindo articulações do adversário.
  • 35 – Saucedo passa a Zabala, que cruza da ponta-esquerda. LS desvia a bola para escanteio.
  • 36 – Sorín cruza, enviesado, da esquerda. Ataque não comparece pra arrematar.
  • 38 – Torcida celeste dá show na arquibancada.
  • 39 – Marcelo Gomes bate falta, da intermediária, por cima do travessão.
  • 40 – Sillero cruza da esquerda, Gomes ajeita a bola para Ribera, que chuta tão fraco que a bola nem alcança o arco celeste.
  • 41 – Cruzeiro força o jogo: 21 jogadores estão dentro do campo de defesa do Universitário.
  • 42 – Gomes chuta da intermediária, Fábio defende. Defesa celeste não permite brincadeiras bolivianas nas proximidades de seu arco.
  • 45 – Raimondi e Sillero trocam passes, Fábio fica com a bola e sai jogando com Sorín. O lateral passa a GM, que é vaiado pela pequena torcida.
  • 46 – Fim de 1º tempo. Pequena torcida tenta vaiar, mas é sufocada pela grande torcida, que aplaude o time e canta refrões de incentivo.
  • Zezé Perrella concede entrevista. Diz que, na reta final do Mineiro, o time voltará a jogar com todos os titulares. Explica os altos pecos dos ingressos: “Estão caros para criar um diferencial para o sócio-torcedor que se dispuser a pagar R$50 mensais para assistir a todos os jogos caseiros do time. De qualquer forma, os preços continuam menores do que os praticados por São Paulo, Sport e Palmeiras nesta Libertadores”. Sobre a notícia de que o Kia Joorabichian teria oferecido US$18 milhões por Ramires, ele disse: “Nenhum empresário está autorizado a vender o Ramires. Nosso craque não tem preço. Se houver negociação, no futuro, o valor será definido em função do clube que fizer a oferta”.
  • O Governador Aécio Neves também cornetou: “O time está sonolento, desconectado. Tem que fazer jogadas de linha de fundo para abrir a defesa boliviana”.
  • 22h58 – Começa o 2º tempo. Os times voltam sem alterações.
  • 02 – Ramires se atira dentro da área cavando pênalti. Juiz manda o jogo seguir.
  • 03 – Torcida celeste bota pra quebrar. Começa a desfiar todos seus grandes hits.
  • 04 – Sorín lança MP, que aciona Jonathan. O lateral entra na área e chuta forte, cruzado, à direita de Lampe.
  • 05 – O barulho produzido pela torcida é ensurdecedor.
  • 06 – Ramires lança Jontahan, que vai à linha de fundo e cruza. Defesa corta.
  • 07 – TR passa, de calcanhar, a GM, que arremata forte, á direita de Lampe.
  • 08 – Jonathan lança TR, que cruza. Defesa corta. Torcida dá show.
  • 09 – TR cruza da esquerda, WP se enrola com a bola, Lampe defende.
  • 10 – MP carrega a bola por 30 metros, serve MP, que chuta para defesa de Lampe.
  • 11 – Jonathan faz lançamento de craque para GM, que entra na área em velocidade, dribla Lampe e é derrubado. Pênalti!
  • 12 – WP bate forte, rasteiro, à direita de Lampe: Cruzeiro 1×0. Torcida incendeia o Mineirão.
  • 19 – TR parte pra cima da defesa, recebe um safanão de Aguirre, cai e simula contusão. WP parte pra cima do juiz pedindo vermelho para o boliviano e é atendido. Na sequência, centroavante comemora a expulsão agitando os braços para a torcida, que responde com entusiasmo.
  • 21 – Rivero derruba Ramires e é amarelado.
  • 22 – Marcelo Gomes é substituído pelo brasileiro De Carlos, que o pai, entrevistado nas tribunas, considera um craque completo.
  • 23 – Jonathan, inspirado, faz outro lançamento para GM, que tenta um passe a TR. Lampe se antecipa e fica com a bola.
  • 24 – Sorín lança Ramires, que cruza para GM. O arremate sai fraco, Lampe defende.
  • 25 – Jonathan lança Ramires, que é derrubado. Fabrício bate a falta sobre a área, mas o lance é parado por impedimento do ataque celeste.
  • 26 – TR é substituído por Wanderley. Sillero dá lugar ao brasileiro Dimas da Silva.
  • 27 – Ramires lança Jonathan, que cruza. Defesa corta.
  • 28 – Sorín lança Wanderley, que cruza. WP cabeceia, Lampe defende.
  • 29 – GM divide com Lampe e recebe cartão amarelo.
  • 33 – Raimondi recebe bola limpinha nas costas da zaga, entra na área e chuta forte, cruzado, de pé direito. Fábio sai do arco, fecha lado esquerdo e salva o gol com pé direito.
  • 34 – Zabala derruba MP e recebe cartão amarelo.
  • 35 – Sorín cruza alto, Lampe defende.
  • 35 – Sorín passa a Jonathan, que cruza para defesa de Lampe.
  • 38 – Sorín cruza, Ramires cabeceia fraco, defesa corta.
  • 40 – Jonathan desaba. Suspeita de torção no tornozelo, que não se confirma. Trata-se de cansaço. Jancarlos entra em seu lugar.
  • 42 – WP passa a Ramires. Que chuta alto, por cima do travessão.
  • 43 – Fabrício lança Jancarlos, defesa chega antes de cede escanteio. Jancarlos, cobra, defesa cede outro escanteio. Na 3ª cobrança, Jancarlos passa a Fabrício, que rola para GM. O chute sai lato, por cima do travessão.
  • 45 – Wanderley recebe na entrada da área, dribla Rivero, a bola corre e fica um pouco distante dele, mas na medida para WP, que chega batendo de primeira, com o pé direito, no canto direito de Lampe: Cruzeiro 2×0.
  • 46 – Torcida continua desfiando seus grandes sucessos. Belíssima festa dos 15 mil presentes.
  • 48 – Fim de jogo. Cruzeiro dispara na liderança com 10 pontos. Quito com 5, Estudiantes com 3 e Universitário com 1 fazem a escolta.
  • Jogadores entrevistados têm opinião em comum: o time entrou bem mais disposto e rápido no 2º tempo, o que facilitou a vitória. E elogiaram o apoio da torcida.

24 comentários para “Replay”

  1. rosan amaral disse:

    Justiça seja feita ao gorducho Wanderlei: ele corta amplo para si mesmo; tanto que ele arranca para o arremate e percebe o WP próximo, quando então ele para. Corneta da véspera: Adilson, amanhã ponha o Wanderlei para correr pelo menos por 30 minutos; ele em forma poderá ser útil no mês da data mágica do Cruzeiro (“27 de Abril”). Salute azuis.

  2. Walterson disse:

    Sinceramente, não vi tanta coisa assim no primeiro tempo. Visto do campo deve ser diferente.

  3. Jorge Santana disse:

    O bloquinho é implacável, Walterson.

  4. Walterson disse:

    Jorge, acho que voce é que anda vendo coisas demais. E o Fred continua implacável, o que prova que o Carioca é pior que o Francês.

  5. Jorge Santana disse:

    Walterson, dê um exemplo do meu excesso de visão, por gentileza. E o Fred sabe, mesmo, fazer gols. Mas no Maraca é bem mais fácil do que na Fazendinha.

  6. Mauro França disse:

    Walterson, pela TV vemos muito menos de um jogo do que quando estamos no estádio. E repare que nas anotações do Jorge há bem mais do que apenas “melhores momentos”.

  7. Mauro França disse:

    Eu não cornetei nada, diga-se de passagem, deixei o Sindico concentrado na sua tarefa.

  8. Jorge Santana disse:

    Na TV se percebe o detalhe e há o benefício do replay. No estádio, a emoção da torcida altera os sentidos, vê se melhor as táticas, mas detalhes passam batido. De qq jeito, ver o Cruzeiro jogar é um acontecimento único, que eu gosto de guardar, quem sabe pros netos…

  9. Walterson disse:

    Realmente, não são melhores momentos. De fato, não aconteceu muita coisa no primeiro tempo e era de se evitar até falar de passes errados. Veja que dos 17 até os 31 não aconteceu nada na partida. Perguntei um monte de vezes e ninguem me esclareceu o caso da abelhinha. Ainda bem que o Bola nas Costas colocou no ar. Quem não viu é só clicar aqui http://colunas.globoesporte.com/bolanascostas/

  10. Aécio Neves soltou essa pérola também: “Não entendo algumas invenções do Adílson mas ele está fazendo um bom trabalho”. Até o governador corneta e enche o saco. É duro!

  11. Até hoje eu não vi os gols e os principáis lances pela tv.

  12. Mauro França disse:

    Também não vi, Serelo, e a essa altura, acho que não veremos mais.

  13. No jogo do melequinha… fiquei observando o JS.. ele fica com um olho no Bloquinho e outro no jogo, depois disso não confio mais nas suas analises da partida…… hehehe

  14. Jorge Santana disse:

    Sangue Azul, vc nunca ouviu a expressão “um olho no gato, outro peixe”? E de visão periférica, vc já ouviu falar? No mais, leve em conta que vc só duas opções: JS ou LG…

  15. Naldo M disse:

    Pô! a vitória, e por dois gol(s), não foi suficiente para o jogo não? Pois que o Cruzeiro cotinue vencendo. Cruzeiro 2 X 0 Rio Branco hoje, pra mim é mais que suficiente.

  16. Naldo M disse:

    Demorou, mas aprendi: ver, conhecer para depois avaliar com critério para não se cometer injustiças, queimar a lingua e principalmente, esperdiçar talentos. Ramires, Marquinhos Paraná e Leonardo silva estão aí para provar a minha tese. Não conhecia e hoje são grandes contratações celestes. Nunca os critiquei e não me arrependi.

  17. João Chiabi Duarte disse:

    Prezado Jorge Santana,
    Ao fazer o lance a lance realmente pode-se perder algum detalhe, mas, temos a visão do extrato do jogo. As vezes o time tem 10 escanteios seguidos em um lance só e toma sufoco do outro que chegou lá por 10 vezes diferentemente. O tal scout é bom para a gente seguir um jogador… passes certos e errados, conclusões a gol certas e erradas, faltas cometidas e sofridas, lançamentos longos certos e errados, impedimentos marcados, posse de bola…
    Mas, o lance a lance dá idéia do que aconteceu no jogo. Se o time atacou ou não. Se o lance foi importante ou não no julgamento de quem anota.
    Sinceramente, prefiro o seu método ao SCOUT para avaliar a performance do time.
    Sei que dá um trabalhão dos diabos, mas, é bom demais para quem lê sem ter ido ao campo. E mesmo para quem foi dá para tirar dúvidas.
    Um abraço – JCDuarte

  18. Arthur disse:

    JS- somente reforça a minha idéia de que tivemos VOLUME de jogo, domínio de bola, mas ele se mostrou estéril no 1.o tempo, na medida em que diversas boas chances foram perdidas por falta de DECISÃO, PONTARIA, e principalmente PASSE MAL ENDEREÇADO. Se não é flata de treino, é má vontade de colocar o colega pra fazer gol (VITRINE – FOMINHAGEM),

  19. Arthur disse:

    que continua a existir, aqui, no RJ, SP; cada um “quer se dar bem, num trem pras estrelas…”
    ABS/ART

  20. João Chiabi Duarte disse:

    Naldo,
    Qualquer jogador seja de nome ou não tem que ter pelo menos uns 10 jogos para que a gente avalie a sua performance no clube.
    Quantos chegam tão cercados de expectativa e não dão em nada ? Exemplos :
    – Rivaldo, Guilherme, Rincón, Edmundo, Argel, Giovanni Elber, Geovani de volta, Ricardinho de volta, etc…
    Já outros chegam aqui ao clube e são até vaiados porque vieram de um time humilde e acrescentam prá caramba ao time. Exemplos recentes :
    – Ramires, Charles, Marquinhos Paraná, Leonardo Silva, Fabrício (chegou aqui com fama de jogador violento, encrenqueiro e ruim de grupo)… O pior caso é o do Andrey que ia sendo incinerado por ter cometido uma única falha…
    Para avaliar jogador prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém. Wanderlei foi colocado como o péssimo dos péssimos pelo sr. Lélio Gustavo. Eu discordo dele, pois acho que o menino tem muito potencial, só que foi mal nas 2 primeiras vezes que jogou e já recebeu a tarja dos incineradores. Vamos esperar um pouco mais.
    Um abraço – JCDuarte

  21. Flavio Carneiro disse:

    Vocês observaram quantas vezes o nome do Sorin aparece nos melhores momentos do segundo tempo? É ou não é um indicador de que ele está recuperando o bom futebol que o fez ídolo do Mais Querido de Minas?

  22. Naldo M disse:

    Chiabe, você sempre sábio. E eu tenho o prazer de concordar com você. Abç.

  23. João Chiabi Duarte disse:

    Arthur,
    É preciso se dar um desconto pelo fato do Cruzeiro estar ainda fazendo o tal rodízio dos jogadores.
    Tenho certeza de que das quartas-de-fianis do Mineiro para a frente o Cruzeiro vai adotar o seu time titular para não correr riscos, poupando um ou outro jogador se houver mínimo risco de contusão.
    E adianto o meu ONZE titular :
    1 – Fábio
    2 – Jonathan
    3 – Thaigo Heleno
    4 – Leonardo Silva
    5 – Fabrício
    6 – Sorin
    7 – Marquinhos Paraná
    8 – Ramires
    9 – Wéllington Paulista
    10 – Wágner
    30 – Kléber
    A única dúvida que tenho é com relação a Thiago Ribeiro x Wéllington Paulista, mas, prefiro o centroavante como companheiro de Kleber.
    Wágner vai crescer na hora certa. Mas, Gérson Magrão cria uma opção diferente como intnsa movimentação do Sorin pela esquerda.
    Estou prevendo coisa boa para esta reta final…
    Saudações Azuis – JCDuarte

  24. Naldo M disse:

    Tambem estou vendo. A cocota mais um vez sendo devorada, o Le@o perdendo a juba e o Kalil se enfartando.