David, Ederson e Egídio, os melhores

Por Jorge Angrisano Santana | Em 1 de outubro de 2019

ATUAÇÕES dos protagonistas do GOIÁS 1-0 CRUZEIRO, Serra Dourada, Goiânia, 30set19seg20h, 22ª rodada, Brasileiro 2019:

TORCIDA CELESTE não tece acesso ao estádio por conta de uma decisão autoritária do MP de Goiás. Nas redes, obviamente, deu vexame.

FÁBIO, pouco exigido, defendeu todas as bolas possíveis. Passou uma, impossível de ser desviada.

OREJUELA lançou-se ao ataque, mas errou os cruzamentos e saiu no intervalo.

EDÍLSON melhorou o acabamento das jogadas pelas pontas com bons cruzamentos, mas não perseguiu o lateral Ruschel no gol do Goiás.

DEDÉ não comprometeu. Culpá-lo por dar condição de jogo ao artilheiro da partida, é coisa de gente tapada. Ele não tinha como acompanhar a jogada que se desenrolava à sua frente e saber o que acontecia atrás.

FABRUNO jogou bem, sem grandes erros.

EGÍDIO marcou e apoiou bem. Com muito fôlego e dedicação. Ótima partida.

HENRIQUE dedicou-se mais à marcação, atacando pouco. Foi obrigado a cometer faltas para evitar contrataques e, por isto, recebeu cartão amarelo e não jogará contra o Internacional.

EDERSON correu muito, cansou e saiu na metade da etapa final. Esteve nem na marcação e no apoio, mas sem o brilho que muita gente enxergou.

ROBINHO perdeu um gol, deu alguns passes de boa qualidade, mas não rendeu como em seus melhores momentos na temporada e saiu na metade da etapa final.

M GABRIEL entrou na parte final, encontrou um adversário trancado na defesa e nada pôde fazer para mudar o panorama do jogo/

NEVES marcou um gol, que foi anulado, chegou atrasado em outro passe precioso de David e fez boas jogadas. Esteve em campo o tempo todo, mantendo um bom ritmo, apesar de os termocéfalos dizerem o contrário.

DAVID começou o jogo fazendo grandes jogadas e até servindo Neves para um gol que não saiu. Na etapa final, outro serviço, que desta vez resultou num gol anulado. E, além das boas jogadas, muita vontade de ajudar o time.

EZEQUIEL entrou no decorrer da etapa final, correu e incomodou bastante a defesa esmeraldina.

SASSÁ lutou muito e teve uma chance que não conseguiu transformar em gol.

ABEL não inventou, Escalou os melhores e o time se apresentou bem. Acertou nas substituições, mas não conseguiu espantar a bruxa que insiste em impedir que a bola ultrapasse a risca do gol adversário.

CRUZEIRO teve 65^de posse de bola, nove escanteios a favor contra nenhum do adversário, dominou, criou oportunidades, mas quando furou o bloqueio, teve o gol anulado.

GOIÁS foi dominado, mas soube se defender a aproveitar a única chance de gol que se aprestou.

ÁRBITROS apitaram o que o Var mandou e anularam um gol por conta de um impedimento de milímetros.

MelhorDoJogo => DAVID [[[12]]] Ge, Galvão, Romarol, Ramos, Dourado, Rizzi, Penido, Freitas, Fernandão, Guerra, Barnabé, Dudu —– EDERSON [[[10]]] Schulman, Gesoco, Talentim, Bitencourt, Marcoalex, Rezende, Chaves, Burian, Bastos, Wagner —– EGÍDIO [[[5]]] Zuloobas, Araujo, Velloso, Síndico, Patricia —– NEVES [[[2]]] Milani, Palmeira —– HENRIQUE [[[2]]] King, Velame —– EDÍLSON [[[2]]] Diogo, Olivieri —– EZEQUIEL [[[1]]] Pedro —– SASSÁ [[[1]]] André —– ABEL [[[1]]] Polaco —– MICHAEL [[[2]]] Uol, Schrier —– RUSCHEL [[[1]]] Walery —– NEY [[[1]]] Hiram…

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.