Arrascaeta, Dedé, Lucas e Mano, os destaques

Por SÍNDICO | Em 9 de agosto de 2018

ATUAÇÕES dos protagonistas do FLAMENGO 0-2 CRUZEIRO, no Maracanã, Rio de Janeiro, 08ago18qua21h45, ida das oitavas da Libertadores 2018:

TORCIDA CELESTE ocupou todo o espaço a ela destinado e cantou alto o jogo todo. Fez o que toda torcida brasileira faz quando seu time está bem: muita farra. A do Flamengo, idem: perdendo, vaiou.  (Síndico)

FÁBIO, perfeito. Neutralizou as tentativas flamengas, que a defesa celeste não cortou. (Síndico) —– Fez uma defesaça no primeiro tempo e esteve bem nos outros lances. Sofreu com as inúmeras cobranças de escanteios do Flamengo, mas quando não interceptou a bola, contou com a sorte. (Ernesto Araújo)

EDÍLSON marcou bem, atacou pouco. Como pedia a estratégia. (Síndico) —– Discreto no apoio, mas foi decisivo num lance onde tirou uma bola dos pés do jogador do Fla junto à trave. (Ernesto Araújo) —– Não fez uma partida ruim, mas pecou no posicionamento e por isso levou duas bolas nas costas. Além disso, fez um pênalti bobo que o árbitro não viu. (Matheus Chaves)

DEDÉ cortou dezenas de bolas altas e outras tantas rasteiras. Só não acertou os esticões. O que não fez muita diferença. (Síndico) —– Rebateu inúmeras bolas com sua inesgotável energia dentro da área. Mas foi bastante incomodado por Uribe. (Ernesto Araújo)

LEO anulou o ataque flamengo. Bom nas rebatidas, nas coberturas e nas disputas diretas. (Síndico)

EGÍDIO fez uma partida impecável na defesa, mas foi pouco ao ataque. (Síndico)

HENRIQUE criou dificuldades imensas pra Diego Ribas e demais meio-campistas flamengos armarem o jogo. Foi quem mais protegeu a bequeira e o mais competente na saída de bola. (Síndico)

LUCAS marcou, ocupou espaços, armou, fez uma partida impecável. (Síndico)

ROBINHO deu passes para dois gols. Um Arrascaeta aproveitou, outro Neves desperdiçou. Correu bastante, cansou, saiu mais cedo. (Síndico) —– Melhor do jogo. Tem carregado o piano não é de agora. Defendeu por ele e por Neves. Foi o armador mais incisivo do time. Deu passe para o gol do Arrascaeta. (Fernando Henrique)

NEVES perdeu um gol, fez outro. Correu muito, criou pouco. (Síndico) —– Começou muito bem, fez bom primeiro tempo, dando sequência às jogadas. Começou a jogada do primeiro gol derivando da direita para o meio e descolando ótimo passe para o Robinho dentro da área. (Bruno Barros)

ARRASCAETA fez um gol, como se estivesse brincando no quintal de casa. Criou jogadas, movimentou-se. deu trabalhão à defesa flamenga. (Síndico) —– Jogou o fino. E as matadas de bola na biqueta da chuteira?! Chamou Everton Ribeiro para dançar duas vezes. Fez gol, criou o lance do gol que Neves perdeu de maneira bisonha, deixou Rafinha e Raniel em boas condições, participou do segundo gol. Matou a pau. (Bruno Setelagoas)

BARCOS, pesado e sem inspiração, não incomoda a defesa flamenga. Saiu mais cedo, o que fez o time melhorar. (Síndico) —– Jogou tempo demais fora da área e não foi produtivo fazendo essa função. (Ernesto Araújo)

RANIEL entrou na etapa final e deu mais força ao ataque. Conseguiu uma ótima fibalzação que, por pouco, não vira gol. (Síndico) —– Revigorou o ataque do Cruzeiro e teve até oportunidade de gol. (Ernesto Araújo)

RAFINHA correu demais iniciou a jogada do segundo gol e perdeu um na frente do arco flamengo. (Síndico) —– Entrou bem. No lance do segundo gol é ele que corre até a linha de fundo pela direita e não deixa bola sair fazendo o passe para dentro da área, jogada que seguiu com a “preparada” de Arrascaeta para o arremate de Lucas e o desvio Neves. Mas perdeu um gol feito ao se enrolar com a bola e não conseguir chutar corretamente. (Ernesto Araújo)

CABRAL entrou para ajudar a marcar quando o Flamengo partiu para o desespero e foi o que fez. (Síndico) —– Não entrou bem e assustou Fábio num lance bisonho. (Ernesto Araújo)

MANO nada fez de diferente do habitual. Talvez um pouco mais de pressão na saída flamenga no começo da partida. Depois, foi defesa compacta e especulação no ataque. Deu certo e o jogo ficou muito parecido com os quatro a zero no Vasco. O placar até poderia ter sido o mesmo. (Síndico) —– Nem a marcação adiantada do início foi novidade. Vamos nos lembrar de que o Cruzeiro tem o melhor ataque da Libertadores. O segundo tempo foi mais Mano impossível, com a diferença de que no final o contra-ataque encaixou melhor. (Matheus Penido)

CRUZEIRO começou com marcação alta, fez um gol cedo e defendeu-se bem. Ma etapa final, manteve-se firme na contenção e, no fim, liquidou fatura. Fez uma partida de supera;cão, especialmente, na defesa, mas nada espetacular, como a torcida apegoa nas redes. (Síndico) —– Até mesmo a pressão na saída de bola á deu caras em outras oportunidades. O encaixe desta marcação e a péssima partida de um dos volantes rubro-negros fez a bola queimar nos pés do time carioca e nos deu amplo domínio da intermediária ofensiva em boa parte do primeiro tempo. O mesmo não se viu no segundo tempo, como era de se esperar. Recuados, apostamos nas bolas mais longas para matar o jogo e fizemos isso com sucesso: 4 finalizações perigosas e 1 gol. (Matheus Chaves) —– A pressão na saída de bola do início do jogo deu o resultado sonhado pelo Mano: 1 a 0 no placar. O resto da partida se desenhou a partir daí. No primeiro tempo o Cruzeiro atacou mais, mas também deixou o Flamengo criar algumas chances especialmente pelo lado esquerdo da defesa celeste. Na segunda etapa Mano fechou a casinha e o Flamengo veio para cima. Com o passar do tempo os cariocas perderam a calma, passaram a se enrolar com a bola, Raniel entrou bem e o Cruzeiro passou a atacar com perigo. Fez o segundo e poderia ter feito até 3 ou 4 a 0. (Matheus Penido)

FLAMENGO tentou decidir logo de cara, mas deixou espaços e tomou gol cedo demais. Continuou pressionando, teve dez escanteios antes de o Cruzeiro ter um, mas parou no troio final celeste, que cortou todas as bolas cruzadas. Na etapa final, aumentou o número de atacantes, mas continuou sem criar chances claras. (Síndico)

ÁRBITROS não cometeram erros. Leonardo Gaciba disse que Neves deveria ter sido expulso por um carrinho. Pitana optou pelo amarelo. “Pãos ou pães é questão de opiniães”, escreveu Guimarães Rosa. (Síndico)

MelhorDoJogo => ARRASCAETA [[[28]]] Uol, Sá, Chiabi, Marc, Vaconcelos, Reis, Galvão, Braga, Guibreis, Setelagoas, Wallace, Soalheiro, Clodoália, Morato, Dourado, Walery, Julim, Olivieri, Machado, Taísa, Marcoalex, Zuloobas, Soeiro, Fivestars, Rosan, Penido, Dudu, Pedro —– DEDÉ [[[18]]] Nem, João, Bitencourt, Aracanjo, Rezende, Klauss, Palmeira, Dedé, Maury, Edgard, Carvalho, Milani, Legionário, Wagner, Vanda, Pinheiro, Gonçalves, Patrícia —– LUCAS [[[13]]] Furletti, Matarelli, França, Arreguy, Velloso, Chaves, Gil, Viana, Velame, Talentim, Marcus, Vilela, Nascimento —– EGÍDIO [[[4]]] Rocha, Walfrido, Schrier, Filipe —– HENRIQUE [[[2]]] Amaral, Barnabé —– ROBINHO [[[2]]] Efeagá, Síndico —– LEO [[[1]]] Muzzi —– FÁBIO [[[2]]] Ivana, Lulu —– MANO [[[13]]] Burian, Polaco, Monica, Bastos, Blank, Jotaeme, Avelar, Talentim, Clemenceau, Anchieta, Domênico, Barros, Cabral —– PITANA [[[2]]] Bitarães, Magalhães —– TORCIDA CELESTE [[[4]]] Diogo, Romarol, Celeste, Márcio.

150 comentários para “Arrascaeta, Dedé, Lucas e Mano, os destaques”

  1. SÍNDICO disse:

    TORCIDA CELESTE ocupou todo o espaço a ela destinado e cantou alto o jogo todo. Fez o que toda torcida brasileira faz quando seu time está bem: muita farra. A do Flamengo, idem: perdendo, vaiou.

  2. SÍNDICO disse:

    FÁBIO, perfeito. Neutralizou as tentativas flamengas, que a defesa celeste não cortou.

    • Ernesto Araújo disse:

      Fez uma defesaça, como diria o Síndico, no primeiro tempo e esteve bem nos outros lances. Sofreu com as inúmeras cobranças de escanteios do Flamengo mas quando não interceptou a bola, contou com a sorte.

  3. SÍNDICO disse:

    EDÍLSON marcou bem, atacou pouco. Como pedia a estratégia.

    • Ernesto Araújo disse:

      Achei o Edilson discreto no apoio mas foi decisivo num lance onde tirou uma bola dos pés do jogador do Fla junto à trave.

      • Matheus Chaves disse:

        Não fez uma partida ruim, mas peca bastante no posicionamento e por isso ganhou pelo menos umas duas bolas nas costas perigosas. Além disso, fez um pênalti bobo que o árbitro não viu.

      • Ernesto Araújo disse:

        Essa do penalti só vi comentários. Não vi as “ibagens”, como diria um certo apresentador de TV…

      • Matheus Chaves disse:

        Ele puxou a camisa do Vitinho em uma das poucas vezes em que o Dedé não conseguiu cortar a bola. Em super slow motion parece um puxão daqueles… Ainda bem que o juiz não viu.

      • Tolentino Zen disse:

        Fraquíssimo! Tomou um verdadeiro show de bola nas costas e ainda novamente protagonizou seus lances de pura irresponsabilidade quando segurou Vitinho pela camisa na área. Candidato a pior contratação da temporada tamanho os esforços em sua contratação para a vinda de um jogador limitado, cabeça de bagre, pesado e falastrão.

  4. SÍNDICO disse:

    DEDÉ cortou dezenas de bolas altas e outras tantas rasteiras. Só não acertou os estacões. O que não fez muita diferença.

  5. SÍNDICO disse:

    LEO anulou o ataque flamengo. Bom nas rebatidas, nas coberturas e nas disputas diretas.

  6. SÍNDICO disse:

    EGÍDIO fez uma partida impecável na defesa, mas foi pouco ao ataque.

  7. SÍNDICO disse:

    HENRIQUE criou dificuldades imensas pra Diego Ribas e demais meio-campistas flamengos armarem o jogo. Foi quem mais protegeu a bequeira e o mais competente na saída de bola.

  8. SÍNDICO disse:

    LUCAS marcou, ocupou espaços, armou, fez uma partida impecável.

    • Tolentino Zen disse:

      Partidaça do rapaz. Desde o jogo contra La U assumiu a transição ofensiva celeste. E como Neves mesmo disse hoje é o nosso armador. Tornou-se uma espécie de termômetro do time do Mano tal qual Paraná era daquele time do Adilson. Se o Lucas joga bem todo o jogo do Cruzeiro funciona.

  9. SÍNDICO disse:

    ROBINHO deu passes pra dois gols. Um rascante aproveitou, outro Neves desperdiçou. Correu bastante, cansou, saiu mais cedo.

    • Fernando Henrique disse:

      Vou votar no ROBINHO pra melhor do jogo. O cara tem carregado o piano não é de agora. Defendeu por 2 (ele e TN) e é o armador mais incisivo do time, mela umas bolas impossíveis, como o passe para o gol do Arrascaeta.

  10. SÍNDICO disse:

    NEVES perdeu um gol, fez outro. Correu muito, criou pouco.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Ainda não é aquele TN que estamos esperando, mas ontem ele se doou muito.

      • Ernesto Araújo disse:

        Com certeza, Bruno, e foi premiado com um gol ao desviar um chute de Lucas Silva que tinha destino incerto.

    • Luizito Soárez disse:

      Perdeu um gol q nao podia…

    • Tolentino Zen disse:

      Até o gol foi mais uma partida típica dele como as anteriores. Errando passes, matando jogadas e perdendo gol incrível. Mas aí achou o segundo gol e salvou a noite.

      • BrunoBarros disse:

        Começou muito bem a partida, fez um bom primeiro tempo, dando sequência a quase todas as jogadas. Vale lembrar que ele começou a jogada do primeiro gol derivando da direita pro meio e descolando ótimo passe pro Robinho dentro da área

    • Fernando Henrique disse:

      TN tá enganando… não consegue marcar. Tinha que ter humildade e topar entrar no segundo tempo pra ser mais decisivo.

  11. SÍNDICO disse:

    ARRASCAETA fez um gol, como se estivesse brincando no quintal de casa. Criou jogadas, movimento-se. deu trabalhão à defesa flamenga.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Moleque está jogando o fino. E as matadas de bola na biqueta da chuteira?! Chamou Everton Ribeiro para dançar uns 2 vezes. Fez gol, criou o lance do gol que o TN perdeu de maneira bisonha, deixou Rafinha e Raniel em boas condições, participou do 2º gol. Matou a pau.

      • Ernesto Araújo disse:

        Jogou muito mesmo, principalmente no primeiro tempo. No segundo ficou sumido por um perído considerável. Mas reapareceu no fim da partida, inclusive dando bons passes, um deles desperdiçado por Rafinha.

      • Luizito Soárez disse:

        “deixou Rafinha e Raniel em boas condições” — Nessas duas situações, deixou Cuellar na saudade, rsrs. Curioso é q num programa de tv, espn, salvo engano, comentaristas colocaram Arrrasca na terceira tábua duma prateleira dos gringos q atuam no Brasil. Cuellar ocupou isoladamente a 1° tábua…

    • Ernesto Araújo disse:

      Não gostei da partida do Barcos. Parece que ele está jogando tempo demais fora da área e não está sendo assim tão produtivo fazendo essa função. O ideal seria alternar um pouco mais. Vou aguardar outras opiniões para tirar uma conclusão.

      • Matheus Chaves disse:

        Li no Twitter (e não lembro o autor, para o devido crédito): “A melhor coisa do Barcos é se movimentar demais. A pior coisa do Barcos é se movimentar demais.” Eis o veredicto, Ernesto.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Centroavante celeste que não se movimenta corre sérios riscos de ser fritado. A história não mente. E movimentar-se não é com ele.

    • Ernesto Araújo disse:

      Entrou bem. No lance do segundo gol é ele que corre até a linha de fundo pela direita e não deixa bola sair fazendo o passe para dentro da área, jogada que seguiu com a “preparada” de Arrascaeta para o arremate de Lucas Silva e que terminou no desvio TN30. Mas perdeu um gol FEITO ao se enrolar com a bola e não conseguir chutar corretamente.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Correu demais, Ernesto. É o famoso “chegou sem pernas no lance”.

      • JOAOCOSTA disse:

        Faltou a ele o talento do matador. Se ele corta pra dentro, ao invés de chutar, tirava dos zagueiros e o goleiro ao mesmo tempo e, daí, poderia finalizar ou tocar.

      • BrunoBarros disse:

        Também achei que ele chegou já nas últimas porque dava pra ele ter finalizado até com a pé direito, de primeira, se tivesse pernas pra dar aquela acelerada final na hora do passe do Arrascaeta.

  12. SÍNDICO disse:

    MANO nada fez de diferente do habitual. Talvez um pouco mais de pressão na saída flamenga no começo da partida. Depois, foi defesa compacta e especulação no ataque. Deu certo e o jogo ficou muito parecido com os quatro a zero no Vasco. O placar até poderia ter sido o mesmo.

    • BrunoBarros disse:

      É aquela história, quando o cara começa a achar tudo igual é porque não tá entendendo nada do que vê. Algo como um leigo vendo saltos ornamentais e achando todos os saltos parecidos. Pura falta de entendimento do esporte. Durante quase todo o primeiro tempo a postura na marcação foi completamente diferente de jogos anteriores. E no segundo tempo em alguns momentos também adiantou essa marcação. Bem diferente de outros jogos em que a marcação ficava mais de 90% atrás da linha de meio campo. Não foi o resultado que fez o time jogar bem, mas a boa atuação, inclusive tática, que fez o resultado.

      • Tolentino Zen disse:

        Aleluia! Enfim um comentarista que assistiu realmente o jogo.

      • Bruno 7L RJ disse:

        E vou por aí tbm. Time estava todo compactado, mesmo nos momentos de marcação alta. Onde a bola estava, era aquele monte de celestes. Concentração a mil. Nada restou ao Urubu do que mandar trocentas bolas altas. Apenas em um lance no 1º tempo, nosso meio deu uma afroxadinha pro ER em dois lances seguidos finalizados pelo Rodinei. Mesmo Rodinei que ganhou no tromba tromba com o Egídio, cruzou e Fábio saltou para a foto do jornal. Se tenho que fazer uma ressalva é que faltou segurar a bola um pouquinho mais em determinados lances, mas é somente para ter algo para reclamar.

      • Matheus Penido disse:

        Como disse o Chaves, nem a marcação adiantada do início foi novidade. Vamos nos lembrar de que o Cruzeiro tem o melhor ataque da Libertadores. O segundo tempo foi mais Mano impossível, com a diferença de que no final o contra-ataque encaixou melhor.

      • Matheus Penido disse:

        Sete Lagoas, todos nós sabemos que o natural é entrar mais concentrado em jogos decisivos. O Flamengo também veio com tudo, mas o com o passar do tempo eles não encontravam saídas e jogando contra um time que fazia uma grande atuação perderam a serenidade e passaram a errar cada vez mais. Já o Cruzeiro foi ganhando confiança com o passar do jogo, até terminar por cima da carne seca.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Concentração foi só uma pequena questão. Lance do 1º gol quanto tempo não víamos TN vindo de trás daquele jeito. Eu acho que não foi a mesma coisa. Uma parada que eu larga a corneta aqui é demora para encurtar espaços nos caras que armam o jogo. Ontem era o tempo todo em cima.

    • Matheus Chaves disse:

      É verdade, Síndico. Até mesmo a pressão na saída de bola já deu caras em outras oportunidades. O encaixe desta marcação e a péssima partida de um dos volantes rubro-negros fez a bola queimar nos pés do time carioca e nos deu amplo domínio da intermediária ofensiva em boa parte do primeiro tempo. O mesmo não se viu no segundo tempo, como era de se esperar. Recuados, apostamos nas bolas mais longas para matar o jogo e fizemos isso com sucesso: 4 finalizações perigosas e 1 gol.

    • Matheus Penido disse:

      A pressão na saída de bola do início do jogo deu o resultado sonhado pelo Mano: 1 a 0 no placar. O resto da partida se desenhou a partir daí. No primeiro tempo o Cruzeiro atacou mais, mas também deixou o Flamengo criar algumas chances especialmente pelo lado esquerdo da defesa celeste.

    • Matheus Penido disse:

      Na segunda etapa Mano fechou a casinha e o Flamengo veio pra cima. Com o passar do tempo os cariocas perderam a calma, passaram a se enrolar com a bola, Raniel entrou bem e o Cruzeiro passou a atacar com perigo. Fez o segundo e poderia ter feito até 3 ou 4 a 0.

  13. SÍNDICO disse:

    ÁRBITROS não cometeram erros. Leonardo Gaciba disse que Neves deveria ter sido expulso por um carrinho. Pitana optou pelo amarelo. “Pãos ou pães é questão de opiniães”, escreveu Guimarães Rosa.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Arbitragem espetacular.

    • Ernesto Araújo disse:

      De fato, a arbitragem foi muito boa mesmo. E já naquele estilão de Copa do Mundo de não ficar dando qualquer falta em qualquer contato. No caso do Thiago Neves foi sorte dele e do Cruzeiro. Thiagão “arregaçou” o garoto do Fla e poderia ter sido expulso. Só não foi porque, talvez, o árbitro tenha entendido que não houve intenção de agressão e que o TH exagerou na força. Felizmente também não aconteceu nada de grave com o flamenguista, que continuou jogando normalmente o que “validou”, de certa forma, o julgamento do árbitro.

      • Ernesto Araújo disse:

        TN também foi inteligente e fez aquela cara de surpresa, aceitou o cartão na boa e ficou de bico calado. Se sai reclamando com o árbitro poderia ter sido expulso.

      • BrunoBarros disse:

        Thiago Neves chegou atrasado no lance, excesso de vontade. Amarelinho ficou de bom tamanho. O lance mais perigoso pra gente em termos de uma possível expulsão foi aquele que o Uribe toca de cabeça e o Léo veio na voadora, acerta a cabeça do atacante, que pra nossa sorte resolveu continuar na jogada. Se o colombiano resolve fazer uma pirotecnia ali a chance do vermelho era imensa.

      • Bruno 7L RJ disse:

        No lance do TN, amarelo bem aplicado. Sem mais.

  14. Matheus Chaves disse:

    LUCAS SILVA.

  15. Velloso disse:

    LUCAS SILVA, que foi perfeito na cobertura defensiva, que circulou e segurou a bola e foi quem ditou o jogo.

  16. GUIBREIS disse:

    ARRASCAETA

  17. Bruno 7L RJ disse:

    ARRASCAETA

  18. Bruno Furletti disse:

    LUCAS SILVA. E só para lembrar, temos a zaga e volantes do bicampeonato (fora o Edilson, claro). Acho um fato muito importante e pouco explorado.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Mas já foi muito abordado isso, amigo.

    • SÍNDICO disse:

      Furletti tem razão. Entrosamento é fundamental.

    • Tolentino Zen disse:

      Falando em Edilson será que o Grêmio não aceita devolução e desfazimento do negócio? Nunca vi lateral mais lento e irresponsável. Cara nem tem biotipo de jogador de futebol. Horroroso! Cadê o Nelinho 2.0 que alguns comentaristas bradaram aqui pra justificar a engenheira feita em sua contratação?

  19. Bruno 7L RJ disse:

    Neste jogo, gostaria de acrescentar mais um item para nossa avaliação: TRANSMISSÃO.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Eu não gosto de vitimismo, mas ontem foi descarada a torcida para Urubus. Até o Junior, um comentarista que eu admiro, entrou na onda alegando que o TN deveria ter sido expulso. Galvão só faltou dizer “Flamengo é o Brasil na Libertadores”. Ridículo.

      • Ernesto Araújo disse:

        Galvão só faltou dizer “Flamengo é o Brasil na Libertadores”. KKKKKKKKKKKKK. Essa foi ótima. Vou guardar para usar em outras ocasiões.

      • BrunoBarros disse:

        Só faltaram colocar o Roger Flores pra fechar o trio de flamenguistas. Se bem que o Bob Faria também não ajuda nada.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Pô xará, eu já acho que o Roger sempre puxa uma brasa pra nossa sardinha. Ele não perde a oportunidade de dar uma moral pro Cabuloso. E ele é cria tricolete.

      • BrunoBarros disse:

        Sim, mas é flamenguista doente. Certa vez estavam ele e Júlio César goleiro no Bem Amigos, eles jogaram juntos desde crianças, futebol de salão não me lembro em qual clube, e o goleiro deu uma bela entregada no amigo dizendo que ele é Flamengo toda vida. Mas ele é bom comentarista.

    • Velloso disse:

      A transmissão como um todo foi ruim pela Globo (não tenho TV a cabo), não somente no quesito do descaramento da torcida – que já era de se esperar e foi suportável. Galvão Bueno disperso e repetitivo com a história do árbitro de final de Copa do Mundo, com o número de clubes de Fulano e Ciclano,com a história do preço dos ingressos, com a insistência de enaltecer o torneio o tempo inteiro ao mesmo tempo que reclamava do calendário. Houve muitos hiatos/vazios na transmissão e a edição de vídeo estava com uma preguiça danada. As informações sobre o andamento do jogo ficaram prejudicadas e os outros participantes da transmissão pareciam tímidos ao se reportar ao Galvão Bueno – Bob Faria, por exemplo, foi extremamente protocolar. Uma coisa é ser descontraído, outra coisa é ser preguiçoso. Gosto de acompanhar pelo rádio, mas a transmissão estava bem adiantada, o que tira a emoção da partida

    • Thiago 5 estrelas disse:

      Não coloquei na Globo nem por curiosidade, quem o fez disse que o som da torcida estava abafado. No Sportv foi show, microfone aberto e o Luís Carlos Jr enaltecendo a vibração da torcida o jogo todo. Comentários imparciais e nada de choradeira pela derrota flamenguista.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Então eu me deu muito mal. Galvão Bueno perdeu a oportunidade de parar. Triste ver um dos maiores narradores da história do Brasil terminar como essa mala sem alça.

      • rosan amaral disse:

        Thiago, assisti o segundo tempo na Grobo (já antevi a vitória azul e queria sentir a dor de cotovelo deles). Estavam tão perdido que deixou um a torcida azul homenagear a torcida do Flamengo sem censura: “És um time de tradiçãaooo, só tem &*$#@ viado e ladrão, é o mengão”.

      • JOAOCOSTA disse:

        Nõa foi todo o jogo assim, não. O babaca do Carmona disse, após o Arrascaeta marcar, que o Cruzeiro “achou” o gol.

  20. Romarol disse:

    TORCIDA CELESTE: espetáculo que transformou o Maracanã em Mineirão. Aborreceu Galvão Bueno. Outro motivo: não ser injusto com nenhum jogador em campo. TODOS contribuíram muito com magnificência vitória.

    • Ernesto Araújo disse:

      A torcida realmente foi forte. Claro que o desempenho do time ajudou. No Sportv dava pra ouvir nitidamente e em alto e bom som todas as músicas cantadas. Sinceramente eu nunca ouvi tão bem a torcida do Cruzeiro num estádio via TV. Acho que nem nas transmissões feitas a partir do Mineirão.

  21. Wagner CPM disse:

    DEDÉ foi o melhor. Soberano dentro da área livrou todas as bolas que lá foram alçadas. Jogou muito. Menção honrosa para Fábio também que foi espetacular como sempre.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Fábio bateu ponto apenas. É difícil ele surpreender alguém.

      • JOAOCOSTA disse:

        Pera aí, Setelagoas! Não foram apenas defesas protocolares. houve pelo menos umas duas espetaculares. Até o “Gavião” Bueno reconheceu isso na narração.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Fábio já está em outro nível. Aquilo ali é fichinha pra ele. E só pra constar, aquele defesa no chão que ele fez em um lance de escanteio, foi muita falta no Henrique.

  22. Renato Nascimento disse:

    LUCAS SILVA. Uma das melhores partidas dele no Cruzeiro.

    • BrunoBarros disse:

      MANO. Cumpriu o que prometeu, tirou o adversário de sua zona de conforto com uma postura na marcação diferente do que vinha apresentando.

      • Tolentino Zen disse:

        O Cruzeiro ontem alternou sistemas de marcação. Adiantou linhas pra forçar o erro adversário, recuou quando fez o resultado, depois apostou nas médias pra tentar mais gols. Bem diferente do habitual. Por exemplo, na Vila Belmiro pela Copa do Brasil. Na Vila o Cruzeiro jogou de linhas baixas o jogo todo e achou um gol por acaso. Ontem o time mostrou um repertório mais amplo, tanto que a imprensa carioca saiu contente pelo Flamengo ter perdido de pouco. Cabia mais uns dois gols na sacola dos urubus, não fosse um milagre do Diego Alves e a falta de tranquilidade dos nossos atletas pra definir lances cara a cara.

  23. Celeste disse:

    Voto na torcida. Escrevi aqui outras vêzes que a torcida poderia fazer a diferença nessa fase da LA. E ontem a China Azul esteve muito bem.

  24. Thiago 5 estrelas disse:

    Arrascaeta, pelo gol, pela ajeitada para o Lucas Silva, pela tranquilidade de monge tibetano em um jogo desse porte, pelas matadas de bola e por ter deixado companheiros na cara do gol esperando o melhor momento para o passe.

  25. Matheus Penido disse:

    ARRASCAETA.

  26. BUFÃO disse:

    MANO MENEZES O MELHOR…

  27. rosan amaral disse:

    ARRASCAETA

  28. Tolentino Zen disse:

    Time pra vencer o Flamengo de novo no Brasileirão: Rafael, Brey, Manoel, Murilo, Edilson, Cabral, Romero, Mancuello, Robinho, Bruno e Raniel.

    • BrunoBarros disse:

      Eu acho que ele vai de Rafael, Ezequiel, Manoel, Murilo e Hermes, Cabral, Romero, Rafinha, Sóbis e Mancuello, Raniel. Nesse time aí eu apenas colocaria o David no lugar do Mancuello.

  29. SÍNDICO disse:

    ARRASCAETA [[[19]]] Sá, Guibreis, Setelagoas, Wallace, Soalheiro, Clodoália, Morato, Dourado, Walery, Julim, Olivieri, Machado, Taísa, Marcoalex, Zuloobas, Fivestars, Rosan, Penido, Pedro —– DEDÉ [[[12]]] Bitencourt, Aracanjo, Rezende, Klauss, Palmeira, Dedé, Maury, Edgard, Carvalho, Milani, Legionário, Wagner —– LUCAS [[[10]]] Furletti, Velloso, Chaves, Gil, Viana, Velame, Talentim, Marcus, Vilela, Nascimento —– EGÍDIO [[[3]]] Walfrido, Schrier, Filipe —– ROBINHO [[[1]]] Falci —– LEO [[[1]]] Muzzi —– HENRIQUE [[[1]]] Pellegrino —– FÁBIO [[[1]]] Ivana —– MANO [[[10]]] Burian, Monica, Bastos, Blank, Jotaeme, Avelar, Clemenceau, Anchieta, Domênico, Barros —– PITANA [[[2]]] Bitarães, Magalhães —– TORCIDA CELESTE [[[3]]] Diogo, Romarol, Celeste.

  30. JOAOCOSTA disse:

    Título do post é injusto, faltou o Fábio.

  31. Bruno 7L RJ disse:

    @Talentim, tá perdendo a mão de novo. Lembre-se do mantras budistas…

  32. Bruno Braga disse:

    ARRASCAETA. Baita partida!

  33. jrgalvao disse:

    ARRASCAETA

  34. Fernando Henrique disse:

    O pessoal que badalou tanto esse timeco do Flamídia antes do jogo podia fazer a análise individual do Urubu pra divertir a turma. Começando pelo ER que foi engolido por Lucas e Egídio.

    • Tolentino Zen disse:

      Ribeiro fez uma jogadaça em que limpou toda a marcação celeste e passou a bola limpa para a finalização de um companheiro seu que não deu em nada. Talento tem de sobra. Como queria vê-lo vestir azul de novo…

      • JOAOCOSTA disse:

        O ERibeiro ainda está jogando em alto nível e foi o melhor dos urubus. Agora, imaginem nosso time com o ER no lugar do TN.

      • Tolentino Zen disse:

        Pensei na mesma coisa João. Aproveitar que o Neves fez gol neles e eles devem estar achando seu ex-jogador o suprassumo dos meias, bora propor a troca. Rsrsrsrsrs

  35. Eduardo Arreguy Campos disse:

    LUCAS SILVA. Jogou como deve jogar um volante nos dias de hoje, marcando muito, fazendo a transição para o ataque e ainda chegando na entrada da área adversária para tentar o chute a gol. Ainda bem que não serve para o real madrid, nem para o psg, porque para o Cruzeiro ele serve, e muito. Destaque para o Dedé na defesa, tirando todas, e para o Arrascaeta no ataque, infernizando os flamenguista cada vez que dominava a bola e partia. E para o Juizão, com “J” maiúsculo. Fosse árbitro brasileiro, teria paralisado a partida com faltas inexistentes e dado uns dois pênaltis para o flamengo. Com ele o jogo virou espetáculo.

  36. TALENTIM disse:

    No jogo de volta da Libertadores da américa, Mano vai armar uma retranca e uma defesa tão forte que o Bolsonaro vai até chamá-lo para ser Ministro da Defesa.

  37. Marcbsb disse:

    CARRASCAETA, depenador de aves.

  38. Paulo Souza disse:

    Quando a gente reclama é porque sabe que o Cruzeiro pode jogar muito mais. Os jogos de ontem e da final do mineiro dão provas disso.

    • Tolentino Zen disse:

      Exatamente. Esse time só joga quando a água bate na bunda. Por isso tem mais é que pegar no pé e cobrar a galera mesmo.

  39. Tolentino Zen disse:

    Ontem vendo o Arrascaeta bailar e o Ribeiro pouco fazer por seu time, lembro-me uma partida contra o Santos em que o Montillo viu o mesmo Ribeiro bailar sem poder fazer muita coisa.

  40. Mauro Franca disse:

    Difícil escolher o melhor. Arrascaeta, Lucas Silva e Dedé estiveram um plano acima, mas Egídio, Leo, Henrique, Raniel, Robinho e Rafinha foram bem. Fábio foi o de sempre, para mim é hours concours. Como tem que escolher um, fico com LUCAS SILVA.

    • Mauro Franca disse:

      Sobre o jogo, tudo e um pouco mais já foi dito. Mas é bom ressaltar que a estratégia foi bem pensada e, principalmente, bem executada. Foi uma atuação consistente, com os jogadores ligados e comprometidos. Uma grande vitória, com uma excelente atuação.

  41. Polaco disse:

    E o mdj vai para LUIZ ANTÔNIO VENKER MENEZES…FATO!

    • Polaco disse:

      E para as cocotas enrustidas que estão aqui fingindo felicidade pela vitória, quando na verdade, gostariam mesmo era de estar esculhambando com o treinador, um barril de óleo de peroba. Aliás, óleo de peroba pra essa gente é pouco…FATO!

  42. CHIABI disse:

    ARRASCAETA foi decisivo. Mas, vários outros tiveram atuações exuberantes, como Lucas Silva, Robinho, Egídio, Dedé, Léo e Fábio, que sempre aparece quando o time precisa. Edilson fez uma de suas melhores atuações com a camisa do Cruzeiro… Neves lutou demais. Barcos não desafinou. Raniel e Rafinha entraram bem no jogo. Cabral fez o que a situação pedia. Mano foi perfeito. Henrique ontem fez uma partida espetacular, jogando com muita inteligência, se posicionando muito bem , cortando a linha de passe do Flamengo. Num dia que ninguém desafinou o Cruzeiro venceu, convenceu e por pouco não goleou.

  43. zuloobas disse:

    Destacaria também Robinho pois a assistência foi sensacional e a outra q o TN perdeu tb foi perfeita. Jogou muito.

  44. zuloobas disse:

    Raniel é jogador diferenciado, muito maduro para a idade que tem. Mano deu aula.

  45. zuloobas disse:

    Rafinha voltou a ser importante.

  46. zuloobas disse:

    Henrique é um dos melhores do Brasil na posição e está em ótima fase.

  47. zuloobas disse:

    Jogou muito.

  48. zuloobas disse:

    Edilson foi mais firme e voluntarioso.

  49. zuloobas disse:

    TN foi outro jogador. Pilhado, mordido, teve participação importante no 1º gol e fez o 2º. Perdeu gol feito, mas mostrou personalidade.

  50. zuloobas disse:

    Egídio é um LE diferente. Para mim, não deve sair mais do clube.

  51. zuloobas disse:

    Jogou com muita inteligência.

  52. zuloobas disse:

    Fábio, ao lado de Cássio e Grhoe, são bem melhores do que o titular da seleção. Fábio ainda não entrou em decadência e provou sua grandeza, ontem, mais uma vez.

  53. zuloobas disse:

    Fábio é…

  54. zuloobas disse:

    O “ao lado de” foi além, acima.

  55. SÍNDICO disse:

    JOGOS NA LIBERTADORES: Fábio (70), Henrique (59). Paraná (44), Raul (40), Jonathan (31).

  56. SÍNDICO disse:

    MANO: “A gente não se ilude, as dificuldades vão existir, temos um grande adversário pela frente, adversário que tem capacidade de criação muito grande. Lá, terão o Paquetá de volta, um jogador importantíssimo. Mas também teremos Romero e outras ideias para pensar o jogo do Mineirão”.

  57. mrr disse:

    Impressionante a má vontade de alguns com o Robinho. Há quantos jogos esse tem dado assistências decisivas? Essa minha cornetada vai para parte da torcida e o treinador que quando o escala ainda teima em colocá-lo pelas pontas, quando já comprovou ter melhor desempenho pelo meio. Robinho foi um dos melhores da partida, sem duvida alguma!

  58. mrr disse:

    Para piorar o treinador ainda dá esse destaque todo para o TN, enquanto que o Robinho tem feito a diferença nas últimas partidas. Que dureza!!!

  59. SÍNDICO disse:

    O MONSTRO DO MARACANÃ. Poucos jogadores brasileiros se salvaram da ira da torcida, após a perda do título mundial de 1950, no Maracanã. Um deles, talvez o único, foi José Carlos Bauer, do São Paulo. O Monstro do Maracanã. Dedé merece o apelido também, após parar o time do Flamengo. Zagueiro espetacular. Foram 14 rebatidas. 14. O Flamengo cruzou 36 bolas. Dedé rebateu 14. Seu time foi pressionado e ele cometeu uma, somente uma, falta. Foi o esteio de um time que mandou no jogo. Muito organizado. Cada um sabendo o que fazer. E Arrascaeta fazendo um grande jogo. No finalzinho, deu um passe perfeito que Rafinha perdeu. Seria o terceiro. Agora, todos sabemos o que virá: Flamengo no ataque e Cruzeiro reagindo. A vaga tem toda pinta azul. (Blog do Menon)

  60. SÍNDICO disse:

    ARRASCAETA foi novamente um dos nomes do time mineiro. Não só pela frieza cara a cara com Diego Alves, mas pela velocidade nas descidas, auxílio à marcação e contribuição defensiva, (UOL)

  61. LANCE disse:

    Fábio 6,5 Fez boas defesas e foi importante para garantir a vitória
    Edilson 6,0 Nada espetacular, mas também não comprometeu.
    Dedé 7,0 Acima da média. Bem em todos os aspectos, anulou o Fla
    Léo 6,5 Assim como sua dupla, soberano pelo alto. Bom desempenho.
    Egídio 6,5 Partida sólida. Não deu espaços ao Flamengo no ataque.
    Lucas 7,0 Cobriu espaços com qualidade e deu uma assistência.
    Henrique 7,0 Dominou o meio-campo. Importante para os duelos defensivos
    Robinho 6,5 Importante no lance do 1º gol, cansou no 2º tempo.
    Neves 6,0 Mesmo apagado em boa parte do jogo, foi decisivo de novo.
    Arrascaeta 7,5 Autor do gol, foi o grande jogador no Maracanã.
    Barcos 6,0 Não teve presença dentro da área. Razoável.
    Raniel 6,0 Dinamizou o ataque e prendeu a bola no campo ofensivo.
    Rafinha 6,5 Chave no 2º gol, deu nova vida ao ataque do Cruzeiro.
    Cabral 6,0 Entrou pra rodar a bola e combater no meio. Cumpriu seu papel
    Mano 7,0 Mexeu muito bem e construiu uma grande vantagem.