Robinho e Ederson, os melhores no empate

Por SÍNDICO | Em 6 de outubro de 2019

ATUAÇÕES dos protagonistas do CRUZEIRO 1-1 INTERNACIONAL, Mineirão, Belo Horizonte, 23ª rodada do Brasileiro 2019:

TORCIDA CELESTE compareceu em número regular, mas apoiou o time o tempo todo, Só pisou na bola ao vaiar David e neves, sem justificativa, nem necessidade.

FÁBIO não teve muito trabalho, nem uma no gol. As bolas que chegaram, defendeu sem problemas.

OREJUELA jogou como sempre, com muita disposição, boa marcação, avanços constantes, mas pouca eficiência nos passes finais. Sofreu o pênalti do gol de empate.

CACÁ venceu o duelo com Guerrero, quase não cometeu erros e levou um cartão amarelo injusto, que vai tira-lo do jogo decisivo contra o Fluminense.

FABRUNO não deu oportunidades aos atacantes colorados, jogando com firmeza, apesar de ter levando um cartão amarelo logo no início do jogo.

EGÍDIO, seguro na defesa, apoiou bastante o ataque, com vários cruzamentos.

JADSON marcou bem, mas não foi efetivo no apoio. saiu antes do fim quando Abel partiu para o tudo ou nada, com quatro atacantes.

EDERSON correu bastante e, desta vez, sem pedir para sair antes do fim. Enfrentando um meio de campo mais povoados, pouco avançou para ajudar seu ataque.

ROBINHO começou armando o jogo pelo lado direito, terminou como volante, lutando e criando jogadas. Errou alguns passes, nada de anormal considerando-se a força e o bom posicionamento de volantes e defensores colorados. Foi o melhor do jogo.

MAURÍCIO entrou na reta final, ora jogar aberto na ponta direita. Conseguiu uma boa jogada, que resultou num corner. Mas sofreu coma falta de boas bolas, pois àquela altura o meio de campo celeste estava desmontado e não municiava mais o ataque.

NEVES correu, buscou o jogo, tabelou pelo meio, chutou, mas não conseguiu o mais importante, que era fazer o gol.

DAVID dedicou-se muito, desperdiçou uma chance de gol, correu, usou a força física contra a forte defesa colorada, mas foi sacado na parte final. Saiu sob vaias injustas da banda termocéfala da torcida.

EZEQUIEL entrou na reta final, com ordens de jogar aberto, aproveitando as subidas de Heitor. Obedeceu ao treinador, mas n

FRED marcou gol, cobrando pênalti com perfeição, arrematou com perigo e buscou jogo longe da área. E foi até o apito final, mesmo cansado nos últimos 15 minutos.

SASSÁ entrou no fim do jogo, correu muito, mas não teve chance de marcar o gol de desempate.

ABEL não inventou na escalação, mandando a campo os melhores jogadores à dissipação. Na parte final, foi para o tudo ou nada, enfraquecendo o meio de campo para reforçar o ataque com quatro jogadores. O time sofreu na defesa, mas também teve chance de desempatar.

CRUZEIRO levou um gol no primeiro chute do Inter, mas não se desesperou e lutou até arrancar o empate. O ponto fraco foi a volância, que perdeu o meio de campo para o Inter, com mais jogadores e mais entrosamento no setor. A defesa segurou a onda e o ataque martelou o tempo todo trazendo a torcida para o jogo.

INTERNACIONAL foi um time forte do goleiro aos meio-campistas, mas dispersivo no ataque. No fim, acabou escapando das derrotas pelas boas defesas de seu goleiro.

ÁRBITROS apitaram corretamente. O Inter reclama do pênalti de Patrick em Orejuela. Em outros tempos seria até possível discuti-lo. Nestes tempos de Var, não. O Juiz não pode “desver” o calço do colorado no cruzeirense, nem tem como medir a força aplicada. É bola na cal e segue o jogo!

MelhorDoJogo => ROBINHO [[[12]]] Domênico, Morato, Rizzi, Vanda, Bastos, Penido, Nem, Araujo, Amaral, Síndico, Patricia, Dudu —– EDERSON [[[11]]] Caolho, Ramos, Evandro, Bitencourt, Gil, Schrier, Walterson, Velame, Pinheiro, Romarol, França —– FRED [[[4]]] Ge, Zuloobas, Celeste, Barnabé —–NEVES [[[1]]] Orozimbo —– FABRUNO [[[1]]] Dourado —– EGÍDIO [[[1]]] Rosan —– MAURÍCIO [[[1]]] Pedro —– OREJUELA [[[1]]] Lulu —– [[[1]]] LOMBA [[[1]]] Zerora —– NICO [[[1]]] Uol —– TORCIDA CELESTE [[[3]]] Wagner, Walery, Clemenceau… 

49 comentários para “Robinho e Ederson, os melhores no empate”

  1. SÍNDICO disse:

    TORCIDA CELESTE

  2. SÍNDICO disse:

    FÁBIO não teve muito trabalho, nem uma no gol. As bolas que chegaram, defendeu sem problemas.

  3. SÍNDICO disse:

    OREJUELA jogou como sempre, com muita disposição, boa marcação, avanços constantes, mas pouca eficiência nos passes finais. Sofreu o pênalti do gol de empate.

  4. SÍNDICO disse:

    CACÁ venceu o duelo com Guerrero, quase não cometeu erros e levou um cartão amarelo injusto, que vai tira-lo do jogo decisivo contra o Fluminense.

  5. SÍNDICO disse:

    FABRUNO não deu oportunidades aos atcandes colorados, jogando com firmeza, apesar de ter levando um cartão amarelo logo no início do jogo.

  6. SÍNDICO disse:

    EGÍDIO, seguro na defesa, apoiou bastante o ataque, com vários cruzamentos.

  7. SÍNDICO disse:

    JADSON marcou bem, mas não foi efetivo no apoio. saiu antes do fim quando Abel partiu pro tudo ou nada, com quatro atacantes.

  8. SÍNDICO disse:

    EDERSON correu bastante e, desta vez, sem pedir pra sair antes do fim. Enfrentando um meio de campo mais povoados, pouco avançou pra ajudoar seu ataque.

  9. SÍNDICO disse:

    ROBINHO começou armando o jogo pelo lado direito, terminou como volante, lutando e criando jogadas. Errou alguns passes, nada de anormal considerando-se a força e a ]o bom posicionamento de volantes e defensores colorados. Foi o melhor do jogo.

  10. SÍNDICO disse:

    MAURÍCIO entrou na reta final, ora jogar aberto na ponta direita. Conseguiu uma boa jogada, que resultou num corner. Mas sofreu coma falta de boas bolas, pois àquela altura o meio de campo celeste estava desmontado e não municiava mais o ataque.

  11. SÍNDICO disse:

    NEVES correu, buscou o jogo, tabelou pelo meio, chutou, mas não conseguiu o mais importante, que era fazer o gol.

  12. SÍNDICO disse:

    DAVID dedicou-se muito, desperdiçou uma chance de gol, correu, usou a força física contra a forte defesa colorada, mas foi sacado na parte final. Saiu sob vaias injustas da banda termocéfala da torcida.

  13. SÍNDICO disse:

    EZEQUIEL entrou na reta final, com ordens de jogar aberto, aproveitando as subidas de heitor. Obedeceu ao treinador, mas n

  14. SÍNDICO disse:

    FRED marcou gol, cobrando pênalti com perfeição, arrematou com perigo e buscou jogo longe da área. E foi até o apito final, mesmo cansado nos ;últimos 15 minutos.

  15. SÍNDICO disse:

    SASSÁ entrou no fim do jogo, correu muito, mas não teve chance de marcar o gol de desempate.

  16. SÍNDICO disse:

    ABEL não inventou na escalação, mandando a campo os melhores jogadores à dissipação. Na parte final, foi pro tudo ou nada, enfraquecendo o meio de campo pra reforçar o ataque com quatro jogadores. O time sofreu na defesa, mas também teve chance de desempatar.

  17. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO levou um gol no primeiro chute do Inter, mas não se desesperou e lutou até arrancar o empate. O ponto fraco foi a volância, que perdeu o meio de campo para o Inter, com mais jogadores e ,aos entrosamento no setor. A defesa segurou a onda e o ataque martelou o tempo todo trazendo a torcida pro jogo.

  18. SÍNDICO disse:

    INTERNACIONAL foi um time forte do goleiro aos meiocampistas, mas dispersivo no ataque. No fim, acabou escapando das derrotas pelas boas defesa de seu goleiro.

  19. SÍNDICO disse:

    ÁRBITROS apitaram corretamente. O Inter reclama do pênalti de Patrick em Orejuela. Em outros tempo seria até possível discuti-lo. Nestes tempos de Var, não. O Juiz não pode “desver” o calço do colorado no cruzeirense, nem tem como medir a força aplicada. É bola na cal e segue o jogo!

    • Matheus Penido disse:

      Uma vez que o árbitro decide consultar a tecnologia, a possibilidade de flagrar alguma irregularidade é imensa. Desta vez a estrovenga, depois de tantos prejuízos, interveio a favor do Cruzeiro.

  20. zuloobas disse:

    No duro, no duro, difícil escolher, ein!? Escolho Fred, MDJ, ontem ele me deu sensação de que se conseguirmos ajeitar um pouco a disposição tática da equipe, pode ser útil, para o momento e justificou a precedência sobre o esforçado, Sassá. Para finalizar, Éderson é minha única alegria, mantendo-o no time, o resto vale. Síndico, essa de analisar a partida me enfada, gosto só de pontuar mesmo.

  21. Matheus Penido disse:

    Uma vez que o árbitro decide consultar a tecnologia, a possibilidade de flagrar alguma irregularidade é imensa. Desta vez a estrovenga, depois de tantos prejuízos, interveio a favor do Cruzeiro.

  22. Matheus Penido disse:

    Mais pela questão do esforço, voto no ROBINHO

    • Fernandão disse:

      2. Robinho não quer entregar sem luta.

    • Vontade, empenho e suor não significam muita coisa… Quando o cara erra muito por tentar e se dedicar, temos que dar um desconto… daí a escolhê-lo como melhor vai uma distância muito grande… Edérson, Cacá e Fabrício foram MUITO melhores do que todos os demais… Ah! já sei… se vem da base não pode … entendi! Aqui… V S F!!!

      • Matheus Penido disse:

        “Pra jogar no meu time tem que ter currículo”. Levir Culpi.
        E eu assino em baixo.

  23. Bruno 7L RJ disse:

    É torcer para o Botafogo e o Goiás vencerem. Se sim, só dependerá da gente no meio de semana.

  24. ZERO HORA disse:

    Lomba fez duas grandes defesas, em lances que marcariam a virada do Cruzeiro. Nota 7,5 —– Heitor precisa ter rodagem para se manter no time. Fez um bom jogo, com algumas investidas mais ousadas ao ataque. 6,5 —– Fuchs tem potencial para concorrer a uma vaga de titular no ano que vem. Atuação de veterano (só precisa conter os avanços a la Lúcio, quando sobe e deixa um rombo na zaga). 7,5 —– Cuesta ganhou um novo parceiro de zaga, quando das várias ausências de Moledo ao longo da temporada. 7 —– Uendel parce ter a confiança de Odair Hellmann como marcador do que Zeca. Não comprometeu. 6 —– Lindoso foi outro que esteve longe de suas melhores atuações pelo Inter. 6 —– Edenilson esteve abaixo daquele Edenilson que acabou com o Cruzeiro na Copa do Brasil. 6 —– Nonato fez uma partida segura, gol marcado, e uma contusão (dores no púbis) no segundo tempo. 7,5 —– Patrick foi o dono do lado esquerdo colorado. Da marcação à armação durante todos os embalos de sábado. 7 —– Nico, em sua montanha-russa pessoal, começou em altíssimo nível, mas foi se apagando até sumir do jogo. 6 —– Guerrero teve sua atuação prejudicada por uma pancada na altura do joelho ainda no primeiro tempo. Seguiu em campo, mas em baixa rotação. 5 —– Neilton substituiu Nonato para acelerar o ataque. Pouco fez. 5 —— D’Alessandro: entrou nos minutos finais. Sem nota —– Bruno foi a campo nos acréscimos. Sem nota.

  25. SÍNDICO disse:

    MelhorDoJogo => ROBINHO [[[11]]] Domênico, Morato, Rizzi, Vanda, Bastos, Penido, Nem, Araujo, Amaral, Síndico, Patricia, Dudu —– EDERSON [[[12]]] Caolho, Evandro, Bitencourt, Gil, Schrier, Walterson, Velame, Pinheiro, Romarol, França —– FRED [[[4]]] Ge, Zuloobas, Celeste, Barnabé —–NEVES [[[1]]] Orozimbo —– FABRUNO [[[1]]] Dourado —– EGÍDIO [[[1]]] Rosan —– MAURÍCIO [[[1]]] Pedro —– OREJUELA [[[1]]] Lulu —– [[[1]]] LOMBA [[[1]]] Zerora —– NICO [[[1]]] Uol —– TORCIDA CELESTE [[[2]]] Walery, Clemenceau…

    • Taí disse:

      Achei Ederson muito adiantado sobrecarregou o Jadson expondo a zaga. Portanto, longe de ser o melhor em campo. Meu voto vai para o Robinho.

      • SÍNDICO disse:

        Meio de campo do Inter é melhor. Mas forte fisicamente, mais povoado e mais entrosado. O Cruzeiro equilibrou o jogo na marra, na força de vontade, no desespero.

  26. SÍNDICO disse:

    ABEL BRAGA: “O resultado não foi o que nós queríamos, mas era o que merecíamos. No primeiro tempo, mesmo tomando o gol, passamos 59% de posse de bola no campo ofensivo. Hoje criou-se novamente uma identidade com o torcedor. Foi algo fantástico. Eles viram a luta do time jogando com oito jogadores no campo de ataque. Às vezes o Inter chegou por erros nossos, o que é normal. Mas sufocar o adversário no campo de ataque trouxe nosso torcedor. Que na quarta-feira a gente possa conseguir o resultado positivo”, avaliou”.

  27. DOMÊNICO disse:

    ROBINHO, incansável, o melhor.

  28. Vi um jogo completamente diferente do Abel. Melhor em campo: EDERSON. Pior em campo: Egídio. Herói do jogo: Não houve. Vilão do jogo: Neves. —– Minhas notas: Fábio (5), Orejuela (4,5), Cacá (6), Fabrício (6), Egídio (2), Jadson (3,5), Maurício (Sem nota), Éderson (6,5), Robinho (3), Neves (2,5), Sassá (Sem nota), David (4), Ezequiel (5), Fred (4,5). Abel Braga (3). —– PS: E vi o jogo de forma MUITO DIFERENTE deste pessoal que vê pela TV e fica dando palpite errado… Não sinto muito, tenho é dó de quem vê pela televisão e acha que pode opinar sobre atuações como se estivesse em campo. Quem ainda defende um Fred e TNeves, ou até mesmo Robinho, e não consegue enxergar, por exemplo, a superioridade do Edérson no jogo de ontem, tem problema cognitivo.

  29. SÍNDICO disse:

    ABEL BRAGA: “Eu disse para eles: ‘Tem que ser melhor que na segunda contra o Goiás’ e foi até melhor do que eu esperava e pensava, pois sofremos o gol cedo. (…) O torcedor não gostou do gol tomado, claro. Mas não nos abalamos, começamos a atacar, fomos subindo no campo. Portanto, essa identidade é fundamental neste momento. Esperamos que nesta quarta-feira possamos conseguir o resultado positivo. Estou extremamente contente, principalmente porque o torcedor entendeu e eu disse para eles (jogadores): “Está vendo como é fácil criar identidade com o torcedor? ”, pois eles sabem quem jogou bem, quem não jogou bem, não importa, o que vale é que todo mundo que esteve lá dentro deu a vida e isso foi fundamental para nós”.

    • A entrevista do Abel foi uma verdadeira MERDA. Os elogios que ele fez questão de fazer ao Fred e TNeves foram a pior coisa que ouvi de Um treinador do Cruzeiro nos últimos 20 anos. Defender alguns jogadores no Cruzeiro pelo que estão jogando é fazer pouco caso da capacidade pensante do torcedor sobre aquilo que vemos (pelo menos eu vejo). Abel foi ridiculamente passador de pano. E quando um repórter apertou ele na pergunta, foi CRETINO na resposta.

  30. Souza disse:

    A parte positiva do vem acontecendo com o time do Cruzeiro é o lançamento de novos jogadores. Cacá e Fabruno começam a dar segurança à zaga. Ederson vai ocupando seu espaço. Falta agora os jogadores do ataque. Para 2020 isso vai dar bons frutos. Sobre rebaixamento, o Ceará virou o concorrente principal. Dificilmente o time cearense fará mais de 42 pontos.

    • Vai cair um time preto e branco. Vai cair um time tricolor. Vão cair dois times azul e branco ou um azul e branco e a Chape. Pre mim a Chape já era ! E temos que enterrá-la no domingo que vem… Eles ou nós… Temos que ganhar 6 pontos nas próximas duas partidas… jogando de camisa branca e elevando nossa média… precisamos de 1,3 Pontos por partida, no mínimo.

  31. Bruno 7L RJ disse:

    E o CSA deu seta e passou.

  32. Declaração do ROBINHO antes do jogo: “Bom eu voltar para a minha posição. O elenco adaptou-se melhor ao Abel do que ao do Ceni. O ambiente melhorou”. Declaração do Robinho após o jogo: “Faltou um pouco de sorte, a gente teve qualidade, chance, tudo o que precisava… o lado emocional tá pesando”. E torcedor votando como “melhor em campo”. Com um “maestro” e um “MDJ” destes, não precisamos mais de nada… e dos 3 times azuis com a corda no pescoço, três NÃO CAEM, talvez dois… PQP …

  33. GE disse:

    ROBINHO, principal garçom do time na temporada, foi o que mais tentou servir os companheiros de ataque, mas errou passes até de curta distância, o que normalmente não faz. 4,5 —– NEVES pouco apareceu no jogo. Não participou da criação de jogadas e teve dificuldade para se posicionar no espaço “em branco” para finalizar. Mais um jogo ruim do camisa 10. 4,5 —— FRED vinha mal, errando as escoradas e tendo dificuldade para encontrar espaços entre os zagueiros, mas fez o gol que garantiu o ponto ao Cruzeiro, ao converter pênalti. Além disso, quase marcou o gol da vitória em bonita girada no fim do jogo. 7,5 —– EDERSON parece se firmar cada vez mais no time. Correu, lutou e foi o mais participativo no meio-campo, tanto nas roubadas de bola, quanto na construção inicial das jogadas. 7,0.