Henrique salvou-se no naufrágio

Por SÍNDICO | Em 11 de Maio de 2017

ATUAÇÕES dos protagonistas de NACIONAL/Paraguai 2/3 x1/2 CRUZEIRO, neste 10mai17qua19h15, Defensores Del Chaco, Assunção, volta 1ª fase da Sulamericana:

TORCIDA CELESTE compareceu. Ou melhor, a Mafia Azul compareceu. E cantou, alentou o time, pediu a entrada de Dedé etc. A recompensa pelo esforço, porém, não veio.

RAFAEL não atrapalhou, nem ajudou. Nos penaltis, mudou de tática escolhendo o canto, o invés de esperar a decisão do cobrador. E errou todas as escolhas.

MAYKE não conseguiu dominar a bola no gol de empate dos locais, foi crucificado pelo comentarista do SporTV e, por extensão, pela torcida. De qualquer forma, mostrou personalidade e jogou bem até o fim, marcando corretamente e apoiando quando possível.

LEO foi o melhor da defesa. Cortou o que foi possível. Mas levou dois cartões amarelos, um deles mal aplicado, e foi expulso a 15 minutos do fim.

CAICEDO deu várias bobeiras, uma delas infantil e fatal, ao vacilar na escolha de uma jogada, erro que culminou com bola atravessada na defesa e o gol da derrota.

BARBOSA, seguro na defesa, tímido no apoio e , saiu mais cedo pra dar chance a Fabricio de cobrar –e perder– pênalti.

HUDSON dedicou-se à marcação e pouco ajudou na armação.

HENRIQUE marcou, trabalhou bem na saída de jogo e tentou ajudar na marcação.

NEVES marcou um gol e desapareceu.

ARRASCAETA tentou criar jogadas ofensivas, mas sem apoio dos demais dianteiros, não obteve bons resultados, Na cobrança de penaltis, bateu mal, com um peteleco, que o goleiro defendeu, se problemas.

RAFINHA foi mais um lutador, num time cheio deles. Jogar, que é bom, nada.

ÁBILA brigou sozinho contra a defesa paraguaia. Saiu mais cedo pra recomposição da defesa, após a expulsão de Leo.

FABRÍCIO não acrescentou nada ao time e ainda perdeu um pênalti.

ALISSON tentou algumas jogadas agudas, mas destacou-se mesmo foi na recomposição. Sua cobrança de pênalti foi lamentável.

DEDÉ substituiu Abila, a 15 minutos do fim, deu passe errado, cortou bolas e foi ao ataque, com perigo. Está longe de sua melhor forma.

MANO não quis correr riscos, seu time preocupou-se mais com o bloqueio do que coma criação de jogadas. Deu ruim.

CRUZEIRO fez sua pior partida no ano. Começou marcando um gol e ampliando sua vantagem, mas ficou nisto. Com erros individuais e uma estratégia conservadora, deixou a decisão ir pros penaltis e, ai, acabou de entornar caldo.

NACIONAL foi um time lutador, mas sem imaginação. Aproveitou-se de dois erros individuais da defesa celeste pra levar o jogo aos penaltis, quando contou coma incompetência dos cobradores celestes pra avançar na competição.

ÁRBITROS trabalharam mal. Se juiz usa seu cartão de credito, como usa o amarelo, terá problemas na velhice, por falta de grana. Leo foi expulso pelos excessos do juiz, que lhe mostrou dois amarelos, um deles injustificado.

  • HENRIQUE [[[11]]] Marcoalex, Galvão, Freitas, Carneiro, Viana, Klauss, Velloso, França, Frede, Barnabé, Síndico —– HUDSON [[[6]]] Wallace, Bittencourt, Schrier, Chiabi, Rocha, Penido —– DEDÉ [[[4]]] Walterson, Drumond, Procópio, João —– RAFINHA [[[3]]] Ge, Renato, Ernesto —– ÁBILA [[[2]]] Milani, Martins —– ALISSON [[[2]]] Ccc, Fernandão —– CAICEDO [[[1]]] Alexandre —– TORCIDA CELESTE [[[2]]] Maury, Celeste —– ROJAS [[[1]]] Morato —– BAREIRO [[[1]]] Setelagoas —– TIBURÓN [[[1]]] Vanda.

56 comentários para “Henrique salvou-se no naufrágio”

  1. Flavio Carneiro disse:

    Difícil votar no melhor depois de um jogo tão ruim e com uma eliminação melancólica para um time pequeno do Paraguay, mas mesmo assim vou votar no HENRIQUE.

  2. GE disse:

    Rafinha foi um dos poucos que se salvou no Paraguai. Tentou criar, enquanto teve forças. Nota: 6,5 —– Henrique foi um dos mais lúcidos do time. Jogou praticamente sozinho no meio-campo cruzeirense. Nota: 6,0 —– Mayke teve atuação que beirou o ridículo. Falha incrível no primeiro gol do Nacional e total inoperância ofensiva. Nota: 4,0

  3. Flavio Carneiro disse:

    Raramente sou favorável a troca de treinador, mas nesse caso vejo muita responsabilidade do Mano no baixo desempenho desse time. Nos 2 últimos anos tínhamos um time muito limitado e era injusto jogar a responsabilidade só nos treinadores, mas esse ano temos um time com melhores opções, embora não seja a “Brastemp” que muitos acham. A verdade é que vejo o time jogando bem abaixo do seu potencial técnico, e isso é responsabilidade do treinador.

    • Flavio Carneiro disse:

      Assim como o Mano conseguiu extrair do time de 2015 algo além do que aquele time podia apresentar, nos livrando de um rebaixamento eminente, esse ano o Mano não está conseguindo dar o equilíbrio ao time, que vem jogando um futebol muito pobre faz tempo. Essa grande invencibilidade que conseguimos esse ano enganou muita gente, porque foi conseguida em cima de adversários muito fracos, salvo raras exceções. Se nada for feito, disputaremos mais um ano contra o rebaixamento, basta ver o que aconteceu com o Inter.

      • Fernandão disse:

        É basta ver. Primeira coisa, trocou de treinador 4 vezes e foi campeão estadual. Mesma coisa.

      • Flavio Carneiro disse:

        Me referi ao fato do Inter ter um time bom no papel e ruim em campo. Isso é parecido com o que acontece com o Cruzeiro hoje. Quem se ilude com desempenho no estadual (no nosso caso com a tal invencibilidade até o último jogo), como aconteceu com o Inter ano passado, pode ser dar mal…

  4. SÍNDICO disse:

    NOTAS: Rafael 6,0 Mayke 4,0 Leo 5,0 Caicedo 4,5 Diogo Barbosa 5,5 Fabrício 4,5 Hudson 5,5 Henrique 6,0 Rafinha 6,5 Arrascaeta 5,0 Neves 5,5 Alisson 4,5 Ábila 5,5 Dedé 5,5

  5. Miguel Tolentino disse:

    Mano na coletiva não teve papel de comandante, não teve colhões para chamar a responsabilidade pelas apresentações horríveis que se somam ao longo da temporada e simplesmente preferiu jogar seus jogadores ao fogo para tentar se livrar da cobrança pessoa. O próximo passo do treinador será dizer que o grupo não compreende seus conceitos, como o Flamengo?

  6. Miguel Tolentino disse:

    Engraçado é que do fã clube do treinador só o Vilela teve a coragem de colocar a cara e reiterar sua idolatria pelo treinador. No aguardo para ler a opinião do França e do Chiabi, defensores implacáveis do gaúcho chorão e superestimado. Gente que vivia batendo na tecla da invencibilidade dentre outras sandices.

    • Fernandão disse:

      Hoje tá um radicalismo só. Taquipariu. Não gosto do Mano. Acho que ele só mexe no time por omissão. Fica torcendo pra um e outro machucar e tal. Mas derrubar treinador agora é de uma burrice estratosférica. É desistir do campeonato antes de ele começar. Dê a chance ao cara tirar o time da enrascada que ele o meteu.

    • matheus t penido disse:

      Injustiça sua, Naum posso falar por eles, mas duvido que algum dos 3 idolatre o Mano ou qualquer outro treinador. Defender um trabalho em curso e criticar excessos da torcida eh totalmente diferente. E eh bom lembrar que o Mauro e o Chiabi sempre adotam essa postura com qualquer treinador, pelo menos no que eu acompanho, E o Vilela, imagino, defende o trabalho do Mano como torcedor, e naum como fã do gaucho.

  7. Leonardo Matarelli disse:

    Olha que coisa boa: depois do fiasco de ontem, a “moçada” ganhou o dia e a manhã de sexta de folga. “A comissão técnica cinco estrelas promoveu uma alteração na programação de treinos da equipe profissional do Cruzeiro nesta semana. A reapresentação do grupo após o jogo contra o Nacional do Paraguai, válido pela Copa Conmebol Sul-Americana, programada anteriormente para a tarde desta quinta-feira, será realizada na sexta-feira, às 16h, na Toca da Raposa II”. Realmente esse grupo anda precisando descansar. Treinar pra quê?

    • Ernesto Araújo disse:

      Matarelli, entendo sua indignação como torcedor. Mas tem 5 meses que esse grupo treina e joga e até agora evoului pouquíssimo. Então não será em um dia a mais que vão progredir alguma coisa. Melhor descansar e refletir.

      • Leonardo Matarelli disse:

        Mas é a profissão deles, ou não? Do contrário, é melhor se reunir apenas 2 horas antes de cada jogo (para jogos na cidade!), no próprio estádio, e jogar. E cada um vai por conta própria mesmo. O clube ainda economiza combustível de ônibus, salário de motorista, alimentação, etc.

  8. Fernandão disse:

    ALISSON. Entrou a fim de jogo e reequilibrou a parada. Não fosse o Léo ser expulso, podia muito mais.

    • matheus t penido disse:

      Em que pese naum saber finalizar, o Alisson tem bola pra ser titular desse time. E

      • matheus t penido disse:

        Eh o unico jogador do elenco que consegue ser um ponta agressivo, mesmo errando muito pra concluir as jogadas. Com a formaçao que tem jogado o time toca muito a bola mas agride quase nada. Haja vista a final do Mineiro quando o Victor naum precisou fazer nenhuma grande defesa em mais de 180 minutos. E pior ainda ontem quando criaram uma chance apenas em 90 minutos jogando contra um time que dava espaços generosos.

  9. matheus t penido disse:

    HUDSON

  10. jrgalvao disse:

    HENRIQUE. Acho que sempre assisto outro jogo, pois nao consigo ver futebol no rafinha, mas é sempre citado como muito bom por alguns, mas nao vejo nenhuma jogada produtiva para o ataque do time

  11. matheus t penido disse:

    O Mano se preocupa demais em organizar o time, mas parece que naum tem prestado muito atençao na postura de alguns jogadores na hora de executar as jogadas, algumas coisas vem irritando e podem ser corrigidas mais na base da conversa. Por exemplo, o Abila tem que ser expressamente proibido de tentar jogadas individuais. Recebeu a bola longe do gol tem que proteger e procurar o companheiro mais perto pra tocar, pois se ele prende a jogada termina ali mesmo.

    • matheus t penido disse:

      Outra coisa eh cobrar uma postura mais coletiva e menos arrogante do Thiago Neves. Toda jogada ele quer resolver sozinho com um chute ou um cruzamento de efeito no melhor estilo craque do time, mas com a perna descalibrada acaba com quase todos os ataques.

      • Ernesto Araújo disse:

        Essas coisas que você citou, Penido, estou de acordo. E digo mais: São a “ponta do iceberg”. Chute a gol só o Robinho sabe dar. Sóbis, Alisson, TN, Cabral, Diogo Barbosa e outros não conseguem sequer acertar o gol. E temos os mesmos problemas com outros fundamentos: Passes, lançamentos, cruzamentos pelo alto, cobranças de faltas laterais e escanteios… A lista é grande demais para um elenco tão caro. A jogada sair certa, do começo ao fim é a exceção, não a regra.

      • Ernesto Araújo disse:

        E cabeceio ofensivo, nem vou falar porque o Cruzeiro é um time, desde os tempos do Deivid, projetado pra jogar com bola no chão (coisa que raríssimas vezes conseguiu fazer), além não ter jogadores com estatura para brigar pelo alto com zaga nenhuma.

  12. Ernesto Araújo disse:

    RAFINHA, o único que ainda tentou jogar ofensivamente a maior parte do tempo, quando teve chances. Time (como um todo) e treinador ficam como os piores em campo ontem. O treinador por não encontrar soluções e os jogadores por fazerem uma apresentação medonha.

  13. JOAOCOSTA disse:

    Dedé, que, em minutos, mostrou pra zagueirada, treineiro e torcedores como se atua na defesa. Menção honrosa pro Ábila, que, mesmo jogando só, se esforçou até sair. O bestalhão do Mano poderia ter sacado o Mayke em lugar do nosso 9.

  14. Leonardo Matarelli disse:

    E pensar que exatamente a uma semana atrás, a essa hora, esses bananas desdenhavam o jogo da CB contra a Chapecoense, por estarem, segundo Mano Menezes, com a “cabeça na final”. Imaginem se não estivessem focados na decisão então…

    • Leonardo Matarelli disse:

      CB/2017 que também está em risco, considerando que a “vantagem” também é mínima, e a Chape tem um time bem melhor do que o temível Nacional-PAR. O sufoco que o time tomou dos reservas deles na semana passada não foi obra do acaso mesmo…

  15. Procopio disse:

    O Henrique merece. Só por não ter repetido o passe errado que resultou no primeiro gol das frangas e a perda bisonha de bola que levou ao gol anulado da turma de Vespasiano já merecia. Mas, pensando melhor, o Dedé merece mais.

    • SÍNDICO disse:

      Odeia o Henrique. Elementar.

      • Procopio disse:

        Preclaro Síndico, alguma dúvida quanto às falhas aludidas? Confira os tapes dos lances. E basta reduzir o espaço / apertar a marcação sobre o Henrique que ele entrega mesmo, por limitações no domínio, passe e condução da bola. Simples assim (aliás, no jogo contra a Chape andou fazendo lambança de novo, pelos mesmos motivos, só que sem a consequência de dar dois gols para o adversário). Saudações.

  16. Bruno 7L RJ disse:

    ADAM BAREIRO

  17. Leonardo Matarelli disse:

    E a próxima sequencia hein? SP (c), Sport (f) e Santos (f). Diante do que temos visto, alguém aí ficaria surpreso se saíssemos depois da terceira rodada com 0 pts?

  18. raher disse:

    Essa semana de novo, a Fox apresenta uma pesquisa feita por ibope e o LANCE , colocando as frangas em sexto com 7 milhões e reduzindo nossa torcida para 6,2 milhões, procede isso, dois anos seguidos

  19. SÍNDICO disse:

    TORCIDA CELESTE compareceu. Ou melhor, a Mafia Azul compareceu. E cantou, alentou o time, pediu a entrada de Dedé etc. A recompensa pelo esforço, porém, não veio.

  20. SÍNDICO disse:

    RAFAEL não atrapalhou, nem ajudou. Nos penaltis, mudou de tática escolhendo o canto, o invés de esperar a decisão do cobrador. E errou todas as escolhas.

  21. SÍNDICO disse:

    MAYKE não conseguiu dominar a bola no gol de empate dos locais, foi crucificado pelo comentarista do SporTV e, por extensão, pela torcida. De qualquer forma, mostrou personalidade e jogou bem até o fim, marcando corretamente e apoiando quando possível.

  22. SÍNDICO disse:

    LEO foi o melhor da defesa. Cortou o que foi possível. Mas levou dois cartões amarelos, um deles mal aplicado, e foi expulso a 15 minutos do fim.

  23. SÍNDICO disse:

    CAICEDO deu várias bobeiras, uma delas infantil e fatal, ao vacilar na escolha de uma jogada, erro que culminou com bola atravessada na defesa e o gol da derrota.

  24. ANÔNIMO disse:

    Mayke fez um bom jogo, mas pela entregada não merece meu voto como Melhor do Jogo. Henrique leva meu voto. Foi um jogo em que faltou atitude dos jogadores e leitura mais rápida do Mano, que demorou pra fazer as alterações que a ocasiao exigia. Posto isto, é preciso lembrar que o time perdeu importantes referências técnicas como Cabral, Manoel, Robinho e Sobis, jogadores experientes, que sentem menos as adversidades do jogo. Não é hora, pois, de caça às bruxas.

  25. SÍNDICO disse:

    BARBOSA, seguro na defesa, tímido no apoio e , saiu mais cedo pra dar chance a Fabricio de cobrar –e perder– pênalti.

  26. SÍNDICO disse:

    HUDSON dedicou-se à marcação e pouco ajudou na armação.

  27. SÍNDICO disse:

    HENRIQUE marcou, trabalhou bem na saída de jogo e tentou ajudar na marcação.

  28. SÍNDICO disse:

    NEVES marcou um gol e desapareceu.

  29. SÍNDICO disse:

    ARRASCAETA tentou criar jogadas ofensivas, mas sem apoio dos demais dianteiros, não obteve bons resultados, Na cobrança de penaltis, bateu mal, com um peteleco, que o goleiro defendeu, se problemas.

  30. SÍNDICO disse:

    ALISSON tentou algumas jogadas agudas, mas destacou-se mesmo foi na recomposição. Sua cobrança de pênalti foi lamentável.

  31. SÍNDICO disse:

    ÁBILA brigou sozinho contra a defesa paraguaia. Saiu mais cedo pra recomposição da defesa, após a expulsão de Leo.

  32. SÍNDICO disse:

    FABRÍCIO não acrescentou nada ao time e ainda perdeu um pênalti.

  33. SÍNDICO disse:

    MANO não quis correr riscos, seu time preocupou-se mais com o bloqueio do que coma criação de jogadas. Deu ruim.

  34. SÍNDICO disse:

    DEDÉ substituiu Abila, a 15 minutos do fim, deu passe errado, cortou bolas e foi ao ataque, com perigo. Está longe de sua melhor forma.

  35. SÍNDICO disse:

    RAFINHA foi mais um lutador, num time cheio deles. Jogar, que é bom, nada.

  36. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO fez sua pior partida no ano. Começou marcando um gol e ampliando sua vantagem, mas ficou nisto. Com erros individuais e uma estratégia conservadora, deixou a decisão ir pros penaltis e, ai, acabou de entornar caldo.

  37. SÍNDICO disse:

    NACIONAL foi um time lutador, mas sem imaginação. Aproveitou-se de dois erros individuais da defesa celeste pra levar o jogo aos penaltis, quando contou coma incompetência dos cobradores celestes pra avançar na competição.

  38. SÍNDICO disse:

    ÁRBITROS trabalharam mal. Se juiz usa seu cartão de credito, como usa o amarelo, terá problemas na velhice, por falta de grana. Leo foi expulso pelos excessos do juiz, que lhe mostrou dois amarelos, um deles injustificado.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.