Henrique e Fabruno salvaram-se em Portalegre

Por SÍNDICO | Em 5 de setembro de 2019

ATUAÇÕES dos protagonistas do INTERNACIONAL 3-0 CRUZEIRO, Beira Rio, Porto Alegre, 04set19qua21h30, volta das semifinais da Copa do Brasil 2019, por FERNANDÃO ÁVILA:

TORCIDA CELESTE compareceu e alentou o time. (Síndico)

FÁBIO, sem culpa nos gols. No terceiro, podia ter agido melhor, ficou no meio do caminho, mas dificilmente seria possível evitá-lo. Está mais exposto, seja com o time com ou sem a posse de bola. Com a posse, é acionado seguidamente em situações nítidas de bico pra frente da zaga. Sem ela, a linha alta fatalmente o deixará na situação do terceiro gol mais vezes.

JADSON deve ter dirigido um: “Mas cê tem certeza, chefe?” ao Rogério na preleção. É difícil malhar um cara que está nitidamente mal escalado. Pior: mal escalado por 90 minutos. No ofício, foi mal tecnicamente, mal nas decisões, estava nervoso e não contribui com a construção ofensiva.

DEDÉ ia bem no jogo, até errar a jogada fatal, ao cruzar uma bola no meio campo com o time saindo. No mesmo lance ainda errou pela segunda vez ao “afundar” pra dentro do gol e esquecer o Guerrero. Na volta do intervalo contribuiu para a bagunça geral ao desistir de retornar ao gramado em cima da hora. Isso não é coisa de profissional. Avisa no vestiário: “Professor, o tornozelo tá meio bambo.” No mínimo o substituto já ia fazendo um aquecimento maroto, um cerca pombo ali. Não gostei.

FABRUNO é bola e vai dar jogador, mas abusou dos recuos para o Fábio, culpa que definitivamente não era dele. A faixa de campo que deveria cobrir na transição era enorme, o campo de defesa inteiro, porque o time só se aproxima quando está no campo de ataque. Ainda arriscou uma ou duas bolas, mas o time sem dinâmica ofensiva fazia bola retornar a ele rapidamente.

DODÔ recebe amor de muita gente, sem ter feito algo pra merecer. Pronto falei! Ele deve ter uns 10% da capacidade ofensiva do Egídio. Nesse jogo não deu amplitude ao time, que acabou por afunilar demais as jogadas. Teve um trabalho relativamente simples na marcação, porque o Dalessandro não tem velocidade, ao passo que o Jadson penou com o Nico. Ainda assim, perdeu duelos e não fez o adversário se preocupar com ele. Outro jogador que abusou dos recuos de bola.

HENRIQUE deve ter saído irritado com o chefe, que o expôs desnecessariamente. Um centroavante como o Guerrero, e você põe o Henrique na zaga? O Guerrero deve ser uns 10 cm maior que ele e uns 15 kg mais pesado pra começar. Mesmo assim deu conta do recado. No primeiro tempo, jogou num posicionamento de meia direita, tentando compensar um pouco a ausência de ultrapassagens do Jadson. No segundo tempo, sobreviveu.

ABRAL entrou pra ajudar o Robinho a conectar o jogo. Mas o contexto geral já era de bagunça e desânimo. Errou muitos passes. Mas esse é o resultado esperado quando o adversário está postado e seu time desorganizado. Deve ter ouvido pela primeira vez o Rogério lhe dirigir a palavra, enquanto o Dedé voltava pro vestiário pra fazer gelo

ROBINHO se houve melhor do que na última partida. Principalmente enquanto ainda havia um jogo de futebol, até o primeiro gol. Estava armando de trás e tentando chegar como surpresa na entrada da área adversária. Errou passes, mas em sua maioria passes que poderiam por um companheiro em situação de definição. Foi caindo com o time ao longo do segundo tempo, por problemas de ordem física, tática e anímica.

M GABRIEL esteve animado, mesmo quando o resto do time já não estava. Correu, arriscou de longe, marcou. Enfim, jogou bola sem beicinho mesmo vendo que tudo ia se acabar na quarta-feira.

NEVES: o grande mérito da era Ceni, até ontem, era ter achado a posição do Thiago. Como meia armador, ajudando na construção e finalizando da entrada da área. Por algum motivo desconhecido, foi posto pra jogar de costas pra zaga, afundado entre os beques do Inter. Isso prejudicou o seu jogo, embora ainda sim tenha mostrado vontade e participação enquanto tinha jogo.

EDERSON entrou pra evitar uma goleada histórica. Fez sua parte combatendo.

DAVID manteve-se animado durante o primeiro tempo, embora isso não resolva tudo. Tentou abrir espaços na ponta esquerda, cortando pra dentro. Mas o colega de ala raramente passava às suas costas. Justiça seja feita: Dodô passou umas duas vezes com qualidade, mas o passe foi interceptado. Ao entrar com a bola embolava com Marquinhos ou o Thiago que já estavam por ali. Tendo esses jogadores próximos optou pouco pelas tabelas, que poderiam dar melhor resultado. Sua característica melhor é o drible, que parece que ele vem aprimorando.

FRED, contrariando a regra, dessa vez entrou com sangue no olho, tentando ser a referência do time. Pivoteou, sofreu falta e tudo. Mas com dez minutos em campo, o Inter fez o segundo gol. Daí o desânimo foi geral.

ROCHA, escalado pra ser atacante que parte da ponta pra dentro, não teve espaço pra desenvolver sua velocidade, exceto no primeiro ataque do Cruzeiro no jogo, em que foi abafado pelo Lomba. Ainda participou pouco da marcação possibilitando ao Cuesta participar da construção de jogadas do Inter algumas vezes Não era jogo pra ele, já que o Inter manteve suas linhas baixas e organização defensiva o jogo todo. Era jogo pra centroavante abrir espaços. Isso o Pedro não sabe fazer, por isso passou o jogo todo encaixotado. Saiu irritado com o chefe, chutando tudo, o que piora a sua avaliação.

CENI teve uma jornada extremamente infeliz. Não me lembro de um técnico fazer tanta lambança em uma única noite no comando do Cruzeiro. No mesmo dia arrumou briga com parte do elenco por convicções frouxas. Indispôs-se com Léo, Edílson, Egídio e Henrique sendo injusto. Outra parte da turma: Pedrocha e Fred – também devem estar bravos com o chefe, esses dois sem motivo. Armou o seu time com jogadores amontoados na frente, na esperança de conseguir o tão sonhado jogo associativo, as tabelas e tal. Todos centralizados demais e com laterais sem presença ofensiva. Manteve o time exposto aos contragolpes o jogo todo. Insistiu nos erros de escalação: centroavante improvisado, volante improvisado, lateral improvisado, dobrando a aposta, improvisando um zagueiro.

CRUZEIRO, desorganizado, o time foi definhando a cada gol sofrido e a cada convicção perdida. Parece que entrou sem um plano claro de jogo, coisa que nunca acontecia nos tempos do Mano. A ideia era “vamos pra dentro dos caras”. Os “caras” estavam sempre postadinhos para o contragolpe e deram a bola para o Cruzeiro. Ante a marcação forte do Inter na intermediária, cansou de recuar bolas para a zaga e para o goleiro recomeçando as jogadas. O jeito mais fácil de entrar era por meio de triangulações nas laterais, mas concentrou o jogo no meio, e pôs gente de pouca qualidade nas alas. Ciente de seus erros, o time insistiu neles o quanto pôde.

INTERNACIONAL jogou um feijão com arroz foi mais que suficiente para a classificação. Começou o jogo trocando golpes com o Cruzeiro, de maneira até inconseqüente. Mas vendo que o adversário tinha imensa dificuldade de criar jogadas e ainda insistia em não se proteger adequadamente,se assentou no jogo e esperou as melhores chances para contra-atacar.

ÁRBITROS Não se fizeram notar.

MelhorDoJogo => HENRIQUE [[[10]]] Zuloobas, Penido, Romarol, Ramos, Galvão, Velloso, Anchieta, Fivestars, Klauss, Síndico —– FABRUNO [[[5]]] Sá, Bitencourt, Rosan, Fernandão, Rezende —– JADSON [[[1]]]Pedro —– DEDÉ [[[1]]] Pinheiro —– FÁBIO [[[1]]] Amaral —– DODÔ [[[1]]]Hiram —– CENI [[[2]]] King, Romeu —– GUERRERO [[[5]]] Ianni, Schrier, Walery, Pena, Alex —– DALESSANDRO [[[1]]] Setelagoas —– ODAIR [[[1]]] Angrisano…

158 comentários para “Henrique e Fabruno salvaram-se em Portalegre”

  1. SÍNDICO disse:

    TORCIDA CELESTE

    • Wagner CPM disse:

      A virtual estava enfurecida com as asneiras do narigudo

    • Matheus Penido disse:

      Descobriu da forma mais que Ceni não será o salvador da pátria que se imaginava. Próximo milagreiro, por favor!

    • Romarol disse:

      Satisfeita porque o clube abandonou as Copas. Foco no Brasileiro, como querem.

      • Wagner CPM disse:

        “Disconcordo!”. Mesmo que nao ganhássemos o titulo da Copa Br, uma ida a final garatiria 20 milhões. 10 pro Itair, 3 pro Wagner Pires, 3 Pro Serginho boca murcha e 4 pra dividir entre vários do clube.

    • Fernandão disse:

      Sem culpa nos gols que definiram o jogo. No terceiro, podia ter agido melhor, ficou no meio do caminho, mas dificilmente seria possível evitá-lo. Está mais exposto, seja com o time com ou sem a posse de bola. Com a posse, é acionado seguido vezes em situações nítidas de bico pra frente da zaga. Sem ela, a linha alta fatalmente o deixará na situação do terceiro gol mais vezes.

      • Bruno 7L RJ disse:

        ” Com a posse, é acionado seguido vezes em situações nítidas de bico pra frente da zaga. Sem ela, a linha alta fatalmente o deixará na situação do terceiro gol mais vezes”. Não entendi essa parte.

      • Fernandão disse:

        Está mais exposto COM O CRUZEIRO estando com e sem a bola. O time com a bola ainda vai rolar um lance em que ele receberá na fogueira e não vai conseguir ser safo. O time sema bola com a linha alta, a fatalidade já aconteceu.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Obrigado. Se a fatalidade que vc se refere foi o 3º gol, aí foi o contexto, o time se lançou. Tende a ser pontual. Sobre as demais considerações, irretocável.

    • Wagner CPM disse:

      Pegou o que foi possível, enquanto um catado de jogadores faziam uma partida digna de dó. Sinto incomodado vendo ele ter que jogar com os pés toda hora. Isso ainda vai dar errado, mas o Mico1 pediu e ele está obedecendo a risca.

    • Matheus Penido disse:

      Defendeu o que era possível.

    • Romarol disse:

      Se errar um passe será crucificado pelo treinador. Como acertou 100% dos passes, nota 10.

    • Fernandão disse:

      Ia bem no jogo, até que errou a jogada fatal, ao cruzar uma bola no meio campo com o time saindo. No mesmo lance ainda errou pela segunda vez ao “afundar” pra dentro do gol e esquecer o Guerrero. Na volta do intervalo contribuiu para a bagunça geral ao desistir de retornar ao gramado em cima da hora. Isso não é coisa de profissional. Avisa no vestiário: “O professor, tornozelo tá meio bambo aqui.” No mínimo o substituto já ia fazendo um aquecimento maroto, um cerca pombo ali. Não gostei.

      • Bruno 7L RJ disse:

        As vezes, uma grande vontade de ajudar pode atrapalhar. Isso é bem a cara do Dedé.

      • Thiago 5 estrelas disse:

        Não acho que vinha bem até errar o lance do primeiro gol, já tinha entregado duas paçocas no começo do jogo, uma delas ele mesmo se recuperou bloqueando o chute do Guerreiro.

      • Matheus Penido disse:

        Até o primeiro gol, vinha bem. A partir do lance fatal, noite pra ser esquecida.

    • Wagner CPM disse:

      Jogou bem por 10 minutos. Se machucou e forçou ficar em campo e jogando com receio o que fez fazer uma partida bem mediana pra ruim.

    • Romarol disse:

      Viu que a vaca tinha ido pro brejo, nem voltou para o segundo tempo.

    • Fernandão disse:

      Fabruno é bola e vai dar jogador. No jogo abusou dos recuos para o Fábio, mas a culpa definitivamente não era dele. A faixa de campo que ele deveria cobrir na transição era enorme, o campo de defesa inteiro, porque o time só se aproxima quando está no campo de ataque. Ainda arriscou uma ou duas bolas, mas o time sem dinâmica ofensiva fazia bola retornar a ele rapidamente.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Tbm gosto desse jogador. Ponto a aprimorar é a jogada aérea ofensiva. Recuperação dele no lance que o Guerrero ganha na corrida do Henrique foi irada.

    • Wagner CPM disse:

      Muito bom na zaga, cobertura. Tem velocidade e parece que vai tomar posição do titular Léo.

    • Romarol disse:

      A prata da casa corre risco de ser queimado. Razoável partida. Teve um lance de recuperação digno de nota.

    • Matheus Penido disse:

      Teve seus pecados, mas no geral foi dos poucos a se salvar.

    • Fernandão disse:

      Não sei o que o Dodô fez pra merecer o amor de tanta gente. Pronto falei! Ele deve ter uns 10% da capacidade ofensiva do Egídio. Nesse jogo não deu amplitude ao time, que acabou por afunilar demais as jogadas. Teve um trabalho relativamente simples na marcação, porque o Dalessandro não tem velocidade. Ao passo que o Jadson penou com o Nico. Ainda assim, perdeu duelos e não fez o adversário se preocupar com ele. Outro jogador que abusou dos recuos de bola.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Dodó me lembrou o Mena, só que com menos raça. Cintura dura e sem velocidade. Um picolé de chuchu danado.

      • Thiago 5 estrelas disse:

        Realmente incompreensível a moral com parte da galera, não joga 1/3 do que joga o Egídio.

    • Wagner CPM disse:

      Jogou nada, Egídio teria rendido mais.

    • Romarol disse:

      Perdido. Não cruza, não defende, não atua como volante nem armador.

    • Matheus Penido disse:

      Ezequiel com grife.

    • Fernandão disse:

      Deve ter saído irritado com o chefe, que o expôs desnecessariamente. Um centroavante como o Guerrero, e você põe o Henrique na zaga? O Guerrero deve ser uns 10 cm maior que ele e uns 15 kg mais pesado pra começar. Mesmo assim deu conta do recado. No primeiro tempo vinha jogando em um posicionamento de meia direita, tentando compensar um pouco a ausência de ultrapassagens do Jadson. No segundo tempo sobreviveu.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Louvável o profissionalismo do Henrique. O cara é, definitivamente, um atleta do clube. Joga onde mandam, se doa, não reclama. Ontem entrou numa rabuda gigante e não desconcentrou.

      • Matheus Penido disse:

        Falar dele é chover no molhado. Tivesse o clube mais uns três jogadores com a mentalidade do Henrique, os treinadores nem seriam chamados de burros.

    • Renato disse:

      Melhor em campo. Mesmo na zaga ajudou demais. DEve ser por isso que entra treinador, sai treinador e ele tá lá. Fabruno tb teve atuação boa.

    • Wagner CPM disse:

      Um dos mais lúcidos do início ao fim. Quando improvisado na zaga deveria ter mandado o Mico1 TNC.

    • Romarol disse:

      Leão de chácara. Sangue azul nas veias. Nunca desiste.

    • Fernandão disse:

      Entrou para ajudar o Robinho a conectar o jogo. Mas o contexto geral já era de bagunça e desânimo. Errou muitos passes. Mas esse é o resultado esperado quando o adversário está postado e seu time desorganizado. Deve ter ouvido pela primeira vez o Rogério lhe dirigir a palavra, enquanto o Dedé voltava pro vestiário fazer gelo.

    • Wagner CPM disse:

      Foi colocado no momento errado. Nada contribuiu para mudar o panorama do jogo.

    • Romarol disse:

      Pode rescindir o contrato. Muito acomodado.

    • Matheus Penido disse:

      Fraco.

    • Fernandão disse:

      Se houve melhor do que na última partida. Principalmente enquanto ainda havia um jogo de futebol, até o primeiro gol. Estava armando de trás e tentando chegar como surpresa na entrada da área adversária. Errou passes, mas em sua maioria passes que poderiam por um companheiro em situação de definição. Foi caindo com o time ao longo do segundo tempo, por problemas de ordem física, tática e anímica.

    • Renato disse:

      Lúcido, mas como um jogador profissional só tem gás pra 30 minutos?

    • Wagner CPM disse:

      Se esforçou mas errou tudo que tentou. Noite ruim.

    • Romarol disse:

      Muito fraco fora de sua posição.

    • Matheus Penido disse:

      Mal.

    • Fernandão disse:

      O grande mérito da era Ceni, até ontem, era ter achado a posição do Thiago. Como meia armador, ajudando na construção e finalizando da entrada da área. Por algum motivo desconhecido, foi posto para jogar de costas para a zaga, afundado entre os beques do Inter. Isso prejudicou o seu jogo, embora ainda sim tenha mostrado vontade e participação enquanto tinha jogo.

    • Renato disse:

      Já passou da hora de ir pro banco.

    • Wagner CPM disse:

      Apagado e bem marcado produziu pouco ou quase nada.

    • Romarol disse:

      Lucidez com apagões. Botou fogo no clube numa entrevista de queimar o Ceni dos pés a cabeça.

    • Matheus Penido disse:

      Insuficiente.

    • Fernandão disse:

      Durante o primeiro tempo manteve-se animado, embora isso não resolva tudo. Tentou abrir espaços na ponta esquerda, cortando pra dentro. Mas o colega de ala raramente passava às suas costas. Justiça seja feita – o Dodô passou umas duas vezes com qualidade, mas o passe foi interceptado. Ao entrar com a bola embolava com Marquinhos ou o Thiago que já estavam por ali. Tendo esses jogadores próximos optou pouco pelas tabelas, que poderiam dar melhor resultado. Sua característica melhor é o drible, que parece que ele vem aprimorando.

    • Wagner CPM disse:

      O querido da torcida, o atacante que é igual cachorro de rua, corre corre corre atrás de moto mas se a moto para não sabe o que fazer. David é assim, corre corre corre e quando chega na intermediária ou área não sabe o que fazer. Um bom reserva pro campeonato mineiro.

    • Romarol disse:

      Forte, aguerrido, corredor, mas não sabe chutar a gol. Deveria jogar de lateral ao invés de atacante.

      • Wagner CPM disse:

        Mais ai não saberia cruzar nem marcar. Se eu fosse presidente do clube colocava ele no atletismo.

    • Matheus Penido disse:

      Improdutivo II.

    • Taí disse:

      Melhor do jogo! mDJ

    • Fernandão disse:

      Posto para ser atacante que parte da ponta para dentro, não teve espaço para desenvolver a sua velocidade, exceto no primeiro ataque do Cruzeiro no jogo, em que foi abafado pelo Lomba. Ainda participou pouco da marcação possibilitando ao Cuesta participar da construção de jogadas do Inter algumas vezes Não era jogo pra ele, já que o Inter manteve suas linhas baixas e organização defensiva o jogo todo. Era jogo para centroavante abrir espaços. Isso o Pedro não sabe fazer, por isso passou o jogo todo encaixotado. Saiu irritado com o chefe, chutando tudo, o que piora a sua avaliação.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Abafado pelo Lomba nada. Aquela finalização é a diferença do bom jogador para o jogador diferenciado. O diferenciado teria feito uma cavadinha.

    • Romarol disse:

      Chutou garrafas ao invés da bola.

    • Matheus Penido disse:

      Tá devendo e não é pouco.

    • Fernandão disse:

      Esteve em uma jornada extremamente infeliz. Não me lembro de um técnico fazer tanta lambança em uma única noite no comando do Cruzeiro. No mesmo dia arrumou briga com parte do elenco por convicções frouxas. Indispôs-se com Léo, Edílson, Egídio e Henrique sendo injusto. Outra parte da turma: Pedrocha e Fred – também devem estar bravos com o chefe, esses dois sem motivo. Armou o seu time com jogadores amontoados na frente, na esperança de conseguir o tão sonhado jogo associativo, as tabelas e tal. Todos centralizados demais e com laterais sem presença ofensiva. Manteve o time exposto aos contragolpes o jogo todo. Insistiu nos erros de escalação: centroavante improvisado, volante improvisado, lateral improvisado, dobrando a aposta, improvisando um zagueiro.

    • Wagner CPM disse:

      Mais perdido que f.d.p. no dia dos pais. Errou tudo, desde escalação, improvisações, substituições e errou até na coletiva pra terminar de estragar tudo. Ceni é antipático conhecido no meio futebolístico, eu sinceramente não acredito em grande trabalho no Cruzeiro.

    • Romarol disse:

      Pardal. Se queimou com seus comandados. Com duas derrotas, irá para o espaço sideral.

    • Leonardo Matarelli disse:

      Não dura até o final de setembro, depois de tudo que aprontou nos últimos dias. E a sequência vai ajudar a “Turma dos Nêgo véio” (Tiago Neves, Robinho, Fred, Edilson, Egídio), como o próprio Neves identificou a patota: Grêmio, Palmeiras, e Flamengo.

    • Taí disse:

      Suas escolhas equivocadas ajudou no resultado. Espero que reflita o que disse e absorva parte da responsabilidade pelo placar. Zaga se joga zagueiro: FB, Leo, Dede e Caca.

    • Matheus Penido disse:

      Navalhou.

    • Fernandão disse:

      Desorganizado, o time foi definhando a cada gol sofrido e a cada convicção perdida. Parece que entrou sem um plano claro de jogo, coisa que nunca acontecia nos tempos do Mano. A ideia era “vamos pra dentro dos caras”. Os “caras” estavam sempre postadinhos para o contragolpe e deram a bola para o Cruzeiro. Ante a marcação forte do Inter na intermediária, cansou de recuar bolas para a zaga e para o goleiro recomeçando as jogadas. O jeito mais fácil de entrar era por meio de triangulações nas laterais, mas concentrou o jogo no meio, e pôs gente de pouca qualidade nas alas. Ciente de seus erros, o time insistiu neles o quanto pôde.

    • Wagner CPM disse:

      Time desorganizado como disse radialista gaucho e que torcida ficou brava com ele. Pra ficar ruim tem que melhorar muito.

    • Romarol disse:

      Piada de mau gosto. Nem o torcedor adepto ao futebol faceirinho deve ter gostado. Caiu de pé na Libertadores. Deu um vexame com um sonoro 4 a 0 nos playoffs pela Copa do Brasil.

    • Tolentino disse:

      O que já era ruim ficou pior. A tentativa de mudar radicalmenete a forma de jogar no meio do campeonato, sem pré-temporada, sem rejuvenescimento de elenco e sem reforços que aguentem jogar na proposta de intensidade tá fracassando. O descenso é logo ali e o treinador já começou a querer bater de frente com o grupo.

    • Taí disse:

      Primeiro tempo pressionando o Inter na sua casa, apesar da fragilidade do setor direito com Jadson. No segundo tempo, a lesão do Dede fragilizou ainda mais a defesa e deu o que era esperado. Nada está perdido, no brasileiro o CEC esboçou uma reação, duas vitórias e um empate , coisaque não acontecia há meses.

    • Fernandão disse:

      O feijão com arroz foi mais que suficiente para a classificação. Começou o jogo trocando golpes com o Cruzeiro, de maneira até inconseqüente. Mas vendo que o adversário tinha imensa dificuldade de criar jogadas e ainda insistia em não se proteger adequadamente,se assentou no jogo e esperou as melhores chances para contra-atacar.

    • Wagner CPM disse:

      Time tá redondo, tem um baita centro avante, um meia de 40 anos correndo que nem moleque, 3 volantão e bons zagueiros. O time está bem melhor que o nosso em campo.

    • Romarol disse:

      Respeitou o Cruzeiro. Se fosse um clube alemão, aplicava um 7×1.

    • Romarol disse:

      Pensando bem, o Inter já fez 7 gols no Cruzeiro em 2019.

  2. zuloobas disse:

    Pode buscar aí: qdo o Cruzeiro foi trazer Pedro Rocha, avisei várias vezes que ele finalizava muito mal para o alto custo que tinha… Pois bem, nos 2 jogos mais importantes do ano, River e Inter, perdeu 2 gols debaixo da trave, só ele e o goleiro, e quando estava 0x0. Não precisa pensar em gastar um centavo para manter esse cara aqui. Acabou o empréstimo, tchau. Perdedor de gol por perdedor de gol, já temos o David que é nosso, não precisa de ngn para disputar esse posto. Esses caras estão é tirando espaço do Maurício. MDJ Henrique, apesar das trapalhadas de Rogério.

    • Wagner CPM disse:

      Poxa, da proxima vez vou pedir o Itair pra te consultar. Falo pra ele ligar pro conhecido zullobas

      • zuloobas disse:

        Precisa me incomodar não, pq sou velho e não me relaciono com qualquer um. Se vc tiver capacidade para isso, basta quando o Cruzeiro especular alguém, pesquisar sobre o cara. Em uma pesquisa rápida, geralmente se descobre muito. Nos highlights de Pedro Rocha, por exemplo, o que mais tem é ele chegando livre de frente para o goleiro e errando o gol. Isso já é estranho, aí vc vai nas estatísticas e vê médias baixas de gols e estatísticas. Não precisa ser um Zuloobas para enxergar isso, acho que até vc consegue chegar a essa conclusão 😂😂😂😂😂😂. E a essa altura, citar Itair é pitoresco.

      • zuloobas disse:

        Gols e assistências (não estatísticas).

  3. Matheus Penido disse:

    HENRIQUE. Fabruno também merece elogios. De resto, mediocridade.

  4. zuloobas disse:

    Rogério deveria conversar com Mano pq o Robinho, ele anulou, Jadson e Dodô mal conseguem jogar nas posições de origem, dentre outros equívocos de avaliação do elenco.

  5. Fernandão disse:

    Era pra ser um jogo de paciência. O Cruzeiro não podia tomar um gol. Mas uma vez, como contra o Vasco “armas” foram queimadas e mal utilizadas. A ter o Robinho de volante, não seria melhor tê-lo no segundo tempo – quando a concentração defensiva do adversário abaixa e os espaços aparecem? Porque o Sassá, que tem o perfil de brigar com os beques fortes e postados do Inter não foi utilizado, para abrir espaço para jogadores mais rápidos? Enfim, são perguntas que não consigo responder.

    • Tolentino disse:

      Trocamos o futebol covarde, chato e pobre do Mano por uma versão bumba meu boi do Ceni. O resultado é que se antes perdíamos de 1 agora perdemos de 3.

  6. Fernandão disse:

    Vou dar moral pro Fabruno, como o melhor

  7. Thiago 5 estrelas disse:

    Depois do jogo contra o Vasco estava claro os erros. Para ontem era Fred, P. Rocha e Robinho na frente, voltando a jogar com dois volantes e fazendo um jogo seguro para arriscar no terço final da partida se necessário. Além de insistir nos erros ainda por cima conseguiu improvisar o Jadson na lateral.

  8. Thiago 5 estrelas disse:

    Henrique

  9. zuloobas disse:

    Egídio, esse ano, tem sido jogador ridículo, pior até mesmo do que um Dodô da vida. Êta lateralzinha esquerda sem vergonha.

    • zuloobas disse:

      Não é possível não haver LE menos trouxa do que esses dois na base.

      • zuloobas disse:

        Usei o nome de Egídio, que não jogou, primeiramente, pq ele já jogou em alto nível no Cruzeiro, é multicampeão. Dodô, creio que jamais levantará alguma taça importante no futebol. Queira ou não queira, Egídio construi carreira vitoriosa, que ele não representa em 2019.

  10. zuloobas disse:

    Fico triste pq TN e Robinho renovaram recentemente. Agradeço a eles mas tá difícil, principalmente TN, perdeu a hora do último adeus. Já Fred, Sassá, David, P. Rocha, Dodô, Egídio, Edílson, Jadson e Cabral poderiam ser felizes em outra freguesia, já em janeiro de 2020.

  11. Saddi disse:

    Para quem acha que o extra campo não influencia no time, melhor ir repensando… Em relação ao jogo, não teve melhor em campo, o time todo foi mal, totalmente desentrosado, desorganizado e sem vontade alguma. Não eximo a culpa dos jogadores, mas o Ceni teve uma parcela grande de culpa nesse resultado, escalação errada, esquema ruim e trocas absurdas e ainda mostrou um tremendo amadorismo ao declarar que não escalou o Edilson pela sua entrevista, desde quando se escala jogador por entrevistas?? Ele não está vendo o jogador nos treinos? Muito estranho…
    Sabendo que Robinho não aguenta um jogo inteiro, ele deveria ter começado com o mesmo time contra o Santos, com Dodô no meio, deu pra ver em poucos minutos (antes da expulsão do jogador do Santos) que o time tinha outra cara. Chega logo 45!

  12. Wagner CPM disse:

    Um time com Fábio, Egidio, Dedé/Leo, Fabruno, Edilson, Henrique e Cabral, Robinho, Neves, Fred e Rocha teria feito mais bonito. Poderia nem passar, mas não passava vergonha pelo menos. Faz o básico Ceni, você ainda é juvenil.

  13. washington ramos disse:

    Fábio fez o que podia, sem comprometer. Jadson, terrível, no primeiro gol, teve duas ou três chances de federaram o Nico enão conseguiu. —– Dedé, estabanado e acabou ajudando a tomarmos o primeiro gol. —– Fabruno vai gostar de jogar para trás em outro lugar, inseguro. —– Dodô, que preguiça! —– Henrique, o melhor do jogo. —– Robinho, num time que erra muitos passes ele é o campeão —– M Gabriel, fraco, —– Neves apareceu mais na entrevista do que no jogo, —– Rocha, sempre errando gol na hora crucial, errou ontem e contra o River. —– David teve chance de colocar na rede, mas não sabe, Fred pode encerrar a carreira no fim do ano. —– Cabral pode seguir o caminho de Fred, só que é muito lento, até para isto. Se morrer agora cairá daqui uma semana. Edersonm sem tempo para análise. —– Ceni contribuiu para o fraco Cruzeiro desmoronar frente ao Inter. —– Os.: Rocha reclamou de ser substituído, ficando “bravinho”, deveria ver a reprise do jogo ou jogos, para ver que recebe muito e entrega pouco.

  14. zuloobas disse:

    Não concordo sobre Dedé, ele tomou um pisão e ficou com a performance prejudicada.

  15. zuloobas disse:

    Essa de Robinho de volante não colou. Perdemos nosso único criador e ganhamos um volante Cerca Lourenço. Próxima experiência, Professor!

  16. SOEIRO disse:

    Rogério Ceni fez ou vai fazer a diferença. Ele é Mandrake? O único que ganhou foi ele, que enganou os trouxas…

  17. Romarol disse:

    HENRIQUE: jogou de volante, zagueiro, armador e atacante. Do jeito que o treinador gosta.

  18. washington ramos disse:

    Sub20: Cruzeiro 3×0 Frangas. Não sei como, mas temos que vencer o Grêmio (misto) no domingo cedo. Será que o Master aguenta jogo às 11h?

  19. washington ramos disse:

    FB me faz lembrar um quadro com Paulo Silvino e Seu Peru, passinho prá frente, passinho prá trás. Vai gostar de recuar bola pro Fábio assim lá na Tonga da Mironga do Caburetê!

  20. Velloso disse:

    HENRIQUE, o melhor em campo.

  21. Tolentino disse:

    Pelo andar da carruagem não vai demorar pro Ceni cair no Cruzeiro. Na coletiva expôs o paquiderme. Depois do jogo TN deu como razão da goleada as muitas mudanças feitas em cima da hora. Léo que era um dos pilares da defesa parece não contar com a simpatia do treinador dentre outros. Comprando briga com os medalhões, tentando trocar os pneus do carro em movimento e diante do cenário extracampo vai ser difícil o narigudo não pagar o pato.

    • Taí disse:

      Ao barrar Leo, Edilson dentre outros, somada a falta de moral da rainha da Inglaterra (Sa) devido o salário e premiação atrasada, para o Ceni ser fritado é um pulo. O problema é que os jogadores tb estão sem moral, uma vez que tiraram Mano para colocar Ceni. Resumindo, está uma zona o CEC, como o capiroto gosta.

  22. jrgalvao disse:

    HENRIQUE

  23. Bruno 7L RJ disse:

    Ceni liberou a escalação de Domingo (está no Superesportes): Dodô / Fred, Ezequiel, Cabral, David / Pedro Rocha, Cacá, Fábio, Léo / Henrique e FBruno

    • Bruno 7L RJ disse:

      Ele preferiu Fábio no meio no lugar do TN devido às declarações de ontem.

      • Leonardo Matarelli disse:

        Acho que a verdadeira razão é a estatística de passes certos. A media do Fábio tá altíssima, o que credencia para jogar na meiuca desse time, com todos os louvores.

  24. SÍNDICO disse:

    MelhorDoJogo => HENRIQUE [[[10]]] Zuloobas, Penido, Romarol, Ramos, Galvão, Velloso, Anchieta, Fivestars, Klauss, Síndico —– FABRUNO [[[5]]] Sá, Bitencourt, Rosan, Fernandão, Rezende —– JADSON [[[1]]] Pedro —– DEDÉ [[[1]]] Pinheiro —– FÁBIO [[[1]]] Amaral —– DODÔ [[[1]]] Hiram —– CENI [[[2]]] King, Romeu —– GUERRERO [[[5]]] Ianni, Schrier, Walery, Pena, Alex —– DALESSANDRO [[[1]]] Setelagoas —– ODAIR [[[1]]] Angrisano…

  25. SÍNDICO disse:

    Qualquer treinador que tentar agradar ao torcedor vai se ferrar. E ainda ficará sem o respaldo dele.

    • Taí disse:

      Não vi na escalação de ontem essa intenção. Nenhum torcedor pediu improviso. Com a saida do Dedé a defesa ficou mais frágil, principalmente com o improviso do Henrique e Jadson. Esse último não revesava nas subidas com o Dodô, coisa básica de qq lateral. O Ceni ajudou na derrota de ontem, mas no brasileiro, dentro das condições normais de temperatura e pressão, creio que melhoraremos. Aliás, já melhoramos.

  26. Souza disse:

    Apesar de ninguém citar, gostei do David. Foi o único que tentou algo diferente no ataque. M. Gabriel continua atacando mal. Pouquíssimo poder de criação.

  27. Souza disse:

    Agora acredito no Ceni, rumo ao G6.

  28. zuloobas disse:

    Passadas mais de 30 horas do desastre a gente clareia as ideias: Rogério foi realmente neubie, Jadson realmente não serve para vestir a camisa do Cruzeiro, David é realmente um perna-de-pau e Pedro Rocha é realmente um grande perdedor de gols. E bola para frente, acumular o máximo de pontos para evitar o descenso, mesmo com eventual perda de pontos e focar na crise política e na renovação do clube. O ano ainda não acabou e ainda tem muita coisa mal resolvida no clube.