Porco a Kleber: porta da rua, serventia da casa

Por Jorge Angrisano Santana | Em 28 de novembro de 2010

Após a queda do Palmeiras na Sul-americana, Wlademir Pescarmona disse que, por ele, seu time perderia por WO para o Fluminense.

O cartola estava possesso, mas sua tese não prevalecerá. O Verdão perderá jogando, mesmo.

Passados dois dias do vexame, Pescarmona continua indócil. Chamou o time de pipoqueiro e criou mais confusão.

Aborrecido, o Gladiador Kleber pediu satisfações e ouviu que, se quiser, pode ir embora. O clube não tentará segurá-lo.

Com tanta bronca, a carreira de 76 jogos e 22 gols do atacante está perto do fim no Parque Antártica.

E, agora, torcedor celeste, você estaria disposto  receber o Gladiador de braços abertos?

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.