Por um Brasil olímpico, proletário e descomplicado!

Por SÍNDICO | Em 10 de agosto de 2010

Garoto carioca pediu ao presidente da República uma quadra de tênis e ouviu a resposta que já entrou pra história:

  • “Vai nadar, tênis é esporte de burguês!”

Evidentemente, a resposta é besta, embora, tal qual o presidente, eu também seja adepto do esporte único.

Acho complicado querer que brasileiro acompanhe e pratique outras modalidades além do futebol.

Agora, queria ver o nosso guia pilotar um blog como o PHD, que está prenhe de adeptos de esportes exóticos e esdrúxulos.

Olivieri e Chaves só querem saber de vôlei. Velho Damas e Silvério são petequeiros. França e Malafaia jogam xadrez.

Xina e Hermes levantam copos como quem levanta peso. Sobrinho e Evandro lutam sumô.

Vinícius e Hugo são os maiorais do badmington no Oeste de Minas.

Arreguy também era tenista. Era, pois renegou classe e esporte depois da bronca presidencial.

E o que dizer do Carneiro e seus esportes radicais? Romarol e Frede, campeões de purrinha na Escola de Governo?

E o atleticano Odair viciado em marcha atlética?

Carlão, após anos cultivando o fisiculturismo, ficou mal. Walfrido, o maior corredor de trio eletrico de Beagá… Coitados!

E o Pinna que, justo agora, aderiu à bocha? Simone e Mariana, campeãs de nado sincronizado.

Naldo e sua roda de jogadores de Bridge no Automóvel Clube, João Novaes, campeão de tiro. Walterson, fanático por F1. Todos condenados à execração pública.

Sem contar o João Chiabi Duarte, golfista desde os tempos do Conceição Golf Club? Estão todos condenados ao futebol. E só!

Confiram o que disse o presidente e a reação da categoria:

Lula chama Tênis de ‘esporte de burguês’

por Alan Rafael Villaverde, para o Estadão

Tenistas não gostaram da declaração do presidente Lula. Fernando Meligeni, que foi um dos principais atletas brasileiros na modalidade, demonstrou seu descontentamento através do Twitter. “Sei que vai repercutir. Mas que baita declaração infeliz do nosso presidente. Tenis é de burguesia? Deprimente declaração”, disse o ex-tenista profissional.

Ainda inconformado com ao que assistiu no vídeo, Meligeni continuou: “Depois, quando os burgueses vencem torneios, eles políticos não acham isso e querem sair na foto do lado. Desculpem, mas defendo meu esporte”.

O brasileiro também utilizou o exemplo de dois outros tenistas que não vieram de famílias ricas. “Deixe o menino (que pediu pela quadra de tênis) sonhar. Muitos meninos que não são burgueses venceram no tênis. Guga não era rico. (Jaime) Oncins, seu pai era cabeleireiro”.

Amiga de Meligeni, a também ex-tenista Vanessa Menga deixou seu recado no Twitter sobre o assunto. “É para deixar qualquer um de mau humor com essa declaração! Será que ele quer que eu enterre meu instituto e pare com os projetos sociais?”

Só o Kimbundo, praticante do único esporte que o povo deztepaiz conseguiu inventar, a capoeira, ficou bem na fita.

Além do Síndico que, tal qual o presidente, é boleiro, proletário, mal educado e só abandona o esporte único jogando truco enquanto a bola não rola.

107 comentários para “Por um Brasil olímpico, proletário e descomplicado!”

  1. Kkk, Muito bom post, bem humorado, me levantou o astral depois de um dia péssimo no trabalho, perdi até o sono mais depois das alfinetadas e sacadas do JS durmo em paz imaginando o Walfrido correndo através do trio elétrico kkkkk

  2. Edu Mano disse:

    O vídeo está disponível no blog do Kibeloko e tem também o governador carioca com suas passagens.

  3. walfrido disse:

    Corredor de trio elétrico? Nunca vi isso, mas talvez justifique meu pânceps avantajado, já que o Trio Elétrico não sai da garagem a muuuuito tempo. Sobre a declaração do presidente: bizarra, ridícula, enfim, nada do que já não tenhamos visto antes.

    • Jorge Santana disse:

      Não se chateie, Walfrido. Num pega desses, vc bota três voltas de vantagem sobre o Velho Damas.

      • walfrido disse:

        Pô, me comparar com o Damas num pega é sacanagem. Num tinha um torcedor do Coxa que comentava aqui? Ele é páreo duro pro Damas.

  4. simone b de castro disse:

    Declaração idiota. Mas voto de burguês ele quer, não é mesmo? Esse presidente me envergonha…

  5. Bruno Pontes disse:

    A declaração foi idiota mesmo, mas não gosto de julgar pessoas por falarem algo em tom jocoso sem saberem que estão sendo filmadas. Eu vi o vídeo, e é difícil determinar até que ponto ele falava sério ou brincava. E o esporte nacional é a cornetagem sincronizada, todo mundo sabe!

    • Renato-SP disse:

      Concordo. Acho que pegou mal mesmo foi pro governador do RJ. Parece que ele perdeu a linha.

  6. Jorge Santana disse:

    Uai, tem vídeo? Cadê? Só vi a notícia escrita. Me disseram que o garoto é um pentelho que não não dá sossego pro governador.

  7. Jorge Santana disse:

    Todo idiota pede explicação e discute a sério piada.

  8. Jorge Santana disse:

    Fui. Espero que os mal humorados não transformem o post em palanque eleitoral. Não vai rolar. É tudo piada, Ok? Afinal, “Le Brésil n’est pas um pays sérieux”, já dizia Charles de Gaulle, um gaulês que brilhou ao lado de Raymond Kopa e Just Fontaine na seleção francesa de 1958.

  9. claudio(xina)lemos disse:

    O meu esporte tem muito mais praticantes do que apenas eu e o Hermes. O Fundador e Decano é o nosso velho damas, companheiros de esporte são Sobrinho, que dizem ser um pé de valsa após a ingestão de alguns copos, Fred que segundo o Cabral é um Dom Juan, Wall Junior, Arísio, mestre dos sorteios, rogério, estes são os mais famosos.

    • Damas disse:

      Petequeiro, euuu???? Na minha região de origem, além da tradicional pelada, era chegado numa caixeta, pif, truco e sem dúvida fui um dos mais destacados levantadores de copo “lagoinha”. Agora, no rancho do Rio Pilões aqui em New Farm descobri uma nova modalidade: pesca esportiva etílica. Ainda mais depois que inventaram um barrilzinho verde de 5 litros – o trem ficou bom demais!!!! Desse jeito chego aos 90 fácil, fácil!!!!

  10. mariana disse:

    kkkk Quando eu era pequena toda vez que estava em uma piscina, ficava dando cambalhota, fingindo que estava numa apresentação de nado sincronizado. JS adivinhou. Eu e Simone daríamos uma bela dupla, e já somos campeãs!?rs

  11. mariana disse:

    Declaração infeliz, esta do presidente. Mas eu não me espanto com o descaso aos outros esportes, ou melhor, ao esporte em geral. Minha irmã é professora de educação física, e a maneira que o esporte é tratado nas escolas…Não sei como vamos sediar uma Olimpíada.

  12. Marc3lo disse:

    É +- assim, se o menino pedisse educação e saúde de qualidade, o Lula falaria:”Tira isso da cabeça, isso é coisa de burguês”…..Rídiculo!!

  13. Fico lendo as considerações dos torcedores “esclarecidos” e fico mais impressionado ainda. Até resolver escrever. O que li, no geral, ficaria bem apropriado a pateticanos… aqueles que vão votar no pateticano-cor-de-rosa no governo.
    Estes eleitores/torcedores talvez prefiram sociólogos que nada dizem ou quando dizem não atingem a capacidade cognitiva da patuléia.
    Joaosinho Trinta tava certo… este povo gosta é de luxo e da novela das oito.
    Gosta de ser teleguiado, gosta de ser monitorado, e gosta de adjetivar com “infeliz”, “bizarra”, “ridícula” e outros, as coisas que não atinge…
    Infeliz, bizarro, ridículo são os patetas que não sabem nem distinguir notícias diferentes do Jornal Nacional (depois ficam fazendo beicinho por serem chamados de teleguiados). Veem UMA noticia e confundem com outra.
    Mas é ESTE o nosso eleitor mediano, aquele que se achava classe média e agora se acha burguês.
    E acha que tênis não é esporte elitizado e de burguesia.
    Pobres coitados, acham que ascenderam a alguma classe social que não nasceram nela.
    Você tão certíssimos.
    1) Tênis NÃO é esporte de burguês;
    2) O presidente tem que incentivar o garotos a praticarem Squash, Tênis, Badmington, Pólo e quetais
    3) O presidente não pode falar o que ele pensa pois tá pedindo votos
    E vocês continuem indo para a eleição como o gado vai para o matadouro… sem, é claro, esquecer de utilizar o teclado para desfiar suas frustrações.
    O Skank está certo… a indignação de vocês não ultrapassa a janela de suas casas…
    Mas os sociólogos dão exemplo… e ainda falam que é para rir… quá quá quá

    • Damas disse:

      E o que dizer da nossa candidata que fez o ginásio e o curso clássico no Sacre Coeur de Marie aí em Beagá antes de se dedicar às armas. Discursinho mais antigo este Evandrão. Tá parecendo presidente de DA no início da década de 70.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Ué damas estudar no Sacre Coeur de Marie é um pecado? Desmerece alguém. Então tá o discurso do Evandro é antigo, e a piadinha do post é moderna e não é para haver discussão política por senão seremos tachados de mal humorados. Ah tenham paciência.

      • Damas disse:

        Não é pecado. Mas que era colégio de burguês, isto era. Ainda existe?

      • claudio(xina)lemos disse:

        Sim ainda existe. Meu carríssimo damas.

      • Hugo 5erel0 disse:

        Por favor, sem mentiras. Queria apenas substituir o regime ditatorial.

      • Humm disse:

        Caro arqui-inimigo. Parece que não concordamos com nada né.

      • Damas disse:

        Por estas e por outras que minha indgnação não ultrapassa o curral de minhas poucas vaquinhas.

      • Damasceno,
        “…nossa candidata..” ????
        Tô vendo que você tá regulando bem com o síndico… se o Kafunga fosse vivo diria que vocês dois estão preconceituosos e com ideais do tempo do onça.
        Aliás, como piada tá excelente… (nível abaixo da crítica!)… uma hora pegam no pé do cabelo do Farias, agora pegam no pé do presidente por ter falado a mais pura verdade do esporte brasileiro. Tênis é elitizado e burguês SIM.
        E eu que tô com “…discursinho mais antigo…”
        Me poupe Damas, POUPE A SI MESMO. Ajude seu galinho sem esporas porque se o Luxa ficar chateado leva vocês para um buraco que vocês NUNCA ESTIVERAM…
        E, com certeza< na década de 70 eu fazia a transição do DCE da Escola Técnica (Cefet-MG) para o movimento sindical. E o discurso, pelo menos nosso, não era este... mas o discurso SEUS é o mesmo...

  14. Hugo 5erel0 disse:

    Pois eu penso, sim, que há certos esportes elitizados. Em Divinópolis, um Secretário de Esportes reailzou a construção de uma pista pública de skate de R$110.000,00. Um skate pede uma manutenção mensal de cerca de R$100,00 de cada atleta. Não é qualquer um que pode praticá-lo. Enquanto essa obra caríssima ficou no centro da cidade, alguns bairros periféricos, como o meu, não possuem NENHUMA quadra pública de fuitebol ou de qualquer outro esporte. É a prova de que recursos financeiros existem, mas são pessimamente empregados.

    • Serelo,
      É exatamente isto. Quem ACHA que Tênis não é esporte de burguês, que não é esporte elitizado, que o esporte no Brasil é bem tratado, é COMPLETAMENTE CEGO.
      O exemplo que você dá ainda é pouco.
      Tem prefeito que construiu quadr de tênis em cidade que NÃO TEM NENHUM PRATICANTE, mas como a “febre Guga” tava no auge… e tem gente que prefere o sociólogo da Sourbonne lançando programas de incentivo ao tênis. Isto sim é SÉRIO

      • Moema (MFox) disse:

        Cada cabeça, uma sentença. Tênis é esporte de elite? Pode ser. Era muito mais na minha infância. E eu não tinha dinheiro nem pras munhequeiras. Assistia Ivan Lendl e Steffi Graf e sonhava um dia poder jogar. Ganhei uma raquete usada, daquelas de madeira, de uma vizinha. Aprendi a jogar tênis sozinha, batendo bola na parede do quintal de casa e procurando fazer igual aos profissionais. A primeira vez que joguei em quadra de verdade, já era adolescente, e foi a realização de um sonho. E as coisas foram melhorando, tive aulas, comprei raquetes boas, me diverti à beça com o esporte de burguês. Mas desculpem-me, eu estava enganada. Deveria era ter ficado chutando uma bola no lote baldio perto de casa ao invés de sonhar com coisas melhores. Absurdo!

      • Hugo 5erel0 disse:

        Veja bem, Moema. De minha parte (e acho que da do Evandro também) não há nenhum tipo de crítica ao esporte em si. Eu admiro muito um praticante de skate ou um tenista. Mas acho um grave desperdício de verbas a construção de quadras públicas desses esportes.

      • MOema,
        Não misture as coisas. Senão você justifica a “piada” do blogueiro.
        NINGUÉM tá recomendando que você jogue futebol.
        O presidente disse, a um NÃO-ELEITOR, com toda a sinceridade que lhe é permitida e vigiada, que ao invés de tentar jogar tênis, que É UM ESPORTE DE ELITE E BURGUÊS, que praticasse outros esportes Onde ele poderia ascender com mais facilidade. Esportes INDIVIDUAIS exigem muito e dão raros retornos para praticantes que não são da classe social PRIVILEGIADA em comprar materiais, participar de competições etc.
        Conheço MUITO DE PERTO o esporte chamado TÊNIS pois trabalhei MUITOS ANOS no Pampulha Iate Clube., na época que o esporte era SUPER ELITIZADO.
        Acho que sei o que estou falando e entendi o que o presidente falou.
        A maioria AQUI não entendeu a fala e nem a “piada”

      • Moema (MFox) disse:

        Meu ponto é simples: uma quadra de tênis no meio de milhões de campos de futebol não deveria causar esse alvoroço todo.
        Hugo, talvez no seu caso tenha sido desperdício, mas como regra geral eu acho louvável toda iniciativa de incentivo ao esporte, seja ele qual for. Como acho fantásticas os programas de ensino de instrumentos musicais clássicos em áreas pobres.

      • Hugo 5erel0 disse:

        Concordo, Moema.

      • Moema,
        Pois é. Só de ensinar música já é um avanço.
        O Presidente Lula assinou uma Lei em 2008 que RETORNA como obrigatório o ensino da música ao ensino fundamental que foi RETIRADO dos curriculos pelo regime militar.
        Mas, CONVENIENTEMENTE, não aparece NENHUM acusador-teleguiado para acusá-lo neste tema.
        Na lei, ele vetou um artigo que RESTRINGIA o ensino da música aos acadêmicos.
        O Lula perguntou: “…quer dizer que com este artigo, musicos como DOminguinhos, Villa-Lobos, Renato Andrade não poderão ensinar música…” como a resposta foi NÃO, ele vetou o artigo e de deu prazo até agosto de 2011 para que as escolas tenham efetivado a inclusão (RETORNO) do ensino musical.
        Ele NÃO recomendou que os meninos fossem tocar tambor como muita gente sugere por aí. Optou por EXIGIR o ensino para TODOS na Escola PÚBLICA. As escolas privadas, onde os pais podem comprar instrumentos, não se preocupam com isto. Aliás, cobram a mais para terem aulas de música.
        POr isso, ajudei e ajudo ao Projeto Aventuras Musicais (www.aventurasmusicais.com.br) e tudo que eles vem fazendo pela música e acessibilidade.
        Vou esperar as reações dos raivosos em relação a esta notícia que é um contraponto da piada do blogueiro.

    • Gleyton disse:

      Hugo, ele podia ter feito melhor. Podia ter construído uma lagoa pro povão praticar iatismo.

  15. Marc3lo disse:

    Moema, é por aí, tem gente que não entendeu.A discussão nem é se o tênis é um esporte de elite ou não.

    • Pior é que tem gente que acha que entendeu mas não entendeu… tem gente que acha que tudo é como se vê, que não existem entrelinhas, que deve seguir o roteiro de como se lê tudo.
      É mais ou menos assim… “… olha, isto é uma piada… leiam como uma piada… se não entenderem a piada… não discutam… é uma PIADA!”
      E viveram felizes para sempre! Teleguiados e monitorados.
      Comecemos do início:
      1) Isto é um Blog (era para ser de futebol/esportes, mas desvios são possíveis)
      2) O Blogueiro escreve um POst
      3) Os usuários cadastrados comentam
      4) Os usuários não cadastrados somente leem
      5) Muita gente, cadastrada e não cadastrada, comenta coisas que não tem coragem de escrever
      6) Alguns PATETAS leem aqui e vão comentar noutros espaços virtuais

      É simples ou não é???
      Logo… se for uma PIADA, RIA!

    • Moema (MFox) disse:

      Marc3lo, pois é…
      Evandro, eu acho que você não entendeu minha resposta e o contexto em que ela foi colocada!

  16. Matheus Reis disse:

    Eu acho que nessa reta final de mandato, o Lula tá um ótimo humorista de stand-up comedy. Se nos discursos, abertos, acessíveis, ele solta cada tirada, que dirá na moita. É uma espécie de stand up proibidão.

    E pra não dizer que eu não falei dos vampiros, esse vídeo ( http://migre.me/13E7e ) é uma demonstração de como muita gente se porta na política e, por que não, no futebol.

  17. Chaves disse:

    Houve uma confusão no texto. Olivieri é fã de vôlei realmente, mas seu parceiro em é o Naldo. Eles A-D-O-R-A-M vôlei.

  18. Chaves disse:

    CV é complexado demais, hehehe. Aposto que foi o CV que jogou aquele tênis no campo.

  19. Humm disse:

    No meu tempo, tênis e vôlei eram jogos de ricos e maricas. E nada tira mais isso da minha cabeça.

  20. Este povo não entende de nada mesmo…
    Querem popularizar algum esporte, LUTEM para a Peteca ser esporte de exibição na Olimpíada de 2016 (direito do país que sedia)… aí sim, vocês estarão popularizando mundialmente um esporte praticado e difundido por mineiros…
    E ver alguns posicionamentos sobre volei e quetais como se os comentaristas não fossem COMPLETAMENTE TELEGUIADOS.

  21. Claudinei Vilela disse:

    Em Itauna a natação passou a ser um esporte de burgues.
    O Rio poluido não da pra nadar. Os clubes com piscinas são caros demais, sobrou aquelas psiscninas de 1000 litros.

  22. Claudinei Vilela disse:

    O esporte do Xina e Hermes tem ganhado adeptos a cada dia que passa. Certamente é o mais praticado em Minas.

  23. Elias disse:

    Vei Damas é uma comédia ambulante. Mesmo com o time dele mandando ver na ZR, ele não perde o altíssimo astral…

    • Damas disse:

      Engano seu. A despeito de tantos anos de prática num passado distante, hoje sinto uma indignação (palavra da moda) muito grande em estar passeando pela Zona.

      • “A indignação é uma mosca sem asas… não ultrapassa a janela de suas casas”
        By Skank

      • Damas disse:

        “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto” – By Rui Barbosa.

      • O que NÂO JUSTIFICA que a SUA indignação fique somente dentro da sua casa. Está certo Ruy Barbosa. Faça ALGUMA COISA e não se deixe vencer pelas nulidades.
        Parem de apregoar voto nulo, parem de dizer que política não é para discutir. Que exemplo vocês estão dando para SEUS FILHOS ao se omitirem e esconderem atrás de uma célebre frase mal interpretada???
        Indignem-se e façam ALGUMA COISA ao menos pelos seus filhos. Saiam da inércia dos teclados e HONREM aqueles nos quais vocês vão votar.
        Discursinho FALIDO é este de “não discuto política” e sai correndo para votar escondido nos candidatos mais venais ainda.
        (e depois não tem coragem de falar em quem votaram).
        BELO EXEMPLO!!!!

      • Damas disse:

        Cá prá nós, diferente de outros, eu uso muito pouco a inércia dos teclados. Mas que você deveria dar uma melhorada nas suas voadoras, isto devia. Uma sugestão: comece a praticar windsurf – com certeza vai propiciar uma melhora acentuada nas suas VOADORAS. rsrsrs…

      • Voadora? Que voadora? Estou somente fazendo piada com a piada… Você não entendeu ainda 😉

  24. Rogério disse:

    O presidente tem uma certa razão, acho que qualquer tipo de beneficio concedido pelo governo deveria ter que favorecer o maior número de pessoas possível, uma quadra de Tenis beneficiaria uma parcela muito pequena da população.

  25. Claudinei Vilela disse:

    Cazuza, que não era jogador de vôlei, já dizia que “enquanto houver burguesia, não vai haver poesia”. Cazuza preferia jogar “botões” com seus amiguinhos da classe social detentora dos meios de produção e empregadora do proletariado.

  26. Chaves disse:

    Eita, tem muita gente nervosa e complexada no blog. Uma semana em que Cleo Pires sai na Playboy e Luciana Vendramini no Paparazzo não tem como ser ruim. E vocês aí reclamando de trabalho, política, futebol…

  27. Ricardo Malafaia disse:

    Xadrez? A única jogada que conheço é o xeque pastor. Nunca consegui me defender dele.

  28. “Acho que o governo tem que fazer quadra para jogos de tênis, assim não aparece nenhum idiota para jogar tênis em campo de futebol como domingo no jogo do Cruzeiro”….rs….rs

  29. Kimbundo disse:

    Capoeira não é esporte, nem arte-marcial. É uma forma de arte oral-holística, que inclui conjuntamente dança, música e luta (não necessariamente nessa ordem) sob forte influência do sincretismo religioso no Brasil. Da mesma forma os rituais que são mantidos e celebrados pelas escolas de capoeira, como o maculelê, samba de roda, dança guerreira e a puxada de rede!!!

  30. Gleyton disse:

    O tênis é um esporte quase tão popular no Brasil quanto o iatismo. Esportes praticados pelo povão. Já repararam os sobrenomes dos iatistas brasileiros? Mais povo que aquilo impossível: Robert Silva, Toben de Souza e por aí vai.

    • É uma coisa interessante. Vejo um monte de “mecenas” fazendo escolinha de tenis, de iatismo/vela etc. Eles cobram dos ricos e admitem alunos “bolsistas”.
      No tênis é comum os apanhadores de bola serem alunos em academis deste tipo. ALiás, existem competições entre apanhadores de Bola bastante interessantes e muitos BONS PROFESSORES de tênis, hoje em dia, foram apanhadores de bola que jogavam com bolas velhas e raquetes super usadas.
      Mas a questão aqui não é para rir da declaração do presidente, é para rir da piada do país que deseja promover uma olimpíada e seus habitantes ainda pensam que tênis é um esporte popular, como o iatismo, o pólo etc.
      Não conseguimos nem ter times de futebol americano ou beisebol, e os caras criticando o conselho do presidente.

  31. Geraldo Sergio disse:

    Taí, que venha o stalinismo. Já temos aqui alguns candidatos a serem comissários do povo, aqueles que se julgam no direito de tutelar a vontade das pessoas, é lógico que é para o bem delas.

    E depois ainda vêm falar em gado caminhando para o matadouro!

    Sou mais o reaça de direita que fala sempre: “Repudio as formas oblíquas, sub-reptícias, com que se tenta tutelar a consciência dos brasileiros, como se não tivéssemos autonomia, maturidade e sabedoria para fazer nossas próprias escolhas. Minha pátria é a dos homens livres.”

    • danielouresa disse:

      A democracia não funciona assim. Vivemos em um Estado Democratico de direito. As açoes devem ser efetivadas observando-se o interesse público. Mas, temos que respeitar cada individuo e buscar a igualdade, que é, tratar desigualmente os desiguais na medida da sua desigualdade.
      Existem remédios contra o excesso da maioria, que no poder legislativo se chama CPI.
      Se a maioria não respeitar a minoria e seus direitos fundamentais temos a opressao da maioria.

    • Virgem santa!
      Tem alguns temas que desenterram defuntos e retiram alguns esqueletos dos armários que É BRINCADEIRA!
      O cara vem falar de stalinismo, utiliza nomes não-verdadeiros, gosta de codinomes como Bakunin.
      Você não tem credibilidade para vir aqui de dois em dois anos (com este pseudônimo) se arvorar e paladino de nada. Ainda mais para separar frases e criticá-las no geral… falácia pouca é bobagem.
      Você NÃO É “… mais o reaça de direita…” É O PRÓPRIO!
      Copiar frases feitas de reaças é a prova CABAL que não passa de um teleguiado.

  32. Chaves disse:

    E o Kia Joorabchian comprou o T.Heleno e vai colocar no Corinthians. Daqui a pouco ele estará num time da Europa. O homi vende até o Camilo, se for preciso.

  33. Pega uma acepção da palavra e generaliza… ah! já sei…

  34. Frede disse:

    Em tempo, jogador de purrinha é sacanagem!

  35. Hermes disse:

    Depois de ler essa discursão toda. Nada melhor, que esperar as 18horas para praticar meu esporte preferido, depois passo as regras para vcs. Quanto ao eterno LULA, mais uma vez, como sempre, está certíssimo.

  36. Geraldo Sergio disse:

    Prefiro outro tipo de reaça de direita, aquele que respeita a liberdade das pessoas de fazerem suas escolhas – este, de reaça só tem o rótulo, tão ao gosto dos ditos progressistas, comissários da felicidade das massas ignaras …..

    Os reaças de direita que governaram o pais de 64 até pouco tempo atrás são iguais aos caudilhos populistas que o governam atualmente …. nem um e nem outro têm o meu apoio, mesmo porque não sou do tipo maniqueísta que não consegue enxergar além da dualidade do bem e do mal ….

    • é de qual tipo VOCÊ É…??? aquele que se esconde atrás de pseudônimos com vergonha de escrever esta opinião com o nome verdadeiro???
      Não estamos aqui para julgar ninguém (embora alguns até mereçam!)
      Mas o discurso apócrifo é sempre o mesmo. Se defende do reacionarismo com ataques venais. Bem típico.
      Fala logo o que quer falar e não fica engrupindo.

  37. danielouresa disse:

    Gente, não tenho comentado aqui porque fiz uma artroscopia no ombro direito e como sou destro estou com dificuldade de escrever. Ademais com o estudo de concursos, só tenho tempo de ler os posts. Mas, lendo os comentários desse post fiquei assustado. Repeito a idéia de alguns, mas concordo em genero, numero e grau com a Moema. Ao invés de apoiarmos o prática de esportes, seja ele qual for, rotulamos esse esporte. Chamar um esporte de burgues, de maricas, tende ao estúpido. Temos que incentivar a prática de esportes em todos os meios sociais. Esse pensamento que só o futebol é a salvação é retrogado. E não temos que usar o esporte com o objetivo de lucro, de se dar bem na vida e sim como forma de inclusao social. Se uma quadra de tenis foi criada temos que aplaudir.

  38. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Particularmente, acho tênis realmente um esporte elitista. Não viram domingo, no ipatingão? Só porque um cara resolveu jogar tênis, o povão comeu ele na porrada, o que mostra que além de elista, pode ser também um esporte muito violento. Deve ser por isto que o rapaz queria uma quadra só pra ele.

  39. “Carlão, após anos cultivando o fisiculturismo” ta cada dia mais forte e com mais vontade de extravasar o stress por meio da força física, heehehe

    Mas o Lula não ta errado não, embora o tênis após o fenômeno “Guga” tem se popularizado bastante no país.

  40. Claudinei Vilela disse:

    Embora eu ache que pela quantidade de impostos que pagamos daria pra fazer quadras, campos e piscinões para atender burgueses e ralé, gregos e troianos, Cazuzas ou não….A priori deste governo esta sendo “o que precisa primeiro”, pra depois, quem sabe, fazer “o que cada um quer.”

  41. OT
    Abre um post com FOTOS da Cleo !!!
    SENSACIONAL!