Pode trambicar, que a Fifa garante

Por SÍNDICO | Em 17 de maio de 2017

ADVOGADO do Cruzeiro garante que o Caso Ábila pode levar três anos pra ser julgado pela Fifa.

No futebol, o crime compensa. Clubes e cartolas sem princípios podem trambicar à vontade.

Isto, sim, é a atleticanização do Cruzeiro. Gilvan está enlameando uma história quase centenária.

Perdão, Huracán!

21 comentários para “Pode trambicar, que a Fifa garante”

  1. SÍNDICO disse:

    BRENO TANURE, especialista em direito desportivo internacional, representante do Cruzeiro no caso: “É um procedimento normal. A Fifa nos concedeu um prazo maior para analisar a documentação e responder. Demora. Tem essa primeira etapa. Depois deve ouvir as partes mais uma vez. Tem a fase de apelações. É longo. Acredito que pode se estender por até três anos”.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Gilvan está destruindo o CEC. Nem precisou Kanil colocar o plano dele em ação.

    • Miguel Tolentino disse:

      É muita cara da pau, as pessoas e instituições perderam da desfaçatez.

  2. Miguel Tolentino disse:

    Achei que a morosidade procedimental que beneficia inadimplentes era coisa própria de terra brasilis, pelo visto até no velho mundo as coisas funcionam deste jeito. Que papo é este de ouvir as partes, analisar documentação e blá blá blá. A dívida é incontroversa, facilmente demonstrada, não tem margem para argumentação alguma da defesa. Execução e deu pra bola. Não pagou, aplica-se a sanção respectiva. Clube que não cumpre os próprios contratos nem os respeita não deveria merecer nem manter suas atividades em funcionamento. Cartolas como Gilvan se beneficiam da porcaria do modelo associativo que no Brasil virou proteção para calotes astronômicos de clubes de futebol sem grandes consequências. Profut? Outra piada.

  3. Rafael Freire disse:

    A famosa conta para o proximo presidente pagar.

  4. Flavio Carneiro disse:

    Concordo! A gestão GPT tem sido uma lástima. Além de ficar mais de 2 anos sem formar grandes times e disputar títulos importantes, a dívida do clube tem aumentado de forma assustadora. Se pelo menos tivessem endividando o clube e conquistando títulos, existiria uma justificativa, mesmo que bastante questionável, mas nem isso está acontecendo. Os casos Pisano e Ábila são amostras de uma administração ruim e irresponsável.

  5. JJ disse:

    Igual já falei, os títulos brasileiros abafam um pouco a ruindade da gestão GPT, e convenhamos, os títulos tem mais dedo do Mattos e do MO do que do GPT. Tira os títulos e só sobra a mediocridade em todos os sentidos.

  6. matheus t penido disse:

    Gpt pode até conseguir procrastinar o pagamento desse débito no processo da Fifa, mas o mercado vai punir o Cruzeiro em breve, ou melhor, jah deve estar punindo.

  7. FELIPE CARDOSO disse:

    Amigos casa caiu para Michel Temer, Aécio e para o nosso ex Presidente Zeze Perrela. Fogos no Barro Preto nesse momento.

    • SÍNDICO disse:

      Talentim, vc é um vagabundo, mentiroso, covarde, filho da puta. Petralha até o reto lesionado. Se eu te encontrar, vou te fazer engolir cada palavra suja e desonesta que vc profere, seu safado.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Eleição 2018 vai ser W.O.

  8. FELIPE CARDOSO disse:

    PF descobriu que a $ foi depositada na conta de uma das empresas do Zeze para propina em favor do Aécio. Tudo com provas concretas.

    • FELIPE CARDOSO disse:

      Na realidade Aécio foi gravado pedindo R$ 2 M ao dono da JBS e a $ depositada na conta de uma das empresas do Perrela.

    • SÍNDICO disse:

      Bom pro Vicintin. E, se as coisas seguirem como estão, o Cruzeiro fecha as portas antes de completar cem anos.

    • SÍNDICO disse:

      ZEZÉ PERRELLA declarou na noite desta quarta (17), em vídeo publicado no Facebook, que “nunca” recebeu “um real sequer” da empresa JBS. Perrella divulgou o vídeo após o jornal “O Globo” publicar reportagem na qual informou que o dono da JBS, Joesley Batista, entregou ao MP gravação na qual o senador Aécio Neves pediu ao empresário R$2 mi. A entrega do dinheiro a um primo de Aécio foi filmada pela PF e, ao rastrear o caminho dos recursos, diz “O Globo”, a PF descobriu que o montante foi depositado em uma empresa de Perrella. “Eu quero dizer para os que me conhecem e para os que não me conhecem que nunca falei com o dono da Friboi. Não conheço ninguém ligado a esse grupo. Nunca recebi de maneira oficial ou extra-oficial um real sequer dessa referida empresa. Estou absolutamente tranquilo e espero que todas as pessoas citadas tenham a oportunidade de esclarecer a sua participação. O sigilo das minhas empresas, dos meus filhos, estão à disposição da Justiça. Ficará comprovado que não tenho nada a ver com essa história. Eu nunca estive em Lavajato e nunca estarei”, completou. (G1)

  9. Naldo disse:

    Impressionante a postura do GPT. Bom, como não conheço os detalhes dos fatos, vou aguardar. Se deve, vai pagar, mais cedo ou mais tarde.