Freitas: “Não é hora de caça às bruxas”

Por SÍNDICO | Em 11 de Maio de 2017

PITACOS acerca do NACIONAL/Paraguai 2/3 x1/2 CRUZEIRO, neste 10mai17qua19h15, Defensores Del Chaco, Assunção, volta 1ª fase da Sulamericana.

MANO MENEZES: Iniciamos bem e depois sofremos um gol de empate numa falha individual. Bola sem risco, poderia ter passado e não passou. No 2º tempo, ajustamos algumas coisas, mas voltamos a falhar individualmente e tomamos o segundo gol. Nas penalidades máximas tivemos duas vezes na frente, com a vantagem, mas não soubemos confirmá-la e perdemos. Durezas do futebol. Vínhamos fazendo temporada boa e num espaço de sete dias tivemos duas derrotas que nos custaram a perda do Estadual e a eliminação na Sul-Americana. Não estava tão nervoso. Treinador precisa trabalhar. Quando as coisas não estão bem, trabalha mais. O Cruzeiro está com um comportamento que não gosto, de sair do jogo com facilidade. Começamos bem, fazendo ultrapassagem pelos dois lados, criando oportunidade, fizemos o gol e daqui a pouco saímos do jogo. O adversário pode ter seus méritos, mas não podemos deixar de jogar. Cometemos erro num setor do campo que entrega a partida. Temos jogadores de qualidade pra não precisar passar por isso. A gente sempre procura encontrar pêlo em ovo quando se tem uma derrota, uma eliminação. Não tivemos problemas a não ser . a de atravessar bola na área. Isso não pode. A questão das disputas de bola, o primeiro cartão do Leo foi muito rigoroso, disputa normal. Zagueiro tem que saber se comportar. Não posso tirar o jogador só porque está com cartão amarelo.

CAMPOS FREITAS, no Facebook: Mayke fez um bom jogo, mas pela entregada não merece meu voto como Melhor do Jogo. Henrique leva meu voto. Foi um jogo em que faltou atitude dos jogadores e leitura mais rápida do Mano, que demorou pra fazer as alterações que a ocasiao exigia. Posto isto, é preciso lembrar que o time perdeu importantes referências técnicas como Cabral, Manoel, Robinho e Sobis, jogadores experientes, que sentem menos as adversidades do jogo. Não é hora, pois, de caça às bruxas.

FÁBIO SCHRIER, no Facebook: Só Henrique, Hudson e Rafinha entraram em campo. O melhor foi Hudson. E que belo pivô do Mayke pro gol deles! Tá de parabéns o garoto. Ábila também tentou, com as poucas bolas que mandaram pra ele. Agora, convenhamos, só quatro caras jogando com garra num mata-mata mata, mata a paciência da torcida!

MAURO FRANÇA: Não há uma única explicação para um vexame desses. Acho que o time tentou controlar o jogo, ainda mais com a vantagem no placar, mas as falhas individuais comprometeram. O time se perdeu mesmo com o segundo gol e a expulsão do Leo. Mano mais uma vez errou na estratégia, escalando um time sem força ofensiva, sem velocidade no contra-ataque, animicamente fraco. Desfalques pesaram, especialmente Cabral, que organiza a saída e o toque de bola, além de Robinho e Manoel. Até falei que uma providência seria a troca de Sóbis por Ábila, mas isto foi insuficiente, porque a bola não chega na área adversária e o Ábila fica sozinho. Neves, embora marcando gols, ainda não está em plena forma. Sua situação me lembra o Diego Souza em 2013, quando saiu e entrou o Goulart o time deslanchou. Mas parece que o Neves tem que jogar, é a etiqueta da diretoria. Enfim, o time perdeu competitividade, ficou previsível, fraco no meio de campo, nem um pouco dinâmico. Mano tem que dar um jeito, porque agora a pressão será forte. Óbvio que sou contra a troca de treinador, mas espero uma mudança de rumos. 

CLAUDINEI VILELA: Três dias depois de jogar uma final, o time vai pra uma outra “final”, com uma vantagem do empate, faz 1×0, toma virada em dois erros individuais e ainda perde três pênaltis. A culpa é do treinador?

MATHEUS CHAVES: Só pra lembrar: O gol do Cruzeiro também nasceu de uma falha individual do Nacional.

48 comentários para “Freitas: “Não é hora de caça às bruxas””

  1. Marcbsb disse:

    Mas não é só porque tinha amarelo que era pra tirar. Era porque os dois zagueiros tinham amarelo, o juiz aceitava toda a pressão por cartões e ele tinha um zagueiro como o Dedé no banco (que ainda serve como arma ofensiva nas bolas paradas). Eu cantei a pedra pouco depois do Léo tomar o primeiro amarelo. Do jeito que o juiz estava, o Mano deveria sim se preocupar com jogadores amarelados, ainda mais com um substituto (mais do que) à altura no banco.

  2. Marcbsb disse:

    Quanto aos pênaltis, é totalmente inexplicável colocar o Alisson pra bater e ainda mais o primeiro pênalti. O Alisson só deveria ser opção de cobrador depois que todos batessem, inclusive o Rafael.

    • Miguel Tolentino disse:

      Inexplicável colocar o Alisson? Inexplicável mesmo é colocar o Fabrício. O que o Mano viu nesse brucutu horroroso para pedir a volta dele ao Cruzeiro. Francamente, Edmar e Mena mesmo sendo jogadores de baixa qualidade técnica são muito mais laterais que essa aberração futebolística.

  3. SÍNDICO disse:

    DEDÉ só estará em plenas condições no ano que vem, segundo Roger Galera Flores, depois do jogo Cruzeiro 2×0 Democrata. Ele diz que é preciso ter paciência e deixar o beque recuperar a forma aos poucos. até voltar à forma antiga.

    • SÍNDICO disse:

      DEDÉ jogou pouco tempo, mas o suficiente pra entregar uma bola no pé de um adversário. Na partida contra a Chape, escorregou e caiu de bunda no chão. Ficar dois anos sem jogar e ser alçado à condição de salvador da pátria não é inteligente.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Falta de ritmo. Jogos mais tranquilos, podia começar a colocar. 3 jogos em sequência será suficiente.

    • Ernesto Araújo disse:

      Respeito a opinião do Roger como ex-profissional mas sinceramente… Ano que vem é muito tempo. E se o cara não for entrando, nem ano que vem.

      • SÍNDICO disse:

        Roger não disse que Dedé só deve jogar em 2017, mas que o melhor Dedé vai demorar algum tempo pra voltar. Estimou que só no próximo ano, ele voltará ao nível anterior ao das lesões. Ficou claro?

  4. Naldo disse:

    “O Cruzeiro está com um comportamento que não gosto, de sair do jogo com facilidade”… Bingo! E não voltou mais nos dois últimos jogos que valiam título e classificação. Resolver esta situação é o seu dever Mano, ou a vaca vai para o brejo.

  5. Fernando Henrique disse:

    Único pelo encravado e inflamado até agora é o Fabrício doidão batendo pênalti!

  6. SÍNDICO disse:

    KLAUS CÂMARA, diretor de futebol do Cruzeiro: “Não foi o que tínhamos planejado, não é o que esperávamos. Vínhamos trabalhando bem, de forma positiva. Agora é momento de tranquilidade, pra avaliar o que é necessário fazer. É ter cabeça no lugar, confiar no que estamos desenvolvendo de positivo e identificar os erros pra corrigi-los”.

  7. SÍNDICO disse:

    DERRUBAR Mano seria uma burrice ampla, geral e irrestrita abrangendo os campos da tática, da estratégia e das finanças.

  8. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO está atrás de reforços. Aposentados em atividade, mandem currículo pra Rua Timbiras 2903, Barro Preto, Belo Horizonte.

  9. SÍNDICO disse:

    MANO viu corretamente: time parou de jogar quando ainda faltava uma hora pro jogo terminar. Por que parou? Parou por quê? Banco é lugar de quem para de jogar antes do apito final. Coragem, Mano!

  10. SÍNDICO disse:

    MAURO FRANÇA, 99% certo. Só não vi perda de força com a saída do Leo. O Nacional estava mais preocupado em não levar do que em marcar gol àquela altura do jogo. Pior foi a saída do Ábila, que deixou o time sem seu único artilheiro.

    • Mauro Franca disse:

      Acho que o time se perdeu com a falha seguida da expulsão. Perdeu o controle emocional, o desgaste da decisão local pesou, enfim, saiu do jogo. E pesou o maior problema do time até aqui, a falta de força ofensiva, o time agride pouco, não tem velocidade, mal finaliza. E o Mano tirou o Ábila… Um gol resolveria a classificação, mas o time não teve forças para buscá-lo. E a estratégia no final do jogo foi claramente de levar pros pênaltis, até o Rafael caiu para atendimento depois dos 40. Em comum nas duas últimas partidas, a falta de ousadia do treinador.

      • Mauro Franca disse:

        Ousadia para mudar o esquema, ou para apresentar alternativas táticas. Mano gosta de ter o controle do jogo, sair na frente do marcador, se fechar e explorar erros e espaços do adversário. Mas nem sempre isto vai acontecer, e nesses momentos o time não conseguiu propor outro jogo. Não tem alternativa. Ainda que se dê um desconto pelos desfalques de Robinho, Cabral e Manoel, pela qualidade dos três, Mano precisa resolver o problema ofensivo.

      • Miguel Tolentino disse:

        Bola pra frente, Mauro, não dá tempo pra ficar lamentando, essa eliminação já é passado porque domingo já tem jogo importante. E viva o Mano! Rsrsrsrsrs

    • Bruno 7L RJ disse:

      Queria perguntar aos senhores uma coisa que esqueci: o que fariam? Buscariam o gol de empate (o da classificação) mesmo com 1 a menos, ou segurariam para os penaltis? Eu iria pra cima. Tiraria o Mayke, Hudson para a direita e vamos para dentro dos caras. Como bem disse o Síndico, o Nacional recuo ao invés de tentar matar de vez. É essa leitura que falta ao Mano. Arrisco a dizer que é o pior defeito dele.

      • Mauro Franca disse:

        Bruno, minha opção também seria tentar marcar o gol, mesmo com 10. Mas sempre ressalto que é mais fácil falar do sofá, lá dentro de campo é outra coisa. Mano é conservador, não quer correr riscos.

  11. SÍNDICO disse:

    Mauro França precisa comentar mais.

    • MAURO FRANCA disse:

      Depois de derrotas acho melhor sumir, porque não dá para discutir, pois começa aquela coisa já manjada de que tudo não presta, todos os jogadores são fracos. Por pior que tenha sido, não é o caso de terra arrasada e acho que o time pode render mais.

  12. JOAOCOSTA disse:

    O comentário do Mauro sobre o jogo foi curto e preciso. A sua análise do time, de alguns jogadores e do treinador é´, no entanto, uma condensação daquilo que já foi dito e repetido nesse espaço. O tempo é célere, o campeonato brasileiro começa domingo. Haverá tempo pra reverter esse quadro de inanição técnica e tática do time? O Mano Meneses teria que se reinventar, alguns jogadores teriam que mudar da água pro vinho, coisas em que eu não acredito.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Maurão mandou bem e vc complementou bem tbm. Klaus disse que irão analisar os erros. Erros esses que estão muito evidentes. Uma mudança urge. Mas infelizmente não parece ser o perfil do Mano virar a chave assim.

  13. Bruno 7L RJ disse:

    2011. Ano terrível. Mas no começo do ano o time começou a derrapar e o Cuca mudou meia escalação, sacando WP, colocando Wallyson aberto com Tiago Ribeiro mais próximo do gol. Voltou Gilberto para a lateral, o meio ficou com Roger e Montillo. E o Pablo foi para a lateral direita e fechava como 3º zagueiro quando o time defendia. Durante um bom tempo, deu muito certo. Foi preciso muita ousadia para fazer aquilo.

  14. Fernandão disse:

    O Cruzeiro tem só que começar bem. Vencendo três jogos, a chave vira. Nas 3 primeiras rodadas o time vai ter uma vantagem física importante. Pega o São Paulo com um dia a mais de descanso, depois Santos e Sport sem jogar no meio de semana, ao contrário dos rivais. O Mano já foi convocado duas vezes para salvar o ano do time e o trabalho dos outros. Se houve bem. Merece a chande de tentar salvar o próprio trabalho.

  15. Renato Nascimento disse:

    O Mano jogou a culpa da eliminação toda em cima dos jogadores, mas ela em maior parte é dele, se não tivesse sacado o Ábila, teria sido ela a bater o primeiro pênalti, aí a estória poderia ser outra. Só falta agora perder também para os bambis, que foram eliminados também de forma mais vexatória…

  16. Miguel Tolentino disse:

    Mano será neste ano o que foi o Roth em 2012, mesmo sendo um péssimo treinador acabará permanecendo para salvaguardar o Cruzeiro da série b, com uma única diferença, o time do Celso foi cunhando exclusivamente para permanecer na elite e era barato, já o do Mano foi cunhando para conquistar pelo menos um título em 2017 e é bem caro. Quanto aos treinadores, o perfil é exatamente o mesmo.

  17. Celeste disse:

    Eita fase! Hoje um amigo sãopaulino me disse que tudo que eles precisavam para sair da má fase era enfrentar o Cruzeiro. E jogando fora, melhor ainda. Infelizmente nosso time está muito ruim. Isso, aliado ao péssimo desempenho contra os bambis, só nos faz esperar por dias piores.

    • Miguel Tolentino disse:

      Será o duelo de equipes fragilizadas, que vem de apresentações horrorosas, com ataques ineficiente e defesas inconsistentes, quem perder estará no inferno. O resultado mais provável será um empate sonolento.

  18. Celeste disse:

    Quanto ao jogo de quarta-feira, foi horrível. O Cruzeiro abriu mão de jogar. Apatia total.

  19. Cruzeiro.Org disse:

    COMPARTILHE E COMENTE

    Sub20: Vitinho e Pardal são convocados para a Seleção Brasileira
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=50332

    Decepções são raras, mas deixaram marcas profundas na torcida
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=50329

    Brasileiro 17: Concorrência com outros torneios, novatos e disputas
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=50335

    Diretoria sinaliza com chegada de reforços e ´melhoria do grupo`
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=50330

    Ezequiel: Mais um mistério para a medicina esportiva tentar explicar
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=50331

    Mano analisa cobranças e vê pressão: ´Precisamos iniciar bem` o Brasileiro
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=50334

    Serviço: Ingressos disponíveis na bilheteria para jogo de domingo
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=50333

  20. SÍNDICO disse:

    MAURY: Quatro meses treinando contra times fraquíssimos e nem assim fazíamos gols. Esperar o quê? Time de estrelinhas que não sabem fazer gols. Pior, não sabem bater na bola, não acertam faltas, cruzamentos, bolas alçadas.
    BITENCOURT: Time mal treinado mesmo.
    JAS: Sao Paulo e Franga estão incluídos no grupo dos times fraquíssimos?
    MAURY: SPFW foi humilhado no estadual, frangas são fracas, não passam das oitavas da Libertadores. Jogam como pequenos que na verdade são.

  21. SÍNDICO disse:

    MORATO: Rojas, goleiro do Nacional, foi o melhor do jogo.e
    WAGNER: Nos penaltis, Rafael foi uma decepção. Insistiu no mesmo canto em todas as cobrancas.
    JAS: Ele esperava o cobrador escolher o canto, quando defendia penaltis. Por que mudou?
    MAURY: Escolher canto em disputa de pênaltis é burrice. Pelos menos dois são mal batidos, portanto, se esperar pega.
    WAGNER: Volta, Fábio!!! Ao menos um ele pegava.

  22. SÍNDICO disse:

    VIANA: Henrique foi o melhor num dia que Alison entrou bem, Caicedo foi Caicedo e Neves pelo menos enganou com um gol.
    WAGNER: É a base do Cruzeiro dando resultado. Rafael não pegando sequer um penalti, Mayke entregando, Leo sendo expulso, Alisson pipocando. Time deixando de ser copeiro e virando pipoqueiro.
    JAS: Leo é da base do Grêmio.
    BITENCOURT: Time cheio de jogadores que não resolvem, nao tem estrela, são azarados mesmo. Mayke, Leo, Caicedo, Alisson, Rafinha, Fabricio são fraquíssimos.
    JAS: Só não citou os medalhões. Típico torcedor que gosta de ir ao shopping torrar grana etiquetas.
    DOURADO: Mano consegue ser pior que o time!
    CAMPOS: Caicedo, o pior. Mais uma vez!

  23. Jotta R disse:

    Well… temos hoje um elenco (rachado, diga-se de passagem e descrente no treineiro) muito mais qualificado do que nos últimos 2 anos. Fato! A Diretoria está tentando se redimir dos equívocos das duas últimas temporadas. Fato! Mas, tendo lido muitas opiniões, assistido e ouvido vários comentaristas de emissoras variadas (excetuando a Rádia – que não escuto mais), está claro que não se trata de “Caça as Bruxas” mas sim, Caça ao BURRO!

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.