Patinhos feios botaram Ganso & Cia. no bolso

Por SÍNDICO | Em 3 de junho de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 0x0 Santos, no Mineirão, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 02jun10:

  • Fábio – Perfeito com as mãos e com os pés. Barreira inexpugnável. (Síndico) Como goleiro foi exigido apenas uma vez. Como líbero outras duas. Sempre seguro e corajoso nas intervensões. (Gustavo Sobrinho)
  • Elicarlos – Botou Neymar no bolso. (Síndico) Atuou como terceiro zagueiro, pela direita, e foi fundamental para que o sistema defensivo fizesse a sua melhor partida no ano. Taticamente foi irrepreensível, e nos lances individuais levou a melhor em todas. (Marcus)
  • Pedro Ken – Trabalhou muito. (Síndico) Trabalhou duro e fez pelo menos uma grande jogada de linha de fundo, que os atacantes acabaram desperdiçando. Pra quem já entra em campo sempre sob vaias implacáveis, saiu-se melhor que a encomenda. (Matheus Penido)
  • Gil – Soberbo. No bom sentido. Anulou o ataque santista. E ainda balançou o travessão do arco peixeiro com uma cabeçada monumental. (Síndico) Fez uma partidaça! Atuação como eu gostaria que um zagueiro do Cruzeiro tivesse sempre. Sem afinar. Marcou colado os atacantes do Santos, sempre muito firme e na bola. (Renato-SP) Impressionante o seu crescimento nos últimos jogos. O que mais me chama a atenção é sua tranquilidade, às vezes, até proporcionando grandes emoções. (Raul Miranda Penna)
  • Thiago Heleno – Com duas pernas no 1º tempo, com apenas uma na etapa final, foi um monstro. Espanou todas as bolas. Parou os Meninos da Vila com autoridade de adulto. (Síndico) Fez uma de suas melhores partidas pelo Cruzeiro. Marcou, deu chutão, lançou, fez viradas de jogo e espanou quando precisou. Mostrou raça e técnica. Talvez, as vaias não dêem a segurança de que ele precisa pra ser sempre assim. É outro que vai brilhar em um outro clube e deixará nossa torcida de ressaca. (Claudinei Vilela)
  • Diego Renan – Bom enquanto teve fôlego. (Síndico) Apareceu bem no início do jogo, depois cuidou da marcação. (Renato-SP)
  • Jonathan – No meio de campo, preocupou-se mais em defender do que em atacar. Na lateral, descansou, pois os santistas já estavam desanimados após inúmeras e infrutíferas tentativas de armar jogadas no campo de defesa celeste. (Síndico) Trabalhou muito, tanto defendendo quanto atacando, mas comprometeu um pouco sua atuação pelos erros na definição das jogadas. (Matheus Penido)
  • Henrique – Excelente na marcação, sua principal função no jogo, mas pouco efetivo no apoio. (Síndico) Bastante participativo na marcação, mas tá errando muito passe. Parece realmente cansado. (Renato-SP) Quase impecável na marcação do astro Ganso, dessa vez atacou pouco. (Matheus Penido) Manteve o Ganso no bolso a maior parte do tempo. Criou algumas alternativas no campo de ataque, mas sem os atacantes em noite inspirada e sem um meia mais criativo para apoio não conseguiu transformar os lances em chances de gol. (Gustavo Sobrinho)
  • Fabrício – Marcou muito, levantou o moral da tropa com sua raça, mas, saiu pouco pro jogo. (Síndico) Deitou e rolou. A canetada no Wesley foi espetacular. Exagerou no tapa no Ganso, o que poderia ter nos complicado. (Renato-SP)
  • Marquinhos Paraná – Atuação de mestre. Protegeu a ala esquerda, armou e apareceu no ataque com frequência. Sem malabarismos inúteis nem com a bunda no chão como exigem sues teleguiados detratores. (Síndico)  Foi o cara lúcido de sempre, dessa vez com mais inspiração que nas últimas partidas. (Matheus Penido) Deve ter errado dois passes. O suficiente para ter avaliação ruim por parte dos seca pimenteiros. Foi a arma ofensiva mais lúcida do time, clareou diversas jogadas no ataque, com inversões de bola e toques de primeira. Chegou a entrar na área e exercer a função de centroavante, mas foi bloqueado por Pará na hora da finalização. Na defesa fez o de costume. (Gustavo Sobrinho) Foi o melhor em campo. (Hugo Serelo) Sobrou ontem. Jogou tão bem que nem as vaias previamente articuladas puderam ser ouvidas. Uma aula de futebol sem sujar o calção ou dar carrinho. (Elias Guimarães) No desarme foi muito bem, como todo o time. Entretanto, continua devendo nos erros de passe. Seu índice nesse quesito tem sido muito acima do normal. Nos mal acostumou, pois nunca errava. (Raul Miranda Penna)
  • Roger Galera – Entrou quando o adversário já estava cansado e desfalacado, ciscou, ciscou, mas não construiu nada de útil. (Síndico) Fez algumas boas jogadas, que não chegaram a levar perigo à meta so Santos por falta de maior penetração do time celeste. (Matheus Penido) Fiquei uns 15 minutos observando-o no aquecimento, quando já rolava o segundo tempo. Mais assistia o jogo do que aquecia. Puxava uma perna, puxava a outra, mas no geral, manteve-se de braços cruzados vendo o jogo mais próximo as placas de publicidade, enquanto os companheiros aqueciam atrás dele. Para mim, não consegue atuar mais do que 25 minutos. Uma partida inteira? Jamais! (Vinícius Cabral)
  • Thiago Ribeiro – Muita luta, mas pouca gente com quem jogar. (Síndico) Jogou isolado no ataque e errou muitos passes. (Renato-SP)
  • Eliandro – Esforçado, mas pouco inspirado. (Síndico) Esforçou-se bastante e deu um trabalho danado pra defesa de terceira idade do Santos. (Renato-SP) Fez boas jogadas e mostrou muita raça. Melhor assim do que o cai-cai insuportável do Wellington Paulista. (Binho)
  • Sebá – Correu muito sem conseguir, contudo, emplacar uma jogada fatal. Foi perseguido pelos idiotas de sempre. (Síndico) É preciso ter um pouco de paciência com esse menino, que é muito bom, melhor até que Eliandro, em minha opinião. Será titular do time ainda nesse Brasileiro. Foi sua 1ª partida como profissional, ou uma das primeiras. Joga muito esse garoto. (Binho)
  • Adilson Baptista – Fez o Santos passar em branco pela primeira vez em 2010. Sim, nas 37 partidas anteiores, o Peixe fez gol. Contra o Cruzeiro, não conseguiu. Se tivesse um camisa nove pra escalar, teria vencido a partida apenas com suas mágicas. As duas linhas de quatro tão comuns na Europa, mas completamente desconhecidas pelos idiotas dos microfones e teclados foi usada com inteligência. Os quatro volantes marcaram muito e dois deles sairam pro jogo quando possível. Faltou apenas um definidor de jogadas no comando do ataque. (Síndico) Foi o jogo de um time que tem um otimo ataque e uma defesa frágil contra outro que montou um esquema defensivo muito bom, mas não tinha ataque. As antas da CBN deram 1 gol de vantagem para o Santos quando disseram que o Cruzeiro teria que fazer no mínimo 2 pra vencer. AB provou que nem galinha, nem peixe ciscam no terreno dele. E. depois de 2 anos e meio. os tapados que ganham dinheiro falando sobre futebol ainda nao sabem nada. (Zé do Canadá)
  • Grande Torcida – Torceu a favor do Cruzeiro. (Síndico) Perfeito o comentário sobre a torcida… A maioria torce a favor e a minoria torce conforme o Emanuel manda. Isso tem que ficar claro, pois qualquer generalização sobre o comportamento da Maior Torcida de Minas é injusta e equivocada. (Flávio Carneiro)
  • Torcida miúda – Torceu contra o Cruzeiro.
  • Seca-pimenteiras – Torceram para o Santos golear e ficaram com cara de tacho.
  • Juiz & Bandeiras – Dentro da normalidade.
  • Santos – DJ respeitou o Cruzeiro. Não foi pra cima como costuma fazer com os demais times. Se enrolou com  a marcação do meio de campo celeste e viu seus astros, um a um caindo diante da marcação dos geniais Elicarlos, Gil e Thiago Heleno. É mole? Edu Dracena foi o Xerife de sempre. Marquinhos, como sempre, até abrir o bico, exibiu técnica impecável. Wesley e Rodriguinho também foram excelentes, principalmente, na marcação. Rafael surpreendeu pela segurança e tranquilidade. Neymar, Ganso e André, a esta altura, ainda devem estar procurando um jeito de escapar dos bolsos de Elicarlos, Gil e Thiago Heleno. O que é muito divertido.

107 comentários para “Patinhos feios botaram Ganso & Cia. no bolso”

  1. Jorge Santana disse:

    Comentem as atuações de forma objetiva, por favor. Vou selecionar algumas para fazer o contraponto com as minhas avaliações.

  2. Sobrinho disse:

    Fábio: Como goleiro foi exigido apenas uma vez. Como líbero outras duas. Sempre seguro e corajoso nas intervensões.

  3. Sobrinho disse:

    Henrique: Manteve o Ganso no bolso a maior parte do tempo. Criou algumas alternativas no campo de ataque, mas sem os atacantes em noite inspirada e sem um meia mais criativo para apoio não conseguiu transformar os lances em chances de gol.

  4. Sobrinho disse:

    Paraná: Deve ter errado dois passes. O suficiente para ter avaliação ruim por parte dos seca pimenteiros. Foi a arma ofensiva mais lúcida do time, clareou diversas jogadas no ataque, com inversões de bola e toques de primeira. Chegou a entrar na área e exercer a função de centroavanete, mas foi bloqueado por Pará na hora da finalização. Na defesa fez o de costume.

  5. Claudinei Vilela disse:

    Thiago Heleno: Fez uma de suas melhores partidas pelo Cruzeiro, marcou, deu chutão quando precisou, lançou, fez viradas de jogo e espanou quando precisou. Mostrou raça e mostrou técnica. Talves as vaias não dê a ele segurança pra ser assim sempre. É outro que vai brilha em um outro clube e deixará nossa torcida com de ressaca.

  6. matheus t penido disse:

    ROGER fez algumas boas jogadas, mas que não chegaram a levar mto perigo pra meta so Santos por falta de maior penetração do time celeste.

  7. matheus t penido disse:

    PEDRO KEN trabalhou duro e fez pelo menos uma grande jogada de linha de fundo, que os atacantes acabaram desperdiçando. Pra quem já entra em campo sempre sob vaias implacáveis, saiu-se melhor que a encomenda.

  8. matheus t penido disse:

    JONATHAN tb trabalhou mto, tanto defendendo qto atacando, mas comprometeu um pouco sua atuação pelos mtos erros na definição das jogadas.

  9. matheus t penido disse:

    HENRIQUE quase impecável na marcação do astro Ganso, dessa vez atacou pouco.

  10. matheus t penido disse:

    PARANÁ foi o cara lúcido de sempre, dessa vez com mais inspiração que nas últimas partidas.

  11. Ernesto Araujo disse:

    Não vou fazer comentários individuais. O Cruzeiro ontem exibiu um jogo coletivo MUITO BOM. Desde o jogo contra o Velez que o time não jogava bem COLETIVAMENTE assim. Na parte ofensiva o time ficou devendo pelas ausências de Gilberto e Kléber. Mas ainda assim os jogadores ontem HONRARAM a camisa do Cruzeiro. PARABENS A TODOS QUE JOGARAM !!!

  12. Técnicos que mais treinaram o Cruzeiro:

    1 – Ílton Chaves – 362 jogos
    2 – Levir Culpi – 257 jogos
    3 – Niginho – 247 jogos
    4 – Airton Moreira – 200 jogos
    5 – Matturio Fabbi – 190 jogos
    6 – Ênio Andrade – 187 jogos
    7 – Orlando Fantoni – 172 jogos
    8 – Adilson Batista – 170 jogos
    9 – Zezé Moreira – 131 jogos
    10 – Bengala – 126 jogos

  13. Kimbundo disse:

    O Adilson tem 10 anos de carreira como técnico, e venceu: 1 Potiguar, 1 Catarinense e 2 Mineiros. Total: 4 títulos.
    Com 10 anos de carreira, Vanderlei Luxemburgo venceu: 1 Capixaba, 1 Paulista, 1 Série B e 1 Carioca. Total: 4 títulos

    • Ernesto Araujo disse:

      Ainda seguindo a linha de comentar o coletivo e não o individual, vocês não tem idéia de como fiquei satisfeito com o time ontem ao ver os dribles, as “canetas” do time do Cruzeiro nos jogadores do Santos. As antecipações dos volantes e zagueiros, matando TODAS as tabelas do time do Santos… Uma partida MEMORÁVEL da defesa. Que infelizmente será soterrada…

  14. Ernesto Araujo disse:

    É quase impossível, mas tomara que o AB não vá para o Palmeiras. Assim poderei torcer contra o Palmeiras à vontade !!!

  15. Ernesto Araujo disse:

    Ainda seguindo a linha de comentar o coletivo e não o individual, vocês não tem idéia de como fiquei satisfeito com o time ontem ao ver os dribles, as “canetas” do time do Cruzeiro nos jogadores do Santos. As antecipações dos volantes e zagueiros, matando TODAS as tabelas do time do Santos… Uma partida MEMORÁVEL da defesa. Que infelizmente será soterrada…

    • Ernesto Araujo disse:

      O lance MASTER do jogo foi quando o PH Ganso foi dar um chapéu na lateral do campo e o Fabrício tomou a bola dele. Fechou tudo !

      • Hugo 5erel0 disse:

        Fabrício tem bola. Não precisava tentar agredir o Ganse com um tapinha ridículo. Ele poderia ter levado vermelho e certamente seria uma das expulsões mais bestas.

      • Ernesto Araujo disse:

        Não foi ESSE lance não Serelo !!! Foi outro. Do lado direito da defesa do Cruzeiro !!!

      • Hugo 5erel0 disse:

        1- Eu sei que não foi esse. Só comentei esse outro lance. 2- Não precisa stressar.

    • Hugo 5erel0 disse:

      Uma boa partida principalmente do meio campo defensivo. Mas pagamos um preço por isso. Em alguns momentos ficou um vácuo entre o meio e o ataque. Isso ajudou o Santos a conseguir mais rebotes e tentar contra-ataque.

  16. Hugo 5erel0 disse:

    Paraná, pra mim, foi o melhor em campo.

  17. Andre disse:

    Levir é o novo treinador. Segunda será apresentado.

  18. Jonathan e TRibeiro foram os piores no primeiro tempo. Tivessem atuado de maneira mais coletiva e aguda, teríamos melhor sorte e conseguido ao menos um gol.
    No segundo tempo, melhoraram um pouco mas não o suficiente para recuperarem a Avaliação ruim. Os dois tiveram oportunidades de finalizar de média distância e não o fizeram. Isto não pode. O Cruzeiro poderia ter conseguido sim, um resultado melhor, se alguns jogadores não tivessem medo de finalizar de média e longa distância.

  19. Zedocanada disse:

    Onten foi o jogo de um time que tem um otimo ataque e uma defeza fragil contra um time que montou um esquema defensivo muito bom, mais nao tinha ataque. As antas da CBN deram 1 gol de vantagem para o Cruzeiro quando disseram que o time teria que fazer no minimo 2 para vencer. AB provou que nem galinha, nem peixe ciscam no terreno dele. E depois de 2 anos e meio os tapados que ganham dinheiro falando sobre futebol ainda nao sabem nada.

  20. Escolheria o Gil (primeira opção) ou THeleno (2a opção) como melhores em campo. Jogaram sério e estavam com espírito de vitória que há muito não se via. Até como forma de recompensa podem ser avaliados como os dois melhores em campo.
    Minhas notas: Fábio (8), EliCarlos (7), Pedro Ken (6), Gil (9), Thiago Heleno (8), Diego Renan (7), JOnathan (7), Marquinhos Paraná (7), Fabrício (8), Henrique (7), Roger (4), Thiago Ribeiro (7), ELiandro (4), Sebá (3). Adílson Batista.

    • LUIZ ANTONIO disse:

      Concordo Evandrão!
      Só mudaria a nota do Paraná, passando para (8) e o Dirção eu daria um (9).
      Finda-se hoje minha campanha para que o ZZPerrella renova com o Dirção para o próximo triênio.
      Abraços.

  21. Carlos Campos disse:

    Renato Gaúcho ! Solicito essa análise !

  22. Flavio Carneiro disse:

    Perfeito o comentário sobre a torcida… A maioria torce a favor e a minoria torce conforme o Emanuel Carneiro manda. Isso tem que ficar claro, pois qualquer generalização sobre o comportamento da Maior Torcida de Minas é injusta e equivocada.

  23. Renato-SP disse:

    Gil teve uma atuação como eu gostaria que um zagueiro do Cruzeiro tivesse. Sem afinar. Marcou colado os atacantes do Santos e sempre muito firme e na bola. Partidaça ontem. TH é outro que teve uma ótima atuação. Fabrício deitou e rolou. A canetada no Wesley foi espetacular. Exagerou no tapa no Ganso, o que poderia ter nos complicado. Henrique foi bastante participativo na marcação, mas tá errando muito passe. Parece realmente cansado. Paraná esteve bem como sempre.

  24. Flavio Carneiro disse:

    Gil e TH realmente jogaram muito bem, como já fizeram em outros jogos. Mas nem por isso vou mudar minha opinião sobre a necessidade do clube de contratar zagueiros melhores, já que considero nossos zagueiros limitados para um clube com as pretenções do Cruzeiro.

  25. Renato-SP disse:

    DR até apareceu bem no início do jogo, depois cuidou da marcação. Jonathan tb teve boa participação, mas assim como Henrique e o TR errou passes a dar com pau. Eliandro se esforçou bastante e deu um trabalho danado pra 3ª idade defensiva do Santos. TR até jogou isolado no ataque, mas ontem errou muitos passes. Insisto nisso porque se capricharmos um pouco mais nesse fundamento teríamos a visita facilitada. No geral gostei muito da atuação.

  26. Flavio Carneiro disse:

    Não é porque ele está saindo, mas sinceramente não estou importando nem um pouco com a saída do Kléber. Só espero que o substituto dele não seja o WP, porque aí sim vou começar a sentir falta dele.

    • Renato-SP disse:

      Domingo o titular tem que ser o Eliandro e o Sebá no banco. A palhaçada que ele fez no Ceará não pode passar batido. Além do que seria melhor tecnicamente para o time.

  27. marcus disse:

    Elicarlos – atuou como o terceiro zagueiro, pela direita, e foi fundamental para que o sistema defensivo fizesse a sua melhor partida no ano. taticamente foi irrepreensível, e nos lances individuais levou a melhor em todas.

  28. Andre disse:

    Kleber saiu e era dito por mutios como o melhor tecnicamente, mas ninguem tá comentando, mas sim comentando a saída do Adilons. Mostra como todos no fundo confivam no treinador.

    • Ernesto Araujo disse:

      E tem sentido, Andre. Foram poucas as vezes que o Kléber foi realmente decisivo no Cruzeiro. Vezes em que ele fez a diferença, desequilibrou. Eu vi muitas vezes ele jogando bem quando a EQUIPE estava jogando bem. De resto, foram muitas expulsões, contusões e polêmicas. E, como eu disse em 2009 e repito: Craque, no Cruzeiro, é o FABIO.

  29. Ernesto Araujo disse:

    Jorge Santana, parabéns pelo título do post ! Mais uma vez né ?

  30. marcel disse:

    Na verdade só não saiu quem devia ter saído: ZZP e sua dinastia.

    Independente de serviços prestados (e não podemos esquecer títulos importantes em seu Primeiro Reinado), a cúpula é quem parece ter perdido controle (como mostra um post anterior aqui no blog).

    Eventos como a promoção do seu filho podem ser evidências de que o Cruzeiro se tornou refém de um Imperador, que derruba a tudo e a todos, agarrado ao poder.

    Numa empresa, se as coisas saem do controle, quem é demitido é o chefe. Num regime parlamentarista é o Primeiro Ministro. Numa presidencialista o Presidente não se re-elege ou não elege seu candidato.

    Apenas em Monarquias Absolutistas o Imperador e sua dinastia se mantém, independente dos resultados.

  31. Vinicius Cabral disse:

    ROGER – Gostaria de abrir um parênteses. Fiquei uns 15 minutos observando-o no aquecimento, quando já rolava o segundo tempo. Mais assistia o jogo do que aquecia. Puxava uma perna, puxava a outra, mas no geral, manteve-se de braços cruzados vendo o jogo mais próximo as placas de publicidade, enquanto os companheiros aqueciam atrás dele. Para mim, não consegue atuar mais do que 25 minutos. Uma partida inteira? Jamais!

  32. Binho disse:

    EU gostei muito do ELiandro. Fez boas jogadas e mostrou muita raça. MElhor que o cai cai insuportável do Paulista.

  33. Binho disse:

    Já Sebá, temos que ter um pouco de paciência. Esse menino é muito bom, melhor até que Eliandro, em minha opinião. Acho que será titular do time ainda nesse brasileiro. Foi sua 1ª partida como profissional, ou uma das primeiras. Joga muito esse garoto.

  34. Celeste disse:

    O Sebá ou Eliandro precisarão de sequência no time para poder mostrar do que são capazes. O problema é que entraram numa hora ruim no time. Menos mal que o futuro técnico terá mais de um mes para preparar a moçada.

    • Binho disse:

      Se Zzp for rápido o suficiente. De repente ele põe um interino e vira aquela velha história do “provisório definitivo”.

  35. Othon disse:

    Parana foi o melhor em campo, seguido de perto pelos dois zagueiros, que jogaram com raça e com firmeza…
    Gostei tbem do Fabricio e gostei bastante da atuação do Henrique, sobre os atacantes, achei o Sebá melhor que o Eliandro, mas os dois, Eliandro e Sebá merecem mais chances…acredito que possam ter um bom futuro…

  36. Kimbundo disse:

    Fontes indicam que Cruzeiro já tem novo técnivo: Péricles Chamusca.

  37. Kimbundo disse:

    Seja lá quem for o treinador, que ele chegue logo e faça um churrascão ‘boca livre’ para os microfonistas – só para os mineiros – que falam sobre o Cruzeiro. Assim trabalhará tranquilo.

    • Jorge Santana disse:

      Uisquinho amigo tb é muito apreciado.

      • Kimbundo disse:

        Opa… iscóti ‘one the ice ball’ pros microfonistas!

      • Elias disse:

        Não precisa tanto. Basta uns “insights”…
        chamar o Arthur Morais e colocá-lo a par da lista de possíveis contratações e dispensas. Ouvir o comentário do articulista (Jr. Brasiília ou Lerdo Gustavo) e colocar em prática o que ele sugere. Mandar sempre o craque pro Bastidores, de preferência com camisas para serem dorteadas. Abrir a Toca 2 pros treinamentos, mesmo aqueles tidos como essenciais prá vencer um jogo decisivo. Treino secreto não ganha jogo. Manter no ar da 610 AM várias propagantas do programa Sócio do Futebol.Fabinho e a bola da vez…titularissimo. Paraná nem na cerca.
        E jogar prá frente, sempre dispensandos volantes, marcação, etc.
        E o mais importante: NUNCA VENCER O TIME ROSA DE 5. Ai vira pecado mortal!

      • Elias disse:

        E prá não dizer que a rádia tem monopólio (mas tem) chamar o Melane e lhe dar uma canja. Outra pro Jaeci…outra prá fulano, outra pra… vai ficar bem na fita. Se vai ganhar alguma coisa é ouuuuutra história…

      • Elias disse:

        E prá ficar bem aqui, uma palinha pro Sempre Cruzeiro, forçar a barra pro Zezé colocar entre os esportes alternativos o preferido do Kibund…, ou seja a capoeira…

      • Arthur disse:

        Olha seria bom demais se o ZZP pudesse trazer o MURICY, emanter algumas coisas básicas: treinamento fechado, escalação só na hora do jogo, fazer o MESMO que o ADILSON no aspecto ignorar essa imprensa cocorjinha, e ainda gosar tipo: “Põ, vcs aqui em Minas são assim, lá em SP é assado..” e tirar um pouco de saro dessa imprensinha cocorjinha… Acho que técnico pro CEC devia ter uns 3 dias de TREINAMENTO pra saber como trabalha essa tchurminha por aqui e o que eles são capazes de fazer…

  38. Rogério disse:

    A verdade é que o Cruziero é um com o Fabricio e outro sem ele, o Cruzeiro com o Fabricio em campo é bem forte, ele dá segurança no setor defensivo e ainda empurra o time para o ataque, tomara que as contusões dele possam diminuir.

    • matheus t penido disse:

      Fabricio é antes de tudo um lutador. E como tem técnica bem razoável acaba sendo imprescindével na defesa e no ataque. O problema é que essa correria toda tem cobrado um preço, que vem com as contusões. Que se faça um trabalho especial com ele durante a Copa.

  39. matheus t penido disse:

    Na verdade a aprovação popular do novo técnico dependerá menos do trabalho que se imagina. Se o sujeito for boa praça, fizer um churrasquinho de vez em quando, enfim, facilitar o trabalho da turma do microfone e ainda fazer uma média, deve ter mais facilidades pra ganhar a torcida.
    Ah, e tb seria bom se prevenir e tratar de nunca trocar jogadores de posição nem trocar funções de jogadores dentro o campo. Como se sabe, na roça, os “entendidos” dos microfones ainda não aprovam essas “inovações”.
    Sejá lá quem for, portanto, boa sorte e que aproveite bem a parada da Copa pra colocar o time nos trilhos .

  40. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Marquinhos Paraná: no desarme foi muito bem, como todo o time. Entretanto, continua devendo nos erros de passe. Seu índice nesse quesito tem sido muito acima do normal. Nos mal acostumou, pois nunca errava.
    Fabrício: com ele, o time é outro. Ainda bem que ninguém fala na sua contratação. Espero que não se machuque mais.
    Gil: Impressionante o seu crescimento nos últimos jogos. O que mais me chama a atenção é sua tranquilidade, às vezes, até proporcionando grandes emoções.

    • Elias disse:

      Marquinhos paraná: Sobrou ontem. Jogou tão bem que nem as vaias previamente articuladas puderam ser ouvidas . Uma aula de futebol sem sujar o calção ou dar carrinho. Injustiça o Henrique ser o escolhido pela rádia Cruzeiro como o melhor em campo..

      • Mauro França disse:

        O Henrique também foi bem, mas abaixo do Paraná. Mas o “meu” melhr em campo ontem foi o Gil.

      • Elias disse:

        Uma pena aquela bola no travessão…=(

      • Arthur disse:

        Já tinah dito isso ontem, e concordo: GIL fez uma das suas melhores apresentações no CEC, e a bola no travessão foi pecado, merecia entrar. Melhor em campo, seguido de FÁBIO, FABRÍCIO e D.RENAN.

      • Arthur disse:

        ELIAS- pra mim ontem houve uma guerra de titãs, e um empate nelas: HENRIQUE x GANSO, PARANÁ x CEARÁ. O último cercou de forma decisiva todas as participações ofensivas do Paraná, antecipando para esquinado. Henrique atrapalhav ou batia a carteira (digo bola) do Ganso, e FABRÍCIO na sobra pro contra-golpe.

      • Henrique anulou o Ganso… EliCarlos botou o Neymar no bolso. Não é fácil… Gil e Thiago Heleno arregaçaram com o André.
        O técnico do Dylan, contra um adversário todo remendado deu um chute a gol… E ele não falou nada nas resenhas, porque esperava uma goleada, depois uma vitória e teve que sair com as mãos pro céu por levar um pontinho, contra um meio campo com 4 volantes.
        E o Dylan não falou que o treinador dele terminou o jogo no 4-5-0, sem atacantes em campo (técnico #cagão aquele narigudo não ? … rs, rs, rs).
        Um chute a gol em cada tempo… e o time dele jogou no ataque o tempo todo, não é mesmo ?
        Cadê o 4-3-3 do Dorival Júnior, Dylan ?

  41. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Uma sugestão para post: o nome do novo técnico.

  42. Elias disse:

    Raul…sugestão prejudicada…vamos esperar a enquete da Rádia…

  43. carfelix disse:

    acho que a chegada do novo treinador tem quer “ontem” tem que ser para aproveitar a parada da copa e colocar sua filosofia !!!

  44. carfelix disse:

    A verdade é que estou preocupado, esse ano pode significar uma desmontada geral do elenco. Elenco esse que na minha opção tem muitas opções boas e grandes clubes estão doidinhos querendo uma limpeza nossa !!!

  45. carfelix disse:

    Uma opinião minha, já que é hora de mudança, limpeza pensamento novo, sou fá do ZZP, sua gestão foi fantástica, mais deveria ser o primeiro a sair, uma reformulação total seria bem vista !!! A culpa do Abap não é maior ou menor que a do ZZP, acho que seria a hora de uma mente nova, idéias novas, alguêm com mais “gana”. Acho que a hora de tudo mudar chegou !!!

  46. carfelix disse:

    Sobre o post, eu não vi o jogo, pela primeira vez esse ano eu não tive a menor vontade de assistir o jogo, me bateu o desânimo, preferi ir com a esposa ao cinema !!! Pelo visto o nosso Cruzeirão jogou legal, espero que o segundo semestre seja melhor. Vamos vamos Cruzeiroooooo

  47. Alex Martins AMC disse:

    Caso seja o Levir, que venha o Levir campeão de 96, o que levou o time as finais de 98, mas que não venha o Levir que perdeu aqueles jogos para as cocotas em 99 ou que perdeu para o Ipatinaga e Paulista e 2005.

  48. Douglas_Sorocaba disse:

    Desculpem pelo OT, mas estou tentando acessar a TV Cruzeiro, e está aparecendo a mensagem “Conexão de banco de dados mal-sucedida! Verifique os parâmetros de configuração!”, na tela em branco. Se alguém puder me dar uma dica do que pode estar acontecendo, fico muito grato!

  49. Cruzeiro já tem técnico pros próximos 15 dias: Emerson Ávila.

  50. “O certo é que Adilson estará em São Paulo na próxima semana. Na segunda-feira, ele estará em São Paulo para uma audiência trabalhista que move contra o Corinthians referente a sua passagem pelo Timão em 2000.”

  51. Naldo disse:

    Faltou o gol.

  52. Ernesto Araujo disse:

    É muito interessante percorrer alguns Blogs e Comunidades do Orkut e ver o pessoal pedindo ABEL BRAGA. Enquanto ABAP só falou bem do Cruzeiro, o atual “preferido dos cornetas” tirou sarro de nossa torcida em REDE NACIONAL no programa SUPERTECNICO do MILTON NEVES, em 1999… É esse o técnico maravilhoso que querem. É esse o técnico que MERECEM !!!

  53. O Ipatinga tá contratando o Givanildo.

  54. CA9.Seixas disse:

    Na minha modesta opinião, Abel? NÃO!!!!!!