Cruzeiro oferece alta exposição a seus patrocinadores

Por Jorge Angrisano Santana | Em 24 de março de 2015

Matéria escrita por  FILIPE MAGALHÃES, no Site do Cruzeiro, em 18mar15:

Estudo do Ibope Repucom, especialista em pesquisa de marketing esportivo, informa que a exposição de patrocinadores do Cruzeiro nas mídias sociais do Clube, alcançaram mais de R$2,5 milhões em novembro de 2014.

O levantamento abrangeu Facebook, Twitter e Youtube. A ferramenta usada foi o SM ROE, que mensura o retorno monetário sobre os investimentos nas plataformas online.

  • “Com esta novidade, única no Brasil, identifica-se impacto, engajamento e retorno financeiro tanto das exposições das marcas dos patrocinadores quanto da menção em texto destes e os melhores formatos das ações, maximizando os retornos dos patrocinadores”, explica José Colagrossi, diretor do IBOPE Repucom.
  • “Apesar do poder e do alcance das mídias sociais, elas ainda são pouco exploradas pelos anunciantes, principalmente se compararmos com o que ocorre nos EUA, Inglaterra, Alemanha, Espanha, Japão e França, onde o meio digital é muito utilizado pelos clubes para o engajamento, interação, ativações e divulgações de marcas”, completa o executivo.

Segundo o levantamento, os 10 patrocinadores do Cruzeiro na época (AlpiMedic, AngáPrev, BMG, Brahma, Gatorade, GuaraMix, Olympikus, Sócio do Futebol, Supermercados BH e TIM) tiveram 1.386 exposições no Facebook, 3.733 no Twitter e 379 no YouTube em novembro. Quando se considera o custo cheio, esses números representam R$1,9 milhão, R$615 mil e R$ mil, respectivamente.

O SM ROE permite ainda calcular o valor com base nas variáveis de cada plataforma. A metodologia utiliza o Índice de Qualidade (QI), que avalia nas mídias sociais a exposição, o alcance e a qualidade dos posts.

Considerando todas essas variáveis, o retorno desses patrocinadores nas redes sociais seria de R$700 mil (Facebook), R$217 mil (Twitter) e R$2,4 mil (YouTube). Analisando o desempenho individual em cada uma das plataformas, o BMG se destaca. Olympikus, Guaramix e Sócio do Futebol também aparecem no topo do ranking das empresas cuja exposição nas mídias sociais do Cruzeiro trouxe mais retorno.

Apesar destes bons números, a CAIXA refuga. E, pelo visto, não aprecem outros patrocinadores.

Seria incompetência da equipe do Gilvan ou reflexo das barbaridades econômicas perpetradas por Dilma & Cia?

9ª MG: Cruzeiro e Caldense estão nas semifinais

Por Jorge Angrisano Santana | Em 24 de março de 2015

9ª rodada do Mineiro 2015, disputado em 21/22mar15.

AMÉRICA 0×2 CRUZEIRO, 22mar15dom18h30, 9ª Mineiro 2015, Independência (23 mi), Belo Horizonte, 8.551 pagantes, R$224.110, média R$26, gols de Alisson, 19, Leandro Damião, 83. Árbitros: Wanderson Alves de Souza (juiz), Marcus Vinícius Gomes e Ricardo Júnio de Souza (bandeiras), Ronei Candido Alves (4ºA), Douglas Almeida Costa (5ºA), Giuliano Bozzano (assessor). Amarelos: Bryan, Lorenzi (A), Henrique (C). Vermelho: Fernando Leal (A, goleiro reserva). AMÉRICA: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Anderson Conceição (Alisson) e Bryan; Thiago Santos, Diego Lorenzi, Renato Silva, Felipe Amorim e Bruno Sávio (Pedrinho); Rubens (Rodrigo Silva). T: Givanildo Oliveira. CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Leo Simões, Paulo André e Mena; Henrique e Willian Farias; Marquinhos (Judivan), Arrascaeta e Alisson (Gílson); Leandro Damião (Henrique Dourado). T: Marcelo Oliveira.

MAMORÉ 4×0 TUPI, 21mar15sab16h, 9ª Mineiro 2015, Bernardo Rubinger Queiroz (8,6 mil), Patos de Minas, 1.258 pagantes, R$17.020, média R$14, gols de Charles, 38 e 41, André Alves, 64, Luizinho, 74. Árbitros: Gabriel Murta Barbosa Maciel, Marconi Helbert Vieira e Marcelo Francisco Reis, mineiros. Amarelos: Charles, Denílson, Alves, Bahia (M), Ygor, Marcinho (T). MAMORÉ: Gilberto, Bruno Limão, Pablo, André Alves (Juliano, 75) e Ernani; Denilson, Radar, Erick (Alan Bahia, 81) e Luizinho; Jonatan Reis e Charles (Robertinho, 76). T: Pael. TUPI: Glaysson, Hugo Sanches, Silvio, Mailson e Fabrício Soares; Genalvo, Arilson (Danilo, 76) Ygor (Marcinho, intervalo) e Ulisses; Daniel Morais e Thiago (Rafael Assis, intervalo). T: Felipe Surian.

TOMBENSE 0×3 ATLÉTICO-MG, 22mar15dom16h, 9ª Mineiro 2015, Lamego Neto (10 mil), Ipatinga, 8.403 pagantes, R$271.740, média R$32, gols de Luan, 14, Pratto, 24, Luan, 93. Árbitos: Cleisson Veloso Pereira, Guilherme Dias Camilo e Ricardo Vieira Rodrigues, mineiros. TOMBENSE: Darley; Gedeilson, Heitor, Alexandre e Mazinho; Coutinho, Joilson, Dejair (Lucas Silva) e Luiz Fernando (Rafael Pernão); Matheus e Daniel Amorim (Erick). T: Junior Lopes. ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Edcarlos, Jemerson e Conceição; Josué e Danilo Pires; Luan, Cárdenas (Dodô) e Carlos (Maicosuel); Lucas Pratto (Cesinha). T: Levir Culpi.

URT 0×1 CALDENSE, 22mar15dom16h, 9ª Mineiro 2015. Zama Maciel (4,8 mil), Patos de Minas, 1.924 pagantes, R$20.868, gol de Plínio, 1. Árbitros: Ricardo Marques Ribeiro, Márcio Eustáquio Santiago e Wesley Moreira Carvalho, mineiros. Amarelos: Carciano (U), Nadson (C). URT: Fernando, Rafinha, Marcus Vinicius, Carciano e Marcel; Marzagão, Bruno Formigoni, Robinho (Danilo Fabian, 80), Ramon (Polako, 72), Júnior Paraíba, Wellington (Robson, 56). T: Eugênio Souza. CALDENSE: Rodrigo, Feijão (Marcelinho, 69), Paulão, Plínio e Mardley; Leo Baiano, Tiago Azulão (Nadson, 64), Yuri, Ewerton Maradona; Luiz Eduardo (Cristiano, 77) e Zambi. T: Leo Condé.

VILLA NOVA 1×1 DEMOCRATA-GV, 22mar15dom16h, 99 Mineiro 2015, Castor Cifuentes (5,1 mil), Nova Lima, 478 pagantes, R$3.800, média R$8, gols de Toledo, 47, João Paulo, 52. Árbitros: Marco Aurélio Fazekas Ferreira, Felipe Alan Costa Oliveira e Felipe Souza Leal, mineiros. VILLA NOVA: Dionathan, Edvan, Lídio, Cleyton e Toledo; João Paulo (Michael, 68), Dodô (Leandro, intervalo), Michel Eloi e Gabriel Davis; Rafael Gomes (Paulinho, 71) e Diego Clementino. T: Wellington Fajardo. DEMOCRATA: Fábio Noronha, Osvaldir, Ricardo Duarte, Leomar e Denílson; Marcel, Júlio César (Douglas, 41), Flávio Lopes (Leandrinho, 70), João Paulo, Kaio Wilker (Rodrigão, intervalo), Paulinho. T: Gilmar Estevam.

BOA 1×1 GUARANI, 22mar15dom16h, 9ª Mineiro 2015, Dilson Melo (10 mil), Varginha, 602 pagantes, R$4.405, média R$, gols de Leonardo, 5, Washington, 51. Árbitros: Flávio Henrique Teixeira, Janete Mara Arcanjo e Celso Luiz Silva, mineiros. Amarelo: Baiano, Natan (B), Papel, Djalma, Marx (G). BOA: Fernando, Leo Baiano, Everton Sena, Matheus Ferraz e Jackson (Marinho Donizete, intervalo); Gabriel Dias, Ualisson Pikachu, Moacir (Hiltinho, 75), Pedro Felipe (Alexandre, 57), Natan, Leonardo. T: Ney da Mata. GUARANI: George, Igor Soares, Marx Freud, Tiago Papel e Carlos Renato; Jataí, Washington (Vinícius Kiss, intervalo), Djalma (Lucas, 78) e Michel Cury (Tito, 63), Fábio Jr e Marcinho. T: Gian Rodrigues.

CLASSIFICAÇÃO: 1. Caldense, 21 /// 2. Cruzeiro, 20 /// 3. AtléticoMG, 19 /// 4. Tombense, 16 /// 5. America, 16 /// 6. Villa Nova, 13 /// 7. Tupi, 10 /// 8. URT, 7 /// 9. Boa, 7 /// 10.  Mamoré, 7 /// 11. Democrata, 5 /// 12. Guarani, 4. (Faltando Cruzeiro x Mamoré).

ARTILHARIA: 7. Leandro Damião (Cruzeiro) 6. Luiz Eduardo (Caldense) /// 5. Daniel Morais (Tupi), João Paulo (Democrata), Luan (Franga) /// 4. Cristiano (Caldense) /// 3. Toledo (Villa Nova), Daniel Amorim, Joilson, Betinho (Tombense), Pratto (Franga).

LUGARES: 61.500. PUPAGANTE: 21.216. MÉDIA: 3.536. OCUPAÇÃO: 34%.

Marcelo Oliveira: “Vitória da superação e da inteligência”

Por Jorge Angrisano Santana | Em 23 de março de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do AMÉRICA-MG 0×2 CRUZEIRO, no Independência, Belo Horizonte, 9ª rodada do Mineiro 2015, às 18h30 de 22mar15.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Resultado muito bom, vitória com atuação mais consistente que no jogo passado. O rival estava mais descansado e por isso mais rápido e. ganhando a segunda bola. No 1º tempo, pecamos na marcação e eles chegaram com perigo, mas nós também tivemos chances nos contragolpes. O 2º tempo foi melhor, tínhamos o resultado e a possibilidade dos contragolpes. Foi uma vitória da superação física e da inteligência. Os duas alterações foram pelo lado físico. O torcedor quer ver o Alisson jogar o tempo todo, nós também, mas vimos que ele estava desgastado. Marquinhos passou mal no vestiário e voltou no sacrifício, correndo atrás dos laterais. Foi 11º jogo oficial na temporada, estamos invictos nas duas competições e podendo ser líder na quarta. Fizemos 21 gols e levamos só quatro, números muito bons.

LEANDRO DAMIÃO, centroavante do Cruzeiro: Fiz de tudo pra ajudar a equipe. Não só com o gol marcado, mas trombando, roubando a bola e ajudando nos contrataques.

GIVANILDO OLIVEIRA, técnico do América: Nosso 1º tempo foi muito bom, pressionamos o tempo todo, chutamos várias bolas de longe e até acertamos a trave. Não merecíamos ter saído e campo em desvantagem. O 2º tempo foi equilibrado. O Cruzeiro veio diferente do que a gente pensava, jogando mais no contrataque. O segundo gol foi consequência do tempo que estava passando. A única bola do Cruzeiro foi a do gol. Merecíamos pelo menos um empate.

CARVALHO COELHO, no PHD. Leandro Damião foi o melhor do jogo. Os piores foram o Mayke, Mena, Willian Farias e Marcelo Oliveira. A defesa do Cruzeiro joga muito recuada oferecendo um espaço enorme entre as intermediarias para o outro time trocar passes e avançar. Isto é deficiencia de orientação técnico-tatica. Por isso, sempre escrevo que o Marcelo Oliveira é um dos piores em campo. O Arrascaeta serviu para os dois gols, mas é muito ruim.

MARCOS MALAFAIA, no PHD: Esses ataques rápidos pelas pontas, com lançamentos longos de quem sabe, com Allison de um lado e Marquinhos do outro e Arrascaeta no meio me produziram um deja vu saudosista de jogadas parecidas com Boiadeiro, Edson e Renato Gaucho. Calma pessoal… Sei da distância… Além do mais, deja vu dura menos de um segundo. Mas que lembrou, lembrou.

EDUARDO ARREGUY CAMPOS, no PHD: É impressionante a entrega do Leandro Damião no jogo. Aos poucos, ele vai queimando a língua de muitos torcedores do Cruzeiro (inclusive a minha) e da mídia paulista, que o dava como acabado. Ontem, o narrador e o comentarista do Premiere tiveram que engoli-lo.

WEEKLAND, no UOL: O Cruzeiro ganha, mas não convence! A falha está na escalação inicial. O Marquinhos é ilusão. Muita jornalista meia boca pra justificar o denomina jogador tático! O tal W. Farias é pra ficar no banco também. Tem q entrar o Eurico, Marcos Vinicius e Joel. Sai Allison. Banco por enquanto. Enquanto não puder ver os 3 citados por mim jogando juntos, não poderei rever minha posição!

TERMÔMETRO dos times da Série A do Brasileiro, no GloboEsporte: Cruzeiro em 1º lufar no ranking. O remodelado time de Marcelo Oliveira começa a aprontar. Lidera seu grupo na Libertadores e segue com o melhor aproveitamento do estadual ao vencer Mineros e AméricaMG. Entra no topo da lista.

Clássicos em BH, Rio e Aracaju

Por Jorge Angrisano Santana | Em 23 de março de 2015

Rodada dos estaduais, de 21/22/24mar15, com três clássicos.

AMÉRICA 0×2 CRUZEIRO, 22mar15dom18h30, 9ª rodada do Mineiro 2015, Independência (23 mi), Belo Horizonte, 8.551 pagantes, R$224.110, média R$26, gols de Alisson, 19, Leandro Damião, 83. Árbitros: Wanderson Alves de Souza (juiz), Marcus Vinícius Gomes e Ricardo Júnio de Souza (bandeiras), Ronei Candido Alves (4ºA), Douglas Almeida Costa (5ºA), Giulliano Bozzano (assessor). Amarelos: Bryan, Lorenzi (A), Henrique (C). Vermelho: Fernando Leal (A, goleiro reserva). AMÉRICA: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Anderson Conceição (Alisson) e Bryan; Thiago Santos, Diego Lorenzi, Renato Silva, Felipe Amorim e Bruno Sávio (Pedrinho); Rubens (Rodrigo Silva). T: Givanildo Oliveira. CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Leo Simões, Paulo André e Mena; Henrique e Willian Farias; Marquinhos (Judivan), Arrascaeta e Alisson (Gílson); Leandro Damião (Henrique Dourado). T: Marcelo Oliveira.

CONFIANÇA 2×2 SERGIPE, 21mar15sab16h, Sergipano 2015, Lourival Batista (15 mil), Aracaju, 7.188 pagantes, R$143.578, média R$20, gols de Wallace, 40, Everton, 57, Raphinha, 70, Diego Neves, 71. Árbitros: Claudionor Santos Junior, José Crispim, Daniel Vidal, sergipanos. Amarelos: Everson, Heverton, Altemar, Richardson, Leandro Kível (C), Rafael, Diego Neves (S). Vermelhos: Glauber (S), Richardson (C). CONFIANÇA: Everson, Amaral, Valdo, Heverton e Flávio (Wallace), Altemar, Everton, Richardson e Leandro Kível (Robério), Lucas Silva e Wallace. T: Betinho. SERGIPE: Neto (Jonatas), Glauber, Eduardo Teles e Lelo; Rodrigo (Raphinha), Danilo, Vagner Rosa, Rafael e Diego Neves; Muribeca (Leozinho), Jonathan. T: Elenilson Santos.

FLAMENGO 2×1 VASCO, 22mar15dom18h30, Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro, 51.085 pagantes, R$, média R$, gols de Alecsandro, 17, Gilberto, 28, Alecsandro (pênalti), 52. Árbitros: João Batista de Arruda, Wagner de Almeida Santos e Jackson Massarra dos Santos, cariocas). Amarelos: Canteros, Marcelo Cirino, Cáceres, Alecsandro, Everton, Wallace, Paulinho (F); Serginho, Gilberto, Guiñazu, Christiano, Rodrigo (V). Vermelhos: Paulinho e Anderson Pico (F); Bernardo e Guiñazu (V). FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Jonas (Cáceres), Márcio Araújo, Héctor Canteros e Gabriel (Gabriel); Marcelo Cirino e Alecsandro (Paulinho). T: Vanderlei Luxemburgo. VASCO: Martín Silva, Madson, Anderson Salles, Rodrigo e Christiano; Guiñazu, Serginho (Thalles), Julio dos Santos e Jhon Cley (Yago);Dagoberto (Bernardo) e Gilberto. T: Doriva.

Arrascaeta deu as caras e as cartas

Por Jorge Angrisano Santana | Em 23 de março de 2015

Atuações dos celestes e seus adversário no AMÉRICA-MG 0×2 CRUZEIRO, no Independência, Belo Horizonte, 9ª rodada do Mineiro 2015, às 18h30 de 22mar15.

TORCIDA CELESTE compareceu em pequeno número, mas tomou conta do áudio da TV, com sua cantoria e gritos de incentivo. (Síndico)

FÁBIO fez uma defesaça impedindo o gol de empate, cumpriu à risca sua obrigações nos demais lances em sua área e ainda contou com a sorte na bola inalcançável, que acertou sua baliza. (Síndico)

MAYKE tabelou bem com Marquinhos e deu trabalho nos avanços pela direita. (Superesportes) /// Melhorou em relação à partida contra o Mineros. Marcou mais e cometeu menos erros. Ficou mais contido, deixando pro Marquinhos a função de atacar. (Naldo Morato)

LEO SIMÕES foi o dono da área celeste. Fez coberturas precisas, desarmou e ainda foi ao ataque quando apareceram oportnidades. (Síndico) /// Joga em silêncio. Fez os críticos se esquecerem que existe. É uma sombra. Esta sempre lá. Agora é responsável pela saida de bola. Com chutão ou não. Vem ganhando habilidades e responsabilidades com crescimento constante. (Marcos Malafaia)

PAULO ANDRÉ

MENA não deixa passar nada pelo seu setor. Seríssimo, não perde na corrida e se perder usa o carrinho estilo sulamericano muito bem (hehe). Segue a máxima: lateral primeiro defende, se der ataca. Com o entrosamento, atacará. (Marcos Malafaia)

WILLIAN FARIAS

HENRIQUE fez uma partida segura. Marcou bem, mas por exagerar na força em uma dividida, foi advertido com amarelo. (Superesportes)

MARQUINHOS passou mal no intervalo, vomitou no vestiário, voltou se sacrificando, acompanhando os laterais e, por isso, foi substituído. (Marcelo Oliveira)

JUDIVAN

ARRASCAETA esteve melhor que nos outros jogos, fez boas jogadas, arrancadas e metidas de bola. Foi assim o tempo todo, por isso foi importante no ataque. (Marcelo Oliveira)

ALISSON

GÍLSON entrou pra ajudar Mena a controlar os direitistas do América (Felipe e Robertinho), que infernizavam a vida do lateral celeste desde o começo do jogo. E foi bem sucedido. (Síndico)

LEANDRO DAMIÃO deixou mais uma vez sua marca, marcando seu 7º gol no Mineiro. O rendimento positivo neste início de ano contrasta com a passagem apagada pelo Santos e mostra que o jogador vem recuperando o futebol que encantou o país nos tempos de Internacional. Mas não é só de gols que vive o atacante do Cruzeiro. Ele também se esforça pra auxiliar nos compromissos defensivos do time. (UOL Esportes)

HENRIQUE DOURADO entrou com muita vontade de jogar, pedindo a bola e correndo, mas já não havia mais tempo pra nada de útil. (Síndico)

MARCELO OLIVEIRA, mesmo com o desgaste da viagem à Venezuela, manteve o time organizado durante os 90 minutos e foi presenteado com a 100ª vitória no cargo. (Superesportes)

CRUZEIRO

AMÉRICA

ÁRBITROS cometeram poucos erros, o mais danoso um impedimento inexistente do ataque celeste. Importante é que não interferiram no resultado. (Síndico)

O melhor do jogo em CAIXA ALTA. Um comentário de atuação individual por postagem, por favor.

AméricaMG 0×2 Cruzeiro: Arrascaeta chegou!

Por Jorge Angrisano Santana | Em 22 de março de 2015

CRUZEIRO contra AméricaMG, hoje, 21mar15, às 16h, no Independência, Belo Horizonte, pela 9ª rodada do Mineiro 2015.

CLASSIFICAÇÃO: O Cruzeiro é o 2º colocando, com 17 pontos e 1 jogo a menos; o América, com 16 pontos, é o 5º.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Ceará, Bruno Rodrigo, Manoel, Gilson, Bruno Edgar, Charles, Henrique Dourado, Joel, Judivan, Riascos.

AUSENTES no Cruzeiro: Alan (G), Dedé (B), Willians (V), Willian (A).

PENDURADOS no Cruzeiro: Ninguém.

ARRASCAETA, meia do Cruzeiro: “Estou pronto e com muita vontade de jogar mais um clássico. O fundamental é vencer pra reassumirmos a liderança. Na Libertadores, somos líderes e só dependemos de nós mesmos. Temos que buscar isso também no Campeonato Mineiro”.

BANCO do América: Fernando Leal (G), André (B), Alison (B), Leandro Guerreiro (V), Dopô (V), Pedrinho (V), Xavier (V) Rodrigo Silva (A), Diney (A).

AUSENTE no América: Mancini (M), lesionado.

PENDURADOS no América: Diego Lorenzi, Felipe Amorim, Rodrigo Silva e Thiago Santos.

THIAGO SANTOS, volante do América: “Precisamos encarar como final. Estamos em 5º e uma vitória nos colocará no G4 novamente. Os torcedores americanos podem esperar muita dedicação, muito comprometimento. Vencer um time como Cruzeiro dá muita moral. Quanto a mim, já marqueis vários armadores de qualidade, como é o caso do Arrascaeta. Acredito que eu e toda a equipe daremos conta do recado”.

ARBITRAGEM: Wanderson Alves de Souza, Marcus Vinícius Gomes e Ricardo Júnio de Souza, trio mineiro.

WANDERSON ALVES DE SOUZA, juiz do quadro da CBF, 31 anos (27mar84) é vistoriador de profissão e, neste ano, já apitou 3 jogos da segunda divisão e 5 da primeira.

GOLS. O Cruzeiro tem o melhor ataque do Mineiro, com 17 gols marcados; o América, a melhor defesa, com 3 gols sofridos.

INGRESSOS para a torcida do América, que vai entrar pelos portões 3, 4 e 5 do setor Pitangui, custarão entre R$15 e R$60. Para os cruzeirenses, que entrarão pelos portões 2, 8, 8B, 9 e 10 dos setores Ismênia Tunes e Minas, o preços varia entre R$60 e R$160. A venda será nas bilheterias do Independência, entre 10h e 18h45.

PÚBLICO. Apenas 5.065 dos 22.529 ingressos foram vendidos nos três dias de vendas antecipadas. Torcedor do Cruzeiro não se sente responsável por resolver problemas de caixa do América pagando ingressos que variam entre R$60 e R$160.

TRANSMISSÃO. Só o canal Premiere FC mostrará o jogo ao vivo. Pra quem é assinante ou pra quem resolver comprar a transmissão.

O JOGO

18h21 América em campo, usando camisas com listras verticais verdes e pretas, calções pretos, meias brancas.

18h22 Cruzeiro em campo, com camisas e meias azuis e calções brancos.

18h27 COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à esquerda das cabines de rádio. América dá a saída.

01 Alisson cobra corner na esquerda, com passe pra Arrascaeta, que devolve. Alison cruza, João Ricardo defende.

02 Felipe Amorim cruza direita, Felipe Amorim conclui de canela. Tiro de meta pro Cruzeiro.

03 TORCIDA CELESTE é maior e faz muito mais barulho.

04 EQUIPE do PFC, no Independência: Henrique Guidi (locutor) Luiz Ademar (comentarista), Elton Novais e Pedro Augusto Correia (repórteres).

05 Corner na esquerda. Bola na área celeste, Leo Simões corta.

06 Arrascaeta puxa contrataque, Alisson dribla Wesley, que cede corner. Alisson cobra, João Ricardo tira de soco.

07 Mena vai ao fundo, na esquerda, Robertinho cede corner. Na cobrança, Anderson Conceição afasta, Alisson fica com rebote, mas erra o chute.

08 Leandro Damião volta pra marcar e chuta bola em Renato, ficando com um lateral.

09 Arrascaeta lança Marquinhos, que tenta cruzar pro meio da área, mas Anderson Conceição intercepta a bola.

10 América busca mais o ataque, Cruzeiro contrataca com perigo.

11 Leandro Damião lança Alisson, que está impedido na área do Coelho.

12 Henrique e Marquinhos sofrem marcação forte e não conseguem sair jogando a partir da meiuca.

13 Bryan lança Felipe Amorim, que dá uma canelada na bola, na pontadestra. Melhor pra Mena.

14 América ronda área celeste, sem conseguir nada. Defesa celeste está bem postada.

15 ERROU. Henrique, Marquinhos e Mayke armam jogada pela direita. Atacante é apanhado em impedimento. Bandeira erra feio, pois Wesley Matos dava condição e jogo a Marquinhos.

16 Renato chuta de longe, torto, sem causar problemas pra Fábio.

17 Alisson tenta jogada individual pela esquerda, Wesley Matos toma-lhe a bola.

18 Mena comete falta em Felipe Amorim.

19 GOL Alisson recebe lançamento de Arrascaeta, corta Wesley Matos pro meio e chuta de direita, do bico direito da área. Bola entra no cantim esquerdo. João Ricardo salta, mas não chega na bola. CRUZEIRO 1×0.

20 Marquinhos entra na área e cruza pro meio. Defesa do Coelho tira a bola.

21 FESTANÇA da torcida celeste, que canta “Nós somos loucos…”

22 Mena toma bola na lateral esquerda, parte rumo ao campo adversário mas é desarmado na meiuca.

23 Arrascaeta e Alisson em perfeita sintonia.

24 Robertinho cruza da direita, Fábio defende pelo alto.

25 Leandro Damião lança Alisson, que escorrega dentro da área americana e perde a bola.

26 Leo Simões tira bola da área celeste com um chutão.

27 Robertinho cruza da direita, Paulo André tira de cabeça.

28 Robertinho cruza direita, Mayke se antecipa a Sávio e corta. Escanteio pro América. Escanteio cobrado, Henrique corta.

29 PERDEU. Ruben, sozinho na pequena área, escorrega e não consegue fazer um gol fácil.

30 AMARELO. Diego Lorenzi, por falta em Marquinhos evitando contrataque.

31 AMARELO. Henrique, por sarrafo em Bryan.

32 Willian Farias lança Alisson em diagonal. bandeira maraca offside e acerta.

33 BALIZA. Sávio, do bico direito da área celeste, chuta com muita curva. Bola acerta o poste esquerdo. Fábio foi nela, mas não a alcançaria.

34 LUIZ ADEMAR, comentarista do PFC: “Esse Sávio se movimenta bastante, é muito bom jogador”.

35 América dominando o jogo depois que levou o gol.

36 Felipe Amorim recebe de Diego Lorenzi e enche o pé, da intermediária. Fábio espalma, com dificuldade.

36’30″ Leandro Damião chuta de longe, bola explode em Wesley Matos.

37 DEFESAÇA. Savio passa por dois cruzeirenses e solta uma bomba. Fábio voa e defende à sua direita. Corner pro América.

38 América ronda a área celeste, Paulo André corta de qualquer jeito.

39 Cruzeiro troca passes na meiuca. Coelho fechadim na defesa.

40 Diego Lorenzi derruba Arrascaeta. Cobrança de falta dá em nada.

43 Ligação direta, Marquinhos, sozinho no campo do América, perde no alto pra Wesley Matos.

43’30″ LUIZ ADEMAR; “Dos 20 em diante, o América jogou muito melhor do que o Cruzeiro”.

44 Bryan obra falta, bola passa por cima do travessão. Fábio estava no lance, mas não interfere na trajetória da bola.

45 FIM de 1º tempo. Sávio e Thiago Santos quase pegam no braço. Com a bola rolando, Felipe Amorim e Diego Lorenzi também há haviam discutido asperamente.

ALISSON: “Estou muito feliz de mais uma vez poder jogar. Depois de 5 meses parado, é meu terceiro jogo. Nessas últimas semanas passei por problemas com meu pai internado, mas graças a Deus, agora está bem. Ele tinha me pedido um gol na Libertadores, não fiz, mas hoje consegui fazer pra ele e também pra minha mãe e minha esposa”.

RENATO SILVA: “Faltou caprichar no último passe pra conseguir o empate e até a vitória”.

INTERVALO

19h29 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.

46 Bryan faz lançamento longo, Felipe Amorim não alcança a bola. Tiro de meta.

47 Outro lançamento à distância, desta vez de Rubens. Outro tiro de meta pra Fábio cobrar.

48 Após boa jogada de Amorim, Bryan chuta forte, de fora da área. Tiro de meta pro Cruzeiro.

49 Felipe Amorim passa por Mena e cruza. Leo Simões corta.

49 Marquinhos chuta e consegue um escanteio pela direita, que dá em nada.

50 Alisson cobra corner na esquerda, Paulo André cabeceia, goleiro defende.

51 Willian Farias desarma Rubens, na entrada da área celeste.

51’30″ Bola ronda área celeste, Fábio só acompanha.

52 LUIZ ADEMAR: “Fábio é injustiçado pela Seleção Brasileiro. Há muito tempo, é um dos melhor goleiros do país”.

53 Arrascaeta dispara pela direita, mas é derrubado por Thiago Santos.

54 Marquinhos cobra falta, bola não sobe muito e fica fáçil pra Thiago santos cortar.

55 Felipe desembesta pela direita e cruza. Mayke, a pequena área corta pra escanteio.

56 AMARELO. Bryan passa o rodo em Leandro Damião na pontadestra.

56’30″ Arrascaeta cobra falta, Alisson, do lado oposto, cruza. João Ricardo corta.

57 Leandro Damião no chão. Levou pescoção de João Ricardo, na bola cruzada sobre a área pompom.

58 Felipe Amorim dispara pela direita, Mena corta. lateral pro Coelho.

59 Bryan lança Felipe Amorim, Mena corta pra lateral.

60 Willian Farias limpa área celeste.

61 CANETA de Robertinho em Alisson. Deu em nada, pois o americano preferiu cavar falta do que dar sequência ao lance.

62 Willian Farias para Renato Santos com falta.

63 TROCA Rubens x Rodrigo Silva.

64 Arrascaeta faz jogada individual, entra na área e chuta, bola explode em Wesley e não vai ao gol.

65 Arrascaeta entra na área do América, em velocidade, Conceição chega a tempo de ceder corner.

66 Henrique lança Alisson na pontesquerda. Defesa americana contorna a situação.

67 PERDEU. Mena vai ao fundo, pela esquerda e põe a bola na cabeça de Damião, que testa mal e perde gol certo.

68 Felipe Amorim passa por Mena e chuta. Fábio encaixa.

69 Renato Santos cruza da direita, Mena corta, Felipe Amorim cruza da esquerda, Mena intercepta a bola.

70 Renato Silva cobra falta, Mena corta, de cabeça.

71 LUIZ ADEMAR: Cruzeiro adianta a marcação e equilibra o jogo.

72 Robertinho joga bola na área celeste, Leo Simões corta.

73 Marquinhos aciona Alisson, que dribla Wesley Matos e chuta. Bola na rede, pelo lado de fora.

74 TROCAS. Alisson x Gílson, Marquinhos x Judivan.

75 Judivan recebe de Henrique, na pontadestra, mas é desarmado por Bryan.

76 Judivan faz jogada de pontadestra e cruza pra Leandro Damião. Wesley Matos intercepta a bola.

77 TROCA. Bruno Sávio (com cãibras) x Pedrinho.

78 TORCIDA CELESTE manda no campo do América. Coelhos só fazem barulho com sua bateria.

79 Gilson e Robertinho se chocam. Lateral americano fora de campo.

80 VERMELHO. Fernando Leal, que mesmo no banco de reservas, estava enchendo o saco dos árbitros.

81 Mena derruba Felipe Amorim.

82 Felipe Amorim cobra falta, encobrindo a barreira e também o arco celeste.

83 GOL. Arrascaeta dispara pela esquerda, deixa Anderson Conceição na saudade, e cruza. Leandro Damião só tem o trabalho de empurrar a bola pra rede. CRUZEIRO 2×0.

84 Anderson Conceição se contundiu na tentativa de parar Arrascaeta e sai no carromaca.

85 ARRASCAETA é homenageado pela torcida celeste, que grita seu nome.

86 TROCA Anderson Conceição x Alisson.

86’30″ Rodrigo tenta entrar na área celeste, Leo Simões impede.

87 Pedrinho cobra falta, bola acerta Gílson e não vai a gol.

88 TROCA Leandro Damião x Henrique Dourado.

89 Felipe Amorim derruba Gílson. Falta cobrada, Gilson cruza, Wesley corta, Arrascaeta volta a cruzar, João Ricardo cede corner.

90 LUIZ ADEMAR: “Marcelo Oliveira corrigiu seu time e, pelo segundo tempo, Cruzeiro mereceu a vitória.

91 Henrique Dotado tenta jogada de pontesquerda, mas perde a bola pra Alisson.

92 Judivan é desarmado por Bryan na pontadestra.

93 Arrascaeta recebe passe na área americana, mas está impedido.

94 FIM de jogo. Cruzeiro, 20 pontos, está em 2º lugar, com 1 ponto e 1 jogo a menos que a Caldense.

FELIPE AMORIM: “Sabíamos das dificuldades de jogar com o Cruzeiro, bicampeão brasileiro, um gigante do futebol do país. Mas fomos bem, só que eles foram mais eficientes e fizeram os gols. Pra sequência, precisamos fazer gols”.

LEANDRO DAMIÃO: “Tenho feito de tudo pra ajudar, não só com gols, mas às vezes trombando e roubando bolas pra sair no contragolpe. Os gols saíram, graças à nossa qualidade. Tive uma chance de cabeça, mas não fiz, depois, o Arrascaeta me achou e fiz o gol. Essa é a função do centroavante. É uma posição difícil, que nem todos escolhem porque se toma pancadas. Temos que dar trombadas nos zagueiros, mas continuamos jogando”.

AMÉRICA 0×2 CRUZEIRO, domingo, 22mar15, 18h30. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 11 Km/h, umidade 70%. LOCAL: Independência (23 mi), Belo Horizonte. MOTIVO: 9ª rodada Mineiro 2015. TRANSMISSÃO: Premiere FC. PÚBLICO: 8.551 pagantes, R$224.110, média R$26. ARBITRAGEM: Wanderson Alves de Souza (juiz), Marcus Vinícius Gomes e Ricardo Júnio de Souza (bandeiras), Ronei Candido Alves (4ºA), Douglas Almeida Costa (5ºA), Giulliano Bozzano (assessor). AMARELOS: Bryan, Lorenzi (A), Henrique (C). VERMELHO: Fernando Leal (A, goleiro reserva). GOLS: Alisson, 19, Leandro Damião, 83. AMÉRICA: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Anderson Conceição (Alisson) e Bryan; Thiago Santos, Diego Lorenzi, Renato Silva, Felipe Amorim e Bruno Sávio (Pedrinho); Rubens (Rodrigo Silva). T: Givanildo Oliveira. CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Leo Simões, Paulo André e Mena; Henrique e Willian Farias; Marquinhos (Judivan), Arrascaeta e Alisson (Gílson); Leandro Damião (Henrique Dourado). T: Marcelo Oliveira.

HISTÓRICO: Foi o 355º Cruzeiro x América. O Cruzeiro venceu 148, empatou 106, perdeu 101, marcou 637, sofreu 516 gols. Niginho, do Palestra/Cruzeiro é o artilheiro do clássico com 47 gols. Pelo Mineiro, foram 213 partidas. O Cruzeiro venceu 98, empatou 62 e perdeu 54. No Mineirão, foram 126 jogos. O Cruzeiro venceu 61, empatou 40, perdeu 25, marcou 199 e sofreu 119 gols. A 1ª decisão entre Cruzeiro e América aconteceu em 10mai21, quando o América conquistou o Initium do Campeonato da Cidade vencendo por 1×0, no Prado Mineiro. Em 30out21, também no Prado Mineiro, o América venceu o Palestra por 4×3 e ficou com o título da temporada. Em 05nov22, o América venceu o Palestra por 2×1 no Prado Mineiro e levantou o heptacampeonato. Somente em 11jun61, o Cruzeiro conquistou um título em confronto direto contra o América ao vencê-lo, no Independência, por 3×2, pelo Torneio Afonso Rabelo. Em 1992, o Cruzeiro venceu o América na final do Mineiro por 3×2 e 2×0. Finalmente, em 2000, no Mineirão, o América venceu o Cruzeiro na decisão da Sul-Minas por 1×0, em 26fev00, e 2×1, em 01mar00.

7ª Est: Aos poucos, gaúchos põem ordem na casa

Por Jorge Angrisano Santana | Em 21 de março de 2015

7ª rodada do Torneio PHD, com jogo de 13/14mar15 dos estaduais.

GRÊMIO 1×0 CRUZEIRO-RS, 14mar15sab18h30, Gaúcho 2015, Humaitá (55 mil), Porto Alegre, 24.894 pagantes, R$650.487, média R$26, gol de Braian Rodriguez, 82. Árbitros: Anderson Daronco, Marcelo Oliveira Silva e João Lúcio Monteiro Souza Junior, gaúchos, Amarelos: Grohe, Ramiro (G); Reinaldo, Leandro Rodrigues (C). GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Rhodolfo, Erazo e Marcelo Hermes (Ramiro); Marcelo Oliveira, Maicon, Giuliano, Douglas (Everton) e Cristian Rodríguez (Luan); Braian Rodríguez. T: Luiz Felipe Scolari. CRUZEIRO-RS: Bruno Grassi; Jaiminho, André Ribeiro, Laerte e Jéferson; Benhur (Raymond), Claudinho (Carlão), Wagner e Reinaldo; Matheus (Leandro Rodrigues) e Wesley. T: Luiz Antônio Zaluar.

BRASIL 0×2 INTERNACIONAL, 15mar15dom16h, BocaDoLobo (23 mil), Pelotas, 9.079 pagantes, R$263.770, média R$29, gols de Valdivia, 42, Taiberson, 93. Árbitros: Francisco Silva Neto, Elio Nepomuceno e Maurício Pena, gaúchos. Amarelos: Wender, Cirllo, Leite, Washington (B); Alisson, Gefferson, João Afonso, Ruschel (I). BRASIL: Anderson; Wender, Cirilo, Fernando Cardozo e Forster (Brock); Leandro Leite, Washington, Oliveira (Cleiton) e Felipe Garcia (Galiardo); Alex Amado e Nena. T: Rogério Zimmermann. INTERNACIONAL: Alisson; William, Paulão, Alan Costa e Geferson; Rodrigo Dourado, João Afonso (Anderson), Jorge Henrique, Valdivia (Taiberson) e Alan Ruschel; Rafael Moura (Lisandro López). T: Diego Aguirre.

SERRA TALHADA 0×2 NÁUTICO, 15mar15dom16h, Municipal Nildo Pereira (5 mil), Serra Talhada, 4.735 pagantes, R$38.000, média R$9, gols de Josimar, 3, Bruno Alves, 64. Árbitros: Nielson Nogueira Dias, Elan Vieira e Ricardo Chianca, pernambucanos. Amarelos: Josimar, Soutto, Gustavo Henrique, Preto, Júlio César (N). SERRA TALHADA: Gleibson; Marcos Vinícius (Johny, 62), Alisson, Anderson e Rafinha; Ramon (Jessuí, intervalo), Luciano Totó, Diogo e Paulinho Mossoró; Bebeto (Lucas, 68) e Júnior Juazeiro. T: Alexandre Lima (interino). NÁUTICO: Júlio César; Guilherme (Renato, 62), Elivelton, Welton Felipe, Flávio e Gaston; João Ananias, Fillipe Soutto e Gustavo Henrique (Anderson Preto, 63); Bruno Alves e Josimar (David, 81). T: Lisca.

GUARANI 1×2 TOMBENSE, 15mar15dom16h, 8ª Mineiro 2015, Waldemar Faria (4 mil), Divinópolis, 2.164 pagantes, R$20.830, média R$10, gols de Betinho, 36, Carlos Renato, 53, Joilson, 77. Árbitros: Igor Junio Benevenuto, Márcio Eustáquio Souza Santiago e Ricardo Vieira Rodrigues, mineiros. Amarelos: Cris, Ferreira (G), Heitor, Jilson, Amorim (T). Vermelho, Betinho, 43. GUARANI: George, Roger (Michel Cury, intervalo), Cris, Tiago Papel e Carlos Renato; Washington (Tardelli, 68), Leandro Ferreira, Vinícius Kiss (Walterson, 65), Djalma, Fábio Jr e Marcinho. T: Gian Carlos. TOMBENSE: Darley, Gedeilson, Heitor, Alexandre e Mazinho; Coutinho, Betinho, Rafael Pernão (Joilson, 62), Daniel Amorim, Luiz Fernando (Dejair, 62), Mateus (Alex, 71). T: Júnior Lopes.

ATLÉTICO-MG 4×0 URT, 15mar15dom16h, Independência (23 mil), Belo Horizonte, 7.757 pagantes, R$133,560, média R$17, gols de Luan, Rocha, Pratto e Dudu, contra. Árbitros: Jerferson Antônio Costa, Marcus Vinícius Gomes e Wesley Moreira Carvalho, mineiros. ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha (Patric), Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos; Josué, Rafael Carioca, Cárdenas (Maicosuel), Luan e Carlos (Dodô); Pratto. T: Levir Culpi. URT: Mateus Andrade (Giulliano), Rafinha, Carciano, Marcus Vinícius e Marcel; Marzagão, Formigoni, Júnior Paraíba e Robinho; Danilo (Robson) e Wellington (Dudu). T: Eugênio Souza.

PALMEIRAS 1×0 XV PIRACICABA, 15mar15dom11h, Paulista 2015, Allianz Parque (43 mil), São Paulo, 26.199 pagantes, R$1.897.635, média R$72. gol de Gabriel 84. Árbitros: Rodrigo Guarizo Ferreira Amaral, Fabrício Porfirio Moura e Mauro André Freitas, paulistas. Amarelos: Vitor Hugo, Arouca e Zé Roberto (P), Diego Silva, Clayton, Ednei e Tony (X). Vermelho: Tony (X). PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Tobio, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel, Arouca (Leandro Pereira), Allione (Gabriel Jesus), Robinho e Dudu; Cristaldo (Ryder). T: Oswaldo de Oliveira. XV DE PIRACICABA: Roberto; Ednei, Leonardo Luiz, Airton e Fernandes; Clayton, Diego Silva, Tony, Bruninho (Chico) e Paulinho (Tiago); Roni (Éder Sciola). T: Toninho Cecílio.

CORINTHIANS 0×0 RED BULL BRASIL, 14mar15sab16h, Paulista 2015, Itaquera (48 mil), São Paulo, 31.472 pagantes, R$1.569.799, média R$50. Árbitros: Vanderlei Martinucho, Gustavo Rodrigues Oliveira e Renata Ruel Xavier Brito, paulistas. Amarelos: Elias, Fágner (C); Marcelo (R). CORINTHIANS: Cássio; Fágner; Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Cristian (Vagner Love, intervalo), Elias, (Malcom, 77) Jádson e Emerson Sheik (Luciano, 80); Guerrero. T: Tite. RED BULL BRASIL: Juninho; Everton Silva, Anderson Marques, Fabiano Eller e Romário; Willian Magrão, Andrade, Jocinei (Marcelo, 64), Lulinha e Allan Dias (Wilson Jr, 71); Edmílson (Isac, 76). T: Maurício Barbieri.

MARÍLIA 1×4 SANTOS, 14mar15sab18h30, Paulista 2015, Bento de Abreu Sampaio Vidal (15 mil), Marília, 6.849 pagantes, R$181.489, media R$26, gole Thiago Ribeiro, 31, Marquinhos Gabiel, 63, Bruno Farias, 65, Thiago Ribeiro, 75, Gabriel, 81. Árbitros: Adriano Assis Miranda, Marco Antonio Andrade Motta Junior e Maria Eliza Correia Barbosa, paulistas. Amarelos: Trindade (M), Valencia (S). MARÍLIA: Rodrigo Calchi; Gil, Thiago Gomes, Braga e Deca; Juninho Ortega (Gadelha), Boquita, Gilberto (Gilberto Trindade) e Evandro (Thiago Elias) e Bruno Farias; Leandro Costa. 
T: Bruno Quadros. SANTOS: Vanderlei, Cicinho (Vitor Ferraz), David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Valencia (Renato), Lucas Otávio e Elano (Lucas Lima); Marquinhos Gabriel, Thiago Ribeiro e Gabriel. 
T: Marcelo Fernandes.

FIGUEIRENSE 2×0 JOINVILLE, 15mar15dom16h, Catarinense 2015, Orlando Scarpelli (19 mil), Florianópolis, 5.777 pagantes, R$71.880, média R$12, gols de Mazola, 80, Yago, 87. Árbitros: Célio Amorim, Carlos Berkenbrock e Eder Alexandre, catarinenses. Amarelos: Leandro Silva, Thiago Heleno, Dudu, Marquinhos (F), Rogério, Naldo, Tiago Luís, Oliveira, Sueliton, Guti (J). FIGUEIRENSE: Alex; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Marquinhos Pedroso; França (Fabinho), Dener e Rafael Bastos; Dudu (Yago), Mazola e Clayton (Carlos Henrique). T: Argel Fucks. JOINVILLE: Oliveira; Sueliton, Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Naldo, Wellington Saci (Danrlei) e Ítalo (Eduardo (Augusto César)); Tiago Luís, Welinton Jr e Fernando Viana. T: Hemerson Maria.

TIGRES 1×3 FLAMENGO, 14mar15sab19h30, Carioca 2015, Los Larios (8 mil), Duque de Caxias, 4.488 pagantes, 5.200 presentes, R$134.640, média R$30, gol de Alecsandro, 23, Fabiano, 63, Cirino, 64 e 79. Árbitros: Philip Georg Bennett, Luiz Cláudio Regazone e Andréa Marcelino Sá, cariocas. Amarelos: Fabiano, Zé Carlos (T), Jonas, Canteros (F). TIGRES: Santiago; Tiago Bastos, Zé Carlos, Tiago Spice e Matheus; Renan Silva (Lucas Poli), Leão (Silva), Sassá, Jean Carioca Paulinho Guará; Alex Sassá e Fabiano Oliveira. T: Rubens Filho. FLAMENGO: Paulo Victor; Pará, Marcelo, Frauches e Anderson Pico; Márcio Araújo, Jonas (Luiz Antonio) e Canteros (Cáceres); Gabriel, Alecsandro (Paulinho) e Marcelo Cirino. T: Vanderlei Luxemburgo.

TIMES de 6 torneios: 9 da Série A, 2 Série B, 1 Série C e 8 sem série.

LUGARES: 243.000. PUPAGANTE: 123.414. MÉDIA: 12.341. OCUPAÇÃO: 51%

Marcelo Oliveira: “Foi a pior atuação, desde que cheguei há dois anos”

Por Jorge Angrisano Santana | Em 20 de março de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do MINEROS 0×2 CRUZEIRO, no CTE Cachamay, em Puerto Ordaz, Venezuela, pela 3ª rodada do Grupo 3 da Libertadores 2015, às 22h15 de 19mar15.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Jogamos muito mal. Foi a pior partida desde que cheguei há dois anos. A gente se preparou bem pra fazer um grande jogo, mas não sei o que aconteceu que o time não conseguiu marcar, nem jogar. Levamos sufoco e ficou um jogo de ações kamikazes, em que podia sair gols nos ataques deles ou em nossos em contrataques. Nos organizamos melhor no 2º tempo, Com a entrada do Charles, passamos a marcar um pouco melhor e tivemos o contrataque. Mas é isso, mesmo quando não se joga bem é preciso ganhar. Os 3 pontos foram importantíssimos, mas não se concebe uma atuação tão fraca assim.

FÁBIO, goleiro do Cruzeiro: A gente tem que melhorar sempre. Se o treinador falar que está bom, jogador se acomoda. Importante foi a equipe ter lutado e os jogadores terem sidos objetivos no que era preciso fazer. Mesmo não fazendo um jogo bonito, da forma que o Cruzeiro sabe, o mais importante aconteceu, que foi conquistar a vitória.

MARQUINHOS, atacante do Cruzeiro: Fizemos bons jogos antes, mas não vencemos. Desta vez, conseguimos a vitória. Estou bem porque os colegas e o clube me ajudam muito. A bola está chegando até a mim lá na frente e eu estou com a tranquilidade na hora de finalizar. As coisas têm melhorado pra mim e espero que continue assim. Estou no meu melhor momento, mas ainda tenho de crescer mais, o que acontecerá com treinamentos.

KMP, no PHD: Partida preocupante. A marcação não emplacou hora nenhuma, a defesa bateu cabeça, foram deixados enormes espaços nas laterais pro adversário avançar e faltou de inspiração ao meio de campo. Por conta de tantos problemas, sofremos um baita sufoco de um péssimo time. Valeu somente pela vitória e por ver o Charles entrando com a disposição de sempre. O renegado foi bem, quem diria, mas isso é muito pouco pra um time como o nosso!

FLÁVIO CARNEIRO, no PHD: O Cruzeiro está jogando com 3 atacantes, 2 volantes e só o Arrascaeta na ligação, ficando em desvantagem numérica no meio de campo, o que dificulta a saída de bola e obriga os jogadores de defesa a darem chutões e insistirem nos lançamentos, dificultando as ações ofensivas. Este jogo contra o Mineros foi igual ao 1º tempo contra o Villa Nova, com muitos erros de passes e lançamentos.

MARCOS MALAFAIA, no PHD: Estamos influenciados por um jogo em que uma hipótese esperançosa de time não deu certo. Mas algumas conclusões puderam ser tiradas: Alisson e Arrascaeta não recompõem como Willian e Goulart e isso desorganizou o time num efeito cascata: volantes jogaram mal, laterais se tornaram vulneráveis e a zaga ficou exposta. E o meio de campo só se estabilizou com a entrada de mais um volante.

Marquinhos desequilibrou em favor do Cruzeiro

Por Jorge Angrisano Santana | Em 20 de março de 2015

Atuações dos celestes e seus adversários no MINEROS 0×2 CRUZEIRO, no CTE Cachamay, em Puerto Ordaz, Venezuela, pela 3ª rodada do Grupo 3 da Libertadores 2015, às 22h15 de 19mar15.

TORCIDA CELESTE esteve presente. Fanáticos da Cruzeiro Manaus viajaram 1.600 quilômetros, selva adentro, pra acompanhar e incentivar o time. Grandes caras! (Síndico)

FÁBIO teve bastante trabalho, mas saiu-se bem em todas as intervenções. (Síndico0

MAYKE pegou a barra mais pesada, pois o Mineros concentrou esforços nos ataques pelo seu lado. Atacou pouco e saiu mais cedo. (Síndico)

CEARÁ não brincou em serviço, marcando forte e deixando pra apoiar em outras partidas, porque quando entrou a prioridade era segurar a vantagem mínima. (Síndico)

LEO SIMÕES teve que se virar pra dar combate direito aos atacantes do Mineros, que não erram barrados pelo meiocampo celeste e ainda fazer a cobertura da lateral direita. Fez tudo isto e ainda salvou um gol certo. (Walterson Almeida)

PAULO ANDRÉ  foi envolvido em algumas situações mano a mano. No geral, contudo, mostrou segurança. (Bruno 7LRJ)

MENA fez duas jogadas excepcionais: um desrame preciso, quando o atacante do Mineiros tinha tudo pra empatar o jogo e a tabela com Damião, que resultou no gol de Marquinhos. De resto, foi sóbrio, cuidando mais da marcação do que do apoio ao ataque. (Síndico)

WILLIAN FARIAS teve mais trabalho do que o habitual, pela falta de pegada de Arrascaeta e Alisson. Mas não comprometeu. (Síndico)

HENRIQUE marcou e tentou armar, mas o desentrosamento com os meiatacantes ficou nítido e sua atuação foi apenas mediana. (Síndico)

CHARLES melhorou a marcação do time. (Marcelo Oliveira) /// Fez valer sua experiência e as orientações recebidas do técnico pra tapar o buraco no meio de campo. Boa participação. (Bruno 7LRJ)

MARQUINHOS o melhor do time, mais uma vez. Participou de praticamente todas as jogadas perigosas do Cruzeiro. Fez a bela do primeiro gol, em seguida fez três cruzamentos pra Damião, Alisson e Arrascaeta. No 2º tempo, deu uma boa arrancada que obrigou Romo a uma grande defesa pra salvar seu arco e, pra encerrar, marcou seu gol, num lance de oportunismo. Se houvesse outro Marquinhos, o time estaria bem melhor. (Filipe Braga)

ARRASCAETA não teve com quem “conversar” e ainda ficou mal posicionado. Talvez por isto tenha segurado muito a bola. (Bruno 7LRJ)

ALISSON fez boas jogadas pela pontesquerda, mas recompôs mal e não se movimentou, trocando de posição com os outros meiatacantes. (Síndico)

JUDIVAN teve pouco tempo pra mostrar serviço. (Síndico)

LEANDRO DAMIÃO, mais uma vez, foi lutador, oportunista e eexcelente pivô. Vem recuperando seu bom futebol. (Bruno 7LRJ)

MARCELO OLIVEIRA continua tentando fazer o time jogar como em 2013 e 2014, sem sucesso. As peças se encaixam em seu sistema favorito, o 4-2-3-1, mas não têm a mesma qualidade técnica, nem a mesma disponibilidade pra marcar e atacar. Menos mal pra ele, que Marquinhos está encantado e, a seu modo, desequilibrando. (Síndico)

CRUZEIRO fez a pior partida dos últimos dois anos, segundo seu técnico. Exagero. Um time que cria ao menos seis chances de gol numa partida não pode ter trabalhado tão mal. A defesa, por exemplo, saiu-se bem. O problema maior foram os meitacantes, que se mantiveram presos às suas posições originais e não recompuseram como exige o sistema de jogo da equipe. Dois dos meia atacantes, Arrascaeta e Alisson, pois Marquinhos fez tudo o que se esperava dele e mais alguma coisa. (Síndico)

MINEROS partiu pra cima desde o início, concentrando suas ações ofensivas pelo flanco esquerdo, sem sucesso devido à fragilidade técnica de seus meias e atacantes. Na defesa também vacilou, em especial, na marcação pelas pontas. Teve mais posse de bola, mas criou menos oportunidades pra marcar gols do que o Cruzeiro. Nenhum de seus jogadores chamou a atenção pela qualidade técnica. (Síndico)

ÁRBITROS não erraram. (Síndico)

MDJ => Marquinhos [20], Leandro Damião [8], Charles [6], Leo Simões [5], FÁBIO [4], Mena, Willian Farias [1].

Mineros 0×2 Cruzeiro: Pontos preciosos, com futebol pobre

Por Jorge Angrisano Santana | Em 19 de março de 2015

CRUZEIRO contra Mineros, nesta quinta, 19mar15, às 22h15, no Cachamay, em Puerto Ordaz, Ciudad Guayana, Venezuela, pela 3ª rodada do Grupo 3 da Libertadores 2015.

CLASSIFICAÇÃO. O Cruzeiro é o 3º colocado do Grupo 3, com 2 pontos. O Mineros é o 4º, com 1.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Ceará, Bruno Rodrigo, Charles, Joel, Henrique Dourado e Judivan.

AUSENTES no Cruzeiro: Willians (V), Willian (A), Riascos (A), lesionados.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: ”Nos dois jogos da Libertadores, criamos muitas oportunidades, tanto no 2º tempo, na altitude de Sucre, como no Mineirão contra o Huracán. Mas precisamos de tranquilidade, confiança e menos ansiedade pra não ganhar o jogo sem sofrer tanto. O gol tem de sair naturalmente”.

BANCO do Mineros: Luis Romero (G), Velásquez (B), Edixon Cuevas (B), Luis Guerra (B), Edson Castillo (V), Alberto Cabello (M), Romer Rojas (A).

AUSENTE no Mineros: Valoyes (A), suspenso.

EDIXON CUEVAS, beque do Mineros: “Temos que continuar mentalizando os objetivos que nos propusemos pra este ano, olhar pra frente e passar desta fase, vencendo os jogos em casa, o que é a chave. Contra o Cruzeiro, temos de ser capazes de impor nosso jogo, mostrar força, ter a bola, encontrar espaço e criar oportunidades”.

ADVERSÁRIO. Fundado em 1981, o Mineros foi campeão da 2ª divisão venezuelana em 1992, da 1ª em 1988 e 2013, do Copa Venezuela, em 1984 e 2011.

ESCRITA. O Cruzeiro nunca perdeu para time venezuelano. Em 13 partidas, 12 pela Libertadores, venceu 11 e empatou 2.

TRANSMISSÃO de Mineros x Cruzeiro: SPORTV, às 22h15, com narração de Luiz Carlos Jr e comentários de Roger Galera Flores e Lédio Carmona. FOX só passará o VT na sexta, às 15h45.

O JOGO

MARCELO OLIVEIRA “Clima bom, campo bom, torcida distante da cancha. Não tem nada pra atrapalhar. Imagino um Cruzeiro mais entrosado, usando sua técnica”.

PAULO ANDRÉ: “Jogo fundamental, oportunidade de assumir a liderança do grupo. Vamos tentar vencer e ganhar confiança pr restante da competição”.

MAYKE: “Esse é o jogo mais importante da temporada, até agora”.

MARQUINHOS: “Vamos ficar atentos com a grama, que não foi cortada. O passe terá de ser mais firme e vamos precisar de tranquilidade pra se adaptar”.

MINEROS, camisa dividida em azul e preto, calções pretos e meias azuis.

CRUZEIRO todo de branco.

22h15. COMEÇA o jogo. Está à direita das tribunas.

01 Paulo André erra saída de bola e Mineros ataca, mas o bandeira marca impedimento.

02 FALTOU CAMPO. Marquinhos erra passe, Cabezas vai à inha de fundo ela esquerda, mas deixa bola escapar.

02’30” Cruzeiro nervoso erra muitos passes.

03 Jiménez recebe dentro da área e cruza. Fábio defende.

04 Falta a favor do Cruzeiro. Marquinhos na bola.

05 Falta cobrada, Leo Simões tenta arrematar, mas a bola sai para linha de fundo.

05’30” Roger Flores: “Não tem porque o Cruzeiro ficar nervoso neste início de partida”

06 Cichero cruza da esquerda, Fábio defende.

07 Marquinhos tenta, mas erra passe pra Leandro Damião.

08 Cruzeiro adianta marcação e pressiona o Mineros.

08’30” Lédio Carmona: “Cruzeiro está muito nervoso. Não é jogo pra isso”.

09 DRIBLE. Alisson dribla na pontesquerda, avança e sofre falta. Melhor que escanteio.

10 Marquinhos cruza, Romo afasta. Mayke tenta novo cruzamento, Machado corta.

10’30” PELA ESQUERDA. Mineros concentra seus ataques pela esquerda. Agora, é Jiménez quem cruza. Henrique, dentro da área, corta.

11 GOL. Marquinhos recebe passe de Arrascaeta, desembesta pela direita e cruza rasteiro pra trás. Arrascaeta chuta forte, de primal Romo rebate, bola sobe, Damião também. E cabeceia pra rede. CRUZEIRO 1×0.

12 Mineros estava melhor, Cruzeiro foi mais eficiente.

13 PÚBLICO. Mesmo com ingresso quase de graça (entre R$1 e R$ 8), apenas ¼ das arquibancadas está ocupada.

14 Peña entra na área celeste aos trancos e barrancos, mas é desarmado por Leo.

15 Arrascaeta completa contrataque com cruzamento pra Leandro Damião, que arremata de canhota. Tiro de meta pro Mineros.

16 Falta pro Mineros. Bola na área celeste. Bequeira corta, Pérez pega o rebote e isola.

17 Roger Flores:  “Arrascaeta é muito mais atacante do que meia.”

18 QUASE. Marquinhos recebe na direita e cruza. Arrascaeta sobe muito, cabeceia. E quase faz o gol.

19 Falta pro Cruzeiro. Bola na área do Mineros e nada acontece.

19’30 Leo comete falta na defesa. Mineros também não aproveita.

20 Erros abundantes de passes na meiuca.

21 Cruzeiro não joga bem, mas se fizer outro gol vira líder do Grupo 3.

22 CANETA. Alisson dribla Pérez e leva falta.

22’30” Mena cruza, Carlos Vera marca falta de ataque do Cruzeiro.

23 PRESSÃO. Damião pressiona Matos e, por pouco não fica com bola na cara do gol.

24 Vallenilla tenta armar jogada ofensiva, mas não acerta o passe.

25 Falta frontal ao gol de Fábio. Jiménez na bola.

26 Cichero cobra, bola explode na barreira.

27 OFFSIDE. Cabezas recebe na cara do gol, toca entre as pernas do goleiro celeste, mas o bandeira já havia assinalado impedimento.

28 BEQUE DE RESPONSA. Blanco vai à linha de fundo e cruza pra Pérez, que é desarmado por Leo Simões. Corner pro time azul e preto.

29 Mineros está bem demais no jogo.

30 FURADA. Matos recua pra Romo, que dá uma tremenda furada. Corner pro Cruzeiro.

31 Marquinhos tenta jogada individual, mas é desarmado por Cichero.

32 DESARME QUE VALE POR UM GOL. Cabezas recebe lançamento espetacular na área celeste, mas o chileno Mena chega por trás e faz um desarme preciso.

33 Leandro Damião leva pancada e cai sentindo dor nas costas.

34 DEFESAÇA. Fábio salva o Cruzeiro.

35 Mineros domina. Cruzeiro não aperta a marcação.

35’30” Lédio Carmona: “O Cruzeiro não está sendo coletivo, os lampejos têm sido individuais”

36 BLITZ. Negriazules chegam duas vezes com Cabezas.  A primeira bola. Na sequência, bandeira dá impedimento.

37 Outro cruzamento de Marquinhos pra Damião. Escanteio.

37’30” Marquinhos cobra o corner, Leo Simões cabeceia, mas a bola passa longe do alvo.

38 Mineros troca passes no ataque.

39 Peña chuta de fora da área, Fábio defende.

39’30” AMARELO. Leandro Damião

40 Mineros no ataque, Mena contorna a situação.

41 Machado pega Arrascaeta de jeito. Falta.

42 Cruzeiro esfria o jogo.

43 Marquinhos centra da direita, Alisson entra em diagonal e cabeceia com muito perigo.

44 Cruzeiro troca passes nas proximidades da área negriazul.

45 GLOBOESPORTE: Cruzeiro está no lucro. Time celeste só criou um lance de perigo, o do gol. Jogadas ofensivas se resumiram aos centros de Marquinhos, pela direita. Mineros dominou, colocou a equipe brasileira na roda em vários momentos e levou perigo ao gol de Fábio. Leo fez ótima partida.

45+1 FIM do 1º tempo.

DAMIÃO: “A gente fala que na Libertadores tem de correr e marcar, mas tem que tocar a bola também. Toda vez que colocarmos ela no chão, criamos boas oportunidades. Temos que fazer isso pra ampliar placar”.

INTERVALO

46 Cabezas se atrapalha com a bola e não consegue jogada de ataque.

47 Leandro Damião leva pancada no rosto em disputa com Vallenilla. Médico em campo.

48 Vallenilla lança Cabezas na direita, mas o cruzamento é mal feito.

49 Leandro Damião é o alvo de todas as jogadas de ataque celestes.

50 Mayke chuta, bola bate no braço de Paulo André, locais pedem falta, juiz manda seguir o jogo.

51 Alisson dribla dois marcadores na esquerda, mas cruza mal. Marquinhos ainda pega a bola, mas chuta por cima do arco negroazul.

52 Blanco tenta passar, Mena o desarma.

53 Mineros pressiona atacando pela esquerda.

54 DEFESAÇA. Arrascaeta lança Marquinhos, que fica de frente pra Romo, mas chuta em cima do goleiro.

55 BATERREBATE. Mineros contrataca pela esquerda, mas a defesa celeste não permite a conclusão da jogada.

56 Lédio Carmona: “Cruzeiro está perdendo todas as divididas e segundas bolas”.

57 PERIGO. Cichero cabeceia bola cruza, com muito perigo. Bola passa perto do arco celeste.

58 BANHEIRA. Blanco recebe livre na área, mas está impedido.

59 Roger Flores: “Me incomoda a falta de movimentação dos três jogadores que jogam por trás do Damião”

60 Alisson cobra falta frontal, bola passa longe do arco de Romo.

61 Pérez dribla Paulo André e leva falta. Vai levar perigo.

62 TROCA. Arrascaeta x Charles,  Mayke x Ceará

63 Marcelo Oliveira, preocupado com a pressão do Mineros, reforça o sistema de defesa.

64 Charles erra passe na meiuca.

65 AMARELO. Mena

66 Marquinhos vai à linha de fundo e cruza buscando Damião. Defesa local afasta o perigo.

67 Times reduzem a velocidade.

68 TROCA. Ángelo Peña x  Luis Guerra

69. Damião passa a Alisson, que finaliza de canhota pra boa defesa de Romo.

70 Alisson cruza, Leandro Damião tenta finalizar, mas é travado por Machado.

71 Torcida do Mineros, embora pequena, está animada

72 Mineros de Guayana chega com perigo e Ceará afasta o perigo.

73 Guerra chega com perigo, mas é travado por Leo Simões.

74 TROCA. Ebby Perez x Romer Rojas

74’30” Marquinhos cobra falta buscando Leo Simões, Romo corta.

75 Leo Simões comete falta de ataque.

75’30” Leandro Damião recebe bola entre os beques, mas, or Machado.não consegue chutar.

76 AMARELO. Paulo André

77 Vallenilla faz cruzamento e Léo afasta perigo.

78 PRESSÃO. Mineros cruza várias bolas e provoca situações de perigo.

79 Leo Simões desfaz jogada de ataque do Mineros.

80 Rojas perde a bola e Charles arma contrataque, que só rende um lateral pro time celeste.

81 Cruzeiro segura bola no campo de ataque.

82 GOL. Mena tabela com Alisson, incade a área pela esquerda e cruza rasteiro. Machado tenta cortar, mas erra, bola sobra pra Marquinhos que a empurra pra rede. CRUZEIRO 2×0.

83 LÍDER. Com o gol de Marquinhos, o Cruzeiro assume a liderança do Grupo 3.

84 TROCA. Arnold López x Alberto Cabello

85 TROCA.  Alisson x Judivan

86 Marquinhos tenta jogada ofensiva, mas fica só na tentativa mesmo.

87 Falta para o Mineros de Guayana, Blanco bate de longe para fora.

88 BARBANTINHO. Guerra faz boa jogada individual, mas desperdiça o lance por não soltar a bola.

89 PERDEU. Ceará chuta em cima de um jogador do Mineros e o time negroazul quase chega.

90 Cruzeiro tenta esfriar o jogo, com passes curtos.

91 Falta perigosa pro Mineros, na entrada da área celeste.

91’30” DEFESAÇA. Jiménez cobra e Fábio faz ótima defesa.

92 FIM de jogo.

MELHOR DO JOGO, segundo comentaristas do PHD => Marquinhos [20], Leandro Damião [8], Charles [6], Leo Simões [5], FÁBIO [4], Mena, Willian Farias [1].

NÚMEROS: Passes: Cruzeiro 352×259. Chutes a gol: Cruzeiro 19×13. Chutes no alvo: Cruzeiro 7×3. Precisão dos passes: Mineros 78% x 72% Cruzeiro. Posse de bola: Mineros, 55%. Escanteios: Cruzeiro 4×2. Impedimentos: Mineros 5×2. Faltas: Cruzeiro 21×17. Cruzamentos: Mineros 24×17.

MARCELO OLIVEIRA: Hoje nos marcamos mais isso é uma exigência do futebol. Vamos viajar durante toda a noite, os jogadores vão descansar e sábado vamos fazer um trabalho curto”

MINEROS 0×2 CRUZEIRO, 19mar15, quinta-feira, 22h15. TEMPO nublado, temperatura 27º, vento 12 Km/h, umidade 65%. LOCAL: CTE Cachamay (41 mil), Puerto Ordaz, Ciudad Guayana, Venezuela. MOTIVO: 3ª rodada do Grupo 3 da Libertadores 2015. TRANSMISSÃO: SporTV. PÚBLICO: 10.000 (estimativa). ARBITRAGEM: Carlos Vera, Christian Lezcano e Carlos Herrera, equatorianos. AMARELOS: Leandro Damião, Paulo André, Mena (C). GOLS: Leandro Damião (cabeça), 11, Marquinhos (pé esquerdo), 82. MINEROS: Rafael Romo; Luis Vallenilla, Julio Machado, Edixon Cuevas e Gabriel Cíchero; Anthony Matos, Ángelo Peña (Luis Guerra), Edgar Jiménez, Ebby Pérez (Rojas); Richard Blanco e James Cabezas. T: Antonio Franco (interino). CRUZEIRO: Fábio; Mayke (Ceará), Leo Simões, Paulo André e Mena; Willian Farias e Henrique; Marquinhos, Arrascaeta (Charles) e Alisson (Judivan); Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira. HISTÓRICO. Foi o 1ø jogo entre os dois times.