Sem limites

Por SÍNDICO | Em 13 de fevereiro de 2017

RODRIGO CAPELO, na revista Época, em 10fev17:

O FUTEBOL SEM LIMITES

A primeira grande contratação do Cruzeiro em 2017 foi Thiago Neves. De volta ao Brasil após três temporadas no Oriente Médio, badalado pelas boas campanhas que fez no Fluminense e no Flamengo na última década, o atleta, como você pode supor, não é dos mais baratos do país. O clube não teve de desembolsar para comprar os direitos econômicos do meia, visto que ele se desligou do ex-time Al Jazira e alegou ter levado um calote, mas a remuneração dele está em torno de R$ 800 mil por mês. As finanças do clube celeste vão dar conta? A realidade é que ninguém pode cravar essa resposta com segurança. O Cruzeiro não trabalha com orçamentos.

Montar um orçamento é uma das práticas mais básicas de um departamento financeiro – até no futebol. Os responsáveis projetam quanto vão arrecadar com cada fonte de receita, entre televisão, patrocinadores e estádio, e calculam quanto vão gastar. Aí entram salários e gastos administrativos. Tudo o que sai do caixa. No fim do cálculo ainda aparecem as despesas financeiras com juros, impostos não pagos, acordos, enfim, os custos com dívidas acumuladas no passado. Se o resultado ficar azul, ótimo, haverá dinheiro para investir. Se ficar vermelho, empréstimos terão de ser tomados ou atletas terão de ser vendidos. O Cruzeiro não tem ideia de nada disso.

ÉPOCA procurou os clubes mais populares do país e pediu a eles os orçamentos para 2017. O Cruzeiro, por meio de sua diretoria de comunicação, afirmou que o clube “não divulga os números de orçamentos”. No Brasil há clubes que publicaram os documentos espontaneamente em seus sites oficiais – Flamengo, Internacional, Grêmio. Há clubes que, após o contato da reportagem, enviaram os números sem colocar restrições – Palmeiras, Atlético-MG, Botafogo. Já o Cruzeiro alegou que por “normas” da casa não abre o orçamento, na íntegra ou parcialmente. Não é verdade. ÉPOCA ouviu de dois interlocutores da direção que o time mineiro nem sequer tem um.

Não que a existência de um orçamento blinde o clube de problemas nas finanças. Na verdade, os brasileiros têm uma série de vícios: superestimar receitas, subestimar despesas, apostar que dezenas de milhões de reais entrarão com transferências de atletas. Mas um planejamento é ao menos um parâmetro. Uma base. Na hora em que o empresário trouxer uma proposta para que o clube pague R$ 800 mil por mês a, digamos, Thiago Neves, os departamentos financeiro e de futebol terão uma noção do impacto que a contratação e os salários causariam nas contas do time. Some a isso os fatos de o Cruzeiro ter uma das folhas salariais mais altas do futebol brasileiro e uma dívida que mais do que dobrou em cinco anos, e o resultado da falta de planejamento pode ser catastrófico.

Pra mim, nenhuma novidade. Há 5 anos, venho repetindo essa ladainha da falta de planejamento e de rumos do Cruzeiro.

Se o Cruzeiro conseguir chegar vivo a 2019, o próximo presidente terá de ser um bombeiro. E por muito tempo.

Susto

Por SÍNDICO | Em 13 de fevereiro de 2017

Vitória do Volta Redonda sobre o Vasco por 1×0 assustou Mano Menezes, a diretoria e a maior parte da torcida celeste.

O regulamento favorece bastante ao Cruzeiro, que pode até empatar pra avançar na Copa do Brasil. Mas como futebol é a tal caixinha de surpresas…

Importante é que o time está embalado e trabalhando sério pro jogo. Deve passar de fase. Mas e se não passar?

Se não passar, paciência, faz parte do jogo. E tem competição a dar com pau este ano. Perde-se uma, avança-se em outras. E vida que segue.

Revelados os verdadeiros analfabetos

Por SÍNDICO | Em 13 de fevereiro de 2017

Durante a campanha eleitoral para a Prefeitura, cruzeirenses-petistas defenderam o voto franga argumentando que misturar política com futebol era sintoma de analfabetismo político.

Pois bem, ontem, a Prefeitura de BH levou 500 crianças indefesas pra torcer pelo time do Prefeito. Com dinheiro de impostos de cruzeirenses, americanos etc. E, agora, quem é mesmo analfabeto político?

Matheus Penido: “Foi uma surra!”

Por SÍNDICO | Em 12 de fevereiro de 2017

MANO MENEZES: Temos que saber analisar os jogos fora de casa, que têm características diferentes. Fomos bem como equipe e por isso construímos o resultado. A diferença maior foi no 1º tempo, quando a equipe encontrou espaços e variou bastante o posicionamento, dificultando muito pro adversário fazer o encaixe de marcação. O 3×0 praticamente definiu o jogo. Administramos, mas não abrimos mão de querer ampliar. No 2º tempo, mesmo baixando o ritmo, colocamos duas bolas no poste. Temos que entender cada jogo pra construir as vitórias. Fico contente por conseguirmos fazer isso com os dois grupos de jogadores. Respeito muito as equipes do interior, que trabalham com investimento abaixo da nossa, mas têm postura e profissionais de respeito. Encaramos o Mineiro exatamente desta forma. Se nós pudermos fazer mais gols, por competência, vamos fazer. O respeito que se deve ter é exatamente o de fazer o melhor em cada partida.

HENRIQUE: A evolução é jogo após jogo. No primeiro se tem mais dificuldades e erros, depois tudo melhora. Vamos crescendo como um todo, cada dia mais, pra alcançarmos as conquistas.

ALISSON: Estou tentando aproveitar as oportunidades da melhor maneira possível. Temos um grupo de muita qualidade. Quem entrar em campo vai se doar, do jeito que estou fazendo. Essa é a cara do Cruzeiro.

ERNESTO ARAUJO, comentarista do PHD: Estou achando ótimos esses jogos menos complicados (à exceção do clássico) para que o Mano possa avaliar técnica e taticamente o elenco. Não estou iludido com os resultados pois as reais dificuldades só virão mais adiante. Mas pelo menos o pessoal vai entrosando e trabalhando com a bola em situações reais.

MAURO FRANÇA, comentarista do PHD: Sobis foi o melhor, não só pelos gols, mas sobretudo pela intensidade, movimentação e participação nos lances de ataque. Destacaram-se também Ezequiel, que fez ótimo 1º tempo, Robinho, Arrascaeta e Diogo Barbosa.

MATHEUS PENIDO, comentarista do PHD: Foi uma surra: 4 gols, 3 bolas na baliza e boas defesas de Gideão. Chocolate legítimo.

CLAUDINEI VILELA, comentarista do PHD: Sobis, obviamente, foi o melhor do jogo. E quem discordar é clubista, coxinha, mortadela ou vive numa varanda gourmet.

Sobis e Ezequiel quase perfeitos

Por SÍNDICO | Em 12 de fevereiro de 2017

Quem foi o melhor de TUPI 0x4 CRUZEIRO, neste 11fev17sab16h30, no Mário Helênio, Juiz de Fora, pela 3ª rodada do Mineiro 2107?

TORCIDA CELESTE compareceu em bom número, apoiou o time e sugeriu a convocação de Robinho ao técnico Tite do escrete canarinho.

RAFAEL fez um defesaça e várias sem muita dificuldade.

EZEQUIEL marcou, atacou e serviu pra gol. Ótima atuação. 

LEO fez gol e não cometeu erros na defesa. 

CAICEDO não cometeu erros. 

BARBOSA, desinibido, jogou como se fosse dono da posição há tempos. Outra boa atuação. 

FABRÍCIO esforçou-se pra mostrar serviço e não comprometeu.

HENRIQUE teve atuação segura, tanto na marcação quanto no apoio.

CABRAL com boa saída de bola e bons passes, foi eficiente como sempre.

ROBINHO fez um gol e criou boas jogadas. Só não cooperou muito no trabalho de marcação. 

ARRASCAETA mandou bola na baliza, criou boas jogadas, só faltou marcar gol. 

ALISSON dedicou-se bastante, buscando jogo, atacando e recompondo quando necessário. 

SOBIS foi o nome do jogo, com dois gols e intensa participação nas ações ofensivas. 

ELBER entrou com vontade de mostrar serviço e não desanimou, mesmo com o time já em fase de administração do jogo. 

RAFINHA, voluntarioso, ms sem tempo pra mostrar serviço.

MANO mandou a campo sua força máxima e venceu. Como era de se esperar.

CRUZEIRO escapou de tomar um gol no começo do jogo e, a partir daí, moeu o time carijó. 

TUPI teve uma chance, perdeu e se perdeu depois. Nunca houve um Tupi tão fraco como esse. Deu dó.

ÁRBITROS não atrapalharam o jogo.

  • SOBIS [[[17]]] Ge, Bitencourt, Ccc, Beth, Arcanjo, Lunardi, Nascimento, Vilela, Marcoalex, Selagoas, Velloso, Chaves, Gil, Diogo, Chiabi, França, Gonçalves. —– EZEQUIEL [[[10]]] Velame, Olivieri, Anchieta, Dovalle, Dias, Clemenceau, Morato, Burian, Rossi, Síndico. —– ROBINHO [[[4]]] Talentim, Aloisio, Rocha, Dudu.

Tupi 0x4 Cruzeiro: Fácil demais

Por SÍNDICO | Em 11 de fevereiro de 2017

CRUZEIRO contra o Tupi, neste 11fev17san16h30, no Mário Helênio, Juiz de Gora, pela 3ª rodada do Mineiro 2017.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 3º, com 6 pontos; Tupi, o 8º, com 1 ponto.

CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Leo, Manoel (Caicedo), Barbosa — Henrique, Cabral — Robinho, Arrascaeta, Alisson — Sobis. T: Mano Menezes.

BANCO: França, Lucão, Bryan, Fabrício, Mayke, Elber, Hudson, Romero, Lucassilva, Rafinha, Raniel, Ábila.

AUSENTES: Fábio, Dedé, Marcos Vinícius, Judivan, Manoel, Cerqueira, lesionados, Thiago Neves, sem inscrição no BID.

PENDURADOS: Ninguém.

TUPI: Gideão — Euller, Elivelton, Edmário, Bruno Santos — Marcel, Bonilha, Juninho, Carlos Jr; Matheus Pato, Flávio Caça-rato. T: Eder Bastos.

BANCO:  Paulo Henrique G, Lucas L, Fernando Fernandes, B, Dieguinho L, Emerson Guioto V, Leandro Ferreira V, Ruan Teles M, Jeferson A, Odilávio A, Sávio A, Jajá A.

AUSENTE: Thiago André, lesionado.

PENDURADO: Bruno Santos.

ARBITRAGEM: Renato Cardoso Conceição, Magno Arantes Lima, Frederico Soares Vilarinho (MG)

TRANSMISSÃO: SporTV (menos MG), Premiere e PFCI, com Jaime Jr e Henrique Fernandes.

O JOGO

TUPI 0x4 CRUZEIRO, 11fev17sab16h30. TEMPO ensolarado, temperatura 29º, vento 18 Km/h, umidade 58%. LOCAL: Mário Helênio (10 mil), Juiz de Fora. MOTIVO: 3ª rodada do Mineiro 2017. TRANSMISSÃO: SporTV e Premiere. PÚBLICO: 5.406 pagantes, 6.037 presentes, R$128.160, média R$24. ARBITRAGEM: Renato Cardoso Conceição, Magno Arantes Lima, Frederico Soares Vilarinho (MG). AMARELOS: Leo, Barbosa, Marcel, Carlos. CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Leo, Caicedo, Barbosa (Fabrício) — Henrique, CabralRobinho, Arrascaeta (Elber), Alisson (Rafinha) — Sobis. T: Mano Menezes. TUPI: Gideão — Euller, Elivelton, Edmário, Bruno Santos — Marcel (Leandro Ferreira), Bonilha, Juninho (Sávio), Carlos Jr; Matheus Pato, Flávio Caça-rato (Jajá). T: Eder Bastos.

HISTÓRICO: Foi o 64º Cruzeiro x Tupi. O Cruzeiro venceu 42, empatou 16, perdeu 6, marcou 150 gols, sofreu 49. Desde 1958, pelo Mineiro, em 48 jogos, o Cruzeiro venceu 34, empatou 12, perdeu 2. Em Juiz de Fora, houve 32 confrontos. O Cruzeiro venceu 17, empatou 10, perdeu 4. Os dois clubes jamais decidiram um título entre si.

2ª Mineiro: Franga, Uber, Cruzeiro, Meca

Por SÍNDICO | Em 11 de fevereiro de 2017

CRUZEIRO 2×1 TRICORDIANO, 05fev16dom17h, 2ª Mineiro 2017, Mineirão (60 mil), BH, 4.612 pag, R$108.204. ARBITRAGEM: Antônio Marcio Teixeira, Márcio Eustáquio Santiago, Helen Araújo (MG). AMARELOS: Robinho, Felipe. GOLS: Ábila, 19, Carrara, 71, Ábila, 86. CRUZEIRO: Rafael; Mayke, Leo, Caicedo, Bryan; Hudson (Alisson), Romero; Rafinha, Raniel (Robinho), Elber (Arrascaeta); Ábila. T: Mano Menezes. TRICORDIANO: Marcão, Marcelo Tchê, Wescley, Augusto, Renan Luís; Rodrigo Paulista, Leo Bartholo, Luis Felipe, Leo Cordeiro; Dinélson (Carrara); Rodriguinho (Vieira). T: Edinho.

AMÉRICA-TO 0x0 TUPI, , 05fev16dom17h, 2ª Mineiro 2017, Nassri Matar (4 mil), Teófilo Otoni, 3.856 pag, R$52.560. ARBITRAGEM: Felipe Lima, Breno Rodrigues, Augusto  Ramos. AMARELOS: Santos, Ruan. AMÉRICA-TO: Marcelo Carné, Gleisinho, Vinícius Gaúcho, Diego Rosa, Bruno Barros; Kalu, Deyvison (Edinho), Luizinho, Vieira (Somália); Leandro Cruz (Ramon), Pedrinho. T: Marcelo Buarque. TUPI: Gideão, Euller, Elivelton, Edmário, Bruno Bastos; Marcel; Bonilha, Juninho (Odilávio), Carlos Jr (Sávio); Matheus Pato, Flávio Caça-Rato (Ruan Teles). T: Eder Bastos.

TOMBENSE 0x3 ATLÉTICO-MG, 05fev16dom17h, 2ª Mineiro 2017, Soares Azevedo (10 mil), Muriaé, 5.041 pag, R$164.200, gols Danilo, 4 e 44, Otero, 59. ATBITRAGEM: Ronei Alves, Celso Silva, Leandro Salvador (MG), AMARELOS: Fred, Carioca, Jonathan, TOMBENSE: Darley; Gedeílson, Wellington Carvalho, Matheus Lopes, Ronan (André); Natan, Pedro Castro (Lucas Mineiro), Jonathan, João Paulo; Alex Gonçalves (Matheus Henrique), Daniel Amorim. T: Raul Cabral. FRANGA: Giovanni; Rocha, Felipe, Gabriel, Fábio Santos; Carioca, Yago (Ralph), Cazares, Danilo (Carlos Eduardo); Pratto, Fred (Otero). T: Roger Machado.

CALDENSE 1×0 VILLA NOVA, 03fev17sab16h30, 2ª Mineiro 2017, Ronaldo Junqueira (7 mil), Poços de Caldas, 1.143 pag, R$20.340, gol Estevam, 99. ARBITRAGEM: AMARELOS: Paulovitor, Zambi. CALDENSE: Negueti; Hélio Baptista, Grafite, Marcelinho, Rafael Estevam; Mineiro, Álvaro, Ewerton Maradona (Leandro Oliveira), Cristiano (Edu); Zambi, Rafamar (Luiz Eduardo). T: Thiago Oliveira. VILLA: Fernando Henrique; Osvaldir, Gladstone, Lula, Bruno Ré; Luis Mario (Leandro), Jhonathan (Leandro), Tchô (Renato Kayzer), Paulo Vitor; Roni (Arthur), Felipe Augusto. T: Leston Jr.

UBERLÂNDIA 2×0 DEMOCRATA, 04fev17dom17h, 2ª Mineiro 2017, Parque do Sabiá (50 mil), Uberlândia, 5.701 pag, R$87.050, gols Viana, 61, Alagoano, 83 ℗. ARBITRAGEM: Emerson Ferreira, Felipe Oliveira, Samuel Silva (MG), UBERLÂNDIA: Thiago Braga, Rodney, Mauro Viana, Robinho, Vandinho; João Paulo, Alê, Bruno Moreno, Marco Goiano (Elivélton), Reinaldo Alagoano, Vanger. T: Paulo César Catanoce. DEMOCRATA: Luiz Fernando, Alan, Marcelo Bispo, Wellington, Gerley; Lenine, Moisés, Márcio Diogo, Thiaguinho (Andrey); Oliveira (Lourival), Dudu (João Figueiredo). T: Eugênio Souza.

AMÉRICA 0x0 URT, 04fev17dom17h, 2ª Mineiro 2017, Independência (23 mil), BH, 1.423 pag, R$12.275. ARBITRAGEM: Ricardo Marques Ribeiro, Douglas Costa, Filipe Santana (MG), AMARELO: Alan. AMÉRICA: João Ricardo; Auro, Messias (Makton), Rafael Lima, Ernandes; Blanco, Gerson Magrão, Tony, Matheusinho (Marion); Felipe Amorim (Mike), Hugo Almeida. T: Enderson Moreira. URT: Juninho; Modesto, Diego Borges, Rodolfo, Fábio Alves; Alan Dias, Jô, Cascata, Edmar (Jordan); Carlinhos (Gabriel Ceará), Marques (Thiago Brito). T: Rodrigo Santana.

LUGARES: 154.000. PÚBLICO: 21.776. MÉDIA: 3.629. OCUPAÇÃO: 14%.

Mariana Resende: “Um mês pro Lucas ser titular…”

Por SÍNDICO | Em 10 de fevereiro de 2017

SIDNEY LOBO, auxiliar técnico do Cruzeiro: O jogo começou truncado, pela maneira do adversário jogar, com marcação individual. A Chapecoense veio com time todo diferente, mas com proposta de jogo que dificultou nossa entrada na área. No início tivemos dificuldade, mas na sequência apresentamos variação de jogadas, passagens pela lateral, principalmente na esquerda. Na segunda parte, corrigimos alguma movimentação e crescemos. Fizemos boas jogadas e mais um gol, que coroou a equipe que procurou jogar. A equipe mostrou melhora nesse segundo jogo com esta formação, se soltou mais e nos deixou felizes.

JOÃO COSTA, comentarista do PHD: Gostei do jogo, mas, fiquei com a impressão de que nosso time esteve letárgico em alguns momentos, dando a entender que acreditava poder marcar o 3º e o 4º gols a qualquer momento. As boas novas do jogo: Mayke caminha, ou melhor, corre a passos largos para a titularidade. Marcou, apoiou, cruzou etc. Como manda o manual de um bom lateral. Caicedo não é ruim como muitos aqui anteciparam e pode formar uma excelente dupla com o ManWell. Lucas Silva não desaprendeu. Com mais um mês, se continuar entrando nos jogos, estará disputando uma vaga no meio de campo. Ábila é o cara! Não perdoa, mata. Podia ter feito mais, se tivesse um companheiro à altura no ataque. O menino Elber precisa de um psicólogo, alguém pra desafobá-lo.

MATEUS CHAVES, comentarista do PHD: Passem os coletes pro Mayke e pro Rafinha, pois eles já são titulares. Ezequiel e Alisson, obrigado mas tá na hora de dar aquela sentada no banco. Quanto ao Ábila, vai depender do adversário pra começar jogando. Com o time armado como está, eu ainda iria de Sóbis no lineup inicial. Foi mais um bom teste feito pelo Mano.

MARIANA RESENDE, comentarista do PHD: Bom demais ter o Lucas de volta! Dou 1 mês pra ele ser titular ao lado do Henrique.

ROMAROL, comentarista do PHD: Essa Primeira Liga é menos competitiva do que o Mineiro.

Rafinha, pela raça, Ábila, pelos gols, os melhores

Por SÍNDICO | Em 10 de fevereiro de 2017

Quem foi o melhor de CRUZEIRO 2×0 CHAPECOENSE, neste 09fev17qui21h45, no Mineirão, BH, pela 2ª rodada do Grupo C da Primaliga 2017?

TORCIDA CELESTE compareceu em pequeno número, mas fez barulho o tempo todo.

RAFAEL fez uma defesa difícil e outras protocolares. 

MAYKE, tranquilo na defesa, foi ao ataque, principalmente, depois que o técnico mandou Elber movimentar-se pra lhe dar passagem. E ainda chutou a gol, com qualidade.

MANOEL não teve trabalho não cometeu erros. 

CAICEDO jogou melhor do que na estreia, sem cometer falhas. 

BRYAN fez boa parceria com Rafinha, criando, pela esquerda, as melhores jogadas na etapa inicial.

FABRÍCIO entrou entusiasmado e apoiou bem o ataque. Na defesa, não teve trabalho.

HUDSON marcou bem, apoiou razoavelmente.

ROMERO não economizou energia.

LUCAS SILVA fez boa reestreia, jogando com desenvoltura –bons passes e chutes a gol com força e pontaria. 

ELBER esforçou0se bastante e deu passe pra gol, em seu melhor momento.

ALEX não comprometeu, mas também não brilhou. Faltou pegada. 

ARRASCAETA jogou pouco tempo, quando a partida já estava decidida e pouco pôde fazer.

RAFINHA correu o tempo todo, criando boas jogadas e marcando quem estava no seu raio de ação. 

ÁBILA fez dois gols, perdeu um. Bateu a meta.

LOBO fez as mexidas táticas que o jogo pedia e fez as trocas corretas.

CRUZEIRO precisou ter paciência pra furar o bloqueio e marcar seus gols. Jogou a vera o tempo todo e só não goleou porque desperdiçou várias oportunidades claras de ampliar o placar.

CHAPECOENSE armou-se pra não tomar gols, mas teve uma chance, na etapa final. E escapou de tomar pelo menos mais três gols. Prum time Sub23, até que a derrota foi com honra. O goleiro Tiepo foi o destaque, com várias defesas difíceis.

ÃRBITROS, discretos, não comprometeram o andamento da partida.

ÁBILA [[[18]]] Mineirão, Galerage, Bruno, Luizito, Barros, Palmeira, Maury, Morato, Wallace, Walterson, Schrier, Gil, João, Talentim, Giuseppe, Vilela, Dudu, Pedro —– RAFINHA [[[15]]] Bitencourt, Dias, Velloso, Rocha, Burian, Ernesto, Clemenceau, Chaves, Bastos, Anchieta, Marcoalex, Espigão, Penido, Ernesto, Paiva —– LUCAS SILVA [[[3]]] Barreto, Mano, Rossi —– MAYKE [[[2]]] França, Síndico —– CAICEDO [[[1]]] Ccc —– HUDSON [[[1]]] Evans —– ALEX [[[1]]] Polaco —– TIEPO [[[1]]] Fábio.

Cruzeiro 2×0 Chapecoense: Bastou ter paciência

Por SÍNDICO | Em 9 de fevereiro de 2017

CRUZEIRO contra Chapecoense, neste 09fev17qui21h45, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 2ª rodada da Primeira Liga 2017.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 1º, com 3 pontos; Chapecoense, a 3ª, com 1 ponto.

CRUZEIRO: Rafael — Mayke, Manoel, Caicedo, Bryan — Hudson, Romero — Elber, Alex, Rafinha — Ábila. T: Mano Menezes.

BANCO do Cruzeiro: França (G), Leo (B), Ezequiel, Edimar, Fabrício (L), Henrique, Cabral, Lucas (V), Arrascaeta, Raniel (M), Alisson, Sobis (A).

AUSENTES no Cruzeiro: Fábio, Dedé, Marcos Vinícius, Judivan, Ventura, lesionados, Rovinho, suspenso.

ARBITRAGEM: Daniel Nobre Bins,  Lúcio Beiersdorf Flor, Júlio Cesar Espinosa Freitas (RS).

CHAPECOENSE: Tiepo — Lucas Marques, Hiago, Vinícius,  Bussanelo — Scalon, Lucas Mineiro,  Bryan — Lourency, Perotti, Wesley Natã. T: Emerson Cris.

BANCO da Chapecoense:  Luiz Felipe G, Mateus Fauth L, Luiz Pedro B, Igor B, Gabriel Alemão B, Bruno L, Ronei V, Lima M, Alisson A, Japa A.

AUSENTES na Chapecoense: O técnico Vagner Mancini poupou todo o time titular que jogou 24 horas antes contra o Avaí, pelo Catarinense.

TRANSMISSÃO: SporTV 2, pra todo o Brasil, menos MG. Premiere, com Jaime Jr e Henrique Fernandes.

O JOGO

21h38 TIMES em campo. Cruzeiro com uniforme tradicional. Chapecoense com camisas brancas, calções e meias verdes.

21h40 HINO Nacional.

21h43 Gilvan de Pinho Tavares e o capitão Henrique entregam uma placa ao capitão da Chapecoense registrando a solidariedade do Cruzeiro aos catarinenses.

21h45 COMEÇA o jogo.

01 Lucas Mineiro recebe na direita, tenta passar por dois, mas comete falta em Bryan.

02 Cruzeiro troca passes no meio de campo

03 Lourency recebe lançaento longo de Bryan, fica de frente pro goleiro celeste, mas é atrapalhado por Bryan. Rafael fica com a bola.

04 ORGANIZADAS: Rapozama, FanatiCruz, Cachazeiros, Motozeiros, Rasta, Jovem, Máfia Azul, Pavilhão, Geral Celeste, China Azul.

05 Rafinha avança em velocidade pela esquerda, recebe pelo alto e cruza de prima. Bola lenta, defesa fica com ela.

06 PÚBLICO reduzido no Mineirão.

07 Romero lança Mayke em profundidade, mas exagera na força e abola sai pela linha de fundo.

08 ELBER está fazendo sua 100ª partida com a camisa celeste.

09 Alex recebe na área, domina de costas pro marcador, gira na força, mas chuta fraco. Tiepo defende.

10 BATUCADA feroz. Organizadas competem pra ver quem faz mais barulho.

11 Bryan recebe na ponta esquerda e cruza, Tiepo cata.

12 Busanello cobra falta da intermediária. Muito mal. Tiro de meta, Cruzeiro.

13 Bryan recebe na esquerda e procura Ábila, Hiago antecipa e corta pra lateral.

14 Chape marca forte, Cruzeiro trabalha pelas laterais.

15 Elber parte pra cima da marcação, mas perde para Busanello.

16 Jogo truncado, pouca criatividade, muitas bolas esticadas.

17 Natã divide com Romero e fica na horizontal.

18 Wesley recebe atendimento médico fora do gramado. Nada grave.

19 POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 75%.

19 QUASE! Rafinha domina na esquerda, olha prum lado, mas toca pra outro, deixando Bryan livre na grande área. Lateral cruza rasteiro, Ábila, pressionado na pequena área, desvia a bola, que tira tinta do poste esquerdo.

20 Rafinha recebe na ponta esquerdam cruza e ganha escanteio

21 Rafinha recebe na esquerda, leva pro meio e chuta buscando o canto direito. Tiepo espalma pra escanteio.

22 Tiepo cai e recebe atendimento. Nada grave.

23 Tudo bem com Tiepo. Recomeça o jogo.

24 Lucas Mineiro recebe na pontesquerda e cruza forte. Bola atravessa a área celeste.

25 Time principal da Chape perdeu, ontem, para o Avaí, por 3×0, pelo Catarinense.

26  Alex carrega pelo meio e é derrubado por Scalon.

27 AMARELO. Scalon, pela falta em Aex.

28  Bryan tabela com Rafinha, vai ao fundo e cruza. Bequeira da Chape corta pro alto, Elber disputa de cabeça. Tiro de meta, Chape.

29 Rafinha faz boa jogada na esquerda e cruza pra Ábila. Defesa da Chape corta.

30 Busanello ganha de Romero no meio, mas é derrubado por Hudson.

31 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 4×1.

32  Elber arranca pela direita e passa a Mayke, que faz o cruzamento. Ninguém alcança a bola.

33  Bryan avança pela esquerda e cruza à meia altura. Ábila tenta a finalizar de prima, mas não dá em bola.

33 Cruzeiro joga mais com Rafinha pela esquerda.

34 TORCIDA CELESTE empurra seu time, com mais batuque do que grito.

35 PÊNALTI. Rafinha recebe na esquerda, puxa pra dentro, invade a área da Chape e é empurrado por Wesley Natã.

36 AMARELO. Weskey Natã, pelo pênalti.

37  GOL. Ábila cobra com chute forte, alto, no canto direito. Indefensável. CRUZEIRO 1×0.

38 15º GOL de Ábila com a azul-estrelada, 1º na Primaliga.

39  Alex, de prima, aciona Ábila na esquerda, Tiepo deixa a meta e corta de carrinho na entrada da área.

40 Manoel entra no carrinho, pega a bola e o pé de Perotti, na meiuca.

41 Perotti recebe atendimento médico fora da cancha. Nada grave.

42 Recomeça o jogo.

43 Manoel sai pra arrumar a chuteira, mas volta logo.

44  HOMÔNIMOS. Bryan, da Chape, passa por Romero, mas é desarmado por Bryan, do Cruzeiro.

45 Busanello cruza da pontesquerda com perigo, Manoel rebate.

45+1 CRUZAMANTOS ERRADOS: Cruzeiro, 9×1.

45+2 Rafinha recebe inversão na esquerda, deixa de calcanhar para Bryan. , mas a defesa da chape fica coma bola.

45+3 FIM do 1º tempo.

INTERVALO

22h51 TROCAS. Natã x Japa, Scalon x Ronei.

22h52 COMEÇA o 2º tempo.

46 Mayke aciona Elber, que cruza rasteiro. Ábila tenta finalizar de prima, mas Guarapuava trava na hora certa.

47 Modificações devem deixar a chape mais ofensiva.

48 NA RISCA! Elber recebe lançamento e chuta na saída de Tiepo. Hiago corta em cima da risca.

49 DEFESAÇA. Mayke ganha dividida com Lourency e chuta cruzado. Tiepo cai e dá um tapa com a mão direita salvando gol.

50 Pressão do Cruzeiro neste início de 2º tempo.

51 DEFESAÇA. Mayke chuta da ponta direita, Tiepo espalma pra escanteio.

52 GOL. Elber lança, Ábila domina colocando na frente e toca por cobertura na saída de Tiepo. CRUZEIRO 2×0.

53 16º GOL de Ábila com a camisa do Cruzeiro, 2º na Primaliga.

54 5º GOL de Ábila na temporada.

55 Cruzeiro troca passes no seu campo de defesa

56 Mayke cruza pra Alex, que é bloqueado por Hiago.

57 Torcida celeste canta alto.

58 DEFESAÇA. Perotti recebe na entrada da área e chuta colocado. Rafael espalma, no rebote Lourency, na pequena área, chuta pra fora.

59 POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 64%.

60 Chape sai mais pro jogo do que na etapa inicial.

61 Rafinha recebe no meio, marcado por Ronei, que o derruba.

62 TROCA. Bryan x Fabrício.

63 Busanello dá um corte em Hudson e cruza. Bola passa por Lourency, que está impedido.

64 Lucas Silva vem aí!

65 TROCA. Hudson x Lucas Silva.

66 Japa tabela na direita, recebe na linha de fundo e cruza rasteiro. Antes de Perotti, Mayke aparece e manda pra corner.

67 Japa cruza da ponta direita e a zaga cruzeirense rebate para escanteio

68 Mayke dribla, tabela com Elber e deixa o companheiro livre na direita. O ponteiro cruza de prima, Guarapuava corta antes da chegada de Ábila.

69 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 9×4.

70 Lucas Silva lança Elber na área. O ponteiro tenta passar de prima pra Ábila, mas manda a bola nas mãos de Tiepo.

71 Cruzeiro joga na intermediária da Chape.

72 Perotti recebe lançamento, mas está na banheira.

73 Lucas Silva chuta da intermediária, bola sai pela linha de fundo.

74 Tiepo deixa área pra cortar lançamento de Lucas Silva, Mayke pega a sobra e tenta chutar de prima, mas sofre falta de Lourency.

75 Lucas Silva chuta longe. Tiro de metam Chape.

76 TROCA. Alex x Arrascaeta.

77 Lucas Mineiro chuta da intermediária, Rafael defende.

77 Ábila cai, após desarme de Hiago e recebe atendimento médico

78 Busanello acha Lourency livre na área, mas o atacante está de novo na banheira.

79 Fabrício ganha na força, invade a área pela esquerda e rola pra Rafinha, que tenta passe de calcanhar, se atrapalha, mas consegue finalizar. Bola bate no marcador.

79 OLHA o Lourency de novo na baheira!

80 Rafinha chuta dentro da pequena área, mas é bloqueado por Vinícius.

81 Busanello aparece pela esquerda, mas sofre fata de Romero.

82 CRUZAMENTOS ERRADOS: Cruzeiro 16×5.

83 Bryan cobra falta, bola passa longe de Rafael. Tiro de meta, Cruzeiro.

84 Lucas Silva cai pela direita e chuta de longe, ao seu estilo. Bola cai em cima do arco da Chape, Tiepo voa pra espalmar. Corner.

85 QUASE! Elber ganha disputa na direita e cruza rasteiro. Mayke deixa passar e Rafinha chuta da entrada da área. Guarapuava, de cabeça, salva a Chape.

86 PÚBLICO: 7.057 presentes, 4.834 pagantes, R$98.117.

87 Cruzeiro não sai do campo de ataque.

88 Fabrício estica pra Rafinha, que está impedido na esquerda.

89 TROCA. Bryan x Lima.

90 Duas belas defesas do goleiro da Chape! Romero puxa contrataque e deixa com Mayke na intermediária, O lateral chuta, Tiepo espalma,

91 Rafinha apanha o rebote, corta a marcação e chuta colocado. Tiepo espalma pra escanteio.

92 AMARELO. Romero, por falta na intermediária.

93 Cruzeiro é líder de seu grupo na Primaliga.

94 FIM de jogo.

CRUZEIRO 2×0 CHAPECOENSE, 09fev17qui21h45. TEMPO nublado, temperatura 22º, vento 10 Km/h, umidade 80%. LOCAL: Mineirão (60 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 2ª rodada, Grupo C, Primeira Liga 2017. TRANSMISSÃO: SporTV e Premiere. PÚBLICO: 4.834 pag, 7.057 pres, R$98.177, média R$20. ARBITRAGEM: Daniel Nobre Bins,  Lúcio Beiersdorf Flor, Júlio Cesar Espinosa Freitas (RS). AMARELOS: Romero, Scalon, Natã. GOLS: Ábila, 37 (P) e 52. CRUZEIRO: Rafael; Mayke, Manoel, Caicedo, Bryan (Fabrício); Hudson (Lucas Silva), Romero; Elber, Alex (Arrascaeta), Rafinha; Ábila. T: Sidnei Lobo / Mano Menezes. CHAPECOENSE: Tiepo; Lucas Marques, Hiago, Vinícius Guarapuava, Gabriel Buzanelo; Scalon (Ronei), Lucas Mineiro, Bryan (Lima); Lourency, Perotti, Wesley Natã (Japa). T: Emerson Cris / Vagner Mancini. HISTÓRICO: Foi o 9º Cruzeiro x Chapecoense. O Cruzeiro tem 4 vitórias, 3 empates, 2 derrotas, 16 gols a favor, 9 contra.