Rafael: “Tenho que dar crédito ao Robertinho”

Por SÍNDICO | Em 12 de março de 2019

PITACOS acerca do CRUZEIRO 2-0 TOMBENSE, no Mineirão, Belo Horizonte, 10mar19dom16h, 10ª rodada do Mineiro 2019:

MANO MENEZES: Fizemos um bom 1º tempo contra o Huracán, assim como fizemos bons 90 minutos contra o Tombense, pelo Mineiro, com outra equipe. Assim é a temporada. A hora é de crescer. Quanto aos goleiros, todo mundo sabe, que a gente só pode jogar com um, né? Partindo desse pressuposto, ou vai ser Fábio ou vai ser Rafael. Eu já tive a felicidade de ter os dois como titulares, gol do Marquinhos foi mal anulado, Eu vi o lance da minha posição. Não estava impedido, com certeza. Vejo pela movimentação dos jogadores, devido à experiência. Pra estar impedido numa situação de jogo como aquela, ele tem que estar parado à frente da linha. Mas os jogadores, inclusive Neves, fizeram a movimentação em velocidade, e a bola caiu à frente deles. Eles entraram depois da bola.

DAVID: Fiquei muito tempo parado, é difícil pegar o ritmo, mas só de não sentir mais dores, já fico muito feliz. Se o Mano precisar de mim, estarei pronto pra dar meu máximo e ajudar o Cruzeiro.

RAFAEL MONTEIRO: Estou feliz, vou guardar este jogo com muito carinho pela vitória, o time jogou muito bem, e feliz em poder fazer minha estreia este ano. Primeiro jogo este ano e ter ajudado a equipe a sair com a vitória, e pegando um pênalti ainda, foi muito bomTenho que dar muito crédito e agradecer muito ao Robertinho e ao Leandro, são dois caras excepcionais, nossos treinadores de goleiros. Vocês que acompanham na Toca sabem o quanto eles exigem de nós, e com certeza é isso. Faz com que estejamos na melhor condição para entrar em campo e fazer o nosso melhor.

CLAUDINEI VILELA: Gostei do jogo. Houve muita movimentação, chances de gols, belas jogadas. O time alternativo mostrou-se até bem mais entrosado do que eu imaginei. Fabruno foi bem defensivamente e no ataque mostrou também que é arma importante. Quase saiu o gol não fosse a boa intervenção do goleiro Felipe, que fez duas boas defesas. Dodô foi muito bem também, dando passe açucarado pro segundo gol, Lucas dominou o meio e o Rafael se fez boas defesas. Destaque negativo a contusão do TN10.

CELESTE CAMPOS: Rafael foi o melhor, mas o time foi muito bem no todo. David deu assistências, sofreu pênati e deixou o seu. Partida perfeita. Cabral, com menos responsabilidade na marcação, teve seus momentos de Gérson. O Fabrício Bruno pareceu confiante. Eu já me acostumei com o modo de trabalho do Mano. Tem o time na mão e parece ser muito bom de vestiário. É lá que o time começa a ganhar os jogos.

PEDRO GUERRA: O time estava bem mexido, tem que dar um desconto em função de desentrosamento. Lucas jogou abaixo do seus melhores dias, Dodô, um tanto quanto tímido (mas é bom jogador), Dedé pixotou, David está progredindo, Orejuela é habilidoso, técnico, mas precisa de uma chamada Mano, pois perde bolas que podem resultar em contra-ataques terríveis. Rafael, sensacional! Popó leva jeito para a profissão.

Rafael defendeu tudo; David foi o dono dos gols

Por SÍNDICO | Em 11 de março de 2019

ATUAÇÕES dos protagonistas do CRUZEIRO 2-0 TOMBENSE, no Mineirão, Belo Horizonte, 10mar19dom16h, 10ª rodada do Mineiro 2019?

TORCIDA CELESTE quase metade dos 11 mil presentes entrou de graça. Comparecimento ridículo, um pouco por conta da tempestade que se abateu sobre Beagá uma hora antes do jogo, em parte por conta da preguiça e da falta de compromisso do torcedor. O apoio ao time também não foi lá essas coisas…

RAFAEL fez quatro defesaças, inclusive a do pênalti bem batido por Juan.

OREJUELA atacou com frequência e razoável qualidade. Na defesa, também marcou razoavelmente.

DEDÉ cometeu duas falhas, uma delas burlesca ao tentar cabecear uma bola rasteira. Abusou dos esticões –ao menos três logo nos primeiros dez minutos, afora isto, a eficiência de sempre.

FABRUNO jogou bem, marcando fazendo coberturas e rebatendo.

DODÔ, após um primeiro tempo discreto, melhorou no segundo. Serviu para o segundo gol, após tabela com David. Na defesa, não comprometeu.

LUCAS foi o maestro. Protegeu a defesa, deu qualidade à saída de bola e apoiou com bons passes.

CABRAL formou ótima dupla com Lucas, distribuindo passes de alta qualidade e ajudando a marcar pela esquerda.

JADSON quase não participou do jogo na etapa inicial, jogando mais avançado. Na parte final, movimentou-se mais, aparecendo na armação pelo meio e na marcação.

NEVES jogou pouco mais de meia hora até sentir dores na panturrilha e sair. Até então, não havia feito grande coisa.

MARQUINHOS entrou na parte final do primeiro tempo, em ligar de Neves. Fez um gol mal anulado e cometeu um pênalti mal marcado. Foram seus lances de destaque.

DAVID sofreu pênalti e fez gol. Tentou outras jogadas, que não deram certo. Mas estas duas bastaram pra decidir a partida.

KAYZER entrou no jogo, como sempre, soltando fogo pelas ventas. Mas suas jogadas deram pouco resultado, tanto na direita, quanto na esquerda.

SASSÁ fez um gol de pênalti, perdeu outro e não deu sossego à bequeira tombense nas saídas de bola.

POPÓ estreou jogando pouco mais de quinze minutos, A bola se ofereceu uma única vez, na área adversária, mas ele não conseguiu o arremate. 

MANO montou o time possível nas circunstâncias e fez as alterações corretas. O time fez bom primeiro tempo e razoável segundo. No intervalo, brigou com o chefe da arbitragem, provavelmente, pra se prevenir de futuros prejuízos nas fases seguintes e decisivas do campeonato.

 CRUZEIRO fez um ótimo primeiro tempo, quando poderia ter resolvido a parada, não fosse um gol mal anulado. Perdeu gás na etapa final, mas levou o jogo com segurança até o fim. Jadson não funcionou substituindo Robinho, mas Lucas e Cabral mandaram no jogo e comandaram o time. Foram os melhores, embora o brilho maior tenha sido de Rafael, pelo pênalti defendido.

TOMBENSE foi muito tímido na etapa inicial, jogando o tempo todo na defesa. Na parte final, atacou, criou chances de gol e mostrou que pode mais do que a oitava posição que ocupa no momento. Juan, Bruno Ferreira, Felipe e Ortega foram os melhores. Ricardo Jesus esteve durante uma hora em campo, sem ver a cor da bola. E não foi por culpa dele.

ÁRBITROS mexeram no placar, anulando gol legítimo de Marquinhos Gabriel. O pênalti a favor do Tombense também não existiu. Erros comuns de arbitragem, mas que poderiam ser decisivos, caso o jogo estivesse parelho.

MelhorDoJogo => RAFAEL [[[22]]] Guerra, Clemente, Burian, Dulce, Seisaum, Matheus, Schrier, Toledo, Celeste, Clemenceau, Rocha, Walterson, Walery, Fernandes, Avelar, Rosan, Espigão, Tate, Muzzi, Cláudio, Bastos, Anchieta —– DAVID [[[11]]] Uol, Rezende, Nanayoski, Morato, Silvercan, Galvão, Setelagoas, Marcoalex, França, Barnabé, Dudu —– LUCAS [[[1]]] Síndico —– MANO [[[2]]] Beth, Chiabi.

Cruzeiro 2×0 Tombense: na luta, pelas vantagens

Por SÍNDICO | Em 10 de março de 2019

CRUZEIRO contra Tombense, neste 27jan18sab19h, no João Lamego Neto (10 mil), Ipatinga, pela 4º rodada do Mineiro 2018.

RANKING: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Tombense, o 56º, com 1.992.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 3º, com 16 pontos; Tombense, o 8º, com 9.

TEMPO nublado, temperatura 26º, vento 10 Km/h, umidade 72%.

TRANSMISSÃO: Globo pra Minas (menos para a região de Juiz de Fora), com narração de Rogério Corrêa e comentários de Bob Faria; Premiere, com narração de Jaime Jr, comentários de Henrique Fernandes e reportagens de Vinícius Eulálio.

ARBITRAGEM: Felipe Fernandes Lima, Guilherme Dias Camilo, Marcus Vinicius Gomes (MG).

CRUZEIRO: Rafael — Orejuela, Dedé, Fabruno, Dodô — Lucas, Cabral — Jadson, Neves, David — Sassá. T: Mano Menezes.

BANCO: Eudes, Edílson, Cacá, R Santos, Henrique, Ederson, Michel, Robinho, Marquinhos Gabriel, Popó, Kayzer.

AUSENTES: Raniel (lesionado), Fábio, Leo, Egídio, Rodriguinho, Romero, Fred (poupados)

PENDURADO: Egídio.

TOMBENSE: Felipe — Bruno Ferreira, João Victor, Reynaldo, Lincoln — Rodrigo, Lucas Sá — Ortega, Juan, Everton — Ricardo Jesus. T: Ricardo Drubscky.

BANCO: Paulo Victor G, L, Arthur B, Ralph B, JSantiago V, Matheus Claudino V, Trindade V,  Vander M, Edson A, Denílson A. Abner A.

AUSENTES: Bruninho e Marquinhos (suspensos).

PENDURADOS: Bruno Ferreira, David, Lincoln e Reynaldo.

CRUZEIRO 2×0 TOMBENSE, 10mar10dom16h. TEMPO nublado, temperatura 26º, vento 10 Km/h, umidade 72%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 9ª rodada, Mineiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 6.984 pagantes, 11.756 presentes, R$106.567, média R$15. ARBITRAGEM: Felipe Fernandes Lima, Guilherme Dias Camilo, Marcus Vinicius Gomes (MG); AMARELOS: Dedé, Jadson, Reynaldo. GOLS: Sas;a, 16 (p), David, 55. CRUZEIRO: Rafael; Orejuela, Dedé, Fabruno, Dodô; Lucas, Cabral; Jadson, Neves (M Gabriel, 36); David (Kayzer, 62), Sassá (Popó, 72). T: Mano Menezes. TOMBENSE: Felipe, Bruno Ferreira, João Victor, Reynaldo, Lincoln; Rodrigo, Lucas Sá (Vander, 80), Juan, Ortega (Abner, 85), Everton, Ricardo Jesus (Edson, 58). T: Ricardo Drubsky.

HISTÓRICO: 7 jogos. Cruzeiro venceu 5, empatou 1, pereu 1. Marcou 14, sofreu 6 gols. Os dois times jamais decidiram um título entre si.

Estaduais: o que dá pra ver no fds

Por SÍNDICO | Em 9 de março de 2019
  • Sábado, 9 de março de 2019: GUARANI 1×0 URT Waldemar Teixeira de Faria —– DEMOCRATA SL 0x2 UBERLÂNDIA Arena do Jacaré —– SERRANENSE 1×0 DEMOCRATA GV Arena do Calçado —– CAP UBERLÂNDIA 1×2 COIMBRA Parque do Sabiá —– PATROCINENSE 0x1 MINEIRO Pedro Alves do Nascimento —– JUVENTUDE 0x3 CAXIAS Alfredo Jaconi —– MIRASSOL 1×1 PALMEIRAS Campos Maia —– UBERABA 2×1 IPATINGA João Guido —– VASCO 1×1 FAMENGO Maracanã —– AMÉRICA 2×0 TUPYNAMBÁS Independência —– SÃO PAULO 1×1 FERROVIÁRIA Pacaembu
  • Domingo, 10 de março de 2019:  VILLA NOVA 1×0 CALDENSE Castor Cifuentes —– CRUZEIRO 2×0 TOMBENSE Mineirão —– BOA 4×1 TUPI Dilzon Melo —– CORINTHIANS 0x0 SANTOS Itaquera —– BAHIA 0x0 VITÓRIA Fontenova —– SANTA CRUZ 1×1 CSA Arruda —– CRICIÚMA 0x1 CHAPECOENSE Heriberto Hulse
  • Segunda, 11 de março de 2019: NAC. MURIAÉ 4x2AMÉRICA TO Soares de Azevedo —– NOVORIZONTINO  2-1 SÃO CAETANO Jorge Ismael de Biasi —– BOTAFOGO 2×1 MADUREIRA Engenhão.

Romero: “O principal foi o espírito de luta”

Por SÍNDICO | Em 9 de março de 2019

PITACOS acerca de HURACÁN 0-1 CRUZEIRO, Tomás Ducó, Buenos Aires, 07mar19qui19h, 1ª rodada, Libertadores 2019:

SIDNEI LOBO: Estrear numa competição como essa, com vitória, é pra poucos. Especialmente na Argentina. Desenvolvemos a a proposta de jogo nos treinamentos. Foi uma partida até certo ponto atípica por causa da chuva, que atrapalhou nossas pretensões de ficar com a posse da bola na 1ª etapa. Mas soubemos jogar. Nesta competição, é preciso estar preparado pras adversidades e foi o que aconteceu. A gente queria marcar o segundo gol, mas estava difícil. Eles nos empurraram, a pressão era natural. Colocaram mais um jogador de área dificultando ainda mais. A resposta do Mano foi brilhante. Colocou mais um zagueiro, fechou com três. A estratégia era essa. Gostaríamos de ter mais a posse, mas tínhamos um adversário jogando em casa, com a torcida empurrando.

LUCAS ROMERO: Estava todo mundo aqui: irmãos, amigos, família. Vieram apoiar. Em campo, o principal foi o espírito de luta. Infelizmente, o clima e a condição do campo não eram os melhores. Mas a gente trabalhou, se esforçou e tentou cuidar do resultado. Eles começaram a jogar bola na área e a gente lutou o máximo porque pra jogar estava difícil.

RODRIGUINHO: Feliz de ter feito meu primeiro na Libertadores.  Foi no momento certo, pois nos deu a vitória. Jogar aqui é difícil, a chuva atrapalhou, mas  são os três pontos e a tranquilidade pra continuar o trabalho. Nem nos meus melhores pensamentos, imaginava um começo como este no clube. Sou grato à diretoria que se esforço, à comissão e ao grupo que me receberam bem, me deixou em casa. Isso facilitou pra que eu me sentisse bem pra dar o meu melhorem campo.

CLAUDINEI VILELA: A última estreia com vitória do Cruzeiro fora de casa em Libertadores foi em 2001. Desta vez, o adversário foi um time argentino com muita força física, as condições s não eram ideais devido ao temporal, mas o Maior de Minas venceu. Apesar disto, “torcedores” azedos estão criticando o time. Esperavam o quê?  Vitória fácil? Utopia.

FERNANDO HENRIQUE: O 1º tempo mostrou que o time continua com o couro grosso. Dominou a cancha, o dilúvio e o ímpeto dos argentinos. O Cruzeiro já copou dois anos seguidos jogando esse manobol cabreiro, o time tem maturidade e consistência pra esse tipo de proposta: sofrer quando necessário e estocar na hora certa.

MAURO FRANÇA: Murilo fez uma partida correta, enfrentando a desconfiança (quase) geral. Mas praticamente todo o time jogou bem, individual e coletivamente, com muita dedicação e aplicação.

NATHEUS PENIDO: Há dez anos o Cruzeiro só apanha de argentinos, mas tem torcedor achando que se não venceu com folga o Huracán foi por culpa da burrice do Mano. Isso nem chega a ser empáfia, é simplesmente estultice.

ROMAROL: Com minha internet de 5 MB foi osso de assistir, porém, mais importante foi o resultado.

WAGNER CPM: Foram 320 mil assinantes do Facebook  conectados. Se explicarem melhor como acessar, na próxima vez a adiência vai aumentar.

Fábio, Robinho, Rodriguinho, Henrique, os bons

Por SÍNDICO | Em 8 de março de 2019

ATUAÇÕES dos protagonistas de HURACÁN 0-1 CRUZEIRO, Tomás Ducó, Buenos Aires, 07mar19qui19h, 1ª rodada, Libertadores 2019:

TORCIDA CELESTE compareceu e apoiou o time. Em torno de 300 fanáticos encararam a chuva e foram recompensados com uma excelente vitória.

FÁBIO fez duas defesaças no fim, que garantiram os três pontos. Bo decorrer do jogo, catou todas as bolas, fáceis ou difíceis. E sem jamais perder a tranquilidade.

EDÍLSON marcou bem e atacou algumas vezes, com segurança e bons lançamentos. O gol começou a ser construído com um passe dele.

LEO jogou pela direita da biqueira. Marcou, fez a cobertura da lateral, disputou bola pelo alto e por baixo, com sucesso, fez outra partida extraordinária, pela garra e inteligência. Só não precisava dar o pescoção em Barrios, que lhe rendeu um amarelo.

FABRUNO entrou na metade da etapa final, com a missão de disputar as áreas com Cháves e Barrios, o que fez com sucesso.

MURILO não se deixou intimidar pelos redialista malucos, que o perseguiram nos últimos jogos. Tranquilo, venceu quase todos os duelos por baixo e pelo alto. Ótima atuação.

EGÍDIO sofreu com Chimino, Roa e Gamba triangulando em seu setor. Quase não pôde atacar, pois recebeu ajuda insuficiente de Rafinha e Romero. Com a entrada de Cabral, contornou melhor os ataques dos quemeros.

HENRIQUE participou intensamente do jogo, aparecendo de uma área a outra. Coma bola nos pés nunca se complica, sem ela, se posicionou bem, dificultando a armação do Huracán, que diga-se não tem ninguém pra jogar com poucos espaços.

ROMERO empenhou-se bastante, como sempre, mas esqueceu-se de ajudar Egídio, que enfrentou os melhores do time adversário. Levou amarelo no fim da etapa inicial, ficou vulnerável, baixou o ritmo e foi substituído na etapa final.

CABRAL não entrou pra fazer estardalhaço, mas pra fechar o corredor esquerdo. E foi o que tentou fazer. No ataque, desperdiçou uma chance de arremate após jogada de Fred.

ROBINHO deu um passe de mestre pra Rodriguinho fazer o gol. Só este lance, que surpreendeu a defesa querem já bastaria pra colocado entre s melhores. Foi seu momento de inspiração. O resto foi aplicação pra tirar espaços do adversário.

RODRIGUINHO fez o gol, movimentou-se, criou alguns lances interessantes, mas perdeu gás e saiu pra que a defesa fosse reforçada.

RAFINHA lutou muito pra cercar Crimino e construir jogadas ofensivas. Na etapa final, perdeu força e foi até mais longe do que se imaginava, sendo substituído apenas nos minutos finais.

MARQUINHOS teve menos de dez minutos pra jogar e não jogou, pois a bola estava sempre a uns 50 metros dele.

FRED cumpriu papel importante, jogando como pivô e prendendo a defesa. Sem ele, a pressão teria sido maior. (Síndico) —– Jogou muito bem. Catimbou, tabelou com os meias e prendeu a zaga até o fim. (Marco Soalheiro)

MANO foi o artífice da vitória. Escalou corretamente e foi inteligente nas trocas. Fabruno entrou pra disputar pelo alto com Chávez e Barrios, Cabral pra auxiliar Egídio, que recebia escasso apoio de Romero e Rafinha e Marquinhos, porque Rafinha pregou. Radialista afoitos não entenderam suas opções, sinal de que são bastante distraídos.

CRUZEIRO enfrentou um time aguerrido, cujo forte é a jogada direita, sem escala na armação, e soube controlar a situação. Na etapa inicial, criou alguns bons lances, um deles aproveitado. Na parte final, teve duas oportunidades, mesmo com o adversário colocando mais dianteiros em campo e atraindo pro sufoco. Quem pediu show de bola tem razão pra ficar emburrado. Quem pedia os três pontos não tem de que reclamar.

HURACÁN foi um time voluntarioso, mas sem qualidade na construção de jogadas. Não trabalhou a bola no meio de campo, optando sempre pela moda direita e previsível. Os volantes marcaram bem, mas criaram jogadas mais refinadas pra Gamba e Barrios. A defesa esteve bem e o goleiro, quando exigido, não comprometeu. Os destaques foram Chimino, Gamba, pela direita, e o beque improvisado de lateral-esquerdo, Alderete.

ÁRBITROS não interferiram no placar. Faltou apenas um segundo amarelo pra roa, por falta repetida.

MelhorDoJogo => FÁBIO [[[17]]] Galvão, Chiabi, Márcio, Gonçalves, Ismail, Brasil, Viana, Walery, Dourado, Itamar, Morato, Rezende, Anchieta, Walfrido, Amaral, Lulu, Pedro —– ROBINHO [[[11]]] Vanda, Lauanda, Ge, Reis Olivieri, Schrier, Arreguy, Gil, Vasconcelos, Nanayoski, Diogo —– RODRIGUINHO [[[10]]] Sá, Victor, Albertim, Setelagoas, Bitencourt, Venâncio, Drummond, Bastos, Milani, Velame —– HENRIQUE [[[8]]] Penido, Joaquim, Zuloobas, Rocga, Albuquerque, Walterson, Rosan, Barnabé —– MURILO [[[6]]] Romarol, França, Guerra, Avelar, Wagner, Síndico —– LEO [[[1]]] Celeste —– FRED [[[1]]] Soalheiro —– EDÍLSON [[[1]]] Corleone —– MANO [[[2]]] Beth, Vilela…

Huracán 0x1 Cruzeiro: estreia positiva

Por SÍNDICO | Em 7 de março de 2019

CRUZEIRO contra Huracán, pela 1ª rodada do Grupo B da Libertadores 2019, no Tomaz Ducó, Buenos Aires, neste 07mar19qui19h.

CLASSIFICAÇÃO: 1ª rodada, com Cruzeiro, Huracán, Emelec e Lara zerados.

TEMPO à tarde: nublado, temperatura 26º, vento 16 Km/h, umidade 82%.

TRANSMISSÃO: Facebook, com narração de Teo José.

ARBITRAGEM: Diego Haro, Jonny Bossio, Jesús Sánchez (Peru).

CRUZEIRO: Fábio — Edilson, Leo, Murilo, Egídio — Henrique, Romero — Robinho, Rodriguinho, Rafinha — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO:

Rafael G, Eudes G, Orejuela L, Dodô L, Fabruno B, Lucas V, Jadson V, Cabral V, David A, Sassá A, Kayzer A, M Gabriel A..

AUSENTES: Dedé (suspenso), Neves, Raniel (lesionados).

HURACÁN: Silva — Chimino, Salcedo, Mancinelli, Alderete — Auzqui, Damonte, Rossi, Roa — Gamba, Barrios. T: Antonio Mohamed.

BANCO: Pellegrino G, Pablo Álvarez L, Araujo L, Pérez L, Sills V, Hernández M, Toranzo M, Mendoza M, Cordero A, Briasco A, Garro A, Chávez A.

AUSENTES: Ninguém.

HURACÁN 0x1 CRUZEIRO, 07mar19qui19h. TEMPO chuvoso, temperatura 22º, vento 14 Km/h, umidade 90%. LOCAL: Tomás Ducó (49 mil), Buenos Aires. MOTIVO: 1º rodada, Grupo B, Libertadores 2019. TRANSMISSÃO: Facebook. PÚBLICO: ARBITRAGEM: Diego Haro, Jonny Bossio, Jesús Sánchez (Peru). AMARELOS: Murilo, Leo, Rafinha, Egídio, Romero, Fred, Roa, Chimino. GOL: Rodriguinho, 29. HURACÁN: Silva; Chimino, Salcedo, Mancinelli, Alderete; Auzqui (Mendoza, 78), Damonte (Toranzo, 86), Rossi, Roa (Chávez, 74); Gamba, Barrios. T: Antonio Mohamed. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Leo, Murilo, Egídio; Henrique, Romero (Cabral, 70); Robinho, Rodriguinho (Fabruno, 75), Rafinha (M Gabriel, 88); Fred. T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 3 jogos, Cruzeiro venceu 1, empatou 1, perdeu 1, marcou 2 gols, sofreu 3. Os dois clubes jamais decidiram um títulos jogando entre si

Libertadores: Brasil em campo na fase de grupos

Por SÍNDICO | Em 6 de março de 2019

PRIMEIRO JOGO ÉPICO da Libertadores 2019 aconteceu nesta quarta: Concepción 5×4 Cristal. Os chilenos abriram 2×0, os peruanos empataram, os chilenos fizeram 4×2, os peruanos voltaram empatar. No último minuto, os chilenos fizeram o gol da vitória. A primeira do Concepción na história do torneio.

No Mineirão, as frangas apanharam de 1×0 do Cerro Porteño. Ontem, San José 0x1 Flamengo, em Oruro, e Tolima 1×0 Paranaense, em Tolima. Em Santiago, Palestino 0x1 Internacional, gol de Sobis. Em Barranquilla, Junior 0x2 Palmeiras e em Rosario, Central 1×1 Grêmio.

Amanhã, em Buenos Aires, no Palácio Ducó, tem Huracán x Cruzeiro. Os dois estão em débito com suas torcidas, Cruzeiro em 3º lugar no Mineiro, Huracán em 7º no Argentino. A transmissão, não custa repetir, será pelo Facebook.

Cruzeiro, Digi+ e os números pra lá de otimistas

Por SÍNDICO | Em 6 de março de 2019

CRUZEIRO deu,  nesta quarta, o pontapé inicial da parceria com a Digi+, conta virtual do Banco Renner.

O contrato de 5 anos renderá ao clube R$11 milhões e mais 50% dos lucros que o banco obtiver com as adesões à conta. 

O Cruzeiro informou ao banco possuir 10  milhões de torcedores e o banco estima conseguir 1 milhão de novas contas.

O número de torcedores é uma piada na qual todo cube finge acreditar. Dez milhões de verdade, se tanto, devem ter Flamengo e Corinthians. O Cruzeiro não tem a metade.

Quanto ao número de contas a serem abertas, faz parte do marketing o exagero. 

Semana 9: Sada Cruzeiro, hexa sul-americano

Por SÍNDICO | Em 5 de março de 2019

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 9 de 2019, por MAURO FRANÇA: 

SEGUNDA, 25FEV19. FOLGA do elenco. /// INSCRITOS na Libertadores: Fábio (1), Edilson (2), Leo (3), Murilo (4), Cabral (5), Egídio (6), Rafinha (7), Henrique (8), Fred (9), Thiago Neves (10), David (11), Rafael (12), Rafael Santos (13), Cacá (14), Ederson (15), Lucas (16), Raniel (17), Dodô (18), Robinho (19), M Gabriel (20), Sassá (21), Kayzer (22), Rodriguinho (23), Eudes (24), Fabrício (25), Dedé (26), Jadson (27), Orejuela (28), Romero (29), Popó (30). /// PLURI CONSULTORIA: entre 2008 e 2017, dos clubes brasileiro, Cruzeiro teve a 5ª melhor média de público e foi 6° em público total.

TERÇA, 26FEV19. REAPRESENTAÇÃO: treino técnico. /// DAVID faz fisioterapia em campo. /// HOMENAGEM. Mano recebe estatueta pelos 200 jogos no comando do time. /// REUNIÃO com organizadas pra esclarecer novas regras da Conmebol para jogos da Libertadores. /// SADA CRUZEIRO 3×2 UPCN (Argentina) (23/25, 18/25, 25/22, 25/20, 15/11). Sul-Americano, 1ª rodada, Arena JK, Beagá. Cruzeiro: Cachopa, Evandro, Filipe, Sander, Isac, Le Roux, Serginho + Sandro, Luan, Leozinho, Levi, Bauer. T: Mendez. Upcn: Hage, Cavanna, Bartman, Lazo, Stulenkov, Ramos, Salvo + Gomez, Bozikovich, Nielson, Martina. T: Armoa.

QUARTA, 27FEV19. TREINO fechado. /// APRESENTAÇÃO da equipe feminina. Elenco terá 23 jogadoras. Treinos serão no Complexo Esportivo Puc,  jogos no Sesc Venda Nova. /// COMISSÃO TÉCNICA do time feminino: Hoffman Túlio (técnico), Jorge Victor (auxiliar), Ubiratan Miranda (preparador físico), Fábio Fagundes (treinador das goleiras), Camilla Thome (massagista), Pandson Gutemberg (roupeiro). /// MARCONE BARBOSA, gerente de futebol: ‘’O investimento no time feminino é de R$1 milhão. O Cruzeiro está buscando parcerias e patrocinadores. Na medida em que houver essa captação o investimento pode aumentar. A ideia é fazer uma equipe com condições de disputar o título da Série A2”. /// SADA CRUZEIRO 3×0 REGATAS LIMA (25/13, 25/14, 25/14). Sul-americano, 2ª rodada Arena JK, Beagá. Cruzeiro: Sandro, Luan, Leozinho, Rodriguinho, Levi, Robert, Bauer. T: Mendez. Regatas: Paolo, Ruiz, Eduardo, Cardenas, Álvaro, Garcia, Nakamatsu + Bocanegra, Stucchi, Silva, Linder. T: Cordova.

QUINTA, 28FEV19. TREINO físico em campo e na academia. /// HENRIQUE tem contrato prorrogado até Dez20. /// EGÍDIO tem contrato prorrogado até Dez20. /// ADVERSÁRIOS do Cruzeiro no Grupo 5 do Brasileiro de Futebol Feminino A2: Taubaté, Aliança (GO), Cresspom (DF), Fluminense, Vasco.

SEXTA, 01MAR19. FOLGA do elenco. /// DIGI+confirmado como patrocinador  máster na camisa. Vídeo de lançamento vazou nas redes. /// LOGOS dos patrocinadores na camisa serão na cor branca. ///CAIXA pagou R$3 milhões referentes aos atrasados do patrocínio de 21018. /// SADA CRUZEIRO 3×2 OBRAS SAN JUAN (Argentina) (24/26, 22/25, 27/25, 25/23, 15/13). Sul-americano, semifnal, Arena JK, Beagá. Cruzeiro: Cachopa, Evandro, Filipe, Sander, Isac, Le Roux, Serginho + Sandro, Luan, Rodriguinho, Leozinho. T: Mendez. Obras: Sanchez, Herrera, Aschemacher, Carneiro, Melgarejo, Quiroga, Serramalera + Hermida, Godoy, Lloveras. T: Serramalera.

SÁBADO, 02MAR19. FOLGA do elenco. /// SADA CRUZEIRO 3×1 UPCN ARGENTINA (25/19, 25/18, 19/25, 25/16). Sul-Americano, final, Arena JK, Belagá. Cruzeiro: Cachopa, Evandro, Filipe, Sander, Isac, Le Roux, Serginho + Sandro, Luan, Leozinho, Levi, Bauer. T: Mendez. Upcn: Hage, Cavanna, Bartman, Lazo, Stulenkov, Ramos, Salvo + Gomez, Bozikovich, Nielson, Martina. T: Armoa. /// SEXTO título sul-americano, 4° consecutivo. 34° título em 39 finais de 44 torneios disputados desde 2010.  Conquista garantiu vaga no Mundial de Clubes. /// SANDER, eleito melhor; Rodriguinho e Isac entraram na Seleção do torneio.

DOMINGO, 03MAR19. REAPRESENTAÇÃO, à tarde, com treino técnico. /// MARQUINHOS e David treinaram normalmente. /// RANIEL segue tratamento. /// NEVES faz fisioterapia em campo. /// DETALHES do patrocínio máster serão divulgados em Buenos Aires. Superesportes adiantou que valor será de R$11 milhões anuais, por 5 anos, mais bônus or metas de adesões cumpridas à conta digital.