Eu sou Cruzeiro

Por SÍNDICO | Em 18 de julho de 2016

Eu sou Cruzeiro. Nas boas e nas más. Sempre na Série A. Mas se ele for pra B, C, D ou nenhuma, meu sentimento não muda. Eu sou Cruzeiro, não importa onde ele esteja.

Eu nunca votaria num jogador adversário numa enquete. Menos ainda num traíra. 

Eu apoio o time, mesmo que sua escalação não me agrade. Estou com quem vai pra luta.

Eu não peço a cabeça de técnico que esteja trabalhando honestamente. Não condiciono meu apoio aos cartolas que estejam de plantão. Critico, mas não trabalho contra.

Eu não levo a sério opiniões de jornalistas sobre meu time. Digam o que disserem, não vão me convencer nunca. Tenho minha cabeça e é com ela que penso. 

Eu corto qualquer despesa, menos a mensalidade comeu clube. 

E estarei no Mineirão no próximo jogo do Cruzeiro. Pra apoiar, jamais pra atrapalhar.

PS: E não quero nem saber das consequências: hoje, vou torcer pro Coxa esfolar a cloaca da Franga.  E não voto no Kaiu, nem pra prefeito da tupaquiurapiu!

Fábio, o melhor em Mesquita

Por SÍNDICO | Em 18 de julho de 2016

Quem foi o melhor de FLUMINENSE 2×0 CRUZEIRO, no Giulite Coutinho, Mesquita, pela 15ª rodada do Brasileiro 2016?

  • FÁBIO [[[22]]] GaleraGE, Bastos, Cláudio, Evans, Ccc, Sá, Morato, Viana, Rosan, Clemenceau, Velame, Carneiro, França, Milani, Anleite, Penido, Barros, Chaves, Wesley, Mariana, Mari, Síndico
  • RIASCOS [[[13]]] Cabrex, Maia, Vilela, Tury, Oliveira, Anchieta II, Novaes, Blank, Soalheiro, Fonseca, Geane, Gláucia, Campos
  • HENRIQUE [[[4]]] Fernando, Ramos, Danilo, Ivana
  • RAFINHA [[[3]]] Bitencourt, Barreto, Mano 
  • LEVIR [[[1]]] Mota

Fluminense 2×0 Cruzeiro: Fiascos, o jogador e o time

Por SÍNDICO | Em 17 de julho de 2016

CRUZEIRO contra o Fluminense, neste domingo, 17jul16, às 16, no Giulite Coutinho, em Mesquita, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 15º, com 15 pontos, Fluminense, o 11º, com 18 pontos.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 3º, com 14.064 pontos; Fluminense, o 10º, com 12.682.

TRANSMISSÃO: TV Globo para RJ, RS, MG (menos Uberaba), ES, AL, PB, PI, PA (Santarém), AM, RO, AC, RR e DF (com Luis Roberto, Júnior, Bob Faria e Renato Marsiglia) e Premiere (com Eduardo Moreno e Raphael Rezende).

ARBITRAGEM: Wilton Pereira Sampaio (GO), Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Boschilia (PR).

CRUZEIRO: Fábio — Lucas, Bruno Rodrigo, Bruno Viana, Edimar — Henrique, Bruno Ramires, Allano — Sobis, Ábila, Willian. T: Paulo Bento.

BANCO do Cruzeiro: Rafael, França, Ezequiel, Fabruno, Leo, Manoel, Bryan, Gino, Pisano, Allano, Riascos, Rafinha.

AUSENTES no Cruzeiro: Dedé, Mayke, Elber, Alisson, Judivan, Marcos Vinícius, Alex, Robinho e Marciel, lesionados; Arrascaeta, suspenso.

PENDURADOS no Cruzeiro: Henrique, Fábio, Bramires, Viana, Riascos, Romero, Willian e Mayke.

FLUMINENSE: Cavalieri — Jonathan, Gum, Henrique, William Matheus — Douglas, Cícero, Marcos Jr, Maranhão — Samuel, Richarlison. T: Levir Culpi.

BANCO do Fluminense: Júlio César (G), Iggor Julião (L), Ygor Nogueira (B), (Renato Chaves (B), Giovanni (L), Pierre (V), Marlon Freitas (V), Edson (V), Robert (M), Dudu (M), Osvaldo (A), Magno Alves (A).

AUSENTES no Fluminense: Gustavo Scarpa, lesionado; Wellington Silva, suspenso.

PENDURADOS no Fluminense: Jonathan e Maranhão.

FÁBIO, goleiro do Cruzeiro, completa, hoje, 700 jogos com a camisa estrelada.

O JOGO

15h54 TIMES em campo. Cruzeiro, com camisas brancas, calções e meias azuis; Fluminense, com uniforme tradicional.

16h56 HINO Nacional.

16h COMEÇA. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.

01 Richarlison desarma Henrique na meiuca, mas não consegue o contrataque.

02 Douglas para Allano, com falta.

03 BOA! Sobis chuta de canhota, bola sai rente ao poste esquerdo do arco tricolor.

04 Escanteio, Flu. Henrique cabeceia, Bruno Rodrigo corta.

05 Richarlison dribla Viana na área celeste, Bruno Ramires cede corner.

06 Allano comete falta em Richarlison. Escanteio de manga curta na direita.

07 GOL. Falta cobrada na esquerda, Henrique Flu cabeceia, Fábio salva milagrosamente, bola bate na perna de Bruno Rodrigo, Cicero, na pequena área, toca pra rede. FLUMINENSE 1×0.

08 FLUMINENSE começou pressionando, forçando o erro do Cruzeiro, que ainda não entrou no jogo.

09 Cruzeiro troca passes na defesa, tentando se acalmar.

10 Henrique cruza da direita, Ábila cabeceia, bola pra fora.

11 Jonathan despacha bola, com um bico, acabando com ataque celeste.

12 DEFESAÇA. Fábio sai aos pés de Richarlison e evita o segundo gol.

13 Sobis lança, Lucas cruza, defesa tricolor cede corner.

14 Edimar cobra corner, com pé trocado, Cavalieri tira de soco.

15 Douglas lança Richarlison, bola escapa pela linha de fundo.

16 Bruno Ramires derruba Cícero, parando armação de ataque tricolor.

17 Edimar comete falta em Jonathan na lateral esquerda celeste. Lá vem chuveirinho.

18 QUASE! Jonathan cobra falta na direita, Gum finaliza de ombro, bola por cima do arco celeste.

19 Edimar, da meiuca, joga bola na área tricolor, Cavalieri fica com ela.

20 CRUZEIRO é um time sem imaginação, que não sabe o que fazer quando tem a bola.

21 AMARELO. Sobis, por reclamação.

22 Edimar passa a Sobis, que devolve de calcanhar, pra lateral.

23 Jonathan cruza direita, Samuel domina na área, mas Henrique é quem fica com a bola.

24 PÊNALTI. Bruno Viana se escora, agarra e empurra em Marco Jr, dentro da área celeste.

25 GOL. Marcos Júnior cobra forte, com pé direito, no canto direito. Fábio cai pro lado oposto. FLUMINENSE 2×0.

26 Douglas enfileira dentro da área celeste e chuta rasteiro, Fábio defende.

27 Defesa celeste tenta sair jogando, entrega a bola pro Flu e tem de correr atrás dela.

28 Flu já marcou dois gols e perdeu outros dois, Cruzeiro ainda não criou problemas pra Cavalieri.

29 Cruzeiro troca passes no ataque, Flu está fechado e não se incomoda.

30 DEFESAÇA. Fábio, de novo, aos pés de Richarlison.

31 Ábila finaliza, pra fora.

32 Rafinha no aquecimento.

33 Lucas cruza direita, Henrique Flu manda pra corner.

34 Edimar cobra corner na direita, Bruno Rodrigo cabeceia pra fora.

35 AMARELO. Bruno Ramires, por voadora em Samuel, parando contrataque tricolor.

36 Flu trança bola de um lado pra outro, antes de jogá-la na área celeste. Edimar cede corner.

37 Fábio faz milagre em finalização de Richarlison, à queima-roupa. Bandeira marca impedimento do atacante tricolor.

38 Sobis cobra falta na esquerda, Richarlison corta pra corner.

39 Sobis cobra corner na esquerda, Ábila cabeceia, Cavalieri cede corner. Cobrança dá em nada.

40 Bruno Rodrigo…

41 Willian chuta de fora da área, Cavalieri defende.

42 ALLANO sente dores na perna.

43 TROCA. Allano x Rafinha.

44 Cruzeiro toca bola, defesa do Fluminense não abre espaços.

45 Dois minutos de acréscimos.

46 Willian chuta forte, da entrada da área. Bola passa por cima do travessão, com algum perigo pra Cavalieri.

47 FIM do 1º tempo. Atuação lamentável do Cruzeiro.

MARCOS JR: “Aqui é nossa casa. A torcida vem. Se eles nos apoiarem até o fim, vamos conseguir as vitórias.”

FÁBIO: “Não conseguimos jogar, colocar a bola no chão e fazer a transição com velocidade. As coisas fluíram pro Fluminense, que soube aproveitar.”

INTERVALO

17h05 OMEÇA o 2º tempo. Flu dá a saída.

46 BOA! Ábila recebe bola esticada, deixa Gum na saudade e chuta. Cavalieri espalma pra corner.

47 Edimar cobra dois escanteios, um de cada lado. Bruno Rodrigo e, depois, Bruno Viana cabeceiam, defesa cede corner em cada lance. A terceira cobrança dá em nada.

48 Bruno Ramires derruba Cícero na meiuca.

49 Bola na área celeste, Bruno Viana corta.

50 JÚNIOR, comentarista da Globo: “A participação dos laterais do Fluminense é muito maior do que ados laterais do Cruzeiro, que pouco aparecem pro jogo”.

51 DEFESAÇA. Sobis domina dentro da área e chuta forte, defesa corta. Na volta, Ábila finaliza, Cavalieri salva o arco tricolor.

52 AMARELO. Rafinha, por falta em Douglas.

53 Henrique lança Ábila na área tricolor, Gum manda bola pra corner.

54 Edimar cobre corner, Samuel manda pra corner.

55 PIPA no campo, jogo parado.

56 Recomeça o jogo.

57 Richarlison sobe no meio da bequeira celeste e cabeceia pra fora.

58 PIPA no campo, jogo parado. Cerol põe ser letal.

59 Recomeça o jogo.

60 Baterrebate na área celeste, Edimar tira a bola.

61 DEFESAÇA. Maranhão entra na área e solta uma bomba. Fábio defende.

62 Bruno Ramires derruba Samuel. Bruno Ramires derruba todo mundo que passa por perto.

63 Bola sobre a área celeste, Henrique cabeceia pra corner.

64 PERIGO! Maranhão cobra corner na direita, Henrique Flu cabeceia, Fábio encaixa.

65 Henrique lança Rafinha, William Matheus cede corner. Edimar cobra corner na direita, Cícero corta de cabeça.

66 Rafinha cruza direita buscando Ábila, defesa tricolor corta.

67 TROCA. Ábila x Riascos.

68 TROCA. Marcos Jr x Dudu.

69 Edimar desarma Richarlison, na meialua da área celeste.

70 TROCA. Jonathan x Igor Julião.

71 Sobis cruza direita, Cavalieri defende.

72 AMARELO. Edimar, por falta em Maranhão, na lateral esquerda.

73 Dudu cruza da direita, Gum cabeceia pra fora.

74 Samuel cruza da esquerda, Bruno Viana corta de cabeça.

75 Cruzeiro toca bola no ataque, até perdê-la num passe errado.

76 TÁ DESSE JEITO…Henrique mata no peito, passa a Sobis, que ajeita pra Willian, que passa pra ninguém.

77 Bola trabalhada no ataque celeste, Rafinha cruza direita, pra ninguém.

78 AMARELO. Riascos, por dar um bico na bola, insatisfeito com falta marcada na área tricolor.

79 TROCA. Lucas x Ezequiel.

79 Que fria, hem, Profeta?

80 Maranhão cai, sentindo joelho esquerdo.

81 Maranhão sai de maca.

82 TROCA. Maranhão x Edson.

83 SOBIS anda, acabou o fôlego.

84 Riascos faz fumaça na área tricolor. Defesa corta.

85 DIFÍCIL SABER. Será que este é o pior jogo do Cruzeiro em 2016?

86 AMARELO. Bruno Viana, por falta em Richarlison, na entrada da área celeste.

87 DEFESAÇA. Cícero cobra falta, Fábio voa e espalma, no canto esquerdo.

88 Bola alta na área celeste, Fábio cata no 2º andar.

88 FALTAS. Cruzeiro 16×15.

89 Riascos cruza da direita, Henrique Flu corta pra escanteio.

90 Cruzeiro ataca frouxamente. E, obviamente, nada acontece.

90 PÚBLICO. 8.381 pagantes, 9.681 presentes, R$263.285, média R$31.

91 Cavalieri repõe a bola com um chutão, defesa celeste passa aperto, mas tira bola da área celeste.

92 CERA. Richarlison cai na meiuca.

93 CABEÇA ERGUIDA. Máfia Azul faz festa em Edson Passos, apesar do péssimo jogo de seu time.

94 FIM de jogo. Fábio evitou uma goleada.

CAVALIERI: “Nossa equipe dominou, criou e chegou. Foi um passo importante, uma vitória importante. A equipe teve um volume físico muito grande. O fato de jogar perto da torcida também contou muito.”

BRUNO RODRIGO: “Tristeza. Com certeza, a gente queria um resultado diferente. Infelizmente, a gente não conseguiu muita coisa no jogo.”

SEM CULPA NA DERROTA. Não fossem as defesas milagrosas de Fábio, o Cruzeiro poderia ter terminado o 1º tempo em desvantagem maior. Mesmo no lance do primeiro gol, em que Cícero marcou no rebote, ele fez milagre no cabeceio de Henrique. Na etapa final, o Cruzeiro mudou completamente e foi ao ataque, com destaque pra Sobis. Mas foi pouco pra igualar o placar. (Globo Esporte, 17jul16)

FLUMINENSE 2×0 CRUZEIRO, 17jul16dom16h. TEMPO em Mesquita: Nublado, temperatura 22º, vento 11 Km/h, umidade 57%. LOCAL Giulite Coutinho (13 mil), Mesquita. MOTIVO: 15º rodada, Brasileiro 216. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 8.381 pagantes, 9.681 presentes, R$263.285, média R$31. ARBITRAGEM: Wilton Pereira Sampaio (GO), Fabrício Vilarinho da Silva (GO), Bruno Boschilia (PR). Amarelos: Sobis, Bramires, Rafinha, Edimar, Riascos, Viana (C). Gols: Cícero, 7, Marcos Jr, 25 (p). FLUMINENSE: Cavalieri; Jonathan (Igor Julião), Gum, Henrique, William Matheus; Douglas, Cícero, Marcos Jr (Dudu), Maranhão (Edson); Samuel, Richarlison. T: Levir Culpi. CRUZEIRO: Fábio; Lucas (Ezequiel), Bruno Rodrigo, Bruno Viana, Edimar; Henrique, Bruno Ramires, Allano (Rafinha); Sobis, Ábila (Riascos), Willian. T: Paulo Bento.

HISTÓRICO: Foi o 74º Cruzeiro x Fluminense. O Cruzeiro venceu 23, empatou 18, perdeu 33, marcou 100 gols, levou 115. Pelos brasileiros, desde 1959, foram 59 partidas. O Cruzeiro venceu 21, empatou 16 e perdeu 22, marcou 79, sofreu 80 gols. Os dois clubes jamais decidiram uma competição entre si, mas chegaram próximos no Brasileiro 2010, que o Flu conquistou com 2 pontos a mais que o Cruzeiro.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Campeonato Brasileiro: 56 participações em 60 campeonatos, 1.325 jogos, 578 vitórias, 355 empates, 393 derrotas, 1.960 gols marcados, 1.517 sofridos.

15ª BR: 40% do campeonato

Por SÍNDICO | Em 16 de julho de 2016

BOTAFOGO 3×3 FLAMENGO, 16jul16sab16h, 15º BR 16, Luso-brasileiro (15 mil), Rio

SANTOS 3×1 PONTE PRETA, 16jul16sab18h30, 15º BR 16, Belmiro (16 mil), Santos

AMÉRICA 0x3 SANTA CRUZ, 17jul16dom11h, 15º BR 16, Independência (23 mil), Beagá

INTERNACIONAL 0x1 PALMEIRAS, 17jul16dom16h, 15º BR 16, Beirarrio (50 mil), PoA

FLUMINENSE 2×0 CRUZEIRO, 17jul16dom16h, 15º BR 16, Giulite (13 mil), Mesquita

CORINTHIANS 1×1 SÃO PAULO, 17jul16dom16h, 15º BR 16, Itaquera (46 mil), Sampa

FIGUEIRENSE 1×1 CHAPECOENSE, 17jul16dom16h, 15º BR 16, Scarpelli (19 mil), Floripa

ATLÉTICO-PR 1×1 VITÓRIA, 17jul16dom16h, 15º BR 16, Baixada (42 mil), Curitiba

SPORT 4×2 GRÊMIO, 17jul16dom18h30, 15º BR 16, Retiro (35 mil), Recife

Segunda, 18 de Julho de 2016

20:00 ATLÉTICO-MG x CORITIBA – Independência (23 mil) – Beagá – Premiere, SporTV

LUGARES: 282.000.

Envelheci o time!

Por SÍNDICO | Em 16 de julho de 2016

BENTO convocou os seguintes gajos pro duelo contra o Flu, amanhã, no Rio: 

  • Fábio, Rafael, França, Lucas, Ezequiel, Brodrigo, Viana, Fabruno, Leo, Manoel, Bryan, Edimar, Cabral, Bramires, Gino, Henrique, Pisano, Allano, Rafinha. Sóbis, Ábila, Riascos, Willian.

EU escalo: 

  • Fábio — Lucas, Leo, Brodrigo, Edimar — Bramires, Henrique, Cabral — Rafinha, Ábila, Sobis.

Com média de idade de pouco mais de 29 anos, meu time tem como encarar mas altos e baixos de uma partida sem desmoronar.

E vc, tático e estratégico leitor, que time mandaria a campo? 

Desempate empatado

Por SÍNDICO | Em 15 de julho de 2016

O BENFICA está disputando um torneio no Algarve, Portugal. Como seu primeiro jogo terminou empatado, a disputa foi pros pênaltis e eis que acontece o inusitado. Cobrados dez, o placar ficou 3×3.

E zefini, nenhum chute a mais! O regulamento não previa cobranças alternadas. Foi assim que terminou a primeira disputa de pênaltis empatada na história do futebol.

Camisa não pesou, etiquetas não decidiram

Por SÍNDICO | Em 15 de julho de 2016

O Independiente DEL VALLE tornou-se o segundo finalista da Libertadores 2016, ao vencer o Boca Juniors por 3×2, em Buenos Aires.

Riquelme havia dito que esta seria a semifinal mais fácil da vida do Boca. Como se vê, não foi. A cena está mudando sm que o antigo meia se dê conta.

Chile, Portugal, Islândia, Gales, Irlanda, Irlanda do Norte, Equador e até arrasada Venezuela estão botando banca. Assim como Leicester, Audax e Del Valle.

Etiquetas já não desequilibram tanto. E aquela manjada história de camisa pesada só tá valendo um pouquinho, quase nada mesmo.

Cabe ao leitor quebrar a cuca e listar os novos fatores desequilibrantes do futebol…

BOCA JUNIORS 2×3 INDEPENDIENTE DEL VALLE, 14jul16qui21h45, volta da semifinal da Libertadores 2016, La Bombonera (49 mil), Buenos Aires, 49.000 espectadores. Árbitros uruguaios: Daniel Fedorczuk, Mauricio Espinosa, Miguel Nievas. Amarelos: Zuqui, Fabra, Cata, Caicedo, Mina. Gols: Pavón, 3, Caicedo, 25, Cabezas, 49, Julio Angulo, 50, Pavón, 90. BOCA: Orión; Jara, Daniel Cata Díaz, Insaurralde, Fabra; Pérez (Walter Bou, 62), Cubas (Benedetto, 53), Fernando Zuqui; Pavón, Tevez, Lodeiro. T: Guillermo Schelotto. DEL VALLE: Azcona; Núñez, Caicedo (Fernando León, 88), Mina, Ayala (Tellechea, 82); Orejuela, Rizotto (Jonathan González, 91), Cabezas, Sornoza; Julio Angulo, José Angulo. T: Pablo Repetto.

Ezequiel, um profeta na lateral celeste

Por SÍNDICO | Em 14 de julho de 2016

EZEQUIEL Jacinto de Biasi, lateral de 23 anos, revelado pelo Criciúma, com passagem pelo Braga, de Portugal, assinou contrato por 3 anos com o Cruzeiro.

Eleito melhor na posição no último Catarinense, ele se diz ofensivo, como seu ídolo Maicon, mas que não vai se descuidar de suas obrigações defensivas na linha de quatro.

Você, receptivo leitor, foi a Confins receber o garoto? Confia nele? Dar-lhe-ia (obrigado, Temer!) a camisa titular?

Não é nada disso!

Por SÍNDICO | Em 14 de julho de 2016

Idiotas me acusam de fazer campanha pela volta do Deivid. Idiotas não são bons interpretadores de textos. Idiotas vivem num mundo à parte, construído oligofrenicamente por eles mesmos.

A verdade é que eu não quero a volta do Deivid. Eu queria mesmo é que ele tivesse conseguido só 40% de aproveitamento e o Bento, 72%. Mas, como a fase não é boa, tá dando tudo ao contrário.

E lá se foi a última pomba…

Por SÍNDICO | Em 14 de julho de 2016

Saiu o primeiro finalista da Libertadores 2016. E lá se foi a última pomba brasileira. Em Medellín, Nacional 2×1 São Paulo, num jogo muito bom de se ver.

Não teve compactação, marcação alta, tiki-taka, jogo em 30 metros do campo, goleiro-líbero, marcação por zona em escanteio , centroavante-pivô e modernices afins.

Jogou-se um futebol clássico, com times espalhados pela cancha, jogadas de ponta, toque de bola objetivo, sempre em direção ao gol, principalmente, pelo lado do time colombiano.

Venceu o melhor, embora o tricolor não tenha jogado mal. Saiu-se até bem, mas não o suficiente pra tirar da frente o time que joga o melhor futebol da competição, desde a rodada inicial.

E, pra não perder a ensancha oportunosa, friso que o Campeonato Brasileiro não serve de parâmetro pra nada.

Os melhores de 2015, meio ano depois, perderam tudo que se meteram a disputar: estaduais, regionais e internacionais. Pra desgosto dos mesarredondistas e seus teleguiados.