O Relatório Medioli

Por SÍNDICO | Em 11 de janeiro de 2020

RECOMENDAÇÃO DE MEDIDAS IMEDIATAS NO CRUZEIRO

  1. Finalizar auditoria da BDO de 2018 e realizar a de 2019;
  2. Contratar a Kroll Investigação para apurar responsabilidades criminais e embasar recuperação de créditos, desvios, apropriações seguindo a fuga de divisas e valores;
  3. Contratar a EY nos moldes do Botafogo para conduzir o projeto de Clube Empresa e ordenar planejamentos e estratégias operacionais;
  4. Auditar todos os contratos de atletas de base e profissionais para determinar seus verdadeiros titulares;
  5. Inserir no estatuto a obrigatoriedade de auditoria internacional, contábil, financeira e operacional em todos os setores do clube;
  6. Preparar para um plano de recuperação financeira semelhante a recuperação judicial, até que o projeto de lei específico de recuperação judicial de clubes seja devidamente sancionado;
  7. Estudar, para fins de suporte financeiro emergencial, a participação de uma empresa SPE de prazo limitado de 24 meses capitalizada por investidores e torcedores;
  8. Estabelecer regras de contratação de Recursos Humanos (RH);
  9. Vetar a prática de nepotismo de conselheiros e dirigentes em qualquer setor do clube, ressalvados casos de relevante interesse, referendado pela Conselho;
  10. Estabelecer organograma que permita visualizar tarefas, responsabilidades, autonomia, poderes, fluxogramas e processos;
  11. Unificar o jurídico sobre uma única diretoria subordinada a presidência;
  12. Enxugar os quadros do clube mantendo 55% (295 funcionários), dos 533 funcionários contratados; reduzir a folha mensal administrativa de R$4,5 milhões para R$ 1,6 milhão; a folha de futebol dos atuais R$ 16,1 milhões para R$ 3,0 milhões; e limitar despesas administrativas e operacionais em R$1,1 milhão por mês, realinhando o orçamento para geração de superávit que permita amortizar as dívidas do clube;
  13. Adaptar o clube a uma realidade de Série B, esquecendo momentaneamente a Série A;
  14. Renegociar contratos e situação dos principais atletas;
  15. Renegociar o PROFUT (REFIS do futebol), apresentando compromisso de reorganização do clube;
  16. Regularizar e disponibilizar para venda os imóveis Barro Preto, Toca 1, Campestre 2 oferecendo-os a garantia de quitação de R$ 300 milhões de dívidas, mantendo-se Toca 2, Campestre 1 e Sede Timbiras;
  17. Venda de atletas valorizados para captar R$80 milhões que seriam usados para atender as principais dívidas de curto prazo garantindo a sobrevida do clube;
  18. Rever contrato da Adidas ou instituir marca própria seguindo a tendência dos clubes em fase de reestruturação (Bahia, Fortaleza, Coritiba e Ceará);
  19. A marca própria poderá acrescentar receitas de R$25 a R$30 milhões por ano em relação ao contrato da Adidas. Contrato este altamente desfavorável em relação a outros clubes firmados pela própria Adidas na Argentina, como por exemplo o Boca. Juniors e River Plate (na ordem de R$32 a R$40 milhões fixos por ano, mais participação nas vendas);
  20. Abrir uma tomada de propostas para concessão de uso da marca para peças de vestuários, sapatos, acessórios, academias, produtos variados como bebidas, alimentos e utilidades;
  21. Adotar parcerias estratégicas com clubes de menor porte para desenvolvimento atlético;
  22. Elaborar um plano estratégico de enfrentamento imediato, outro de longo prazo, que sinalize ao mercado e aos investidores um sério trabalho de redenção do clube atualmente execrado pela péssima administração.

66 comentários para “O Relatório Medioli”

  1. SÍNDICO disse:

    RADICALISMO necessário, mas não palatável para a craca, os caloteiros e os torcedores retrógados.

  2. SÍNDICO disse:

    NÚCLEO DIRIGENTE TRANSITÓRIO, responsável pela gestão do Cruzeiro desde o dia 23 de dezembro, divulgou nesta sexta-feira, 10 de janeiro, um balanço das atividades que vêm sendo feitas para a reestruturação do Clube. Neste curto período, incluindo o recesso de fim de ano, o núcleo de gestores vem tentando encontrar soluções e buscar recursos para resolver os problemas imediatos nesta fase de transição, e que possibilitem a sustentabilidade do Cruzeiro neste novo cenário.

    Entre as ações estão:

    – 98 funcionários (entre CLT e PJ) já foram demitidos, em processo que ainda está em andamento, e a economia estimada até agora é de 25 milhões/ano;

    – Mais de 50% da frota de veículos do Clube será vendida, restando somente os essenciais;

    – Está sendo feito um levantamento geral de todos os departamentos, para analisar situações que ainda possam gerar mais economia;

    – O Clube tem realizado um estudo para um melhor aproveitamento dos imóveis, com redução de custos e visando rentabilidade. Para isso são avaliados todos os aspectos jurídicos e fiscais.

    O presidente do núcleo gestor, Saulo Fróes, explicou as dificuldades encontradas. “Tínhamos um orçamento que no ano passado era de 350 milhões e agora caiu para 80 milhões. Em resumo, é uma situação muito complicada. E a cada dia que passa nós temos uma surpresa, com contratos fora da realidade, que prejudicam o Cruzeiro e nos colocam em uma situação de vulnerabilidade. As dívidas, que inicialmente estavam orçadas em 700 milhões, hoje já ultrapassaram 800, e ainda não é um número preciso, porque a cada hora vão aparecendo mais coisas”, avaliou Fróes, destacando as ações que já foram implementadas até o momento.

    “Mas doa a quem doer. Todas as irregularidades que foram cometidas na gestão passada serão levadas à justiça e o Cruzeiro está aberto para as autoridades a qualquer hora. Este conselho gestor não compactua com nenhum tipo de irregularidade. Estamos cobrando das autoridades, para saber do andamento dos processos”, lembrou.

    “Temos que ser realistas. A nossa prioridade hoje é dar condição para que o Clube consiga sobreviver, para depois almejar algo mais lá na frente. Estamos iniciando um processo longo de reconstrução, a retomada de uma instituição gigantesca como o Cruzeiro. O torcedor é a peça mais importante neste processo para ajudar na reconstrução do Clube e ele precisa acreditar nisso: é difícil, mas o Cruzeiro vai se reerguer. O programa de sócios já está em fase bem adiantada, vamos lançá-lo nos próximos dias, e estamos estudando outras maneiras também para que o torcedor consiga ajudar o Cruzeiro”, afirmou Saulo.

  3. SÍNDICO disse:

    E OS BOCÓS achando que o pomo da discórdia é o Benecy…

  4. Marcus Oliveira disse:

    As medidas propostas foram sensacionais, mas igualmente utópicas. Certamente desnudaria muitas pessoas, provavelmente até participantes/aliados do conselho gestor.

  5. Marcus Oliveira disse:

    Folha de pagamento do futebol: R$ 16,1 Mi. G-zus!

    • SÍNDICO disse:

      quando se montava o elenco cascudo pra ser campeão mundial, ninguém reclamava. torcedor é burro, só percebe o erro quando já era. até dar errado, o cartola pode engano-lo à vontade.

      • mrr disse:

        Sindico, melhor aumentar a dieta em zinco, ajuda bastante na memória, ou então, visite os posts dos primeiros meses do Mitair e veja meus comentários.

      • Marcus Oliveira disse:

        Marcus Oliveira disse:
        01 outubro 2017 às 14:48

        Desconheço as propostas dos dois candidatos, por isso abstenho meu voto. Creio que as principais propostas deveriam ser: 1 – Diminuir de forma escalonada a dívida do clube e 2 – Ampliar as modalidades do programa Sócio-torcedor. Para o departamento de futebol: 1 – Revisar todos os contratos dos jogadores emprestados pelo Cruzeiro (e encaminhar possíveis vendas); 2 – Planejar a implementação de futuros elencos com pelo menos 30% de atletas oriundos da base; 3 – Planejar que a equipe principal seja constituída por pelo menos 4 atletas da base ou que tenham mais de 100 jogos pelo clube. Estas últimas medidas deveriam ser planejadas neste triênio para serem implementadas a médio prazo (3 a 5 anos).

      • Marcus Oliveira disse:

        Revisitei alguns posts de 2017, no período da eleição “Sergio Rodrigues x Wágner Pires”. Sugiro a todos esta volta ao passado que o blog propicia… Muito interessante!

  6. Luizito Soárez disse:

    Síndico e Evandro sabem mais q os comentaristas de rede social, só não sabem q blogs tbm são redes sociais

    • Você não sabe…
      Se encontrar uma linha escrita por mim com definição de rede social do jeito que você pensa…
      Digo que participo de rede social desde 25 anos atrás… é que muito tolo e neófito acha que rede social veio somente depois do zap… me EXCLUA… e não me coloque junto com o síndico.

  7. Fabrício disse:

    Ações totalmente alinhadas a conceitos básicos de gestão, com decisões de curto e longo prazos, devidamente suportadas por uma estrutura de pessoas e atividades que creio, pelo nível de preparo dele, ser viável em execução. E fecha com processos ao que parece com foco em compliance para proteger a entidade, blindar possíveis desvios e oferecer maior credibilidade a clientes, fornecedores, investidores, torcedores e órgãos reguladores. Apesar de só publicados os tópicos principais, me pareceu um plano com cobertura suficiente pra caminharmos. Gostei e torço pra que, apesar da barreira política e de corrupção dos antigos que ainda lá estão, que seja possível colocar este plano no ar.

  8. Marcus Oliveira disse:

    ANDRÉ CURY para o SUPERESPORTES: “A conta é simples: o Cruzeiro tem uma dívida comigo de mais de R$ 12 milhões. Estou propondo a compra do David por R$ 6 milhões e do Éderson por R$ 4 milhões. Se o clube não aceitar, a dívida de R$ 12 milhões persiste, além das ações do David, de R$ 8,5 milhões, e do Éderson, de R$ 5 milhões. Somando tudo, essa dívida pode chegar de R$ 25 a 30 milhões”… “Se o Cruzeiro tem um dono, esse dono teria aceitado a oferta. Como o clube não tem dono, dirigente quer fazer bonito para a torcida e acaba tomando decisões erradas”.

    • Marcus Oliveira disse:

      “A proposta do David é a seguinte: há uma compensação de R$ 1,2 milhões que o Cruzeiro deve para o David e de R$ 5 milhões de uma dívida comigo. O Cruzeiro tem que entender que o jogador está livre. A Justiça vai decidir favoravelmente ao jogador. Mesmo assim, nós fomos até ao Cruzeiro e oferecemos mais de R$ 6 milhões pela liberação. E se o Cruzeiro perde na Justiça, certamente os outros clubes, Vitória e Coimbra, vão questionar. No caso do Éderson, o Cruzeiro só fez o pagamento depois que o jogador procurou a Justiça. E o clube não pagou tudo. Não chega nem perto do que está no processo. Daqui um mês, quando o clube perder a ação, esse valor servirá apenas para diminuir a dívida do restante do contrato”.

      • Marcus Oliveira disse:

        SOBRE A COMPRA DO OREJUELA: “Imagine a cabeça dos jogadores vendo o Pedrinho (Pedro Lourenço), que era o gestor de futebol, pegando 7 milhões de reais e comprando o Orejuela à vista? Com direito a luva de R$ 1 milhão e salário de R$ 300 mil. E o jogador está lá, há 4 meses sem receber, com a casa penhorada. São coisas totalmente incoerentes”.

      • SÍNDICO disse:

        Esse filho da puta está se aproveitando do momento pra emparedar o clube. Jogador inteligente sabe que o Orejuela dará retorno quando for vendido e isto será positivo pra ele indiretamente. E mais: jogador inteligente sabe que fracassou Brasileiro e ajudou a quebrar o clube, portanto, tem que ter paciência e esperar a situação melhorar.

      • mrr disse:

        Homem primata, capitalismo selvagem!

      • Marcus Oliveira disse:

        Exatamente. André Cury encontrou uma maneira de ganhar dinheiro rápido e ainda posar de bom samaritano.

      • SÍNDICO disse:

        Capitalismo selvagem é o que se praticou na Era Lulopetista, quando políticos e empresários se uniram pra saquear o estado.

      • SÍNDICO disse:

        André Cury é subproduto da Lei Pelé.

  9. SÍNDICO disse:

    IMBECIS criticam os Irmãos Perrella guiados por jornalistas politiqueiros, sem levar em conta que, nos 16 anos em que eles administraram o clube sem dar bola pra opinião de torcedores lunáticos, o Cruzeiro campeou 23 vezes, profissionais receberam em dia, e o patrimônio se expandiu com as construções da Toca II e da sede administrativa. Mas como eles não davam ouvidos aos jornalistas retrógados, nem aos torcedores lunáticos, jogadores eram comprados baratos e vendidos caros, mantendo0se a dívida histórica sob c controle.

    • Romarol disse:

      Ausência de INTELIGÊNCIA é o que se vê hoje no Cruzeiro. Jogador do Patrocinense, por exemplo, toma um banho e veste a camisa do Cruzeiro já se valoriza. Se entra em campo e dá um toque na bola, valoriza mais um pouco. O Cruzeiro é fonte inesgotável de geração de riqueza. A marca possui um valor imensurável. O que é necessário para que o clube se tornar viável novamente é afastar, em definitivo, os sugadores de energia e dinheiro.

  10. mrr disse:

    A única crítica que tinha na gestão era o curtíssimo prazo entre aquisição e vendas dos jogadores. Nem 8, nem 80. Faltava identificação dos jogadores com clube, poise mal faziam sombra e ja eram vendidos. A idéia do Gilvan foi inovadora, mas faltou equilíbrio, o sócio torcedor cresceu como nunca, ajudando a segurar determinados atletas.

  11. Leonardo Matarelli disse:

    Medidas necessárias, fundamentais e urgentes para a manutenção da existência do clube. Discordo apenas da aluenação da Toca I, por razões sentimentais…e falando dos irmãos Perrela, um grave erro dos dois foi não terem constuído o Estádio próprio, em uma êpoca que havia recursos, espaço e interessados para tal. Me lembro de uma entrevista do ZZP, na época, em que disse ter uma prpposta concreta de investidor pra isso, um estádio para 40 mil pessoas, mas que ele prefetiu construir a Toca 2. E o principal motivo, segundo ele, era “não deixar o Mineirão de graça para a Cocota”…a vida muda, não???

  12. Ernesto Araújo disse:

    O Relatório Medioli (cujo título o Síndico deve ter tido inspiração no famoso livro O Relatório Popcorn) seria muito interessante se pudesse, de fato, ser implementado. MAS, infelizmente, o lado político do clube parece que vai pesar e dificultar imensamente a adoção de medidas profissionais para o saneamento do clube. O que significará mais sofrimento para o torcedor.

    • SÍNDICO disse:

      O Relatório Popcorn? Muito prazer, não conhecia.

      • SÍNDICO disse:

        Conhecida como ‘A Nostradamus do Marketing’, a nova-iorquina Faith Popcorn analisa neste livro o comportamento do consumidor e suas influências no mercado de consumo. Especialista em fazer previsões de marketing, Popcorn, através de pesquisas permanentes, consegue prever tendências de comportamento, produtos que podem virar sucesso, e como as empresas devem se comportar no mercado. A autora, que cunhou e previu o surgimento do Encasulamento (a síndrome do ficar em casa) revela como mapear o impacto do futuro no seu negócio e como aproveitar as tendências mais recentes de marketing. Um livro instigante para qualquer pessoa que produz, vende ou consome. (Amazon)

  13. Estive com o próprio (Medioli) durante o jogo do Sada Cruzeiro no Riachão. Ele confirmou que quase tudo (22 itens) foi ele quem escreveu, não com as palavras exatas como transcritas, há mais de dez dias… disse que “resolveram vazar…” quem estava comigo concorda que o “vazamento” foi seletivo.

  14. Jdias disse:

    Gostaria de ver outra solução diferente das propostas, mas será difícil sair do buraco sem esse roteiro.

    • JDias,
      Existem alguns problemas e estes “roteiros” são compostos de coisas factíveis e outras completamente inexequíveis. Deveriam (e estão) separando por tempo (CURTO PRAZO é prioridade). Alguns dos itens só pensando a longo prazo (e não estão pensando assim)… A situação é grave e redes sociais e gente sem noção que consegue pensar somente um metro ao redor do umbigo, acha que tudo pode ser feito. Cortar na própria carne, PRIMEIRO, cair na real e ter um ACORDO MINIMO do Conselho A FAVOR do Cruzeiro… e a briga é (como vejo, IMNSHO) pelo espólio, não adianta ABSOLUTAMENTE NADA nenhuma proposta.

  15. Zedocanada disse:

    Não sei como funciona no Brasil, aqui existe o countersuit. Countersuit é usado quando alguem abre um processo contra você e você abre um processo contra a pessoa por ter aberto um processo contra você. No caso dos jogadores contra o Cruzeiro, aqui, desde que os salarios e todas obrigações trabalhistas estejam em dia, o clube pode pedir, com comparação de mercado, o dinheiro/valor do atleta. Exemplo, no caso do Ederson, ele teria que depositar o valor do passe e o valor da valoricazão na conta do clube para ter o direito de pedir pra sair.

  16. SÍNDICO disse:

    BEM PROTEGE desiste de cobrar R$2,5 milhões do Cruzeiro na Justiça e renova contrato com o clube.

  17. NANAYOSKI disse:

    A solução passa pela conclusão, o mais breve possível, dos trabalhos da polícia e do ministério público e uma ação firme da justiça. Resumindo: CADEIA nessa quadrilha que assaltou o nosso CRUZEIRO de maneira desavergonhada.

  18. SÍNDICO disse:

    LU-ARENA, administração do Independência, quer Cruzeiro e Franga, jogando no Horoto em 2020. Vai até mudar diretrizes pra seduzir os dois clubes.

  19. Romarol disse:

    O item 7 é muito interessante. A Toca 1 tem um valor emocional muito grande. Porém, esse é o efeito de vermes terem se incubado de forma tão profunda no Cruzeiro.

  20. SÍNDICO disse:

    250 TORCEDORES CELESTES se concentraram na porta do clube, no Barro Preto, na tarde deste sábado. Com carro de som, pediram um novo estatuto, o fim da “Família União” e as voltas de Vittorio Medioli e Pedro Lourenço. Torcidas organizadas não estiveram presentes.

    • MENTIROSO… Vários representantes de TO e, INCLUSIVE, alguns puxando palavras de ordem BOBAGENS homéricas, mas puxaram!). O Movimento não tem “líder”… qualquer um chega e puxa palavras de ordem… VOCÊ NÃO ESTEVE LÁ, então copiou a MENTIRA ou espalha alguma fofoca que alguma baranga te contou.

      • SÍNDICO disse:

        Mentiroso, que é capacho de organizadas. E não tem credibilidade, depois de puxar saco de tanta gente tentando ser conselheiro. Ah, vai se foder, sua baranga!

      • Vou me foder não…
        TENHO FOTOS que comprovam que você é MENTIROSO em relação a TO´s na manifestação.
        Você pega informação de gente de PÉSSIMO CARÁTER, é usado por estas pessoas para despejar aqui no PHD e nem se dá conta.
        Pedo pra pessoa que fala de mim (em especial esta que diz que pedi para ser conselheiro) para mostrar a cara aqui e assinar o que escreve… aí eu falo direto com ela e não com garotinho de fofoca.
        MENTIROSO em relação a TO´s e Manifestação… Vou publicar a foto que prova que você é mentiroso no Cruzeiro.Org.
        CQD.

      • Evidência fotográfica de que você MENTE a partir do que alguém diz para você …

        http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=52429

  21. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Do pouco que vi sobre o assunto, o terreno do Barro Preto não pode ser vendido, só utilizado para fins esportivos. Para mudar isso é preciso lei municipal específica.

    • EduarCAM, Muitos viram MUITO POUCO do assunto… “VENDER” o patrimônio não é assim… põe numa proposta de recuperação e sai rosnando em rede social. Qualquer um que PENSA deveria saber… P. S. Existem ATIVOS que, se bem negociados, renderiam RECEITA com lucro … basta existirem PROJETOS do tipo Convênio ou Comodato. E EXISTEM !

  22. carfelix disse:

    O que mais me preocupa nesse momento é o fato de mesmo com todo esse cenário catastrófico, ainda haver dentro do nosso Clube, pessoas em disputas de poder, já vai ser difícil sair disso com união, imagine com guerrinhas internas.
    Parece que será pior do que já está. Uma pena.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.